Você está na página 1de 5

CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM ELEVADORES

1) ESTIMATIVA DO CONSUMO
A energia elétrica consumida pelo elevador é fator muito importante, especialmente nesta
época de racionamento.
Podemos dizer que a potência de um elevador médio (10HP) equivalente a 75 lâmpadas
de 100W.
Mais ainda, se considerarmos esta média e os cerca de 200.000 elevadores no Brasil,
todos operando, corresponde a mais de um décimo da energia produzida pela hidrelétrica
de Itaipú.
Um condomínio residencial tem em média 50% dos seus gastos com mão de obra
(salários e encargos), mas há outros itens que tem grande peso. A manutenção de
elevadores consome cerca de 7% dos recursos e a sua energia elétrica cerca de 6% do
custo do condomínio (lembrando que a conta de luz de cada apartamento é a parte.)

O consumo de energia exato de um elevador , é um cálculo complexo, pois envolve


diversas variáveis: Tais como modelo e características técnicas do equipamento;
demanda (picos de partida) , tipo de tráfego, carga que transporta em cada viagem, se os
elevadores operam em grupo ou individualmente, grau de conscientização dos usuários
etc.
O consumo se deve principalmente a energia utilizada pelo motor de tração. Também
consomem, mas em menor escala, a luz da cabina, o ventilador, operador de porta e o
quadro de comando.
Contudo ilustraremos exemplos simplificados de cálculos mais comuns que poderão
proporcionar uma boa estimativa para o usuário.
Exemplo 1 - Edifício Residencial, com 10 pavimentos, elevador operando em sistema
individual. Potência do motor de tração 10 HP (~ 7,5 KW) – utilização de 4 horas por dia e
30 dias no mês.
Exemplo 2 - Edifício Comercial, com 10 pavimentos, elevador operando em sistema
individual. Potência do motor de tração 20 HP (~ 15 KW) – utilização de 6 horas por dia e
22 dias no mês.

COMERCIAL ELEVADORES RESSI – CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO, INSTALAÇÃO E EMBELEZAMENTO EM ELEVADORES


INFOLEV - LÍDER NACIONAL EM COMANDOS PARA ELEVADORES
TIPO POTÊNCIA HORAS PORKWH VALOR EM R$ VALOR EM R$
MÊS POR MÊS
(SEM SOBRE TAXA) (COM SOBRETAXA 200%)
1)Ed.Residencial 7,5 KW 120 900 162,00 468,00
2) Ed. Comercial 15 KW 132 1980 356,40 1069,20
** Valores para cada elevador (multiplicar pelo numero de elevadores do edifício)

Base custo Kwh – Eletropaulo R$ 0,18

Podemos ainda acrescentar:


- Iluminação da cabina média 60 watts (geralmente entre 2 a 4 lâmpadas fluorescentes de
20 watts cada) permanentemente ligados o que resultaria num consumo de 43 KWH por
mês (R$ 7,75 sem sobretaxa).
- Elevador em modo de espera (“stand by”) o comando, se já for eletrônico, consome
apenas cerca de 20 W (ex modelo IFL-750 da Infolev.) Já os comandos antigos que
ainda utilizam reles consomem varias vezes mais, mesmo quando parados

2)ALTERNATIVAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO.

2.1) Equipamentos mais modernos


Equipamentos mais modernos são bem mais eficientes e portanto reduzem o consumo de
energia significativamente. Portanto é importante considerar a possibilidade de uma
modernização dos equipamentos, especialmente se os mesmos já tiverem mais de 20
anos. Tendo em vista que uma modernização garante mais segurança, melhor
performance e, principalmente, economia da energia consumida pelo equipamento em
relação ao equipamento antigo.
As principais vantagens dos novos equipamentos são:
a) sistemas de acionamentos de motores mais eficientes
Ex: Os comandos com inversores de freqüência (VVVF) proporcionam economia de cerca
de 40%.
Em elevadores com motores de corrente continua a utilização de conversores estáticos
reduzem em cerca de 20% o consumo.
NOTA: Além dos comandos IFL-VVVF, a Infolev dispõem de um sistema para que
facilmente e rapidamente possamos incorporar esta tecnologia aos comandos IFL-750
já instalados.
b) Sistemas inteligentes de atendimento:
Quando aplicados comandos com a função Duplex ou multi-carros, esse sistema evita que
mesmo as pessoas, apertando mais de um botão, apenas o elevador mais próximo irá
atendê-la evitando assim o desgaste do equipamento e desperdício de energia elétrica.

COMERCIAL ELEVADORES RESSI – CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO, INSTALAÇÃO E EMBELEZAMENTO EM ELEVADORES


INFOLEV - LÍDER NACIONAL EM COMANDOS PARA ELEVADORES
NOTA: Todos os comandos da Infolev da linha IFL podem operar em duplex ou multi-carros.
c) Possuem sistemas de cancelamento de chamadas falsas.
Se por exemplo, crianças acionam diversos botões o comando detecta e cancela as
chamadas.
NOTA: Todos os comandos da Infolev já vem com esta função de série.
d) Consumo em modo de espera (stand-by) é bem menor quando comparado com
um a relé.

*** CONSULTE A ELEVADORES RESSI PARA JÁ PLANEJAR UMA


MODERNIZAÇÃO ***
2.2) A conscientização dos usuários:
Algumas medidas simples podem reduzir o consumo, sem prejudicar o dia-a-dia do
prédio. Tais como:
- Ao chamar o elevador, nos locais onde existem dois botões (um para subir, outro para
descer), não aperte os dois. Acione apenas o do sentido desejado;
- Quando há mais de um elevador, chame apenas um deles;
- Dentro da cabina, aperte somente o botão do andar desejado;
- Ao subir ou descer até dois andares, procure utilizar as escadas
Os condomínios residenciais devem utilizar todos os recursos de comunicação para
divulgarem as medidas de racionamento, principalmente, o que irá afetar o uso dos
elevadores: quadros de aviso, mensagens nos próprios elevadores, cartas aos moradores,
entre outros;
. Os condomínios comerciais que não utilizam serviços de ascensorista poderiam organizar
a subida das pessoas no hall de entrada do elevador. Fazendo com que cada viagem
transportasse mais pessoas diminuindo assim o numero de viagens e conseqüentemente o
consumo de energia.

2.3) Outras questões :


a)Desligando um dos elevadores consigo ter uma economia considerável?

Esse consumo não pode ser determinado com precisão, pois vai depender do trafego de
cada edifício do grau de conscientização do usuário . Alertamos apenas para a situação de
um elevador ficar sobrecarregado porque está trabalhando sozinho. Essa economia
poderia se tornar insignificante se comparada ao transtorno que causaria ao edifício.

De qualquer forma, se o condomínio determinar que essa é a melhor solução, os passos


para que o elevador seja desligado corretamente e com segurança são:
- O zelador ou síndico deve chamar o elevador até o piso térreo ou principal, mantendo-o
parado neste andar;
- Verifique se não há ninguém dentro do elevador;
- Desligue a chave geral daquele elevador que se deseja manter parado;
- Sinalize corretamente que o equipamento foi desligado para colaborar com o

COMERCIAL ELEVADORES RESSI – CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO, INSTALAÇÃO E EMBELEZAMENTO EM ELEVADORES


INFOLEV - LÍDER NACIONAL EM COMANDOS PARA ELEVADORES
racionamento de energia;
- Faça o rodízio entre os elevadores, isto é, alterne a cada dia qual
elevador deverá ficar parado.
(Não deixe o elevador parado por mais de uma semana, isto pode trazer problemas para o
funcionamento do elevador)

b)Apagar parte das luzes e o ventilador dos elevadores para economizar energia.
O consumo de energia utilizado para a iluminação e para a ventilação extra da cabina é
relativamente pequeno. (conforme mostrado anteriormente).
No entanto, o condomínio pode desligar parte da iluminação desconectando algumas
luminárias. Não é aconselhável desligar toda a iluminação por questões de segurança
(usuário poderá não identificar a diferença entre a luz apagada e a eventual falta da cabina
no caso de defeito e causar um acidente.) inclusive apagar todas as luzes é procedimento
não permitido conf. norma MB 130.
O ventilador deve ser mantido desligado (o botão normalmente fica na cabina).
NOTA: Os comandos eletrônicos modernos já ligam e desligam os ventiladores
automaticamente quando elevador não esta em uso.

c) Desligar o retorno automático ao térreo (ou pavimento principal).


Alguns elevadores podem estar programados para que, por comodidade do usuário o
mesmo retorne para o térreo (ou outro pavimento de sua preferência) automaticamente
após determinado tempo sem uso (geralmente de 30 a 60 segundos).
Em tempos de economia é pertinente solicitar a empresa conservadora que desative esta
programação.
NOTA: Os comandos da Infolev da linha IFL já possuem uma chave na placa principal do
comando para que facilmente seja ativada ou desativada esta função. O comando JR-80
necessita que seja solicitada a Infolev uma nova memória com esta programação.

3- EM CASO DE APAGÃO

a) Se o elevador ainda não possui luz de emergência, deve-se instalá-la com urgência
(inclusive é obrigatória por Lei Municipal nas principais cidades). Consulte sua
conservadora.
b) Existem dispositivos que garantam o funcionamento dos elevadores durante o apagão.
O mercado oferece diversos tipos de geradores (o mais comum é o gerador a diesel).

c) Se o apagão for anunciado pelo Governo com antecedência, sugerimos que os


elevadores sejam desligados 10 minutos antes do corte de energia. Essa medida evitará
que passageiros fiquem presos nos elevadores.

Para maior segurança dos usuários, siga as seguintes orientações para


desligar os elevadores:

COMERCIAL ELEVADORES RESSI – CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO, INSTALAÇÃO E EMBELEZAMENTO EM ELEVADORES


INFOLEV - LÍDER NACIONAL EM COMANDOS PARA ELEVADORES
O zelador ou síndico deve chamar todos os elevadores até o piso térreo ou principal,
mantendo-os parados neste andar;

Verifique se não há ninguém dentro dos elevadores;

Desligue a chave geral de todos os elevadores;

Ligue o elevador após cerca de 5 minutos do retorno da energia elétrica. Desta forma,
também se evitam danos aos circuitos elétricos e eletrônicos, devido à oscilação de
energia elétrica quando esta retornar. Os elevadores devem ser religados após a
estabilização da tensão (voltagem) no prédio.
d) Se alguém ficar preso no elevador devido a falta de energia.

O mais importante é que o telefone da prestadora de serviço fique em local de fácil acesso
para que o zelador/porteiro possa chamar o técnico especializado o mais rápido possível.

O primeiro atendimento é feito pelo próprio zelador/porteiro, que deverá localizar em qual o
andar o elevador está parado. Depois deve conversar com a pessoa para tentar acalma-la,
explicando que a Assistência Técnica está sendo chamada.
É importante que o usuário saiba que a cabina do elevador tem ventilação necessária para
a respiração (contudo lembramos que não se deve acender isqueiros para iluminar afim de
que o ar não seja consumido e não cause desconforto as pessoas)
A cabina é o lugar mais seguro, pois um resgate feito por pessoas não capacitadas pode
resultar em sérios riscos.

Não recomendamos que pessoas não capacitadas façam o resgate, principalmente em


uma ocasião especial, em que tudo estará muito escuro.
O técnico da empresa conservadora ou na sua falta o Corpo de Bombeiros são os únicos
autorizados para resgatar passageiros presos.

INFORMATIVO DA COMERCIAL ELEVADORES RESSI LTDA


ressi@uol.com.br
E
INFOLEV ELEVADORES & INFORMÁTICA LTDA
infolev@infolev.com.br

LIGUE E ATENDEREMOS SUAS DÚVIDAS!!!


3209-9394

COMERCIAL ELEVADORES RESSI – CONSERVAÇÃO, MANUTENÇÃO, INSTALAÇÃO E EMBELEZAMENTO EM ELEVADORES


INFOLEV - LÍDER NACIONAL EM COMANDOS PARA ELEVADORES