Você está na página 1de 95

Exercícios sobre Pilhas

e Baterias
Professor: Gleison Paulino Gonçalves
01) Numa pilha eletroquímica sempre ocorre:

a) Redução no anodo.
b) Movimentação de elétrons no interior da solução eletrolítica.
c) Passagem de elétrons, no circuito externo, do cátodo para o anodo.
d) Reação de neutralização.
e) Uma reação de oxirredução.

Alternativa “e”
a) No anodo ocorre uma oxidação.
b) A movimentação de elétrons ocorre nos eletrodos.
c) A passagem de elétrons é do ânodo para o catodo.
d) A reação que ocorre é de oxirredução e não de neutralização
(esta é um tipo de reação que ocorre entre ácidos e bases).
e) Correta.
02) As pilhas e as baterias são dispositivos nos quais uma reação espontânea
de oxirredução transforma energia química em energia elétrica. Portanto,
sempre há uma substância que se reduz, ganhando elétrons, que é o cátodo,
e uma que se oxida, perdendo elétrons, que é o ânodo. Abaixo, temos um
exemplo de uma pilha eletroquímica:
A respeito dessa pilha, responda:

a) Qual eletrodo, A ou B, está sofrendo redução e qual está sofrendo


oxidação?

b) Qual eletrodo é o cátodo e qual é o anodo?

c) Escreva a semi-reação que ocorre nos eletrodos A e B e a reação global


da pilha.

d) A concentração dos íons B3+ e A2+ aumenta ou diminui?

e) Ocorre corrosão ou deposição dos eletrodos A e B?


Resposta Questão 2

a) O eletrodo A está sofrendo redução, porque está ganhando elétrons,


portanto, seu Nox (Número de Oxidação) irá diminuir. Já o eletrodo B está
sofrendo oxidação, porque está perdendo elétrons e seu Nox irá aumentar.

b) O eletrodo A é o cátodo e o B é o ânodo.

c) Semirreação do ânodo: B(s) → B3+(aq) + 3 e-


Semirreação do cátodo: A2+(aq) + 2 e- → A(s)
Resposta Questão 2

Para encontrar a equação que representa a reação global dessa pilha,


teremos que multiplicar a semirreação do ânodo por 2 e a do cátodo por 3,
para poder igualar os elétrons que foram transferidos e recebidos nos
eletrodos:
Semirreação do ânodo: 2 B(s) → 2 B3+(aq) + 6 e-
Semirreação do cátodo: 3 A2+(aq) + 6 e- → 3 A(s)
Reação Global: 2 B(s) +3 A2+(aq) → 2 B3+(aq)+ 3 A(s)

d) Conforme mostra a reação global, a concentração de B 3+ aumenta e de


A2+ diminui.

e) Haverá deposição sobre o eletrodo A e corrosão do eletrodo B.


03) (UFU-MG) Quando a pilha mostrada a seguir está em funcionamento, a
barra de chumbo vai se desgastando e a prata vai ficando mais espessa.
No início do experimento, as duas barras apresentavam as mesmas
dimensões. Para essa pilha determine:
a) As equações das semi-reações de oxidação e redução;
b) A equação química da reação global;
c) O sentido de movimento dos elétrons na parte externa do circuito e o
sentido dos íons na parede porosa.

Respostas:
a) Semirreação do ânodo: 1 Pb(s) → 1 Pb2+(aq) + 2e-
Semirreação do cátodo: 2 Ag2+(aq) + 2e-→2 Ag(s)
b) Reação Global: 1 Pb(s) 2 Ag2+(aq) → 1 Pb2+(aq) + 2 Ag(s)
c) Os elétrons movimentam-se do ânodo (eletrodo de chumbo) para o
cátodo (eletrodo de prata). Os cátions dirigem-se do ânodo para o cátodo e os
ânions dirigem-se do cátodo para o ânodo.
04) (Vunesp) A equação seguinte indica as reações que ocorrem em uma
pilha:
Zn(s) + Cu2+(aq) → Zn2+(aq) + Cu(s)
Podemos afirmar que:

a) O zinco metálico é o cátodo.


b) O íon cobre sofre oxidação.
c) O zinco metálico sofre aumento de massa.
d) O cobre é o agente redutor.
e) Os elétrons passam dos átomos de zinco metálico aos íons de cobre.
Resposta Questão 4

Alternativa “e”.

a) O zinco metálico é o ânodo, ele perde elétrons: Zn (s) → Zn2+(aq) + 2e-.

b) O íon cobre sofre redução, ele ganha elétrons: Cu 2+(aq) + 2 e-→ Cu(s).
c) O zinco metálico é o ânodo que é corroído, porque ele sofre oxidação e,
com isso, a massa da barra diminui.
d) O cobre é o agente oxidante, pois ele causou a oxidação do zinco.
e) Correta.
05) (Unicamp-SP- modificada) Na pilha de Daniel (veja esquema adiante)
ocorre a reação:
Zn(s) + Cu2+(aq) ↔ Zn2+(aq) + Cu(s)
Qual das substâncias a seguir, dissolvida em água, você escolheria para
colocar no compartimento B a fim de que a pilha possa produzir
eletricidade? Justifique.

1.HCℓ
2.ZnCℓ
3.CuSO4

4.H2SO4

5.Na2SO4

6.PbS4

7.ZnSO4
Resposta Questão 5

Alternativa “c”.

O CuSO4(aq) é a única substância da lista que em solução aquosa fornece

íons Cu2+(aq); esses recebem os elétrons fornecidos pelo zinco metálico,

transformando-se em cobre metálico, Cu(s), segundo a equação fornecida.


Essa substância poderia ser substituída por outro sal solúvel que tivesse
como cátion o Cu2+(aq).
06) (FURRN) Na pilha eletroquímica Zn0 / Zn2+ // Cu2+ / Cu0, ocorrem reações
de oxirredução.
Nesse sistema, pode-se afirmar que:

a) no polo negativo há oxidação de Cu0 a Cu2+.


b) no polo negativo há oxidação de Zn0 a Zn2+.
c) no polo positivo há oxidação de Cu0 a Cu2+.
d) no polo positivo há oxidação de Zn0 a Zn2+.
e) no polo positivo há redução de Zn2+ a Zn0.
Resposta Questão 6
Alternativa “b”.
A convenção mundial de representação das pilhas é feita com base na
seguinte ordem:

Assim, a representação Zn0 / Zn2+ // Cu2+ / Cu0 indica que o Zn oxida-se a


Zn2+ (no ânodo, polo negativo) e Cu2+ reduz-se a Cu (no cátodo, polo
positivo).
07) Qual das afirmações abaixo indica corretamente o que aconteceria com
a Pilha de Daniell se a barra de zinco fosse mergulhada em uma solução de
sulfato de cobre (CuSO4(aq))?

a) A corrente elétrica iria correr no sentido oposto, pois agora o eletrodo de


cobre que perderia elétrons para o eletrodo de zinco.
b) O zinco tornar-se-ia o polo positivo (cátodo).
c) Toda a reação de oxirredução pararia, pois o zinco não iria transferir mais
elétrons e, desse modo, não haveria corrente elétrica.
d) Os elétrons seriam transferidos diretamente dos átomos de zinco metálico
para os cátions Cu2+ da solução em que está mergulhado e deixariam de se
movimentar através do fio, não havendo mais corrente elétrica.
e) Não haveria nenhuma alteração, pois o zinco continuaria perdendo
elétrons para a placa de cobre.
Resposta Questão 7
Alternativa “d”.
08) Qual o cátodo e qual é o ânodo da pilha de Daniell, respectivamente?

a) Cátodo: Cu2+/Cu0 ; ânodo: Zn0/ Zn2+


b) Cátodo: Cu0/Cu2+ ; ânodo: Zn2+/Zn0
c) Cátodo: Zn2+/Zn0; ânodo: Cu0/Cu2+
d) Cátodo: Zn0/ Zn2+; ânodo: Cu2+/Cu0
e) Cátodo: Zn0/Cu2+; ânodo: Zn2+/Cu0
Resposta Questão 8
Alternativa “a”.

No cátodo, ou polo positivo, os íons Cu2+(aq) da solução de sulfato de cobre

recebem elétrons e transformam-se em cobre metálico (Cu0(s)), enquanto no

ânodo, ou polo negativo, o zinco metálico da placa (Zn0(s)) perde elétrons,

transformando-se nos íons Zn2+(aq), que ficaram na solução de sulfato de


zinco.
09) (UnB-DF) As pilhas vendidas no comércio para uso em lanternas, rádios e
outros aparelhos elétricos constituem-se fundamentalmente de uma cápsula
de zinco, uma solução aquosa de eletrólitos (ZnCl2 + NH4Cl), dióxido de
manganês e um bastão de grafita.
A figura representa um corte longitudinal de uma pilha de manganês.
Durante o funcionamento desta pilha, ocorrem as seguintes reações:
No ânodo: Zn(s) →Zn2+(aq) + 2e-.
No cátodo: 2MnO2(s) + 2NH4+(aq) + 2e- → Mn2O3(s) + 2NH3(aq) + H2O(l)

Julgue os itens que se seguem.


a) Mn4+ é o agente redutor.
b) Durante o funcionamento desta pilha, o fluxo de elétrons ocorre no sentido
grafita → zinco.
c) A reação total da pilha é:
Zn(s) + Mn2O3(s) + 2 NH3(aq) + H2O(l) → Zn2+(aq) + 2MnO2(s) + 2NH4+ + 4e-
d) A quantidade de Zn2+ diminui durante o funcionamento da pilha.
e) A pilha cessará seu funcionamento quando o MnO2 for totalmente
consumido.
Resposta Questão 9
Apenas o item e está correto.
Veja por que as demais alternativas estão erradas:
a) O agente redutor é o Zn.
Fazendo a somatória dos dois eletrodos, temos a seguinte reação global:
Zn0(s) ↔ Zn2+(aq) + 2 e-

2MnO2(s) + 2NH4+(aq) + 2e- ↔ Mn2O3(s) + 2NH3(aq) + H2O(l)

Zn0(s) +2MnO2(s) + 2NH4+(aq)↔ Zn2+(aq) + Mn2O3(s) + 2NH3(aq) + H2O(l)

Zn0(s)→ oxidação → Zn2+(aq)

Mn4+ (MnO2(s))→ redução → Mn3+ (Mn2O3(s))

Zn0(s)→ oxidação → agente redutor

MnO2(s)→ redução → agente oxidante


b) Veja que o zinco oxidou, o que significa que ele perdeu elétrons, logo o
fluxo de elétrons ocorreu no sentido zinco → grafita.

c) A reação global da pilha é dada por: Zn0(s) +2MnO2(s) + 2NH4+(aq) ↔ Zn2+(aq) +


Mn2O3(s) + 2NH3(aq) + H2O(l)

d) A quantidade de Zn2+ aumenta em virtude da perda de elétrons durante o


funcionamento da pilha.
10) Nas pilhas alcalinas ocorre a seguinte reação total:
Mn + Zn2+ → Mn2+ + Zn ∆E0 = 0,42 V
Sabendo que o potencial de redução do zinco é +0,76, quais serão as reações
de oxidação e redução que ocorrem nessa pilha?

a) oxidação: Zn2+ + 2e- → Zn; redução: Mn → Mn2+ + 2 e-


b) oxidação: Mn2+ + 2 e-→ Mn ; redução: Zn → Zn2+ + 2e-
c) oxidação: Zn2+ → Zn+ 2e-; redução: Mn + 2 e- → Mn2+
d) oxidação: Mn + 2 e-→ Mn2+; redução: Zn2+ → Zn + 2e-
e) oxidação: Mn → Mn2+ + 2 e-; redução: Zn2+ + 2e- → Zn
Alternativa “e”.
Pela própria equação global já é possível concluir que o Mn sofre oxidação
(perdendo dois elétrons e transformando-se no íon Mn2+) e o íon Zn2+ sofre
redução (ganhando dois elétrons e transformando-se no zinco metálico). O
valor do potencial de redução nos confirma isso:
∆E0 = EZn + EMn

EMn = ∆E0 - EZn

EMn = 0,42 - 0,76

EMn = -0,34 V

Veja que o potencial de redução do zinco (+0,76) é maior que o do manganês


(-0,34). Assim, são os íons zinco que realmente sofrem redução.
11) As pilhas comuns de lanternas, brinquedos, entre outros, são chamadas
de Leclanché ou pilhas secas. Em relação a essas pilhas, identifique a
alternativa incorreta:

a) A substância despolarizante, isto é, que evita a polarização, é o dióxido de


manganês.
b) O polo negativo (ânodo) dessa pilha é um envoltório de zinco.
c) O bastão de grafite instalado no centro dessa pilha funciona como polo
positivo (cátodo).
d) Ela é uma pilha recarregável.
e) Essas pilhas são chamadas também de pilhas ácidas porque contêm
cloreto de amônio e cloreto de zinco, que são sais de caráter ácido.
Resposta Questão 11
Alternativa “d”.

Uma vez esgotadas, as pilhas secas não podem ser recarregadas para
novo uso, ao contrário das baterias de chumbo.
12) Quando uma pilha seca comum para de funcionar, algumas pessoas
colocam-na na geladeira e observam que após certo tempo ela volta a
funcionar. Isso acontece porque:

a) A baixa temperatura ajuda a recarregar essas pilhas.


b) A baixa temperatura faz com que o gás amônia descubra o eletrodo de
grafite.
c) A baixa temperatura favorece a produção de MnO2, que atua como
despolarizante.
d) A baixa temperatura favorece a perda de elétrons do ânodo.
e) A baixa temperatura favorece as reações reversíveis que ocorrem no
cátodo e no ânodo.
Resposta Questão 12
Alternativa “b”.

No cátodo dessa pilha ocorre a seguinte reação:


Cátodo: 2 MnO2(aq) + 2 NH4 1+ (aq) + 2e- → 1 Mn2O3 (s) + 2 NH3(g) + 1 H2O(l)

A amônia (NH3(g)) formada no cátodo pode se depositar sobre a barra de


grafita, dificultando a passagem dos elétrons e diminuindo a voltagem da
pilha. Para voltar ao funcionamento normal, basta deixar a pilha em repouso
fora do aparelho, pois o cátion zinco (Zn2+(aq)) formado no ânodo reage com a
amônia, deixando a barra de grafita livre.

Além disso, colocar a pilha na geladeira também pode ajudar, pois a


diminuição da temperatura favorece a solubilidade da amônia na pasta
úmida da pilha.
13) (PUCCamp - SP) Nas pilhas secas, geralmente utilizadas em lanternas,
há um envoltório de zinco metálico e um bastão central de grafite rodeado de
dióxido de manganês e pasta úmida de cloreto de amônio e de zinco,
conforme a figura a seguir.
As reações são complexas, porém, quando o fluxo de corrente é pequeno,
as reações podem ser apresentadas por:

Anodo: 1 Zn → 2 e- + 1 Zn2+
Catodo: 2 MnO2+ 2 NH41+ + 2e- → Mn2O3(s) + 2 NH3 + H2O

À medida que a pilha seca vai sendo gasta, há aumento nas massas de:

a) zinco metálico e água.


b) dióxido de manganês.
c) sais de amônio e de zinco.
d) zinco metálico e dióxido de manganês.
e) amônia, água, sais de zinco e óxido de manganês III.
Resposta Questão 13
Alternativa “e”.

Conforme mostram as reações, à medida que a pilha funciona, formam-


se como produtos no cátodo: Mn2O3(s), NH3 e H2O; e no ânodo: Zn2+ (que
constitui os sais de zinco).
14) (UnB-DF) As pilhas vendidas no comércio para uso em lanternas, rádios
e outros aparelhos elétricos constituem-se fundamentalmente de uma
cápsula de zinco, uma solução aquosa de eletrólitos (ZnCl2 + NH4Cl), dióxido
de manganês e um bastão de grafita.
A figura a seguir representa um corte longitudinal de uma pilha de manganês.
Durante o funcionamento da pilha, ocorrem as seguintes reações:
No anodo: Zn(s) → Zn2+(aq) + 2 e-
No catodo: 2 MnO2(s) + 2 NH41+(aq) + 2e- → Mn2O3(s) + 2 NH3(aq) + H2O(ℓ)
Julgue os itens a seguir:
a) Mn4+ é o agente redutor.
b) Durante o funcionamento dessa pilha, o fluxo de elétrons ocorre no
sentido grafita → zinco.
c) A reação global da pilha é:
Zn(s) + Mn2O3(s) + 2 NH3(aq) + H2O(ℓ) → Zn2+(aq) + 2 MnO2(s) + 2 NH41+(aq) + 4e
d) A quantidade de Zn2+ diminui durante o funcionamento da pilha.
e) A pilha cessará seu funcionamento quando o MnO2 for totalmente
consumido.
Resposta Questão 14
Apenas o item e está correto.

a) Errado. O agente redutor é o Zn0.


Fazendo a somatória dos dois eletrodos, temos a reação global:
Zn0(s) ↔ Zn2+(aq) + 2 e-

2 MnO2(s) + 2 NH41+(aq) + 2e- ↔ Mn2O3(s) + 2 NH3(aq) + H2O(ℓ)

Zn0(s) + 2 MnO2(s) + 2 NH41+(aq) ↔ Zn2+(aq) + Mn2O3(s) + 2 NH3(aq) + H2O(ℓ)

Zn0(s) → oxidação → Zn2+(aq)

Mn4+ (MnO2(s)) → redução → Mn3+( Mn2O3(s))

Zn0(s) → agente redutor


MnO2(s)→ agente oxidante
Resposta Questão 14
Apenas o item e está correto.

b) Errado. O fluxo de elétrons ocorre no sentido do zinco para a grafita.

c) Errado. A reação total da pilha é a resolução da somatória dos dois


eletrodos acima.

d) Errado. A quantidade de Zn2+ aumentará em virtude da perda de elétrons


durante o funcionamento da pilha.
15) Na bateria de um automóvel, ocorre a seguinte reação de descarga:

Pb(s) + PbO2(s) + 4 H+ (aq) + 2 SO42-(aq) ↔ 2 PbSO4(s) + 2 H2O(ℓ)

Dê a razão pela qual a densidade da solução diminui:

a) A densidade diminui porque não há íons dissolvidos depois da descarga.


b) A densidade diminui porque o chumbo é bastante denso e ele é consumido.
c) A densidade diminui porque há a diminuição de ácido sulfúrico e aumento de
água.
d) A densidade diminui porque há a diminuição de óxido de chumbo IV e
aumento de sulfato de chumbo.
e) A densidade diminui porque há aumento da solução de ácido sulfúrico.
Resposta Questão 15
Alternativa “c”.

A densidade do ácido sulfúrico ajuda a identificar se a bateria está


descarregada.
Visto que sua densidade é 1,30 g/cm3, se esse valor estiver abaixo de 1,20
g/cm3, significa que o ácido sulfúrico foi consumido e a bateria está
descarregada.
16) Sabendo que uma bateria de automóvel é constituída de seis pilhas ligadas
em série, qual é a voltagem que essa bateria produz?
São dadas as semirreações no ânodo e no cátodo:

Anodo: Pb(s) + SO42-(aq) → PbSO4(s) + 2e- E0 = + 0,35 V


Catodo: PbO2(s) + 4 H+(aq) + + SO42-(aq) + 2e- → PbSO4(s) + 2 H2O(ℓ) E0 = + 1,68 V

a) 2,03 V
b) 12 V
c) 1,33 V
d) 6 V
e) 0,58 V
Resposta Questão 16
Alternativa “b”.

ΔE0 = E0oxi + E0red


ΔE0 = 0,35 + 1,68
ΔE0 = 2,03 V

Esse valor corresponde à voltagem de uma só pilha.


Como são seis, a voltagem da bateria será aproximadamente 12 V.
17) (Unb-DF) A bateria de automóveis possui dois tipos de eletrodos (de PbO
e de Pb0), mantidos em solução aquosa de ácido sulfúrico, H2SO4(aq).A
equação correspondente à reação envolvida na geração de energia é:

PbO2 + Pb0 + 2 H2SO4 → 2 PbSO4 + 2 H2O

Julgue os itens:
a) Nos eletrodos de PbO2 ocorre oxidação.
b) O elemento chumbo sofre oxidação nos eletrodos de Pb0 e redução nos
eletrodos de PbO2.

c) O estado de oxidação do chumbo no PbO2 é +4.


d) Nos eletrodos de Pb0 há perda de elétrons.
Resposta Questão 17

a) Falso. Conforme mostra a semi-reação abaixo, nos eletrodos de PbO 2(s),


ocorre redução, pois o cátion chumbo IV, Pb4+, ganha dois elétrons,
formando o cátion chumbo II, Pb2+.
Cátodo: PbO2 + HSO41-+ 3H3O1+ + 2e-↔ PbSO4 + 5 H2O
b) V.
c) V.
d) V.
18) (UFMG) Uma bateria de automóvel é constituída de uma sequência de
células em que ocorre a reação (Dado: E0 = 2 V):

Numa bateria nova, a solução de H2SO4 tem densidade de 1,3 g/mL. Com
relação a esse sistema, estão certas as afirmações a seguir, exceto:
a) A fase líquida da bateria é corrosiva.
b) Durante a carga, o PbSO4 é, simultaneamente, agente oxidante e redutor.
c) Durante a descarga, a densidade do eletrólito diminui.
d) Durante a descarga, o anodo de uma célula é constituído de PbO 2.
e) Durante a descarga, a voltagem da bateria diminui.
Resposta Questão 18
Alternativa “d”.

Durante a descarga, o anodo são as placas de chumbo (Pb):


Anodo: Pb +HSO41-+ H2O ↔ PbSO4 + H3O1+ + 2e-

O catodo que é constituído de PbO2:


Catodo: PbO2 + HSO41-+ 3H3O1+ + 2e-↔ PbSO4 + 5 H2O
19) (UFSC/2010) Uma célula de combustível é um dispositivo
eletroquímico constituído por dois eletrodos, denominados de catodo e
anodo, sendo capaz de gerar eletricidade a partir de um combustível e de
um comburente, segundo a reação global: H2(g) + O2(g) → H2O(l).
Igualmente, todas as células têm um eletrólito, onde ocorre o transporte
dos íons produzidos, e uma fina camada de catalisador normalmente de
platina ou de níquel que recobre o eletrodo.

O diagrama a seguir representa uma célula de combustível de


hidrogênio.
Assinale Verdadeiro (V) ou Falso (F) para cada uma das afirmativas a seguir:

a) ( ) Em uma célula de combustível de hidrogênio, o hidrogênio sofre redução


e o oxigênio oxidação.
b) ( ) No ânodo, polo positivo, ocorre redução do hidrogênio.
c) ( ) O potencial gerado por uma célula combustível é negativo, assim
podemos considerar que ocorre uma reação espontânea.
d) ( ) Para gerar uma maior ddp (diferença de potencial), seria necessário
construir uma bateria contendo células combustíveis arranjadas em série.
e) ( ) Na célula combustível, os elétrons fluem do polo negativo para o polo
positivo.
f) ( ) O hidrogênio é o comburente e necessita estar armazenado; o oxigênio é
o combustível e vem do ar atmosférico.
g) ( ) O catalisador acelera as reações químicas entre o oxigênio e o
hidrogênio.
Resposta da questão 19:
a) Falsa. Em uma célula de combustível de hidrogênio, o hidrogênio sofre oxidação e o
oxigênio redução.
b) Falsa. O terminal negativo (anodo) tem canais de fluxo que distribuem o gás hidrogênio
sobre a superfície do catalisador. O anodo é onde ocorre a oxidação.
c) Falsa. Quando a reação é espontânea o ∆E > 0.
d) Verdadeira. Uma pilha de combustível é constituída por uma associação em série de
células de combustível, uma vez que cada célula individual produz apenas uma tensão
aproximada de 0,8 V.
e) Verdadeira. Numa pilha o fluxo de elétrons é do anodo (onde ocorre a oxidação) para o
catodo (onde ocorre a redução). Origina-se uma corrente elétrica contínua.
f) Falsa. O seu principal combustível, o hidrogênio, pode ser obtido a partir de diversas fontes
renováveis e também a partir de recursos fósseis.
g) Verdadeira. O catalisador recobre o eletrólito ou membrana. O catalisador é um metal,
normalmente platina ou níquel, que acelera as reações químicas entre o oxigênio e o
hidrogênio.
20) (UFPB 2008)
É antigo o desejo de substituir a
energia oriunda de
combustíveis fósseis por uma
outra fonte, cuja forma de
obtenção seja mais eficiente,
mais barata e não cause danos
ambientais.
Uma boa alternativa vem da
célula combustível do tipo
hidrogênio-oxigênio (figura
abaixo), que gera eletricidade
através de um processo
eletroquímico sem emissão de
qualquer poluente, sem barulho
ou vibração.
De acordo com as informações sobre essa célula, é correto afirmar que:

a) A oxidação de O2(g) ocorre no cátodo.

b) A redução do H2(g) ocorre no ânodo.


c) O potencial padrão da célula é igual a -0,43V.
d) A reação eletroquímica da célula é espontânea nas condições padrões.
e) A reação global do processo eletroquímico é:
2H2(g) + O2(g) → 2H2O(l) + 4e-.

Resposta da questão 20:


Letra “d”
Exercícios de
Aprofundamento
Professor: Gleison Paulino Gonçalves
1) (UFMS) Considere as semi-reações, abaixo indicadas, com seus
respectivos potenciais padrão de redução, em volt (V).

e- + Ag+(aq) → Ag(s) Eºred = + 0,80V


2e- + Cu2+(aq) → Cu(s) Eºred = + 0,34V

A força eletromotriz da cela, cujos eletrodos padrão são Cu(s) / Cu 2+(aq) //


Ag+(aq) / Ag(s), é:

a) - 4,6 V.
b) - 0,46 V.
c) + 0,46 V.
d) + 1,14 V.
e) - 1,14 V.

Gab: C
2) (UFPR) Analise a figura da seguinte célula eletroquímica:

P o n te s a lin a
A g C d

A gN O 3 C d (N O 3)
Considerando os potenciais-padrão de redução (Eo) : do cádmio – 0,402V e
da prata +0,799V, é correto afirmar:

a) O eletrodo de prata é definido como catodo quando essa célula estiver


funcionando como célula galvânica.
b) O potencial fornecido por essa célula é Eo = +0,397 V.
c) O fornecimento de uma d.d.p. de 0,400V para essa célula faz com que
ela funcione como célula eletrolítica.
d) No eletrodo de cádmio dessa célula vai ocorrer uma reação de redução,
espontaneamente.
e) Na célula, a ponte salina tem por finalidade facilitar a passagem de
elétrons, fechando o curto-circuito da célula galvânica.

Gab: A
3) (UNESP) Nas obturações dentárias, os dentistas não podem colocar em
seus pacientes obturações de ouro e de amálgama muito próximas, porque
os metais que constituem a amálgama (uma liga de prata, zinco, estanho,
cobre e mercúrio) são todos mais eletropositivos que o ouro e acabariam
transferindo elétrons para esse metal através da saliva, podendo levar à
necrose da polpa dentária. Das semi-reações dos metais que constituem a
amálgama, a que apresenta o metal mais reativo é:

a) Ag (s)  Ag+ (aq) + 1e– E0 = – 0,80 V


b) Sn (s)  Sn2+ (aq) + 2e– E0 = + 0,14 V
c) Hg (s)  Hg2+ (aq) + 2e– E0 = – 0,85 V
d) Zn (s)  Zn2+ (aq) + 2e– E0 = + 0,76 V
e) Cu (s)  Cu2+ (aq) + 2e– E0 = – 0,34 V

Gab: D
04 - (UFG GO)
Muitos dos termos que os químicos utilizam, tais como ânion, cátion, eletrodo e
eletrólito, foram introduzidos por M. Faraday, um pesquisador bastante
influente na história da Química. Sobre estes termos, é correto afirmar:
( ) ânions são íons negativos e cátions são íons positivos;
( ) cátions e ânions ligam-se por ligações covalentes;
( ) eletrólitos são substâncias que em solução aquosa conduzem corrente
elétrica;
( ) soluções eletrolíticas são obtidas pela dissolução de compostos
moleculares;
( ) ânodo é o eletrodo, de uma célula eletroquímica, onde ocorre a oxidação;
( ) potencial padrão de eletrodo é o potencial, em volts, correspondente à
semi-reação de redução.

Gab: V-F-V-F-V-V
05 - (PUC RJ)
Um alquimista maluco descobriu que o chumbo metálico pode ceder elétrons
espontaneamente em soluções de AuCl3, e construiu a seguinte pilha:

PbºPb2+ Au3+Auº

Para esta pilha, é correto afirmar:


a) O Auº se reduz e o Au3+ se oxida.
b) O alquimista transformou chumbo em ouro.
c) O cátodo é o Auº e o ânodo é o Pbº.
d) A solução de Pb2+ ficará mais diluído.
e) A solução de Au3+ ficará mais concentrada.

Gab: C
06 - (PUC MG)
A proteção eletroquímica é uma forma de proteger um metal contra a
corrosão. Ela consiste na utilização de um outro metal menos nobre que
formará uma pilha com o metal a ser protegido. O metal mais nobre atuará
como catodo da pilha e não será oxidado. Conhecendo-se os potenciais
padrões de redução:

Zn2+ + 2 e–  Zn(s) E° = –0,76V


Cu+2 + 2 e–  Cu(s) E° = +0,34V
Fe+2 + 2 e–  Fe(s) E° = –0,44V
Pb2+ + 2 e–  Pb(s) E° = –0,13V
Mg+2 + 2 e–  Mg(s) E° = –2,37V
É CORRETO afirmar que o zinco pode ser protegido da corrosão utilizando:

a) Cobre.
b) Ferro.
c) Chumbo.
d) Magnésio.

Gab: D
07 - (PUC MG)
Uma pilha cobre-chumbo foi constituída em condições padrão. É CORRETO
afirmar que, durante o funcionamento da pilha:
2
Dados : E (Cu /Cu)  0,34V
0

2
E (Pb Pb)  0,13V
0

a) acontece uma redução no eletrodo de chumbo.


b) o ΔE o da pilha é igual a +0,47 V .
c) o eletrodo de chumbo é o pólo positivo da pilha.
d) os elétrons circulam do eletrodo de cobre em direção ao eletrodo de
chumbo.

Gab: B
08 - (FGV RJ)
Numa pilha Niº/Ni2+//Ag+/Agº, sabemos que o níquel cede elétrons para o
eletrodo de prata e, daí, para os cátions prata (Ag+). Logo:
2
a) a equação da reação é: 2Agº  Ni  2Ag   Niº
b) o eletrodo de prata é o pólo negativo.
c) o eletrodo de prata será corroído.
d) o eletrodo de níquel irá aumentar.
e) a concentração de Ni2+ na solução irá aumentar.

Gab: E
09 - (MAUÁ SP)
Introduz-se um bastão de zinco numa solução aquosa de nitrato de prata.
Sendo a prata metal mais nobre que o zinco, escrever a reação de óxido-
redução que ocorre no sistema considerado.

Gab: Zn + 2 AgNO3  Zn(NO3)2 + 2 Ag


10 - (FCChagas BA)
Qual das reações é não espontânea?

a) Zn + 2 Ag+  2 Ag0 + Zn+2

b) Mg + Pb+2  Pb0 + Mg+2

c) Zn + Mg+2  Mg0 + Zn+2

d) Cu + 2 Ag+  2 Ag0 + Cu+2

Gab: C
11 - (USCecília SP)
As equações abaixo representam reações de deslocamento em meio
aquoso.
M0 + CuSO4  MSO4 + Cu0
X2 + 2KBr  2KX + Br2

Para ocorrerem as duas reações devemos substituir M° e X2 por:


a) Zn0 e Cl2
b) Ag0 e F2
c) Fe0 e I2
d) Au0 e Cl2
e) Na0 e I2

Gab: A
12 - (FCChagas BA)
Considere as semi-reações e os respectivos potenciais normais de redução
(Eº), para a reação:
3 Niº + 2 Au+3  2 Auº + 3 Ni+2

Ni+2 + 2 e-  Ni - 0,25 V
Au+3 + 3 e-  Au + 1,50 V

O potencial da pilha formada pela junção dessas duas semi-reações será:


a) + 1,25 V
b) - 1,25 V
c) + 1,75 V
d) - 1,75 V
e) + 3,75 V

Gab: C
13 - (FFFCMPA RS)
Os potenciais de redução padrão dos elementos químicos níquel, prata,
manganês e cobre são dados a seguir:

2  0
Mn  2e  Mn E º  1,18V
2  0
Ni  2e  Ni E º  0,25V
2  0
Cu  2e  Cu E º  ,034V
  0
Ag  e  Ag E º  0,80V
Assinale a alternativa correta no que diz respeito aos sistemas
eletroquímicos construídos com estas substâncias.

a) Uma pilha padrão formada pelo par metálico prata e cobre produzirá
uma DDP de 1,14 Volts.
b) Ao se mergulhar uma barra de prata metálica (Ag0) em solução aquosa
de manganês (Mn2+) ocorrerá, espontaneamente, a redução da prata.
c) Uma pilha padrão formada pelo par metálico manganês e cobre
produzirá uma DDP de –0,38 Volts.
d) Ao se mergulhar uma barra de níquel metálico (Ni0) em solução
aquosa de prata (Ag+) ocorrerá, espontaneamente, a redução da prata.
e) Não haverá reação de oxirredução numa pilha que possua o par
metálico níquel e manganês.

Gab: D
14 - (Unimontes MG)
Os potenciais padrões de redução do cobre (Cu) e do alumínio (Al) são,
respectivamente, +0,34 V e –1,66 V. De acordo com esses valores de
potenciais, pode-se prever o comportamento desses materiais em diversas
situações. Sendo assim, é CORRETO afirmar que:

a) um fio de cobre sofre corrosão quando mergulhado em solução aquosa


de Al2(SO4)3.
b) o íon Cu+2 se reduz quando soluções aquosas de Al2(SO4)3 e CuSO4
são misturadas.
c) o alumínio sofre oxidação quando mergulhado em solução aquosa de
sulfato de cobre.
d) uma placa de alumínio se oxida ao estabelecer contato com uma placa
de cobre.

Gab: C
15 - (USP)
O amálgama dentário, uma solução sólida de prata e estanho em mercúrio, é
usado para preencher cavidades de dentes. Duas das semi-reações que podem
ocorrer neste preenchimento são:
2 
3Hg 2 (aq )  4Ag(s)  6e  2Ag 2 Hg3 (s)
Sn 2 (aq )  3Ag(s)  2e   Ag3Sn (s)
Com relação a essas semi-reações, é correto afirmar que:
a) ambas são semi-reações de oxidação.
b) ambas são semi-reações de redução.
c) ambas são semi-reações de oxirredução.
d) apenas a primeira é uma semi-reação de redução.
e) apenas a segunda é uma semi-reação de oxidação.

Gab: B
16 - (UEL PR)
Considere a tabela de potencial padrão de redução a seguir.

Semi-reação E0 (red) / V

Al3+ + 3 e-  Al – 1,66
Zn2+ + 2 e-  Zn – 0,76
Fe2+ + 2 e-  Fe – 0,44
Sn2+ + 2 e-  Sn – 0,14
Cu2+ + 2 e-  Cu + 0,34
Ag+ + 1 e-  Ag + 0,80

Os cascos de navios, normalmente feitos de ferro, são protegidos da


corrosão mediante a colocação de “metais de sacrifício”, ou seja, metais que
sofrem preferencialmente a corrosão.
Com base no exposto acima, é correto afirmar:

a) A corrosão ocorre porque o oxigênio é oxidado e o ferro se


transforma em Fe(OH)3.
b) O “metal de sacrifício” deve ter um potencial padrão de redução
menor que o do metal que se deseja proteger.
c) O “metal de sacrifício” deve ser um redutor mais fraco que o ferro.
d) O “metal de sacrifício” atua doando elétrons como se fosse o cátodo
de uma pilha.
e) Da tabela, pode-se concluir que o melhor “metal de sacrifício” é a
prata.

Gab: B
17 - (EFOA MG)
Considere o esquema de pilha e os potenciais de redução:
A tabela abaixo mostra quatro conjuntos de metais e soluções:

Apresentarão o fluxo de elétrons com o sentido mostrado no esquema


acima APENAS os seguintes conjuntos da tabela:
a) I e II.
b) II e III.
c) I, II e IV.
d) I e III.
e) II e IV.

Gab: A
18 - (UFG GO) Observe o esquema a seguir:

Dados os potenciais padrões de redução:

Zn2+ + 2e-  Zno Eo = - 0,76V


Cu2+ + 2e-  Cuo Eo = + 0,34V
De acordo com o esquema e os dados acima, é correto afirmar-se que:

( ) os elétrons percorrem o circuito em direção ao eletrodo de zinco;


( ) o eletrodo de cobre é o cátodo;
( ) a reação que ocorre pode ser representada por:
Zno + Cu2+  Zn2+ + Cuo
( ) a massa do eletrodo de cobre aumenta;
( ) a diferença de potencial é de - 0,42V.

Gab: F-V-V-V-F
19 - (UEL PR)
Amílcar de Castro, em sua obra, utilizou o ferro sem qualquer pintura ou proteção
contra corrosão, para que pudesse ser observada a ação do tempo sobre a mesma.
Com base nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar:

a) O ferro presente na obra sofreu um processo de redução pelo ganho de


elétrons.
b) O processo de deterioração é desacelerado pela ação da água proveniente da
chuva.
c) A proteção do ferro ( Fe3+ + 3e–  Feo E0= - 0,04 V) presente na obra poderia
ser realizada pela conexão desta com uma placa de cobre (Cu + + e–  Cu, E0 = +
0,52 V).
d) O oxigênio atmosférico é fundamental no processo de corrosão do ferro.
e) Sob as mesmas condições, a corrosão é mais rápida em uma peça de ferro
maciço do que em uma de limalha, de mesma massa.

Gab: D
20 - (UCS RS)
Para investigar os agentes de corrosão do ferro e surgimento de ferrugem,
pregos limpos e polidos foram sujeitos a diferentes condições, como ilustrado
a seguir. 1 2

P reg o P reg o
A lg o d ã o A lg o d ã o
A g e n te A re ia
se c a n te ú m id a
3 4
Ó le o Á g u a
Á g u a d e
f e r c id a to r n e ir a
is e n ta
d e ar P reg o
d is s o lv id o P r e g o
Após um período de mais ou menos 8 dias, observou-se surgimento de ferrugem
apenas:

a) nos tubos 1 e 3.
b) nos tubos 2 e 3.
c) nos tubos 2 e 4.
d) no tubo 1.
e) no tubo 3.

Gab: C
O surgimento de ferrugem, após um período de mais ou menos 8 dias, deve-se à
presença de H2O e O2.
21- (Fund. Oswaldo Cruz SP) O esquema abaixo mostra uma bateria de
chumbo, em funcionamento, utilizada em veículos automotores.

Assinale a afirmativa incorreta:


a) a densidade do ácido sulfúrico decresce com o uso da bateria.
b) os elétrons migram do ânodo para o cátodo.
c) a concentração iônica da solução é alterada.
d) os elétrons são gerados na placa de dióxido de chumbo.
e) os íons H+ e HSO4- são consumidos.

Gab: D
22 - (UFRJ) Uma barra de cobre é mergulhada em uma solução que contém íons Ag +.
Observe, então, o aparecimento de uma leve cor azul na solução e de um depósito
escuro na barra de cobre.

a) Escreva a reação de oxirredução ocorrida.


b) Determine a variação do número de oxidação de cada participante.

Gab:
a) Cu(s) + 2 Ag+(aq)  Cu2+(aq) + 2 Ag(s)
b) Nox do cobre  aumenta 2 unidades; Nox da prata  diminui 1 unidade
23 - (UNESP SP) Encanamentos de ferro mergulhados em água sofrem
corrosão, devido principalmente à reação:

Fe(s) + 2H+(aq)  Fe2+(aq) + H2(g)

Para proteger encanamentos nessas condições, costuma-se ligá-los a barras de


outros metais, que são corroídos ao invés dos canos de ferro. Conhecendo os
potenciais padrão de redução:

C u 2+
+ 2 e - Cu (s) E  = + 0 ,3 4 V
Fe 2+
+ 2 e- Fe (s) E  = - 0 ,4 4 V
M g 2+
+ 2 e- M g (s) E  = - 2 ,3 7 V
2 H +
+ 2 e- H 2 (g ) E = 0 ,0 0 V
E dispondo-se de barras de magnésio e cobre, propõe-se:

a) Qual metal deve ser utilizado para proteger o encanamento? Justifique.


b) Escreva as reações que ocorrem na associação do cano de ferro com a barra
metálica escolhida, indicando o agente oxidante e o agente redutor.

Gab:
a) Mg
b) Mg(s) + Fe2+(aq)  Mg2+(aq) + Fe(s)
24 - (Fuvest SP) Ferro zincado é ferro que contém pequena quantidade de zinco
metálico. A partir dos potenciais-padrão de redução, listados abaixo, explique os
seguintes fatos observados no cotidiano:
E° (volt)
Fe2+ + 2 e = Fe - 0,440
Zn2+ + 2 e = Zn - 0,763
Al3+ + 3 e = Al - 1,663

a) Rebites de ferro em esquadrias de alumínio causam a corrosão do alumínio.


b) Pregos de ferro zincado são resistentes à ferrugem.

Gab:
a) 3 Fe2+ + 2 Alº  2 Al3+ + 3 Feº
b) Fe2+ + Znº  Zn2+ + Feº
25 - (MAUÁ SP) Os cascos dos navios geralmente são de aço e para reduzir-
lhes a corrosão, além da proteção das pinturas, prende-se a eles blocos de
um certo metal. Dos metais abaixo, justifique qual é o mais usado?

F e 2+ + 2 e - Fe - 0 ,4 4 V
Cu 2+
+ 2 e- Cu + 0 ,3 5 V
N a+ + 1 e- N a - 2 ,3 7 V
M g 2+
+ 2 e- M g - 2 ,3 4 V

Gab: Mg ( maior potencial de oxidação). O Na não é apropriado, porque


reage violentamente com a água.
26 - (PUC PR)
Uma célula galvânica é constituída de 2 eletrodos:

1 eletrodo: 1 lâmina de ferro metálico submersa numa solução de


FeSO4 1M

2 eletrodo: 1 lâmina de prata metálica submersa numa solução de


AgNO3 1M

Sabendo-se que os potenciais normais de redução desses dois


elementos são:

Fe+2 + 2e  Fe Eo = 0,44 v
Ag+ + 1e  Ag Eo = + 0,80 v
O potencial dessa célula, quando os dois eletrodos são ligados entre si
internamente por uma ponte salina e externamente por um fio de platina,
será:

a) + 1,24 V
b) + 0,36 V
c) 0,36 V
d) 1,24 V
e) 1,36 V

Gab: A
27 - (UFRJ)
Nas baterias de chumbo, usadas nos automóveis, os eletrodos são placas de
chumbo e de óxido de chumbo (Pb02) imersas em solução de ácido sulfúrico
concentrado, com densidade da ordem de 1,280.
As reações que ocorrem durante a descarga da bateria são as seguintes:

I. Pb(s) + SO42-  PbSO4(s) + 2e-


II. PbO2(s) + 4H+ + SO42- + 2e-  PbSO4(s) + 2H2O(l)

a) Qual das duas reações ocorre no polo negativo (anodo) do bateria?


Justifique sua resposta.
b) Explique o que acontece com a densidade da solução da bateria durante
sua descarga.

Gab:
a) a reação I, por ser de oxidação.
b) a densidade diminui, pois ocorre consumo do do ácido sulfúrico durante
as reações.
28 - (UNIFESP SP)
Quando uma pessoa que tem dente recoberto por ouro (coroa dentária)
morde uma folha (ou outro objeto qualquer) de alumínio, pode sentir uma
dor aguda, pois os metais alumínio e ouro, em contato com a saliva (que
funciona como uma solução eletrolítica), podem formar uma pilha.
Nesta pilha, ocorre passagem de corrente elétrica através dos metais, o que
pode estimular um nervo, causando dor.

a) Explique, nesta pilha, qual dos metais atua como ânodo. Supondo que
na saliva existam íons Na+ e Cl–, explique em que direção (do Au ou do
Al) deve migrar cada um desses íons.

b) Supondo que a espécie reduzida seja a água, escreva a equação que


representa a semi-reação de redução.
Gab:

a) Como o alumínio é mais reativo (possui maior potencial de oxidação) que


o ouro, é ele (alumínio) que atua como ânodo (eletrodo onde ocorre a
oxidação). Ocorre a semi-reação: Alº  Al+3 + 3e–.
Portanto, por atração e repulsão de cargas, o íon negativo (Cl–) migra em
direção ao Al; por sua vez, o íon positivo (Na+) migra em direção ao Au.

b) 2 H2O + 2e– H2 + 2 OH–


29 - (UFTM MG) A pilha seca, de grande utilização doméstica, está
esquematizada na figura:
A partir das informações da pilha seca, é correto afirmar que:

a) a produção de energia é um processo não-espontâneo.


b) os elétrons migram do ânodo para o cátodo através do eletrólito.
c) o íon Zn2+ sofre oxidação.
d) o recipiente de zinco é o cátodo.
e) o MnO2 sofre redução.

Gab: E
30 - (UFMG)
A pilha seca, representada na figura, é uma célula galvânica com os
reagentes selados dentro de um invólucro.
Essa pilha apresenta um recipiente cilíndrico de zinco, com um bastão de
carbono no eixo central.
O eletrólito é uma mistura pastosa e úmida de cloreto de amônio, óxido de
manganês(IV) e carvão finamente pulverizado.
As equações das reações envolvidas na pilha são:

 
2 MnO 2 (s )  NH 4 ( aq )  2e  Mn 2O3 (s )  2 NH3 ( aq )  H 2O ( l)
o 2 
Zn  Zn  2e

Considere as seguintes afirmações sobre a pilha seca:

I. O recipiente de zinco é o ânodo.


II. Produz energia através de um processo espontâneo.
III. O NH4+ sofre redução.
IV. Os elétrons migram do ânodo para o cátodo através do eletrólito.
Está correto apenas o que se afirma em?

a) I, II e III.
b) II, III e IV.
c) I e II.
d) I e IV.
e) II e III.

Gab: C