Você está na página 1de 14
TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859

TERÇA-FEIRA

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.1859

Versão na internet folhaextra.com TERÇA-FEIRA , 05 DE DEZEMBRO

Versão na internet folhaextra.com

TERÇA-FEIRA , 05 DE DEZEMBRO

DE 2017 - ANO 14 - Nº 1859 - R$ 1,00

, 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ANO 14 - Nº 1859 - R$ 1,00 A

A

1

05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ANO 14 - Nº 1859 - R$ 1,00 A 1
FOLH AEXTRA
FOLH
AEXTRA

O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ!

O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS

DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ! O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS

JABOTI

VI edição da Expo

Morango é um

sucesso e atrai público

de toda região

No último fim de semana, Jaboti foi palco de uma festa que tem se tornado uma das maiores comemorações tradicionais da região, a Expo Morango. A VI edição da festa, organizada pela empresa Oliveira Aguiar, contou com diversas atrações

artísticas. Leia na página A8

G I LMAR A SI LVA - F OLH A EXTR A

ANI LO NI SH I MUR A

D

A8 G I LMAR A SI LVA - F OLH A EXTR A ANI LO NI

ADI-PR elege nova diretoria

Proprietários e Diretores dos jornais filiados à Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná (ADI-PR) estiveram reunidos no sábado (25) em Puerto Iguazu, no Falls Iguazu Hotel e Spa, em Assembleia Geral Ordinária. Na oportuni- dade, diversos temas importantes foram discutidos, desde a alteração dos estatutos da entidade até a eleição da nova Diretoria. Página A5

D

I VULG

AÇÃO

a eleição da nova Diretoria. Página A5 D I VULG AÇÃO Campeonato de parapente colore o

Campeonato de parapente colore o céu de Japira e encanta expectadores

Município sediou a etapa final do Campeonato Paranaense de Parapente 2017 que aconteceu neste final de semana. Pág. A5

Homem mata esposa com golpes de machado e marretadas

Um crime violento chocou a popu- lação do município de Carlópolis na madrugada desta segunda-feira (4). Por volta das 2h30, um homem se dirigiu até o Departamento da Polí- cia Militar do município para realizar uma denúncia. Segundo ele, seu ir- mão havia agredido sua cunhada e a mesma estava caída ao chão toda ensanguentada.Pág. A7

D

I VULG

AÇÃO

caída ao chão toda ensanguentada. Pág. A7 D I VULG AÇÃO Três pessoas morrem em dois

Três pessoas morrem em dois acidentes na PR-092 durante final de semana

O grande fluxo de veículos alinhado a imprudências e trechos pe- rigosos têm feito da PR-092 uma ceifadora de vidas. São condu- tores, passageiros e pedestres, que acabam sendo vítimas de aci- dentes envolvendo veículos leves, pesados e motocicletas. Neste domingo (3), infelizmente, as estatísticas não foram diferentes do que se tem visto nos últimos dias. Mais três pessoas perderam suas vidas na PR-092 enquanto outras três pessoas ficaram feri- das, sendo uma delas em estado grave. Página A7

suas vidas na PR-092 enquanto outras três pessoas ficaram feri- das, sendo uma delas em estado
suas vidas na PR-092 enquanto outras três pessoas ficaram feri- das, sendo uma delas em estado
suas vidas na PR-092 enquanto outras três pessoas ficaram feri- das, sendo uma delas em estado
suas vidas na PR-092 enquanto outras três pessoas ficaram feri- das, sendo uma delas em estado

A

2

OPINIÃO

A 2 OPINIÃO TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859 “ A Polícia Civil do

TERÇA-FEIRA

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.1859

A 2 OPINIÃO TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859 “ A Polícia Civil do
“ A Polícia Civil do Paraná se “ O recadastramento eleitoral modernizou e presta um
“ A Polícia Civil do Paraná se
“ O recadastramento eleitoral
modernizou e presta um serviço
é extremamente importante para a
Olha o
transparente e de qualidade ao nosso
que foi
sistema de segurança pública
população, pois sem esse cadastro os
paranaenses não poderão exercer o
direito do voto
dito!
Cida Borghetti –
vice-governadora do Paraná
Ademar Traiano –
presidente da Alep

Editorial

A gente não quer só comida

Por muitas vezes o Norte Pioneiro foi lembrado pelas mortes nas es- tradas, pela carência de recursos e pelo esquecimento do Governo do estado. Hoje, porém, é possível visualizar uma perspectiva, a região é pal- co de grandes acontecimentos, os rodeios acontecem em arenas grandiosas e repletas de público,

o esporte praticado não se limita

mais ao tradicional futebol, mas à todas modalidades, inclusive

as radicais como o parapente. Deixando de lado a banalidade de alguns eventos já “batidos”, é possível reunir as pessoas para prestigiar acontecimentos real- mente interessantes e novos para

a região, mas por que não inves-

tir mais? Novidades variadas, novos sen- tidos explorados, o Norte Pio- neiro também merece desfrutar do novo. Eventos que envolvam novos esportes, aprendizado e leitura. É importante também remeter aos esquecidos, aquelas atividades

que fizeram parte da infância dos

avós e até dos pais. Brincadeiras que envolviam contato entre seres humanos e não aparelhos eletrô- nicos, que geravam histórias e não lembranças na timeline. Proporcionar tudo isso à popu- lação também é dever do poder público, qualidade de vida, esse é o objetivo.

CHARGE
CHARGE

Artigo

Artigo

Pessoas maduras não se ofendem com qualquer coisa

Por MARCEL CAMARGO

Durante os nossos dias, passa- remos por situações várias, que nos agradarão ou nos deixarão irritados, magoados, ou mesmo ofendidos. Primeiramente, nin- guém tem a obrigação de agradar

a ninguém, a não ser que esteja

prestando algum tipo de serviço, ou num relacionamento afetivo, por exemplo. Temos obrigação de ser cordiais sem ultrapassar

a dignidade alheia, no entanto,

ninguém precisa gostar ou con-

cordar, basta manter o respeito entre as partes. Ainda assim, existem pessoas que parecem necessitar de papa- ricos por parte de todos, como

se qualquer um tivesse a obriga-

ção de medir as palavras, o tom da voz, a linguagem que seja, ao

se comunicar com elas. E, assim,

temos que pisar em ovos ao fa- larmos com elas sobre qualquer assunto, uma vez que tudo o que

não as contenta soa a ofensa pes- soal, a grosseria, a perseguição. Geralmente, quem se ofende de- mais, com tudo e com todos, é aquele tipo de pessoa que pen-

sa ser o centro do universo, ser

a causa e a consequência das

ações de quem quer que seja, como se todo mundo agisse pen- sando nela. Esses indivíduos en- xergam indiretas até mesmo em um simples “bom dia”, pois, na sua mente egoísta, o que acon-

tece no universo conspira con- tra eles. Que bom se pudessem

se conscientizar do seguinte: na

verdade, ninguém liga! Porque poucos se lembrarão de nós ou se importarão de verdade conosco, e quase ninguém ficará do nosso lado quando não ti-

vermos nada a oferecer, quando

precisaremos receber. O dia a dia caótico e acelerado nos impede de ficar agindo de acordo com o que fulano ou ciclano pensarão

a respeito, de articularmos nos-

sas atitudes a fim de atingirmos os outros. A grande maioria das pessoas age conforme aquilo que possui dentro de si e preten-

dendo atingir algum fim que em nada tem a ver com os outros. Embora existam aqueles que te-

rão prazer em provocar qualquer um que lhes atravessar o cami- nho, são poucos, em compara-

ção com a maioria de nós, que segue a vida cumprindo com as

obrigações e buscando a felicida- de. Sentir-se ofendido quando se

é diretamente atingido pela mal-

dade alheia é saudável e útil para se defender, porém, sentir-se

ofendido com qualquer palavra que disserem, mesmo por parte

de quem nem sabe que a gente

existe, é descabido e incoerente. Uma pena que quem age dessa forma dificilmente reverá seus conceitos. Uma pena mesmo.

forma dificilmente reverá seus conceitos. Uma pena mesmo. COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM Só a prevenção

COMENTE O ASSUNTO.

ACESSE FOLHAEXTRA.COM

Só a prevenção pode evitar as mortes por Aids

Por LUIZ CLÁUDIO ROMANELLI – DEPUTADO ESTADUAL

O Dia Mundial de Luta contra

a Aids foi lembrado na ultima

sexta-feira (1º). A data foi cria- da em 1987 para alertar a po- pulação sobre um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. Só em 2016, foram 38.090 novos casos registrados no Brasil. Quase 21 milhões de pessoas são portadoras do HIV no mundo, das quais 830 mil pessoas no Brasil (2016). Segundo o Boletim Epidemio- lógico de HIV/Aids, lançado em Curitiba pelo ministro Ricardo Barros, nos últimos dez anos,

há uma tendência de queda de

casos em mulheres e aumento em homens. Em 2016, foram 22 casos de Aids em homens para cada 10 casos em mulheres. Em relação à faixa etária, a taxa de detecção quase triplicou entre os homens de 15 a 19 anos, passando de 2,4 casos por 100

mil habitantes em 2006 para 6,7 casos em 2016. Entre os com 20 a 24 anos passou de 16 casos de aids por 100 mil habitantes, em 2006, para 33,9 casos em 2016. Já nas mulheres, houve aumento da doença entre 15 a 19 anos - pas- sou de 3,6 casos para 4,1. Tam- bém há crescimento em idosas acima dos 60 anos, passando de 5,6 para 6,4 casos por 100 mil habitantes. Quanto à forma de transmis- são, a doença cresce entre ho- mossexuais, mudando o perfil, nos últimos dez anos, quando a proporção maior de caso era de transmissão heterossexual. Na comparação a 2006, observa-se aumento de 33% nos casos de transmissão de homens que fa- zem sexo com homens. Em artigo assinado na Folha de São Paulo, Mario Sheffer, pro-

fessor do Departamento de Me- dicina Preventiva da Faculdade

de Medicina da USP e Caio Ro- senthal, médico infectologista e membro do Conselho Regional de Medicina de São Paulo apon- tam retrocesso nas politicas de prevenção à doença, especial- mente para evitar o crescimen-

to entre os jovens.

“Campanhas e ações de saúde não alcançam as mudanças ge- racionais, de comportamento

e os novos espaços de socia-

bilidade, inclusive digitais. Na esteira de movimentos como

o escola sem partido, conser-

vadores impõem no ambiente escolar o silêncio sobre sexuali- dade, noção de risco, gênero e

preconceito, temas fundamen- tais para dialogar sobre aids com jovens”, dizem os médicos. Eles alertam: “Não é o fato de pertencer a um grupo ou de vi-

ver em determinados contextos que leva alguém a se infectar pelo HIV, mas sim a combinação entre práticas sexuais desprote- gidas, ausência de políticas de prevenção, negação de direitos, racismo, sexismo, homofobia, pobreza, violência e sujeição ao duplo estigma da identidade e

da condição de saúde”. Segundo relatório da Organi- zação Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Programa Con-

junto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), a ampliação do acesso a todas as opções de

prevenção ao HIV poderia re- duzir o número de novos casos do vírus na América Latina e Caribe, que desde 2010 se man- têm em 120 mil por ano. A Unaids avalia que para redu- zir as novas infecções entre as populações-chave é preciso adotar ações de prevenção do

HIV que sejam específicas e de alto impacto, além de acesso a tratamento para todos.

O Ministério da Saúde perce-

beu a importância de ampliar os programas de prevenção,

especialmente entre os jovens.

A nova campanha publicitária

traz o slogan “Vamos combinar?

Prevenir é viver” e a hashtag #VamosCombinar e tem foco nos jovens, reforçando as di- versas formas de prevenção do HIV garantidas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde.

Conta com filme para TV aberta

e fechada, além da divulgação

nas mídias sociais. O clipe tem

a participação do grupo Dream

Team do Passinho - revelação nacional entre o público jovem - que vai convidar a população, nas redes sociais, a fazer o seu próprio passo da prevenção com a canção do filme. Além

disso, haverá ações específicas nas redes sociais para públi- cos segmentados como pro-

fissionais de saúde, gestores, homens que fazem sexo com homens, gestantes e população trans.

Em meio a tantos números preocupantes quando se fala da Aids, pelo menos uma boa noticia: Curitiba e o primeiro município brasileiro a ficar livre da transmissão de mãe para fi- lho. Em 2016, foram notificados 209 casos de Aids e 689 casos de HIV na cidade.

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM FOLHAEXTRA.COM

TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859 POLÍTICA A 3 ENCONTRO DE DELEGADOS Cida

TERÇA-FEIRA

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.1859

POLÍTICA

A 3

ENCONTRO DE DELEGADOS

Cida Borghetti destaca investimentos do Estado na Polícia Civil

Foram abordados temas como a equiparação salarial das carreiras jurídicas do Estado, a especialização das funções e a negociação para acelerar o processo de contratação de novos delegados

D

I VULG

AÇÃO

Cida Borghetti, durante abertura do III Encontro Jurídico dos Delegados de Polícia do Paraná
Cida Borghetti, durante abertura do III Encontro
Jurídico dos Delegados de Polícia do Paraná
III Encontro Jurídico dos Delegados de Polícia do Paraná AEN reportagem @ fol h aext ra.co

AEN

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

O Governo do Estado vem im-

plementando uma série de ações com a finalidade de melhorar as condições de trabalho dos agentes de segurança e investi-

gação da Polícia Civil do Paraná. A afirmação foi feita pela vice- -governadora Cida Borghetti du- rante abertura do III Encontro Jurídico dos Delegados de Polí- cia do Paraná, realizado em Foz

do Iguaçu. O evento organizado

pela Associação dos Delegados

de Polícia do Paraná (Adepol-PR)

e reuniu delegados de todas as

regiões do País. “A Polícia Civil do Paraná se modernizou e presta um servi-

ço transparente e de qualidade ao nosso sistema de segurança pública. Aumentamos o efeti- vo, compramos viaturas, um helicóptero, equipamos nos-

sas forças com armas e coletes e investimos em inteligência e infraestrutura , afirmou a vice- -governadora. Ela também reforçou a necessi- dade de avançar com os núcle- os especializados de combate ao crime e as medidas adotadas pela Secretaria de Segurança Pú- blica para reduzir o número de presos nas delegacias. “Anuncia- mos recentemente a alocação de recursos do fundo penitenciário

nacional para a construção de

novas unidades prisionais. As medidas pretendem conferir a Polícia Civil maior efetividade na atividade de investigação , afir-

mou Cida. Outros temas importantes abor- dados por diversos participantes foram a equiparação salarial das carreiras jurídicas do Estado, a especialização das funções e a negociação para acelerar o pro- cesso de contratação de novos delegados. “Estamos atentos a essas demandas e vamos con- tinuar nesse processo de au- mentar o efetivo e melhorar as condições das nossas forças de segurança”, disse. Segundo o delegado-geral da Po-

lícia Civil do Paraná, Júlio Reis,

o Governo tem a preocupação

em renovar e investir na quali- dade da polícia. “Começamos

a comprar pela primeira vez na

história pistolas da marca Glock, reconhecidamente uma das me-

lhores armas no mundo, além de

investir em viaturas e novas uni- dades polícias importantes como

as Delegacias da Mulher e os Nú-

cleos de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria). O governo tem feito de tudo para avançar, mas precisamos trabalhar ainda mais juntos”, frisou. De acordo com o prefeito de Foz do Iguaçu Chico Brasileiro, os investimentos do Estado e a in- tegração do trabalho das forças ajudaram a baixar o índice de ho- micídios no município. “Histo- ricamente Foz do Iguaçu sempre teve um índice de homicídios

acima da média nacional. Graças ao envolvimento e o comprome- timento das forças policiais, e em

especial da presença da Polícia Civil em nosso munícipio, hoje Foz não faz mais parte desta lis- ta , afirmou.

Assembleia vence Prêmio “Boas Práticas Eleitorais - Biometria”, concedido pelo TRE-PR

Práticas Eleitorais - Biometria”, concedido pelo TRE-PR DAS AGÊN CIAS reportagem @ fol h aext ra.co

DAS AGÊN CIAS reportagem @ fol h aext ra.co m

O Tribunal Regional Eleitoral do

Paraná (TRE-PR) anunciou nesta sexta-feira (1) os vencedores do Prêmio “Boas Práticas Eleitorais edição 2017 - Biometria”. A As- sembleia Legislativa do Paraná

(Alep), através da TV Assembleia,

foi a campeã na categoria “Bio-

metria e a Imprensa”, pelas re- portagens e série de entrevistas realizadas para alertar e cons- cientizar os paranaenses sobre a necessidade de fazer o recadas-

tramento eleitoral e o cadastra- mento biométrico. Todo o conteúdo jornalístico produzido pela TV Assembleia

foi divulgado nos demais canais

de comunicação do Poder Le- gislativo estadual, como o site, rádio e redes sociais da Alep, conforme filosofia adotada pela Mesa Executiva, presidida

pelo deputado Ademar Traiano (PSDB), de aproximação com a população paranaense. “Adota- mos essa parceria com o TRE-PR

porque nós, do Poder Legislati- vo, representamos a população e nos compete participar de cam- panhas esclarecedoras. O alerta para o recadastramento eleito- ral é extremamente importante para a população, pois sem esse cadastro os paranaenses não po- derão exercer o direito do voto”, disse Traiano. Para a diretora de Comunica- ção da Alep, Kátia Chagas, esse prêmio mostra a importância da comunicação pública focada

no atendimento à população. “É o que procuramos fazer na Assembleia, nos aproximar da

população. Fomos a primeira As- sembleia do país a transmitir as sessões plenárias pelo Facebook, a fim de apresentar de forma mais transparente os trabalhos

da Assembleia para a população.

A TV Assembleia também tem

sido fundamental para isso e es- tamos, agora, em busca de um canal aberto de televisão para que possamos atingir todos os municípios paranaenses e mos- trar cada vez mais o trabalho desenvolvido pelos deputados estaduais do Paraná”.

O presidente do TRE-PR, desem-

bargador Xisto Pereira, ressaltou que o prêmio foi instituído em 2016 para que o TRE pudesse premiar as pessoas e instituições que têm ajudado a Justiça Elei- toral em todas as suas ações e neste ano, em especial, a biome-

tria. “Agradecemos a Assembleia

Legislativa, a TV Assembleia, nossa parceira desde o início na divulgação. Os deputados esta- duais que compareceram nas au- diências púbicas que realizamos

e ajudaram na divulgação e no

comparecimento dos eleitores no cartório eleitoral”.

REVISÃO BIOMÉTRICA

araná atingiu a marca de 6, milhões de eleitores que já fi eram o recadastramento eleitoral e o cadastro biométrico para as eleições, o que equivale a 82% do eleitorado paranaense. Até o dia 15 de dezembro esse número irá aumentar, pois ainda existem cidades realizando o processo. Para as eleições de 2018, aproximadamente 90% do eleitorado paranaense poderá votar, utilizando a biometria, e para o início de 2019 todos os eleitores do Paraná estarão cadastrados.

Dois Tempos

os eleitores do Paraná estarão cadastrados. Dois Tempos “Aliança não pode ser apenas por tempo de

“Aliança não pode ser apenas por tempo de TV”, diz Osmar Dias

não pode ser apenas por tempo de TV”, diz Osmar Dias Prestes a disputar o governo

Prestes a disputar o governo do Estado pela terceira vez, o ex-senador Osmar Dias (PDT) tem na ponta da língua as lições apreendidas com os erros cometidos, nas duas experiências anteriores mal- sucedidas, de 2006 e 2010: não aceitar indicações de candidato a vice que possam trazer problemas na campanha, e fechar alianças em cima de um programa de governo, e não de negociação de tempo na propaganda eleitoral de rádio e TV. Posto isso, Osmar garante estar pronto para a disputa e aposta na experiência como seu grande trunfo para enfrentar uma eleição marcada por profunda descrença na política.

Requião prevê revolta da classe trabalhadora

O senador Roberto Requião disse em

Campo Mourão que as reformas do governo Temer vão provocar “revolta da classe trabalhadora”. Segundo ele, só não provocou ainda porque as medidas são defendidas pela grande mídia. “Quando

o efeito dessas medidas começar a pegar

a família, isso vai explodir o Brasil”, previu

o senador. Requião esteve na cidade, em encontro do PMDB. Disse que o presidente Temer tem 97% de rejeição devido à “loucura” que vem fazendo a favor do

“grande capital”.

Congresso deve discutir nesta semana casamento gay e aborto

Sem previsão de votar a proposta de reforma da Previdência Social nos próximos dias, o Congresso Nacional deverá analisar nesta semana projetos que tratam do casamento entre pessoas do mesmo sexo e do aborto.

O governo quer votar a reforma ainda

neste ano, mas, como a base aliada indica

que não há o número de votos su cientes para aprovar as mudanças, a proposta pode ser pautada só na semana que vem. Na Câmara, a comissão especial que discute o aborto deve concluir nesta semana a votação da PEC que prevê

a garantia do direito à vida “desde a

concepção”, o que, na prática, pode proibir qualquer forma de aborto, mesmo aquelas previstas atualmente na legislação. Os senadores também podem votar nesta semana um projeto que altera

o Códico Civil para assegurar em lei o

casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Se for aprovada, a proposta será enviada à

Câmara.

Civil para assegurar em lei o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Se for aprovada, a
Civil para assegurar em lei o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Se for aprovada, a

A

4

SOCIAL

A 4 SOCIAL TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859

TERÇA-FEIRA

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.1859

A 4 SOCIAL TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859
TERÇA-FEIRA 05 D E D E Z E M B R O D E 2017

TERÇA-FEIRA

05

D E

D E Z E M B R O

D E

2017

-

E D.1859

GERAL

A

5

ADI-PR elege nova diretoria

Reunião aconteceu nos dias 25 e 26 na Argentina, com a presença de proprietários e diretores de 20 jornais filiados, além de convidados e representantes da ADI-Brasil

além de convidados e representantes da ADI-Brasil DA reportagem ASSESSORIA @ fol h aextra.co m Proprietários

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aextra.co

m

Proprietários e Diretores dos jornais filiados Associação dos Jornais Diários do Interior do araná A I- estiveram reu- nidos no sábado 2 em uerto

Igua u, no alls Igua u Hotel e pa, em Assembleia eral rdi- nária. a oportunidade, diver- sos temas importantes foram discutidos, desde a alteração dos estatutos da entidade até a eleição da nova iretoria.

A A I- foi fundada em no-

vembro de 1 e, desde então,

é o maior grupo organi ado da

mídia impressa no araná, além de fa er parte da rede da A I- - rasil, que tem mais de 120 jornais associados. a oportuni- dade foi eleita a chapa presidida por er osé Thomé, que vai coordenar as atividades durante dois anos. ogo ap s a eleição, o presiden-

te reeleito agradeceu a confian-

ça dos filiados que estiveram presentes representando 100 dos jornais associados. ossa entidade possui uma papel de muita relev ncia na defesa de atividade, a qual gera milhares de empregos diretos e indiretos em todas as fases da atividade empresarial e, que superamos mais um ano que foi de muita dificuldade para todos. A troca

de experi ncias entre as empre- sas associadas foi fundamental para ultrapassarmos mais um ano gerando empregos e bem informando a comunidade pa-

ranaense , afirma er . Ainda na noite de sábado, um

jantar festivo reuniu os parti- cipantes, cujo objetivo foi o congraçamento dos presentes

e familiares. a oportunidade

o residente da A - rasil, e- daias ereira elga, entregou uma placa homenageando o

presidente reeleito da A I- , por ter sido um dos fundadores

e primeiro presidente da A -

- rasil no ano de 1 .

D I VULG

AÇÃO

da A - - rasil no ano de 1 . D I VULG AÇÃO Chapa eleita

Chapa eleita para o Biênio 2018/2020

DIRETORIA

PRESIDENTE: NERY JOSÉ THOMÉ Tribuna do Interior Campo ourão

VICE-PRESIDENTE: JEDAIAS PEREIRA BELGA Tribuna de Cianorte Cianorte

SECRETÁRIO GERAL: ARMANDO MANFROI ornal do este Toledo

TESOUREIRO: FRANKLIN VIEIRA DA SILVA iário do orte do araná aringá

DIRETORA DE INOVAÇÃO

oiceli abrício

CONSELHO

FISCAL

ANDRÉ ALMEIDA iário do udoeste ato ranco

CAIQUE AGUSTINI Comércio nião da Vit ria

WILSON OLIVEIRA iário dos Campos onta rossa

DIRETOR COMERCIAL icardo . Ta iguti

SUPLENTES

ALCEU JUNIOR olha Extra enceslau ra

JUCELINO COSTA a eta egional oioer

IVO PEGORARO ornal de eltrão rancisco eltrão

DIRETOR DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Antonio aad ebran obrinho olha do itoral aranaguá

FINAL PARANAENSE

Campeonato de parapente colore o céu de Japira e encanta expectadores

DA

REDAÇÃO/

 

município de apira foi palco

efetivamente do evento e no

ASSESSORIA

desse grandioso e radical even-

domingo, durante a premiação

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

to esportivo que vem se tornan-

dos pilotos, ressaltou que ape-

 

do tradição na cidade, onde sempre atrai um timo público

sar de poucos recursos destina- dos ao evento, procurou junto

de toda a região, inclusive de outros estados.

com sua equipe proporcionar a melhor estrutura para todos.

A

administração municipal se

almir também garantiu que

município de apira sediou

empenhou com toda a equipe

está se empenhando em con-

a

etapa final do Campeonato

para proporcionar uma estru-

seguir mais recursos junto aos

aranaense de arapente que aconteceu nos dias 02 e 0 de

tura adequada com comodida- de e segurança para receber os

rgãos competentes do Estado, para que no pr ximo ano con-

de

embro de 201 .

 

pilotos e visitantes que vieram

siga investir em mais estrutura

evento contou com a parce-

prestigiar o evento.

radicais de várias modalidades,

e, se possível além das etapas

ria entre a prefeitura municipal

oram dois dias de um espetá-

paranaenses, também sediar o

de apira, ecretaria unicipal de Esportes, ecretaria de Cul- tura e Turismo, e a ederação

culo único na região, com voos

que coloriram o céu da cidade.

campeonato ul rasileiro de parapente. Ele finali ou agradecendo

aranaense de Voo ivre.

prefeito almir ellington

todos que colaboraram para o

ico Agudo pertencente ao

da ilva E , participou

sucesso do evento.

D

I VULG

AÇÃO

E , participou sucesso do evento. D I VULG AÇÃO Japira sediou a etapa final do

Japira sediou a etapa final do Campeonato Paranaense de Parapente nos dias 02 e 03

FAÇA PARTE DO TIME DE EMPRESAS ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS. E ainda ajude a construir
FAÇA PARTE DO TIME DE
EMPRESAS ESPECIALISTAS
EM PEQUENOS NEGÓCIOS.
E ainda ajude a construir grandes histórias.
POR QUE SER UMA
EMPRESA CREDENCIADA?
Porque o SEBRAE é referência na
abertura de negócios e tem presença
em todos os municípios do Paraná.
Por isso, prestar serviços para a
instituição é mais do que um
diferencial para sua empresa,
é ajudar a construir a história
de pequenos negócios.
ACESSE
WWW.SEBRAEPR.COM.BR/
CREDENCIAMENTO
WWW.SEBRAEPR.COM.BR/
CREDENCIAMENTO
a história de pequenos negócios. ACESSE WWW.SEBRAEPR.COM.BR/ CREDENCIAMENTO WWW.SEBRAEPR.COM.BR/ CREDENCIAMENTO

A 6

GERAL

A 6 GERAL TERÇA-FEIRA 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED.1859 D I VULG AÇÃO EM

TERÇA-FEIRA

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.1859

D

I VULG

AÇÃO

EM 2018 Com o Nota Paraná, 105 mil contribuintes vão pagar menos IPVA
EM 2018
Com o Nota Paraná, 105 mil
contribuintes vão pagar menos IPVA

Valor transferido do Nota Paraná para o pagamento do IPVA de 2018 somou R$ 13,2 milhões

Adesão este ano foi 169% maior que a registrada em 2016, quando 38,9 mil proprietários de veículos emplacados no Estado pagaram menos IPVA porque pediram “CPF na Nota”

Estado pagaram menos IPVA porque pediram “CPF na Nota” AEN reportagem @ fol h aext ra.co

AEN

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

O IPVA vai ser menor em 2018

para 104,8 mil contribuintes do Estado. Eles aproveitaram

a oportunidade oferecida pelo

Governo do Estado, em novem- bro, e usaram os créditos acu- mulados no Programa Nota Pa- raná para abater o valor integral ou parcial do imposto. O prazo

para fazer a operação terminou

na

quinta-feira (30).

O

valor transferido do Nota

Paraná para o pagamento

do IPVA de 2018 somou R$

13.216.803,21 - uma média

de R$ 126 por pessoa. Caso o

contribuinte não tenha abatido valor suficiente para quitar o tri- buto, ele receberá um boleto da Secretaria da Fazenda com a di- ferença para que o pagamento seja complementado em 2018.

EM CARLÓPOLIS

ADESÃO MAIOR

A adesão este ano foi 169% maior que a registrada em 2016, quando 38.968 proprietários de veículos emplacados no Estado pagaram menos IPVA porque pediram “CPF na Nota” em com- pras realizadas no varejo e destinaram os créditos acumulados para reduzir o valor do imposto. No ano passado foram destina- dos R$ 6,1 milhões em créditos do programa para o pagamento do IPVA e, em 2017, o incremento foi de 116%. Quem perdeu o prazo não poderá mais usar o crédito do Nota Paraná para ter desconto no IPVA de 2018. Mas os créditos acu- mulados pelos participantes do programa continuam tendo vali- dade de um ano. ota araná fa parte do ajuste fiscal do Estado e, quem pede documento fiscal nas compras que reali a, ajuda a combater a sonegação. Em troca, vai pagar menos IPVA. Ganha o Estado e ganha o contribuinte”, diz o secretário da Fazenda, Mauro Ricar- do Costa.

Sanepar discute investimentos e uso correto da rede coletora de esgoto

Na ocasião, o gerente regional da Sanepar, Juarez Wollz, apresentou os indicadores da Sanepar em todo o Estado, que tornam a empresa referência para o setor de saneamento no país

D

I VULG

AÇÃO

para o setor de saneamento no país D I VULG AÇÃO Mais de 200 pessoas participaram

Mais de 200 pessoas participaram da reunião promovida pela Sanepar

DAS AGÊN CIAS reportagem @ fol h aext ra.co m reportagem @ fol h aext ra.co m

Investimentos na cidade e uso correto da rede coletora de es- goto foram discutidos durante a

reunião, na última semana. Mais de 200 pessoas participa- ram da reunião comunitária, promovida pela Sanepar, para apresentação dos investimentos e serviços feitos pela Compa-

nhia em Carlópolis.

A implantação do sistema de

abastecimento no bairro Foga-

ça para atender 100 famílias, a

operacionalização de um novo poço para reforçar o forneci-

de um novo poço para reforçar o forneci- mento de água, e a extensão da rede

mento de água, e a extensão da

rede coletora de esgoto, realiza- da em parceria com a prefeitu- ra, foram algumas obras citadas pelo gerente regional da Sane- par, Juarez Wollz. Além destas obras, Wollz apre- sentou os indicadores da Sa- nepar em todo o Estado, que tornam a empresa referência para o setor de saneamento no país. “Os investimentos em sa- neamento contribuíram para a melhoria da qualidade de vida”, garantiu. Ele explicou, ainda, a impor- tância do consumo consciente da água e do uso adequado da rede de esgoto. “É importante saber usar a rede coletora. O óleo de cozinha e outros resídu- os devem ter destinos adequa-

dos, não podem ser lançados na rede de esgoto”.

O prefeito Hiroshi Kubo (PSDB)

considerou a reunião muito produtiva por ter permitido a participação da população. “A Sanepar conversou de forma simples e direta com a comu- nidade. Muita gente não fazia

ideia dos serviços da Sanepar.

E o resultado é muito bom e

motivador. Quando ouve a co- munidade, a anepar fica mais próxima da população. É bom

para todo mundo”, disse. Também estavam presentes

o presidente da Câmara José

Mansur (PEN) e os demais vere- adores, secretários municipais, professores, lideranças comu- nitárias e a população em geral.

Esportes

SUS tem 904 mil cirurgias eletivas na lista de espera, diz levantamento

mil cirurgias eletivas na lista de espera, diz levantamento O levantamento do CFM (Conselho Federal de

O levantamento do CFM (Conselho Federal de

Medicina) aponta que pelo menos 904 mil cirur- gias eletivas estão pendentes no SUS (Sistema Único de Saúde) em diferentes estados e muni- cípios do país. As cirurgias eletivas não são de urgência ou emergência. O estudo, feito pela primeira vez pelo conselho, divulgado nesta se- gunda-feira (4) mostra que do total pelo menos 746 procedimentos cirúrgicos estão na la de espera há mais de dez anos e 83% dos pedidos entraram na la a partir de 2016. O Ministério da Saúde informou que desde maio passou a adotar o sistema de la única para organizar a demanda.

Educação básica: Nova base comum curricular entra em fase decisiva

O Conselho Nacional de Educação (CNE) irá vo-

tar nesta semana seu parecer sobre a Base Na- cional Comum Curricular, que deverá embasar

os currículos da educação básica e descrever a

aprendizagem que deve ser trabalhada na edu- cação infantil e no ensino fundamental. A vota- ção está marcada para os dias 6 e 7 de dezem- bro, e será feita em sessões públicas. Após aprovação da base pelo CNE, o documen- to deverá ser homologado pelo ministro da Educação para começar a valer. Um dos pontos mais polêmicos diz respeito à proposta apre- sentada pelo Ministério da Educação (MEC) de antecipar a alfabetização das crianças para o 2º ano do Ensino Fundamental. Ainda não há um posicionamento do CNE sobre a mudança, se vai ser mantida na votação. Atualmente, as diretrizes curriculares determi- nam que o período da alfabetização deve ser organizado pelas escolas até o 3º ano do ensino fundamental. Esse também é o prazo previsto

no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que estabelece que todas as crianças es- tejam alfabetizadas até os 8 anos de idade.

Prêmio Paraná de Literatura 2017 anuncia vencedores

A Biblioteca Pública do Paraná (BPP) divulgou

nesta segunda-feira (4) os títulos dos livros ven- cedores do Prêmio Paraná de Literatura 2017. Em sua quarta edição, o concurso da Secretaria de Estado da Cultura selecionou obras inéditas, de autores de todo o país, em três categorias que homenageiam guras importantes da lite- ratura paranaense.

O júri apontou Setenta, de Henrique Schneider

(RS), como o melhor romance (prêmio Manoel Carlos Karam). A bandeira de Cuba, de Marcelo Degrazia (RS), venceu a categoria contos (prê- mio Newton Sampaio). E Tempo de dentro, de Sônia Barros (SP), foi o destaque entre as obras de poesia (prêmio Helena Kolody).

Mercado financeiro aumenta projeção para crescimento da economia

O

mercado nanceiro espera um crescimen-

to

maior da economia neste ano. A estimativa

para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB),

a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, subiu de 0,73% para 0,89% este ano, e de 2,58% para 2,60% para 2018.

Na última sexta-feira (1), o Instituto Brasileiro de Geogra a e Estatística (IBGE) informou que

o PIB fechou o terceiro trimestre de 2017 com

alta de 0,1% na comparação com o segundo tri- mestre. Nos nove meses do ano, o crescimento acumulado cou em 0,6%, em relação a igual período de 2016.

TERÇA-FEIRA 05 D E D E Z E M B R O D E 2017

TERÇA-FEIRA

05

D E

D E Z E M B R O

D E

2017

-

E D.1859

RADAR

A

7

CARLÓPOLIS

Homem mata esposa com golpes de machado e marretadas

Homem mata esposa com golpes de machado e marretadas DA reportagem REDAÇÃO @ fol h aext

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

Um crime violento chocou a população do município de Carlópolis na madrugada desta

segunda-feira (4). Por volta das 2h30, um homem se dirigiu até

o Departamento da Polícia Mi-

litar do município para realizar

uma denúncia. Segundo ele, seu irmão havia agredido sua cunhada e a mesma estava caída

ao chão toda ensanguentada. De acordo com as informações repassadas pelo homem, seu irmão, identificado como sval- do Teixeira, chegou na casa da

sua mãe falando que havia agre- dido sua mulher, identificada como Maria Duarte Teixeira, e precisava se esconder.

A mãe acabou negando abrigo

ao filho criminoso que apresen-

tava sinais de nervosismo. Logo,

o rapaz resolveu ir até a casa de Osvaldo para averiguar o que havia acontecido e se deparou com a cunhada caída ao chão

D

I VULG

AÇÃO

Homem foi denúnciado pelo próprio irmão após matar a esposa
Homem foi denúnciado pelo próprio
irmão após matar a esposa

toda ensanguentada. Devido ao estado de choque, o rapaz não conseguiu informar

aos policiais se a mulher estava viva ou não. Frente aos relatos, a equipe se dirigiu até o bairro CTG para averiguar a situação.

Chegando ao local, os policiais se depararam com a vítima caí- da ao chão e já não apresenta- va sinais vitais. No cenário do crime, havia um machado, uma marreta entre outros objetos utilizados para matar a mulher.

Os policiais militares acionaram os investigadores da Polícia Ci- vil para se dirigirem até o local e prestarem apoio ao atendimen- to da ocorrência. Osvaldo ainda voltou até a cena do crime para buscar alguns pertences e fugir

da cidade, já que sua mãe não lhe deu abrigo, mas acabou sendo surpreendido pelos po- liciais. Ao ser indagado sobre toda a situação e o que havia aconte- cido, Osvaldo não apresentou resistência e acabou confessan- do o crime. Segundo ele, o casal tinha brigas constantes porque os dois são alcoólatras, sendo que a briga acabou com o assas- sinato de Maria foi motivada por uma discussão sobre bebidas. Osvaldo tem 41 anos e Maria tinha 47 e o casal estava junto há dois anos. O autor do crime encontra-se preso e deve res- ponder pelo crime de feminicí- dio com pena que varia de 12 a 30 anos de prisão. Além das equipes da Polícia Mi- litar e Civil, também esteve no local a equipe do IML (Instituto Médico Legal) de Jacarezinho para recolher o corpo da vítima.

FALHOU

Preso morre e outro fica ferido após tentativa de fuga na cadeia de Cambará

Detentos tentaram render o carcereiro no momento em que este recolhia o carrinho de marmitas e não obedeceram as ordens para voltar para dentro das celas

DA REDAÇÃO

DA

REDAÇÃO

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

Por volta das 15h45 deste do- mingo (3), a equipe da Polícia Militar de Cambará recebeu

uma solicitação de apoio a pe- dido da Delegacia de Polícia Civil do município. Segundo informações repassadas pelos investigadores aos policias, vá- rios detentos estariam em uma tentativa de fuga.

D I VULG

AÇÃO

Um dos presos morreu na hora ao ser atingido com um tiro na cabeça, já
Um dos presos morreu na hora ao ser atingido com um tiro na cabeça, já o outro
foi encaminhado para a Santa Casa de Jacarezinho com ferimentos no tórax

Chegando ao local, a equipe foi informada que os presos tenta- ram render um carcereiro no momento em que este foi até o corredor das celas para reco- lher um carrinho de marmitas. Neste momento, o carcereiro sacou sua arma e ordenou que

os presos voltassem para suas celas e desistissem da ação. Como os detentos não obe- deceram a ordem e partiram para cima do carcereiro, foi necessário que este disparas- se alguns tiros para conter os presos que ameaçavam o ho-

mem. Após os disparos, foi constatado que dois detentos foram atingidos.Um dos pre- sos foi atingido no tórax e teve ferimentos causados por estilhaços em seu pescoço, sendo socorrido pela equipe do SAMU (Serviço de Atendi-

mento Móvel de Urgência) e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal e, poste- riormente, transferido para Santa Casa de Jacarezinho. Já o outro indivíduo acabou sendo alvejado na cabeça e morreu na hora.

MORTES NO TRÂNSITO

Dois acidentes deixam três mortos na PR-092 durante final de semana

deixam três mortos na PR-092 durante final de semana DA reportagem REDAÇÃO @ fol h aext

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

grande uxo de veículos ali- nhado a imprudências e trechos perigosos têm feito da PR-092 uma ceifadora de vidas. São condutores, passageiros e pe-

destres, que acabam sendo ví- timas de acidentes envolvendo veículos leves, pesados e moto- cicletas. Neste domingo (3), infelizmen- te, as estatísticas não foram dife- rentes do que se tem visto nos últimos dias. Mais três pessoas perderam suas vidas na PR-092 enquanto outras tr s pessoas fi- caram feridas, sendo uma delas em estado grave.

O primeiro acidente foi registra-

do por volta das 5h do domin- go. Felipe Fernandes Mota, de 25 anos, estudante universitário do curso de Direito da Fanorpi/ Unesp. O jovem era morador de Santo Antônio da Platina e tra- balhava nas lojas Colombo. Felipe seguia pela PR-092 sen- tido Santo Antônio da Platina quando, no Km 318, o Fiat/Uno que conduzia acabou colidin- do frontalmente com uma Fiat/ Strada. O Jovem não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o condutor e a passageira da Stra- da tiveram ferimentos leves. O corpo foi enterrado no início da manhã desta segunda-feira (4). Ainda no domingo, por volta das 18h, outro acidente com ví- timas fatais foi registrado na ro- dovia e, desta vez, próximo ao

posto da Polícia Rodoviária de

Arapoti no trevo que dá acesso ao bairro Capão Bonito. Segundo informações, os dois jovens estariam realizando uma ultrapassagem a uma carreta quando, ao não perceberem, acabou a terceira faixa e a car- reta voltava para faixa principal. Os motociclistas acabaram per- dendo o controle das motos e indo parar embaixo da carreta. Devido à grave cinemática do acidente, Raoni Felipe Lopes do Santos, 21 anos, e Luiz Car- los Sutil, 18 anos, morreram na hora. Já Daniele do Carmo Bueno, que estava na garupa de uma das motocicletas, so- freu ferimentos graves e foi encaminhada ao Hospital 18 de Dezembro e, depois, transferida para o Hospital Nossa Senhora do Rocio em Campo Largo.

D I VULG AÇÃO Dois jovens de 21 e 18 anos morreram após uma carreta
D I VULG
AÇÃO
Dois jovens de 21 e 18 anos morreram após uma
carreta passar por cima de suas motocicletas. Uma
sobrevivente ficou em estado grave

RETROSPECTO FATAL

o último dia 22 de novembro, tr s pessoas ficaram feridas em dois acidente envolvendo motocicle- tas no trecho entre Joaquim Távora e Santo Antônio da Platina. Por volta das 13h, Lucilene da Silva e seu esposo Valdeci odrigues, que também ficou em estado grave, tiveram sua motocicleta atingida por um veículo quando cruzavam a pista próximo ao trevo da Frangos Pioneiros. Com a colisão, ucilene ficou gravemente ferida e não resistiu, vindo a bito na manhã do dia 2 . Ainda no dia 22 por volta das 22h, Gelson Borges, morador de Joaquim Távora, também morreu ao colidir sua motocicleta com uma carreta no KM 307 da PR-092, apenas a alguns quilômetros do local onde Felipe morreu. Já na sexta-feira (1), um motorista morreu na hora após a carreta que conduzia ficar com a cabine completamente destruída depois de colidir com outro veículo no 201 da - 092 próximo a Jaguariaíva. Além das duas carretas, um GM/Celta também se envolveu no acidente. Dois feridos que estavam no automóvel foram encaminhados para o hospital Carolina Lupion.

se envolveu no acidente. Dois feridos que estavam no automóvel foram encaminhados para o hospital Carolina

A

8

DESTAQUE

A 8 DESTAQUE TERÇA-FEIRA 05 D E D E Z E M B R O D

TERÇA-FEIRA

05

D E

D E Z E M B R O

D E

2017

-

E D.1859

JABOTI

05 D E D E Z E M B R O D E 2017 - E

F OTOS: D

ANI L O NI SH

I MUR

A - F OL H

A EXTR

A

JABOTI F OTOS: D ANI L O NI SH I MUR A - F OL H

AO LADO - Lei da Lica recebeu várias autoridades na festa, entre elas o deputado Pedro Lupion. ACIMA - Festa encerrou no domingo com uma cavalgada e um bingo beneficente

VI edição da Expo Morango é sucesso e atrai público de toda região

Evento teve apoio da prefeitura municipal e Sanepar, contou com diversas atrações artísticas e reuniu autoridades políticas estaduais e federais ao lado do prefeito Lei da Lica

estaduais e federais ao lado do prefeito Lei da Lica VAN ESSA LOPES reportagem @ fol

VAN ESSA LOPES reportagem @ fol h aext ra.co m

o último fim de semana, aboti

foi palco de uma festa que tem se tornado uma das maiores co- memorações tradicionais da re- gião, a Expo orango.

A VI edição da festa, organi ada

pela empresa liveira Aguiar, contou com diversas atrações artísticas, acontecimentos bene- ficentes e cavalgada, que acon- teceram através de um grande

apoio da prefeitura de aboti,

além de rgãos públicos como a

anepar e contribuições de em-

presários do município. oram quatro dias de Expo o- rango, a abertura aconteceu na

quinta-feira 0 e contou com a presença do deputado edro u- pion E que esteve ao lado

do prefeito Vanderle de iqueira

e ilva, o ei da ica , para

prestigiar o evento. sucesso desta exposição é re exo de uma

gestão organi ada e democrática exercida pelo ei e sua equipe,

é preciso ter sensibilidade para

conhecer as necessidades da po-

pulação e poder proporcionar também momentos de descon-

tração como esse que, além do entretenimento, atrai visitantes para guinar a economia do mu- nicípio , afirmou o deputado. público lotou o Centro de Eventos para se divertir ao som de duplas como abinho e o- dolfo, anu e abriel, Alex e

onaldo, além de um animado baile que agitou todas as noites do evento. A estrutura também contou com parque de diver- sões, praça de alimentação e ro-

deio todas as noites, sob a vo do locutor Claudio araná.

D

I VULG

AÇÃO

Alexandre Curi aproveitou a festa para fazer a entrega oficial de uma Van 0 km
Alexandre Curi aproveitou a festa para
fazer a entrega oficial de uma Van 0 km
para a Saúde do município

D

I VULG

AÇÃO

Foram coroadas Ane Caroline Souza, Jhienifer Silva e Rayane Machado
Foram coroadas Ane Caroline Souza,
Jhienifer Silva e Rayane Machado
Ane Caroline Souza, Jhienifer Silva e Rayane Machado Todas as noites o público presente acompanhou o

Todas as noites o público presente acompanhou o rodeio, sob a voz do locutor Claudio Paraná

o segundo dia de exposição, os deputados Alexandre Curi

e érgio ou a marca-

ram presença, Curi que é um dos representantes do município na bancada estadual, fe a entrega oficial de uma Van 0 m para a aúde. Através deste veículo, que tem 21 lugares, o transpor-

te de pacientes poderá ser feito

com mais qualidade e seguran- ça. Agradecemos ao governador

eto icha e ao secretário iche-

le Caputo por essa grande par-

ceria com aboti. Cumprimenta- mos também a administração do prefeito ei que já está em seu segundo mandato e demonstra esforços incansáveis para melho- rar cada dia mais a vida da popu- lação , afirma o deputado. a ocasião, o prefeito ei tam- bém fe seus cumprimentos ao overno do Estado e destacou que essa é apenas uma das con- quistas que aguardam a popula- ção. Essa emenda parlamentar do deputado Alexandre Curi fa parte de uma gama de recursos que estamos angariando para

nossa aboti, junto nossos parceiros, garantimos apoio e

melhorias para nossa cidade , agradeceu o prefeito. Também estiveram presentes os prefeitos de Toma ina, lávio anrosso de apira, al- mir ellington da ilva E de inhalão, érgio odrigues

T além de vereadores do município e representantes polí- ticos da região. obre o sucesso do evento, o

prefeito ei da ica agradeceu a toda equipe, também a sua espo- sa Eliete arbosa, que participou efetivamente da organi ação, e entre outros, ao presidente da anepar, ounir Chao iche gratificante fa er parte de um evento como esse, que tra ale- gria s pessoas. Hoje nosso mu- nicípio pode se orgulhar em ser uma pot ncia agrícola na região, mas isso não é mérito de um ou outro, mas uma reali ação de to- dos n s, um trabalho conjunto que tem como objetivo o melhor para a população , finali a o pre- feito.

BAILE DA

RAINHA

eguindo a tradição, na Expo orango não poderia faltar o famoso baile de escolha da ainha, o mesmo aconteceu no dia 1 do m s de novem- bro e foi sediado no inásio de Esportes de aboti. uem abriu a noite foi a banda tta- gio inal, cujo som animou o público que lotou o salão para participar da escolha das tr s representantes da festa. Ap s um desfile, os jurados deram o veredito e coroaram Ane Caroline ou a, hienifer ilva e a ane achado, como rainha, princesa e miss simpa- tia.

FECHAMENTO

o domingo, uma cavalgada e um bingo beneficente em prol da A AE Associação de ais e Amigos dos Excepcionais en- cerraram a exposição.

bingo beneficente em prol da A AE Associação de ais e Amigos dos Excepcionais en -
TERÇA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED. 1859 EDITAIS B 1 ARAPOTI EXTR ATO

TERÇA-FEIRA,

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.

1859

EDITAIS

B

1

ARAPOTI

EXTR ATO D E ATA R EG I STR O D E P R EÇO
EXTR
ATO D
E ATA R
EG
I STR
O D
E P
R
EÇO
P R
EF EI TUR
A MUNI CI P AL
D
E AR
AP OTI –
P R
EG
ÃO N° 067/201 7
P R
OCESSO Nº 1 08/201 7
ESTAD
- ATA D
O D
O P AR
ANÁ
E R
EG
I STR
O D
E P
R
EÇO
I
n teressad o: F u n d o
Mu n i ci p al d e
Saú d e
Em
presa(s) deten tora(s) do(s) R
egi stro(s):
LOND
R
I CI R
COMER
C. D
E MAT. H
OSP I TALAR
ES
CNP J: 00.339.246/0001 -92
AR
P
Nº 21 2
MER
CO SOLUCOES EM SAUD
E LTD
A
CNP J: 05.91 2.01 8/0001 -83
AR
P
Nº 21 3
A
C MATER
I AI S MED
I COS LTD
A
CNP J: 1 1 .1 38.620/0001 -08
AR
P
Nº 21 4
P
R
O VI D
A COMER
CI O D
E EQUI P AMENTOS LTD
A
CNP J: 03.889.336/0001 -45
AR
P
Nº 21 5
NUTR
I P OR
T COMER
CI AL
LTD
A
CNP J: 03.61 2.31 2/0005-78
AR
P
Nº 21 6
NUTR
I CAO OR
I G
I NAL
LTD
A
CNP J: 1 8.500.770/0001 -69
AR
P
Nº 21 7
I
LG
COMER
CI AL
LTD
A
CNP J: 20.657.1 55/0001 -02
AR
P
Nº 21 8
B
R
AVONUTR
I COMER
CI O D
E P
R
OD
UTOS NUTR
I CI ON
CNP J: 26.231 .202/0001 -38
AR
P
Nº 21 9
I
MP L ATECH
L TD
A ME
CNP J: 09.246.996/0001 -94
AR
P
Nº 220
AR
F I OR
ENZANO D
I STR
I B UI D
OR
A D
E MED
I CAMENTO
CNP J: 1 0.869.890/0001 -26
AR
P
Nº 221
P
R
OD
I ET NUTR
I ÇÃO CLÍNI CA LTD
A
CNP J: 08.1 83.359/0001 -53
AR
P
Nº 222
SAVI MED
COMER
CI O D
E P
R
OD
UTOS MED
I COS
CNP J: 26.640.1 61 /0001 -33
AR
P
Nº 223
Forn ecedor: 2351
- LON
D
R
I CI R
COM
E R
C. D
E
M
AT. H
OSP I TALAR
E S
L
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
22203
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
AB B OTT/ENSUR
E
NUTR I CI ONALMENTE COMP LETA, H I P ER P R OTEI CA,
P
LUS
I
SENTA D E P R OTEI NA D E SOJ A, CAI XA TETR A P ACK
4.500, 00
UNI
4, 40
1 9.800, 00
AB B OTT/ENSUR
E
D
E 200ML . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL : NUTR I
P
LUS
ENTER AL
1 .5.
22204
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
NUTR I CI ONALMENTE COMP LETA, H I P ER P R OTEI CA,
AB B OTT/JEVI TY
1 .0
I
SENTA D E P R OTEI NA D E SOJ A, CAI XA TETR A P ACK
5.1 30, 00
UNI
AB B OTT/
JEVI TY
1
6, 50
84.645, 00
D
E 01 LI TR O. SUG ESTÃO D E NOME COMER CI AL:
1
.0
NUTR I ENTER AL
1 .5.
2221 1 - D I ETA ENTER AL EM P O, P OLI MER I CA,
NUTR I CI ONAL MENTE COMP L ETA, SEND O MI X
CASEI NA, P R OTEI NA D O SOR O E ATÉ 1 4% D E
AB B OTT/P ED
I ASUR
E
P
R
OTEI NA
I SOLAD
A
D
E
SOJ A,
CONTEND O 1
1
.500, 00
UNI
49, 00
73.500, 00
AB B OTT/P ED
I ASUR
KCAL /ML NA R ECONSTI TUI CAO P AD R AO. P AR A
CR I ANÇAS D E 01 A 1 0 ANOS. LATA D E 400 G R . NOME
E
COMER CI AL: F OR TI NI OU P ED I ASUR E.
Forn ecedor: 5356
-
M
E R
CO
SOLU
COE S
E M
SAU
D
E
LTD
A
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
22201
- F OR MULA I NF ANTI L ANTI R EG UR G I TACAO,
P
AR A LACTENTES D E 0 A 1 2 MESES D E VI D A. LATA
750
UNI
30, 00
22.500, 00
D
E 800 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL
NAN AR 800 NAN
AR / NESTLE
AP TAMI L
AR
OU NAN AR
.
22208
- F OR MULA I NF ANTI L D E P AR TI D A, P AR A
LACTENTES D E 0 A 6 MESES D E VI D A, COM OU SEM
NESTOG
ENO
1
P
R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
400G
CASEI NA/P R OTEI NA D O SOR O D O LEI TE 40: 60. LATA
2.250, 00
UNI
1
2, 00
27.000, 00
NESTOG
ENO/NEST
D
E 400 G R . SUG ESTAO NOME COMER CI AL: AP TAMI L
LE
1 OU ENF AMI L P R EMUM 1 , NESTOG ENO 1 .
22209
- F OR MULA I NF ANTI L D E P AR TI D A, P AR A
LACTENTES D E 0 A 6 MESES D E VI D A, COM
P
R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
2.250, 00
UNI
NAN COMF OR 1
400G NAN CONF OR
1
1
, 1
9
25.1 77, 50
CASEI NA/P R OTEI NA D O SOR O D O LEI TE 30: 70. LATA
/
NESTLE
D
E 400 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL: NAN
COMF OR 1 .
Forn ecedor: 5827
-
A
C
M
ATE R
I AI S
M
E D
I COS
L TD
A
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
22204
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
NUTR I CI ONALMENTE COMP LETA, H I P ER P R OTEI CA,
AB B OTT
JEVI TY
I
SENTA D E P R OTEI NA D E SOJ A, CAI XA TETR A P ACK
1
.620, 00
UNI
20, 99
34.003, 80
1
000ML
D
E 01 LI TR O. SUG ESTÃO D E NOME COMER CI AL:
NUTR I ENTER AL
1 .5.
22207
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
NUTR I CI ONAL MENTE COMP L ETA, COM MI NI MO D E
1 .0KCAL /ML R ECONSTI TUI D O, COM ATÉ 20% D E
SOJ A, AD I CI ONAD O D E F I B R AS OU NAO. LATA D E
400 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL: NUTR EN
1 .0 OU ENSUR E OU NUTR I ENTER AL SF .
AB B OTT
ENSUR
E
1 .600, 00
UNI
40, 50
64.800, 00
400G
2221
1 - D I ETA ENTER AL EM P O, P OLI MER I CA,
NUTR I CI ONAL MENTE COMP L ETA, SEND O MI X
CASEI NA, P R OTEI NA D O SOR O E ATÉ 1 4% D E
AB B OTT
P
R
OTEI NA
I SOLAD
A
D
E
SOJ A,
CONTEND O 1
500
UNI
36, 00
1
8.000, 00
P
ED
I ASUR
E
KCAL /ML NA R ECONSTI TUI CAO P AD R AO. P AR A
CR I ANÇAS D E 01 A 1 0 ANOS. LATA D E 400 G R . NOME
COMER CI AL: F OR
TI NI OU P ED
I ASUR
E.
Forn ecedor: 6636
-
P
R
O
VI D
A
COM
E R
CI O
D
E
E QU
I P AM
E N
TOS
LTD
A
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
2221 6 - MOD ULO D E P R OTEI NA D E ALTO VALOR
B
I OLOG I CO, P AR A USO ENTER AL OU OR AL. SEM
SAB OR . LATA D E 240 OU 250 G R . SUG ESTAO NOME
COMER CI AL: CASEI CAL OU R ESOUR CE P R OTEI N OU
NUTER
AL
MAXI P R
Ó
84
UNI
47, 80
4.01 5, 20
230G
B
EM VI TAL P R OTEI NA OU NUTR I P R OTEI N.
Forn ecedor: 7031
-
N
U
TR
I P OR
T
COM
E R
CI AL
L TD
A
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
25852
- F OR MULA I NF ANTI L P AR A LACTENTES E
D
E SEG UI MENTO P AR A LACTENTES E CR I ANÇAS D E
P
R I MEI R A I NF ANCI A D ESTI NAD A A NECESSI D AD ES
D
I ETOTER ÁP I CAS COM P R OTEI NA EXTENSAMENTE
H
I D R OLI SAD A E COM R ESTR I CAO A LACTOSE.
Formula infantil em pó, a base de 1 00% de proteina do
soro do l ei teexten sam en te h i drol i sada. Nao con tem
gluten. Densidade calorica: mínimo de 66Kcal/1 00ml.
Possui 1 1 % de proteinas (1 00% extensamente
hidrolisada do soro do leite), 41 % de carboidratos, 48%
D
ANONE
450
LATA
80, 00
36.000, 00
P
R
EG
OMI N P EP TI
de l i pi di os ( TCM e LcP u fas). Lata 400 gr. Su gestão de
n
om
e
com
erci al : Al fh are.
25853 - F Ó R MULA I NF ANTI L A B ASE D E 1 00%
AMI NOÁCI D OS LI VR ES NÃO ALER G Ê NI COS
Nu tri ci on al m en te com pl eta, em pó. con té , LCP UF AS
(D
H A 0, 35 e AR A 0, 35) n a proporção de 1 : 1 , TCM e
Nu cl eotídi os, en ri qu eci da com cál ci o e fósforo. Ú n i ca
fórmula de aminoácidos com segurança e eficácia
comprovadas em pacientes com alergias alimentares.
SUP P OR
T
450
LATA
NEOCATE LCP
1 32, 00
59.400, 00
LATA 400G
I senta de proteína láctea, lactose, galactose, frutose e
sacarose. NÃO CONTÉ M G LÚ TEN. Su gestão de n om e
com erci al - Al fam i n o. l ata 400 gr
Forn ecedor: 81 42
-
N
U
TR
I CAO
OR
I G
I N
AL
L TD
A
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R $
Total
2221
2 - D I ETA ENTER AL EM P O, P OLI MER I CA,
NUTR I CI ONALMEWNTE COMP LETA, COM 1 00¢ D E
P
R OTEI NA ANI MAL SEND O 50¢ SOR O D O LEI TE E
P
R
OD
I ET TR
OP H
I C
50% CASEI NA, COM TCM, CONTEND O 1 KCAL /ML NA
500
UNI
29, 50
1 4.750, 00
I NF ANT 380G
R
R
ECONSTI TUI CAO P AD R AO. LATA D E 400 G R ,
SAB OR B AUNI LH A. SUG ESTAO NOME COMER CI AL
NUTR EN JUNI OR .

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO CONTRATO

Contrato: 245/2017 Processo de Dispensa de Licitação: 015/2017 Contratante: PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPOTI Contratada: Oliveira & Oliveira Comunicação Visual Objeto: Contratação de empresa especializada para confeccionar letreiro de identificação para o prédio da rodoviária municipal Dotação Orçamentária: 0800212.361.0015-2084 3390390000. Valor Contrato: R$7.500,00 (sete mil e quinhentos reais). Prazo Execução: 30 dias. Prazo: 01/01/2018. Data Assinatura: 01/12/2018.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO DE RATIFICAÇÃO

Ratifico o processo de Dispensa de Licitação nº 015/2017, para contratação de empresa especializada para confeccionar letreiro de identificação para o prédio da rodoviária municipal, a favor da empresa: Oliveira & Oliveira Comunicação Visual, inscrita no CNPJ sob nº 10.698.592/0001-10, no valor de R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais), conforme proposta nos autos, em conformidade com o art. 26 da Lei nº 8.666/93, alterada pela Lei nº 8.883/94, com

base no artigo 24, da Lei nº 8.666/93. Arapoti, 01 de dezembro de 2017.

NERILDA APARECIDA PENNA Prefeita Municipal

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO QUARTO TERMO ADITIVO

Processo de Inexigibilidade n°: 003/2013. Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti.

Objeto: O objeto do aditivo contratual a prorrogação do prazo de execução para mais por mais 06 (seis) meses, iniciando-se em 24/11/2017, estendendo- se até 23/05/2018, com base no inciso II, art. 57 da Lei nº 8.666/93, dos seguintes contratos:

Contrato n°: 274/2015. Contratada: Dirceu Soardi Ferreira Junior – Arapoti - ME.

Contrato n°: 273/2015. Contratada: Marcelino da Silva Pinto 91749778904.

Contrato n°: 276/2015.

Contratada: Eliseu Zavierucha Wirmond.

Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo.

Data Assinatura: 23/11/2017.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO

CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO QUINTO TERMO ADITIVO

Contrato n°: 248/2015.

Tomada de Preços n°: 005/2015.

Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti.

Contratada: Medicseg Segurança e Medicina Ocupacional do Trabalho Ltda - ME.

Objeto: O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de execução estabelecido na Cláusula Décima do CONTRATO sob o n° 248/2015.

Prorrogação Prazo Execução: Fica prorrogado por mais 31 (trinta e um) dias o prazo de execução, iniciando-se em 02/12/2017 e findando em 01/01/2018, com base no § 1°, art. 57 da Lei nº 8.666/93.

Disposições Finais: Todas as demais Cláusulas não especificamente modificadas pelas alterações decorrentes deste Termo Aditivo permanecem em vigor e obrigando as Partes conforme originalmente pactuadas.

Data Assinatura: 01/12/2017.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO SEXTO TERMO ADITIVO

Contrato n°: 118/2016.

Tomada de Preços n°: 006/2016.

Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti.

Contratada: Alexandre Soares - ME.

Objeto: O presente Termo Aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de execução e vigência estabelecido na Cláusula Décima do CONTRATO sob o n° 118/2016, celebrado entre as partes em

27/06/2016.

Prazo Execução: Fica prorrogado por mais 90 (noventa) dias o prazo de execução do Contrato, iniciando-se o mesmo em 29/11/2017 e findando em 26/02/2018, com base no § 1°, art. 57 da Lei nº 8.666/93.

Prazo Vigência: Fica prorrogado por mais 120 (cento e vinte) dias o prazo de vigência do Contrato, iniciando-se o mesmo em 31/01/2018 e findando em 30/05/2018, com base no § 1°, art. 57 da Lei nº

8.666/93.

Ratificação: Todas as demais Cláusulas não especificamente modificadas pelas alterações decorrentes deste Termo Aditivo permanecem em vigor e obrigando as Partes conforme originalmente pactuadas.

Data da Assinatura: 28/11/2017.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000 CNPJ Nº 75.658.377/0001-31

EXTRATO SEXTO TERMO ADITIVO

Processo de Inexigibilidade n°: 003/2013. Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti. Objeto: O objeto do aditivo contratual a prorrogação do prazo de execução para mais por mais 06 (seis) meses, iniciando-se em 04/11/2017, estendendo- se até 03/05/2018, com base no inciso II, art. 57 da Lei nº 8.666/93, dos seguintes contratos:

Contrato n°: 246/2014. Contratada: Marcelo Herculano Ramos.

Contrato n°: 247/2014. Contratada: Jose Krupniski - ME.

Contrato n°: 248/2014. Contratada: L. M. Biscaia – Auto Elétrica Maia.

Contrato n°: 249/2014. Contratada: Posto de Molas Arapoti - ME.

Contrato n°: 250/2014.

Contratada: Liderbus Reformadora de Ônibus Ltda.

Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo.

Data: 03/11/2017.

inalteradas as demais cláusulas do Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo. Data:

B

2

EDITAIS

B 2 EDITAIS TERÇA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED. 1859 Forn ecedor: 8357 -

TERÇA-FEIRA,

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.

1859

Forn ecedor: 8357 - I L G COM E R CI AL LTD A P
Forn ecedor: 8357
-
I L G
COM
E R
CI AL
LTD
A
P rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
22202
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR
RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000
CNPJ Nº 75.658.377/0001-31
NUTR I CI ONAL MENTE COMP L ETA, COM MI NI MO D E
1 .0KCAL /ML R ECONSTI TUI D O, A B ASE D E SOJ A OU
NAO, AD I CI ONAD O D E F I B R AS OU NAO. LATA D E 800
G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL: NUTR I SON
SOYA, TR OP H I C B ASI C, NUTR I ENTER AL SOYA.
NUTER
AL
MI L KG
EN
1 .200, 00
UNI
32, 20
38.640, 00
EXTRATO
DÉCIMO TERMO ADITIVO
400G
Contrato n°: 252/2013-PMA.
Processo de Inexigibilidade n°: 007/2013-PMA.
Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti.
22202
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
Contratada: Casaalta Construções Ltda.
NUTR I CI ONAL MENTE COMP L ETA, COM MI NI MO D E
1
.0KCAL /ML R ECONSTI TUI D O, A B ASE D E SOJ A OU
Objeto: O presente Termo Aditivo, objetiva a prorrogação do prazo de
vigência do CONTRATO sob o n° 252/2013-PMA, por mais 60
NUTER
AL
MI L KG
EN
NAO, AD I CI ONAD O D E F I B R AS OU NAO. LATA D E 800
400
UNI
32, 20
1
2.880, 00
400G
G
R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL: NUTR I SON
(sessenta) dias, iniciando-se em 20/11/2017, estendendo-se até
18/01/2018, com base no § 1°, art. 57 da Lei nº 8.666/93.
SOYA, TR OP H I C B ASI C, NUTR I ENTER AL SOYA.
Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do
Contrato Original a que se refere o presente Termo Aditivo.
2221 7 - ESP ESSANTE E G ELEI F I CANTE P AR A
ALI MENTOS, P R EP AR ACOES F R I AS OU QUENTES,
Data da Assinatura: 17/11/2017.
ESP EF OR /VI D AF OR
SEM SAB OR , COR OU OD OR . LATA D E 1 25 A 300 G R .
P
R EF EI TUR A D O MUNI CÍP I O D E AR AP OTI
TE
R
END I MENTO MED I O D E 1 00 P OR COES. SUG ESTAO
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
200
UNI
21
, 48
4.296, 00
ESP EF OR /VI D
AF OR
ESTAD
O D
E PAR
ANÁ
D
E NOME COMER CI AL: R ESOUR CE TI CKEN UP
TE
R
UA P LACÍD
I O LEI TE Nº 1 48
CENTR
O CÍVI CO
CLEAR OU NUTI LI S OU B EM VI TAL ESP ESSAR E.
CEP
84990-000
F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 75.658.377/0001 -31 - CNP J n º 1 2.601 .793/001 -83
Forn ecedor: 8691
-
B
R
AVON
U
TR
I COM
E R
CI O
D
E
P R
OD
U
TOS
N
U
TR
I CI O
EXTR
ATO 2º TER
MO AD
I TI VO
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
221 76 - SUP LEMENTO ALI MENTAR , CALOR I CO
Con trato n ° : 1 1 2/201 7-F MS.
P
R
OTEI CO,
ENR
I QUECI D
O COM VI TAMI NAS E
I
n exi gi bi l i dade
n ° : 05/201 7-F MS.
MI
NER AI S, SEM SAB OR . L ATA D E 240 OU 250 G R .
D
ANONE
SUSTAI N
Mu n i ci
pal de
Saú de.
400
LATA
1 7, 50
7.000, 00
SUG ESTAO NOME COMER CI AL: CASEI CAL OU
Con tratan te: F u n do
Con tratada: F ran co
&
Sargi Assi
st
ên ci
a
Médi ca
Ltda. –
ME.
ENER
G
Y
R
ESOUR CE P R OTEI N OU B EM VI TAL P R OTEI NA OU
NUTR
I
P
R
OTEI N.
Ob j e t o : O p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo , o b j e t i va a p r o r r o g a çã o d o p r a zo d e
exe cu çã o e vi gên ci a do CONTR ATO so b o n ° 1 1 2/201 7-F MS, por m ai s
60 ( se sse n ta) di as, i n i ci an do-se em 1 2/1 1 /201 7, est en den do-se até
22200
- F OR MULA I NF ANTI L SEMI ELEMENTAR ,
1
0/01 /201 8, co
m
base
n o
i n ci
so
I
I ,
art. 57
da
Lei n º 8.666/93
H
I P OALER G ENI CA, COM LACTOSE, P AR A
Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do con-
D
ANONE
AP TAMI L
t
r a t o o r i g i n a l a q u e se r e f e r e o p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo . D a t a d a Assi n a t u r a :
LACTENTES D E 0 A 1 2 MESES D E VI D A. LATA A
500
UNI
68, 00
34.000, 00
P
EP TI
1
0/1 1 /201 7.
P
AR TI R D E 400 G R . SUG ESTAO NOME COMER CI AL:
AP
TAMI L
P EP TI OU ALTH
ER
A.
25852
- F OR MULA I NF ANTI L P AR A LACTENTES E
P
R EF EI TUR A D O MUNI CÍP I O D E AR AP OTI
D
E SEG UI MENTO P AR A LACTENTES E CR I ANÇAS D E
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
P
R I MEI R A I NF ANCI A D ESTI NAD A A NECESSI D AD ES
ESTAD
O D
O PAR
ANÁ
D
I ETOTER ÁP I CAS COM P R OTEI NA EXTENSAMENTE
R
UA P LACÍD
I O LEI TE Nº 1 48
CENTR
O CÍVI CO
CEP
84990-000
F ONE ( 43) 351 2-3000
H
I D R OLI SAD A E COM R ESTR I CAO A LACTOSE.
CNP J Nº 75.658.377/0001 -31 - CNP J n º 1 2.601 .793/001 -83
Formula infantil em pó, a base de 1 00% de proteina do
soro do l ei teexten sam en te h i drol i sada. Nao con tem
gluten. Densidade calorica: mínimo de 66Kcal/1 00ml.
Possui 1 1 % de proteinas (1 00% extensamente
hidrolisada do soro do leite), 41 % de carboidratos, 48%
D
ANONE
1 50
LATA
91
, 50
1
3.725, 00
EXTR
ATO 2º TER
MO AD
I TI VO
P
R
EG
OMI N
Creden ci am en to n ° : 1 1 4/201 7-F MS.
I
n exi gi bi l i dade n ° : 05/201 7-F MS.
de l i pi di os ( TCM e LcP u fas). Lata 400 gr. Su gestão de
Con tratan te: F u n do Mu n i ci pal de Saú de.
n
om
e
com
erci al : Al fh are.
Con tratada: JR CAR NEI R O – CLÍNI CA MÉ D I CA EI R ELI ME.
Ob j e t o : O p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo , o b j e t i va a p r o r r o g a çã o d o p r a zo d e e x -
ecu çã o e vi gên ci a do TER MO D E CR ED ENCI AMENTO so b o n ° 1 1 4/201 7-
F
MS, por m ai s 60 ( se sse
n ta) di as,
i n
i ci
an do-se
em
1 3/1 1 /201 7, est
en den -
25853
- F Ó R MULA I NF ANTI L A B ASE D E 1 00%
do-se até 1 1 /01 /201 8, co m base n o i n ci so I I , art. 57 da Lei n º 8.666/93.
AMI NOÁCI D OS LI VR ES NÃO ALER G
Ê NI COS
Disposições finais: Permanecem inalteradas as demais cláusulas do con-
Nu
tri ci on al m en te com pl eta, em pó. con té , LCP UF AS
t
r a t o o r i g i n a l a q u e se r e f e r e o p r e se n t e Te r m o Ad i t i vo . D a t a d a Assi n a t u r a :
(D
H A 0, 35 e AR A 0, 35) n a proporção de 1 : 1 , TCM e
1
0/1 1 /201 7.
Nu
cl eotídi os, en ri qu eci da com cál ci o e fósforo. Ú n i ca
fórmula de aminoácidos com segurança e eficácia
comprovadas em pacientes com alergias alimentares.
I senta de proteína láctea, lactose, galactose, frutose e
sacarose. NÃO CONTÉ M G LÚ TEN. Su gestão de n om e
com erci al - Al fam i n o. l ata 400 gr
D
ANONE NEOCATE
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI
1 50
LATA
1 47, 20
22.080, 00
LCP
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE
ESTADO DE PARANÁ
RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO
CEP 84990-000 FONE (43) 3512-3000
CNPJ
Nº 75.658.377/0001 -31
- CNPJ
nº 1 2.601 .793/001 -83
Forn ecedor: 8692
-
I M
P L ATE CH
LTD
A
M
E
EXTRATO
3º TERMO
ADITIVO
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
2221 8
- D I ETA ENTER AL COM F I B R AS,
NUTR I CI ONALMENTE COMP LETA, SI STEMA
Creden ci am
en to
n ° : 1 21 /201 7-F MS.
F
ECH AD O, D E 1 , 2 A 1 , 5 KCAL /ML , COM B ONI F I CACAO
I n exi gi bi l i dade
n ° : 05/201 7-F MS.
D
E 01 EQUI P O P OR D I ETA E 01 B OMB A D E I NF USAO
NUTER
AL
MI L KG
EN
P
AR A CAD A 22 D I ETAS/MES. P ACK OU G AR R AF A D E
500
UNI
30, 00
1 5.000, 00
Con tratan te: F u n do
Mu n i ci
pal de
Saú de.
400G
1
.000 ML . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL :
NUTR I SON MUL TI F I B ER OU I SOSOUR CE MI X OU
Con tratada: A.M. SEXTAR
O SER VI ÇOS MÉ D
I COS ME.
JEVI TY
H
I CAL
OU NUTR
I
F
I B
R
A.
O b j e t o :
O p r e se
n t e
Te r m
o
Ad i t i vo
,
o b j e t i va
a
p r o r r o g a çã
o
d o
p r a zo
d e
e xe
cu
çã
o
e
vi
gê n ci
a
do
TER
MO D
E CR
ED ENCI AMENTO so
b
o
n °
1 21 /201 7-F MS, por
m
ai s
30
( tri n ta) di as,
i n
i ci
an do-se
em
29/1 1 /201 7, est
en den do-se
até
28/1 2/201 7, co
m
base
n o
2221 9 - D I ETA ENTER AL, H I P ER P R OTEI CA,
i n ci so
I
I ,
art. 57
da
Lei n º 8.666/93.
D
ENSI D AD E CAL OR I CA D E 1 A 1 , 5 KCAL /ML , COM
Disposições finais: P erm
an ece
m
i n al teradas
as
dem
ai s
cl
áu su
l as
do
co
n trato
ori gi n al
B
ONI F I CACAO D E 01 EQUI P O P
OR
D
I ETA
E
01
a
q u e
se
r e f e r e
o
p r e se
n t e
Te r m
o
Ad i t i vo
. D
a t a
d a
A
s s i n a t u r a : 2 7 /1 1 /2 0 1 7 .
NUTER
AL
MI L KG
EN
B
OMB A D E I NF USAO P AR A CAD A 1 0 D I ETAS/MES.
500
UNI
35, 00
1 7.500, 00
400G
P
ACK OU G AR R AF A D E 1 .000 ML . SUG ESTAO D E
NOME COMER CI AL: NUTR I SON P R OTEI N P LUS OU
I SOSOUR
CE H
N P LUS SF . OU NUTR
I ENTER
AL
1 .5.
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE ARAPOTI- PR
RUA ONDINA BUENO SIQUEIRA Nº 1 80 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 351 2-3000
CNPJ Nº 09.277.71 2/0001 -27
22220
- D I ETA ENTER AL, D ENSI D AD E CALOR I CA
EXTRATO
D
E 1 , 5KCAL /ML , COM F I B R
AS, P AR
A CR
I ANCAS D E 1
EDITAL
DE
CLASSIFICAÇÃO
E
HABILITAÇÃO
A
6 ANOS D E I D AD E, SEM LACTOSE E SACAR OSE.
NUTER
AL
MI L KG
EN
200
UNI
64, 35
1 2.870, 00
P
ACK D E 500 ML . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL
400G
NUTR
I NI ENER
G
Y
MULTI F I B ER
.
Edital de Pregão nº 067/201 7.
Processo nº 1 08/201 7.
O Pregoeiro comunica aos interessados na execução do objeto do
Edi tal su pram en ci on ado, qu e após a an ál i se e veri fi cação das
Forn ecedor: 8693
- AR
FI OR
E N
ZAN
O
D
I STR
I B
U
I D
OR
A
D
E
M
E D
I CAM
E N
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
propostas de preços e da documentação de habilitação, decidiu
classificar e habilitar a seguinte proponente:
22203
- D I ETA P AR A USO OR AL/ENTER AL,
Empresa
Valor
NUTR I CI ONALMENTE COMP LETA, H I P ER P R OTEI CA,
1
I SENTA D E P R OTEI NA D E SOJ A, CAI XA TETR A P ACK
LOND
R
I CI R
COM. D
E MAT.
1
77.945, 00
1
.500, 00
UNI
NESTLÉ
7, 29
1
0.935, 00
D
E 200ML . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL : NUTR I
H OSP I TALAR
LTD
A
ENTER AL 1 .5.
2
A C MATER
I AI S MED
I COS LTD
A
1
1
6.803, 80
Forn ecedor: 8694
-
P
R
OD
I E T
N
U
TR
I ÇÃO
CLÍN
I CA
L TD
A
3
SAVI MED COMER CI O D E P R OD UTOS
1
03.025, 50
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R
$
Total
MED I COS L TD A ME
4
2221 2 - D I ETA ENTER AL EM P O, P OLI MER I CA,
NUTR I CI ONALMEWNTE COMP LETA, COM 1 00¢ D E
NUTR
I P OR
T COMER
CI AL
LTD
A
95.400, 00
5
B
R
AVONUTR
I COMER
CI O D
E
76.805, 00
P
R OTEI NA ANI MAL SEND O 50¢ SOR O D O LEI TE E
P
R
OD
UTOS NUTR
I CI ONAI S EI R
EL I ME
p róp ri a
50% CASEI NA, COM TCM, CONTEND O 1 KCAL /ML NA
Marca
Troph i c
6
MER
CO SOLUÇ
ÕES EM SAUD
E LTD
A
74.677, 50
1
.500, 00
UNI
21
, 50
32.250, 00
I n fan t
R
ECONSTI TUI CAO P AD R AO. LATA D E 400 G R ,
7
I LG
COMER
CI AL
LTD
A
55.81
6, 00
SAB OR B AUNI LH A. SUG ESTAO NOME COMER CI AL
NUTR EN JUNI OR .
8
I MP LATECH
EI R
EL I EP P
45.370, 00
9
P
R OD
I ET NUTR
I ÇÃO CL I NI CA LTD
A -
32.250, 00
F
I LI AL
Forn ecedor: 8695
- SAVI M
E D
COM
E R
CI O
D
E
P R
OD
U
TOS
M
E D
I COS
-
M
1
0
NUTR
I CAO OR
I G
I NAL
LTD
A ME
1 4.750, 00
P
rodu to
Qu an ti dade
U
n i dade
M
arca
R
$
U
n i t
R $
Total
1 1
AR
F I OR
ENZANO D
I STR
I B UI D
OR
A D
E
1 0.935, 00
221 99 - F OR MULA I NF ANTI L D E SEG UI MENTO,
COM OU SEM P R EB I OTI COS, D H A, I ND I CAD A P AR A
MED
I CAMENTOS LTD
A EP P
NAN
COMF OR
3
-
1 2
P
R
O-VI D
A COMER
CI O D
E
4.01 5, 20
B
EB ES ACI MA D E 1 0º MES D E VI D A. L ATA D E 800 G R .
500
UNI
NESTLÉ
LATA
D
E
33, 00
1 6.500, 00
EQUI P AMENTOS LTD
A EP P
SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL AP TAMI L 3 OU
NAN CONF OR 3 OU ENF AG R OW.
800G
Arap oti , em
08
de
n ovem
b ro
de
201 7.
AD
AO R
OD
R
I G
UES D
A SI L VA
22201
- F OR MULA I NF ANTI L ANTI R EG UR G I TACAO,
Pregoeiro
P
AR A LACTENTES D E 0 A 1 2 MESES D E VI D A. LATA
250
UNI
35, 00
8.750, 00
D
E 800 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL
NAN AR - NESTLÉ
LATA D E 800G
AP
TAMI L
AR
OU NAN AR
.
22208
- F OR MULA I NF ANTI L D E P AR TI D A, P AR A
LACTENTES D E 0 A 6 MESES D E VI D A, COM OU SEM
P
R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
NESTOG ENO
1
CASEI NA/P R OTEI NA D O SOR O D O LEI TE 40: 60. LATA
750
UNI
NESTLÉ
-
400G
1 5, 00
1
1 .250, 00
D
E 400 G R . SUG ESTAO NOME COMER CI AL: AP TAMI L
LATA D
E 400G
1 OU ENF AMI L P R EMUM 1 , NESTOG ENO 1 .
22209
- F OR MULA I NF ANTI L D E P AR TI D A, P AR A
LACTENTES D E 0 A 6 MESES D E VI D A, COM
NAN
COMF OR
1
P
R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
750
UNI
NESTLÉ
LATA
D
E
41
, 1
7
30.877, 50
CASEI NA/P R OTEI NA D O SOR O D O LEI TE 30: 70. LATA
400G
D
E 400 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL: NAN
EDITAIS B 3 TERÇA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED. 1859 COMF OR 1
EDITAIS
B 3
TERÇA-FEIRA,
05
DE
DEZEMBRO
DE
2017
-
ED.
1859
COMF OR
1
.
2221
0 - F OR MULA I NF ANTI L D E SEG UI MENTO,
P
AR A LACTENTES D E 6 A 1 2 MESES D E VI D A, COM
OU SEM P R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
CASEI NA/P R OTEI NAS D O SOR O D O LEI TE D E 60: 40
OU 80: 20. LATA D E 400 G R . SUG ESTAO D E NOME
COMER CI AL: AP TAMI L 2 OU ENF AMI L P R EMI UM 2,
NESTOG ENO 2.
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE ARAPOTI- PR
RUA ONDINA BUENO SIQUEIRA Nº 1 80 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 351 2-3000
CNPJ Nº 09.277.71 2/0001 -27
NESTOG
ENO
2
200
UNI
NESTLÉ
LATA
D
E
1 5, 76
3.1 52, 00
EXTRATO
400G
TERMO
DE
HOMOLOGAÇÃO
E
ADJUDICAÇÃO
2221
3 - F OR MULA I NF ANTI L D E SEG UI MENTO,
Despacho do Presidente do FMS
De 28/1 1 /201 7.
P
AR A LACTENTES D E 6 A 1 2 MESES D E VI D A. COM
NAN
COMF OR
2
Adju di can do o objeto da l i ci tação r eal i zada n a m od al i d ad e
P
R EB I OTI COS, R ELACAO D E P R OTEI NAS
400
UNI
NESTLÉ
LATA
D
E
21 , 24
8.496, 00
Inexigibilidade, sob
o
n° 005/201 7, a(s) empresa(s):
CASEI NA/P R OTEI NAS D O SOR O D O LEI TE D E 30: 70.
800G
LATA D E 800 G R . SUG ESTAO D E NOME COMER CI AL:
Empresa
Valor
NAN COMF OR 2.
F
.C. D A SI LVA –
CL I NI CA MED I CA EP P
R$
1 2.1 00, 04
2221 4
-
F OR
MULA I NF ANTI L
D
E P AR
TI D
A,
P AR
A
Au tori zan do a despesa e a l avr atu ra do respecti vo em pen h o.
LACTENTES D E 0 A 6 MESES D E VI D A, COM
R ELACAO CASEI NA: P R OTEI NAS D O SOR O D E 60: 40.
LATA D E 400 G R . SUG ESTAO NOME COMER CI AL
MI L UP A OU NESTOG ENO.
NESTOG
ENO
1
1 .600, 00
UNI
NESTLÉ
LATA
D
E
1 5, 00
24.000, 00
400G
Objeto: Cr eden ci am en to de p essoa ju r ídi ca para p restação de
servi ços m é di cos vi san do aten der as n ecessi dades d a Secr etari a
Mu n i ci p al d e Saú d e .
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE ARAPOTI- PR
RUA ONDINA BUENO SIQUEIRA Nº 1 80 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 351 2-3000
CNPJ Nº 09.277.71 2/0001 -27
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
EXTRATO
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 6/201 7
Pregão: 67/201 7
TERMO
DE
H
OMOLOGAÇÃO
E
ADJUDICAÇÃO
Despacho do Presidente do FMS
De 01 /1 2/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: NUTR I P OR T COMER CI AL LTD A
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 223/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: SAVI MED COMER CI O D E P R OD UTOS
MED I COS LTD A
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
H
om
ol og an do
e
Adju di can do
o
procedi m
en to
l i ci tatóri o
empresa:
real i zado
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
na
modalidade
de
Pregão, sob
o
n° 067/201 7, a
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
Em
presa
Valor (R$)
Val or Con trato: R $ 95.400, 00
Val or Con trato: R $ 1 03.025, 50
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
LOND
R
I CI R
COM. D
E MAT. H
OSP I TALAR
1
77.945, 00
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
P
razo Até 01 /1 2/201 8
P
razo Até 01 /1 2/201 8
LTD
A
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
A
C MATER
I AI S MED
I COS LTD
A
1
1
6.803, 80
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
SAVI MED COMER CI O D E P R OD UTOS
MED I COS L TD A ME
1
03.025, 50
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
NUTR
I P OR
T COMER
CI AL
LTD
A
95.400, 00
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 7/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: NUTR I CAO OR I G I NAL LTD A ME
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
JABOTI
B
R
AVONUTR
I COMER
CI O D
E P
R
OD
UTOS
76.805, 00
NUTR
I CI ONAI S EI R
EL I ME
MER
CO SOLUÇ
Õ
ES EM SAUD
E LTD
A
74.677, 50
I LG
COMER
CI AL
LTD
A
55.81
6, 00
P
OR TAR
I A Nº1 98/201 7
de 01 de D eze
m
bro
de
201 7
I MP LATECH
EI R
EL I EP P
45.370, 00
m
u l a: “Con ce
de
Adi ci
on al de
I n sa
l u bri dade
a
se
rvi
dor m
u -
al i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
P
R OD
I ET NUTR
I ÇÃO CL I NI CA LTD
A -
32.250, 00
n
i ci
pal e
est
abel ece
ou tras
provi
dên ci
as. ”
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
F
I LI AL
O
P refei to
M
u n i ci pal de
Jaboti , E stado
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
NUTR
I CAO OR
I G
I NAL
LTD
A ME
1 4.750, 00
P aran á, n o
u so
de
su
as
atri bu i çõ
es
qu e
l h e
o
co
do
n feri das
por
Val or Con trato: R $ 1 4.750, 00
AR
F I OR
ENZANO D
I STR
I B UI D
OR
A D
E
1 0.935, 00
Lei:
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
MED
I CAMENTOS LTD
A EP P
R
E S O L
V
E:
P
razo Até 01 /1 2/201 8
P
R
O-VI D
A COMER
CI O D
E
4.01 5, 20
Art. 1 º.
CON
CE D
E R
Adi ci
on al de
I n sa
l u bri dade
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
EQUI P AMENTOS LTD
A EP P
n
a
proporçã
o
de
20%
do
m
en or pi so
sa l ari al da P refei tu ra,
Objeto: Registro de preços para futura e eventual aquisição de
alimentação enteral e fórmulas lácteas visando atender as
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
co
m
fu n dam
en to
n o
arti go
98, §2º, da
Lei n º 33
de ju n h o de
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
1 994, R
egi m
e
Ju
rídi co
Ú
n i co
, para o Servi dor, José Carl os
n
ecessi d ad es
d a
Secretari a
Mu n i ci p al de
Saú d e.
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
de L i m
a, ocu
pan te
do
Cargo
de
Au xi l i ar de Servi ços G erai s,
l otado
n o
D
en to
de
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 8/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: I LG COMER CI AL LTD A
epartam
Saú de.
Art. 2º. Est
a
portari a
en trará
em
vi
gor a
parti r da
data
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
de
su
a
pu bl i ca
çã
o.
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
EXTR ATO D E CONTR ATO
Con trato: 209/201 7
R
egi st
re-se
, P u bl i qu e-se
e Cu m pre-se
.
G
abi n ete
do
P refei to
Mu n i ci
pal de
Ja
boti , 01
de
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
D
eze
m
bro
de
201 7.
P
roce sso de I n exi gi bi l i dade: 5/201 7
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
VAND
ER
LEY
D
E SI QUEI R
A E SI LVA
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: F.C. D A SI LVA CLI NI CA MED I CA EP P
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
P
R
EF EI TO MUNI CI PAL
Val or Con trato: R $ 55.81 6, 00
Objeto: Creden ci am en to de pesso a ju rídi ca para prest açã o de se rvi ço s
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
m
édi co s vi sa n do aten der as n ece ssi dades da Secr etari a Mu n i ci pal de
P
razo Até 01 /1 2/201 8
D
ECR
ETO N.º 80/201 7.
Saú de.
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420263390390000
m
u l a: Nom
ei a
co
m
pon en tes
para
form
açã
o
de
Equ i pe
Téc-
Val or Con trato: R $ 1 2.1 00, 04
n
i ca
Mu n i ci
pal para
atu al i za
çã
o
da
P l an ta
G
en éri ca
de
Val ores
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
P
razo Exe cu çã o: Até 29/1 2/201 7
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
I m
obi l i ári os.
P
razo Até 29/1 2/201 7
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
O
P refei to
Mu n i ci
pal de
Ja
boti , Est
ado
do
P aran á, n o
u so
de
D
ata Assi n atu ra: 29/1 1 /201 7
su
as
atri bu i çõ
es
qu e
l h e
o
co
n feri das
por Lei e:
Con si
deran do
a
n ece
ssi
dade
de
atu al i za
çã
o
da
pl an ta
gen é ri -
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 9/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
ca
de
va
l ores
i m
obi l i ári os
do
m
u n i cí
pi o
de
jaboti .
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
D
ECR ETA:
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 2/201 7
Pregão: 67/201 7
Co n t r a t a d a : B R AV ONUTR I COMER CI O D E P R OD UTOS
Art. 1
º
-
F i ca
m
n om
eados
os
m
em
bros
resp
on sá ve i s para pro-
NUTR
I CI ONAI S EI R
ELI ME
m
ove
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
do
m
a
u n i cí
r
atu al i za
çã
o
da
gen éri ca
de va l ores i m obi l i ári os
pi o
de
Ja
boti , co
pl an ta
n form
e
rel aci
on ado
abai xo
:
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: LOND R I CI R COM. D E MAT. H OSP I TALAR LTD A
Ja
cso
n
Nasci
m
e n to
R osa
d e
B e m
( D
e p ar tam
e n to
d e
Tr i b u taçã
o ) ;
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
Mu ri l o
Ol i ve
i ra
( D
epartam
en to
Ju
rídi co
) ;
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de al i m en -
taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece ssi dades da
Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
Val or Con trato: R $ 76.805, 00
F
abi o
H
en ri qu e
Cu ran
( D
epartam
en to
Ju
rídi co
)
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
Jo
Carl os da
I n tern o) ;
P
razo Até 01 /1 2/201 8
Lau deri apareci
abilidade);
Si l va
da
( Con trol e
Cost
a
de
Ol i ve
i ra
( D epartam
en to
de
Con t-
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
Val or Con trato: R $ 1 77.945, 00
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
Ni
l ton
dos
San tos
An drade
( Câm
ara
de
Vereadores)
P
razo Até 01 /1 2/201 8
R
egi s
Wi l l i an
Si qu ei ra
R
odri gu es
( P resi
den te
da
Câm
ara
dos
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
Vereadores)
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 220/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: I MP LATECH EI R ELI EP P
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
Carl os
Ave
l i n
o
da
Si l va
( En gen h ei ro
Ci vi
l )
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
F
ern an do
Val éri o
de
Si qu ei ra
( Em
presa
ri o)
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
Er
a sm
o
Ca r l o s
To r r e s
( Em
p r e sa
r i o )
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Art. 2º. Os
se
rvi
ço
s
deco
rren tes
das
atri bu i çõ
es
i n adas
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 3/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: MER CO SOLUÇÕES EM SAUD E LTD A
por est
e
decr
eto
o
co
n si
derados
de
rel eva
n te
determ
i n teresse
,
Art. 3º - Est
bl i co
se
m
ôn u s
para
a
m
pal i dade.
e
D
ecr
eto
en trará
u n i ci
em
vi gor n a
data
de
su
a
pu bl i ca
-
al i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
çã
o
revo
gan do-se
as
di sp
osi
çõ
es
em
co
n trári o.
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de al i m en -
taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece ssi dades da
Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
G
abi n ete
do
prefei to
Mu n i ci
pal de
Ja
boti , 01
de
deze
m
bro
de
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
Val or Con trato: R $ 45.370, 00
201 7.
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
VAND
ER
LEY
D
E SI QUEI R
A E SI LVA
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
P
razo Até 01 /1 2/201 8
Val or Con trato: R $ 74.677, 50
P
R EF EI TO MUNI CI PAL
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
P
razo Até 01 /1 2/201 8
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
ATO D E H OMOLOG AÇÃO
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
P
R EG ÃO P R ESENCI AL 54/201 7
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 221 /201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: AR F I OR ENZANO D I STR I B UI D OR A D E
H OM OL OG O, para qu e produ za se u s efei tos l egai s, os
atos de ul amento de classificaç o e ad udicaç o por
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 4/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: A C MATER I AI S MED I COS LTD A
MED I CAMENTOS LTD A EP P
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
parte do P regoei ro, do objeto l i ci tado, referen te à Li ci taçã o
Modal i dade P regão P rese n ci al n º 54/201 7 do ti po m en or
preço por i tem referen te aqu i si çã o de pn eu s, câ m aras e
protetores, ten do co m o ve n ce dora: L SER R ANO & CI A
LTD A - ME, CNP J 1 7.264.357/0001 -80, est abel eci da à
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de al i m en -
taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece ssi dades da
Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
R
od. P ari got de Sou za , 21 1 0 – CEP : 84940000 - B ai rro:
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
B
oa Vi st a, Ven ce dor de vá ri os i ten s perfaze n do o va l or de
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
R
$ 3 48 , 0 0 ( Tr e ze n to s e Q u ar e n ta e Oi to R e ai s) . 2 ) A.K .
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
Val or Con trato: R $ 1 0.935, 00
Val or Con trato: R $ 1 1 6.803, 80
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
P
razo Até 01 /1 2/201 8
P
razo Até 01 /1 2/201 8
MED I NA D E CAR VALH O – ME, CNP J 27.675.488/0001 -
03, est ab el eci d a à Av. Marg i n al , 1 49 1 – Sal a 1 1 – CEP
84940000 – B ai rro Naçõ es, Ven ce dor de Vári os i ten s
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
F
UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E – AR AP OTI
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
R
UA P LACÍD I O LEI TE Nº 1 48 CENTR O CÍVI CO
perfaze n do o va l or de R $ 41 .798, 40 ( Qu aren ta e Um Mi l
Setece n tos e Nove n ta e Oi to R eai s e Qu aren ta Cen ta-
vo s) . 3) P NEUS COMÉ R CI O D E P NEUS LTD A – ME,
CNP J 06.880.642/0001 - 09 , est ab el eci d o à Av. Marg i n al
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 21 5/201 7
Pregão: 67/201 7
CEP 84.990-000 / F ONE ( 43) 351 2-3000
CNP J Nº 09.277.71 2/0001 -27
Ata de R egi st ro de P reço s: 222/201 7
Pregão: 67/201 7
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: P R OD I ET NUTR I ÇÃO CLI NI CA LTD A - F I LI AL
P
aragu ai , 469 – R i o Verde – CEP 83405280 – Ci dade
Col om bo, Ven ce dor de vá ri os i ten s perfaze n do o va l or
d
e R $ 3 0 .8 9 6 , 0 0 ( Tr i n ta Mi l Oi to ce n to s e No ve n ta e Se i s
Con tratan te: F UND O MUNI CI PAL D E SAÚ D E
Con tratada: P R O-VI D A COMER CI O D E EQUI PAMENTOS
LTD A EP P
R
eai s)
. 4) CAR G A SUL COMER CI O D E P NEUS LTD A –
EP P, CNP J 08.998.979/0001 -40, est abel eci do à R u a R i o
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de
G
ran de do Su l , 396 – CEP 86804390 - B ai rro: Jd . Apu ca -
al
i m en taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece s-
Objeto: R egi st ro de preço s para fu tu ra e eve n tu al aqu i si çã o de al i m en -
taçã o en teral e fórm u l as l áct eas vi sa n do aten der as n ece ssi dades da
Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
si
dades da Secr etari a Mu n i ci pal de Saú de
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
Val or Con trato: R $ 32.250, 00
D
otaçã o Orça m en tári a: 1 0001 1 0302000420523390320000
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
Val or Con trato: R $ 4.01 5, 20
P
razo Até 01 /1 2/201 8
P
razo Exe cu çã o: Até 01 /1 2/201 8
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7
P
razo Até 01 /1 2/201 8
ran a, Ven ce dor de vá ri os i ten s perfaze n do o va l or de R $
40.000, 00 ( Qu aren ta Mi l R eai s) , para qu e produ za se u s
efei tos l egai s.
Ja boti , 27 de n ove m bro de 201 7.
Vanderley de Siqueira e Silva,
Prefeito Municipal.
D
ata Assi n atu ra: 01 /1 2/201 7

B

4

EDITAIS

B 4 EDITAIS TERÇA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO DE 2017 - ED. 1859 esta elecida D D

TERÇA-FEIRA,

05

DE

DEZEMBRO

DE

2017

-

ED.

1859

esta elecida D D D ar- TER MO D E I NEXI G I B
esta elecida D D D ar-
TER MO D E I NEXI G I B I LI D AD E D E CH AMAMENTO
ATO D E H OMOLOG AÇÃO
rac o P: : OB
JE TO:
P
P -
P
R EG
ÃO P R
ESENCI AL
55/201 7
ontrataç o de empresa para prestaç o de ser iços de solda
D D D P :
H OM OL OG O, para qu e produ za se u s efei tos l egai s, os atos de ju l ga-
e
reparos em estrutura metálica VAL OR
D
O
CON
TR
ATO:
: epasse de recursos financeiros -
mento de classificaç o e ad udicaç o por parte do Pre oeiro do o eto
licitado re erente icitaç o odalidade Pre o Presencial n
do tipo menor preço por item re erente a ormaç o de re istro de preço
para contrataç o de empresa para prestaç o de ser iços de solda e
reparos em estrutura metálicas tendo como encedora: D
D inscrito pelo P n esta-
etenta e o e il e uin entos eais VI G
E N -
CI AÇÃO D E PAI S E AMI G OS D OS EXCEP CI ONAI S –
CI
A: presente contrato terá sua i ncia a partir da data de
P de a oti
sua assinatura em encerrando se em
ei esta elece as normas erias para as
podendo ser prorro ado mediante termo aditi o na orma da
parcerias entre a administraç o p lica e or ani ações
ei de acordo com as necessidades da administra-
da sociedade ci il em re ime de m tua cooperaç o para
elecido á ua duardo Dias i eiro arrac o P
ç o
a
consecuç o de finalidades interesse p lico e rec pro-
entro a oti Paraná pelo alor setenta e no e mil e
co mediante a e ecuç o de ati idade ou de pro etos pre-
uin entos reais para ue produ a seus e eitos le ais
a oti de no em ro de
a oti
Vanderley de Siqueira Silva,
Prefeito Municipal de Jaboti.
Vanderley de Siqueira e Silva,
Prefeito Municipal.
iamente esta elecidos em planos de tra al o inseridos
em termos de cola oraç o em termos de omento ou em
acordos de cooperaç o
Eronis Reimão
da Silva,
finalidade de parceria ue o com o empre o de es or-
Representante da Empresa.
ços m tuos tendo de um lado a trans er ncia de recursos
financeiros por parte do unic pio e como contrapartida a
AV I SO D
E L I CI TAÇ
à O
o
erta de ser iços educacionais de atendimento s pes-
P
soas portadoras de necessidades especiais esta car n-
A
P R
EF EI TUR
A MUNI CI PAL
JA
B
OTI , Est
ado
do
P aran á, torn a
p
lico ue ará reali ar licitaç o con orme se ue:
D
D D
cia se a atendida de orma satis at ria sempre isando a
mel orias ualitati as e uantitati as dos ser iços
D D D : P n P
o m ito municipal com caracter stica especificas
D
: enor Preço P
CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI
P n situado na Praça inas erais
a oti Paraná P CON TR ATAD O: R B
AL E SSI -M E P esta elecida
P: :
incluindo locali aç o do esta elecimento e iste apenas
: D P
uma instituiç o capa de atender a necessidade das
D
ESTI NAD O AO D EPATAMENTO D E AG R I CULTUR A CON-
ecretarias unicipais de ducaç o e de ssist ncia
D P P -
entre o munic pio de a oti e
ocial: D P D -
P
D
P P de a oti ntidade ci il constitu da
inist rio da ricultura Pecuária e astecimento
OB JE TO: CONTR ATAÇÃO D A D UP LA FAB I NH O E R O-
de oluntários sem fins lucrati os filantr pica re ida por
D P P : Dia s : no
D
statuto declarada de utilidade p lica pela ei unicipal
site llcompras or r cesso dentificado no lin licita-
ções
VAL OR D O
CON
TR
ATO: De il eais
n