Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS


CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

Aluna: Isabelle Marcondes Brandão

Prof ª: Jurema Iara Reis Belli

Projeto Político Pedagógico: Seu papel, sua importância e sua construção

Essa resenha, foi pautada em dois diferentes artigos, sendo eles “A Construção
do Projeto Político-pedagógico da Escola” escrito por Geraldo Antonio Betini, que
é doutor na área de educação com ênfase em Ensino-Aprendizagem, e o outro
artigo escrito por Ilma Passos Alencastro Veiga, doutora e pós doutora em
Educação, intitulado “O Projeto Político-pedagógico da Escola: Uma Construção
Coletiva”. E que visa, principalmente, entender o papel aprofundado do Projeto
Político Pedagógico (PPP), dentro das instituições educacionais, além de
enfatizar a sua importância na organização escolar. Além disso, a resenha
resume os principais conteúdos necessários para a construção de um PPP, e
que foi tirado do livro “Temas Para Um Projeto Político-Pedagógico”, escrito por
Danilo Gandin.
Em primeiro lugar, é necessário entender que o planejamento da gestão
educacional é imprescindível para o bom desenvolvimento escolar. Em suma, a
articulação entre o projeto político-pedagógico, o acompanhamento das ações,
a avaliação e utilização dos resultados, com a participação e envolvimento das
pessoas, o coletivo da escola, pode levá-la a ser eficiente e eficaz. (BETINI,
2005. p.37-44).
Entretanto, para entender a importância do Projeto Político Pedagógico e como
é feita a sua construção é necessário entender qual o verdadeiro papel de um
PPP dentro das escolas. De acordo com Veiga (1998, p.1-2), o Projeto Político
Pedagógico vai além de um documento que é apenas construído e arquivado
para o cumprimento de tarefas burocráticas, ele é construído e vivenciado
constantemente por todos que compõe a escola, e busca uma direção para as
ações das instituições de ensino. Além disso, a autora de “O Projeto Político-
pedagógico da Escola: Uma Construção Coletiva”, enfatiza que o PPP é um
projeto político pois tem envolvimento e compromisso com a formação cidadã
dos discentes para a sociedade.
Outro ponto importante para a construção do PPP, segundo Betini (2005, p. 39-
40), é fundamental considerar a realidade do contexto econômico, político e
social, que a sociedade e a escola em questão estão inseridas. Ademais, o autor
de “A Construção do Projeto Político-pedagógico da Escola”, cita alguns
questionamentos e pressupostos que devem ser levados em consideração, para
a criação de um PPP, tais questionamentos são: Que sociedade queremos
construir? Que valores-guias devem ser constituídos para a construção e
valorização do nosso projeto político-pedagógico? Que cara tem a nossa escola?
Que conhecimentos queremos socializar e produzir em nossa escola? Portanto,
isso deixa claro que a construção do PPP não é apenas burocrática, mas um
compromisso com toda uma instituição de ensino pautada na construção política
e pedagógica, evidenciada pelo coletivo.

Contudo, após deixar claro o papel e a importância do Projeto Político


Pedagógico dentro das escolas, é fundamental, para a construção do
documento, a presença de dados, para compreender mais a fundo a situação
escolar de tal instituição, visto que o PPP, tem como finalidade rever o passado
cuidar do presente e planejar o futuro.
Sendo assim, para se construir um Projeto Político Pedagógico, é necessário
fazer um diagnóstico da instituição de ensino, contendo assim no PPP o contexto
escolar, a característica da comunidade escolar, as características dos grupos
familiares que compõe aquela escola, e as características dos professores.
Outro ponto necessário de se conter no documento é a caracterização da escola,
e isso abrange o histórico da unidade escolar, a biografia do patrono, a situação
física da escola, os recursos materiais e humanos, a gestão da escola, a relação
entre a comunidade escolar e a escola, o currículo, os recursos pedagógicos e
financeiros, os diferentes temas sociais que abrangem o currículo da escola, e
principalmente o resultados educacionais.
Ademais, o PPP pode ser divido em 6 dimensões, que serão explicitadas e
discutida a seguir:
A Dimensão Filosófica, onde apresenta as concepções filosóficas, as
concepções humanas, do aluno, do professor e as concepções da sociedade
advindas da UNESCO. Além de conter as posições pedagógicas e a função
social da escola.
A Dimensão Pedagógica, onde exibe os objetivos da educação básica, a matriz
curricular de referência etapa ou modalidade de ensino ementário das
disciplinas, pautadas nas propostas de nos documentos curriculares oficiais.
Além de apresentar, os conceitos e conteúdos das disciplinas, o
desenvolvimento de programas e projetos, os procedimentos de ensino e
aprendizagem e a avaliação
Na Dimensão Política, contém as normas de organização e convivência, as
competências e atribuições, propostas pelo Estatuto do Magistério (Lei
6884/1986), do corpo administrativo, técnico-pedagógico e docente, a
implantação da política de educação especial, a capacitação e a valorização dos
recursos humanos. Apresenta também, informações sobre o material escolar, o
livro didático, o transporte e a merenda escolar, a gestão ambiental e a
articulação com outras instituições.
A Dimensão Administrativa, que expõe a modalidade de ensino, regime de
funcionamento, o numero de aulas por período, a duração das aulas e horário
das disciplinas, o numero de alunos e de turmas por ano, a frequência escola,
matrículas e transferências, a composição da documentação escolar, a
expedição e incineração de documentos, além da relação de recursos humanos,
a lista de acervo existente na biblioteca e a avaliação institucional.
A Dimensão Física mostra a planta baixa do prédio, construção, ampliação e
reforma, a descrição do espaço físico construído, a descrição dos ambientes de
aprendizagem e a relação de descrição de equipamentos e mobiliário da escola.
A Dimensão Financeira, que apresenta os recursos financeiros, o orçamento e o
balancete da escola. Sendo geralmente as principais fontes de recursos
financeiros de uma escola, o FNDE (O Fundo Nacional de Desenvolvimento da
Educação) e a APP (Associação de Pais e Professores).
Dessa maneira, pode-se perceber que o Projeto Político Pedagógico, como
citado por Veiga (1998, p.1-2), deve ser um objeto de avaliação contínua e que
necessita sempre de uma constante transformação e reelaboração, visto que é
necessário a correção de desvios e ajustes das atividades propostas. Além
disso, conclui-se que o objetivo do PPP é organizar, aprofundar, e refletir sobre
o cotidiano da escola e sua prática pedagógica.

REFERÊNCIAS

BENTINI, Geraldo Antonio. A Construção do Projeto Político-pedagógico da


Escola. Espírito Santo do Pinhal, São Paulo: EDUC@ação - Rev. Ped, 2005
GANDIN, Danilo. Temas para um projeto político-pedagógico. Petrópolis, Rio
de Janeiro: vozes, 1999.
VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto político-pedagógico da escola: uma
construção coletiva. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro (org.). Projeto político-
pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1998.
p.11-35