Você está na página 1de 52

LIVRO DE FEITIÇOS

A MAGIA E O FEITIÇO

Magia (Harry Potter)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta página ou secção precisa de correção

Pode conter incorreções gramaticais ou ortográficas, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia . Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar. livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.

Esta página precisa ser reciclada de acordo

com o livro de estilo (desde novembro de 2009). livro de estilo (desde novembro de 2009).

Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

A magia em Harry Potter difere-se na magia na vida real porque é o principal trunfo dos Feiticeiros contra os trouxas, permitindo até que escondam-se dos "normais".

A magia possibilita o transporte, cuidados médicos, alimentação, recreação e meio de defesa.

Em Harry Potter, o principal meio dos Feiticeiros criarem magia é através de uma varinha. Através das varinhas, os Bruxos podem realizar todo tipo de feitiço, benéfico ou maligno. Existem também feiticeiros que conseguem fazer magia sem a varinha, chamados magids, pensa-se que Harry Potter é um magid, mas não há certezas; Harry fez desaparecer o vidro que mantinha uma cobra presa no zoo, fazendo ela escapar, ele também fez sua tia Guida virar um balão e sair voando pelos ares, tudo isso sem uso de varinha. Isso tambem pode ocorrer pelo fato de Harry Potter não controlar seu poderes completamente.

No entanto, a magia não se limita apenas aos bruxos. Também existem as criaturas mágicas, animais muito antigos e de poder variável. Os dragões, por exemplo, são considerados as criaturas mágicas mais poderosas, pois seu sangue contêm diversos usos. Há muitas criaturas mágicas como por exemplo: hipogrifos, explosivins, basiliscos, bichos-papões, centauros, dementadores, diabretes, elfos domésticos,testrálios, etc.

As varinhas são feitas com algum tipo de madeira: carvalho, por exemplo, e alguma parte mágica, presente no núcleo, como pena de fênix, como a de Harry. Há sempre uma fonte mágica nas varinhas pois se fossem feitas apenas de madeira não seriam capazes de conjurar nenhum feitiço.

Dumbledore é o diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e é muito famoso, também deve-se ao fato dele ter descoberto os 12 usos do sangue do dragão e por ter derrotado um bruxo muito poderoso denominado Gerardo Grindelwald, que foi o

segundo maior bruxo das trevas só atrás de Voldemort. Muitos bruxos têm medo de pronunciar o nome de Voldemort porque este é um bruxo maligno e muito poderoso(porém, no segundo filme, Hermione diz ao Senhor Malfoy que o medo de um nome só aumenta o medo da própria coisa). Dizem que é o bruxo mais poderoso do mundo à exceção de Dumbledore. Mas apesar de tais comentários, Voldemord foi destruído por Harry Potter com 1 ano.

É descoberto no livro Harry Potter e as Reliquias da Morte que Voldemort transformou seu próprio nome em um feitiço (fez seu nome ser amaldiçoado), que possibilita ter a posição do indivíduo e possivelmente outras informações relativas a ele, possibilitando que os Comensais da Morte ou até mesmo o próprio Voldemort vá atrás da pessoa que pronunciou seu nome.

As Maldições Imperdoáveis são feitiços da série Harry Potter que foram proibidos pelo Ministério da Magia por possuírem caráter maligno e objetivo cruel (matar,

torturar, controlar

Índice

).

O uso de tais maldições implica prisão perpétua em Azkaban.

1 Maldição

Cruciatus

2 Maldição Imperius

3 Maldição da morte

4 Ver também

[editar] Maldição Cruciatus

Pronúncia: CRÚ-ci-o

Descrição: É a maldição da tortura. Causa enormes dores psicológicas e físicas. É um dos feitiços favoritos de Lord Voldemort e dos Comensais da Morte e, segundo Belatriz Lestrange, para o feitiço funcionar, "não basta apenas pronunciar as palavras, é preciso querer causar dor e sentir prazer com o sofrimento do seu oponente."

Visto/Mencionado: Foi visto primeiramente em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava transformado por meio da poção polissuco no ex-auror Alastor Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas. Depois é revelado que Bartô Crouch Jr. e Belatriz Lestrange (Bellatrix, na versão inglesa) foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry usa tal maldição em Bellatrix Lestrange após ela ter matado seu padrinho Sirius Black. No livro Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é

incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço. Também em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy tenta usar contra Harry quando lutam no banheiro feminino, mas não termina o feitiço.

Etimologia: Latim cruxi= sofrimento; atus= ato; "ato de sofrimento; sofrimento em ato".

Mas Harry aprende como usá-lo no sétimo livro, quando Amico Carrow cospe no rosto da professora Minerva McGonagall, em Hogwarts,e Draco Malfoy usou junto a Voldemort em um comensal da morte,chamado Thorfinn Rowle, pela falha na missão de capturar Harry e seus amigos.

É mencionado no sétimo livro que Aberforth Dumbledore foi atingido por Grindelwald com essa maldição.

[editar] Maldição Imperius

Pronúncia: im-PE-ri-o

Descrição: Toma o controle do alvo e faz com que a vítima siga fielmente as ordens do bruxo que lançou o feitiço. Feiticeiros com grande força de vontade podem vencer essa maldição como Harry faz durante as aulas com o falso Alastor Moody em "Harry Potter e o Cálice de Fogo". A oclumência não tem qualquer influência sobre a maldição, como podemos notar quando o verdadeiro Moody é colocado sobre a influência da maldição apesar de ter grande experiência em oclumência. Esta maldição controla a vontade do amaldiçoado e não sua mente, tanto que os amaldiçoados continuam a pensar normalmente apesar de não terem controle sobre seus atos.

Visto/Mencionado: Diversos locais. Visto em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Bartô Crouch Jr., que estava disfarçado de o ex-Auror Olho-Tonto Moody, usa contra uma aranha em uma aula de Defesa Contra a Arte das Trevas.

Etimologia: A palavra Imperius vem de Império, que por sua vez vem do latim Imperium, que significa autoridade, ordem.

Foi muito usada no tempo em que Lord Voldemort era poderoso, criando dificuldades para que o Ministério da Magia separasse os reais seguidores de Voldermort dos enfeitiçados. Muitos dos Comensais da Morte disseram-se enfeitiçados pela Maldição Imperius para escapar de Azkaban após a queda de seu mestre.Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Draco Malfoy infeitiça Madame Rosmerta em Hogsmeade.

Visto novamente em Harry Potter e as Relíquias da Morte, quando Harry , Rony e Hermione estão para entrar no Gringotes e usam-no num Comensal da Morte e num dos duendes que trabalha lá.

Através de treino é possível resistir a essa maldição. Harry Potter é um dos bruxos capazes de resistir completamente, tendo sido treinado para isso durante as aulas com o falso Alastor Moody (na verdade, Bartô Crouch Jr.), no quarto livro.

[editar] Maldição da morte

Maldição da Morte (Avada Kedavra)

Pronúncia: a-VA-da Ke-DA-vra

Descrição: Causa morte instantânea, sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um raio de luz verde e um som de algo batendo no alvo sem causar dor. Pode ser prevenido pelo uso do feitiço Expelliarmus. Os médicos nem sequer conseguem detectar a causa mortis e não existe proteção contra ele, sendo que Harry Potter, protagonista da série, foi a única pessoa que conseguiu resistir a esse feitiço. Quem utilizar a Maldição da Morte em outro ser humano recebe pena de prisão perpétua, na prisão bruxa de Azkaban. No quinto livro, Alvo

Dumbledore conta mais alguns detalhes sobre a morte dos pais de Harry Potter: como sua mãe, Lílian Evans, o havia protegido com um feitiço muito antigo (o do amor), o qual Voldemort jamais conseguiria compreender para se proteger. Ela e seu marido, Tiago Potter, faleceram enquanto protegiam o filho, que sobrevive apenas com uma cicatriz em forma de raio, e lhe traz ligações de estranhas habilidades, como a ofidioglosia - capacidade de se comunicar com ofídios, cobras -, daquele que tentou matá-lo, Lord Voldemort.

Visto/Mencionado::

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte é usado muitas vezes na Batalha em Hogwarts. Todos a quem esta maldição é dirigida morrem. Só é conhecido um sobrevivente: Harry Potter.

Em Harry Potter e a Câmara Secreta (possivelmente, somente no filme):

Por Lucio Malfoy, quando tenta matar Harry, mas é impedido por

Dobby. Ele diz somente "Avada

"Avada Kedavra". Também quando Voldemort mata Lilian e Tiago

Potter.

",

logo o feitiço mais possível é

Por Lord Voldemort, quando ele mata um jardineiro trouxa e quando confronta com Harry numa ligação de varinhas.

Por Pedro Pettigrew, quando mata Cedrico Diggory por ordem de Voldemort.

Por Bartolomeu Crouch Jr., em forma de Alastor Moody, como demonstração do feitiço matando uma aranha.

Por Bellatrix Lestrange, quando mata Sirius Black.

Por Bellatrix Lestrange, quando mata uma raposa por engano, em frente à casa de Severo Snape.

Por Severo Snape, quando mata Alvo Dumbledore.

Por Lord Voldemort, quando mata uma professora de Hogwarts na mansão dos Malfoy.

Por Lord Voldemort, quando mata Alastor Moody.

Por um Comensal da Morte, quando mata a coruja Edwiges.

Por Vincent Crabbe, quando tenta acertar Hermione Granger na Sala Precisa de Hogwarts.

Por Lord Voldemort, quando tenta matar Harry Potter. Entretanto, ele não sabia que parte da alma do próprio Voldemort estava aprisionada no Harry.

Por Vicente Crabbe, quando tenta matar Rony Weasley na Batalha de

Por Antonio Dolohov, quando mata Remo Lupin na Batalha de

Por Lord Voldemort, na batalha final contra Harry. O feitiço volta para Lord Voldemort, que acaba morto.

Por Bellatrix Lestrange, na Batalha Final, quando mata Ninfadora Tonks.

Por Molly Weasley, na Batalha Final, quando mata Bellatrix Lestrange.

Por Rony Weasley, na Batalha Final, quando tenta matar Nagini, sem sucesso.

Etimologia: a palavra aramaica Avada significa "Eu destruo/mato". Considerando que Kedavra significa "como eu falo", logo fica "Eu mato quando falo".

A seguir, são palavras ditas pela própria J. K. Rowling quando estava em um festival de livros em 2004 e deu a explicação sobre o significado de alguns nomes, entre eles Avada Kedavra:

"É um antigo feitiço em aramaico, e é o original de Abracadabra, que significa 'deixe a coisa ser destruída'. Originalmente era usado para curar doenças, matar doenças. Troquei a 'coisa' doença, mas decidi torná-lo a 'coisa' na pessoa que está na minha frente."

Nota: Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Bellatrix Lestrange usa essa maldição em Sirius Black, com sucesso, mas apenas no filme. Quanto ao livro ele é atingido por um feitiço desconhecido, possivelmente um Feitiço Estuporante, pois no livro não é citado o feitiço. Podendo então assumir que Sirius morreu ao atravessar o véu.

A

Abaffiato

Esse feitiço faz com que as pessoas possam ter conversas sem ninguém ouvi-las, quando uma pessoa está perto demais do local onde o feitiço foi conjurado, um zumbido invade o ouvido dela.

Harry encontra o feitiço no livro de poções que pertenceu ao Príncipe Mestiço.

Hermione usa para proteger sua cabana na floresta de Dean.

Hermione usa para conversar com Harry e Rony em particular na casa dos Weasleys, A Toca

Accio

Descrição: Feitiço Convocatório; é usado para chamar itens de longa distância para as mãos do bruxo.

Obs: Em alguns casos, o feitiço convocatório não tem efeito. Isso só ocorre quando é colocado uma magia especifica para barrar o feitiço convocatório

Por Harry para trazer até ele sua Firebolt na primeira tarefa.

Por Harry para trazer até ele a Taça Tribruxo no cemitério.

Por Molly Weasley para pegar as invencoes de Fred e George.

Por Harry em Hogsmeade para trazer as duas vassouras de Madame Rosmerta.

Por Harry, disfarçado de Alberto Runcorn na sala da Umbridge para conseguir a Horcrux, Medalhão de Slytherin.

Por Hermione dentro do cofre dos Lestrange para conseguir a Horcrux, Taça de Hufflepuff.

Por Molly Weasley para pegar os "brinquedos" de Fred e Jorge (livro)

[editar] Aguamenti

Pronúncia: A-qua-men-ti Descrição: Produz um jato d'agua controlado mentalmente.

Harry usa para tentar dar água a Dumbledore.

Harry usou para apagar o incêndio na cabana de Hagrid.

Quando as taças são enchidas de água durante o casamento de Gui Weasley com Fleur Delacour.

[editar] Alarte Ascendere

Pronúncia: a-LAr-te as-cen-de-RE Descrição: Faz o alvo ascender e depois cair no chão com um estrondo. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Câmara Secreta, no duelo entre Harry e Draco Malfoy, o professor Gilderoy Lockhart lança esse feitiço na cobra criada por Draco e em Harry Potter e o Cálice de Fogo, quando Dumbledore usa no pano que cobria a Taça Tribruxo.

[editar] Alohomora

O feitiço aparece como Alorromora nos livros em Português brasileiro. (PF Pág.140.)

Pronúncia: A-lô-ho-MOH-ra Descrição: Usado para destrancar portas trancadas por chaves comuns, e não trancadas por magia. Visto/Mencionado:

Hermione Granger utiliza o feitiço com sucesso na porta do corredor do terceiro andar de Hogwarts (que estava à frente de Fofo).

Rony Weasley utiliza o feitiço sem sucesso na porta do corredor do corredor de Chaves.

Harry usa para abrir a porta do escritório de Umbridge

Hermione Granger utilizou o feitiço com sucesso para destrancar a porta do quarto de Regulus Black.

Harry tentou usar este feitiço no medalhão de Slytherin, sem efeito.

Etimologia: Do Havaiano aloha, significa "despedida", e do Latim mora, significa "obstáculo". Ou talvez uma forma abreviada do Latim frase "alo hoc mora" que significa "Eu aumento esta barreira". Notas: O feitiço talvez tenha algum modo complexo desconhecido interagido com a fala de Colloportus.

[editar] Anapneo

Pronúncia: A-NAH-pneo Descrição: Limpar a traqueia respiratória e a boca, se estiver bloqueada. Visto/Mencionado:

Horácio Slughorn usou o feitiço em Marcos Belby quando eles estavam no trem- comboio e o rapaz engoliu muito rápido para poder responder uma pergunta.

Etimologia: Do verbo grego anapneo (αναπνεω), "Respirar". Notas: Anapneo e Episkey, que são primeiramente utilizadas em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, são os únicos feitiços na série obviamente derivadas do grego. Notas (2): Isto pode ser relacionado ao termo sono de Apneia, um fenômeno em que a respiração pára durante o sono.

[editar] Anti-Cola

Descrição: Enfeitiça uma pena para prevenir o escritor de colar enquanto escreve as respostas. Visto/Mencionado:

Durante os exames.

[editar] Animus de Imágio

Pronúncia: Â-nimus i-MÁ-gÍ-Ô Descrição: Cria uma imagem animada,ou da vida a uma já existente.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e o Cálice de Fogo,quando um membro do time da Irlanda cria uma imagem animada de um Leprechaun,na copa mundial de Quadribol. Nota: É possível que seja este o feitiço usado para animar os retratos de Hogwarts e da casa de Aberforth Dumbledore.

[editar] Animus Corpus

Pronúncia: Ah-nee-MOO-s Cor-poo-s Descrição: O feitiço tem a capacidade de encantar algo inanimado, já foram mostrados várias vezes durante os livros, como em Harry Potter e a Pedra Filosofal onde Quirinus Quirrell encanta a harpa para fazer Fofo adormecer, incontáveis são as aparições do feitiço, Hermione usa no sexto livro para criar os pássaros feitos de folhas, também usado para dar "vida" ao pomo de ouro e os balaços, o feitiço pode ser usado de incontáveis maneiras, até para criar Inferis. Visto/Mencionado: Possivelmente no jogo Harry Potter e o Cálice de Fogo, em que Voldemort conjura um feitiço verde no chão e faz com que esqueletos ganhem vida.

E no filme Harry Potter e o Enigma do Príncipe, quando Harry entra na sala de Dumbledore, há um papel com o feitiço descrito.

[editar] Aqua Eructo

Pronúncia: Ah-KWA-er-UK-to Descrição: Produz um jato de água. Também podendo fazer uma barreira de água. Visto/Mencionado: Harry Potter e o Cálice de Fogo

Muito utilizado no jogo por Harry, Rony e Hermione, para lutar contra salamandras e apagar chamas em certas fases do jogo.

Harry Potter e a Ordem da Fênix, no duelo entre Dumbledore e Voldemort no Ministério da Magia.

Harry Potter e as Relíquias da Morte Usado por Harry na grande bola de fogo que vem contra eles na Sala Precisa, graças a defesa de Harry, Ron achou as vassouras

[editar] Aresto Momentum

Pronúncia: ARESto MomenTUM Descrição: Amortece a queda.

Dumbledore impede que Harry Potter caia da vassoura em um jogo de Quadribol, pois havia sido atacado por dementadores.

Quando eles caem na Câmara da Morte quando saltam do Departamento de Mistérios. (filme)

Usado por Hermione quando ela, Harry, Rony e Grampo, o duende, caem do vagão do banco Gringotes na Queda do Ladrão.

Acredita-se que o auror Kingsley tenha utilizado-o na Batalha de Hogwarts, parando o comensal no ar e jogando-o para fora do local com um feitiço

impactante. O interessante, é que o movimento anti-horário feito com a varinha possa ser um dos movimentos necessários para se realizar o feitiço.

Etimologia: do Latim, Are Sto Momentum, significando No momento em que eu estou. (Fonte Google Translator)

[editar] Ascendio

Pronúncia: A-CÊN-dio Descrição: Joga o conjurador para cima. Visto/Mprooencionado:

Na segunda tarefa do Torneio Tribruxo, quando Harry Potter, dentro do Lago Negro, fica sem fôlego e precisa subir rapidamente. (filme)

[editar] Avada Kedavra

Veja Maldições Imperdoáveis para mais informações.

Pronúncia: a-VA-da Ke-DA-vra Descrição: É umas das três Maldições Imperdoáveis. Causa morte instantânea, sem causar dor e sem deixar nenhum sinal. Esse feitiço produz um flash de luz verde e um som de algo batendo no alvo, nos filmes o feitiço é muito veloz e só pode ser parado por algo entre o feitiço e o alvo, pensava-se que o feitiço não podia ser parado por feitiços rápidos de defeza (Ex: Protego), embora em Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 2, é mostrado que o Avada Kedavra pode sim ser defendido por feitiços como o Protego (a exemplo: Bellatrix tenta matar Gina Weasley, e sua mãe a defende facilmente com um protego). O feitiço pode ser impedido se for conjurado um feitiço contra, antes de atingir o oponente, criando assim um Priori Encantatem, se as varinhas dos dois bruxos tiverem o mesmo núcleo. Visto/Mencionado:

Voldemort usou para matar Lílian e Tiago Potter, os pais de Harry.

Lúcio Malfoy tenta usar contra Harry, mas Dobby, o elfo doméstico, o impede. Harry Potter e a Câmara Secreta (filme)

Harry Potter e o Cálice de Fogo: º Bartô Crouch Jr. , usou para matar seu pai Bartô Crouch após a segunda tarefa do torneio tribruxo mais tarde harry acha o corpo morto de Bartô Crouch

Voldemort usa a maldição no jardineiro trouxa

Rabicho mata Cedrico Diggory a mando de Voldemort.

No filme, Bellatrix Lestrange usa essa maldição em Sirius Black, com sucesso.

Usada por Severo Snape em Alvo Dumbledore.

Usado por Bellatrix Lestrange em uma raposa confundida com um auror, enquanto ela e Narcisa Malfoy iam na casa de Severo Snape(livro).

Usada também por Voldemort em e voltou com o Expelliarmus de Harry matando-o.

Voldemort usou essa Maldição em Caridade Burbage (Harry Potter e as Relíquias da Morte) na Mansão dos Malfoy.

Vicente Crabbe tentou usá-lo em Hermione Granger na Sala Precisa em Harry

Vicente Crabbe tentou usá-lo em Rony Weasley na Sala Precisa em Harry

Um Comensal da Morte usou com sucesso para matar Edwiges.

Voldemort num excesso de raiva, mata Pio Thicknesse.

Voldemort usou várias vezes contra Harry, na maioria das vezes resultou em Priori Incantatem (na última vez o matou).

Voldemort usou para matar Harry, mas sem sucesso e Voldemort só conseguiu destruir a Horcrux que estava nele.

Ron Weasley tenta usar em Nagini, porém, sem sucesso.

Molly Weasley tenta usar em Bellatrix ,3 vezes,porém sem sucesso.

Nota: nos filmes o feitiço pode ser verde ou azul esverdeado.

usado por um comensal da morte para matar {=[dino Thomas]harry potter a as reliquias da morte parte 2

Etimologia: A palavra aramaica Avada significa "Desapareça" considerando que Kedavra significa "deste Mundo". Logo, o significado dessa maldição é "Desapareça deste mundo". Também pode ser um paródia do Aramaico: ארבדכ ארבא avra kedabra que significa "Eu crio ao falar" (mesma palavra que originou Abracadabra, do mesmo significado), que no entanto significa "Eu destruo enquanto falo".

Porém, obtemos da pronúncia turca a seguinte vertente Havada Kadavra, significando Cádaver no Ar, (Fonte Google Translator), sendo mais aceitável por ser mais incisiva.

Nota: Possivelmente foi a magia verde que os Comensais da Morte lançam nos outros bruxos em Harry Potter e o Cálice de Fogo(jogo).

[editar] Avifors

Pronúncia: a-VI-fors Descrição: Este feitiço faz com que o alvo se transforme em pássaros. Visto/Mencionado:

É usado várias vezes ao decorrer do jogo.

O trio o usa como um feitiço de ataque. Também é um dos principais feitiços no primeiro desafio do Olho-Tonto Moody.

[editar] Aranha Exumai

Pronúncia: a-RA-nia e-xu-MAI Descrição: O feitiço repele aranhas,mandando-as para longe como se fosse um Estupefaça de uso único para aranhas Visto/Mencionado:

Quando a aranha se agarra em Rony, Harry Potter usa esse feitiço com sucesso e salva Rony.

Na lembrança de Tom Riddle, depois que ele tira Aragogue da caixa ele usa esse feitiço sem sucesso.

[editar] Azaração Ferreteante

Descrição: Desconfigura o rosto da vítima. Visto/Mencionado:

Hermione usa para desfigurar o rosto de Harry para que os sequestradores não o reconheçam.

[editar] Aequora Teggo

Pronuncia: AÊ-QUO-ra TÉ-ggo Descrição: Produz uma parede de tamanho médio de água densa, usada para se defender de feitiços flamejantes, ou aquáticos, de acordo com o movimento da varinha. Visto/Mencionado:

Harry Potter a usa para se defender temporariamente do Fogomaldito, lançado por Gregório Goyle na Sala Precisa.

[editar] Anti-Cola

Descrição: Enfeitiça uma pena para prevenir o escritor de colar enquanto escreve as respostas. Visto/Mencionado:

Durante os exames.

[editar] Anti-Aparatação/-Desaparatação

Pronúncia: re-Pé-llo apa-RÁ-ti-Ôw Descrição: Usado para prevenir aparatação e desaparatação numa área por determinado tempo. Resumindo, pode ser usado para prevenir um inimigo de entrar em uma área de defesa, ou usado para trancar um inimigo numa área. Também foi usado no sétimo livro, os Comensais da Morte o usaram para evitar que Harry, Rony e Hermione escapassem. Visto/Mencionado:

Por Alvo Dumbledore durante o ataque dos Comensais da Morte no Ministério da Magia. Também foi utilizado há algum tempo nos terrenos de Hogwarts, provavelmente pelo diretor ou coordenador na época.

Pelos Comensais da Morte em Hogsmeade para evitar que Harry, Rony e Hermione fugissem de lá.

[editar] Bombarda

Pronúncia: bom-BAR-da Descrição: cria uma energia explosiva que ao tocar, ou ser lançada em um alvo o explode como se fosse uma bomba e desfaz um escudo. Visto/Mencionado:

Hermione utiliza no cadeado da décima segunda torre a contar para a esquerda da sala do Professor Flitwick, salvando Sirius Black.

Etimologia: Provavelmente vem de bomba, bombardear. Ou talvez referência a arma de fogo medieval de mesmo nome, considerada a arma de fogo portátil mais antiga de todas.

[editar] Bombarda Maxima

Pronúncia: bom-BAr-da MÁ-xi-ma Descrição: Feitiço bombarda maximizado Visto/Mencionado:

Umbridge o usa ao descobrir a Sala Precisa, onde se escondia a Armada de Dumbledore.

[editar] Braquium Remendo

Pronúncia: Bra-qui-um Re-Men-do Descrição: Se o nome do feitiço for pronunciado corretamente pode curar um osso quebrado do braço. Visto/Mencionado:

Gilderoy Lockhart o usa sem sucesso (pois pronunciou braquio emendum), e acabou deixando o braço de Harry Potter sem ossos, o que fez com que Harry tivesse que ficar na Ala Hospitalar por um bom tempo.

Etimologia: Do Latim Brachium Remendo que significa cura-me o braço.

[editar] Cara-de-lesma

Pronúncia: Ca-ra-de-les-ma Descrição: A vítima vomita lesmas. Visto/Mencionado:

Rony Weasley tentou usar este feitiço em Draco Malfoy, mas como sua varinha estava quebrada, o feitiço deu errado, fazendo-o vomitar várias lesmas. Hagrid deu a Rony um balde, para que vomitasse as lesmas dentro dele.

[editar] Carpe Retractum

Pronúncia: car-PE re-TRAC-tum Descrição: Uma variação do feitiço Accio, porém mais forte (mas esse feitiço só cobre pequenas distâncias, diferente de Accio, que alcança grandes distâncias), ele conjura uma corrente de luz roxa( ou laranja avermelhada) que se prende no objeto levando ele em sua direção ou levando você na direção dele (se o objeto for pesado ou fixo),pode puxar algumas criaturas também. Visto em:

Usado muito por Harry no jogo.

Usado por Harry, Rony e Hermione para puxar várias coisas,geralmente portões,ou algumas criaturas.

Pode ter sido usado por Harry Potter para puxar a barraca da bolsa de Hermione.No livro Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Etimologia:do latim Carpo Retractum que significa voltar,talvez seja uma alusão ao fato do feitiço servir para puxar coisas.

[editar] Cave Inimicum

Pronúncia: CA-ve-INI-mi-cum Descrição: Cria uma "barreira" protetora em volta de algum lugar, que não permite que quem esteja fora dessa barreira veja o que acontece por dentro da mesma. Visto/mencionado:

Usado por Lilían Potter e Thiago Potter para se esconderem de Voldemord. (livro "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban")

Um dos feitiços de proteção usados por Hermione em torno da cabana em que ela e Rony e Harry acampavam. (Relíquias da Morte, páginas 217, e 330)

Visto em Harry Potter e as Relíquias da Morte, pelos professores de Hogwarts para proteger o castelo.

Etimologia: "cave" do Latim para "cuidado" + "inimicum" do Latim para "inimigo". Em resumo, proteção de inimigos. Notas: Esse feitiço é usado na maioria por Hermione, Harry usa após a partida de Rony quando Hermione senta no chão Harry se oculpa dos feitiços que ela faz em torno da barraca.

[editar] Cistem Aperio

Pronúncia: cIS-têm-APé-rIO Descrição: Estoura localidades, como uma caixa trancada por exemplo ou a varinha de uma pessoa. Visto/Mencionado:

Por Tom Riddle em Harry Potter e a Câmara Secreta, ao abrir a caixa onde estava Aragogue.

Por Severo Snape em Harry Potter e o Cálice de Fogo, para abrir o baú onde estava Alastor Moody

Etimologia: Do Latim, cistem significa "peito", e aperio, eu abro. Então, Cistem Aperio pode ser "eu abro o peito" - "Eu abro aquilo que protege" Nota: É possível que essa magia tenha sido usada pelos Comensais da Morte para estourar pedras, causando um desmoronamento no jogo de Harry Potter e o Cálice de Fogo, mas essa magia era verde no jogo, aparentando-se mais à Avada Kedavra.

[editar] Colloportus

Pronúncia: col-lo-PÓR-tus Descrição: Esse feitiço tranca as portas, prevenindo-as de serem abertas por um certo tempo.

Visto/Mencionado:

Usado por Hermione Granger para selar as portas do Departamento de Mistérios.

Neville, Luna Lovegood e Harry Potter usaram para selar as portas no Departamento de Mistérios contra alguns Comensais da Morte.

Etimologia: Talvez uma junção das palavras Latinas colligere ("colecionar") e portus ("porta"). A palavra de origem Grega kolla também significa "cola", e torna-se collo em muitas palavras do inglês. Particularmente, o feitiço faz uma porta bloquear-se, ou colar-se.

[editar] Confringo

Pronúncia: con-FRIN-go Descrição: Dispara um rojão de luz roxo/violeta explodindo tudo o que atinge. Visto/Mencionado:

Harry usa para destruir o carro lateral da motocicleta de Hagrid em vôo durante a batalha com os Comensais da Morte.(livro)

Hermione usa-o em uma tentativa de matar Nagini e facilitar a fuga da casa de Batilda Bagshot em Godric's Hollow. Ela acaba quebrando a varinha de Harry.

Hermione usa contra alguns sequestradores quando está fugindo deles.

Hermione possivelmente usa o contra Fenrir Greyback para salvar Lilá Brown

Harry Potter usou quando saltou do colo de Hagrid na batalha de Hogwarts. Em [[Harry Potter e as Relíquias da Morte](filme)

Harry Potter usa para explodir Edwiges no vôo para a toca.

Nota: Nos jogos de Harry Potter e as Relíquias da Morte,é um poderoso feitiço explosivo,semelhante a um rojão violeta. ¨¨(Nota no jogo Harry Potter e as relíquias da morte parte 2 e e um poderoso feitiço azul,os comensais da morte usam o confrigo e sai vermelho Etimologia: Do latim Cofringo que significa destruir

[editar] Confundus

Pronúncia: con-FUn-dos Descrição: É um feitiço para confundir a mente da vitima de varias formas diferentes, o feitiço pode ser usado de inumeras maneiras, seja para fazer alguem errar oque ia dizer, ou se confundir durante um duelo, é um feitiço que envolve a confusão mental rapida de alguem, é considerada uma magia de alto nivel, pois pode ser usada legalmente, e com muita capacidade, é quase como um Imperius. Visto/Mencionado:

Professor Snape sugere que Harry e Hermione foram confundidos por acreditarem na inocência de Sirius Black.[livro]

É sugerido que o feitiço para confundir foi responsável pelo Cálice ter escolhido quatro Campeões invés de três.

Hermione usa no teste de quadribol para confundir Córmaco McLaggen

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1(Jogo) é usado para fazer os inimigos se atacarem por um tempo.

Etimologia: Do latim Confundus: Vou confundir

[editar] Conjunctivitus

pronúncia: Con-juncti-VI-tus. Descrição: Uma azaração que afeta os olhos e a visão da vítima. Visto/mencionado:

Sugerida por Sirius Black na carta que ele mandou a Harry e usada por Viktor Krum na primeira tarefa do Torneio Tribruxo.

Usada por Madame Maxime contra alguns gigantes.

Notas: Provavelmente, o nome comum derivado da doença conjutivite, sabida mais geralmente como “o olho cor-de-rosa” ou da “o olho lagarta” devido a sua inflamação no olho.

[editar] Conjuração de fogo

Pronúncia: FÓ-gus MÊN-te-Ô Descrição: Conjura fogo magicamente,é provável que a intensidade do fogo seja controlada pela mente. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe quando Harry está vendo uma lembrança sobre Tom Riddle na Penseira,onde Dumbledore incendeia o armário do orfanato em quanto falava com ele(com Tom Riddle). Nota: É possível que este seja o feitiço que Dumbledore usa na caverna para destruir os Inferi(ou então foi o Fogomaldito).Também pode ser o feitiço usado para incendiar a Toca e a cabana do Hagrid,e o feitiço que o professor Quirrel usou no primeiro ano para impedir que Harry fugisse. Nota 2: Este feitiço é incerto uma vez que todos os incêndios e/ou manipulação de fogo(com exceção do feitiço Incendio) são considerados como sendo o Fogomaldito,porém na conjuração de fogo nunca há formação de animais feitos dele. Obs.: Este termo se refere a um tipo de fogo produzido por magia,mais potente do que o incendio e menos potente do que o Fogomalditus,uma vez que este ultimo destrói tudo instantaneamente e nem todos os incêndios causados por magia na história têm este efeito,e nem sempre surgem animais das chamas(como ocorre com o Fogomaldito).

[editar] Conjurius Army

Pronúncia: con-JU-rius Ar-my,(pode ser usado mentalmente). Descrição: Conjura uma proteção temporária que pode ser utilizada para se defender de qualquer feitiço lampejo, conjurando uma espécie de escudo para se defender de feitiços mais poderosos e uma pequena parede transparente que pode defender de feitiços mais fracos e simples. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Ordem da Fenix, por Lord Voldemort na batalha no ministério para se defender do feitiço de Dumbledore. Nota 1: Esse também pode ter sido o feitiço usado pelo auror Kingsley Shacklebolt para defender o trio de um comensal da morte em Harry Potter e as Relíquias da morte Parte 2. Etimologia: Do latim conjure um exército

[editar] Cruciatus

Pronúncia: CRU-ci-o Descrição: Causa enormes dores físicas por todo o corpo da vitima.Um dos feitiços preferidos de Lord Voldemort. Harry descreve a sensação como se os ossos do seu corpo estivessem pegando fogo, e depois de um tempo começou a desejar a morte de tanto sofrimento.Mas, para ser usada com sucesso, quem conjura o feitiço precisa estar desejando que o atingido sofra, precisa sentir prazer em ver a dor nele. Visto/Mencionado:

Usado por Barto Crouch Jr., personificando Olho-tonto Moody, usa a maldição em uma aranha durante a aula de Defesa Contra as Artes das Trevas.

Usado por Lord Voldemort em Rabicho 2 vezes a primeira punindo-o na casa abandonada dos Riddle e depois no cemitério logo após ter recuperado seu corpo.

É revelado que Barto Crouch Jr. e Bellatrix (português europeu) ou Belatriz (português brasileiro) Lestrange foram enviados para Azkaban, por terem usado esta maldição em Frank e Alice Longbottom, pais de Neville Longbottom, até a insanidade.

Usado por Vitor Krum [no livro] em Cedrico, sem sucesso, pois Harry ajuda-o, deixando-o paralisado, e lança os raios vermelhos para o irem salvar, pois poderia ser comido por um explogento, logo estes 2 pensam que ele não é boa pessoa, mas Barto Crouch Jr. revela o ter enfeitiçado, pois Dumbledor pôs-lhe à boca uma poção de verdade o que faz Harry o achar boa pessoa, pois Barto Jr. contou tudo na frente de Harry, a mando de Dumbledore.

Por Voldemort contra Harry Potter.

Dolores Umbridge tenta usar em Harry Potter em sua sala quando tentavam escapar pela lareira.

Harry tenta usar a maldição em Bellatrix após ela ter usado a Maldição da Morte em Sirius Black, mas não consegue realizá-la.

Bellatrix Lestrange usa contra Harry para "demonstrar" como a maldição deve ser feita.

Harry torna a usar essa maldição, mas Snape diz que ele é incapaz de fazer o uso correto de tal feitiço.

Draco não completa tal feitiço,enquanto lutava com Harry no banheiro feminino,logo depois foi atingido pelo feitiço Sectumsempra.

Draco Malfoy e Lord Voldemort torturam Thorfinn Rowle com tal maldição.

Harry usa em Amico Carrow, quando ele cospe em Minerva McGonagall. Tomado de ódio, ele consegue realizar tal maldição.

Bellatrix Lestrange usa em Hermione Granger na casa da família Malfoy

Etimologia: Latim Cruciatus que significa tormento,dor,tortura. Nota: Quando exposta ao feitiço por muito tempo, a dor pode levar a pessoa à insanidade, que pode ser permanente, como nos pais de Neville. Nota 2: Essa foi a segunda Maldição Imperdoável que Harry lançou com sucesso, sendo a primeira a maldição Imperius, usada na invasão do Gringotes em Harry Potter e as Relíquias da Morte. Nota 3: Na primeira vez que aparece nos filmes,a Maldição Cruciatus é um feitiço invisível,e é preciso manter a varinha apontada para o alvo,mas posteriormente aparece como um pequeno rojão de luz vermelho.

[editar] Deffodio

Pronúncia: de-FOH-di-o Descrição: Este feitiço faz com que entalhes profundos apareçam no objeto alvejado. Visto/Mencionado:

Usado apenas no livro por Hermione Granger, Harry Potter, e Rony Weasley para escapar do Banco de Gringotes. Naquele momento, eles estavam voando graças ao dragão que protegia os cofres do banco.

[editar] Deletrius

Pronúncia: de-LEET-ree-us /dəli'tɹ i ʊs/ Descrição: Um feitiço para apagar. Visto/Mencionado:

Quando Amos Diggory se livra do eco da Marca Negra da varinha de Harry.

Pode ter sido usada pelos estudantes de Hogwarts para apagar a Marca Negra no final.

Etimologia: Do Latim delére significa "apagar".

[editar] Dessendio

Pronúncia: deh-SEN-doh Descrição: Provavelmente este feitiço faz com que o objeto alvejado mova-se pra baixo. Visto/Mencionado:

Rony usa para que uma escada desça e o conduza até o porão.

Usado por Crabbe na Sala Precisa para fazer que a parede por trás de Rony caia.

[editar] Densaugeo

Pronuncia: Denz-OW-gai-oh /d ɛnzau'geo/ ou den-SAW-jee-oh Descrição: Esse feitiço faz com que os dentes da vítima cresçam rapidamente. Visto/mencionado: Em Harry Potter e o Cálice de Fogo quando Draco Malfoy acidentalmente ataca Hermione fora da sala de aula de poções.

[editar] Deprimo

Pronúncia: DEH-prih-moh Descrição: Este feitiço cria uma pressão escendente imensa em seu alvo, o que pode causar uma violenta ruptura. Visto/Mencionado: Em ' ' Harry Potter e as Relíquias da Morte Hermione abre um buraco no chão da sala dos Lovegood. Etimologia: Do Latim deprimo significa "pressiono para baixo".

[editar] Depulso

Pronuncia: de-PUL-so Descrição:É o contrário do feitico Accio. É usado para arremessar objetos para longe. Visto/Mencionado: Nos jogos de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e Harry Potter e o Cálice de Fogo, em que o trio usa-o várias vezes ao longo dos jogos.

É visto também no jogo de Harry Potter e a Ordem da Fênix, em que Sirius mostra a Harry e a Hermione como usar o feitiço na mobília da casa. Em Harry Potter e as Relíquias da Morte talvez tenha sido usado por Kingsley, para lançar o Comensal da Morte para longe, após usar o feitiço Aresto Momento(filme).

Etimologia: do latim depulso que significa "afastar".

[editar] Desilusório

Pronúncia: CA-mana-nin-vi-Si-BE-Lis Descrição: Causa um efeito igual a de um camaleão, mas não deixa invisível. Visto/Mencionado:

Alastor Moody usa o feitiço em Harry Potter para que a Ordem da Fênix pudesse levá-lo em segurança para a sede da ordem.

No folheto do Ministério da Magia sobre precauções contra Comensais da Morte

Mencionado por Xenophilius Lovegood, pai de Luna Lovegood quando explicava sobre a Capa de Invisibilidade.

Usado por Alvo Dumbledore quando vê Harry pela 3ª vez em frente ao Espelho de Ojesed.

[editar] Diffindo

Pronúncia: dif-FIN-doh /d ɪfɪ'ndo/ Descrição: Inverso do feitiço Reparo. Feitiço utilizado para cortar coisas. Visto/Mencionado:

Harry, urgentemente, quer falar com Cedrico Diggory ele invoca a magia para rasgar sua bolsa, atrasando-o para a aula.

Rony usa essa magia para tirar os laços da sua roupa para o Baile de Inverno.

Numa tentativa de salvar Rony do cérebro no Departamento dos Mistérios.

Dolores usa para separar um casal.

Harry quer trocar a capa da cópia do livro Estudos Avançados no Preparo de Poções do Principe Mestiço por uma nova, a fim de ficar com a versão do Principe.

Harry o usa para tentar destruir o medalhão de Slytherin.

Harry usa esse feitiço para cortar um pedaço da parte do gelo que o possibilita de mergulhar ao fundo do lago e resgatar a espada de Godric Griffyndor.

Etimologia: Latim diffindere, "Dividir" ou "Partir". Notas: No jogo Harry Potter e a Câmara Secreta, é mencionado que Diffindo corta coisas que possuem origem orgânica (baseadas em carbono).

[editar] Diminuendo

Pronunciação: di-mi-nu-EN-do Descrição: Esse feitiço faz com que um objecto diminua de tamanho. Visto/mencionado:

Usado pelos membros da AD para no treinamento (filme).

[editar] Dissendium

Pronúncia: dis-SEND-ee-um /d ɪs ɛ'ndiʊm/ Descrição: Faz com que a corcunda da estátua da bruxa de um olho só abra.É uma passagem secreta para o porão da Dedosdemel (loja de doces em Hogsmeade).Também usado como uma maneira menos variada do feitiço Diffindo. Visto/Mencionado: Visto em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Harry o usa na tentativa de destruir o madalhão de Slytherin.

Etimologia Da palavra inglesa "dissident" que significa contra as leis. Nota: Não é provavelmente um feitiço em sentido estrito, mas uma senha mágica, como "Mimbulus Mimbletonia" (uma das senhas do retrato da Mulher Gorda) e "Gota de Limão" (senha para a Fênix do escritório de Dumbledore em [Harry Potter e o Enigma do Príncipe]).

[editar] Draconifors

Pronúncia: Dra-CO-ni-fors Descrição: É parecido com o feitiço Lapifors, mas este feitiços faz com que transforme pequenas estátuas de dragão em pequenos dragões de verdade, podendo controlá-los. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (jogo), Hermione aprende na aula de transfiguração. Etimologia: Do latim draco, dragão.

1. também usado em Harry Potter e o calice de fogo para mostrar aos participantes do torneio como era o dragão de cada um deles.(filme)

[editar] Duro

Pronúncia: DU-ro Descrição: Faz uma superfície atingida pelo feitiço Glisseo voltar a sua forma original.

Visto/Mencionado: Em Harry Potter e as Relíquias da Morte onde Hermione faz a escada voltar ao normal depois de ser atingida pelo feitiço Glisseo.

[editar] Ebublio

Pronunciação: eh-BUH-blioh Descrição: Faz com que bolhas saiam da varinha. Serve somente contra salamandras,e só funciona caso a salamandra esteja sendo atacada com o Aqua Eructo(Aqua Eructo apaga o fogo das salamandras,enquanto que o Ebublio serve como forma de ataque). Visto em: Jogo Harry Potter e o Cálice de Fogo.

[editar] Element circa

Pronúncia: ele-mÊn-te CIR-ka (pode ser usado mentalmente) Descrição: Faz que o elemento, mencionado se torne possível, de se "controlar", um feitiço muito difícil, que exige alto nível experiente em magia. Visto/Mencionado:

Na luta de Alvo Dumbledore contra Voldemort, ele usa esse feitiço.

[editar] Engorgio

Pronúncia: en-GOR-dio Descrição: Faz com que algo cresça, aumente de tamanho. Visto/Mencionado:

Quando Alastor Moody usa o feitiço numa aranha para mostrar os efeitos das Maldições Imperdoáveis.

Hagrid é suspeito de executar o encanto em suas abóboras uma vez.

Quando Harry ganha de Rony uma varinha tomada de um sequestrador, e testa em um pequeno fogo que Hermione tinha feito (filme).

Etimologia: Da palavra inglesa engorge, que significa ingurgitar (aumentar de volume;inchar).

[editar] Ennervate

Pronúncia: e-ner-Va-te Descrição: Um feitiço que faz com que a pessoa que o recebeu "acorde". Pode ser usado por exemplo, numa pessoa que foi estuporada. Visto/Mencionado:

Usado por Amos Diggory para acordar Winky quando ela é encontrada embaixo da Marca Negra depois da invasão dos Comensais da Morte a Copa Mundial de Quadribol. (livro)

Usado por Alvo Dumbledore o usou para acordar Viktor Krum depois que ele foi estuporado a espera de Harry perto da Floresta Proibida (livro).

Dumbledore também usou esse feitiço para acordar Bartô Crouch Jr. e poder interrogá-lo depois que ele descobriu o seu disfarce.

Usado por Harry Potter numa tentativa de acordar o Professor Dumbledore

Usado por Hermione em harry depois que foi enfeitiçado por Rony Weasley

Etimologia: Talvez do inglês en- (no sentindo de "in") e também do inglês nerves ou do latin nervus, ambos no sentido de força ou poder. Não há palavras em inglês ou em latin com similar soletração ou significado, porém a soletração é quase idêntica à enervate(do inglês), que significa enfraquecido ou desacordado. Notas: Pode ser usado para "curar" a pessoa do feitiço Estupefaça/Estupore.

[editar] Episkey

Pronúncia: eh-PIS-ki Descrição: usado para curar machucados menores. Visto/Mencionado: Usado em Harry Potter e o Cálice de Fogo depois do primeiro teste no Torneio Tribruxo. Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, (Página 125) Luna Lovegood usou para consertar o nariz de Harry[(no filme)] e usado por Ninfadora Tonks[(no livro)]; também usado no mesmo livro para consertar a boca de Demelza Robins. Etimologia: Essa palavra surgiu do grego "episkeui" ("επισκευή"), que significa "consertar". Notas: J. K. Rowling escreveu em Harry Potter e o Enigma do Príncipe que o conhecimento de Harry lhe diz que este feitiço pode pertencer à familia (ou variedade) dos feitiços reparadores.

[editar] Erecto

Pronúncia: e-REH-cto Descrição: Monta coisas. Visto/Mencionado: Hermione o usa na cabana em que ela, Harry e Rony se esconderiam para montá-la rapidamente, em Harry Potter e as Relíquias da Morte .

Pode ter sido o feitiço que os Weasley usam para levantar o enorme toldo,para o casamento de Gui Weasley com Fleur Delacour em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1.

[editar] Espázimo

Pronúncia: es-PAH-zi-mo Descrição: Este feitiço é uma variação menos intensa do Confringo. Visto/Mencionado:

Provavelmente usado diversas vezes por Minerva McGonagall e outros professores na batalha de Hogwarts.

Etimologia: do grego "quebra" quer dizer spásimo

[editar] Estupefaça

Pronúncia: es-tu-pe-fah-ça Descrição: (Stupefy) Joga a vítima para longe. Faz a pessoa desmaiar. Nos filmes percebe-se que o feitiço é de cor vermelha, porém acredita-se que o feitiço é de acordo com a casa em que a pessoa foi designada em Hogwarts. Visto/Mencionado:

Provavelmente usado por Olho-Tonto Moody em Bartô Crouch Jr, na lembrança a qual Harry tem acesso quando usa acidentalmente a Penseira.

Harry Potter usou contra um Explosivim durante a 3ª Tarefa do Torneio Tribruxo, mas ricocheteou.

Harry Potter usou o feitiço contra Vítor Krum por ter atacado Cedrico Diggory. O feitiço acertou suas costas.

Harry Potter usou contra uma aranha, que queria atacar à Cedrico Diggory, mas não adiantou.

Harry Potter e Cedrico Diggory usaram juntos o feitiço contra a aranha, que a nocauteou.

Dolores Umbridge usou contra Professora McGonagall.

A Armada de Dumbledore tentou usá-lo contra os Comensais da Morte.

Aparece muitas vezes durante a batalha de Harry e Sirius contra Lucio Malfoy e Rodolfo Lestrange.

Sirius usou em Lucio Malfoy não verbalmente e lançou-o para trás.

Harry Potter pode ter usado contra Draco Malfoy no banheiro, antes de atacar o mesmo com o Sectumsempra.

Belatriz e Snape usam esse feitiço contra Harry, quando ele os persegue após a morte de Dumbledore na Torre de Astronomia.

Harry ultilizou este feitiço no livro em Thor Rowle na cafeteria. Harry utilizou uma versão tripla do feitiço, utilizando três varinhas contra Fenrir Greyback, que o fez desmaiar e ficar fora da história por um bom tempo, reaparecendo apenas no final.

Visto também quando Harry-Alberto Runcorn,Hermione-Mafalda Hopkirk e Rony- Alfredo Cattermole invadem o ministério da magia deixando Dolores Umbrige e Yaxley inconcientes.

Bellatrix Lestrange usou várias vezes contra Molly Weasley, que fez o mesmo.

Possivelmente usado pelos comensais da morte contra Hogwarts mas foi impedido pelos feitiços impostos para proteger Hogwarts dos comensais da morte no começo da batalha de Hogwarts.

Hermione Granger usa este feitiço para impedir que Fenrir Greyback mate Lilá Brown na batalha de Hogwarts.

Snape Usou esse Feitiço em um auror na fuga de hogwarts em Harry Potter e o Enigma do Principe.

Etimologia: Do Inglês stupefy que significa embasbacar, estupefazer.

[editar] Estupore

Pronuncia:: ES-TU-po-re Descrição: Este feitiço, assim como Estupefaça, mantém o alvo inconsciente, embora o Estupefaça deixe a vítima desacordada apenas se usado por três ou mais varinhas, e seu efeito principal seja lançar a vítima para longe.

Visto/Mencionado:: Foi usado para conter os dragões usados na primeira prova do Torneio Tribruxo de 1994. Utilizado em Harry Potter e o Cálice de Fogo, em que aurores tentam capturar Harry, Rony e Hermione.

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte I, houve um erro na legenda, e na versão dublada, onde Harry usa o Estupefaça, mas nas legendas e na versão dublada ele diz "Estupore". No jogo de Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte I, durante o combate aéreo, aparece uma cena de animação em que um dos Comensais atira um feitiço vermelho, que pode ser "Estupore", em Hagrid, deixando-o desacordado. Em Harry Potter e as relíquias da Morte Parte II , onde Harry usa duas vezes o feitiço em Lucio Malfoy Em Harry Potter e as relíquias da Morte Parte II , onde Goyle lança a maldição Avada Kedavra em Hermione , ela revida com o " Estupore" . Nos filmes, o Estupore é vermelho, enquanto o Estupefaça é azul.

Notas: O feitiço é inútil contra gigantes. Seu contra-feitiço é Ennervate.

[editar] Evanesco

Pronuncia: eh-van-ES-ko /ɛ,vənɛ'sko/ or ee-vah-NESS-koh Descrição: Faz coisas menores se desintegrarem. Visto/Mencionado: Usado em Harry Potter e a Ordem da Fênix quando Professor Snape faz a poção de Harry sumir do caldeirão. E quando Fred e Jorge apresentam seus produtos na sala comunal, Lino Jordan limpava os estragos(vomitos) no chão, com este feitico. Etimologia: Do Latin evanescere, "desaparecer".

[editar] Everte Statum

Pronúncia: e-vÉrt ist-ÁH-Tium Descrição: Joga o adversário longe, enquanto dá piruetas no ar. Visto/Mencionado: Usado em Harry Potter e a Câmara Secreta (filme) quando Draco duela contra Harry.

[editar] Expecto Patronum

duela contra Harry . [ editar ] Expecto Patronum Ver artigo principal: Expecto Patrono Pronuncia:

Ver artigo principal: Expecto Patrono Pronuncia: Éks-pé-qui-to -Pa-trO-NouM Descrição: Feitiço usado para combater dementadores. O Patrono corpóreo assume a forma de animal de cor prata (Ex: Harry: cervo) que geralmente tem a ver com algo no passado ou presente da pessoa. (Ex: o de Harry é um cervo porque o de seu pai também era, e o Patrono de Ninfadora Tonks muda por causa de seu sofrimento pela morte de Sirius Black, seu parente) Mas um Patrono só pode ser conjurado se o conjurador estiver pensando em uma lembrança feliz, a mais feliz que tiver. A energia boa do Patrono irá alimentar o dementador, que não se alimentará da felicidade do conjurador, mas sim da felicidade da memória do conjurador presente no Patrono. Bruxos experientes podem lançar Patronos, e na maioria das vezes que é praticado sem que o conjurador esteja pensando em algo feliz ou se o conjurador for um bruxo inexperiente, sairá uma fumaça prata da ponta de sua varinha.

Visto em:Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban , Harry Potter e o Cálice de Fogo , Harry Potter e a Ordem da Fênix,Harry Potter e as Relíquias da Morte 1 e 2 Usado por Dolores Jane Umbridge no interrogatório,Abeforth Dumbledore na batalha em Hogwarts, por Kingsley Shacklebolt em aviso a queda do M.M no casamento de Fleur e Gui, pelos alunos da Armada de Dumbledore, e por Harry para afastar os Dementadores.

Etimologia: do Latim, Expecto Patronum, (partícula "ex" + "spectrum" e "Patronum"), significando A Imagem do Patrono. (Fonte: FARIA, Ernesto. Dicionário de Latim). Patrono é um protetor, que identifica a função do animal astral invocado.

[editar] Expellimellius

Pronúncia:Éks-Pé-li-Mé-lius

Este feitiço faz a manga do oponente pegar fogo(se apontado para ela). Aparição:

Cho Chang utiliza este feitiço (acidentalmente)em Marieta, durante uma aula da Armada de Dumbledore

Etimologia:do latim expellere(expelir)e do finlandês mell(desordenadamente). Expelir sem ordem, expelir confusamente. (Fonte: Google Tradutor.)

[editar] Expelliarmus

Pronuncia: Éks-Pe-Li-Ar-Mus Descrição: Feitiço de Desarmamento que produz um raio vermelho,também é usado para jogar o adversário longe(caso o usuário do feitiço mire na pessoa em vez de mirar na arma,seja varinha ou outra coisa), às vezes fazendo-o desmaiar.Feitiço conhecido como marca registrada de Harry,pois ele usa-o muito.

Visto/Mencionado: Harry Potter e a Câmara Secreta(primeira vez que foi visto ou mencionado)

Severus Snape usa o feitiço em Gilderoy Lockhart com muito estilo com um rojo de luz forte aparentando ser fogo, jogando-o no Clube de Duelos.

No livro Percy desarma Draco por ter pego o diário de Harry, e depois desarma Lockhart em sua sala na tentativa dele apagar a mente de Harry e Rony.

Lupin usou para desarmar Harry.

Snape usou para desarmar Sirius Black

Harry usou para atacar Snape

Harry usou para desarmar Rabicho

Harry usou esse feitiço contra Krum

Harry usou esse feitiço contra Lord Voldemort.

Cedrico usou esse feitiço contra Krum.

Harry Potter contra Voldemort, o que resultou em Priori Incantatem.

No jogo Harry Potter e o Cálice de Fogo, esta magia pode ser usada pressionando o botão "X"(na versão de PlayStation 2.

É o primeiro feitiço a ser ensinado aos componentes da Armada de Dumbledore.

Harry utilizou em Lucio Malfoy para tirar a varinha de sua mão esquerda e Sirius usou para tirar a varinha da mão direita.

Draco Malfoy utiliza o feitiço para desarmar Alvo Dumbledore.

Harry Potter tentou o feitiço num Comensal da Morte na batalha sobre Little Whinging.

Remo Lupin diz a Harry para tomar cuidado quando lançar o feitiço, pois os Comensais da Morte estão reconhecendo o feitiço como a "marca" do Harry Potter.

É

usado para repelir o feitiço "Avada Kedavra" contra Lord Voldemort,

matando-o.

Ron Weasley usa-o para desarmar Yaxley na fuga do Ministério Da Magia em Harry Potter e as Reliquias da Morte

Hermione usa-o para desarmar Mundungo Fletcher na casa dos Black

Etmologia: do latim expellere (expelir) e armus (arma).

Nota: Nos filmes o feitiço varia de cor e tamanho, no caso de ser usado para o desarme o feitiço pode ser uma esfera de luz azul com o centro branco,ou totalmente branca. No caso do feitiço ser usado para lançar o inimigo para longe,a cor fica igual a quando usam para o desarme,porém fica maior. Quando

o feitiço é usado num Priori Incantatem ele assumi a forma de um raio branco e contínuo,com contorno vermelho.

[editar] Epoximise

Pronuncia: EH-pó-xi-Mih-sé Descrição: Cola adesivos permanentementes. Visto/Mencionado: No sétimo livro, em uma carta é revelado que Sirius não desfez o feitiço em seus pôsters em seu quarto no Largo Grimmauld.

[editar] Expulso

Pronuncia: Ex-púlso Descrição: Funciona de modo parecido com o feitiço Reducto, mas com intensidade menor. Aparenta uma pequena explosao de ar ou pressão.

Visto/Mencionado:Utilizado por Thor Rowle para explodir uma mesa em Harry Potter e as Reliquias da Morte. Utilizado por Harry Potter no mesmo livro para tentar destruir o medalhão(uma das Horcruxes),antes disso Harry usa este feitiço num dos comensais da morte,na lanchonete onde ele,Rony e Hermione estavam.

Etmologia:Do latim expulsio que significa expulsão.

[editar] Ferula

Pronunciação: FE-ru-la Descrição: Cria bandagens num machucado. Visto/Mencionado: Usado por Remo Lupin em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban para enrolar a perna de Rony em uma bandagem. Etmologia: Latim ferula, quer dizer "tala" ou "muleta".

[editar] Fianto Duri

Pronunciação:Fi-AN-to DU-ri Descrição:Cria uma proteção no local lançado, provavelmente mais sólida, de acordo com sua pronúncia Visto/Mencionado:Usado por Molly Weasley, Horácio Slughorn, Minerva McGonagall e por Filius Flitwick em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2 para prepararem Hogwarts para a batalha. Etmologia: Latim fiant, quer dizer "tornar-se" e 'durus' quer dizer "duro", "inflexível", o que quer dizer que a frase é "torne-se duro".

[editar] Fidelius

Descrição: Esse feitiço complexo guarda uma informação secreta dentro da alma do bruxo "recipiente", conhecido como "fiel do segredo". A Informação é então inacessível, até que o fiel do segredo escolha revelá-la; nem mesmo aqueles que conseguiram que a informação lhes fosse revelada poderão revelá-la para outros. Visto/Mencionado: Até agora,houve quatro usos desse feitiço na série:

Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban,é explicado que quando ele era criança, ele e seus pais, Thiago e Lílian, estavam escondidos de Voldemort por esse feitiço.

Em Harry Potter e A Ordem da Fênix nós descobrimos que o feitiço é utilizado para esconder o local da sede da Ordem.Dumbledore é o fiel do segredo.

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Quando Arthur é o fiel do segredo de onde os Weasleys estão escondidos ( casa da Tia Muriel )

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Onde Gui Weasley é o fiel do segredo de onde fica sua casa - ( chalé das conchas )

Etmologia: Do Latim fidelis, quer dizer "de fé" ou "leal". Notas::Esse feitiço parece não ter efeito em animais, pois Edwiges encontrou Rony e Hermione na sede da Ordem em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

[editar] Finite Incantatem

Pronunciação: fi-NI-te in-can-TATEM ou apenas fi-NI-te Descrição: Usado para acabar com o efeito de um feitiço usado numa pessoa ou numa coisa Visto/Mencionado:

Usado por Hermione Granger para voltar ao normal um balaço descontrolado no meio de um jogo de quadribol. (filme)

Usado por Remo Lupin para que as pernas de Neville Longbottom que foram enfeitiçadas (feitiço Tarantalegra) por um Comensal da Morte para que elas voltassem ao normal. (livro)

Usado por Luna Lovegood para fazer Harry voltar ao normal depois de ter sido petrificado por Draco Malfoy no Expresso de Hogwarts.

Usado por Rony, para acabar com a chuva no gabinete de um dos funcionarios do Ministério da Magia. (Enquanto Rony estava disfarçado,sobre efeito da Poção Polissuco.)

Etmologia: Do Latim finite - termine!, acabe!

[editar] Flagello

Pronuciação: fla-GEH-lo Descrição: Transforma a varinha do bruxo em um chicote. Visto/Mencionado:

Usado por Bellatrix Lestrange na mansão dos Malfoy para conseguir a espada de Godric Gryffindor.

[editar] Flagrate

Pronunciação: flag-RAH-tay /flagra'te/ Descrição: Este feitiço marca letras com fogo. Visto/Mencionado:

Usado por Hermione. Ela usou este feitiço para identificar as portas do Departamento dos Mistérios que os membros da Armada de Dumbledore já tinham abertos, marcando uma cruz de fogo nelas.

Também pode ser possível que Tom Riddle que emergiu do Diário de Riddle usou a forma não verbal do feitiço para escrever seu nome no ar, provando para Harry que ele é Lord Voldemort.

Etmologia: Este feitiço vem do verbo do Latim flagrare, que significa "queimar".

[editar] Flipendo

Pronúncia:: Fli-pén-do (normalmente) Descrição::Empurra um objeto ou pessoa para não muito distante,pode ser usado como feitiço de duelo. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Pedra Filosofal (jogo), Harry Potter e a Câmara Secreta (jogo)e Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (jogo)

[editar] Fogomaldito

Pronúncia:: Fogomal-DI-tus Descrição:: Faz um fogo poderoso em forma de monstros, que pode se tornar incontrolável e fatal se o poder mental do bruxo conjurador for baixo. O feitiço, diferente do que muitos pensam, não pode ser apagado com aguamenti. Caso alguém use aguamenti, em fogomaldito,a água evapora, não se conhece uma forma de defesa sobre tal feitiço. Mais sabe-se que caso queira fugir da área atingida por fogomaldito, pode-se usar Partis Temporous.

Obs: Partis Temporous, não apaga fogomaldito, e sim abre uma passagem entre ele, permitindo uma fuga.

Visto/Mencionado::

Quando um dos alunos da Durmstrang "sopra" a ponta de sua varinha criando chamas, que depois se tornam um pássaro de fogo.

Voldemort conjura o Fogomaldito com o formato de uma cobra, no duelo contra Dumbledore.

Também pode ser o feitiço que Bellatrix Lestrange e Fenrir Grayback usam quando chegam na casa dos Weasley.

Este pode ter sido o feitiço que foi usado por Alvo Dumbledore para matar os inferis na gruta onde foi achada o Medalhão.

Este pode ter sido o feitiço usado por Bellatrix Lestrange para incendiar a cabana de Hagrid

Crabbe conjura este feitiço para tentar matar Harry, Hermione e Rony.

[editar] Furnunculus

Pronunciação: fur-NUN-cu-lus Descrição: Faz furunculos aparecerem na vítima. Visto/Mencionado:

Usado por Harry quando ele e Draco Malfoy entram em uma briga e Harry acerta Gregory Goyle acidentalmente.

Mais tarde,na jornada de volta do Expresso de Hogwarts, Harry usa esse feitiço em Vincent Crabbe enquanto George Weasley usa o Jelly-Legs Jinx; a mistura causou o crescimento de pequenos tentáculos por todo rosto de Crabbe.

Etimologia: A palavra em inglês Furunculus significa cobrir com bolhas.

[editar] Gás Fedorento

Pronunciação: Fe-DO-ri-Ni Descrição: Deixa o adversário fedorento. Visto/Mencionado: No jogo Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, é muito usado no Clube de Duelos pelos adversários.

[editar] Geminio

Pronúnciação: ge-MI-nio Descrição: Feitiço dos Gêmeos; quando lançado sobre um objeto, este se multiplica ao ser tocado. Visto/Mencionado: Hermione o usou para criar uma cópia falsa da Horcrux do medalhão de Salazar Slytherin, de modo que Umbridge não percebesse a falta do objeto. O cofre de Belatriz Lestrange estava protegido por este feitiço, criando assim um "campo minado", pois quando a pessoa tentasse se mexer entre a pilha de objetos multiplicados, acabaria sendo soterrada pelos objetos que continuariam a se multiplicar.

[editar] Glacius

Pronunciação: GLA-cius

Descrição: Congela algum(a) objeto/criatura. Visto/Mencionado: Utilizado em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

(jogo) contra as salamandras ou contra o fogo e para congelar as águas e transformar em um escorregador (tais que Harry Potter escorregava)

Molly Weaslley Usou esse feitiço para congelar Bellatrix Lestrange Em Harry Potter e As Relíquias da Morte parte II

[editar] Glisseo

Pronunciação:GLI-sio Descrição: Torna superfícies ásperas e acidentadas em superfícies planas e lisas. Visto/mencionado: Em Harry Potter e as Relíquias da Morte livro, Hermione faz os Comensais da Morte escorregarem na escada que ela transformou em uma superfície plana e lisa com esse feitiço. Obs: O contra-feitiço desse feitiço é Duro

[editar] Hammas Fuodellios

Pronúncia: ha- MÁS fu-o-DEH-lios Descrição: Maldição usada para enforcar inimigos, causando lampejos de luz claros, podendo variar a luminosidade. Visto/Mencionado:

Provavelmente usado por um comensal durante a batalha no departamento de mistérios.

Usado por Dolohov sem sucesso contra Hermione na cafeteria.

[editar] Harmonia Nectere Passus

Pronúncia: Har-MO-nia Nec-TE-ria PAs-sus Descrição: Provavelmente serve para restabelecer passagens magicas quebradas

Usado por Draco Malfoy para reativar e consertar a ligação entre um Armário Sumidouro, localizado da Borgin & Burkes, e o antigo Armario Sumidouro que jazia na Sala Precisa (sétimo andar de Hogwarts).

[editar] Herbivicus

Pronúncia: her-BÍ-vi-cius Descrição: Faz com que a planta envolvida pelo feitiço cresça rapidamente,se usado contra as abelhas gigantes do jogo torna-as violentas.É possível que se usado contra o Salgueiro-lutador deixe-o zangado(não é comprovado uma vez que o Salgueiro-lutador não aparece no jogo).

Provavelmente usado contra os gigantes em Harry Potter e as Relíquias da Morte um pouco antes deles enfrentarem as estatuas começa a sair tentáculos do chão e o puxam para baixo.

[editar] Homenum Revelio

Pronunciação: ho-ME-num re-VE-lioh

Descrição: Esse encantamento revela presenças humanas. Visto/Mencionado: É usado por Hermione em Harry Potter e as Relíquias da Morte. Também é usado por um Comensal da Morte na casa dos Lovegood, para ver se Harry Potter estava na residência. Em entrevista, Rowling revela que foi assim que Dumbledore soube que Harry estava invisível na cabana de Hagrid durante o segundo ano. Nota: O feitiço só funciona se a pessoa tiver a intenção de se esconder, e só serve para bruxos e trouxas, mais nada. Pois no 7° livro (e filme), Monstro está escondido na Casa dos Black, Hermione usa o feitiço porem não acha alguém.

[editar] Homorfo

Pronúncia: ho-MOR-fo Descrição: Faz com que um Animago transfigurado volte a forma normal. Visto/Mencionado: Em Harry Potter e a Câmara Secreta, Gilderoy Lockhart afirma tê-lo usado para fazer um Lobisomem retornar a sua forma humana.

Em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, é possível que Sirius Black e Remo Lupin tenham usado-o para fazer Perébas voltar a ser Pedro Pettigrew, que é um Animago

Etmologia: Do termo do Latim homo, "humano", e do Grego morphê (μορφή), "transformador".

[