P. 1
Desenho de Instalações Hidráulicas

Desenho de Instalações Hidráulicas

|Views: 40.988|Likes:
Publicado porDagmar Cerqueira
PPT de leitura e interpretaçào de projetos de instalações hidráulicas
PPT de leitura e interpretaçào de projetos de instalações hidráulicas

More info:

Categories:Types, Research
Published by: Dagmar Cerqueira on Apr 09, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/07/2015

pdf

text

original

Desenho de Instalações Hidráulicas NBR 5626: 1998

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

1- INTRODUÇÃO

A instalação predial de água fria é o conjunto de tubulações, equipamentos, reservatórios e dispositivos, existentes a partir do ramal predial, destinado ao abastecimento dos pontos de utilização de água do prédio, em quantidade suficiente, mantendo a qualidade da água fornecida pelo sistema de abastecimento.
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

2- O PROJETO COMPLETO COMPREENDE:

• Plantas, cortes, detalhes e vistas

isométricas com dimensionamento e traçados dos condutores. • Memorial descritivo • Especificações do material

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

PLANTAS

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CORTES / ELEVAÇÕES

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CORTES / ELEVAÇÕES

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CORTES / ELEVAÇÕES

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

DETALHES

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

VISTAS ISOMÉTRICAS

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

VISTAS ISOMÉTRICAS

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

MEMORIAL DESCRITIVO
Definição de procedimentos e técnicas de execução utilizados em cada etapa. Aqui são definidas as maneiras de executar cada etapa dos revestimentos, descrevendo-se, detalhadamente as técnicas utilizadas na mão-de-obra. Geralmente a execução é dividida em 7 fases:

1-Limpeza preliminar da fachada: 2-Chapisco:

3-Emboço: 4-Assentamento da cerâmica: 5-Rejuntamento: 6-Aplicação do selante: 7-Limpeza final:

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO MATERIAL

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

3-ESCALAS: (Ref.: NBR 8196)
Escala: é a relação entre a dimensão linear de um objeto (ou elemento) representado no desenho e a dimensão real deste objeto (ou elemento), devendo ser indicada,obrigatoriamente, na legenda. Quando for necessário o uso de mais uma escala na folha para desenho, estas devem estar indicadas junto à identificação do detalhe ou vista a que se referem. E, na legenda, deve constar a palavra indicada.

• Escala natural: é a escala onde a representação do objeto (ou
elemento) é feita em sua verdadeira grandeza.

• Escala de ampliação: é a escala onde a representação do objeto
(ou elemento) é maior que sua verdadeira grandeza. elemento) é menor que sua verdadeira grandeza.

• Escala de redução: é a escala onde a representação do objeto (ou
Escalas mais usadas: 1:100, 1:50, 1:25, 1:20
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

4- RAMAL DE ABASTECIMENTO
• Ramal predial ou externo : É o trecho de
tubulação localizado entre o distribuidor público de água e o aparelho medidor.

• Ramal interno ou alimentador predial : É o
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

trecho que se estende a partir do aparelho medidor até a entrada de um reservatório.

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

5 - INSTALAÇÃO PREDIAL
• Compreende o ramal interno e a rede predial de distribuição. • REDE PREDIAL DE DISTRIBUIÇÃO : É o conjunto de tubulações, •
compreendido pelos barriletes, colunas de distribuição, ramais e sub-ramais BARRILETE : É a tubulação que sai do reservatório da qual derivam as colunas de distribuição. COLUNA DE DISTRIBUIÇÃO OU PRUMADAS DE ALIMENTAÇÃO : É a tubulação vertical que sai do Barrilete e destina-se a alimentação dos ramais. RAMAL : É a tubulação derivada da coluna de distribuição e destinada a alimentar os sub-ramais. SUB-RAMAL : É a tubulação que liga à peça de utilização. TUBO VENTILADOR : É a tubulação destinada a permitir o acesso de ar atmosférico ao interior das colunas de distribuição para expulsar as bolhas de ar da mesma, melhorando o desempenho final das peças de utilização. HIDRÔMETRO : É o aparelho que mede o consumo de água
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR


• • • •

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

6 - DIMENSIONAMENTO :
• RESERVATÓRIO : A estimativa de consumo diário de
água para residências é de 200 a 250 l/dia per capita. A capacidade do reservatório deve atender ao consumo diário, acrescido de 20% como reserva de água para 1° combate a incêndio. necessita para um perfeito funcionamento estão relacionadas com um número chamado "peso das peças de utilização". Esses pesos tem relação direta com os diâmetros mínimos necessários ao funcionamento das peças.
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

• TUBULAÇÃO : As vazões que cada peça de utilização

TABELA DE PESOS :
PONTOS DE UTILIZAÇÃO PARA : Bebedouro Bica de Banheira Bidê PESO 0,1 1,0 0,1

Caixa de descarga para bacia sanitária ou mictório não aspirante
Chuveiro Maquina de lavar prato ou roupa Torneira ou misturador ( água fria ) de lavatório Torneira ou misturador ( água fria ) de pia de cozinha Torneira de pia de despejo ou tanque de lavar roupa Válvula de descarga para bacia sanitária Válvula de descarga para mictório auto-aspirante Válvula de descarga ou registro para mictório não aspirante

0,3
0,5 1,0 0,5 0,7 1,0 40,0 2,8 0,3

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

ÁBACO :
O 1,1 3,5 18 44 100 SOMA DOS PESOS

20 mm

25 mm

32 mm

40 mm

50 mm

ø Soldavel (mm)

1/2"

3/4"

1"

1.1/4"

1.1/2"

ø Roscavel (Pol.)

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

Vamos supor um banheiro onde existe uma bacia sanitária, bidê, lavatório e chuveiro. É improvável que tudo funcione ao mesmo tempo, assim, vamos admitir que funcionarão simultaneamente apenas a descarga do vaso sanitário e o chuveiro. Portanto, o peso máximo será de 40 + 0,5 = 40,5. Com este valor em mãos, vamos ao ábaco em anexo e vemos que o tubo seria um de 1 1/4", mas está quase limite; assim, vamos ficar com o tradicional tubo de 50 mm, equivalente ao o de 1 1/2". Não se esqueça, nos tubos de PVC são especificados pelo diâmetro externo, portanto o de 2" corresponde ao de 60mm e não ao de 50mm. No ábaco os diâmetros são internos e em polegadas, por isto fique atento a este detalhe.

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

Altura de saída da tubulação de água que alimenta cada peça de utilização em relação ao piso acabado:
Bacia Sanitaria Lavatório Banheira Bidê Chuveiro 0,30 0,60 0,50 0,15 2,10 a 2,30

Pia de Cozinha
Tanque Filtro Torneira de Jardim Caixa de Descarga Caixa de Descarga Embutida Caixa Acoplada Registro para Banheira Registro para Chuveiro

1,20
1,20 1,80 0,75 2,20 1,40 0,30 0,80 1,30

Válvula de Descarga tipo "HYDRA"

1,10

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

7 - MATERIAIS :
• • • •
• • • •
TUBOS : Instalações de água fria - PVC (Fabricantes: Tigre) Instalações de água quente - Cobre (Fabricantes: Eluma) Tubos PVC : É o material mais utilizado para água fria devido a facilidade na instalação, alta resistência a pressão, leveza, facilidade de manuseio e transporte, durabilidade, menor perda e baixo custo. Tubos PVC de linha hidráulica: Roscáveis (branca) Soldáveis ( marron ) Tubos PVC Roscáveis : Permite a montagem e desmontagem das ligações, sem danificar os tubos ou conexões, permitindo o reaproveitamento de todos os materiais utilizados em outras instalações. Tubos PVC Soldáveis : Não permite o reaproveitamento das conexões já utilizadas, porem tem a vantagem de maior facilidade de execução, dispensando qualquer ferramenta especial.
CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CONEXÕES : • Têm a finalidade de possibilitar a união de tubos de diâmetros iguais ou diferentes e tubos de materiais diferentes.

REGISTROS : • São aparelhos controladores de fluxo.

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

8- SIMBOLOGIA

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

CVT- MESQUITA – BOMBEIRO HIDRÁULICO – PROFª DAGMAR

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->