Você está na página 1de 17

Esta é a versão em html do arquivo

https://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/main/downloadPDF?aula=48744.
G o o g l e cria automaticamente versões em texto de documentos à medida que vasculha a
web.

Page 1
Aula 00
Questões FGV de Português p/ Auditor Tributário Municipal (ISS/Recife)
Professor: Fabiano Sales
00000000000 - DEMO

Page 2
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
1 de 18
SUMÁRIO
PÁGINA
01. Saudação e Apresentação
01
02. Objetivo e Cronograma do Curso
02
03. Ortografia Oficial
03
04. Lista das Questões Comentadas na Aula
12
05. Gabarito
18
SAUDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR
Olá, futuros servidores do ISS/Recife!
É com imensa empolgação que daremos início ao Curso de
Questões Comentadas da banca FGV, destinado à disciplina de
Língua Portuguesa. O edital foi publicado recentemente, e as provas
estão previstas para setembro de 2014. Portanto, é hora de estudar
com bastante afinco!
Primeiramente, farei uma sucinta apresentação sobre mim: Meu
nome é Fabiano Sales. Tenho formação em Letras pela Universidade
Federal do Rio de Janeiro. Iniciei minhas atividades docentes há nove
anos, no Rio de Janeiro, onde leciono aulas de gramática, de técnicas de
redação, de compreensão e interpretação de textos e de redação de
correspondências oficiais.
Leciono em cursos preparatórios, auxiliando diversos candidatos
para os principais certames públicos do país (Receita Federal, Senado
Federal, Tribunais de Contas, BACEN, BB, CEF, INSS, TRTs, TREs, TRFs,
entre outros).
Tenho experiência com as principais bancas examinadoras do país,
dentre as quais se destacam ESAF, NCE/UFRJ, Cesgranrio, FCC,
CESPE/UnB e FGV.
Desde já, coloco-me à inteira disposição de vocês para ajudá-los a
conquistar a almejada CLASSIFICAÇÃO. Sempre que for preciso, façam
contato por meio do e-mail fabianosales@estrategiaconcursos.com.br.
Responderei o mais breve possível!
AULA 00
Questões comentadas da banca FGV
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 3
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
2 de 18
OBJETIVO E CRONOGRAMA DO CURSO
No atual concurso para o ISS/Recife, a disciplina de Língua
Portuguesa é uma das mais importantes (peso 2). Por essa razão, o
objetivo do presente curso é comentar questões de Língua
Portuguesa já apresentadas em certames organizados pela banca
Fundação Getúlio Vargas.
No decorrer deste preparatório, obedeceremos ao seguinte
calendário de aulas:
AULA
CONTEÚDO
DATA
Aula 1
Questões comentadas da FGV.
26/07
Aula 2
Questões comentadas da FGV.
12/08
Aula 3
Questões comentadas da FGV.
19/08
Aula 4
Questões comentadas da FGV.
03/09
Aula 5
Questões comentadas da FGV.
10/09
Vamos iniciar nossa trajetória rumo à classificação!
Para refletir: "Se você quer ser bem-sucedido, precisa ter
dedicação total, buscar seu último limite e dar o melhor de si
mesmo." (Ayrton Senna)
Mãos à obra!
00000000000
00000000000 - DEMO

Page 4
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
3 de 18
ORTOGRAFIA OFICIAL E ACENTUAÇÃO GRÁFICA
1. (FGV-2008/Senado) O vocábulo anabolizar está grafado corretamente.
Assinale a alternativa em que haja pelo menos uma palavra com erro de grafia.
(A) profissionalizar pesquisar
(B) paralizar realizar
(C) hostilizar analisar
(D) indenizar inferiorizar
(E) informatizar ironizar
Comentário: Conforme as lições de ortografia, alguns verbos recebem apenas o
sufixo -AR. É o caso de “paralisar”, proveniente de “paralisação”. Portanto, a grafia
correta se dá com a consoante -s. Por sua vez, a forma “realizar” está correta, pois
o sufixo “-izar” deve ser grafado com z.
Gabarito: B.
2. (FGV-2008/Senado) “Em primeiro lugar, não estão em xeque as inegáveis e
insubstituíveis virtudes que os mercados possuem quando funcionam de
maneira mais livre, sem interferências externas, na alocação dos recursos.”
No trecho acima, grafou-se corretamente a palavra xeque, de acordo com o
sentido pretendido no texto. Assinale a alternativa em que não se tenha
mantido correção gráfica ao utilizar a palavra destacada.
(A) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate.
(B) Com ética e consciência cidadã, o povo dará um cheque à corrupção.
(C) Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe.
(D) Porque estava sem talão, teve de pedir um cheque avulso.
(E) Deixe que eu cheque a lista de passageiros.
Comentário: Vamos analisar as assertivas.
A) Resposta correta. expressão “xeque-mate” é empregada no ogo de xadrez.
Houve a grafia correta com a letra x.
B) Resposta incorreta. palavra “cheque” foi empregada em sentido conotativo,
figurado. Nesse caso, significa “por fim à corrupção”, devendo ser grafada com a
letra x.
C) Resposta correta. No contexto, a palavra “xeque” significa “soberano árabe”,
estando correta a grafia. Também existe a variante “xeique”.
D) Resposta correta. Conforme vimos nas lições, “cheque” significa “ordem de
pagamento”, estando correta a grafia com ch.
E) Resposta correta. No contexto, “cheque” é flexão do verbo “checar” (verificar)
no
presente do subjuntivo. Portanto, está correta a grafia com ch.
Gabarito: B.
00000000000

00000000000 - DEMO
Page 5
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
4 de 18
3. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que todas as palavras estejam
corretamente grafadas.
(A) pudico decúbico
(B) rúbrica déficit
(C) impecílio hojeriza
(D) disenteria privilégio
(E) possue discreção
Comentário: s palavras estão corretamente grafadas na assertiva D. vogal “i” foi
perfeitamente empregada nos vocábulos “disenteria” e “privilégio”.
Vamos analisar o erro nas opções.
A) Resposta incorreta. grafia de “pudico” está correta; é uma palavra paroxítona
(o acento tônico recai na penúltima sílaba) terminada em -o. Portanto, não recebe
acento. Entretanto, o vocábulo “decúbico” foi incorretamente grafado.
grafia
correta é “decúbito” (estar deitado).
B) Resposta incorreta. Na palavra “rubrica” ocorreram dois erros: um de silabada
(troca indevida da sílaba tônica do vocábulo) e o emprego inadequado do acento
agudo. grafia correta é “rubrica”. O vocábulo “déficit”, por sua vez, foi grafado
corretamente.
C) Resposta incorreta. O vocábulo “impecílio” estaria corretamente grafado se
apresentasse a forma “empecilho”. Já a palavra “ho eriza” também está incorreta,
pois, segundo as regras ortográficas, o correto é “o eriza”.
E) Resposta incorreta. Emprega-se a vogal “i” na 2ª e 3ª pessoas do singular, do
presente do indicativo: tu possuis, ele possui. Por sua vez, “discreção” está
incorretamente grafada. Para corrigir essa palavra, deveremos grafar “discrição”
(discreto).
Gabarito: D.
4. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ-Adaptada) Julgue o item a seguir.
No período “As idéias dela sempre vêm de encontro às minhas, ou seja, sempre
concordamos um com o outro.”, a expressão em destaque está de acordo com
as regras ortográficas e com a adequação vocabular.
Comentário: expressão adequada seria “ao encontro de” (favoravelmente). Esta
locução deveria ter sido empregada no período do enunciado, porque “de encontro
a” significa “ir contra, choque, colisão”, não se adequando ao trecho em análise.
Gabarito: Item incorreto.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 6
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
5 de 18
5. (FGV-2008/Polícia Civil/RJ-Adaptada) “Concluída a fusão dos mercados, em
vez de rumar para a integração política e consolidar seu protagonismo na cena
mundial, a Europa faz da integração um utensílio da exclusão. Claro está que
Bruxelas não pode evitar a deriva à direita de certos Estados, mas tampouco
necessita servir à regionalização da xenofobia.”
A respeito do trecho acima, analise o item a seguir:
I. A expressão em vez de não poderia ser substituída, no trecho, por ao invés de.
Comentário: No contexto, a expressão “em vez” deve ser substituída por “ao invés
de”, pois os trechos “rumar para a integração política e consolidar seu protagonismo
na cena mundial” e “faz da integração um utensílio da exclusão” apresentam
sentidos opostos.
Gabarito: Item incorreto.
6. (FGV-2008/Prefeitura de Campinas) “Ninguém sabe aonde essa transformação
vai chegar.”
Uma das freqüentes dificuldades no uso da língua reside na opção entre o uso do
onde e do aonde, grifado na frase acima.
Assinale a alternativa em que não se tenha empregado a forma correta.
(A) As escolas onde estivemos estavam bem conservadas.
(B) Estivemos naquela cidade onde se deu o encontro de professores.
(C) Sabemos onde nossos projetos pretendem chegar.
(D) A nossa preocupação era onde entregar os relatórios.
(E) Haveria, sempre, um lugar onde pudéssemos descansar nossas angústias.
Comentário: Na assertiva C, temos o verbo “chegar”, que indica movimento. Por
essa razão, a regência é transitiva indireta, exigindo o emprego da preposição “a”:
“Sabemos aonde nossos pro etos pretendem chegar”. Nas demais opções, houve o
emprego correto dos respectivos vocábulos.
Gabarito: C.
7. (FGV-2011/TRE-PA) Partidos devem ir às ruas explicar para os cidadãos por
que existem e quais são suas propostas.
No período acima, empregou-se corretamente a forma POR QUE. Assinale a
alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido.
(A) O povo não entende por que os partidos políticos se esquivam de se apresentar
claramente.
(B) Nem sempre é fácil entender as modificações por que passam os partidos
políticos.
(C) As pessoas desejam entender por que, nas relações entre os partidos políticos,
as alianças rapidamente se dissolvem.
(D) Às vezes sem saber por que, o povo escolhe determinados candidatos para
cargos importantes.
(E) Na realidade, o povo sabe por que deve escolher bem seus representantes.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 7
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
6 de 18
Comentário: O erro encontra-se na assertiva D. A forma “por quê” (separada e com
acento) pode ser usada em final de oração, antes de pausa (não necessariamente
no final do período), quando for equivalente a motivo, razão pela qual. É o que
deveria ter ocorrido no excerto em análise: “Às vezes sem saber por quê, o povo
escolhe determinados candidatos para cargos importantes”.
Gabarito: D.
8. (FGV-2010/CODESP) O aproveitamento das oportunidades que estão
surgindo é valioso porque, além da realização pessoal na vida profissional, é
um atalho para melhorar dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez
maiores da população brasileira.
No trecho acima, empregou-se corretamente uma das formas do porquê.
Assinale a alternativa em que isso não tenha ocorrido.
(A) Sem ter por quê, em se falando de habilidades, discutir mais profundamente,
calamo-nos.
(B) Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos.
(C) Ele esperava saber por que, naquele departamento, sua habilidade não era
valorizada.
(D) Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la?
(E) Não conseguimos saber por quê, mas tentamos.
Comentário: Vamos analisar as opções.
A) Resposta incorreta. No trecho, seria adequado o emprego da forma “por que”
(preposição + pronome interrogativo), pois equivale a por qual motivo, por qual
razão.
B) Resposta correta. No contexto, a forma “por que” pode ser substituída pela
expressão pelas quais: Vamos destacar as habilidades pelas quais (...)”. Logo, o
emprego está correto.
C) Resposta correta. Há uma pergunta indireta, o que justifica o emprego da forma
“por que” (separa e sem acento).
D) Resposta correta. forma “porque” ( unta e sem acento) deve ser usada em
frases interrogativas, quando for uma conjunção causal (relação de causa e efeito).
É o que ocorre na assertiva. Portanto, está correto o emprego.
E) Resposta correta. Conforme vimos nas lições, a forma “por quê” (separada e
com acento) pode ser usada no final da oração, antes de pausa (não
necessariamente em final do período), quando for equivalente a motivo, razão pela
qual. Logo, o emprego está correto.
Gabarito: A.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 8
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
7 de 18
9. (FGV-2006/SERC-MS) Perguntei por que ele não tocava mais piano.
Assinale a alternativa correta acerca do uso do porquê na frase acima.
(A) A forma está correta, pois corresponde à preposição POR + o pronome relativo
QUE.
(B) A forma está correta, pois é uma conjunção, sendo, nesse caso, sempre grafada
como duas palavras.
(C) A forma está correta, pois equivale a "por qual razão", caracterizando uma
pergunta indireta.
(D) A forma está incorreta, pois a forma com duas palavras só se usa em perguntas.
O correto seria PORQUE.
(E) A forma está incorreta, pois, embora seja grafada com duas palavras, a forma
QUE deveria levar acento circunflexo.
Comentário: Segundo as lições, vimos que a forma “por que” (separada e sem
acento) também pode ser empregada em pergunta indireta. No caso em tela, a
expressão é composta pela preposição “por” seguida do pronome interrogativo “que”
e equivale a “por qual razão”.
Gabarito: C.
10. (FGV-2008/Senado) A palavra megadiversidade foi grafada corretamente no
texto. Assinale a alternativa em que, compondo-se palavra com o elemento
mega-, obedeceu-se às regras de ortografia.
(A) mega-homenagem
(B) megaipótese
(C) mega sucesso
(D) megaritual
(E) mega-evento
Comentário: Como a questão foi elaborada antes do Novo Acordo Ortográfico da
Língua Portuguesa, vamos analisá-la à luz das regras antigas. Conforme vimos nas
lições, não haverá hífen entre o falso prefixo “mega-“ e a palavra seguinte:
megaomenagem, megaipótese, megaevento. Quando o vocábulo posterior for
iniciado pelas consoantes R ou S, estas letras deverão ser duplicadas: megarritual,
megassucesso. Logo, a letra B é o gabarito da questão.
Gabarito: B.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 9
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
8 de 18
11. (FGV-2007/SEFAZ-RJ) Em antimaterialista, utilizou-se corretamente a regra
de emprego do hífen com o prefixo anti-. Assinale a alternativa em que isso
não tenha ocorrido.
(A) anti-higiênico
(B) antiaéreo
(C) anti-rábico
(D) anti-semita
(E) anti-inflacionário
Comentário: Novamente, vamos analisar a questão à luz das regras anteriores ao
Novo Acordo ortográfico. Conforme o sistema ortográfico antigo, não se emprega
hífen entre prefixos terminados por vogal e palavras iniciadas pela mesma vogal:
antiinflacionário. Logo, o gabarito da questão é a letra E.
Gabarito: E.
12. (FGV-2008/Senado) Em não-efetivação, utilizou-se corretamente o hífen.
Das palavras abaixo, somente uma está correta. Assinale-a.
(A) sócio-ambiental
(B) tele-reportagem
(C) macro-encefalia
(D) trans-humano
(E) sub-reptício
Comentário: Segundo o antigo sistema ortográfico, deveremos empregar hífen
quando o prefixo sub- anteceder as letras b, h e r. Portanto, a grafia do vocábulo
“sub-reptício” está correta.
nalisando as demais opções, percebemos que os elementos “sócio-“,
“macro-“, “tele-“ e “trans-“ são pseudoprefixos, razão pela qual não serão seguidos
de hífen: socioambiental, telerreportagem, macroencefalia e transumano.
Gabarito: E.
13. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Em inter-regionais, utilizou-se corretamente a
regra do hífen diante de palavras que se iniciam com a letra r. Assinale a
alternativa em que isso não tenha ocorrido.
(A) super-regional
(B) sub-região
(C) micro-região
(D) intra-regional
(E) pseudo-região
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 10
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
9 de 18
Comentário: Conforme nos ensinam as lições teóricas, emprega-se hífen nos
prefixos SUPER-, INTER- e HIPER- que antecedem palavras iniciadas por ‘H’ e
‘R’. Portanto, “super-regional” está corretamente grafado. Com relação ao prefixo
SUB-, haverá hífen sempre que anteceder as letras ‘B’, ‘R’ e ‘H’. Logo, “sub-
região” o emprego do traço de união está correto. O erro de questão encontra-se na
assertiva C, pois, segundo o sistema ortográfico antigo, o elemento “micro-“ é um
pseudoprefixo, razão por que não haverá emprego de hífen. Como a palavra
seguinte é iniciada por R, esta consoante deveria ter sido duplicada: microrregião.
Gabarito: C.
14. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Em inospitaleiras, ao se juntar o prefixo à
palavra hospitaleiras, houve perda da letra h. Assinale a alternativa em que a
junção dos dois elementos se deu de forma incorreta, provocando
erroneamente a perda da letra h.
(A) subumano
(B) megaomenagem
(C) panispânico
(D) multiabilidoso
(E) socioistórico
Comentário: Conforme o sistema ortográfico anterior ao Decreto nº 6.583/2008,
emprega-se hífen nos prefixos CIRCUM-, PAN- e MAL- que antecedem palavras
iniciadas por ‘H’ e vogais. Logo, a palavra “panispânico” está incorretamente
grafada. A correção é “pan-hispânico”.
Gabarito: C.
15. (FGV-2008/Senado-Adaptada) “Podemos caracterizar as economias bem-
sucedidas do pós-guerra, mas não podemos apontar com segurança os
fatores que selaram seu êxito nem os fatores sem os quais elas poderiam ter
sido exitosas.”
A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:
I. O antônimo de bem-sucedidas é “malsucedidas”.
II. A palavra pós-guerra é grafada com hífen, assim como toda palavra que
trouxer o prefixo “pós-”.
Comentário: Por antônimo entende-se o contrário, o oposto: bem X mal. Por sua
vez, a grafia de “malsucedidas” está correta, á que não há menção quanto ao
emprego do hífen quando o prefixo MAL- for seguido de palavra iniciada pela
consoante S (neste caso em especial, seria errado empregar o hífen ou duplicar a
consoante). Logo, o item I está correto.
No item II, por fim, a palavra “pós-guerra” está corretamente grafada.
Entretanto, vimos que o hífen não será empregado em toda palavra que apresentar
o prefixo “pos-“: posfácio. Portanto, o item II está incorreto.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 11
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
10 de 18
16. (FGV-2006/SERC-MS) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha
sido acentuado pela mesma regra que os demais.
(A) atrás
(B) lá
(C) ninguém
(D) vovó
(E) você
Comentário:
forma “lá” é um monossílabo tônico terminado em “a”. Por essa
razão, deve ser acentuado graficamente. As demais palavras são acentuadas por se
enquadrarem nas regras das oxítonas.
Gabarito: B.
17. (FGV-2010/CODESP) Assinala a palavra que tenha sido acentuada por
regra distinta das demais.
(A) relógio
(B) deficiências
(C) distância
(D) nível
(E) níveis
Comentário: s palavras “relógio”, “deficiências”, “distância” e “níveis” são
acentuadas por serem paroxítonas terminadas em ditongo crescente. Por sua vez, a
palavra “nível” é acentuada por ser uma paroxítona terminada em “L”.
Gabarito: D.
18. (FGV-2008/Senado) A palavra êxito recebeu acento por se tratar de
proparoxítona. Nas alternativas a seguir, em que todas as palavras estão
propositalmente grafadas sem acento, uma naturalmente não receberia acento
por não se tratar de proparoxítona. Assinale-a.
(A) interim
(B) rubrica
(C) recondito
(D) arquetipo
(E) lúgubre
Comentário: O acento tônico da palavra “rubrica” recai na penúltima sílaba. Sendo
assim, o vocábulo é classificado como paroxítono (e não deve ser acentuado).
Todas as demais palavras são proparoxítonas, ou seja, o acento tônico recai na
antepenúltima sílaba, sendo todas acentuadas graficamente: “ínterim”, “recôndito”,
“arquétipo” e “lúgubre”.
Gabarito: B.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 12
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
11 de 18
19. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que a palavra tenha sido
acentuada seguindo regra distinta das demais.
(A) previdência
(B) diária
(C) idéia
(D) declínio
(E) óbvia
Comentário: palavra “idéia” é uma paroxítona acentuada no ditongo aberto “éi”.
As demais palavras recebem acento gráfico por serem paroxítonas terminadas em
ditongo oral.
Gabarito: C.
20. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que a palavra indicada tenha
sido acentuada por regra distinta das demais.
(A) instituídas
(B) transparência
(C) remuneratório
(D) Judiciário
(E) Ministério
Comentário:
palavra “instituídas” foi acentuada por se enquadrar na regra do
hiato: ins-ti-tu-í-das. As demais palavras são paroxítonas terminadas em ditongo
crescente oral.
Gabarito: A.
21. (FGV-2010/CODEBA) Assinale a palavra que foi acentuada seguindo a
mesma regra que três.
(A) prevê
(B) Até
(C) além
(D) é
(E) país
Comentário: O vocábulo “três” é um monossílabo tônico, razão por que é
acentuado. Entre as palavras apresentadas, somente a forma verbal “é”, encontrada
na assertiva D, obedece à mesma regra de acentuação (monossílaba tônica).
Gabarito: D.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 13
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
12 de 18
22. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Assinale a alternativa em que o termo tenha
sido acentuado seguindo regra distinta dos demais.
(A) difíceis
(B) Concluída
(C) próprio
(D) conseqüências
(E) solidários
Comentário: Vamos analisar as opções.
) palavra “difíceis” foi acentuada por ser paroxítona terminada em ditongo.
B) O vocábulo “concluída” enquadra-se na regra dos hiatos: con-clu-í-da. Por essa
razão, foi acentuado.
C) “Próprio” é acentuado por ser paroxítona terminada em ditongo.
D) O substantivo “conseqüências” também foi acentuado por ser uma palavra
paroxítona terminada em ditongo. Vale lembrar que, como a questão foi elaborada
anteriormente ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, o emprego do trema no
grupo QÜ está correto.
E) Por sua vez, “solidários” também foi acentuado por se enquadrar da regra dos
paroxítonos terminados em ditongo.
Logo, o gabarito da questão é a letra B.
Gabarito: B.
Por hoje é só, pessoal!
Até o próximo encontro!
Fabiano Sales.
00000000000

00000000000 - DEMO
Page 14
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
13 de 18
LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS NA AULA
QUESTÕES COMENTADAS NA AULA
1. (FGV-2008/Senado) O vocábulo anabolizar está grafado corretamente.
Assinale a alternativa em que haja pelo menos uma palavra com erro de grafia.
(A) profissionalizar pesquisar
(B) paralizar realizar
(C) hostilizar analisar
(D) indenizar inferiorizar
(E) informatizar ironizar
2. (FGV-2008/Senado) “Em primeiro lugar, não estão em xeque as inegáveis e
insubstituíveis virtudes que os mercados possuem quando funcionam de
maneira mais livre, sem interferências externas, na alocação dos recursos.”
No trecho acima, grafou-se corretamente a palavra xeque, de acordo com o
sentido pretendido no texto. Assinale a alternativa em que não se tenha
mantido correção gráfica ao utilizar a palavra destacada.
(A) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate.
(B) Com ética e consciência cidadã, o povo dará um cheque à corrupção.
(C) Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe.
(D) Porque estava sem talão, teve de pedir um cheque avulso.
(E) Deixe que eu cheque a lista de passageiros.
3. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que todas as palavras estejam
corretamente grafadas.
(A) pudico decúbico
(B) rúbrica déficit
(C) impecílio hojeriza
(D) disenteria privilégio
(E) possue discreção
4. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ-Adaptada) Julgue o item a seguir.
No período “As idéias dela sempre vêm de encontro às minhas, ou seja, sempre
concordamos um com o outro.”, a expressão em destaque está de acordo com
as regras ortográficas e com a adequação vocabular.
5. (FGV-2008/Polícia Civil/RJ-Adaptada) “Concluída a fusão dos mercados, em
vez de rumar para a integração política e consolidar seu protagonismo na cena
mundial, a Europa faz da integração um utensílio da exclusão. Claro está que
Bruxelas não pode evitar a deriva à direita de certos Estados, mas tampouco
necessita servir à regionalização da xenofobia.”
A respeito do trecho acima, analise o item a seguir:
I. A expressão em vez de não poderia ser substituída, no trecho, por ao invés de.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 15
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
14 de 18
6. (FGV-2008/Prefeitura de Campinas) “Ninguém sabe aonde essa transformação
vai chegar.”
Uma das freqüentes dificuldades no uso da língua reside na opção entre o uso do
onde e do aonde, grifado na frase acima.
Assinale a alternativa em que não se tenha empregado a forma correta.
(A) As escolas onde estivemos estavam bem conservadas.
(B) Estivemos naquela cidade onde se deu o encontro de professores.
(C) Sabemos onde nossos projetos pretendem chegar.
(D) A nossa preocupação era onde entregar os relatórios.
(E) Haveria, sempre, um lugar onde pudéssemos descansar nossas angústias.
7. (FGV-2011/TRE-PA) Partidos devem ir às ruas explicar para os cidadãos por
que existem e quais são suas propostas.
No período acima, empregou-se corretamente a forma POR QUE. Assinale a
alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido.
(A) O povo não entende por que os partidos políticos se esquivam de se apresentar
claramente.
(B) Nem sempre é fácil entender as modificações por que passam os partidos
políticos.
(C) As pessoas desejam entender por que, nas relações entre os partidos políticos,
as alianças rapidamente se dissolvem.
(D) Às vezes sem saber por que, o povo escolhe determinados candidatos para
cargos importantes.
(E) Na realidade, o povo sabe por que deve escolher bem seus representantes.
8. (FGV-2010/CODESP) O aproveitamento das oportunidades que estão
surgindo é valioso porque, além da realização pessoal na vida profissional, é
um atalho para melhorar dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez
maiores da população brasileira.
No trecho acima, empregou-se corretamente uma das formas do porquê.
Assinale a alternativa em que isso não tenha ocorrido.
(A) Sem ter por quê, em se falando de habilidades, discutir mais profundamente,
calamo-nos.
(B) Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos.
(C) Ele esperava saber por que, naquele departamento, sua habilidade não era
valorizada.
(D) Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la?
(E) Não conseguimos saber por quê, mas tentamos.
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 16
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
15 de 18
9. (FGV-2006/SERC-MS) Perguntei por que ele não tocava mais piano.
Assinale a alternativa correta acerca do uso do porquê na frase acima.
(A) A forma está correta, pois corresponde à preposição POR + o pronome relativo
QUE.
(B) A forma está correta, pois é uma conjunção, sendo, nesse caso, sempre grafada
como duas palavras.
(C) A forma está correta, pois equivale a "por qual razão", caracterizando uma
pergunta indireta.
(D) A forma está incorreta, pois a forma com duas palavras só se usa em perguntas.
O correto seria PORQUE.
(E) A forma está incorreta, pois, embora seja grafada com duas palavras, a forma
QUE deveria levar acento circunflexo.
10. (FGV-2008/Senado) A palavra megadiversidade foi grafada corretamente no
texto. Assinale a alternativa em que, compondo-se palavra com o elemento
mega-, obedeceu-se às regras de ortografia.
(A) mega-homenagem
(B) megaipótese
(C) mega sucesso
(D) megaritual
(E) mega-evento
11. (FGV-2007/SEFAZ-RJ) Em antimaterialista, utilizou-se corretamente a regra
de emprego do hífen com o prefixo anti-. Assinale a alternativa em que isso
não tenha ocorrido.
(A) anti-higiênico
(B) antiaéreo
(C) anti-rábico
(D) anti-semita
(E) anti-inflacionário
12. (FGV-2008/Senado) Em não-efetivação, utilizou-se corretamente o hífen.
Das palavras abaixo, somente uma está correta. Assinale-a.
(A) sócio-ambiental
(B) tele-reportagem
(C) macro-encefalia
(D) trans-humano
(E) sub-reptício
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 17
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
16 de 18
13. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Em inter-regionais, utilizou-se corretamente a
regra do hífen diante de palavras que se iniciam com a letra r. Assinale a
alternativa em que isso não tenha ocorrido.
(A) super-regional
(B) sub-região
(C) micro-região
(D) intra-regional
(E) pseudo-região
14. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Em inospitaleiras, ao se juntar o prefixo à
palavra hospitaleiras, houve perda da letra h. Assinale a alternativa em que a
junção dos dois elementos se deu de forma incorreta, provocando
erroneamente a perda da letra h.
(A) subumano
(B) megaomenagem
(C) panispânico
(D) multiabilidoso
(E) socioistórico
15. (FGV-2008/Senado-Adaptada) “Podemos caracterizar as economias bem-
sucedidas do pós-guerra, mas não podemos apontar com segurança os
fatores que selaram seu êxito nem os fatores sem os quais elas poderiam ter
sido exitosas.”
A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:
I. O antônimo de bem-sucedidas é “malsucedidas”.
II. A palavra pós-guerra é grafada com hífen, assim como toda palavra que
trouxer o prefixo “pós-”.
16. (FGV-2006/SERC-MS) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha
sido acentuado pela mesma regra que os demais.
(A) atrás
(B) lá
(C) ninguém
(D) vovó
(E) você
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 18
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
17 de 18
17. (FGV-2010/CODESP) Assinala a palavra que tenha sido acentuada por
regra distinta das demais.
(A) relógio
(B) deficiências
(C) distância
(D) nível
(E) níveis
18. (FGV-2008/Senado) A palavra êxito recebeu acento por se tratar de
proparoxítona. Nas alternativas a seguir, em que todas as palavras estão
propositalmente grafadas sem acento, uma naturalmente não receberia acento
por não se tratar de proparoxítona. Assinale-a.
(A) interim
(B) rubrica
(C) recondito
(D) arquetipo
(E) lúgubre
19. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que a palavra tenha sido
acentuada seguindo regra distinta das demais.
(A) previdência
(B) diária
(C) idéia
(D) declínio
(E) óbvia
20. (FGV-2008/Senado) Assinale a alternativa em que a palavra indicada tenha
sido acentuada por regra distinta das demais.
(A) instituídas
(B) transparência
(C) remuneratório
(D) Judiciário
(E) Ministério
21. (FGV-2010/CODEBA) Assinale a palavra que foi acentuada seguindo a
mesma regra que três.
(A) prevê
(B) Até
(C) além
(D) é
(E) país
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 19
Curso de Português ISS/Recife
Questões comentadas
Prof. Fabiano Sales Aula 00
Prof.Fabiano Sales
www.estrategiaconcursos.com.br
18 de 18
22. (FGV-2008/Polícia Civil-RJ) Assinale a alternativa em que o termo tenha
sido acentuado seguindo regra distinta dos demais.
(A) difíceis
(B) Concluída
(C) próprio
(D) conseqüências
(E) solidários
GABARITO
1. B
12. E
2. B
13. C
3. D
14. C
4. Incorreto 15.
I. Correto
II. Incorreto
5. Incorreto 16. B
6. C
17. D
7. D
18. B
8. A
19. C
9. C
20. A
10. B
21. D
11. E
22. B
Bons estudos e até o próximo encontro!
Forte abraço!
Prof. Fabiano Sales.
fabianosales@estrategiaconcursos.com.br
00000000000

00000000000 - DEMO

Page 20