P. 1
Padrao Respostas 1 Provas

Padrao Respostas 1 Provas

|Views: 912|Likes:
Publicado porkekewolf

More info:

Published by: kekewolf on Oct 20, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/06/2012

pdf

text

original

Título: Padrão de respostas das provas A e B - primeira presencial

Autor: Marcos de Azevedo Reis

ECONOMIA PROVA A 1ª Questão (7 pontos)
Sobre o gráfico abaixo que representa uma Curva de Possibilidade de Produção, responda: a) O que representam os pontos destacados? b) O que pode provocar o deslocamento da curva? c) O que é custo de oportunidade?

a) - Fatores de produção em pleno emprego, em que a produção do bem X é priorizada: “C”. - Fatores de produção em pleno emprego, em que a produção do bem Y é priorizada: “B”. - Fatores de produção sendo subutilizados (situação em que há capacidade ociosa): “D”.
- Nível impossível de produção no curto prazo: “A”. b) A CPP pode se deslocar tanto pra direita quanto para a esquerda. O deslocamentos na CPP para a direita é decorrência do aumento da produção do país. Esse aumento da produção pode acontecer porque a quantidade física dos fatores de produção aumentou, ou ainda, porque houve um melhor aproveitamento dos recursos já existentes, fato que pode ser derivado de um progresso tecnológico, uma maior eficiência produtiva e organizacional das empresas ou melhoria no grau de qualificação da mão-de-obra. Por outro lado, deslocamento da CPP para a esquerda é provocada pela diminuição da produção do país, que por sua vez é conseqüência de guerras, desastres naturais, dentre outros fatores negativos. É o sacrifício de se deixar de produzir um bem A para produzir um bem B, devido à escassez dos recursos produtivos.

c)

2ª Questão (7 pontos)
Calcule a elasticidade-preço da demanda. Após o cálculo, indique se a demanda é elástica, unitária, ou inelástica.

PUC Minas Virtual • 1

a) * Mercado atomizado: composto de grande número de empresas e consumidores. como há um grande número de vendedores. se uma empresa aumentar o preço. analise a situação de produção da firma e explique como o empresário pode utilizar a tabela para maximizar o lucro total.00 40. como se fossem “átomos”.00 97.00 P1 = Preço final = R$ 55.000 Q1 = quantidade demandada ao preço P1 = 132. nenhuma empresa isoladamente consegue afetar os níveis de oferta do mercado e o preço de equilíbrio. * Produtos homogêneos: não existe diferenciação entre produtos ofertados pelas empresas concorrentes. indicando as premissas que devem prevalecer.00 111.00 10.00 É a situação na qual o custo marginal iguala a receita marginal. b) Explique o que ocorre com os lucros no longo prazo. preços. Em concorrência perfeita.00 3.00 40.00 40.00 Custos Variáveis (em R$) 21. são conhecidas por todos os participantes do mercado. b) Só existirão lucros normais.00 Q0 = quantidade demandada ao preço P0 = 120.00 103.00 84.00 85.00 14.000 = =1 55 − 50 10% 50 A elasticidade da demanda é unitária 3ª Questão (7 pontos) Complete a tabela abaixo.00 57.00 27. Produção Total 0 1 2 3 4 5 6 Custos Fixos (em R$) 40. 4ª Questão (7 pontos) Sobre o mercado em concorrência pura ou perfeita: a) Conceitue-o.P0 = Preço inicial = R$ 50.00 71.00 40.00 76.000 10% 120.00 40.000 − 120.00 100.00 75.00 8. ela não conseguirá PUC Minas Virtual • 2 . livre entrada e saída de firma no mercado.00 35.00 6.00 8. * Não existem barreiras para o ingresso de empresas no mercado.00 8.000 E pD var iação percentual em Q = = var iação percentual em P 132.00 Custo Receita Receita Marginal Total Marginal (em R$) (em R$) (em R$) 21.00 61.00 12.00 8. etc.00 68.00 67. no nível de produção igual a 3. ou seja.00 45.00 40.00 Custo Total (em R$) 40. Com isso.00 8. * Transparência do mercado: todas as informações sobre lucros.00 92.

5ª Questão (7 pontos) Preço Pm A Pc C B CMg (Custo Marginal) D E Demanda de Mercado RMg (Receita Marginal) Qm Legenda: Qc Quantidade Pm = Preço no monopólio.vender seus produtos. b) Como são determinados os preços e quantidades de mercado? No ponto em que há interseção entre CMg e Rmg. d) Defina lucro extraordinário e indique em qual área do gráfico está representado. Os lucros extras ou extraordinários (em que as receitas superam os custos) no longo prazo. Qc= Quantidade em Concorrência Perfeita. limitada apenas por sua estrutura de custos. Refere-se à área formada pela diferença entre o preço de maximização dos lucros Pm e o Cmg. c) Qual a área do gráfico representa a perda dos consumidores decorrente do monopólio? É o trapézio ABCE. PUC Minas Virtual • 3 . Essa quantidade é substituída na curva da demanda determinando-se o preço de mercado (Pm). traça-se uma perpendicular ao eixo da abscissas determinando a quantidade (Qm). Qm = Quantidade no monopólio. Pc= Preço em Concorrência Perfeita. pois os produtos são homogêneos e a população irá comprar o produto mais barato. onde a curva de custo marginal (Cmg) se iguala à curva de receita marginal (Rmg). a) Em que ponto o monopolista maximiza seus lucros? O monopolista não utiliza igualdade entre oferta e demanda para determinar preço e quantidade de equilíbrio.Uma empresa consegue aumentar a quantidade vendida o quanto puder. O ponto de maximização do monopolista é o ponto B. que representam a remuneração implícita do empresário (seu custo de oportunidade). acima dos chamados lucros normais.

continuará a crescer. Educação. como: Renda. preferência. a seguir. para depois decrescer. propaganda. depois de certa quantidade utilizada do fator variável. 2ª Questão (7 pontos) O que é a lei dos rendimentos decrescentes? Ela é válida no longo prazo? Justifique. e outros. d) Variação na demanda. com acréscimos cada vez menores. que é diferente de variação na demanda de um bem. com acréscimos cada vez menores. para produzir milho. e a demanda por esse produto diminui. mas a taxas decrescentes (ou seja. a seguir. coeteris paribus. à medida em for adicionada mais mão-de-obra na produção? E no longo prazo? Justifique. 3ª Questão (7 pontos) Considerando a existência de dois fatores. continuará a crescer. A quantidade demandada de bem é alterada quando há mudança no nível de preços. quando seu preço aumenta. Diferente do caso anterior. Lei dos Rendimentos Decrescentes: elevando-se a quantidade do fator variável. PUC Minas Virtual • 4 .PROVA B 1ª Questão (7 pontos) Explique: a) Efeito substituição. Efeito renda: quando aumenta o preço de um bem. a variação na demanda acontece quando há mudança em variáveis exogénas. continuando o incremento da utilização do fator variável. por prever pelo menos um fator de produção fixo. Efeito substituição: Se um bem possui um substituto. reduzindo assim sua demanda. b) Efeito renda. continuando o incremento da utilização do fator variável. coeteris paribus. todos os fatores são variáveis. levando a deslocamentos na curva de demanda. o que ocorrerá com a produção no curto prazo. é tipicamente um fenômeno do curto prazo. para depois decrescer. o consumidor passa a adquirir o bem substituto. a produção total chegará a um máximo. A produção inicialmente aumentará a taxas crescentes. a produção inicialmente aumentará a taxas crescentes. permanecendo fixa a quantidade dos demais fatores. c) Variação na quantidade demandada. o consumidor perde o poder aquisitivo. No longo prazo. a produção total chegará a um máximo. mas a taxas decrescentes (ou seja. Essa lei. terra e mão-de-obra. depois de certa quantidade utilizada do fator variável.

em concorrência perfeita: P=Rmg=Cmg PUC Minas Virtual • 5 .00 Custos Variáveis (em R$) 18. exige elevado volume de capital. o que possibilita a cobranlas de preços relativamente baixos por seu produto.00 Custo Receita Receita Marginal Total Marginal (em R$) (em R$) (em R$) 18. energia. em um mercado competitivo. onde o empresário é tomador de preços.00 30. ainda.00 Custo Total (em R$) 30. b) Faça uma comparação entre equilíbrio de concorrência perfeita e monopólio.00 30. a empresa é a única que detem a tecnologia apropriada para produzir aquele determinado bem. com elevadas economias de escala e custos unitarios bastantes baixos. o que acaba sendo uma grande barreira para a entrada de novas firmas.00 62.00 48.00 63. Patentes: enquanto a patente não cai em dominio público.00 54.00 30.00 78.00 53.00 30.00 98.00 30. As empresas já instaladas operam com grandes plantas industriais.00 10.00 30. Contudo. Controle de matérias-primas básicas: por exemplo. produção de 4 unidades.00 32.00 12.00 10 15 10 9 8 O lucro total é maximizado com a produção na qual a receita marginal se iguala ao custo marginal.00 54. o monopolio insititucional ou estatal em setores considerados estrategicos ou de segurança nacional ( por exemplo.00 68. o controle das minas de bauxita pelas produtoras de aluminio. analise a situação de produção da firma e explique como o empresário pode utilizar a tabela para maximizar o lucro total.00 97.00 42.00 6.00 8.00 84. o preço deve igualar-se no ponto de intersecção da curva demanda com a curva de custo marginal.00 88.4ª Questão (7 pontos) Complete a tabela abaixo. por suas próprias caracteristicas. logo. Existe. comunicações e petróleo) . Produção Total 0 1 2 3 4 5 6 Custos Fixos (em R$) 30.00 24.00 105.00 14. quanto no mercado de monopólio.00 72. Tanto no mercado de concorrência perfeita. 5ª Questão (7 pontos) Sobre o monopólio responda: a) Dê exemplos de barreiras à entrada. Monopolio puro ou natural: ocorre quando o mercado. o lucro é máximo onde o custo marginal se iguala à receita marginal.

conforme ilustrado no gráfico abaixo. também ajusta seu nível de produção até o ponto em que a receita marginal é igual ao custo marginal. onde os consumidores que adquirem a mercadoria perdem excedente. mas preço de cada unidade do produto é determinado pela curva de demanda e não pela de receita marginal. ao passo que os produtores ganham (retângulo hachurado). diferentemente do que ocorre em concorrência perfeita. Dada a existência de barreiras à entrada de novas firmas. Logo. os lucros extraordinários devem persistir também a longo prazo em mercado monopolizado. seria de esperar que isso piorasse a situação dos consumidores e melhorasse a situação da empresa. Preço Preço Perda do excedente do consumidor e do produtor Oferta Excedente do consumidor Pc Excedente do Produtor Demanda Quantidade Qc Pm Pc Excedente do consumidor Cmg Excedente do Produtor Rmg Demanda Qm Qc c) O que ocorre com o lucro de longo prazo de uma empresa que opera nesse mercado? Explique. quando a longo prazo só existirão lucros normais. por sua vez. PUC Minas Virtual • 6 . a) Concorrência Perfeita b) Monopólio Perda do excedente do consumidor e ganho do excedente do produtor.O monopolista. no monopólio: P>Rmg=Cmg Uma vez que o poder de monopólio resulta em preços mais altos e quantidades produzidas mais baixas.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->