Você está na página 1de 1

Correio da Manhã http://www.correiodamanha.pt/Imprimir.aspx?channelid=F48BA50A...

Você está em: Homepage / Saúde / Notícia

22 Maio 2008 - 00h16


Saúde: Um administrador votou contra a decisão

Assessoria milionária
Num momento em que a situação financeira do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA)
é descrita como "paupérrima" e o dinheiro nem chega para comprar reagentes para fazer análises, a
entidade pública decidiu contratar uma assessora de imagem por 50 mil euros. A situação está a causar
mal-estar interno e, ao que apurou o CM, esta "escolha de prioridades" foi mesmo contestada dentro do
próprio conselho directivo, com um dos administradores a opor-se à contratação milionária.

E são vários os pontos contestados. O contrato foi aprovado em Maio, mas com efeitos a partir de Abril.
E terá duração até Dezembro, custando cerca de 50 mil euros. Apesar de já ter a funcionar um gabinete
de comunicação, o conselho directivo do INSA decidiu solicitar este serviço ao SUCH (empresa
especializada em logística e compras).

'O INSA é nosso cliente na engenharia, equipamentos e fiscalização de obras. Em Março solicitou-nos João Miguel Rodrigues
este serviço de comunicação, que não estávamos a prever', disse ao CM Lurdes Hill, administradora do
SUCH. E o pedido foi satisfeito porque 'temos um quadro, que transitou da anterior Unidade de Missão para os Hospitais SA [por onde
passou também um dos actuais administradores do INSA], especializado no sector da saúde pública, divulgação científica e gestão de crise'.
Uma tarefa 'muito específica e da qual o SUCH não carece todos os dias', admite.

VERBA 'É DO FORO INTERNO'

O CM tentou questionar o conselho directivo sobre a contratação, mas este apenas fez saber que 'existem quatro contratos com o SUCH,
um é de comunicação e difusão científica, tendo a assessora sido designada pelo SUCH'. Sobre os valores pagos, a resposta é 'que se trata
de um assunto do foro interno'. O orçamento do INSA é de 29 milhões de euros, um valor que inclui as verbas para o Instituto de Genética
Médica, entretanto absorvido. Dez milhões são dívidas que a instituição tem por cobrar. A actividade normal já se ressente, com atrasos no
pagamento a fornecedores e falta de materiais.

O CM tentou questionar o conselho directivo sobre a contratação, mas este apenas fez saber que 'existem quatro contratos com o SUCH,
um é de comunicação e difusão científica, tendo a assessora sido designada pelo SUCH'. Sobre os valores pagos, a resposta é 'que se trata
de um assunto do foro interno'. O orçamento do INSA é de 29 milhões de euros, um valor que inclui as verbas para o Instituto de Genética
Médica, entretanto absorvido. Dez milhões são dívidas que a instituição tem por cobrar. A actividade normal já se ressente, com atrasos no
pagamento a fornecedores e falta de materiais.

AINDA MAIS CARA DO QUE MÉDICO DE TOPO

Por mês, a assessoria de comunicação, imagem e divulgação científica vai custar ao INSA cerca de 5555 euros –o contrato é de 50 mil, com
a duração de oito meses. Um valor bem acima da tabela normal praticada na função pública na área da Saúde. Por exemplo, um médico
chefe de serviço, em regime de exclusividade e horário completo de 42 horas (o topo da carreira) ganha mensalmente 5500 euros, de
acordo com os valores estipulados para os funcionários do Estado. Também um clínico geral ganha apenas 2600 euros.

No Instituto Ricardo Jorge este valor está também longe de ser comum, existindo actualmente técnicos que asseguram o trabalho dos
diferentes departamentos com avenças e contratos precários.

SAIBA MAIS

O QUE É O INSA?

Criado em 1899 pelo médico que lhe deu o nome (Ricardo Jorge era especialista em saúde pública do Porto), funciona como laboratório do
Estado no sector da Saúde, laboratório nacional de referência e observatório nacional.

600

é o número de funcionários que trabalham na instituição, em áreas que vão da genética às doenças infecciosas.

29

milhões de euros foi o valor orçamentado para este ano, que inclui verbas para o Instituto de Genética Médica, entretanto fundido

Rute Araújo

Fechar

1 de 1 22-05-2008 0:55

Interesses relacionados