Você está na página 1de 44

DURKHEIM

1858 - 1917
Objetividade cientifica
• Os fatos sociais devem ser tratados
como coisas exteriores pelo
investigador
Consciência individual e
consciência coletiva
INDIVIDUAL COLETIVA

• Conjunto de crenças e
• “Personalidade” sentimentos comuns ou
conjunto de traços comum dos membros
mentais e emocionais de determinada
que identificam um sociedade
indivíduo e o distinguem • Forma um sistema
de todos os outros determinado com vida
própria
O pesquisador
“Se coloque num estado de espírito
semelhante ao dos físicos,
químicos, fisiologistas, quando
se aventuram numa região ainda
inexplorada de seu domínio
cientifico”
Fatos sociais
representações coletivas
• Fato Social
Toda maneira de fazer, fixada
ou não, suscetível de
exercer sobre o indivíduo
uma coação exterior, ou
ainda que é geral no
conjunto de cada
sociedade tendo, ao
mesmo tempo, existência
própria, independente de
suas manifestações
individuais http://www.uol.com.br/folha/galeria/index.shtml
“Maneira de fazer”
• Maneiras de agir, de
pensar e de sentir
• Inclui as representações
coletivas

Garoto paquistanês segura o Alcorão,


livro sagrado para os muçulmanos,
durante protesto anti-EUA, e em apoio à
Osama bin Laden
http://www.uol.com.br/folha/galeria/index.shtml
Representações coletivas
• São exteriores à consciência individual;
• Possuem uma capacidade de coação
sobre os indivíduos;
• São ao mesmo tempo gerais e numa,
dada sociedade, independentes de suas
expressões individuais
Indivíduo e sociedade
• Separa o social do individual como duas
esferas independentes da realidade
humana
• A sociedade não é mera soma de
indivíduos, ao contrário o sistema
formando por sua associação representa
uma realidade específica que tem suas
próprias características
As formas de
solidariedade social
• Morfologia Social
– Classificação geral das
sociedades segundo o grau de
complexidade
– Comparações
As formas de
solidariedade social
• Morfologia social

– À semelhança das
espécies vivas,
podem ser
classificadas numa
escala evolutiva
das mais simples
às mais complexas
Dois tipos extremos de
sociedade
SUPERIOR

INFERIOR
Duas formas de
solidariedade social

ORGÂNICA

MECÂNICA
Solidariedade mecânica
o princípio das semelhanças

• É o princípio que preside


a organização das
sociedades ditas
primitivas como as tribais
– onde se observa
realmente uma extra-
ordinária homogeneidade
econômica e cultural
entre clãs, famílias e os
próprios indivíduos Índios realizam manifestação em frente ao
Tribunal do Júri em Brasília, onde ocorre o
julgamento dos acusados de atear fogo no
índio pataxó Galdino Jesus dos Santos.
2001.
http://www.uol.com.br/folha/galeria/index.shtml
Solidariedade mecânica
• “O indivíduo não se pertence, ele é
literalmente uma coisa, da qual a
sociedade dispõe”
Solidariedade orgânica
o princípio da
diferenciação
• É a integração
realizada a partir
da diferenciação
entre indivíduos e
grupos no interior
da sociedade
Centenas de pessoas aguardam ônibus no terminal Parque
D. Pedro II, centro de São Paulo. A greve do metrô prejudica
o transporte cerca de 2,5 milhões de pessoas
Sociedade orgânica

• Sistema de funções diferentes e


especiais, que unem relações
definidas produzida pela divisão
de trabalho
Divisão do trabalho

• Diferenciação
• Complementaridade
de funções como
forma de cooperação
entre os membros da
sociedade
• Especialização uma
forma de acentuar as
diferenças entre os
indivíduos
Consciência coletiva
versus
consciência individual
“Enquanto a solidariedade
mecânica é tanto mais
forte quanto mais a
consciência individual for
recoberta pela consciência
coletiva, a solidariedade
orgânica só se fortalece
quando “cada um tem sua
esfera de ação que lhe é
própria”e, pode, assim,
afirmar sua
individualidade”

http://www.uol.com.br/folha/galeria/index.shtml
Direito e formas de
solidariedade
• Onde prevalece a solidariedade
mecânica as leis proíbem e prevem
– Os desvios muito grandes da conduta
individual em relação à conduta
prevista pela consciência coletiva
– As ofensas ao “órgão da consciência
comum” (chefe tribal, hierarquia
religiosa etc.)
Direito repressivo
• Manter intacta a coesão social,
mantendo toda a vitalidade da
consciência comum
• Corresponde a solidariedade mecânica
A integração social onde
predomina a
solidariedade orgânica
• Não depende tanto da vigência de
um sistema de crenças e
sentimentos comuns a todos
• Mas de uma moral profissional
para cada atividade especializada
e de normas legais que viabilizem
sua dependência mútua
Direito restitutivo

• A função do direito não é tanto


de punir as condutas desviantes
mas impor a reparação dos
prejuízos causados pelo
descumprimento das obrigações
profissionais ou funcionais
– Corresponde a solidariedade
orgânica
Direito repressivo e
direito restitutivo

REPRESSIVO RESTITUTIVO

Tudo aquilo que em •Direito Civil


linguagem jurídica •Direito Comercial
se denomina direito
•Direito Processual
penal
•Direito Administrativo
•Direito Constitucional
Progresso da divisão do
trabalho
• O progresso da divisão do trabalho é o
fio condutor do processo evolutivo que
liga as formas de sociedade mais
simples às mais complexas
Da sociedade mais simples a
mais complexa

Sociedade mais complexa


Solidariedade Orgânica
> Divisão do
trabalho

< Divisão do
trabalho

Sociedade simples
Solidariedade Mecânica
Causas do progresso da
divisão do trabalho
• Os Segmentos Sociais perdem sua
Individualidade
• Aumento da densidade moral
• Dinâmica da sociedade
• Estreitamento da distância física entre
os indivíduos
Condensação da
sociedade
1. A concentração da população no
território (densidade populacional)
2. A formação e o desenvolvimento de
cidades (densidade moral)
3. O aumento do número e da rapidez
das vias de comunicação e
transmissão
Proposição geral
“A divisão do trabalho varia na
razão direta do volume e da
densidade das sociedades, e se
ela progride continuamente no
decorrer do desenvolvimento
social é porque as sociedades se
tornam regularmente mais densas
e geralmente mais volumosas”
Modelo orgânico

• Parte de uma
analogia entre
sociedade e ser
vivo
Modelo orgânico
• Durkheim era os seres vivos que ele
tinha em mente quando pensava em
integração entre as várias “funções”
no interior da sociedade
Normal e o patológico

NORMAL SAUDÁVEL

PATOLÓGICO DOENTE
Normal e o patológico

• É normal o indivíduo cujos


traços se enquadram num
padrão de saúde, e patológico
aquele que se afasta
significativamente dele
Função: significado
biológico
É o significado que se define por analogia
com o conceito de função em biologia,
onde ele se refere à atividade de cada
órgão ou aparelho do corpo
considerando sua contribuição para a
subsistência do conjunto”
Divisão do trabalho
• Divisão do trabalho
– Fator preponderante de integração
social na sociedade moderna
• Solidariedade orgânica
– Mutuamente dependentes
– Requer uma regulamentação
complexa das condições de
cooperação entre indivíduos e grupos
diferenciados
Anomia
• Ausência de regras
• Quando não há
correspondência
entre as regras
jurídicas e morais
estabelecidas e as
condições sociais
geradas pelo
progresso da divisão
do trabalho
“Conflito Marca Festa dos 500 Anos” (23/04/2000)
Suicídio
• A solidariedade social tem uma relação
muito mais complexa com a taxa de
suicídio

Onde há
pouquíssima
solidariedade Ocorre elevada taxa
social de suicídios
EGOÍSTAS
Suicídio
• Níveis demasiados de solidariedade
social também levavam a taxas de
suicídios altas a que ele denominava
suicídios ALTRUISTAS

Solidariedade Taxas de suicídios


Social ALTRUISTAS
Suicídio altruísta

• Resulta do fato de
que o indivíduo
acaba por sentir seu
valor pessoal apenas
por intermédio do
grupo, adquirindo
um sentido pessoal
apenas a partir de
algo maior do que o
“eu”
Paquistaneses durante protesto anti-EUA, e em apoio à
Osama bin Laden
http://www.uol.com.br/folha/galeria/fotos/i_pre
mios0001.shtml
Suicídio altruísta
• O ego torna-se nada
• Abrir mão da própria vida pelo
grupo passa a ser louvável
• O fracasso pessoal significa que
a pessoa faltou com o grupo, o
que resulta em desonra e
vergonha
Suicídio altruísta

Exemplos:

– Exército
– Pilotos japoneses kamikazes
– Suicídio em massa em Jonestown,
Guiana, nov. de 1978
+ de 900 pessoas
Suicídio anômico
• É o suicídio que se manifesta quando o
indivíduo participa de uma sociedade
caracterizada pela anomia (ausência de
regras, sem normas)

Ex. Depressão Econômica


Suicídio egoísta
• É o suicídio que ocorre quando o
indivíduo não está evoluindo com
ninguém nem com nenhuma causa,
faltando-lhe laços emocionais que lhe
tornem a vida digna de viver
Suicídio fatalista
• Provocado por um controle demasiado
exercido pelas normas da sociedade
• A sociedade tudo controla e a
mudança é mínima

Ex. Sociedade escravocrata


As Condições da Sociedade em
que o Suicídio é Mais Prevalente

(a mudança muito rápida na


Sociedade)
ANÔMICA

EGOÍSTA
(nível de solidariedade ALTRUISTA
muito baixo) (nível de
solidariedade muito
alto)
FATALISTA
(quase nenhuma mudança)