Capital humano

Capital humano

sorriso

U

tou cheia de malícia e graça. O assunto também virou

nossa equipe o abastece de informações que facilitam

piada de salão, de Twitter e inspirou humoristas.

sua rotina de trabalho. Nessa ocasião, toda a direto-

abre portas

Um

neira responsável. “Ao receber um novo funcionário,

que

Pesquisadores garantem que investir no bom humor dos colaboradores
favorece o crescimento pessoal deles e contribui para elevar o faturamento
da empresa

ria lhe é apresentada, independentemente do cargo

Definitivamente, o brasileiro é reconhecido pelo jeito

que irá ocupar. Os conceitos, os valores e a missão

bem-humorado de encarar o dia a dia. A antropóloga

da companhia são passados e o recém-admitido é

Mirian Goldenberg, por exemplo, acaba de aplicar 200

convidado a compartilhá-los conosco”, detalha Paulo

questionários e realizar 50 entrevistas em profundidade

Rosa, gerente de Recursos Humanos da Atlas.

com homens e mulheres moradores do Rio de Janeiro
com o objetivo de investigar a cultura da risada.

Outra prática recorrente entre os colaboradores da
empresa e que contribui para o bom humor é a gi-

A tabulação dos dados revelou que 84% dos homens

nástica laboral, que consiste em exercícios de alonga-

riem mais que as mulheres (68%). A maioria masculina

mento conduzidos por um profissional de educação

acha que ri o suficiente: 60% dos homens dizem que

física, contemplando todas as partes do corpo. “A aula

não precisam rir mais. Já entre elas, 60% desejam

é bastante aguardada por todos. Muitos se divertem

sorrir mais. Mas cuidado: antes de incorporar a figura

Um estudo publicado pela Escola de Direção Empresa-

diversas esferas. Basta cultivar o bom humor e saber

levando objetos e interagindo entre si. Além disso, o

do bem-humorado entre os colegas de trabalho, se-

rial da Universidade Bocconi, de Milão, na Itália, afirma

controlar as emoções nos momentos oportunos.

momento torna-se oportuno para recarregar as ener-

guem algumas dicas básicas:

gias e aliviar o nível de estresse”, afirma o gerente.

1. Em hipótese alguma, conte piadas de conteúdo

que rir no escritório faz bem, uma vez que levanta o ânimo dos colegas e potencializa o status do chefe.

preconceituoso ou com humor negro;

“Para um bom rendimento profissional, não basta
ter um alto QI. Atualmente, nós passamos a lidar

Ao formar sua equipe, o psicólogo Armando Ribeiro

2. Atribua apelidos somente se os colegas de tra-

De acordo com o levantamento, realizado entre 1.860

um pouco mais com aquilo que chamamos de in-

das Neves Neto sugere que o gestor o faça de manei-

balho sentirem-se queridos com a brincadeira. Não

funcionários de empresas de Itália, França, Alemanha,

teligência emocional. Ou seja, talvez mais impor-

ra estratégica, atentando-se à qualidade emocional de

faça uso de termos constrangedores;

Reino Unido, Estados Unidos, Rússia e Japão, 98%

tante do que ter um pensamento lógico, racional,

seus funcionários, formando uma equipe de personali-

3. Não queira transparecer intimidade com seu co-

dos entrevistados reconheceram que lançam mão do

é a maneira como praticamos esse pensamen-

dades heterogêneas e motivada, com alto astral.

lega de trabalho quando esta não existe;

humor no ambiente de trabalho e 99% afirmaram que

to”, alerta Armando Ribeiro das Neves Neto, psi-

apreciam o bom humor. Números que impressionam

cólogo e professor do curso de aprimoramento

“No ambiente corporativo, temos de lidar com a pres-

dia”, “boa-tarde”, “como vai você”, entre outras,

diante de um ato tão simples e singelo que, por vezes,

em Terapia Cognitivo-Comportamental em Saú-

são exercida pelos chefes, prazos, entre outras ques-

ajudam a manter o clima cordial;

faz que seus benefícios passem despercebidos.

de Mental da Universidade de São Paulo (USP).

tões que podem interferir no bom andamento da rotina.

5. Não interrompa o trabalho alheio para contar

A raiva também é um sentimento a ser trabalhado. Hoje,

piadas. Há momentos oportunos no transcorrer

4. Ao chegar à empresa, expressões como “bom-

Do ponto de vista da fisiologia humana, um sorriso é

Inteligência emocional

da mesma forma que temos programas de redução do

do dia para isso;

capaz de movimentar 12 músculos do rosto. Se a ale-

Diante de um cenário em que a modernização está ao

estresse, existem os de gerenciamento da raiva, tama-

6. Evite comentar fatos engraçados que ocorreram

gria for tamanha a ponto de disparar uma gargalha-

alcance de todos, o diferencial não está mais na tecno-

nha a importância do tema”, detalha Armando.

com amigos de trabalho fora do ambiente da em-

da, serão 24 no total. Além disso, o ar é expelido em

logia, mas sim na capacitação técnica e no desenvolvi-

alta velocidade dos pulmões e todo o corpo fica oxi-

mento motivacional e emocional do colaborador.

genado. Isso tudo ajuda a manter uma boa condição

presa. Eles podem não gostar;

Dicas fundamentais

7. Evite “piadas internas”, ou seja, aquelas que so-

A polêmica bolinha de papel que voou na cabeça do

mente são compreendidas por você e alguns pou-

aeróbica e a pensar com mais clareza e criatividade.

As dinâmicas de integração promovidas pelas empre-

candidato José Serra durante a campanha para presi-

cos colegas;

Levando-se em conta todos esses aspectos, especia-

sas também ajudam a colher bons frutos nesse senti-

dente inspirou os sambistas Tantinho da Mangueira e

8. Não se esforce para transparecer de bom hu-

listas são unânimes: sorrir só traz benefícios, nas mais

do, contribuindo para descontrair o ambiente de ma-

Serginho Procópio. Numa mesa de bar, a canção bro-

mor. Ele é algo espontâneo e natural.

26

27

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful