Você está na página 1de 10

Mensagens de William Marrion Branham

(All Things Are Possible To Him That Believeth – 22/07/1956)

Tradução e Comentários
Diógenes Dornelles
Mensagens de William Marrion Branham

Introdução

E
sta é a sua segunda visita feita à Shreveport naquele ano, sendo mais longa do que a
anterior ocorrida no mês de março. Esta é a mensagem de abertura de uma campanha
de fé-cura realizada no tabernáculo do irmão Jack Moore que durou onze dias. Após
esta visita, William Branham irá à Carolina do Sul, após passar rapidamente por Jeffersonville e
depois seguirá para Los Angeles onde participará das celebrações do jubileu do movimento
pentecostal na Rua Azusa.
1956 foi o ano em o irmão Branham passou a dar mais ênfase ao estudo da Palavra e de
combater, ainda que cautelosamente, aqueles que resistiam ao ministério bíblico da cura divina.
Logo no começo, ele argumenta que a obra da expiação além de garantir ao pecador convertido a
salvação da sua alma, também lhe confere a cura para as enfermidades do corpo. Uma vez que as
enfermidades são atributos do pecado, logo não é possível tratar deste, sem considerar aqueles. Se
a obra vicária concede a expiação dos pecados cometidos, por conseqüência também concederá ao
pecador remido a cura para o seu corpo. Este, aliás, foi um dos temas abordados pelo irmão F. F.
Bosworth em seu livro Cristo, Aquele Que Cura, escrito nos anos vinte. Ele assim escreveu: “Ora, se
a enfermidade entrou no mundo pelo pecado, seu verdadeiro remédio deve ser encontrado na obra redentora
de Cristo (...) Cristo levou em seu corpo todas as conseqüências físicas do pecado. Portanto, nosso corpo é
liberado judicialmente das enfermidades. Por meio da obra redentora de Cristo, todos nós podemos como
parte do penhor da nossa herança, que se manifesta em nossa carne mortal, suplementar a natureza até que a
obra esteja terminada. Da mesma maneira que recebemos as primícias da nossa salvação espiritual, podemos
receber as primícias da nossa salvação física”.
Contudo, os benefícios da cruz somente poderão ser sentidos na sua plenitude se o pecador
confesso tão somente crer nesta promessa. Daí o tema desta mensagem, Tudo é Possível Ao Que Crê.
Satanás, portanto, fará de tudo para suscitar dúvidas na Palavra de Deus, como fez com Eva no
jardim do Éden. Esta é a sua maior arma utilizada por ele, enquanto que a do crente dever ser a
mesma que Cristo utilizou no deserto quando foi tentado: a Escritura. O irmão Branham apela
para a “mente do coração” que funciona como um facilitador para a mente carnal que não pode
aceitar as coisas do Espírito, fazendo-nos lembrar das palavras de Blaise Pascal: “O coração possui
razões, que a razão desconhece”.
Ainda que a nuvem fosse pequena, Elias creu que ela traria uma abundante chuva. Ainda
que os discípulos tenham falhado em expulsar o demônio da epilepsia em um garoto, seu pai creu
que Jesus o faria, ao se aproximar dEle com reverência, suplicando por misericórdia. Esta é a arma
que vence o mundo: a nossa fé.

Diógenes Dornelles

2
Tudo é Possível Ao Que Crê

Tudo é Possível Ao Que Crê


22/07/1956 – Shreveport, Louisiana

1 ...?...Eu permaneço em constante oração de tarde. E – e


então venho direto até aqui, e eu saio pregando, então...
[Espaço em branco na fita – Ed.] de vocês e a reunião não se
parece como se isso tivesse o – o tipo certo de algo. Eu – eu
não vejo as visões assim tão claras, porque isto são duas
unções diferentes. Numa delas, você está recebendo; na outra
você está entregando. Vê? Numa delas, você está pregando e
você simplesmente se sente maravilhado e feliz; na outra,
você está ficando fraco e fraco, até você ir ao chão. Vê? Num,
visto que você está puxando de Deus (Vê?), o que você
deseja, e na outra é Deus revelando a você através de Sua
Palavra para você. Vê? Uma delas é a visão, e na outra é
pregando a Palavra.
2 Agora, somente de um pequeno texto para que Deus possa
nos dar um contexto, isto está em São Marcos. Vamos tomar
isto de São Marcos no capítulo nove, e ler, bem, vamos dizer,
um verso para começar. Vamos tomar o versículo vinte e três.

E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é


possível ao que crê.

Esta foi a nossa canção. Agora, isto tira toda a dúvida para
longe disto, não é? “E se isso é a Tua vontade?” Ele disse:
“Tudo é possível ao que crê”. Não “se for ou não for a Tua vontade” Isto é da Sua vontade, se você tem obtido
fé. Pois todas as coisas são dadas gratuitamente para você pelo Senhor Jesus O qual morreu para... [Espaço em
branco na fita – Ed.]... cair, Cristo trouxe para a Igreja, por Sua justiça e Seu sacrifício, e agora nós temos
certeza de nossa promessa se cumprir por completo.
Um homem, algum tempo atrás, estava conversando comigo e ele disse: “Irmão Branham, eu não entendo
como que você pode colocar cura divina na expiação”.
Eu disse: “Eu sempre colocarei a bênção redentiva na expiação, tudo”.
3 Agora, Jesus não sangrou duas vezes, ou Ele não morreu duas vezes; porém cura divina e toda a bênção de
que você tem necessidade, foi feito para você em uma única expiação. Isto é correto. Você não pode lidar com o
pecado sem lidar com as doenças. E quando você prega o Evangelho da salvação para aqueles dos quais crêem
de toda a sua alma, você tem que incluir a cura divina; porque a enfermidade é um atributo do pecado.
Antes de termos qualquer pecado, nós não tínhamos doenças. Doenças vêm como o resultado do pecado,
deste modo você não pode lidar com o pecado sem lidar com as doenças. Você realmente não pode fazer isto.
Agora, este rapaz disse: “Irmão Branham, se eu provar a você pelo Evangelho...”. Charles Fuller, este
cantor, cantor sertanejo há pouco convertido, escreve estas belas canções... Eu não consigo lembrar do seu
nome agora. Oh, ele... Stuart Hamilton. Nós tivemos nosso... Todos eles tiraram fotos no local, e há pouco eles
haviam deixado a cidade. Assim eu entrei, e ele disse: “Bem, porque você não tira o seu retrato?”.
4 Então depois ele foi ao administrador e saíram, os quais eram espertos, e tinham educação... Ele sabia que
eu não tinha nenhuma educação, de modo que ele pensou que simplesmente pularia sobre mim com ambos os
pés.
Então ele disse: “Eu quero pedir a você...” Ele disse para o administrador, disse: “Eu – eu quero tirar mais
um par de poses com o irmão Branham. Eu lhe garanto que terei...”. Ele disse: “Quando tirei...”.
“Aproximadamente vinte e cinco minutos, tempo para ele estar no estúdio e orar para o culto desta noite”.
Ele disse: “Eu lhe prometo, irmão Baxter, que eu o terei lá”. “Tudo bem”. Deste modo ele saiu.
Então enquanto... saiu, disse: “Quero lhe fazer uma pergunta”.
Eu pensei: “Oh, eu sei que você está – você está todo carregado”.
Então ele disse: “Você emprega, coloca cura Divina na expiação?”.
Eu disse: “Sim, senhor. Eu coloco”.

3
Mensagens de William Marrion Branham

E ele recentemente havia saído do seminário, esperto como todos os que saem de lá. Ele disse: “Bem, se
você aplica, coloca cura Divina na expiação, irmão Branham, você está errado”.
Eu pensei: “Eu não penso assim”.
5 E ele disse: “Bem, se a cura Divina esteve na expiação, assim como – assim como o pecado estava incluído
na expiação, para ser expiado”, disse, “nós não teríamos sofrimento, se isto estava – se cura Divina estava na
expiação, o sofrimento seria tirado, pois a expiação matou todos os efeitos do pecado”.
Eu pensei: “Eu quero lhe perguntar algo, irmão. Existe tentação?”.
Ele disse: “Sim”.
“Então existe sofrimento”. Isto é correto. Seguro, certamente. Isto é sua fé que neutraliza isso. Certamente.
Sua fé é o que faz isto, que responde.
Deste modo ele disse, ele disse: “Bem, se eu...?... [Espaço em branco na fita – Ed.] Isaías disse que ele
tomou...?... [Espaço em branco na fita – Ed.] Suas pisaduras [Espaço em branco na fita – Ed.] te provar isto pela
Bíblia, você aceitará isto?”.
E eu disse: “Sim, senhor. A Bíblia diz assim, então – então isso está correto”.
6 Ele disse: “Bem, em Mateus oito, a Bíblia diz: ‘Como eles trouxeram a Jesus, todos aqueles que estavam
enfermos e aflitos, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: ‘Ele tomou suas enfermidades’”. E
ele disse... Ele disse: “Você vê isso agora, irmão? Isto foi cumprido bem ali, cada partícula disto”.
Eu disse: “Bem, irmão, aquilo foi um ano e seis meses antes da expiação ter sido feita. Aquilo foi antes de
Jesus ter morrido na cruz. Não havia expiação naquela ocasião. Então de acordo com a sua doutrina, então a
expiação tinha mais efeito antes disto ter sido feito do que tinha deste lado, após a expiação ter acontecido”.
Então ele começou a fazer uso de algumas grandes palavras, vendo que minha educação era limitada. Eu
disse: “Eu não tenho recebido o dom de interpretação ainda”. Eu disse: “Apenas fale na velha linguagem
simples para mim, e eu – eu – nós falaremos acerca disto”.
E ele saiu. E eu disse... Ele disse: “Oh, isso está na expiação, e assim por diante”.
Eu disse: “Quero lhe perguntar uma coisa, irmão. Você crê que a cura Divina está na Palavra?”.
7 Eu estava indo pegá-lo bem ali, e sobre Marcos 11:24. Jesus disse: “Qualquer coisa quando você orar, creia
que você a receberá e então você a terá”; não importa o que seja.
Eu disse: “Jesus colocou isto na Palavra, cura divina na Palavra?”.
Ele disse: “Sim, Ele mencionou ‘qualquer coisa’”.
Eu disse: “Está correto”. Eu disse: “Então se Ele pôs isto na Palavra, a Palavra está à frente da expiação”.
“Oh”, ele disse, “Ridículo, irmão Branham”. Disse: “Não, senhor”. Disse: “Isto é um sacrilégio”.
Eu disse: “Oh, não. Isto não é sacrilégio”. Eu disse: “Ele – Ele tem mantido Sua Palavra”.
E ele disse...
“Bem, eu lhe contarei algo. Era uma vez um rei que tinha um grande reino, e todo o seu domínio, e ele fez
as leis e regulamentos, e as punições e assim por diante, e quando ele fez, ele tinha um determinado pecado que
quando ele foi cometido, a punição era a morte”.
8 “E todo homem que cometesse este pecado tinha que morrer por isso. E um dia um escravo cometeu esta
penalidade. Ele tinha que morrer. Ele foi levado perante o rei, e o rei disse: ‘Sou um homem de honra. Eu
mantenho minha palavra e você tem cometido, de acordo com as minhas leis aqui em meu reino... E sendo um
homem justo que cumpre minha palavra, minha palavra diz aqui que não existe expiação para este pecado. Você
tem que morrer. E a única coisa que posso fazer é tirar a sua vida’”.
“E o pobre rapaz disse... Estando tremendo e ele disse: ‘Agora, espere um minuto’. Disse: ‘Fique de pé’.
Disse: ‘O que posso fazer por você antes de tirar sua vida? ’”.
“Ele disse, o escravo que estava sob a pena de morte, disse: ‘Eu quero um copo d’água’. E então o rei disse:
‘Dêem a ele um copo d’água’. E quando ele o recebeu, o pobre rapaz temeroso em ter a sua cabeça cortada, ele
estava tremendo, e ele não conseguia segurar isto. E o rei disse: ‘Espere um minuto. Endireite-se. Eu não vou
tirar sua vida até você tomar esta água’. E ele a jogou sobre o chão. O que ele irá fazer agora? Agora, ele é um
homem de honra. Ele tinha que cumprir sua palavra. E sua expiação dizia que – que existe... ou quero dizer, sua
palavra dizia que não existe punição... ou não existe redenção para este pecado, e todavia o rei tem falado e
disse que não iria matá-lo até que ele beba a água. Isto é impossível; ele a jogou sobre o chão”. Eu disse que...
Ele disse: “Aquilo foi uma escapadela sobre o rei”.
Eu disse: “Está certo. E você acha que Deus fez uma escapadela?”. E eu disse: “Ele não inclui isto na
expiação quando a coloca em Sua Palavra”. Eu disse: “Oh, irmão, isto é mais fraco do que a sopa feita pelas

4
Tudo é Possível Ao Que Crê

sombras de uma galinha que morreu de fome”. Eu disse: “Isto nunca operará. Não, senhor. Deus põe isto em
Sua Palavra, e isto é para aqueles que crêem, só para os crentes”. 1
9 “Tudo é possível ao que crê”. Ainda que não possamos ter fé o bastante... E eu quero que vocês saibam
disso desde o começo, que cura é solicitada na maior parte pela pessoa que está orando por você; isto é correto,
mas não completamente. Isto é sua fé, também. Você tem que ter fé. Observe isto nestas poucas palavras que
estamos propondo a falar. “Aquele que vem a Deus deve crer que Ele existe, e que é um galardoador daqueles
que diligentemente O buscam”. 2
Agora, existe uma grande diferença entre ter fé na mente e ter no coração. O coração é uma facilidade
mental completamente diferente do que o que está na cabeça.
10 Eles... A ciência não sabia disto até cerca de dois anos atrás. Você sabia disto? A Bíblia diz: “Como um
homem pensa em seu coração...”. 3
A ciência dizia: “Quão errado é isto”. Disse: “Não existe mentalidade facilitada em seu coração. Isso está
em sua cabeça, em sua mente. Você não pode pensar com seu coração. Você quer pensar com sua mente”.
Há dois anos atrás eu estava andando pelas ruas de Chicago quando eles tinham um grande pedaço no jornal
relacionado a isto. Eu comprei um deles, que a ciência havia encontrado no coração humano (não no animal),
no coração humano um pequeno compartimento que não possui nem mesmo uma célula de sangue, e eles
disseram que isto é o ocupante da alma. A alma descansa no coração.
Oh, que coisa. Veja, Deus sempre está correto. Eles finalmente vieram a isto, você sabe. Eles – eles
finalmente reconheceram isto uma vez por um momento. Assim quando Deus disse que o sol corre, e a ciência
dizia que estava parado... Isto foi o que eu aprendi na escola.
Agora, sobre a Califórnia, os grandes observatórios ali,4 eles dizem agora que estavam errados. Eles
cientificamente provaram este erro: o sol também se move. Deste modo aí está você.
11 A ciência tem dito coisas, e voltado atrás, diz coisas e volta atrás, mas, irmão aqui está um livro que você
pode ler isto e nunca voltará atrás, pois é a Palavra eterna de Deus. E você pode apoiar sua alma sobre ela. Não
importa se você consegue explicar isto ou não, eu creio nisto de qualquer maneira. Isto é correto. Deus falou
assim, e isto está decidido.
Você apenas seja simples em sua fé, então Deus irá trabalhar por você. Ele está obrigado para com a Sua
Palavra. Ele disse: “Tudo é possível ao que crê”, tudo. “Qualquer coisa quando você desejar, creia que você a
receberá, e você a terá. Elas serão dadas a você, se você somente acreditar”. Este é o requerimento de Deus e fé
é o que faz mover a Deus.
12 Agora, isto foi um trágico aqui, e um... Sim, um caso muito notável que nós devíamos olhar dentro e dar
alguma consideração por alguns momentos.
Uma coisa estranha há uns – uns poucos dias antes que Jesus havia chamado àqueles homens todos juntos, e
havia dado a eles poder para curar todos os tipos de enfermidades, lançarem fora todos os tipos de espíritos
malignos, e curar lepra e ressuscitar mortos. E Ele os enviou adiante, e eles foram para fora fazendo isto, e
retornaram regozijando.
Porém quando Jesus fez uma viagem e subiu até o topo da colina, por sobre a montanha, encontramos
aqueles discípulos abaixo no vale imobilizados, completamente de-derrotados diante de um caso de epilepsia.
Eles não puderam controlar aquele espírito demoníaco.
Agora, alguém disse há não muito tempo atrás: “Se você tivesse tido o poder para curar o enfermo, como os
discípulos tinham...” Agora, estas pessoas não acreditam que você recebeu o Espírito Santo como eles
receberam no princípio, mas eles somente não conhecem a Escritura e não conhecem o Espírito Santo. A
promessa de Deus disse deste modo, e se as pessoas que não tiverem muita teologia jogada fora em sua cabeça,
então eles simplesmente crêem em Deus e recebem isto. Isso é tudo.
13 Como um rapaz mantendo uma discussão. Ele estava mantendo uma discussão. Ele disse: “Não existe uma
coisa tal como Deus. Não existe uma coisa tal como Deus”. Continuou fazendo aquilo, e um velhinho, simples,
observando o garoto sentado lá atrás com o cabelo pendurado abaixo em seus olhos, e num blusão longo, e ele
veio caminhando, sem um dente na frente, se colocou em frente do infiel, e disse... Começou descascando uma
maçã. Ele disse: “O que você quer?”.

1
Entenda-se: assim como o rei foi incapaz de cumprir com sua palavra de condenar a morte o escravo pecador, da mesma forma Deus
não seria competente o suficiente para cumprir a Sua promessa de curar a todos que Lhe pedissem ainda que tenha dito “qualquer
coisa, Eu o concederei” – NT.
2
Hebreus 11:6 – NT.
3
Provérbios 23:7 – NT.
4
Refere-se ao telescópio Hale no monte Palomar, no sul da Califórnia – NT.
5
Mensagens de William Marrion Branham

Disse: “Eu apenas queria lhe fazer uma pergunta”.


Ele disse: “Bem, pergunte”.
“Bem, espere um minuto”. Simplesmente continuou descascando sua maçã, cortou o caroço fora disso.
Ele disse: “Bem, fale. Depressa e fale o que você está querendo ou eu terei que jogar você fora”.
14 “Bem, só um minuto”. Ele comeu – descascou a maçã, pegou um pedaço, pôs isto em sua boca, e começou a
mastigar e engoliu isto. “Quero lhe fazer uma pergunta. Esta maçã é doce ou azeda?”
O infiel disse: “Eu não estou comendo isto. Eu não sei”.
Disse: “Foi o que eu pensei”. Andou para trás e se assentou.
Como você sabe se existe um Espírito Santo ou não até você ter recebido isto? Como você sabe se Jesus
cura ou não, até você receber isto?
Disse: “Ninguém pode dizer ‘Jesus é o Cristo’, senão pelo Espírito Santo”.5 Não interessa o quanto você lê
da Bíblia, se aquilo não operar. O Espírito Santo tem testemunhado disto para você – sua ressurreição em sua
vida – ou você não sabe se isto é doce ou azedo. Isto é correto.
O poeta disse: “Provai e vê que o Senhor é bom”.6 Como ele saberá antes de prová-Lo? Aquilo que ele
prova é aquilo que ele conhece. Como os antigos diziam: “A prova do pudim é comê-lo”. Então isto é bom.
Assim este infiel foi derrotado neste caso.
15 Agora, aqueles discípulos foram derrotados por causa de sua incredulidade. Jesus havia subido até a
montanha e você sabe para quê? Estou alegre que eles foram derrotados então, porque isto somente endireita
tudo para mim.
Oh, nós vemos às vezes... Oh, aqui, tenho visto Joãos orando; tenho visto esta pessoa orando. Nunca lhes
ajudou. Seguro. A criança recebeu oração pelos discípulos que tinham poder para curá-la. Jesus Cristo [Espaço
em branco na fita – Ed.] servos, dando a eles poder para fazer isto, e eles foram derrotados. Certamente. Nada
foi feito com isto.
Jesus subira a montanha, e aqui quando a primeira derrota veio deste drama terreno, o cenário. Aqui
estavam todos os pastores e abaixo no vale, questionando-os. “Uh-uh. Eu pensei que Ele deu a vocês poder para
fazê-lo. Vamos ver você fazer isto. Agora, ele está lá fora”.
16 E os discípulos estavam orando e expulsando para fora o demônio ou tentando. O garoto continuando todo
epilético. Disse: “Eu...?... uma coisa tal como essa, isso é alguma espécie de truque. Os dias de milagres
passaram”.
E aqui parado, talvez o homem, o pai da criança talvez foi até ter com seu pastor, e disse: “Pastor, que você
pensa a respeito destes discípulos, ou deste rapaz chamado Jesus de Nazaré que está indo ao redor daqui
expulsando os demônios, como eles dizem”.
“Ah, isto é telepatia. Não existe nada disso”. Naturalmente o fariseu Jones sabia tudo acerca disto, você
sabe.
“Eu digo a você que nós estamos tendo uma reunião da associação em uns poucos dias e se você trouxer o
seu garoto, eu ouvirei os discípulos que estão indo ao redor daqui. Assim nós somente tomaremos ele e
desafiaremos ele a fazerem isto. Sim, senhor”.
Agora, isto é simplesmente o demônio, a maneira que ele opera. “Faça alguma coisa perante a mim e deixe-
me ver isto”.
17 Eu tinha um homem há não muito tempo atrás que me desafiou no rádio pela primeira vez, que ele daria mil
dólares a qualquer um que pudesse provar que eles foram curados – cura Divina. E eu tomei dois médicos
comigo, e quatro pessoas e subimos os degraus. Disse: “Bem, isto é sobre o Texas, onde nós conseguimos isto”.
Disse: “O que nós queremos fazer é pegar uma navalha e cortar um garotinho no braço, e você agarre-o perante
nossos irmãos, e deixe-nos ver você curá-lo, e então nós acreditaremos em você”.
Eu disse: “Você precisa ser curado da cabeça”. E eu disse: “Existe alguma coisa errada com você. Você não
está mentalmente bem, homem”. Certamente. Qualquer homem que deseja que você corte um bebê no braço,
segurá-lo ali, e então curá-lo perante eles. Ora, certamente, nós... Nenhum sensível... Isso está até mesmo fora
de uma reposta de inteligência. Isto é correto. Seguro que é.
E eu disse: “O que dizer desta mulher bem aqui, e seu estado que seu médico disse que ela tinha câncer e
agora ela está bem? Existe a comprovação médica. Eu quero os mil dólares para uma viagem missionária”. Ele
não daria isto para mim. Certamente, certamente que não.
Oh, isto é exatamente como o irmão Moore costuma dizer: “Parece com as corujas irlandesas, cheio de
barulho e plumas e nenhuma coruja”. Isto é aproximadamente desta maneira que aquelas coisas também são.

5
I Coríntios 12:3 – NT.
6
Salmo 34:8 – NT.
6
Tudo é Possível Ao Que Crê

18 Agora, apenas simplesmente tentando esconder-se em algum tipo de doutrina de uma igreja ao invés de vir
para fora e dizendo: “Você não tem nenhuma fé”. Isto é tudo. Satanás nunca recebeu o Espírito Santo; ele não
tem nenhuma fé portanto para dar a você. Isto é Deus que possui a fé. E somente quando você está cheio de
Deus, você está cheio de fé.
Se você é o filho de Deus, você é como Deus. Ele somente fala a Palavra e cria-se por si mesmo. Sua
Palavra é o poder criador. Como teria o mundo vindo aqui? Ele produziu isto de coisas que não era. Ele apenas
disse: “Esteja ali”, e aqui está. Ele acreditou em Sua própria Palavra.
19 E esta sujeira da qual você está sentado nesta noite é somente um poder criador do Deus Todo-Poderoso, a
Palavra criadora. Esta sujeira é a Palavra de Deus feita manifesta. Diga: “Amem”. [A congregação diz:
“Amem” – Ed.]...?... Sim, senhor.
A mesma sujeira sobra a qual você está sentado aí, é a Palavra de Deus. Amem. Aquele poste que está ali é
a Palavra de Deus feita manifesta. Estou aqui hoje à noite porque a Palavra de Deus se tornou manifesta.
Amem.
Oh, que coisa, isto não somente dá ao diabo um olho preto. Oh, seguro que dá. Isto é a Verdade; Isto é a
Palavra.
Agora, ali estavam eles; e ele disse: “Agora,...?... vamos até ali, você traga o seu filho, e nós veremos que
grande poder estes discípulos tem”.
Bem, eles conseguiram deixá-los todos excitados, você sabe, e aqui estavam eles ao redor; a associação de
pé em volta, com suas mãos para trás deles, dizendo “Uh-uh. Aí estão vocês. O garoto não está melhor do que
como ele estava, nem um pouquinho, nem um pouquinho”.
20 Como poderia você fazer qualquer coisa com tal enchimento como aquele se pendurando em volta? Sim.
Isso estava ali. Deste modo os discípulos estavam todos tentando lançá-lo longe. Oh, eles tinham poder agora.
Jesus disse que eles tinham. Cristo concedeu a eles poder individual para fazê-lo, e eles haviam feito antes, mas
disseram: “Deixe-me ver você fazê-lo agora. Deixe-me ver você fazer isto”.
Agora, deixe-me fixar isto em sua mente para sempre. Quando você ouvir alguém dizendo isto, saiba que é
o diabo falando através desta pessoa.
Deixe-me mostrar isto na Palavra. A primeira vez que o diabo encontrou Jesus, ele duvidou Dele. Dúvida
sempre é do diabo. É daí onde o primeiro pecado veio. Não existe outro pecado senão o da dúvida.
Incredulidade é o original e único pecado.
Cometer adultério não é pecado; fumar cigarros não é pecado; ficar bêbado não é pecado. Isto são atributos
da incredulidade. Amem.
21 Você conversa sobre... As pessoas dizem: “Irmão Branham, você diz que ele...?... creia no Senhor Jesus e
seja salvo”. Isto é o que Deus diz. O problema disto sou eu dizer alguma coisa e fazer com que você creia, mas
realmente você crê e determina a coisa toda. Isto é correto. Fé...
Observe. No jardim do Éden logo o primeiro pecado original, foi porque Eva duvidou da Palavra de Deus, e
quando Satanás encontrou Jesus e...?... descendência de Eva, a Semente da mulher, ele usou a mesma técnica
que ele usou sobre Eva.
A primeira coisa foi aquele apetite, e a próxima coisa ele disse: “Se Tu és o Filho de Deus, faça um milagre
aqui perante a mim. Deixe-me ver você fazer algo – um milagre”.
Agora, quando você ouve uma pessoa dizer isto, você sabe quem está falando através daquela pessoa. É o
diabo. Isto é correto. Ele disse: “Deixe-me ver você fazer algum milagre perante a mim de maneira que eu possa
vê-lo. Deixe-me ver você tornar estas pedras em pães, e comer você mesmo completamente de novo e eu
acreditarei que você é o Filho de Deus”.
22 Jesus ficou para trás com a Palavra do Pai. Ele poderia ter feito alguma outra coisa. Porém trazer as bênçãos
de Deus para o mais frágil dos crentes, e você poderia... Você não tem que ter dons. Somente ter fé na Palavra
de Deus.
Jesus nunca usou qualquer dos seus dons, qualquer do seu poder. Ele usou a Palavra de Deus. Ele tornou de
volta e disse: “Está escrito que não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus”. 7
Quando Ele era um profeta, sabemos que Ele via visões. Ele podia falar o que havia de errado com as
pessoas, dizer a elas qual era o segredo do seu coração, e coisas tais, e disse: “Estes sinais seguirão até o fim do
mundo”.
23 Eles colocaram um pano em volta de Sua face um dia – alguns soldados – e eles o golpearam na cabeça com
uma vara, e disseram: “Agora, você profetize” (O diabo era quem batia Nele). Disseram: “Profetize você. Diga-

7
Mateus 4:3-4 – NT.
7
Mensagens de William Marrion Branham

nos quem te bateu e nós creremos em Ti. Diga-nos quem te bateu. Tem um pano em volta do Seu olho”8. Jesus
nunca abriu Sua boca, nem disse uma só Palavra.
Os judeus ergueram a cruz... Quando eles tiveram Jesus sobre a cruz, disseram: “Agora, se Tu és o Filho de
Deus, execute um milagre aqui perante a nós. Liberte suas mãos e desça, e nós creremos que você é o Cristo, o
Filho de Deus”.9 Jesus não deu ouvidos ao diabo. Nunca disse uma Palavra. Vê?
Assim quando você vê alguém que diz: “Deixe-me ver você efetuar um milagre”, lembre-se, isto é o diabo.
Quando Ele veio até a sua própria terra, eles disseram: “Agora, nós sabemos a respeito de você estar
curando naquela região, e ouvimos acerca de você curando por aí. Deixe-nos ver você fazer algo aqui no meio
de nós; deixe-nos ver isto”. 10
24 E Jesus admirou-se com a incredulidade deles, e muitas obras poderosas Ele não pode fazer. Porque razão
tira sua fé em demasia? Falta do Seu poder? Por falta da vontade de Deus? Por causa da falta de fé,
incredulidade. Por causa da sua incredulidade, Ele nada podia fazer.
Aqui os discípulos, sendo derrotados, e bem no meio de sua derrota abaixo da montanha veio a Pessoa mais
amável que alguma vez andou sobre a terra, o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus.
Ainda enfraquecido, talvez, debaixo daquela grande unção quando Ele estava adquirindo entre uma visão e
previsão... Pedro, Tiago e João previram a Vinda do Senhor, preveram a ordem, como aquele Elias e Moisés
viriam primeiro, e então Jesus viria. Eles O viram, então foi a primeira Vinda, Elias e Moisés, e então
retornaram e viram Jesus sozinho, quando Ele veio, e – e depois o Milênio.
25 Observe, nisto, a primeira coisa você sabe, alguns deles aqui fora, o fariseu Jones e eles, disseram: “Bem,
agora olhe, aí vem este rapaz. Este é o chefe de todos eles. Ele é a pessoa que começou todo este movimento
aqui. Assim vamos ir até lá e ver o que Ele tem para dizer”.
Deste modo quando os discípulos viram o Senhor se aproximando, eles souberam que Ele podia fazer isto.
Assim eles entregaram isto para Ele. E quando todos eles se reuniram em volta de onde Ele estava, o que Jesus
disse? Ele caminhou até aquele bando de fariseus com seus colarinhos virados ao redor... [espaço em branco na
fita – Ed.]...?...
Oh. Coitado de você pregador de lava-louças. O que Ele irá perguntar a você no julgamento? Você ficará do
mesmo jeito diante Dele.
“Então o que vocês estão questionando em volta? O que é todo este estardalhaço em volta? Porque vocês
estão questionando aqueles meus filhos?”. Oh, que coisa, eu posso vê-lo olhar em torno deles.
E um falou alto, e disse: “Senhor”. Eu creio que Ele só viu um homem comum, mesmo para ele. Disse:
“Senhor, eu trouxe o meu filho aos Seus discípulos”. Disse: “Ele tem um espírito mudo. Ele é lunático, espuma
pela boca, cai no fogo e na água”. E disse: “Eu o trouxe aos Seus discípulos para curá-lo, e eles não puderam
fazer nada a respeito”.
26 Eu posso ver o fariseu Jones, o pastor. “Pois é, não puderam fazer nada acerca disto, então eu irei fazê-lo
para você”. E disse: “Os discípulos não puderam expulsá-lo, então eu o trago a Ti. Se Tu podes fazer algo a
respeito – se Tu podes fazer qualquer coisa a respeito – se...” Você captou isto? “Se”. Oh, que coisa. “Se Tu
podes, faça alguma coisa acerca disto agora”.
Jesus parou e olhou em volta, e disse: “tragam-no aqui”. E quando eles trouxeram o filho, agora o demônio
se manifestou. Esta é maneira que o diabo faz. Ele deseja se manifestar. Ele atirou este garoto em uma
convulsão pior da que ele já tivera. Ele caiu direto sobre o chão, para tentar assustar Jesus.
Quando ele caiu no chão, começou a espumar sobre o chão, ou espumando diante dos discípulos, e eles
tomaram um pequeno susto. Porém você não irá assustá-Lo, irmão. O demônio jogou este garoto até um
verdadeiro espasmo. Ele caiu no chão e se debateu, e espumando e rolando em volta no chão tendo um, só...?...
porque ele soube que o seu tempo estava à mão.
Jesus olhou para o garoto. Ele disse para o pai: “Há quanto tempo ele tem estado desta maneira?”.
27 Disse: “Desde a infância. Oh”, ele disse, “Ele cai sobre o fogo e tudo”. E quando ele obteve a atenção...
Agora, deixe eu criar um drama aqui.
Oh, que coisa. Aqui está o vale; lá está a montanha. Bem lá em cima na montanha quando Deus desceu,
cobrindo com sua sombra, disse: “Este é o Meu Filho amado. A Ele ouvi”. 11
E aqui está Ele, de pé ali agora; a montanha... O Pai havia estado com Ele. A Pomba estava sobre o
Cordeiro, e ele soube disto. O que Ele está tentando fazer? Ele apenas havia ficado diante deles dizendo assim:

8
Lucas 22:64 – NT.
9
Marcos 15:32 – NT.
10
Mateus 12:38 – NT.
11
Mateus 17:5 – NT.
8
Tudo é Possível Ao Que Crê

“Em verdade, em verdade, eu vos digo, que o Pai pode fazer – o Filho nada pode fazer, exceto se Ele vê o Pai
fazê-lo”. Está correto? São João 5:19. “Eu vejo visões; Eu nada posso fazer a não ser que o Pai Me mostre em
visões o que fazer”. São João 5:19. Eu não posso fazer nada”.
28 Os discípulos estavam derrotados. O pai estava completamente hostil. “Bem, agora, eu sei que Ele não irá
fazer isto. Porque se Ele não fez isto... Se aqueles discípulos não puderam fazer isto, então Ele não pode fazer.
Agora, começo a crer em você pastor, que este é somente um bando de impostores – um bando de incitadores,
um bando de mentais ou telepatas ou algo. Isso é tudo que é”. Começando a pensar deste modo em seu coração.
Veja como a incredulidade exercerá uma influência? Oh, eu não presto atenção de quantas vezes isto falha,
Ele ainda é Deus, o Curador. Se eu oro por quinhentas pessoas nesta noite, e todas as quinhentas morrerem de
manhã, amanhã Ele simplesmente é o mesmo Curador que Ele fora nesta noite. Isso não tem nada a ver.12 Eu sei
que Deus disse deste modo e assim está estabelecido para mim. Sua Palavra diz assim.
29 Observe a Elias quando ele foi...?... profeta. A Pomba estava sobre ele. Assim ele...?... e havia chamado
todos os sacerdotes lá fora e ele... Elias cortou suas cabeças fora, quatrocentos deles naquela tarde, andou para
cima e para baixo sobre a montanha, e disse: “Agora, irei orar por chuva”. Três anos e meio... [Espaço em
branco na fita – Ed.]... choveu. E ele pôs sua cabeça por debaixo dentre seus pequenos e velhos ossudos joelhos,
e ele orou, e disse: “Oh Deus, envie a chuva”.
Disse: “Geazi, dê uma olhada no topo do monte e veja se você vê qualquer nuvem vindo do mar”.
Geazi foi até lá em cima e disse: “Nenhum sinal”.
Oh, que coisa. Como a incredulidade teria pego assim. “Mas Ele ainda é Deus”. Disse: “Oh, Deus de
Abraão, de Isaque e Jacó, ouça a oração [Espaço em branco na fita – Ed.]...?... Geazi, volte”.
“Bem, eu recém vim descendo de lá”.
“Volte novamente. Observe outra vez”.
“Parecia como latão; nenhum sinal de chuva”.
“Ainda assim espere”, enfiou sua cabeça ao chão outra vez: “Oh, Deus de Abraão, Isaque e Jacó, envia-nos
chuva”.
“Volte e suba novamente”.
“Nenhuma diferença”.
30 Sete vezes ele subiu. Depois de algum tempo Geazi desceu e disse: “Oh, que coisa. Eu vi uma pequena,
pequenina, nuvem pairando lá fora como aproximadamente da mão de um homem”.
Quão rápido a incredulidade teria dito: “Se isto é tudo que você pode fazer por mim, se isto é tudo que você
pode me ajudar, ora, eu não quero isso”. Porém Elias tinha alguma coisa nele que sabia que era um sinal de
Deus.
“Bem, eu fui para a reunião da última noite, eu tinha uma dor de cabeça estando doente por uma semana ou
duas, um mês. Me senti melhor, mas não totalmente bem. Eu tinha uma mão aleijada; eu pude mover os meus
dedos, mas que coisa, isto é...”
Oh irmão, quão rápido a incredulidade irá trabalhar bem ali. “Oh, eu pude ver um pouquinho; tenho sido
cego, mas eu posso ver um pouquinho, mas talvez se eu tivesse tentado firme o bastante eu podia ter feito isto
anteriormente”. Oh, coitado de você... Eu não sei do que chamar você. Você é isento como um cristão, e isto é
correto.
31 Elias não fez isto. Quando Elias teve o primeiro pequeno, pequeno sinal, ele levantou-se e disse: “Aleluia,
tanto... Amarre os barris de chuva, consiga-os e veja. Ouço o som de abundante chuva”. Amem.
Se eu posso menear o meu dedo: “Aleluia. Tire minhas muletas debaixo de mim; aqui vou eu. Doutor, eu
pagarei minha conta a você; eu não necessito mais disso. Obrigado, doutor, por tudo que você fez, mas eu não
precisarei mais do seu serviço. Ouço um som de abundante chuva. Sim, senhor. Ela está descendo a chuva
direto para o cano agora, e eu ficarei bem na bica e ficarei bem no jato, e conseguirei um pouquinho disso”. Vê?
Oh, ele estava preparado.
Quão rapidamente a incredulidade arma um laço e talvez o pai... Por esta razão que ele disse: “Se Tu podes,
se Tu podes fazer alguma coisa por nós”. Tudo bem.
Agora, Jesus caminhou até ele para ter uma conversa, como Ele fez com a mulher do poço, e disse: “Há
quanto tempo a criança tem estado desta maneira?”.
“Oh”, ele disse, “desde a mocidade”. Uma vez, observando bem nos olhos dele, alguma coisa veio até ele.
Então ele disse: “Tem compaixão de nós”.

12
Aqui pode se tratar de uma resposta dada a algumas críticas feitas às campanhas Branham realizadas anos atrás em Saskatchewan e
Winnipeg no Canadá, onde foi constatada a morte de vários pacientes logo após terem recebido oração e sido curados – NT.
9
Mensagens de William Marrion Branham

32 Desde quando ele olhou na face de Jesus, ele pôde reconhecer que não era nenhuma telepatia mental. Ele
pôde reconhecer que ali estava alguma coisa acerca daquela Pessoa que ninguém tinha.
E qualquer homem ou mulher que já olhou a cruz na face... O outro dia... Eu tenho uma velha cruz
pendurada no meu pára-brisa ali fora. Eu não entendo como que muitos têm dito para mim: “Irmão Branham,
isto se parece com uma cruz católica”.
Desde quando os católicos têm opção pela cruz? Desde quando a cruz tem se tornado num emblema de fé
católica? Cruz é um emblema da fé cristã, não católica. Não, senhor.
Disse: “Porque você tem isso pendurado aí?”. Algum companheiro passeando comigo, descendo de
Sellersburg, de maneira cortante para cima de mim. Como eles fazem daquele modo. Eu não atento para isso,
tanto quanto eles não choram por Ele.
33 Disse: “Então porque isso está pendurado ali?”.
Eu disse: “Você sabe por quê? Toda vez que eu volto a minha cabeça aqui neste país, quando a época de
verão chega, existe uma mulher nua de pé no quintal, na rua, ou em algum lugar. Eu olho para cruz. Amem. Eu
tenho preferido olhar para isto”. Ele não disse mais nada.
Eu disse: “Agora, eu olho para onde eu fui redimido. Ali eu vejo sua nudez, eu fui sarado. Uma vez eu fui
cego, eu não tinha olhos para onde eu pudesse olhar, e eu Lhe prometi que se Ele me curasse, eu olharia para a
coisa correta. E eu sei que esta é a coisa correta para se olhar. Eu olho para o Calvário. Isto é um memorial para
mim, que o meu Senhor morreu e me curou. E ali naquela cruz foi onde Ele perdoou o meu pecado. Ali naquela
cruz foi onde Ele tomou as minhas aflições para longe de mim, naquela cruz. Ele me curou com sua nudez”. Eu
disse: “Eu olho para isto, volto minha cabeça e olho para cruz”. Tudo bem. Depende para o que você está
olhando. Isso está por toda parte por onde for. Olhe para a cruz uma vez e veja a diferença.
34 Agora, quando este homem olhou na face do Senhor Jesus. Ele estava ungido. Ele era o Ungido de Deus.
Aqui estava Ele ali, o homem ungido, Deus no Homem. E quando Ele fez, ali estava algo que tomou o
homem...?... Ele disse: “Tenha compaixão de nós”. Agora, ele está sobre o território certo. Ele está vindo ao
chão pedindo por misericórdia. Ele está vindo para o trono de misericórdia. E esta é a única maneira que você
alguma vez poderá receber alguma coisa de Deus, é vir para o trono de misericórdia, não de julgamento, não por
si mesmo, mas pelas misericórdias de Deus.
Agora, ele estava no chão por cura. Não existe “se” nisto. Ele colocou isto sobre Jesus agora. Observe.
Nunca mais “senhor”, agora ele disse algo diferente. Jesus então se colocou bem diante dele. Ele disse: “Oh, tu
podes crer? Você pode vir até aqui abaixo pastor, rabi Jones? Pode você lançar toda esta dúvida para longe de
você? Podes tu agora crer?”.
35 E o pai olhou na face e disse, lágrimas correndo abaixo sobre sua face, alguma coisa o havia comovido.
Uma mudança havia ocorrido em seu coração naquele exato momento, e ele disse: “Senhor, eu creio. Perdoe-
me”, assim em várias palavras. “Perdoe-me por minha incredulidade. Todo este tempo eu tenho tentado crer nos
fariseus, tenho duvidado quando os discípulos falharam. Perdoe-me Senhor por minha incredulidade”, e com
lágrimas rolando no chão. O Espírito de Deus havia tocado seu coração, e ele disse: “Senhor, eu creio. Perdoe-
me por minha incredulidade” ou como a Bíblia cita. “Ajuda Senhor minha incredulidade”, mas é “Perdoe minha
incredulidade”.
Ele pára ali. O que é isto? Agora, observe. Há uns poucos momentos atrás ele estava “senhor, se tu podes”.
Mas quando Jesus captou sua atenção, isto não foi “senhor”. Foi com letra maiúscula: “S-e-n-h-o-r”. O que
aconteceu? Quando ele se aproximou do trono de misericórdia, ele encontrou misericórdia. Aleluia. Eu sei que
você pensará que estou louco; talvez eu esteja. Deixe-me sozinho com este pensamento, sou feliz desta maneira.
Observe. “Se tu podes crer”. Pastor, eu creio que você tem estado certo. “Se tu podes crer”. E Ele o
observou. Disse: “Há quanto tempo ele tem estado desta maneira?”.
Ele disse: “Desde a mocidade”. Ele disse: “E tenha misericórdia de nós”. No trono de misericórdia ele havia
encontrado perdão, e pediu perdão, e se arrependeu e agora: “Senhor, eu creio. Perdoe-me por minha
incredulidade”. Senhor, “Senhor” significa “domínio”...? que eu estou...

Esta mensagem intitulada “Tudo é Possível Ao Que Crê” (All Things Are Possible To Him That Believeth) foi
pregada pelo irmão William Marrion Branham, no dia 22 de julho de 1956, domingo, no Tabernáculo Vida, em
Shreveport, Louisiana, EUA. Este texto foi traduzido na íntegra do inglês para o português em Setembro de 2007.
Para pedidos de outras mensagens gratuitas escreva para o e-mail: diogenes.dornelles@yahoo.com.br
www.avozdocristianismovivo.com
10