Você está na página 1de 31

Frase, Oração e Período

Estrutura Sintática da Língua Portuguesa

Professor Lucas Alves Rezende


Frase
A frase é qualquer elaboração de um enunciado com sentido
completo que transmite determinada mensagem. Pode ser
formada por apenas uma palavra ou por várias.

Observação: a frase que não possui verbo denomina-se frase nominal.


A que possui verbo denomina-se frase verbal.
Exemplos de frases
✘ Minha avó fez um bolo.
✘ Socorro!
✘ Ei, preste atenção!
✘ Hoje vamos aprender sobre preposições.
✘ O Brasil possui um grande potencial turístico.
✘ Não vá embora.
✘ Silêncio!
✘ O telefone está tocando.
✘ O quê?
Existem vários tipos de frases:
Frase exclamativa, a qual possui uma exclamação: “Que dia tão bonito!”.
Frase imperativa, a qual expressa ordens, proibições ou conselhos: “Saia!”.
Frase interrogativa, a qual transmite perguntas: “Vais conosco ao cinema?”.
Frase declarativa, a qual anuncia qualquer fato: “Estou no Brasil”.
Frases optativas em que o emissor expressa um desejo: “Desejaria falar com a
Joana”.
Frases imprecativas em que o emissor expressa uma súplica através de maldição:
“Que um raio caia sobre a minha cabeça!”.
1. Identifique as frases abaixo em: interrogativa, declarativa, imperativa e exclamativa.

a) Menino levado! Isso não se faz.


b) Por favor! traga-me um copo com água.
c) Devolva meu brinquedo!
d) Quando você terá juízo?
e) Não vou brincar com a boneca.
f) Por que você não foi à escola?
g) Gosto de estudar.
h) Nossa! Que susto!
2. Informe se as frases abaixo são nominais ou verbais.

a) O menino e o Lobo.
b) Ele é um menino levado.
c) Consertei seu brinquedo.
d) Coitada daquela garota.
e) A menina arrancou a cabeça da boneca.
f) O velho e o mar.
g) Não fomos ao parque.
h) Por favor! Empreste-me seu livro.
3. Crie frases com as seguintes palavras.

a) escola b) telefone c) computador d) livro


4) Das frases que você elaborou, no exercício anterior, quais são
nominais e quais são verbais.
5) Coloque (FA) para as frases afirmativas e (FN) para as frases
negativas.

a) ( ) Sempre gostei de estudar.


b) ( ) Eu tenho um blog na internet.
c) ( ) As meninas escrevem mais sobre sentimentos.
d) ( ) Não tenho outra caneta com esta cor.
e) ( ) Helena e Vitória não foram à escola.
f) ( ) Júnior é um garoto mimado.
g) ( ) Não jogarei futebol no domingo.
Oração
Quando há um verbo, as frases são chamadas de orações. Oração é, portanto, um enunciado com
verbo ou locução verbal.

Locução verbal é a junção de dois ou mais verbos que exercem a função morfológica de um verbo.

Os rapazes foram caminhando pela avenida.


Exemplos de orações
✘ Antônio está doente.
✘ Viajaremos neste fim de semana.
✘ Estou com um problema.
✘ Choveu ontem à noite.

Toda oração é uma frase mas nem toda frase é uma oração.
O verbo é a palavra mais importante em uma oração.
Período
Período é a frase constituída de uma ou mais orações. O período pode ser simples ou composto.

Período Simples: é aquele constituído por apenas uma oração, que recebe o nome de oração absoluta.

Exemplos:

O amor é eterno.
As plantas necessitam de cuidados especiais.

Período Composto: é aquele constituído por duas ou mais orações.

Exemplos:

Quando você partiu, minha vida ficou sem alegrias.


Quero esses bombons para presentear meu namorado.
1. Analise as frases seguintes e identifique as que
também são orações:

a) Parabéns por tudo.


b) Que comportamento agressivo!
c) Será que ele vem hoje?
d) Eu quero!
e) Agora, por favor!
f) Nem pense nisso.
2. Indique por quantas orações são formados os seguintes
períodos:

a) Eu li e reli, mas mesmo assim não entendi.


b) Na semana passada fomos ver o filme do Batman.
c) A professora pediu atenção e os alunos ouviram em silêncio.
d) A minha vizinha me emprestou esse livro.
e) Desejo que você concretize todos os seus desejos e seja feliz
para sempre.
3. De acordo com a quantidade de orações identificadas,
classifique os períodos acima em simples ou compostos.
4) Indique nos parênteses o número de ações dos períodos abaixo:

a) ( ) O passageiro deu um pulo da cadeira e voou no pescoço do cobrador e aí começou a briga.


b) ( ) Segura daqui, pega dali, solta acolá, armou-se um circo espetacular.
c) ( ) O passageiro nem se mexe.
d)( ) Fico muito nervoso quando me acordam.
e)( ) Pelo jeito vai ser um belo dia.
f) ( ) Dia seguinte, seis e pouco da manhã, o ônibus para na rodoviária de Goiânia.
g) ( ) Quando sou acordado, fico uma fera.
h)( ) O ônibus vai para Belo Horizonte.
i) ( ) O passageiro ficou muito nervoso com o trânsito.
j) ( ) O passageiro acorda sonolento, limpa os olhos, coça o peito e olha para o lado de fora.
5) Classifique os períodos colocando PS para período simples e
PC para o período composto:

a) ( ) Dei bobeira e comprei a passagem direto para o Rio.


b) ( ) Antes os índios eram os donos da terra.
c) ( ) Chegou ao bar, dançou, cantou, bebeu e foi embora.
d) ( ) Eu sou o cara, mais dorminhoco do mundo.
e) ( ) Você está triste.
f) ( ) Eu quero que você me acorde quando o ônibus chegar
g) ( ) Atenção, vou contar uma piada.
h) ( ) Inventei aquela desculpa porque não achei outra melhor.
i) ( ) O estudo nos traz benefícios.
j) ( ) O amor constrói e o ódio destrói.
6) Coloque C(certo) ou E (errado) para as afirmações colocadas nos parênteses
abaixo:

1. ( ) Cuidado com nossas crianças. (período simples)


2. ( ) Tudo voltou ao que era antes. (período composto)
3. ( ) Minha mãe usa óculos, a sua não usa. (período simples)
4. ( ) Chuva e sol, casamento de espanhol. (frase)
5. ( ) Deus fez você para a vida. (período simples)
6. ( ) Lá vai ele para o mundo. (período simples)
7. ( ) Todo casal briga um dia na vida. (período composto).
8. ( ) O menino muito educadamente se despediu. (período composto)
9. ( ) Deus fez a lua que ilumina nossa estrada. (período composto)
10. ( ) Os dois eram parceiros inseparáveis. (período simples)
7. Coloque A para frases nominais e B para frases oracionais.

1. ( ) Que piada engraçada!


2. ( ) Silêncio!
3. ( ) Não pise na grama.
4. ( ) Todos começaram a rir.
5. ( ) Atenção!
6. ( ) Por favor, dê-me um cigarro.
7. ( ) Boa noite!
8. ( ) O dia amanheceu nublado.
9. ( ) Com licença.
10. ( ) Deixe-me passar!
8. Coloque PS para o período simples e PC para o período composto:

a.( ) Inventei aquela desculpa na hora.


b. ( ) Você vai sair ou vai ficar em casa?
c. ( ) Não gosto de mentiras.
d. ( ) Domingo fui ao clube, corri, nadei e joguei tênis.
e. ( ) O cachorrinho é pequeno mas já sabe morder.
f. ( ) José casou-se e teve três filhos.
g. ( ) Todos os feriados vamos à praia.
h. ( ) Prefiro o sítio à praia.
i. ( ) Os trabalhadores rurais trabalham muito; ganham pouco.
j. ( ) Eu já li este livro três vezes.
09. Responda nos parênteses quantas orações possuem os períodos:

a. ( ) Cheguei, vi e venci.
b. ( ) Não gosto de mentiras.
c. ( ) Use o guardanapo ou ficará manchada a camisa.
d. ( ) Não se preocupe; eu consigo chegar a tempo.
e. ( ) Isaias tem se esforçado muito, portanto, conseguirá a promoção.
f. ( ) Não gosto de jiló.
g. ( ) Recife é considerada a Veneza brasileira.
h. ( ) A costureira é caprichosa, logo fará um belo vestido.
i. ( ) Não tenha medo!
j. ( ) Olhe, achei um belíssimo camafeu.
Período Composto por Coordenação

Orações coordenadas são orações que estão ligadas uma à outra apenas pelo sentido, sendo
sintaticamente independentes. Ligam-se através de conjunções ou de vírgulas, podendo ser
entendidas separadamente, sem que se perca o sentido individual de cada oração.

Exemplo de orações coordenadas:

O aluno acordou cedo e começou a estudar.

Sentido individual de cada oração:

O aluno acordou cedo.


O aluno começou a estudar.

Assim, a classificação em oração coordenada surge apenas quando um determinado período é


composto, sendo formado por duas ou mais orações.
Orações coordenadas assindéticas e sindéticas

Orações coordenadas assindéticas são orações que não estão


ligadas através de conjunções, mas sim através de uma pausa,
normalmente simbolizada pela vírgula.

Exemplo: Meu filho não quer trabalhar, estudar, ser


independente.

Orações coordenadas sindéticas são orações que estão ligadas


através de conjunções, chamadas conjunções coordenativas.

Exemplo: Meu filho quer trabalhar e estudar, porque quer ser


independente.
Tipos de orações coordenadas sindéticas

Mediante as conjunções usadas, as orações


coordenativas sindéticas podem ser classificadas em:

•aditivas;
•adversativas;
•alternativas;
•conclusivas;
•explicativas.
Oração coordenada sindética aditiva
As orações coordenadas sindéticas aditivas transmitem uma ideia de adição à oração anterior.

São utilizadas conjunções coordenativas aditivas ou locuções conjuncionais coordenativas


aditivas.

Exemplos de conjunções aditivas: e, nem, mas também, mas ainda, senão também, como
também, bem como.

•Eu e meu namorado jantamos fora e fomos ao cinema.


•Não só foi descortês, como também culpou quem estava inocente.
•Não gostava de jogar futebol nem de andar de bicicleta.
Oração coordenada sindética adversativa
As orações coordenadas sindéticas adversativas transmitem uma ideia de oposição à oração
anterior. É obrigatório o uso de vírgulas antes das orações coordenadas sindéticas adversativas.

São utilizadas conjunções coordenativas adversativas ou locuções conjuncionais coordenativas


adversativas.

Exemplos de conjunções adversativas: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, senão, ao passo
que, no entanto, não obstante, apesar disso, em todo caso.

•Eu queria ir à festa, mas minha mãe não deixou.


•Gostaria de ter sido aeromoça, contudo não tive essa oportunidade.
Oração coordenada sindética alternativa
As orações coordenadas sindéticas alternativas transmitem uma ideia de alternância em
relação à oração anterior. É obrigatório o uso de vírgulas entre orações coordenadas
sindéticas alternativas. Caso haja apenas uma oração coordenada sindética alternativa o
uso da vírgula é opcional.

São utilizadas conjunções coordenativas alternativas ou locuções conjuncionais


coordenativas alternativas.

Exemplos de conjunções alternativas: ou, ou…ou, ora…ora, já…já, quer…quer, etc.

Faça o que o juiz manda ou irá preso.


Ora você gosta de mim, ora não gosta.
Quer festeje hoje, quer festeje amanhã, não irei ao seu aniversário.
Oração coordenada sindética conclusiva
As orações coordenadas sindéticas conclusivas transmitem a conclusão de uma ideia
expressa na oração anterior. É obrigatório o uso de vírgulas antes das orações
coordenadas sindéticas conclusivas.

São utilizadas conjunções coordenativas conclusivas ou locuções conjuncionais


coordenativas conclusivas.

Exemplos de conjunções conclusivas: logo, portanto, por conseguinte, pois (posposto ao


verbo), por isso.

•Reprovei na quinta série, portanto não seremos mais da mesma turma.


•Ela fez um belíssimo trabalho, por isso será contratada novamente.
•Nós presenciamos o acidente; seremos, pois, chamados para depor.
Oração coordenada sindética explicativa
As orações coordenadas sindéticas explicativas transmitem a explicação de
uma ideia expressa na oração anterior. É obrigatório o uso de vírgulas antes
das orações coordenadas sindéticas explicativas.

São utilizadas conjunções coordenativas explicativas ou locuções


conjuncionais coordenativas explicativas.

Exemplos de conjunções explicativas: que, porque, porquanto, pois (anteposto


ao verbo).

•Vou almoçar agora, pois estou com muita fome.


•Sai cedo da festa, porque te estarei esperando em casa.
Período Composto por Subordinação

Orações subordinadas são orações que exercem uma função sintática em


relação à oração principal, complementando o seu sentido e sendo
dependente dela. A classificação em oração subordinada surge quando um
determinado período é composto, sendo formado por duas ou mais
orações.

As orações subordinadas são classificadas em:

 adverbiais,
 adjetivas
 substantivas.