P. 1
Realismo e Naturalismo No Brasil

Realismo e Naturalismo No Brasil

4.45

|Views: 81.571|Likes:
Publicado poranon-732836

More info:

Published by: anon-732836 on Oct 01, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/04/2013

pdf

text

original

Realismo e Naturalismo no Brasil

Aula seminário

Índice:
1. Contexto Histórico do Realismo 2. Contexto Histórico do Naturalismo 3. Características do Realismo 4. Características do Naturalismo 5. Diferenças: Realismo 6. Diferenças: Naturalismo 7. Foto do principal autor (Realismo) 8. Foto do principal autor (Naturalismo)

Contexto Histórico do Realismo

O Realismo no Brasil teve seu início,oficialmente,em 1881,com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, de seu mais célebre autor,Machado de Assis. Esta escola só entra em declínio com o surgimento do Parnasianismo,por volta de 1890. Com a introdução do estilo realista,assim como do naturalista,o romance,no Brasil,ganhou um novo alcance,a observação. Começou-se a escrever buscando a verdade,e não mais para ocupar os ócios dos leitores. Machado de Assis,considerado um dos maiores expoentes da literatura brasileira e o maior do Realismo no Brasil,desenvolve em sua ficção uma análise psicológica e universal e sela, portanto, a independência literária do país.

Contexto Histórico do Naturalismo

O Naturalismo é a radicalização do Realismo. (1880) Essa nova escola literária baseava-se na observação fiel da realidade e na experiência, mostrando que o indivíduo é determinado pelo ambiente e pela hereditariedade. O Naturalismo esboçou o que podemos declarar como os primeiros passos do pensamento Teórico evolucionista. O Naturalismo expandiu-se para outras artes. No Brasil, as primeiras obras naturalistas são publicadas em 1880, sendo influenciadas pela leitura de Zola. O primeiro romance é O mulato (1881) do maranhense Aluísio de Azevedo, o escritor que melhor representa a corrente literária do naturalismo entre nós.

 

Características do Realismo
Objetividade : fidelidade ao real Impessoalidade Análise Psicossocial do personagem Contemporaneidade Criticidade : questionamento da burguesia Detalhismo Descritivo Lentidão Narrativa Sensorialismo : Exploração dos sentidos

       

Marco Inicial: Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis (1881)

Características do Naturalismo

  

Determinismo : personagem condicionado pelos três fatores : raça-meio-momento Cientificismo : aplicação do método experimental à literatura. O Patológico : destaque às situações e personagens anormais, doentios e desequilibrados, mórbidos.

Marco Inicial: O Mulato de Aluísio de Azevedo (1881)

Diferenças: Realismo
  

 

Forte influência da literatura de Gustave Flaubert (França). Romance documental, apoiado na observação e na análise. A investigação da sociedade e dos caracteres individuais é feita “de dentro para fora”, por meio de análise psicológica capaz de abranger sua complexidade, utilizando a ironia, que sugere e aponta, em vez de afirmar. Volta-se para a psicologia, centrando-se mais no indivíduo. As obras retratam e criticam as classes dominantes, a alta burguesia urbana e, normalmente, os personagens pertencem a esta classe social. O tratamento imparcial e objetivo dos temas garante ao leitor um espaço de interpretação, de elaboração de suas próprias conclusões a respeito das obras.

Diferenças: Naturalismo
  

 

Forte influência da literatura de Émile Zola (França). Romance experimental, apoiado na experimentação e observação científica. A investigação da sociedade e dos caracteres individuais ocorre “de fora para dentro”, os personagens tendem a se simplificar, pois são vistos como joguetes, pacientes dos fatores biológicos, históricos e sociais que determinam suas ações, pensamentos e sentimento. Volta-se para a biologia e a patologia, centrando-se mais no social. As obras retratam as camadas inferiores, o proletariado, os marginalizados e, normalmente, os personagens são oriundos dessas classes sociais mais baixas. O tratamento dos temas com base em uma visão determinista conduz e direciona as conclusões do leitor e empobrece literariamente os textos.

FOTO DO PRINCIPAL AUTOR DO REALISMO NO BRASIL

O Realismo no Brasil tem como marco inicial a obra Memórias póstumas de Brás Cubas (1881), de Machado de Assis.

FOTO DO PRINCIPAL AUTOR DO NATURALISMO NO BRASIL
Aluísio Azevedo com a obra O mulato, publicado em 1881, marcou o início do Naturalismo brasileiro, a obra O cortiço, também de sua autoria, marcou essa tendência.

Alunos: Rayana Araújo – 33 Jean Felipe – 27 Bianca Nunes – 06 Professor: Osíris Nascimento Matéria: Português Tema: Realismo e naturalismo no Brasil

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->