Você está na página 1de 7

PLANEJAMENTO ANUAL – 2010

Série/Ano: 1° Ano do Ensino Médio

Disciplina: Biologia
Prof.ª : Caroline Souza e Vilasboas Di Benedette
www.professoracaroline.blogspot.com
www.ensinarbiologia.blogspot.com
Material adotado: Fundamentos da Biologia Moderna, Amabis & Martho, Ed. Moderna
Paradidático adotado: Seqüenciaram o genoma humano.. E agora?, Lygia da Veiga Pereira, Ed. Moderna

O ensino-aprendizagem de Ciências deve nortear-se pela capacidade de instrumentar o aluno – futuro cidadão com
qualquer profissão – para melhor compreender a realidade onde se insere, possibilitando-lhe
uma atuação consciente sobre ela”
Delizoicov e Angotti, 2000
CONTEÚDOS

CONCEITUAIS PROCEDIMENTAIS ATITUDINAIS

- O que é vida- introdução à - Caracterizar ciência reconhecendo os papéis da observação, da formulação de hipóteses e da - Compreender a visão científica
experimentação na produção do conhecimento científico.
Biologia; atual sobre as origens do
PT: universo, do Sistema Solar, da
- Organização geral dos seres - (Atividade: Oficina de Ciência- realizando um experimento científico) Terra, e dos seres vivos, de
vivos; - (Validando os experimentos de Pasteur: produzindo e analisando caldos nutritivos) modo a acrescentar opções
-Identificar e explicar os principais atributos dos seres vivos e os diferentes níveis hierárquicos de para reflexão sobre si mesmo
- Teoria celular; organização do mundo vivo. perante o mundo.

Tópicos em evolução: - Apresentar suposições e hipóteses acerca dos fenômenos biológicos em estudo.

- Compreender a visão científica atual sobre as origens do universo, do Sistema Solar, da Terra, e dos - Interessar-se pelo despertar
- Biogênese e abiogênese seres vivos. da curiosidade científica;
/experimentos correlatos.
- Identificar a interferência de aspectos místicos e culturais nos conhecimentos do senso comum
relacionados a aspectos biológicos.
- Teoria de Hurley e Oparin, - Utilizar noções e conceitos da
Miller e Urey. - Comparar as hipóteses heterotrófica e autotrófica, formuladas para explicar a origem da vida, Biologia em novas situações de
identificando suas diferenças e compreendendo por que as evidências atuais apontam para a aprendizado (existencial ou
aceitação da hipótese autotrófica.
- Origem dos primeiros seres escolar).
vivos; - Compreender alguns fatos históricos sobre a biologia celular e sua importância como unificadora de
conhecimento de Biologia.
- A conquista dos diversos - Relacionar fenômenos, fatos,
- Compreender que na matéria orgânica predominam certos elementos químicos (C, H, O, N, P, S),
ambientes pelos seres vivos; que compõem diversos tipos de substâncias orgânicas, principalmente glicídios, lipídios, proteínas e processos e idéias em Biologia,
ácidos nucléicos. elaborando conceitos,
- Evolução dos processos identificando regularidades e
- Comparar as diversas estruturas e funções das substâncias bioquímicas que interagem nas células
energéticos ( introdução); vivas.
diferenças, construindo
generalizações.
(PT: Visualizar o DNA de frutas através de extração simples feita em laboratório).
Biologia Celular
(PT: Observar a atividade enzimática através de experimentos com batata e água oxigenada/ saliva).
- Estrutura de vírus, bactérias e
células eucariontes. - Reconhecer o papel das enzimas como catalisadores biológicos responsáveis pelo controle de - Selecionar e utilizar
praticamente todas as reações fundamentais à vida.
metodologias científicas
-Bioquímica celular I: - Conhecer os princípios básicos do funcionamento dos microscópios. adequadas para a resolução de
compostos inorgânicos- água e problemas, fazendo uso,
sais minerais. - Conhecer unidade de medida utilizadas em microscopia. quando for o caso, de
- Compreender a fisiologia das biomembranas: difusão, osmose, transporte ativo, endocitose, tratamento estatístico na
-Bioquímica celular II: exocitose. análise de dados coletados.
compostos orgânicos:
(PT: Observar o processo da osmose através de práticas com verduras e papel celofane).
proteínas, carboidratos, ácidos
nucléicos e vitaminas. - Identificar partes fundamentais da célula eucariótica animal e vegetal, distinguindo-as das células
procarióticas e vírus.
- Introdução à estrutura - Reconhecer a Biologia como
- Compreender através da observação de vídeos e esquemas a dinâmica e a função dos
celular: Biomembranas compartimentos celulares. um fazer humanos, portanto,
histórico, fruto da conjunção de
- Transporte pelas membranas; - Conceituar respiração celular e fermentação e compreender as principais etapas desses processos, fatores sociais, políticos,
identificando os locais da célula onde ocorrem. econômicos, culturais,
- Organização do citoplasma da (PT: montar uma maquete comestível de célula eucarionte, apresentando para a sala seus principais religiosos e tecnológicos.
célula eucarionte e constituintes e funções).
procarionte: função e inter-
- Identificar o ATP como molécula intermediadoras dos processos energéticos celulares e
relação entre os compreender os mecanismos de sua síntese.
compartimentos celulares. - Valorizar o conhecimento
- Comparar os processos energéticos respiração aeróbia e fotossíntese. científico básico para o atual
- Metabolismo celular: desenvolvimento tecnológico;
(PT: observação da fermentação em leveduras; fabricação de pão caseiro e iogurte)
respiração aeróbia,
fermentação e fotossíntese.
- Reconhecer a importância dos estudos aprofundados sobre cromossomos e genes para diagnóstico - Saber lidar com erros e
e a prevenção de síndromes cromossômicas, o que permite relacionar positivamente a ciência com a
melhora das condições de vida da humanidade.
acertos;
- Evolução dos processos
energéticos e endossimbiose. - Reconhecer a importância da divisão celular na origem, no crescimento e desenvolvimento de
qualquer ser vivo e, portanto, na perpetuação da própria vida.
- Núcleo celular: estrutura, - Compreender que o núcleo das células eucarióticas é o centro de controle das atividades celulares e
- Aprender e desenvolver a
funcionamento e dinâmica compreender os níveis de organização cromossômica. liderança e o trabalho em
com os demais grupo;
compartimentos celulares.
- Conhecer o número normal de cromossomos na espécie humana, conceituando autossomos e
cromossomos sexuais.
- Divisão celular: mitose e - Valorizar os ensinamentos
meiose/ formação de gametas - Reconhecer que as alterações numéricas de cromossomos podem causar diversas mutações. Franciscanos;
e esporos. - Identificar através da análise de idiogramas e cariótipos as mutações cromossômicas mais comuns.

- Espermatogênese e - Identificar as diferentes fases da divisão celular (mitose e meiose). - Compreender o papel do
ovulogênese homem na natureza;
- Compreender a importância da mitose e meiose para a continuidade da vida.

- Aberrações cromossômicas; - Compreender os fenômenos da não-disjunção e como eles podem gerar células com aneuploidias.

- O controle gênico das - Comparar os processos acima com relação à produção de variabilidade genética. -Obedecer a regras pré-
atividades celulares e a síntese - Compreender o processo de síntese de proteínas, reconhecendo os principais agentes biológicos estabelecidas;
de proteínas. participantes.

- Utilizar a tabela do código genético para decodificar DNA e RNAm.


- Desenvolver concentração,
Noções de embriologia animal (PT: Dinâmica do código genético) criatividade, escrita e
verbalização das idéias por
-Desenvolvimento embrionário - Contextualizar os conteúdos referentes à citologia através de leitura de textos, notícias, etc. meio de atividades em grupo e
modelo. individuais;
-Células-tronco: origem, (Ver PT: Maquete comestível de células) - Perceber o seu potencial
função, terapia e ética. quanto agente transformador
- Reconhecer o núcleo das células eucarióticas como centro de controle das atividades celulares e da sociedade ;
Diversidade celular dos compreender os níveis de organização cromossômica.
animais: histologia animal.
- Reconhecer a reprodução como a característica mais fundamental dos seres vivos, que garante a
continuidade da vida em nosso planeta, e valorizar o conhecimento sistemático sobre o
- Tecido epitelial. desenvolvimento embrionário. - Compreender e elaborar
soluções para a interação
- Tecidos conjuntivos - Reconhecer os principais mecanismos biológicos que envolvem a espermatogênese e ovulogênese; homem/natureza, para que
propriamente ditos. - Compreender a relação entre a ovulogênese e período fértil feminino. ambas as partes possam
estabelecer interação
- Analisar criticamente os principais métodos contraceptivos; harmônica;
- Tecidos conjuntivos especiais: (PT: vídeo sobre o desenvolvimento embrionário do ser humano desde a concepção).

- Apontar os principais mecanismos de obtenção de células-tronco, suas vantagens e desvantagens. - Reconhecer que a diversidade
1. Cartilaginoso de seres existentes no planeta é
- Reconhecer as fases da embriogênese das quais pode-se retirar células-tronco.
essencial para a manutenção da
2. Ósseo - Desenvolver uma visão crítica sobre os aspectos éticos e religiosos que abrangem o assunto. vida.

3. Hematopoiético (PT: realização de debate sobre a terapia com células-tronco)

- Compreender a estrutura geral dos principais tecidos animais bem como suas funções no corpo. - Valorizar e aplicar os cuidados
com ambiente natural;
- Tecido sanguíneo. PT: Observar e identificar os tecidos através da visualização de lâminas preparadas com material
tecidual animal ao microscópio.

- Analisar e compreender os fenômenos diários e/ou patologias envolvidos com a fisiologia de tecidos - Ser consciente quanto à
- Tecido muscular. humanos (celulite, inflamação, câncer de pele, acne, leucemia, anemia, leucopenia, osteoporose, necessidade de preservação do
cicatrização de ossos, artrite, artrose, neuropatias mais comuns). meio ambiente e conservação
da fauna e flora brasileira;
- Tecido nervoso.
- Reconhecer a diversidade de seres vivos bem como os fenômenos evolutivos que a originaram.
- Compreender os mecanismos
- Classificação dos Seres vivos. - Perceber as principais interações entre os seres vivos. pelos quais a ação antrópica
interfere de maneira negativa
- Noções de cladística. - Conhecer o atual sistema de classificação de seres vivos (sistema de Linneu). na natureza.
- Identificar os principais táxons.
- Vírus.
- Perceber o sentido evolutivo da sistemática classificatória. - Perceber a importância do
- Reino Monera. estudo de todos os táxons para
- Diferenciar os principais reinos e domínios.
o desenvolvimento humano e
- Reino Protista. - Caracterizar os vírus. sustentabilidade.
- Compreender as principais características de um monera.
- Reino Fungi. - Valorizar o conhecimento da
- Observar bactérias ao microscópio óptico e compará-las morfologicamente às células eucariontes. biologia para a compreensão da
vida.
-Caracterizar os principais representantes do Reino Protista.

- Compreender a importância econômica dos diversos tipos de algas.


- Utilizar os conhecimentos
- Abordar e contextualizar biologicamente e sócio-economicamente as principais doenças causadas adquiridos para melhorar a
por vírus, bactérias e protozoários. qualidade de vida pessoal e da
- Compreender os principais mecanismos de infecção bem como a profilaxia para os mesmos. sociedade.

-Analisar a estrutura e fisiologia básica dos Fungos.

- Realizar o cultivo de diferentes fungos, sendo capaz de descrever suas principais características
através da observação de sua morfologia macro e microscópica.

- Diferenciar ao microscópio fungos, bactérias e protistas.

- Discutir a importância econômica dos fungos principalmente na produção de alimentos bem como a
relação desses microorganismos com diversas patologias.

- Apontar os aspectos mais relevantes que os microorganismos desempenham para a manutenção da


vida na Terra.

- Conhecer diferentes formas de obter informações (observação, experimento, leitura de texto e


imagem, entrevista), selecionando aquelas pertinentes ao tema biológico em estudo.

- Apresentar, de forma organizada, o conhecimento biológico apreendido, através de textos,


desenhos, esquemas, gráficos, tabelas,maquetes etc.

- Expressar dúvidas, idéias e conclusões acerca dos fenômenos biológicos.

- Formular questões, diagnósticos e propor soluções para problemas apresentados, utilizando


elementos da Biologia.

- Elaborar relatórios práticos a partir de resultados experimentais;

- Expressar dúvidas, idéias e conclusões sobre os conteúdos abordados.

- Organizar e registrar as informações através de desenhos, quadros, tabelas, esquemas, gráficos,


listas, textos e maquetes.

- Observar as diferentes características dos seres vivos por meio de práticas laboratoriais e visitas a
museus (interdisciplinar);

- Produzir textos e/ou blogs a partir da exposição e discussão dos conteúdos em sala e relacioná-los
com os principais tópicos atuais, contextualizando-os de acordo com a realidade individual.

Legendas:
PT: Detalhes em planejamento trimestral