Você está na página 1de 6

Projeto +Mulheres (2010

)
Objetivo: contribuir para o empoderamento de mulheres em situação de vulnerabilidade social, de baixa renda, arrimos de família. Estratégia: oficinas de arte-educação para o fortalecimento da autoestima individual/grupal, coesão grupal e o empoderamento/controle social. Resultados: ganhos individuais e coletivos, criação, lançamento e comercialização da coleção de produtos +MULHERES. Apoio: Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo/Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS/Programa Estadual de DST/AIDS. Metodologia Baseada em arte-educação, com métodos e abordagens multi-estratégicas, incluiu atividades corporais, artísticas e de empoderamento/ativismo.

As atividades corporais trabalharam com alongamento/yoga/meditação. As atividades de empoderamento/controle social, no formato de rodas de conversa e discussão em grupo, realizadas a partir das demandas do grupo, relacionadas à saúde e direitos humanos. Entre os temas trabalhados, destacamos: preconceito, estereótipos, qualidade de vida (critérios da OMS, reflexão sobre suas rotinas, identificação de aspectos positivos e negativos, mudanças), depressão, movimento negro, violência contra a mulher/estratégias cotidianas de enfrentamento da violência, prevenção positiva. Também fez parte destas atividades o encaminhamento a serviços de atendimento jurídico e/ou de apoio psicológico e a leitura e discussão de temas da imprensa relacionados à epidemia de HIV/aids.

As oficinas de arte-educação abrangeram atividades de: • • • • • Fotografias/oficinas de auto-imagem - sessões de tomadas fotográficas, pintura, escrita, arranhadura em fotos impressas. Bordado livre – pontos, texturas/cores, crazy. Oficinas de leitura , desenho de observação, ortografia e produção de textos. Visitas a exposições. Criação de protótipos para a coleção +MULHERES.

Nas oficinas de auto-imagem, criadas e ministradas pela fotógrafa Evelyn Ruman, as participantes realizaram intervenções artísticas em fotografias a partir da proposta “Como me vejo/como gostaria de ser vista”. O bordado livre foi aprendido e aprimorado por meio de técnicas que buscaram resgatar memórias, sentimentos, histórias de vida. Os trabalhos realizados nas oficinas de fotografia/auto-imagem, desenho e bordado livre deram origem à coleção + MULHERES.

Resultados do projeto + MULHERES Principais resultados coletivos e individuais: Coletivos: • Realização de uma experiência de empreendedorismo social por meio da criação, lançamento e comercialização da coleção +MULHERES. • Compartilhamento de histórias de vida e troca de experiências. • Participação política – inserção de integrantes do grupo no Movimento Nacional das Cidadãs Positivas. Individuais: • Aumento do bem estar, da qualidade de vida, capacidade de lidar melhor com a depressão, maior capacidade de concentração. • Melhoria da expressão escrita e oral. • Melhoria da expressão artística. • Participar de experiência de empreendedorismo social. Com o aprendizado das técnicas de pintura e bordado livre e com a execução de trabalhos de expressão diante um tema genérico, ou diante de retratos nas oficinas de auto-imagem, as participantes do grupo passaram a apresentar maior potencial criativo e personalidade nos trabalhos realizados. Aos poucos, suas intervenções artísticas em fotografia, seus bordados, ganharam em qualidade técnica expressiva e complexidade. Contribuíram para essa melhoria, entre outros: Ampliação do repertório visual e artístico: leitura de livros de obra de arte para perceber que desenhistas, pintoras/es escolhem os mesmos temas há muitos séculos (paisagens, retratos, p.ex.); mostrar os diferentes estilos para “dizer as mesmas coisas”, diversificando o olhar. O bordado livre visto como forma de expressão e comunicação para além de sua função decorativa em peças mais conhecidas como os panos de prato, toalhas de mesa e banho, etc.

Quanto à experiência de empreendedorismo social, visando à geração de renda, foi criada, lançada e comercializada a coleção +MULHERES. A experiência de comercialização abrangeu a participação em feiras/bazares. Clique aqui para ver algumas fotos dos bazares. A metodologia utilizada resgatou e valorizou memórias/sentimentos/histórias de vida, promoveu a expressão pessoal e o exercício da cidadania/ativismo social, refletiu no bem estar e na promoção da saúde das participantes e do grupo. Também contribui para a geração de renda individual, pois muitas das participantes aprimoraram os artesanatos com bordado que já faziam para a geração/complementação das suas rendas e/ou aprenderam e começaram a trabalhar com artesanato visando a geração de renda. Ao final do projeto a renda gerada com o lançamento e comercialização da coleção +MULHERES foi dividida entre as participantes do grupo +Mulheres. FOTOS:

BAZAR