Primack Biologia da Conservação

Perturbações antropicas - Caça - Destruição de habitats - Exóticos invasores -Perda de solo para assoreamento de rios, lagos e oceano - Emissão de gases estufa - Desmatamento

Motivo: Aumento de demandas da população humana Para piorar: Perturbações sinergéticas como causa de extinção O que é ruim para diversidade biológica é ruim para o ser humano, se levarmos em consideração uma visão utilitarista da natureza. Biologia da conservação é a disciplina desenvolvida a partir dos esforços para conservação da biodiversidade. Objetivo: entender o efeito das atividades humanas nas espécies, populações e comunidades para poder prever e prevenir a extinção. Prioridade preservação a longo prazo Fator secundário fatores econômicos Ciência interdisciplinar para inserir a conservação em um contexto de contradições políticas, sociais e econômicas. Decisões pressionadas pelo limite de tempo e informação necessidade de criação de indicadores de eficácia - proteção de espécies raras - delineamento de reservas naturais - programas de reprodução em cativeiro para aumento da diversidade genética

Fundamentos da Biologia da conservação:

1984.A evolução é positiva Aumento natural da diversidade .ciclagem de nutrientes Diversidade das espéciespg 12 Definição morfológica de espécie: Grupo de indivíduos que é morfológica. Keller e Wilson.Filtragem do solo e do ar .Proteção do solo contra erosão . 1993) A extinção prematura de espécies é negativa Altos ritmos de extinção causados pelo ser humano ultrapassam a normalidade. Especulação: humanos tem predisposição genética para gostar da diversidade biológica (Wilson.A diversidade biológica tem seu valor em si O que é diversidade biológica pg 10 Diversidade latto senso: Riqueza X equitabilidade Diversidade genética Diversidade de interações dentro da comunidade Diversidade de microhabitats > diversidade > adaptação evolucionaria > capacidade de uma comunidade suportar perturbações > alternativa de recursos > resistência à doenças > funções ecológicas (visão antropocêntrica) .Polinização . . fisiológica ou bioquimicamente distinto de outros grupos em algumas características Definição biológica de espécie : Grupo de indivíduos que pode potencialmente procriar entre si.Controle de enchentes . mas que não procria com indivíduos de outros grupos . A complexidade ecológica é positiva Adaptações e co-evoluções que representam um dos pontos da complexidade ecológica devem ser preservados são processos que não podem ser recriados.A diversidade de organismos é positiva variedade de alimentos e recursos possibilitou a superação de catástrofes.

Dificuldade de separação nem sempre se tem dados sobre o potencial de reprodução. (RAVEN e WILSON. que se soma com o da mutação Pool gênico Conjunto de gênes e alelos de uma população Fenótipo conjunto de alelos de um indivíduo Espécies raras tem em geral menor variação genética e consequentemente são mais vulneráveis a alterações ambientais. Diversidade de comunidade e ecossistema pg 17 Comunidade Interação entre as espécies de determinado local . nem sempre semelhanças ou diferenças na morfologia são suficientes para classificação de espécies. Taxonomistas descreveram entre 10 e 30 % das espécies do mundo. 1992) Diversidade genética pg 16 Afetada pelo comportamento reprodutivo Individuos de uma população normalmente são geneticamente diferentes Alelo Diferentes formas de um mesmo gene Gene unidade cromossômica que codifica proteínas específicas A reprodução sexuada aumenta substancialmente o potencial de variação gênica.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful