Você está na página 1de 10

A.

Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

• A escola inclui a BE na • Projecto Educativo de Escola • A BE está contemplada no Projecto


D.1.1.
formulação e • Regulamento Interno Educativo de Escola, nomeadamente
Integração/acção na
desenvolvimento da • Projecto Curricular de Escola referindo os seus objectivos.
Escola
sua missão, princípios e • Projectos Curriculares de • A BE está contemplada no Regulamento
objectivos estratégicos Turma Interno.
e de aprendizagem. • Plano Anual de Actividades • O PB faz parte do Conselho Pedagógico,
• O professor • Actas de Reuniões de acordo com a legislação em vigor e
bibliotecário tem • Relatório de Avaliação do PAA conforme Regulamento Interno.
assento no conselho • Relatório de Avaliação de Final • O Plano de Actividades da BE procura dar
pedagógico. de Ano da BE resposta aos objectivos do Projecto
• São desencadeadas • Regulamento da BE Educativo de Escola.
acções com vista à • … • A BE trabalha em articulação com os
partilha, discussão e departamentos curriculares, adequando
aprovação da missão e os seus recursos e actividades ao
objectivos da BE nos currículo nacional, dinamizando
órgãos de actividades em parceria com os mesmos,
administração e gestão nomeadamente, colaboração em
(conselho geral, exposições diversas, sessões com
director, conselho personalidades do mundo da cultura,
pedagógico) apoio aos alunos na realização de
departamentos trabalhos, concursos vários, …
curriculares e demais • …
estruturas de
coordenação educativa
e de supervisão
pedagógica.
• O regulamento interno
da escola contempla os
seguintes aspectos:
- Missão e objectivos
da BE;

1 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

- Organização
funcional do espaço;
- Organização e
gestão dos recursos de
informação;
- Gestão dos recursos
humanos afectos à BE;
-Serviços prestados à
comunidade escolar no
âmbito do projecto
educativo;
- Regimento do
funcionamento das
BE.
• A BE adequa os seus
objectivos, recursos e
actividades ao currículo
nacional, ao projecto
curricular de escola e
aos projectos
curriculares das
turmas.
• O plano de
desenvolvimento da BE
acompanha, em termos
de acção estratégica, o
projecto educativo da
escola e outros
projectos.

• O plano anual de

2 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

actividades da BE
relaciona-se, em
termos de objectivos
operacionais, com o
apoio ao currículo, com
o plano anual de
actividades da escola e
com outros projectos
em desenvolvimento.

• Os órgãos de • Projecto Educativo de Escola • Os documentos apreciados e aprovados


D.1.2. Valorização da
administração e • Regulamento Interno em sede de Conselho Pedagógico e de
BE pelos órgãos de
gestão (conselho • Projecto Curricular de Escola Conselho Geral (PEE, RI, PCT, actas)
direcção,
geral, director, • Plano Anual de Actividades demonstram a preocupação deste órgãos
administração e
conselho • Actas de Reuniões relativamente à BE.
gestão da Escola.
pedagógico) • Regulamento da BE • Os órgãos de administração e gestão
apoiam as BE e • Entrevista/questionário ao afectaram à BE um conjunto de docentes
envolvem-se na director e uma assistente operativa que
procura de soluções (CK1). constituem a sua equipa.
promotoras do seu • Excertos de actas de • A BE está contemplada no PEE e no RI.
funcionamento. apresentação de • A entrevista/questionário à directora
• Os órgãos de projectos/relatórios ao permite concluir que:
administração e conselho pedagógico; - a directora considera que a BE está
gestão põem em determinações/ reconhecida de forma explicita nos
prática uma política recomendações do conselho documentos normativos da escola,
de afectação de pedagógico. embora requerendo acções de melhoria;

3 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

recursos humanos • Registos de -…


adequada às projectos/actividades • Os órgãos de administração e gestão
necessidades de envolvendo trabalho na/com a atribuem anualmente uma verba para
desenvolvimento da BE. aquisição de documentos para o fundo
BE. • Estatísticas de utilização da documental.
• Os órgãos de BE. • …
administração e • …
gestão (director,
conselho
pedagógico) e os
departamentos
curriculares
estabelecem
estratégias visando
a articulação entre
a BE e as demais
estruturas de
coordenação
educativa e de
supervisão
pedagógica.
• A escola contempla
a BE e os seus
recursos nos
projectos e
actividades
educativas e
curriculares.
• Os órgãos de
administração e
gestão atribuem

4 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

uma verba anual


para a renovação
de equipamentos,
para a actualização
da colecção e para
o funcionamento da
BE.
• A escola encara a
BE como recurso
fulcral no
desenvolvimento do
gosto pela leitura,
na aquisição das
literacias
fundamentais, na
progressão nas
aprendizagens e no
sucesso escolar.
• Os docentes
D.1.3. Resposta da valorizam o papel • A BE funciona das 9H15 às 17H15.
BE às necessidades da BE e integram- • As Estatísticas de utilização da BE
da Escola. na nas suas • Horário da BE. revelam que…
práticas de • Estatísticas de utilização da - X livros por dia, em média são
ensino/aprendizage BE. requisitados
m. • Registos de - X alunos por dia, em média, requisitam
reuniões/contactos. os computadores para a elaboração de
• Registos de trabalhos;
projectos/actividades. - X Dvd´s por semana são visionados com
• Questionário aos docentes carácter lúdico;
(QD3). …
• Caixa de • X professores do Grupo de Português

5 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

sugestões/reclamações. estão envolvidos no projecto “Maleta da


• … Leitura”
• A BE funciona num • O Projecto “Maleta da Leitura” produziu X
horário contínuo e Fichas de Actividades.
alargado que …
possibilita o acesso • A BE produziu os seguintes materiais de
dos utilizadores no apoio:
horário lectivo e - X guiões de Literacia da Informação;
acompanha as - X Maletas de Leitura para as aulas de
necessidades de substituição;
ocupação em - X Boletins Informativos;
horário extra …
lectivo.
• Os recursos e • Os questionários aos docentes (Q3)
serviços da BE mostram que:
respondem às - X % dos docentes considera a gestão da
metas e estratégias BE Muito Eficaz e capaz de favorecer o
definidas no trabalho com os alunos e a articulação
projecto educativo, com o currículo, X % considera
projecto curricular e medianamente …, ….;
D.1.4. Avaliação da outros projectos. - X % dos docentes considera o horário de
BE na Escola. • A BE cria condições abertura Muito Bom; X % Insuficiente, …
e é usada como -…
recurso e como • Os alunos sugeriram (caixa de sugestões)
local de lazer e de a aquisição: dos seguintes Dvd´s:
trabalho. - Dvd´s – O Crepúsculo
• A BE apoia os • A BE fez o registo de observação das
utilizadores no acesso actividades desenvolvidas e da análise
à colecção, aos dessas observações conclui que:
equipamentos, à -…
leitura, à pesquisa e
ao uso da informação.

6 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

• A BE planifica com • Informação recolhida com • A BE aplicou o questionário QA4 aos


docentes,departamen recurso ao sistema alunos tendo registado as seguintes
tos curriculares e automatizado de gestão conclusões:
demais estruturas de bibliográfica. - X dos classifica como BOM o horário da
coordenação
• Registos de observação das BE;
educativa e de
supervisão actividades desenvolvidas. - X dos alunos consideram como
pedagógica. • Questionários (QA4), SUFICIENTE o conhecimento que tem do
• A BE desenvolve entrevistas ou outros regulamento de acesso à BE.
projectos com a realizados no âmbito da
escola. avaliação da BE. • As conclusões do Relatório de Avaliação
• A BE assume-se como • Excertos de documentação da BE estão referidas nas actas dos
pólo de fomento e de recolhida. órgãos de administração e gestão da
difusão cultural. • … escola.
• A BE implementa • A avaliação do Plano Anual de Actividades
um sistema de da Escola integra a avaliação da BE,
auto-avaliação tendo concluído que:
contínuo. - foram dinamizadas X actividades;
• Os órgãos de - não foram concretizadas X actividades
direcção, das X inicialmente previstas;
administração e …
gestão são
envolvidos no
processo de
autoavaliação da
BE.
• Os instrumentos de
recolha de
informação são
aplicados, de forma
sistemática, e no
decurso do

7 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

processo de gestão.
• A informação
recolhida é
analisada e os
resultados da
análise/avaliação
originam, quando
necessário, a
redefinição de
estratégias, sendo
integrados no
processo de
planeamento.
• Os resultados da
auto-avaliação são
divulgados junto
dos órgãos de
direcção,
administração e
gestão (conselho
geral, director,
conselho
pedagógico),
estruturas de
coordenação
educativa e de
supervisão
pedagógica, e da
restante
comunidade, com o
objectivo de

8 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

promover e
valorizar as mais-
valias da BE e de
alertar para os
pontos fracos do
seu funcionamento.
• São realizadas
actividades de
benchmarking.
• A auto-avaliação da
escola integra os
resultados da auto-
avaliação da BE.

9 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues
A. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha Evidências Passíveis de Serem
Sucesso de Evidências Propostos Extraídas dos Instrumentos de
pelo Modelo Recolha de Evidências

10 O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


Gina Rodrigues