Geografia (Por Fernando Freitas

)
Relevo
Agentes causadores  Endógenos (internos):  Vulcanismo (pressão das placas tectônicas que eleva a parte mais próxima ao choque das mesmas às alturas);  Tectonismo  Orogênese (pressão das placas tectônicas elevam a parte mais distante do choque das mesmas, gerando vales no caso das placas não – flexíveis e montanhas no caso das flexíveis);  Epirogênese (pressão sob uma placa continental próxima à uma oceânica, gerando as serras);  Abalos sísmicos (terremotos); Exógenos (externos):  Intemperismo (desgaste natural das rochas; sendo físico, desgatando sem alterar sua esrutura, conseqüência da dilatação/retração; ou químico, desgastando e alterando a estrutura da rocha quimicamente);  Erosão (desgaste do solo por chuvas, passagens de rios, mar e vento);  Homem (desmatamento).

Características gerais da hidrografia brasileria  Rico em rios (planaltos, quedas d´água), pobre em lagos;  Rios perenes (não secam durante o ano);  Drenagem exorréica (continente para oceano). Bacias hidrográficas do Brasil

Relevo do Brasil (por Aziz Nacib Ab´Saber – 1970)
 Amazônia: maior potencial hidrelétrico, pouco explorado;  Platina (Paraná, Uruguai e Paraguai): maior aproveitamento hidrelétrico do Brasil;  Itaipú binacional (Brasil – Paraguai);  São Fracisco: projetos de irrigação, transposição do rio São Fracisco, unsinas hidrelétricas, agricultura familiar;  Tocantins Araguaia: Usina de Tucuruí, Rio Tocantins e Grandes Carajés. Bacias Secundárias AP: Orapoque e Clari; NE: (rios intermintentes) Jaguaribe, Capibaribe, Mearin e Gurupi; E: Jequetinhanha, Doce e Paráiba do Sul; SSE:Ribeira do Iguapé, Tubarão e Lagoas: Patos e mirim.

Hidrografia
Água potável: localizados em lençóis freáticos, lacustres (lagos) e fluviais (rios).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful