Você está na página 1de 4

DICIONRIO JURDICO BRASILEIRO

WASHINGTON DOS SANTOS


Professor de Histria, Sociologia e Psicologia. Membro da ADL (Academia Divinopolitana de Letras).

DICIONRIO JURDICO BRASILEIRO


CONTENDO:

Terminologia jurdica, com algumas observaes e comentrios. Brocardos latinos (jurdicos e forenses).
Belo Horizonte -2001

notas,

APRESENTAO
O que pode significar para o operador do Direito um dicionrio jurdico? Seria a muleta de que se vale o coxo? A bia que resgata o nufrago ou a bssola que orienta o andarilho? O dicionrio, decerto, no o barco que flutua e corta as guas, no o leme, no o mastro e nem o vento. No pode ser a flor do jardim ou o pssaro que pousa nas rvores do pomar e ali assenta seu ninho, porque um dicionrio no isso. Ele no faz a doutrina que orienta, no o argumento de um arrazoado ou a sentena que absolve ou condena. O dicionrio no determina os motivos de um parecer, no liberta o ru ou apregoa os valores de uma tese, pois o dicionrio se diferencia desses valores. Sim, o valor de um dicionrio possui outra motivao, sua raiz percorre, fecunda e freqenta outras terras. Mas o dicionrio no a semente dessa terra, e nem mesmo a terra. Um dicionrio o ponto cardeal de todas as direes, at mesmo da direo do vento. Se no a luz ou a fora do argumento, seu calor e sua intensidade, e se no a razo do convencimento, o afago de seu esprito. E mesmo no sendo a flor do jardim, o significado da flor para quem no conhece esta flor. Por tantos e bons motivos, apraz saber que este trabalho do Prof. Washington dos Santos um dicionrio cumpre e realiza todas as causas que justificariam uma obra como tal. Que seja feliz e saudvel o autor para outras empreitadas e tambm que felizes e saudveis sejamos ns, que do livrodicionrio tanto precisamos.
Adriano Percio de Paula