Você está na página 1de 40
Sistema SCADA Desenvolvimento
Sistema SCADA
Desenvolvimento
Arquitetura de Desenvolvimento Projetos (.prj) Contêm definições de objetos, Tags, Telas e outros componentes de
Arquitetura de Desenvolvimento
Projetos (.prj)
Contêm definições de objetos, Tags, Telas e outros componentes de
uma aplicação.
Bibliotecas (.lib)
Contêm definições de objetos criados pelo usuário (ElipseX) para serem
utilizados em projetos. Essas bibliotecas podem ser reutilizadas em
diferentes Projetos.
Domínio (.dom)
Armazena quatro tipos de informações:
Opções de configuração do Domínio.
Lista de arquivos .prj e .lib.
Configurações dos servidores que irão rodar o Domínio.
Configurações de segurança (usuários e permissões).
Obs: Sem esse arquivo, um projeto não pode ser executado no
E3.
Criando uma Aplicação Inicie o E3 Studio selecionando a opção Criar um Domínio novo
Criando uma Aplicação
Inicie o E3 Studio selecionando a
opção Criar um Domínio novo
Criando uma Aplicação Assistente de AplicaçõesO Auxilia na criação e configuração inicial da aplicação
Criando uma Aplicação
Assistente de AplicaçõesO
Auxilia na criação e configuração inicial da
aplicação
Criando uma Aplicação Tipo de Aplicações Aplicação em Padrão Permiti adicionar na criação da aplicação
Criando uma Aplicação
Tipo de Aplicações
Aplicação em Padrão
Permiti adicionar na
criação da aplicação
Driver de comunicação,
arquivo de dados e
servidor de alarme.
Biblioteca de Componentes
Permiti desenvolver
bibliotecas de
componentes Xcontrol e
Xobject
Aplicação em Branco
Cria a aplicação apenas
conectando ao domínio
Criando uma Aplicação Conexão Domínio Pode ser conectado ao domínio existente. Pode ser conectado ao
Criando uma Aplicação
Conexão Domínio
Pode ser conectado
ao domínio existente.
Pode ser conectado
ao novo domínio
Ou conectar a
nenhum domínio no
caso bibliotecas
Criando uma Aplicação Configuração da Tela Telas da aplicação criadas pela resolução do monitor. OBS:
Criando uma Aplicação
Configuração da Tela
Telas da aplicação criadas pela
resolução do monitor.
OBS:
Esta configuração deverá ser feita
pela definição do monitor onde a
aplicação será executada
Após definida esta resolução pode-
se modificar o tamanho da tela nas
propriedades da mesma
Criando uma Aplicação Driver de Comunicação Aplicação em Padrão Driver para comunicação com Hardware que
Criando uma Aplicação
Driver de Comunicação
Aplicação em Padrão
Driver para comunicação
com Hardware que serão
utilizados na aplicação
OBS:
Geralmente os drivers de
comunicação não são
definidos no inicio da
aplicação
Criando uma Aplicação Banco de Dados Arquivos para historiar as variáveis de processo OBS: Para
Criando uma Aplicação
Banco de Dados
Arquivos para historiar as
variáveis de processo
OBS:
Para esta aplicação
o arquivo de dados
será definido
posteriormente
Criando uma Aplicação Servidor de Alarmes Componente a qual será definido todos os alarmes OBS:
Criando uma Aplicação
Servidor de Alarmes
Componente a qual será
definido todos os alarmes
OBS:
Para esta aplicação
o servidor de
alarmes será
definido
posteriormente
Criando uma Aplicação Crie uma aplicação utilizando o <Assistente de Aplicação> com as seguintes
Criando uma Aplicação
Crie uma aplicação utilizando o
<Assistente de Aplicação> com as
seguintes características:
Nome: SDCD
Criar Novo Domínio com nome SDCD
Obs: Deve-se utilizar a opção aplicação
padrão e não configurar servidor de
Dados, Alarmes e Driver de Comunicação
Organizer Domínio em execução Domínio em execução Servidores que compõem o Projeto Arquivos que compõem
Organizer
Domínio em execução
Domínio em execução
Servidores que compõem o Projeto
Arquivos que compõem o domínio .prj ou .lib
Bibliotecas desenvolvidas pelo usuário
Definição de quadros e Viewer
Telas do Sistema
Definição e Configuração de Relatório
Recursos de Imagens
Drivers de Comunicação com Hardware
Arquivos de dados, tags, consultas e alarmes
Arquivos de Banco de Dados
Servidor de Alarmes
Bibliotecas e projetos que não fazem parte do
domínio
Lista de Propriedades Propriedades Mostra todas as propriedades do objeto em uso, permitindo a sua
Lista de Propriedades
Propriedades
Mostra todas as propriedades do
objeto em uso, permitindo a sua
configuração. Sempre que uma
propriedade for configurada na
Lista de Propriedades, seu valor
não será mudado
automaticamente, a menos que se
construa uma associação. A Lista
de Propriedades pode ser
acessada pelo menu Visualizar -
Lista de Propriedades ou pelo
botão
na Barra de Ferramentas
Telas e Quadros Telas são janelas para monitoramento de processos, onde são inseridos objetos que
Telas e Quadros
Telas
são janelas para monitoramento de processos, onde
são inseridos objetos que farão a interface do
operador com o sistema. Cada aplicação pode ter um
número ilimitado de Telas.
Quadros
são objetos para a organização e a estruturação da
interface, criando visualizações compostas para o
usuário dentro da janela principal do Viewer ou do
seu navegador.
Telas e Quadros Exercício – Criar 3 Quadros no Projeto SDCD: Superior,Centro, Inferior Clique com
Telas e Quadros
Exercício – Criar 3 Quadros no Projeto
SDCD: Superior,Centro, Inferior
Clique com o botão direito do mouse no nome do
projeto em Viewers e Quadros e escolha a
opção Inserir Quadro.
Telas e Quadros Para criar um divisor, clique com o botão direito do mouse sobre
Telas e Quadros
Telas e Quadros

Para criar um divisor, clique com o botão direito do mouse sobre o quadro aberto e selecione o tipo de divisão Horizontal

Selecione o tamanho do divisor na posição superior e aperte ESC para soltar

e selecione o tipo de divisão Horizontal Selecione o tamanho do divisor na posição superior e
Telas e Quadros Repita a operação para dividir o quadro inferior Marque o quadro central
Telas e Quadros
Repita a operação para dividir o quadro inferior
Marque o quadro central e modifique o nome
para <centro> na lista de propriedades
Telas e Quadros Menu, Rodapé Exercício Dentro da aplicação SDCD deve-se criar Duas telas chamadas:
Telas e Quadros
Telas e Quadros

Menu, Rodapé

Exercício

Dentro da aplicação SDCD deve-se criar Duas telas chamadas:

Botão direito em tela, inserir tela em SDCD.prj

Telas e Quadros Configurar a tela <menu> Escolher o Divisor Superior Marcar como tela inicial
Telas e Quadros
Configurar a tela <menu>
Escolher o Divisor Superior
Marcar como tela inicial do Divisor
Nomear a tela como <menu>
Telas e Quadros Repita os passos para a tela <Rodape> Escolher o Divisor Inferior Marcar
Telas e Quadros
Repita os passos para a tela <Rodape>
Escolher o Divisor Inferior
Marcar como tela inicial do Divisor
Nomear a tela como <Rodape>
Configure a tela <Processo>
Botão Direito do Mouse na Tela
Ajustar Divisor
Escolher divisor Centra
Marcar como tela inicial do divisor
Nomear a tela como<Processo>
Viewer O objeto Viewer configura o modo como o E3 Viewer será visualizado. O E3
Viewer
O objeto Viewer configura o modo como o E3
Viewer será visualizado. O E3 Viewer pode ser
rodado a partir de qualquer ponto da rede que
tenha acesso ao E3 Server. Não é necessário
copiar o aplicativo para as máquinas onde os E3
Viewers serão executados, pois as Telas e bitmaps
são trazidos do servidor conforme a necessidade,
em tempo de execução.
Viewer Exercício:Configura o Viewer para executar os quadros. Botão direito no viewer -> propriedade
Viewer
Viewer

Exercício:Configura o Viewer para executar os quadros.

Botão direito no viewer -> propriedade

Viewer Configura o quadro1 como inicial Expandir seleção de tela ou quadro inicial ->selecionar quadro1-
Viewer
Viewer

Configura o quadro1 como inicial

Expandir seleção de tela ou quadro inicial ->selecionar quadro1- >colar

tela ou quadro inicial ->selecionar quadro1- >colar Rode a aplicação e verifique que estará dividida nos

Rode a aplicação e verifique que estará dividida nos 3 quadros

Servidor de Dados O Servidor de Dados é o módulo responsável pela execução e gerenciamento
Servidor de Dados
O Servidor de Dados é o módulo
responsável pela execução e gerenciamento
de tags e objetos que não estejam envolvidos
diretamente com a comunicação. Através do
Servidor de Dados pode-se configurar tags
internos e tags de simulação, além de inserir
XObjects, que são os objetos de dados das
bibliotecas ElipseX (vistas mais adiante).
Servidor de Dados
Servidor de Dados
Servidor de Dados Considerações Os objetos inseridos no Servidor de Dados serão executados pelo E3
Servidor de Dados
Considerações
Os objetos inseridos no Servidor de Dados serão
executados pelo E3 Server, portanto estarão
presentes no Servidor. Esta informação retrata o
modo como o E3 trabalha.
O nome da variável não pode conter caracteres
reservados: / ? . , { } [ ]
Servidor de Dados Exercício – Criar um Tag do tipo Demo para representar a hora
Servidor de Dados
Exercício – Criar um
Tag do tipo Demo
para representar a
hora do sistema.
Botão direito na pasta
<objeto de Dados>
Inserir -> Servidor de
Dados->SDCD
Nomear a pasta com o
nome<tags de Sistema>
Servidor de Dados Botão direito na pasta <tag de sistema> Inserir -> Painel->tag Demo Nomear
Servidor de Dados
Botão direito na pasta <tag de sistema>
Inserir -> Painel->tag Demo
Nomear o tag com o nome<data_hora>
Servidor de Dados Propriedade->Type->CurrentTime
Servidor de Dados
Servidor de Dados

Propriedade->Type->CurrentTime

Comunicação O E3 permite a comunicação com equipamentos de aquisição de dados, controladores, CLP, UTRs
Comunicação
O E3 permite a comunicação com equipamentos
de aquisição de dados, controladores, CLP,
UTRs (Unidades Terminais Remotas), ou
qualquer outro tipo de equipamento, através de
Drivers de Comunicação ou Servidores OPC.
As variáveis envolvidas no processo são
conhecidas como Tags e podem ser de vários
tipos, de acordo com a utilização desejada. No
E3 podem ser inseridos dois tipos de
drivers:Driver de Comunicação (arquivos
.dll) e Driver de Comunicação OPC.
Driver de Comunicação O Driver de Comunicação é o módulo do E3 que possibilita a
Driver de Comunicação
O Driver de Comunicação é o módulo do E3
que possibilita a comunicação com um
determinado equipamento usando os drivers .dll
fornecidos pela Elipse Software. Um manual é
fornecido juntamente com cada driver,
contendo informações importantes a respeito da
configuração dos seus parâmetros [P] e outras
propriedades.
Driver de Comunicação
Driver de Comunicação
Comunicação Exercício: Clique com o botão direito do mouse sobre a pasta Drivers e OPC
Comunicação
Comunicação

Exercício: Clique com o botão direito do mouse sobre a pasta Drivers e OPC e escolha Inserir Driver de Comunicação em - SDCD

Renomear a pasta <Driver1> para <MicroLogix> Para modificar o caminho do Driver Botão direito na pasta -> Procura Driver

Comunicação Para inserir um tag botão direito na pasta <MicroLogix> -> Inserir -> tag comunicação
Comunicação
Para inserir um tag botão direito na pasta
<MicroLogix> -> Inserir -> tag comunicação
Objeto de Tela
Objeto de Tela
Objetos de Tela Animação de Deslocamento Desenho Posicionamento Bitmap Agrupamento de Objetos Objeto Display
Objetos de Tela Animação de Deslocamento Desenho Posicionamento Bitmap Agrupamento de Objetos Objeto Display
Objetos de Tela
Animação de
Deslocamento
Desenho
Posicionamento
Bitmap
Agrupamento de
Objetos
Objeto
Display
Display
BarGraph
Posicionamento Bitmap Agrupamento de Objetos Objeto Display Display BarGraph Texto SetPointSetPointSetPoint

Texto

SetPointSetPointSetPoint

Galeria A Galeria é uma biblioteca de símbolos vetoriais, divididos em categorias, que podem ser
Galeria
A Galeria é uma biblioteca de símbolos vetoriais,
divididos em categorias, que podem ser arrastados
para as telas.Depois de inserido, o objeto pode ser
livremente editado e trabalhado de acordo com as
características descritas para os objetos de imagem
(pode-se, por exemplo, mudar a cor de
preenchimento através das propriedades
OverrideFillMode,OverrideFillColor e
OverrideLineColor sem a necessidade de
transformar o objeto em um objeto gráfico do E3)
OBS: Em modo DEMO só é possível utilizar o primeiro
elemento de cada tipo na galeria
Associações são ligações feitas entre propriedades e objetos ou entre outras propriedades. As associações trazem
Associações
são ligações feitas entre propriedades e
objetos ou entre outras propriedades.
As associações trazem grande facilidade
ao criar animações e outros tipos de
lógicas comuns, minimizando a
utilização de scripts.
Associações Através da aba Associações da janela de Propriedades, tem-se acesso a todas as propriedades
Associações
Através da aba Associações da janela de
Propriedades, tem-se acesso a todas as
propriedades disponíveis do objeto a ser tratado e
todos os tipos possíveis de associação para essas
EXERCÍCIO 15 - Ligar 8 motores em sequência de 1 em 1 segundo, manter ligado
EXERCÍCIO
15 - Ligar 8 motores em sequência de 1 em 1 segundo,
manter ligado durante 10s e desligá-los na mesma
sequência em intervalos de 1 em 1 segundo.
No programa devemos ter:
-Botoeira “Start”
-Botoeira “Stop”
-Um pisca – pisca informando ligação dos elementos.
-Para acionar os motores não devemos usar instrução
de Bit de saída.