Você está na página 1de 38
Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Pa Serviço de Reabilitação –Setor de Fisioterapia AN

Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Pa

Serviço de Reabilitação –Setor de Fisioterapia

AN AN AT AT OMIA OM I A E E BI BI OM OME ECÂNI
AN AN
AT AT
OMIA
OM
I
A
E E
BI BI
OM
OME ECÂNI
CÂNI
C
CA
A
COTOV COTOV
E E
LO LO
/ /
PU PU
NHO NHO / / MÃO MÃO
F
isiotera
peuta
Marília
Ram
o
s
Farrajota

CCOOTTOOVVEELLOO

ØØ A Articulação rticulação (Estável) (Estáv el) -- articulação ulnoumeral Dobra diça (gíngl -
ØØ
A
Articulação
rticulação
(Estável)
(Estáv
el)
-- articulação ulnoumeral
Dobra
diça
(gíngl
- articula
ção
radioume
ra
l
- articula
ção
radioulna
r prox
Trocóide (pivô)

imo)

Smith et Motta Filho e M Sobania e Soba

CCOOTTOOVVEELLOO

ØØ Osteo Osteologia a logi - Epicôndilo Medial Compl exo lig amentar Musculatura - Epicôndilo
ØØ
Osteo
Osteologia a
logi
- Epicôndilo
Medial
Compl
exo lig
amentar
Musculatura
- Epicôndilo
Lateral
Compl
exo lig
amentar
Musculatura
Extensora
e
Supinadora

a do

- Pontos de referênci cotovelo

medial

Flexora e Pronadora

Lateral

de referênci cotovelo medial Flexora e Pronadora Lateral Create PDF with PDF4U. If you wish to

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø O steologia Morfo logia - Cabeça do rádio 30% valgo - processo coronóide -
Ø O
steologia
Morfo
logia
- Cabeça do
rádio
30%
valgo
- processo coronóide
- Ul
na 5
5% (ext) e 75%(flx)
inserções
Smith
Motta Filho e
Sobania e So

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Cápsulas e ligamentos - LCM (anterior/ posterior/ transversal) 30% - 50% valgo TENSA -
Ø Cápsulas
e
ligamentos
- LCM (anterior/ posterior/ transversal) 30%
-
50%
valgo
TENSA -
EXT
FLX
- LCL (ligamento col
ateral
radia
l/
ligame
nto an
ular/
ligamento
lateral
colateral
ul
nar)
Lech et
al.,
1998; Morrey
e An,
2000;
Motta
Filho e
Malta, 2002; Sobania e Sob

CCOOTTOOVVEELLOO

““ Templo T e mplo Grego” Grego” Motta Filho e Malta, 2
““ Templo
T
e
mplo
Grego” Grego”
Motta Filho e Malta,
2

CCOOTTOOVVEELLOO

ØØ Feixe Feixe váscul váscul o o ne ervoso --n rvo so Linscheid, 1965; Motta
ØØ
Feixe Feixe
váscul váscul
o o ne ervoso
--n
rvo
so
Linscheid,
1965;
Motta
Filh
o e
Malta, 2002; Sobania e Soba

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Movimentos - Flexão 0 - 145º (120 – 1 - Pron açã o 0
Ø Movimentos
-
Flexão 0 -
145º
(120
1
-
Pron
açã
o 0 -
90º (75 –
-
Supinação 0 - 90º

60)

90)

Sm

ith

o 0 - 90º (75 – - Supinação 0 - 90º 60) 90) Sm ith et
o 0 - 90º (75 – - Supinação 0 - 90º 60) 90) Sm ith et

et al., 199 7; Marques, 2003; Sobania e S o

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Mov imentos - Exte nsã o 0 º (Lassidão ligamentar / lesão cotovelo) -
Ø Mov
imentos
-
Exte
nsã
o 0 º
(Lassidão
ligamentar / lesão
cotovelo)
-
Posição
fun
cional
Kapa
Smith
e
Marq
Sobania e Soba

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Músculos - Flexores: M. bíceps braquial CL O: Tub CC O: Coracóide (n. Muscu
Ø Músculos
- Flexores:
M.
bíceps braquial
CL
O: Tub
CC
O: Coracóide
(n.
Muscu
M.
braqu
ial
O: Diáfise
I: Coronóide

le

Smi

th

et

al.,

M. braqu ial O: Diáfise I: Coronóide le Smi th et al., érculo Suprag nóideo I:

érculo Suprag

nóideo

I: Tuberosidade

do rádio

I: Tuberosidade

do rádio

locutâneo C5-C6)

do úmero

(n. Musculocutâneo C5-C6)

1997 ; Motta Filho e

Malta, 2002; Sobania e Sob

CCOOTTOOVVEELLOO

- Flexores: M. braqu I: M. prona dor I: Rádi
- Flexores:
M.
braqu
I:
M.
prona
dor
I: Rádi

Ø Músculos

o

de

7)

iorradial

O: Crista do

úmero (EL) estilóide

C5-C6)

Processo (n. Radial

redondo

O: Epicôndilo Medial

Coronói

(n. Mediano C6-C

Smi

th

et

al.,

Epicôndilo Medial Coronói (n. Mediano C6-C Smi th et al., 1997 ; Motta Filho e Malta,

1997 ; Motta Filho e

Malta, 2002; Sobania e Sob

CCOOTTOOVVEELLOO

- Extensores: CLg O: Tu I: CM O: I: CLat O: I: (n. M. a
- Extensores:
CLg
O:
Tu
I:
CM
O:
I:
CLat
O:
I:
(n.
M. a
ncôneo
I: Ol
(n.
Ra

dia

l ú

l

l

lo

o

In

Smi

th

et

al.,

Ø Músculos

Ra dia l ú l l lo o In Smi th et al., Ø Músculos M.

M. tríceps do braço

bércu

fraglenóideo

Olécrano

Distal do úm ero

Olécrano

latera

mero

C8)

Olécrano

Radia

C7-

O: Epicôndilo Lateral

écran

C7-C8)

1997 ; Motta Filho e

Malta, 2002; Sobania e Sob

CCOOTTOOVVEELLOO

ESTA ESTA BI BI LI LI ZA ZA DO DORES RES BR T BÍC RÍ
ESTA ESTA
BI BI
LI
LI
ZA ZA
DO
DORES
RES
BR
T BÍC
AQ CE
EPS
UIA
PS L
D
D
I I
NÂ NÂ
M
M
ICOS ICOS

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Ø M. M. s O: I: Vola I: (n. do (n. M. M. M.
Ø
Ø
M.
M.
s
O:
I: Vola
I:
(n.
do
(n.
M.
M.
M.
braqu

or

e

e

di

Smi

th

et

al.,

Músculos Músculos

M. M. braqu or e e di Smi th et al., Músculos Músculos - - Pronadores:

- - Pronadores: Supinadores:

pronador quadrado

upinador

Face anteri

O: Epicôndilo lateral

distal da ulna

r/ lat/ p rox/ rádio

stal

Face anterior

8-T1)

Radia l C5- C7)

rádio

Mediano C

bíceps braquial

iorradial

pronador redondo

1997 ; Motta Filho e

Malta, 2002; Sobania e Sob

CCOOTTOOVVEELLOO

Fatores de coaptação articular Ø Coaptação Longitud ina l -Impede q ue a articulação em
Fatores de
coaptação articular
Ø Coaptação Longitud
ina
l
-Impede q
ue
a articulação em
ex
tensão se desloque (p
ara
ba
ixo ou p
ara
ci
ma)
TRAÇ
ÃO
- Ligamentos (LCM e LCL)
- Músculos (tríceps,
bíceps,
braquial, braquiorradial),
múscul
os epicondi
lares e
ep
itrocleares
Kapandji, 1994

CCOOTTOOVVEELLOO

Ø Coap (Trícep s e sobre Kapandji, 1994
Ø Coap
(Trícep
s e
sobre
Kapandji, 1994

e

m

l a

li

el

to

tação

Flexão

- Posição de 90º ulna

Braquia

estáv

nterior)

- Rádio tende a luxar para cima

ação do bíceps,

gamen

anular limita

a luxar para cima ação do bíceps, gamen anular limita Create PDF with PDF4U. If you

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Osteol ogia - 8 ossos do carpo - 5 metacarpos Fileira proximal - 14
Ø Osteol
ogia
-
8 ossos do carpo
-
5 metacarpos
Fileira
proximal
-
14 falanges
Fileira
distal
Palmar
Do
rsal
Mattar
Júnior e
Azze,
2000;
Daniels e
t

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø T endões Fl exores - Total 12 (origem n o EM e inserem regi
Ø
T
endões
Fl
exores
- Total
12
(origem n
o
EM
e
inserem
regi
ão palma
r da mão e
punho)
lexor superficial
F
(base
d
a
falan
ge méd
ia)
F
lexor profundo (base da falange
di
- Abaixo do retináculo flexor, env
olto
stal)
por membrana sinovial
Dani
els et al.,
2

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

TÚNEL profun - Nervo medi CANAL - Nervo ulnar
TÚNEL
profun
- Nervo medi
CANAL
- Nervo ulnar

- Artéria ulnar

ar

LE

DO CARPO

SÃO
SÃO

- Flexores superficiais e

dos dos dedos

- Flexor longo do poleg

ano

Paresi

a e hipoftorfia da

eminência tenar

do poleg ano Paresi a e hipoftorfia da eminência tenar DE GUYON Mattar Júnior e Azze,

DE GUYON

Mattar Júnior e Azze, 2000

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Aponeuro se pal mar - Porção média - Porção lateral - Porção medial DUP
Ø
Aponeuro
se pal
mar
-
Porção média
-
Porção lateral
-
Porção medial
DUP
UYTR
EN
Matta
r Júnior e
A

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø I –flexor su II – osteofi bro III – lu IV – Túnel d
Ø
I –flexor su
II –
osteofi
bro
III –
lu
IV –
Túnel d
V –tendões

so

o

e

)

nel

dos

Zonas da mã

dedos

perficial

“Zona de ninguém”/ tú

(vasc

palma da mão/ origem

vasc)

mbricais (boa

o carpo

bem vasculari

zados

Mattar Júnior e Azze, 2000

(boa o carpo bem vasculari zados Mattar Júnior e Azze, 2000 Create PDF with PDF4U. If

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Polias e - por - - - D Inflam Kapandji
Ø Polias e
-
por
-
-
-
D
Inflam
Kapandji

ttar

Jún

túnel osteofibro so

- túnel osteofibroso:

ttar Jún túnel osteofibro so - túnel osteofibroso: onde deslizam os tendões Flexores revestido por membrana

onde deslizam os

tendões Flexores

revestido por membrana

rição

sin ovial

lubrificação e nut

reforços que

formam pol ias

- polias arciformes (força)

- polias cruciformes

(movim ento)

edo em Gati lho

ação do tendão

flexor

, 1994; Ma

ior e Azze, 2000

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Tendões Extensores - Origem n o E L - Dois grupos dedos: m uscu
Ø
Tendões Extensores
- Origem n
o E
L
- Dois grupos
dedos:
m
uscu
lare
s
são
responsáveis pela extensão dos
Intrínsecos
Extrínsecos
Superficial
Profunda
e
Matta
Caetano
r Junior e
A

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Músculos E x trínsecos Superficial Matta r Júnior e A
Músculos
E
x
trínsecos
Superficial
Matta
r Júnior e
A

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Músculos E x trínsecos Profundos Matta r Júnior e A
Músculos
E
x
trínsecos
Profundos
Matta
r Júnior e
A

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

RETINÁCULO DOS EXTENSORES 6 Compartimentos bainha sinovial D iminuir o atrito durante a ex cu
RETINÁCULO DOS
EXTENSORES
6
Compartimentos
bainha sinovial
D
iminuir
o
atrito
durante a ex
cu
rsão
dos
te
nd
ões pelos túneis
osteofibrosos
compartimento –TENOSS
INOVI
TE DE
DEQ
UERVAIN
Caetano et al.,

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Tabaqueira Anatômica - ELP - AB D longo do pole gar - EC P
Ø Tabaqueira Anatômica
- ELP
- AB
D longo
do
pole
gar
- EC
P
Gusmão et al., 2001; Caetano et

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

na

r)

Ø Músculos

Intrínsecos

H H O O E E M M Ã Ã O O na r) Ø Músculos

Lumbricais

ndão Flx Prof dedos

arelho exte nsor

(n. Mediano)

Interósseos

O: Metacarp

ianos

exte nsor (n. Mediano) Interósseos O: Metacarp ianos arelho exte nsor (n. Ul Função Extensão IFD

arelho exte nsor

(n. Ul

Função

Extensão IFD e IFP Flexão MF

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø Movi mentos Punh o MF IFP IFD FLX 1 00º FLX 100º - 11
Ø Movi
mentos
Punh
o
MF
IFP
IFD
FLX
1
00º
FLX
100º -
11
FLX 90
FLX 80º
EXT 15
EXT 30º
EXT 0º
EXT 80º
DU 30º
ADU
20º
DR 20º
ABD
30º
Kapa
n
Smith et
Mattar Júnior e A
z
Marq
u

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø D tendão ex e tendão ex m édia
Ø
D
tendão ex
e
tendão ex
m
édia

ten

ten

so

so

s

r

r

le

so

le

 

nal

 

nge

d

são

são

d

dio e

falan

is

o

dos

res do

da

eformidade

ta

IF

l

P

e falan is o dos res do da eformidade ta IF l P - dedo em

- dedo em martelo:

lesão do

termi

em

sua inserção

na fala

- pescoço de cisne :

elementos conten

aparelho extensor (EXT

Flx da IFD)

cisne : elementos conten aparelho extensor (EXT Flx da IFD) - dedo em boto eira: mé

- dedo em boto

eira:

sua

inserção na base da

ge

PPUUNNHHOO EE MMÃÃOO

Ø ME Ø RA Ø ULNAR DIAL NO DIA - - - Trí Flx ceps
Ø ME
Ø RA
Ø ULNAR
DIAL NO
DIA
-
-
-
Trí
Flx ceps
1 e 2 lumb
-
-
-
braquiorad
-
-
-
AB
AB
D, Fl
D
cu
rto
dedo
carpo mínimo
-
-
-
-
-
-
-
Palmar
-
-
Ext do mín
- Flx radi
- AB
D
longo

ial

do

imo

do

ulnar do carpo

ricais

e acncôneo

Flx Prof dedos

pronador redondo

e quadrado

Ext radial Longo

x curto e oponente do

polegar

e curto do

(Mm hipote nares)

Flx longo do polegar

dedos

Interósseos

Ext dos dedos

Flx prof e sup

Ext longo e curto do

ADU polegar

longo

polegar

Flx curto do polegar

al do carpo

- Ext do indicador

pole gar

Flx curto do polegar al do carpo - Ext do indicador pole gar Smith et Mattar
Flx curto do polegar al do carpo - Ext do indicador pole gar Smith et Mattar

Smith et Mattar Júnior e A

z