Você está na página 1de 2

O que é design gráfico? E 10 maneiras de como se tornar um bom designer.

O que é design gráfico?

estas áreas. Um designer ignorante é como um economista que não
sabe contar.

Falamos tanto de design isso, design aquilo…mas afinal de contas, o
que é design gráfico? É fazer logos? É saber mexer no Photoshop? É
ser artista? Sim, e não. Abaixo, definições de fontes diferentes do que
vêm a ser – exatamente – design gráfico.

O trabalho de um designer gráfico se resume em resolver problemas
de comunicação: é informar algo de forma inteligível a um certo público
utilizando-se de imagens, tipos, cores, etc. Pode ser aplicado em
qualquer mídia, seja impresso em papel, em embalagem, na tela, em
“Design gráfico é o processo de comunicar visualmente utilizando animação, etc.
textos e imagens para apresentar informações. A prática de design
gráfico involve um espectro de habilidades cognitivas, estéticas e O designer gráfico é não é artista, mas age como um, passando
habilidades em tipografia, artes visuais e diagramação de páginas. sentimento para seus trabalhos e capturando a atenção do público para
Como outras formas de design, design gráfico geralmente se refere aos sua mensagem.
processos (designing) pelas quais a comunicação é criada e produtos
(designs)
que
são
gerados.” Chega a ser seguro dizer que [quase] tudo que você vê, é design
(Wikipedia – Graphic Design)
gráfico.
“Design gráfico existe desde que o homem começou a fazer pinturas
em cavernas; primeiramente em paredes de pedra ou terra seca, e hoje
globalmente na World Wide Web. Designers gráficos trabalham
fazendo design de impressos, formas visuais de informação ambiental
(sistemas de sinais) ou eletrônicos, trabalhos de propaganda,
publicação ou até websites. Tudo isso é conseguido através da
administração de habilidades e entendimento de tipografia, cores,
imagens e sons para se criar soluções visuais a problemas de
comunicação.”
(About.com – O que é um designer gráfico)

“Um designer gráfico trabalha num escritório muito louco, com um
laptop numa mão e uma raquete de ping-pong na outra. Aham – isso
seria o que você veria na TV. Na realidade, um designer gráfico
trabalha para um bando de diferentes empresas, organizações e
humanóides que chamamos de clientes. Cada um destes mencionados
precisam comunicar uma certa mensagem a certas pessoas que
chamamos de audiência-alvo (nada de dardos involvidos).
Designer gráficos fornecem essas soluções criando coisas visuais,
como pôsteres, logos, capas de livros entre outros. Mas como a
tecnologia muda sempre, muda também as “coisas” que os designers
gráficos criam. Hoje em dia, designers gráficos também estão criando
websites, animações (por exemplo, títulos de shows da TV) e muito
mais. Céus, até o termo designer “gráfico” está ficando obsoleto por
causa de novas tecnologias.”
(O que nos céus é design gráfico?)

“Design gráfico é qualquer forma de representação visual artística”
(Motto.com)

“Design gráfico é o uso de elementos gráficos e tipográficos para
comunicar uma idéia ou conceito”

10 maneiras de como se tornar um bom designer
Você provavelmente já viu listas assim antes, mas eis minha visão em
maneiras para melhorar suas habilidades e se tornar um bom designer.
Acredito que bons designers não apenas fazem bom design, mas são
conscientes, rápidos e intuitivos. Embora existem várias maneiras de
tornar-se um designer, abaixo têm uma lista de dez coisas eu sinto que
são importantes para cada designer.
1. Crie uma biblioteca de referência
É sempre bom ter referências boas e ruins. Sempre que consigo
colocar as mãos em algum pedaço de papel, tento guardá-lo. Sejam
cartões de visitas ou flyers. Por que é útil? Por um motivo simples: você
terá em mãos um rápido manual do que pode ser feito em impressão (e
o mais importante, do que não pode ser feito). Com uma biblioteca de
flyers, por exemplo, se algum dia você for contratado pra fazer um,
você já pode conferir pela sua biblioteca o que já foi feito antes, o que
já foi legal, o que já foi feito e quem sabe utilizar essas referências
como fonte de inspiração.
2. Faça pesquisas, nem que sejam mínimas
Embora o mercado atual é bem corrido, e logo logo notamos que não
há espaço para corrermos atrás de painéis de semântica, pesquisa de
mercado, etc. Mas pesquisar algo para um projeto de design é
essencial. Muitas vezes, um bom briefing com um cliente pode
responder muitas questões que você possa ter em aberto e salvá-lo de
fazer pesquisas de campo. Claro que se nem o cliente sabe muito
sobre sua empresa, digamos que talvez não seja lá uma boa idéia
trabalhar com quem não sabe o que faz. Faça brainstormings ou mindmappings rápidos, nem que seja num guardanapo. Pesquisas são
importantíssimas, mesmo quando o tempo é apertadíssimo.

(Graphicsquote.com)

“Design gráfico é uma forma de comunicação onde os designers usam
imagens, tipografia e diagramação de páginas para promover uma
mensagem.
O trabalho de design gráfico assombra você nos seus sonhos e
forçadamente rouba do seu corpo nutrientes importantes. Sua energia
então se transforma em linhas, formas, texturas, cores transformandoos em lindas obras-de-arte.
Tudo se resume em iluminar milhões de pessoas com informações
apelativas.
Se você quer descobrir o que realmente é design gráfico, tente olhar
diretamente em direção ao sol e quando você perder sua visão, você
terá sua resposta.”
“Design gráfico é pesquisa, análise, comunicação, visual,
planejamento, conceito, tipografia, solução.”
Em resumo, um designer gráfico precisa ser interdisciplinar:
precisamos saber de tudo, desde como que é feito o papel até como
que o hambúrguer é preparado. Mesmo. Um designer gráfico pode
trabalhar em todas as áreas portanto têm que ter uma noção de todas

3. Conheça-te a ti mesmo
Pode parecer uma piração sócrateana, mas isso é importante. Saiba
quais são suas limitações de antemão. Se o cliente quer um site inteiro
em Flash e você não souber como mexer nesse programa, não espere
aprender todo o necessário em dois dias. Diga logo de cara que você
não têm o conhecimento para isso. É melhor perder um cliente
honestamente, do que aceitar o trabalho e entregar o produto com
quatro mêses de atraso e com prejuízos ao cliente. Não tenha medo
em admitir que não sabe fazer algo, é um processo normal. O mais
importante de algo, não dê falsas esperanças ao cliente apenas para
deixá-lo pensando ―meu Deus, esse designer só me enrolou até agora‖.
4. Conheça-te ao teu trabalho
Um designer que não entende o trabalho que lhe foi designado é tão
útil quanto um burro-de-carga sem patas: ninguém vai a lugar algum.
Você precisa entender o que seu cliente quer e como ele o quer. Se
você vai fornecer soluções, você precisa saber as necessidades. E
muitas vezes seu cliente não vai lhe dar todas as informações que você
poderia ter, por isso a importância de uma pesquisa. Saiba o que você
está fazendo e por que você está fazendo, não só pra quem você está
fazendo.

Quando você voltar ao trabalho. Saia do 9. se o público geral do seu cliente são jovens de 15 a 18 anos. não sou Photoshop? É gigante. teoria da cor e princípios básicos do design. Note as coisas pequenas: a textura do concreto da escada. As chances de um web designer sem formação em design (os chamados ―micreiros‖) fazer um trabalho meia-boca são gigantes. E quando seu cliente ver sua paixão pelo design. Desafie-se Tente se surpreender. que pode ter uma idade de 40 a 50 anos. Não tente criar uma obra de arte Essa é difícil para muitos designers. Corel Draw e Illustrator mas não entender nada sobre gestalt. ótimo. talvez você realmente deva alterar alguma coisa. 7. lá! Não falei isso também! Qual a vantagem de um web designer que sabe de design gráfico sobre um web designer que fez um curso de Agora. vive design. por exemplo. tipografia. Isso reflete na qualidade dos seus trabalhos e reflete nos seus clientes. mas preciso esclarecer algo para vocês: design para web e web design são duas coisas completamente diferentes. a tinta escorrendo daquela pixação no muro. Acredite. Não acredite neles! Design não é só mecher em software. justifique-se e explique porque você fez desta maneira. por exemplo. Se você entrou nesse ramo odiando cada segundo. . mas algo para solucionar o problema do seu cliente. não quero dizer que ele sabe mexer no Orkut e no MSN Messenger. Se eles não gostarem. Somos perfecionistas natos. apenas boas faculdades ensinam isso. E isso é o que diferencia um designer de um web designer. Mas isso não quer dizer que você é um web designer competente. O que seu cliente gosta pode não ser o que os clientes dele gostam. Ou como uma web? Você acha importante um designer ter formação acadêmica para pessoa que só não possui um mouse pode navegar pelo site. queremos algo que nós mesmos olhemos e digamos ―nossa…esse com certeza vai para meu portfólio‖.5. uma linguagem formal demais pode ser inapropriada embora seja apropriada para seu cliente. Mas muitas vezes clientes discordam e precisamos fazer algo que eles achem bom. Pera quanto um designer). Amor é contagioso. sua mente estará refrescada e pronto para agir. ele será contagiado também. é necessário entender que o produto final não vai ser para seu cliente. é preciso lembrar a si mesmo que é para um público maior. vá dar umas voltas. Para sites e produtos que involvam interação com um usuário. design não é só desenhar. Quando falo que alguém entende de web. desenvolvimento de identidades visuais. Lembre-se que você fornece soluções para seu cliente.com. O que deixa bem claro que design impresso é diferente de design para a tela. É o cara que vai ser contratado no final do serviço e os programadores vão dizer: ―olha. escritório ou de sua casa. Se seu cliente não gostar de algo que você fez. Depende do serviço que você quer. Se eles repensarem sua opinião. Se for criar um cartaz para divulgar um evento. quero dizer que essa pessoa sabe programar e fazer sites para a web. você pode ir com o designer gráfico (ou o web designer – estou assumindo aqui que ele sabe tão bem de design ―Ah. Você só têm a ganhar. quem sabe não seja interessante pegar alguém sem muito conhecimento em navegação para internet para testar se seu produto é usável. Daí você vai lembrar deste site e vai sentir vontadezinha de doar um pouquinho do dinheiro. 11. aprendemos sobre ninguém para julgar. observe o mundo ao seu redor. E os clientes dele também serão. Se você têm uma idéia mas que parece arriscada. Mas qual a sua opinião sobre isto? Você acha que usabilidade e acessibilidade. Ele não vai ser contratado para lidar com os elementos de navegação. quer seja na diagramação de revistas. O designer para web é o designer que não entende bulhufas de código. Você poder desenvolver trabalhos de bom porte? Um web designer precisa saber HTML e CSS além de design gráfico. um web designer é o caminho por ir. justifique suas escolhas. 6. Pode ser que sua idéia seja algo extremamente inovativo nunca tentado antes e você vire milionário. Logo. ———————————————— 8. E quando digo isso. Têm muito designer lá fora dizendo que faz web design. ―Então o que faz o designer para web?‖. mas respira design. Mas não é só lembrar seu cliente que o design é pro público. Ame design Não existe nada melhor que um profissional que ama seu trabalho. Se for para criar um site bonito que funcione. O web designer precisa pensar como que designer deveria só trabalhar com design e web designer somente com um deficiente visual vai visualizar o site. portanto ame ao máximo. mas para os clientes dele: o público geral. né? Creditos: Digital Paper Web http://digitalpaperweb. se no final das contas um é melhor que o outro. se você está preso entre duas opções ou se você simplesmente não sabe o que fazer. claro. ―Quem é melhor? O designer gráfico ou o web designer?‖. (Bônus) Estude design Afinal de contas. O web designer vai criar toda a parte gráfica do site (interface. Pergunte a opinião de outros designers também. agregar valor a uma marca e aumentar lucros para seu cliente. Ele vai apenas criar ―o visual‖ do site. aqui está uma tela de 1024×768 pixels. Conheça-te a quem você faz design Embora sempre fale-se de cliente isso. então eu não preciso ser designer para ser web designer!‖. Caso contrário. Você não aprende isso nestes cursinhos de seis mêses de design. e enfatize o público geral. e seu objetivo não é criar algo para seu portfólio. etc. Como designer gráfico. Se algo te incomoda. 10. por que continuar aqui? Um designer não só trabalha com design. Dê umas voltas Especialmente útil quando voce tiver um bloqueio mental. dê umas voltas pela quadra. Receba opiniões É importante um designer receber opiniões referentes ao seu trabalho. qual é a diferença?‖. diagramação. etc. Design é encontrar soluções para viabilizar um produto. Existem milhares de cursos aí por fora que ensinam você a ser designer. Desenhe um site dentro deste espaço―. ―Ok Canha. do que adianta ser apaixonado e saber tudo sobre Photoshop. mesmo que ele realmente seja o mestre do Photoshop e do Flash. tente de qualquer maneira. Distraia sua mente. cliente aquilo. É simples! Um web designer entende de web. honestamente. etc) e depois vai criar o HTML e o CSS disto tudo. aprende a lidar com isso no design gráfico.br/ezine/…design-grafico Design gráfico x Web design É comprovado: você pode ser o melhor designer na sua área.