Você está na página 1de 3

Fichamento Tipo Transcrição

Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste - UNIDESC


Trabalho de Conclusão de Curso I
Fichamento: Tipo Transcrição
Orientando: Pedro Castelo Branco Filinto
Orientador: Adelaine Costa Curvo
Curso/Turno: Direito/matutino 

 MADOR, Fernanda Spanier; SANTORUM, Kátia; CUNHA, Charlotte Spode da


e BRAUM, Sandra Maria. Por um programa preventivo em saúde mental do trabalhador
na Brigada Militar. Psicol. cienc. prof. [online]. 2002, vol.22, n.3 [citado 2021-05-06],
pp.54-61.http://www.scielo.br/scielo.php?
script=sci_arttext&pid=S141498932002000300009&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1414-9893.

“[...] O tema trabalho e saúde entre policiais vem ocupando lugar de destaque tanto no
âmbito da organização policial quanto das universidades brasileiras. [...]” (p. 54)

movido pela peculiaridade da função, a qual possui uma série de características


evidentemente “perigosas” do ponto de vista da saúde física e psíquica, tal como o
contexto diário de risco; de outro, pelo momento histórico vivido pela sociedade a partir
do chamado período de abertura democrática, no qual se coloca em discussão a prática
das polícias, entre outros assuntos, antes condenados ao silêncio. [...]” (p.54 )

“[...] m outros países, o tema das polícias tem despertado interesse. Pelacchi (1999),
policial argentino, ao abordar as estratégias policiais nas sociedades contemporâneas
afirma que o problema da segurança pública é de todos os setores comprometidos,
incluindo a polícia e demais segmentos correlatos. [...]” (p. 54)
“[...]o tema das polícias tem despertado interesse. Pelacchi (1999), policial argentino, ao
abordar as estratégias policiais nas sociedades contemporâneas afirma que o problema
da segurança pública é de todos os setores comprometidos, incluindo a polícia e demais
segmentos correlatos [...]” (p. 55)

“[...]a importância de os policiais terem adequadas condições de trabalho e


equipamentos, sobre a importância de um bom recrutamento e boa educação e
formação posterior assim como de uma boa remuneração e plano de carreira
confiável.. [...]” (p. 55)

“[...] O conteúdo violento do trabalho policial, o contato rotineiro com a morte e a


violência e a constante pressão das responsabilidades são considerados elementos
do cotidiano de trabalho causadores de danos à saúde dos policiais (Amir, 1995).”.
[...]” (p. 55)

“[...]Pesquisas baseadas nas teorias que prevêem a formação de grupos como


elemento diminuidor da inibição dos membros e do aumento da probabilidade de
agressão destacam que o nível de violência individual dos policiais em atividades
específicas varia de acordo com a natureza da atividade, o grau de ansiedade
associado a essa atividade, o índice de policiais presentes e o número de espectadores
(Wilson & Brewer, 1993). [...]” (p. 55)

“[...] Pesquisas baseadas nas teorias que prevêem a formação de grupos como elemento
diminuidor da inibição dos membros e do aumento da probabilidade de agressão
destacam que o nível de violência individual dos policiais em atividades específicas
varia de acordo com a natureza da atividade, o grau de ansiedade associado a essa
atividade, o índice de policiais presentes e o número de espectadores (Wilson, 1993)..
[...]” (p. 55)

“[...] Rezende (1999), ao analisar o caso de suicídio de um policial militar de Minas


Gerais, busca fazer uma reflexão acerca dessa atuação, questionando sobre que
mudanças de fato ela provoca. [...]” (p. 56)
“[...] Propõe que os casos de violência policial, entre outras transgressões
disciplinares, de adoecimento físico e psíquico e até mesmo de suicídio. [...]” (p.
57)

“[...]a questão da Segurança Pública consiste também em uma importante questão


de Saúde Pública na medida em que o fazer policial não traduz apenas um
conhecimento ou desconhecimento técnico, mas também a vivência de um
sofrimento” [...]” (p. 57)

“[...]repercussões atingem um número expressivo de homens e mulheres, quer


sejam policiais, quer sejam pertencentes à população em geral [...]” (p. 57)

“[...]Na Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), com bastante freqüência constata-
se comportamento explosivo entre policiais, como um sintoma de fundo nos mais
variados quadros clínicos [...]” (p. 68)

“[...] Averiguou-se que, no período compreendido entre janeiro de 1994 e novembro


de 1996, os transtornos mentais (notadamente as psicoses e o alcoolismo)
constituíram o principal fator causal, seguidos por lesões e envenenamentos, e, na
terceira posição por doenças do aparelho circulatório (hipertensão e suas
conseqüências) e doenças do sistema nervoso e dos órgãos dos sentidos. [...]” (p. 58)

“constatada a presença pequena, mas constante, dos diagnósticos de Transtorno


Explosivo da Personalidade e de Transtorno da Personalidade Emocionalmente
Instável como causas de reforma. [...]” (p. 58)

“[...]Pereira & Brasil (1999) fazem a análise desses dados, buscando na teoria
psicanalítica lacaniana, através do conceito de narcisismo e na imagem idealizada
institucional, a explicação para tais ocorrências. . [...]” (p.58)