39 Estudo – 13 A DESTRUIÇÃO DE SODOMA E GOMORRA E LIVRAMENTO DE LÓ Gênesis: 18.16 – 19.38 Introdução: Abraão se tornou amigo de Deus!

Ele foi íntimo do Senhor. Vamos observar na lição de hoje verdades acerca de atitudes de bênçãos deste servo de Deus diante do iminente juízo do Senhor sobre as cidades de Sodoma e Gomorra. I – Deus revela a Abraão o juízo da destruição de Sodoma e Gomorra.(Cap. 18.2022) • Deus revelou a Abraão que destruiria Sodoma e Gomorra, por ele ter se feito amigo de Deus e manter comunhão com o Senhor. (João 15.15; Salmo 25.14) Era necessário a compreensão de Abraão de que a destruição das cidades não era um acidente natural, mas, o juízo de Deus diante dos horríveis pecados dos seus moradores. Abraão estaria ensinando então aos seus descendentes o temor do Senhor, pois o salário do pecado é a morte. (Cap. 18.19)

II – Abraão amigo de Deus e amigo dos homens. (Cap. 18.23,24) Mesmo não tendo envolvimento com os moradores das cidades de Sodoma e Gomorra, vemos de forma maravilhosa que a comunhão e amizade de Abraão com Deus, o levaram a um profundo amor ao próximo. Abraão intercede a Deus perguntando se acaso a presença dos justos não afastaria o juízo dos culpados. A resposta do Senhor foi afirmativa, porém não havia sequer dez justos em Sodoma. III – Abraão o modelo de intercessor a ser seguido. Verdades que devem ser observadas na intercessão de Abraão e aplicadas na vida daqueles que servem a Deus. • • • • Ele combinou intrepidez com reverência. Considerou de forma maravilhosa o caráter de Deus e sua justiça. Persistiu intercedendo até obter a certeza de que Deus perdoaria a cidade mesmo se houvesse nela apenas 10 justos. Deixou os resultados nas mãos do Senhor.

40 Mesmo o Senhor não poupando as cidades de Sodoma e Gomorra, Ele respondeu a Abraão libertando a Ló e sua família. IV – Considerações da vida de Ló. • • Ló um homem “justo” vivendo no meio da iniqüidade. (II Pe. 2.7,8) Consentiu que suas filhas desposassem homens de Sodoma. (Jugo desigual). Não conseguiu convencer seus futuros genros de que Deus destruiria a cidade. (Cap. 19.14) Demorou e vacilou. (Cap. 19.15,16) Ló estava tão envolvido aos benefícios materiais que nem a ameaça do enxofre e do fogo o fez tomar atitude de sair com urgência da cidade. V – A mulher de Ló olhou para trás. Olhou porque seu tesouro estava na cidade de Sodoma; seu coração estava lá. Ela é um exemplo de advertência às pessoas cujos corações estão presos no mundo. (Lc. 17.31,32) Conclusão: Ló perdeu a esposa e o lar; posteriormente se tornou o antepassado incestuoso dos grandes inimigos de Israel: os moabitas e amonitas povos extremamente idólatras. (Nm 25.1-3; IRe 11.7,33) Ló é uma amostra do crente carnal que tenta servir ao mundo e ao Senhor. Ló perdeu tudo, salvo sua própria alma. Que possamos como servos do Senhor primar pelos valores de Deus em nossas vidas! (Mt. 6.33) Se assim fizermos com toda a certeza Deus realizará maravilhas em nós. Pastor Waldyr Silva do Carmo.
BIBLIOGRAFIA: O Pentateuco – HOFF Paul – Editora Vida. Bíblia de Estudo de Genebra – Editora Cultura Cristã IGREJA CRISTÃ EVANGÉLICA “CASA DE ORAÇÃO” Rua Avelino Honório de Miranda, 65. B. Cehab. Itaperuna. RJ.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful