P. 1
Apostila de Educação Física - ATLETISMO 6º ANO

Apostila de Educação Física - ATLETISMO 6º ANO

|Views: 1.393|Likes:
Publicado porEmerson Walter

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Emerson Walter on Oct 22, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/22/2014

pdf

text

original

Apostila de Educação Física

Atletismo 6º Ano
O atletismo é uma das primeiras modalidades esportivas que se pratica, pois se baseia nos movimentos naturais como saltar, correr e arremessar. Praticado desde os tempos que remontam ao início de nossa civilização, originou-se da necessidade de treinar guerreiros. A palavra atletismo deriva da raiz grega athlon, que significa combate. As principais provas atléticas são a corrida, o salto e o arremesso. A corrida é prova atlética realizada dentro de uma pista. Por isso pode ser classificada como prova de pista. O salto (salto em altura, salto triplo, salto em distância e salto com vara) e o arremesso (arremesso do disco, do peso, do dardo e martelo) são realizados dentro de um campo. Por isso podem ser denominadas provas de campo. Para as provas de corrida de velocidade a pista é dividida em faixas paralelas, demarcadas, chamadas raias ou balizas. Considerações sobre a corrida

A corrida é uma das formas mais primitivas de exercício e deve ter surgido da necessidade dos homens primitivos de andar mais depressa para fugir de alguns perigos ou perseguir a caça. A prática regular da corrida aumenta a capacidade respiratória, melhora a circulação sanguínea e aumenta a força muscular. Você já percebeu que correr é diferente de andar depressa? Quando uma pessoa está andando, ela mantém um dos pés no chão e o outro no ar, a todo o momento. Na corrida, de tempos em tempos, os dois pés do atleta ficam no ar. As corridas de pequeno e longo percurso são chamadas corridas rasas (Exemplos: 100, 200, 400, 800 até 42.195 metros). Quando, porém, são combinadas com saltos de barreira, temos a corrida com obstáculos (Exemplos: 100, 110, 400 m). A corrida de revezamento, segundo os historiadores, teve origem nos correios da Pérsia e do Egito.

Professor: Emerson Walter

No ano de 559 A.C., Ciro o rei do império persa, mandou construir cavalariças ao longo das estradas, a fim de poder receber, rapidamente, a correspondência de seus auxiliares, espalhados por todo o império. Essas cavalariças foram construídas de tal modo que o mensageiro, viajando um dia todo, chegaria à outra cavalariça. Lá ele encontraria um mensageiro a cavalo aguardando-o, para levar a mensagem adiante. Assim, a correspondência chegava às suas mãos sem perda de tempo. A corrida de revezamento (Exemplo: 4x100 e 4x400 metros) é disputada em equipes. Os componentes de cada equipe permanecem na pista em diferentes posições, ocupando a mesma baliza (raia); cada um corre com o bastão um determinado trecho, passando-o em seguida a seu companheiro. É vencedora a equipe que, depois de completar o percurso, atravessar primeiro a linha de chegada com o bastão. Considerações sobre o salto em altura

Os métodos de salto em altura têm evoluído desde a primeira competição oficial. A primeira técnica conhecida, o estilo tesoura, consiste em fazer uma aproximação à fasquia na diagonal e saltar primeiro com uma perna, depois com o resto do corpo. No início do século XX surgiu a técnica conhecida como Eastern cut-off, semelhante à tesoura. A inovação consistia num movimento que dobra as costas sobre a fasquia. A evolução seguinte foi a técnica straddle, em que o saltador ultrapassa a fasquia de frente, com o rosto voltado para o chão. Também existe o estilo rolamento ventral. A técnica mais moderna é o flop ou estilo fosbury, onde saltador ultrapassa a fasquia de costas, passando primeiro com os ombros de rosto virado para o céu, depois com o resto do corpo. O criador desse estilo foi o americano Dick Fosbury. Ele saltou 2,24 metros na Olimpíada de1968, na Cidade do México, e ficou com a medalha de ouro, embora não tenha batido nenhum recorde mundial. O estilo inovador passou a ser desde então a principal técnica utilizada pelos saltadores até os dias atuais. A introdução de cada uma destas técnicas resultou sempre em novas subidas do recorde mundial. Professor: Emerson Walter

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->