Você está na página 1de 6

Parte I

A PEB em Collor e
Itamar Franco
Reforma do Estado
Preside Ano Privatizao Caracterstica
nte
Collor 1990 PND Programa Nacional de Previa 68 privatizaes
Desestatizao 18 concretizadas
Collor 1991 USIMINAS Primeira privatizao; Empresa
Lucrativa
Itamar 1992- CSN, Embraer, Cosipa, Continuo e aprofundou processo de
1994 Aominas, subsidirias da privatizao
Petrobrs
FHC 1995 Conselho Nacional de Implementao de recomendaes
Desestatizao do FMI
FHC 1995- Telebrs, Vale do Rio Doce, Incentivo privatizao nos
2002 Eletropaulo... Estados
FHC 1995- US$ 78,6 bi de receita total 53% K estrangeiro, participao do
2002 BNDES,
22 bi setor eltrico, 29 bi
telecomunicaes
Lula 2003- Concesso de Rodovias 2,6 mil Km, grupo espanhol OHL
2010 Federais
A Poltica Externa de Collor
Breve Ruptura em relao 1974 adiante:
1) atualizar a agenda internacional do pas de acordo
com as novas questes Mercosul, Rio-92, BR-ARG
materiais nucleares, Controle das exportaes de armas,
Tratado de Tralelolco (controle de armas nucleares na
AL).
2) construir uma agenda positiva com os Estados
Unidos apoio da resoluo 661 de 1990 (CSONU)
Sanes ao Iraque (Guerra do Golfo). Posio
contraditria: apoia a resoluo mas mantm relaes
comerciais com o Iraque.
3) Descaracterizar o perfil terceiro-mundista do Brasil
Debate central da PEB em 1992

EUA
Modernizao Autonomia
Financiamento Interesse Nacional
Insero vantajosa

Protagonismo parlamentar: lei de propriedade intelectual - neo-


desenvolvimentismo x neoliberalismo
Redemocratizao: mais interesses em disputa
MRE: fim do consenso institucional disputa pela volta do controle
diplomtico no MRE: Rezek, Celso Lafer (Collor); FHC, Celso Amorim
(Itamar).
Poltica Externa de Itamar
Continuidades e Rupturas: Modernizao Terceiro
Mundista
Amaznia: projeto SIVAM
Expanso do CSONU candidatura brasileira
Rodada Uruguai: continuidade em relao a Collor;
vitrias na exportao de metais, caf, ch, cacau, acar
e leos vegetais. Manuteno dos compromissos de
liberalizao unilateral fracasso dos subsdios agrcolas
Integrao Regional: mudana. Prioridade da agenda
brasileira: cooperao com Venezuela (disputa de
fronteira), Gasoduto na Bolvia, defesa de Cuba na OEA.
Relaes com EUA
MEX, ARG e CHI convergentes com os EUA
Brasil perdeu ao longo dos anos 70 adiante status
de parceiro estratgico.
Diplomacia norte-americana coercitiva
(propriedade intelectual)
Estabilizao brasileira abre caminho para a
cooperao
Unipolaridade x Bipolaridade: espaos mais
exguos ou amplos?
Desestruturao Domstica: runa do consenso