Você está na página 1de 24

DIREITO PROCESSUAL PENAL

Ação civil ex delicto

 
  • 1 1%

Teoria da pena

 
  • 1 1%

Ações Autônomas de Impugnação

 
  • 1 1%

Lei Maria da Penha

 
  • 1 1%

Teoria da pena

 
  • 1 1%

Lei de Tráfico de Drogas

 
  • 1 1%

Execução penal

 
  • 2 2%

Nulidades

 
  • 2 2%

Lei 9099/95

 
  • 3 3%

Sentença

 
  • 4 4%

Questões e processos incidentes

 
  • 5 5%

Provas

 
  • 7 7%

Tribunal do Júri

 
  • 6 6%

Prisões

 
  • 6 6%

Ação penal

 
  • 8 8%

Inquérito policial

 
  • 9 9%

Jurisdição e competência

 
  • 10 10%

Procedimentos

 
  • 13 14%

Recursos

 
  • 15 16%

TOTAL

96

100%

DIREITO PROCESSUAL PENAL Ação civil ex delicto 1 1% Teoria da pena 1 1% Ações Autônomas
     
 

Questões já exigidas pela FGV | Por Temas

 

A)

o juiz interrogará o acusado, promoverá a

 

inquirição

das

testemunhas

(acusação

e

   
 

defesa),

dando

a

palavra,

sucessivamente,

 

Procedimentos

     

para

a

acusação

e

para a defesa, para

sustentação oral, proferindo, posteriormente,

     
 

sentença.

VIII Exame Unificado

 

B)

o

juiz

procederá

a

inquirição

das

Questão 01 - Pedro foi denunciado pela prática de homicídio triplamente qualificado. Como se

 

testemunhas (acusação e defesa), interrogandose em seguida o acusado e, após,

trata de um crime doloso contra a vida, será

proferirá sentença.

 

julgado pelo Tribunal do Júri. O processo seguiu

C)

o juiz ouvirá a vítima e as testemunhas de

seu curso normal, tendo Pedro sido pronunciado.

acusação e defesa, interrogandose a seguir o

Acerca da 2ª fase do procedimento, assinale a

acusado,

se

presente,

passandose

afirmativa que não corresponde à realidade.

imediatamente aos debates orais e à prolação da sentença.

A)

Encerrada a instrução,

será

concedida a

D)

o

juiz

providenciará o interrogatório do

palavra

ao Ministério Público,

que

fará

a

acusado, a oitiva da vítima e das testemunhas

acusação, nos limites da pronúncia ou das decisões posteriores que julgaram admissível a acusação, sustentando, se for o caso, a

 

de defesa, nessa ordem, passando aos debates orais e à prolação da sentença.

existência de circunstância agravante.

 

IV Exame Unificado

B)

À

medida

que

as

cédulas

forem

sendo

 

Questão 03 - A Lei 7.492/86 define os Crimes

retiradas da urna, o juiz presidente as lerá, e a

contra o Sistema Financeiro Nacional. Acerca

defesa

e,

depois

dela,

o

Ministério

Público

do procedimento previsto para tais crimes, é

poderão

recusar os jurados sorteados, até

 

3

correto afirmar que:

(três) cada parte, sem motivar a recusa.

 

C)

Prestado o compromisso pelos jurados, será

 

A)

quando a denúncia não

for intentada no

iniciada

a

instrução

plenária

quando

o

juiz

prazo legal, o ofendido poderá representar ao

presidente, o Ministério Público, o assistente, o

Procurador-Geral da República, para que este a

querelante e o defensor do acusado tomarão,

ofereça,

designe outro

órgão

do

Ministério

sucessiva

e

diretamente,

 

as

declarações

do

Público para oferecê-la ou determine o

ofendido, se possível, e inquirirão as

arquivamento das

peças

de informações

testemunhas arroladas pela acusação.

recebidas.

 

D)

Durante o julgamento não será permitida a

B)

nos crimes previstos nessa lei, cometidos

leitura de documento ou a exibição de objeto que não tiver sido juntado aos autos com a antecedência mínima de 3 (três) dias úteis, dandose ciência à outra parte, salvo jornais ou

em quadrilha ou coautoria, o coautor ou partícipe que, por meio de confissão espontânea, revelar à autoridade policial ou judicial toda a trama delituosa terá sua pena

revistas.

 

reduzida de 1 (um) a 2/5 (dois quintos).

 
 

C)

a

ação penal

será promovida perante a

VII Exame Unificado

 

Justiça Federal quando a infração for praticada

Questão 02 - Huguinho está sendo acusado pela prática do delito de tráfico de entorpecentes. O Ministério Público narra na

 

em detrimento de bens e serviços de entes federais. Nos demais casos, será proposta perante a Justiça Estadual.

inicial acusatória que o acusado foi preso em

D)

os órgãos dos Ministérios Públicos Federal e

flagrante com 120 papelotes de cocaína, na

Estadual, sempre que julgarem necessário,

III Exame Unificado

subida do morro “X”, em conhecido ponto de

poderão requisitar, a qualquer autoridade,

venda de entorpecentes. O Magistrado competente notifica o denunciado Huguinho para apresentar a defesa preliminar. Após a resposta prévia, a denúncia é recebida, oportunidade em que o Juiz designará dia e hora para a audiência de instrução e julgamento, ordenará a citação pessoal do acusado e a intimação do Ministério Público. De acordo com a Lei nº. 11.343/06, na

informação, documento ou diligência relativa à prova dos crimes previstos na Lei 7.492/86.

Questão 04 - Em relação aos procedimentos previstos atualmente no Código de Processo Penal, assinale a alternativa correta.

Audiência de Instrução e Julgamento,

A)

No rito ordinário, oferecida a denúncia, se o

juiz não a rejeitar liminarmente, recebê-la-á e

designará dia e hora para a realização do interrogatório, ocasião em que o acusado deverá estar assistido por defensor.

 

Ministério Público e ao interrogatório do réu. Ao final da audiência, o advogado requer a oitiva de duas testemunhas de defesa e que o

a afirmativa correta.

B)

No rito sumário, oferecida a denúncia, se o

juiz designe nova data para que sejam

juiz não a rejeitar liminarmente, recebê-la-á e designará dia e hora para a realização do interrogatório, ocasião em que o acusado deverá

inquiridas. Considerando tal narrativa, assinale

estar assistido por defensor.

A)

O juiz deve deferir o pedido, pois a juntada

C)

No rito ordinário, oferecida a denúncia, se o

do

rol

das testemunhas de defesa pode ser

juiz não a rejeitar liminarmente, recebê-la-á e

feita

até

o

encerramento

da

prova

de

ordenará a citação do acusado para responder à

acusação.

 

acusação, por escrito, no prazo de 15 (quinze)

B)

O

juiz

não

deve deferir o pedido,

pois

o

dias.

desmembramento

da

audiência

 

una

causa

D)

No rito sumário, oferecida a denúncia, se o

nulidade absoluta.

 

juiz não a rejeitar liminarmente, recebê-la-á e

C)

O

juiz

deve

deferir

a

oitiva de

ordenará a citação do acusado para responder à

testemunhas

de

defesa

arroladas

acusação, por escrito, no prazo de 10 (dez) dias.

posteriormente ao momento da apresentação

 

da resposta escrita se ficar demonstrado que a

III Exame Unificado

 

necessidade

da

oitiva

se

originou

 

de

Questão 05 - Ao proferir sentença, o

 

circunstâncias ou fatos apurados na instrução.

 

magistrado, reputando irrelevantes os

D)

O juiz deve deferir o pedido, pois apesar de

argumentos desenvolvidos pela defesa, deixa de

a juntada do rol de testemunhas da defesa não

apreciá-los, vindo a condenar o acusado. Com

ter sido feita no momento correto, em

base

no

caso

acima,

assinale

a

alternativa

nenhuma hipótese do processo penal, o juiz

correta.

 

deve indeferir diligências requeridas pela defesa.

A)

Como

é

causa de nulidade da sentença,

a

falta

de

 

fundamentação

deve

ser

arguida

 

IV Exame Unificado

inicialmente por

meio

de

embargos

de

Questão 07 - Levando em consideração as

declaração, que, se não forem opostos, gerarão

 

modificações trazidas pela Lei 11.719/08,

a

preclusão

da

alegação,

pois

a

nulidade

assinale a alternativa correta.

decorrente

 

da

falta

de

fundamentação

do

decreto

condenatório

importa

em

nulidade

 

A)

O Código de Processo Penal admite a figura

relativa.

   

B)

Como

é

causa

de nulidade absoluta

da

da citação com hora certa, tal como ocorre no Código de Processo Civil.

 

sentença, a falta de fundamentação não precisa

 

B)

O rito comum ordinário é o reservado aos

ser arguida por meio de embargos de

crimes apenados com reclusão,

declaração,

 

devendo

necessariamente,

no

independentemente do montante da pena para

entanto, ser sustentada no recurso de apelação

 

eles prevista.

para poder ser conhecida pelo Tribunal.

 

C)

Na

mutatio libelli

(em

que

a

denúncia

C)

Como

é

causa

de nulidade absoluta da

 

descreve determinado fato, mas as

provas

sentença, a falta de fundamentação não precisa

apontam que o fato delituoso é diverso),

 

o

ser arguida nem por meio de embargos

de

Ministério Público deverá, após encerrada a

declaração, nem

no

recurso

de

apelação,

instrução probatória, aditar a

denúncia

no

podendo ser conhecida de ofício pelo Tribunal.

 

prazo de 5 (cinco) dias sob pena de se operar

D)

Como reputou irrelevantes as alegações

 

a preclusão temporal.

feitas pela defesa, o magistrado não precisava

D)

O

rito

sumário é

o reservado

para

as

tê-las apreciado na sentença proferida, não

II Exame Unificado

infrações penais de menor potencial ofensivo.

havendo qualquer nulidade processual, pois não há nulidade sem prejuízo.

IX Exame Unificado Questão 08 - Em relação à Lei Maria da Penha, assinale a afirmativa correta.

Questão 06 - Em processo sujeito ao rito

à inquirição das testemunhas arroladas pelo

A)

Constatada a prática de violência doméstica

ordinário, ao apresentar resposta escrita, o

e familiar contra a mulher, a autoridade policial

advogado requer a absolvição sumária de seu cliente e não propõe provas. O juiz, rejeitando o requerimento de absolvição sumária, designa audiência de instrução e julgamento, destinada

poderá aplicar, de imediato, ao agressor, em conjunto ou separadamente, medidas protetivas de urgência, dentre as quais o afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida.

  • B) Em todos os casos de violência doméstica e

 

vista

ao

Ministério

Público

para

que

se

familiar contra a mulher, feito o registro da

manifeste

sobre

o

oferecimento

do

sursis

ocorrência, deverá a autoridade policial adotar, de imediato, procedimentos especiais em

processual.

 

relação ao agressor, dentre os quais podemos

  • C) Somente o advogado da ofendida deverá ser

X Exame Unificado

 

citar a suspensão da posse ou restrição do porte de armas, com comunicação ao órgão competente, nos termos da Lei n. 10.826, de 22

Questão 11 - João está sendo processado por um crime doloso contra a vida e, após o oferecimento das alegações finais, o

de dezembro de 2003, sem prejuízo daqueles previstos no Código de Processo Penal.

magistrado impronuncia o réu. Assinale a alternativa que apresenta a situação em que seria possível processar João novamente pelo

notificado, através do Diário Oficial, dos atos processuais relativos ao agressor, especialmente

mesmo fato delituoso.

dos pertinentes ao ingresso e à saída da prisão.

A)

Desde que haja novas provas e não tenha

  • D) Em qualquer fase do inquérito policial ou da

ocorrido

qualquer

causa

extintiva

de

instrução criminal, caberá a prisão preventiva do

punibilidade, pois a decisão de impronúncia

agressor, decretada pelo juiz, de ofício, a

não transita em julgado.

 

requerimento do Ministério Público ou mediante

B)

A justiça já se manifestou

em relação ao

representação da autoridade policial.

 

processo de João, tendo a decisão do

 

magistrado transitado em julgado.

IX Exame Unificado (Ipatinga-MG)

 

C)

Ninguém pode ser processado duas vezes

Questão 09 - O juiz não pode absolver

pelo mesmo fato ( non bis in idem ).

 

sumariamente o réu, quando entender

D)

A sentença de impronúncia é uma decisão

demonstrada de forma manifesta:

interlocutória mista não terminativa.

 
  • A) a existência de causa excludente de ilicitude.

XIV Exame Unificado

 
  • B) a

ocorrência

de

causa

extintiva

de

Questão 12 - Wilson está sendo regularmente

punibilidade.

 

processado pela prática do crime de furto.

  • C) a inimputabilidade do acusado.

 

Durante a instrução criminal, entretanto, as

  • D) a atipicidade da conduta atribuída.

IX Exame Unificado (Ipatinga-MG) Questão 10 - Com relação aos artigos 383 e

 

testemunhas foram uníssonas ao afirmar que, para a subtração, Wilson utilizou-se de grave ameaça, exercida por meio de uma faca.

384 do Código de Processo Penal, assinale a

A

partir do

caso narrado, assinale a opção

afirmativa incorreta.

correta.

 
  • A) Se, no curso da instrução processual, vier aos

A)

A hipótese é de emendatio libelli e o juiz

autos prova de circunstância elementar, não

deve absolver o réu relativamente ao crime

contida explícita ou implicitamente na denúncia,

que lhe foi imputado.

 

de crime menos grave, não será necessário ao

B)

Não haverá necessidade de aditamento da

inicial acusatória, haja vista o fato de que as

Ministério Público aditar a inicial, podendo o juiz proferir sentença condenatória.

 

alegações finais orais acontecem após a oitiva

  • B) Se, encerrada a instrução processual, o juiz,

das testemunhas e, com isso, respeitam-se os

sem modificar a descrição do fato contida na

princípios do contraditório e da ampla defesa.

denúncia, verificar tratar-se de delito diverso do

C)

A hipótese é de mutatio libelli e, nos termos

classificado na inicial, poderá proferir sentença

da

lei,

o Ministério Público deverá

fazer

o

condenatória, ainda que, em consequência,

respectivo aditamento.

 

tenha de aplicar pena mais grave.

D)

Caso

o

magistrado entenda que deve

  • C) Se, no curso da instrução processual, vier aos

autos prova de circunstância elementar, não contida explícita ou implicitamente na denúncia,

de crime mais grave, o Ministério Público deverá aditar a inicial.

  • D) Se, encerrada a instrução processual, o juiz,

sem modificar a descrição do fato contida na denúncia, verificar tratar-se de delito diverso do indicado na inicial, em relação ao qual caiba a suspensão condicional do processo, deverá abrir

ocorrer o aditamento da inicial acusatória, se o

promotor de justiça e, recusar-se a fazê-lo, o

juiz estará obrigado a absolver

o

réu

da

imputação que lhe foi originalmente atribuída.

XIV Exame Unificado

Questão 13 - Washington foi condenado à pena de 5 anos e 4 meses de reclusão e ao pagamento de 10 dias-multa pela prática do delito de roubo (Art. 157, do CP), em regime

semiaberto, tendo iniciado o cumprimento da

pena logo após a publicação da sentença

 

Questão 02

-

Em

relação

aos

meios

de

condenatória. Decorrido certo lapso temporal, a

impugnação de decisões judiciais, assinale a

defesa de Washington pleiteia a progressão de

afirmativa INCORRETA.

 

regime prisional ao argumento de que, com a remição de pena a que faz jus, já cumpriu a

  • A) Caberá recurso em sentido estrito contra a

fração necessária para ser agraciado com o avanço prisional, estando, assim, presente o requisito objetivo. Washington ostentaria, ainda,

decisão que rejeitar a denúncia, podendo o magistrado, entretanto, após a apresentação das razões recursais, reconsiderar a decisão

bom comportamento carcerário, atestado pelo

proferida.

diretor do estabelecimento prisional. Na decisão,

  • B) Caberá apelação contra a decisão que

o juiz a quo concedeu a progressão para o

impronunciar o acusado, a qual terá efeito

regime aberto, mediante a condição especial de

meramente devolutivo.

 

prestação de serviços à comunidade (Art. 43, IV,

  • C) Caberá recurso em sentido estrito contra a

do CP). De acordo com entendimento sumulado pelo

decisão que receber a denúncia oferecida contra funcionário público por delito próprio, o

Superior Tribunal de Justiça, assinale a opção

qual terá duplo efeito.

 

correta.

  • D) Caberá

apelação

 

contra

a

decisão

que

 

rejeitar a queixacrime oferecida perante

o

  • A) O magistrado não agiu corretamente, eis que

 

Juizado Especial Criminal, a qual

terá efeito

é inadmissível a fixação de prestação de serviços à comunidade (Art. 43, IV, do CP) como

meramente devolutivo.

condição especial para o regime aberto.

 
  • VI Exame Unificado

 
  • B) O magistrado agiu corretamente, uma vez

 

Questão 03

-

Com

base

no

Código de

que é admissível a fixação de prestação de serviços à comunidade (Art. 43, IV, do CP) como condição especial para o regime aberto.

  • C) O magistrado não agiu corretamente, tendo

em vista que deveria ter fixado mais de uma pena substitutiva prevista no Art. 44, do CP,

como condição especial para a concessão do regime aberto.

D)

O

magistrado

agiu

corretamente, pois

poderia estabelecer qualquer condição como requisito para a concessão do regime aberto.

Recursos
Recursos

Processo Penal, acerca dos recursos, assinale a

alternativa correta.

  • A) Todos os recursos têm efeito devolutivo, e

alguns têm também os efeitos suspensivo e iterativo.

  • B) O recurso de apelação sempre deve ser

interposto no prazo de cinco dias a contar da

intimação, devendo as razões ser interpostas no prazo de oito dias.

  • C) Apesar do princípio da complementaridade,

é defeso ao recorrente complementar a

fundamentação de seu recurso quando houver

complementação da decisão recorrida.

 
  • D) A carta testemunhável tem o objetivo de

VIII Exame Unificado

provocar o reexame da decisão que denegar ou

Questão 01 - Adão ofereceu uma queixacrime contra Eva por crime de dano qualificado (art.

impedir seguimento de recurso em sentido estrito, agravo em execução e apelação.

163, parágrafo único, IV). A queixa preenche todos os requisitos legais e foi oferecida antes do fim do prazo decadencial. Apesar disso, há a rejeição da inicial pelo juízo competente, que

V Exame Unificado Questão 04 - Da sentença que absolver sumariamente o réu caberá(ão):

refere, equivocadamente, que a inicial é intempestiva, pois já teria transcorrido o prazo

  • A) recurso em sentido estrito.

decadencial.

  • B) embargos.

Nesse caso, assinale a afirmativa que indica o

  • C) revisão criminal.

recurso cabível.

  • D) apelação.

 
 
  • A) Recurso em sentido estrito.

 
  • VI Exame Unificado

  • B) Apelação.

Questão 05 - Caio, Mévio e Tício estão sendo

  • C) Embargos infrigentes.

acusados pela prática do crime de roubo

  • D) Carta testemunhável.

majorado. No curso da instrução criminal, ficou

VII Exame Unificado

comprovado que os três acusados agiram em concurso para a prática do crime. Os três acabaram condenados, e somente um deles

recorreu da decisão. A decisão interposto por Caio

do

recurso

  • A) aproveitará aos demais, sempre.

  • B) se fundado em motivos que não sejam de

caráter exclusivamente pessoal, aproveitará aos outros.

  • C) sempre aproveitará apenas ao recorrente.

  • D) aproveitará aos demais, desde que eles

tenham expressamente consentido nos autos com os termos do recurso interposto.

II Exame Unificado

  • A) Recurso em Sentido Estrito.

  • B) Recurso Ordinário Constitucional.

  • C) Recurso Extraordinário.

  • D) Embargos Infringentes.

IX Exame Unificado (Ipatinga-MG) Questão 08 - Segundo a Teoria Geral dos Recursos “a interposição de um recurso não liga o recorrente à impugnação, permitindo-se a interposição de outros recursos, desde que no prazo.” Esse princípio denomina-se:

Questão 06 - Ao final da audiência de instrução

 
  • A) variabilidade.

 

e julgamento, o advogado do réu requer a oitiva

  • B) unirrecorribilidade.

de testemunha inicialmente não arrolada na

  • C) fungibilidade.

resposta escrita, mas referida por outra

  • D) disponibilidade.

testemunha ouvida na audiência. O juiz indefere a diligência alegando que o número máximo de

  • XI Exame Unificado

testemunhas já havia sido atingido e que, além disso, a diligência era claramente protelatória, já que a prescrição estava em vias de se consumar

Questão 09 - De acordo com a doutrina, recurso é todo meio voluntário de impugnação apto a propiciar ao recorrente resultado mais

se não fosse logo prolatada a sentença. A sentença é proferida em audiência, condenando- se o réu à pena de 6 anos em regime inicial semi-aberto. Com base exclusivamente nos fatos acima narrados, assinale a alternativa que apresente o que alegaria na apelação o

vantajoso. Em alguns casos, fenômenos processuais impedem o caminho natural de um recurso. Quando a parte se manifesta, esclarecendo que não deseja recorrer, estamos diante do fenômeno processual conhecido como:

advogado do réu, como pressuposto da análise do mérito recursal.

  • A) preclusão.

 
  • B) desistência.

 
  • A) A redução da pena ou a fixação de um regime

 
  • C) deserção.

de cumprimento de pena mais vantajoso.

  • D) renúncia.

 
  • B) A anulação da sentença para que outra seja

  • XI Exame Unificado

 

proferida em razão da violação do princípio da ampla defesa.

 

Questão 10 - Frida foi condenada pela prática

  • C) A reinquirição de todas as testemunhas em

sede de apelação.

  • D) A anulação da sentença para que outra seja

proferida em razão da violação do princípio da ampla defesa, com a correspondente suspensão do prazo da prescrição de modo que o órgão ad quem se sinta confortável para anular a sentença sem gerar impunidade no caso concreto.

IX Exame Unificado

Questão 07 - Joel foi condenado pela prática do crime de extorsão mediante sequestro. A defesa interpôs recurso de Apelação, que foi recebido e processado, sendo certo que o tribunal, de forma não unânime, manteve a condenação imposta pelo juízo a quo. O advogado do réu verifica que o acórdão viola, de forma direta, dispositivos constitucionais, razão pela qual decide continuar recorrendo da decisão exarada pela Segunda Instância. De acordo com as informações acima, assinale a alternativa que indica o recurso a ser interposto.

de determinado crime. Como nenhuma das partes interpôs recurso da sentença condenatória, tal decisão transitou em julgado, definitivamente, dentro de pouco tempo. Pablo, esposo de Frida, sempre soube da inocência de sua consorte, mas somente após a condenação definitiva é que conseguiu reunir as provas necessárias para inocentá-la. Ocorre que Frida não deseja vivenciar novamente a angústia de estar perante o Judiciário, preferindo encarar sua condenação injusta como um meio de tornar-se uma pessoa melhor. Nesse sentido, tomando-se por base o caso apresentado e a medida cabível à espécie, assinale a afirmativa correta.

  • A) Pablo pode ingressar com revisão criminal

em favor de Frida, ainda que sem a

concordância desta.

  • B) Caso Frida tivesse sido absolvida com base

em

falta de provas, seria possível ingressar

com revisão criminal para pedir a mudança do

fundamento da absolvição.

  • C) Da decisão que julga a revisão criminal são

 

cabíveis, por exemplo, embargos de declaração,

 

A)

O juiz deve impronunciar Fabrício pelo crime

mas não cabe apelação.

 

de homicídio, diante dos indícios de autoria e

  • D) Caso

a sentença

dada

à

Frida,

no caso

 

prova da materialidade, que indicam a prática

B)

O juiz deve pronunciar Fabrício, remetendo

concreto, a tivesse condenado mas, ao mesmo tempo, reconhecido a prescrição da pretensão

de crime doloso contra a vida.

executória, seria incabível revisão criminal.

os autos ao Juízo comum, diante dos indícios

  • XV Exame Unificado

Questão 11 Tiago e Andrea agiram em

de autoria e prova da materialidade, que indicam a prática de crime doloso contra a vida.

concurso de agentes em determinado crime. O

C)

O

juiz

deve pronunciar Fabrício,

processo segue seu curso natural, culminando com sentença condenatória, na qual os dois são condenados. Quando da interposição do recurso,

submetendo-o ao plenário do Júri, diante dos indícios de autoria e prova da materialidade, que indicam a prática de crime doloso contra a

apenas Andrea apela. O recurso é julgado. Na

vida.

 

decisão, fundada em motivos que não são de

D)

O

juiz

deve pronunciar Fabrício,

caráter exclusivamente pessoal, os julgadores decidem pela absolvição de Andrea. Nesse

submetendo-o ao plenário do Júri mediante desclassificação do crime comum para crime

sentido, diante apenas das informações

doloso contra

a

vida,

diante dos indícios de

apresentadas pelo enunciado, assinale a afirmativa correta.

autoria e prova da materialidade, que indicam a prática de crime doloso contra a vida.

  • A) Andrea será absolvida e Tiago continuará

XVI Exame Unificado

 

condenado, devido ao fato de a decisão ter sido

Questão 13 - Scott procurou um advogado,

fundada em motivos exclusivamente pessoal.

que não

são de caráter

pois tinha a intenção de ingressar com queixa- crime contra dois vizinhos que vinham lhe

  • B) Andrea

e

Tiago

serão

absolvidos, pois

os

injuriando constantemente. Narrados o s fatos

efeitos da decisão serão estendidos a este, devido ao fato de a decisão ter sido fundada em

e conferida procuração com poderes especiais, o patrono da vítima ingressou com a ação

motivos que não são de caráter exclusivamente

penal no Juizado Especial Criminal, órgão

pessoal.

 

efetivamente competente, contudo o

  • C) Andrea e Tiago serão absolvidos, porém será

 

magistrado rejeitou a queixa apresentada.

necessário interpor Recurso Especial.

 

Dessa decisão do magistrado caberá

  • D) Andrea será absolvida e Tiago continuará

 

condenado, pois não interpôs recurso.

 

A)

recurso em sentido estrito, no prazo de 05

 

dias.

  • XV Exame Unificado

 

B)

apelação, no prazo de 05 dias.

 

Questão 12 Fabrício, com dolo de matar,

 

C)

recurso em sentido estrito, no prazo de 02

realiza vários disparos de arma de fogo em

dias.

direção a

Cristiano. Dois projéteis de arma de

D)

apelação, no prazo de 10 dias.

 

fogo atingem o peito da vítima, que vem a

falecer. Fabrício foge

para não

ser preso

em

XVII Exame Unificado

 

flagrante. Os fatos ocorreram

no final

de uma

Questão 14 - Após regular instrução

tarde de domingo, diante de várias

processual, Flávio foi condenado pela prática

testemunhas. O inquérito policial foi instaurado,

do crime de tráfico ilícito de entorpecentes a

e

Fabrício

foi

indiciado

pelo

homicídio

de

uma pena privativa de liberdade de cinco anos

Cristiano. Os autos são remetidos ao Ministério

de reclusão, a ser cumprida em regime inicial

Público, que denuncia Fabrício. O processo tem seu curso regular e as testemunhas confirmam que Fabrício foi o autor do disparo. Após a apresentação dos memoriais, os autos são

fechado, e 500 dias-multa. Intimado da sentença, sem assistência da defesa técnica, Flávio renunciou ao direito de recorrer, pois havia confessado a prática delitiva. Rafael,

remetidos para conclusão, a

fim

de

que

seja

advogado de Flávio, porém, interpôs recurso

exarada a sentença, sendo certo que o juiz está

de apelação dentro do prazo legal, buscando a

convencido de

que

indícios de autoria em

desfavor de Fabrício e prova da materialidade de

mudança do regime de pena.

crime doloso contra a vida. Diante do caso

Neste caso,

é

correto

dizer

que

o

recurso

narrado, assinale a alternativa correta acerca da

apresentado por Rafael

 

sentença a

ser proferida pelo juiz na primeira

fase do procedimento do Júri.

A)

não

poderá

ser

conhecido, pois houve

renúncia por parte de Flávio, mas nada impede que o Tribunal, de ofício, melhore a situação do acusado.

B)

deverá ser conhecido, pois não é admissível a

renúncia ao direito de recorrer, no âmbito do processo penal.

C)

não poderá ser conhecido, pois a renúncia

expressa de Flávio não pode ser retratada, não podendo o Tribunal, de ofício, alterar a decisão do magistrado.

D)

deverá ser

conhecido, pois a renúncia

foi

manifestada sem assistência do defensor.

 

XVII Exame Unificado

 

Questão 15 - Marcelo foi denunciado pela prática de um crime de furto. Entendendo que não haveria justa causa, antes mesmo de citar o acusado, o magistrado não recebeu a denúncia. Diante disso, o Ministério Público interpôs o recurso adequado. Analisando a hipótese, é correto afirmar que

a)

o recurso apresentado pelo Ministério Público

foi de apelação.

 

B)

apesar de ainda não ter sido citado, marcelo

deve ser intimado para apresentar contrarrazões

ao recurso, sob pena de nulidade.

 

C)

mantida

a

decisão

do

magistrado pelo

tribunal, não poderá o ministério público oferecer nova denúncia pelo mesmo fato, ainda que surjam provas novas.

D)

antes da rejeição

da

denúncia, deveria o

magistrado ter citado o réu para apresentar resposta à acusação.

 

Jurisdição e competência

   

VIII Exame Unificado Questão 01 - Paulo reside na cidade “Y” e lá

resolveu

falsificar

seu

passaporte.

Após

a

falsificação, pegou

sua moto

e

viajou

até

a

cidade “Z”, com o intuito de chegar ao Paraguai. Passou pela cidade “W” e pela cidade “K”, onde

foi

parado

pela

Polícia

 

Militar.

Paulo

se

identificou

ao

policial

usando

 

o

documento

falsificado e este, percebendo a fraude, encaminhou Paulo à delegacia. O Parquet denunciou Paulo pela prática do crime de uso de

documento

falso.

Assinale

a

afirmativa

que

indica o órgão competente para julgamento.

 

A)

Justiça Estadual da cidade “Y”.

 

B)

Justiça Federal da cidade “K”.

 

C)

Justiça Federal da cidade “Y”.

D)

Justiça Estadual da cidade “K”.

 

VII Exame Unificado Questão 02 - A Constituição do Estado “X” estabeleceu foro por prerrogativa de função aos Prefeitos de todos os seus Municípios,

estabelecendo que “os prefeitos serão julgados

pelo Tribunal de Justiça". José, Prefeito do

Município “Y”, pertencente ao Estado “X”, mata João, amante de sua esposa. Perguntase, qual o órgão competente para o Julgamento de José?

  • A) Justiça Estadual de 1ª Instância;

  • B) Tribunal de Justiça;

  • C) Tribunal Regional Federal;

  • D) Justiça Federal de 1ª Instância.

VI Exame Unificado

Questão 03 - A Constituição do Estado X estabeleceu foro por prerrogativa de função aos prefeitos de todos os seus Municípios,

estabelecendo que “os prefeitos serão julgados pelo Tribunal de Justiça”. José, Prefeito do

Município Y, pertencente ao Estado X, está sendo acusado da prática de corrupção ativa em face de um policial rodoviário federal. Com

base na situação acima, o órgão competente para o julgamento de José é:

  • A) a Justiça Estadual de 1ª Instância.

  • B) o Tribunal de Justiça.

  • C) o Tribunal Regional Federal.

  • D) a Justiça Federal de 1ª Instância.

V Exame Unificado Questão 04 - Aristóteles, juiz de uma vara criminal da justiça comum, profere sentença em processo-crime cuja competência era da justiça militar. Com base em tal afirmativa, pode-se dizer que a não observância de Aristóteles à matriz legal gerará a:

  • A) inexistência do ato.

  • B) nulidade relativa do ato.

  • C) nulidade absoluta do ato.

  • D) irregularidade do ato.

III Exame Unificado

Questão 05 - Tendo como referência a competência ratione personae, assinale a alternativa correta.

A)

Caio,

vereador

de um determinado

município, pratica um crime comum previsto na parte especial do Código Penal. Será, pois, julgado no Tribunal de Justiça do Estado onde exerce suas funções, uma vez que goza do foro por prerrogativa de função.

B)

Tício,

juiz

estadual,

 

pratica

um

crime

 

surpreendida por policiais federais que

eleitoral. Por ter foro por prerrogativa de função, será julgado no Tribunal de Justiça do Estado onde exerce suas atividades.

participavam de uma operação de rotina na rodoviária. Os policiais, então, apreendem as mercadorias e conduzem Carolina à Delegacia

C)

Mévio é governador do Distrito Federal

e

Policial. Na hipótese, assinale a alternativa que

pratica um crime comum. Por uma questão de

indica o órgão competente para proceder ao

competência

originária

 

decorrente

da

julgamento de Carolina.

prerrogativa

de

função,

será

julgado

pelo

 

Superior Tribunal de Justiça.

 
  • A) A Justiça Federal de Foz de Iguaçu.

 

D)

Terêncio

é

prefeito

e

pratica

um

crime

 
  • B) A Justiça Federal do Rio de Janeiro.

comum, devendo ser julgado pelo Tribunal de

  • C) A Justiça Federal de São Paulo.

Justiça do respectivo Estado. Segundo

  • D) Qualquer

das

anteriores,

entendimento do STF, a situação não se

independentemente da regra da prevenção.

 

alteraria se o crime praticado por Terêncio fosse um crime eleitoral.

XVI Exame Unificado

 

XI Exame Unificado Questão 06 - Em um processo em que se apura a prática dos delitos de supressão de tributo e

Questão 08 - Juan da Silva foi autor de uma contravenção penal, em detrimento dos interesses da Caixa Econômica Federal, empresa pública. Praticou, ainda, outra

evasão de divisas,

o

Juiz

Federal

da

4ª Vara

contravenção em conexão, dessa vez em

Federal

Criminal

de

Arroizinho

determina

a

detrimento dos bens do Banco do Brasil,

expedição de carta

rogatória para os Estados

 

sociedade de economia mista.

Unidos da América, a fim de que seja

interrogado o réu Mário. Em cumprimento à

Dessa forma, para julgá-lo será competente:

carta, o tribunal americano realiza o

  • A) A Justiça Estadual, pelas duas infrações.

 

interrogatório do réu e devolve o procedimento

  • B) A Justiça Federal, no caso da contravenção

à Justiça Brasileira, a 4ª Vara Federal Criminal. O advogado de defesa de Mário, ao se deparar com o teor do ato praticado, requer que o

praticada em detrimento da Caixa Econômica Federal, e Justiça Estadual, no caso da infração em detrimento do Banco do Brasil.

mesmo seja declarado nulo, tendo em vista que

  • C) A Justiça Federal, pelas duas infrações.

 

não foram obedecidas as garantias processuais

  • D) A Justiça Federal, no caso de contravenção

brasileiras para o réu. Exclusivamente sobre o ponto de vista da Lei Processual no Espaço, a

praticada em detrimento do Banco d o Brasil, e Justiça Estadual pela infração em detrimento

alegação do advogado está correta?

 

da Caixa Econômica Federal.

 

A)

Sim, pois no processo penal vigora o princípio

 

XVII Exame Unificado

da extraterritorialidade, já que as normas processuais brasileiras podem ser aplicadas fora do território nacional.

Questão 09 - Durante 35 anos, Ricardo exerceu a função de juiz de direito junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Contudo,

B)

Não, pois no processo penal vigora o princípio

no ano de 2012, decidiu se aposentar e passou a morar em Florianópolis, Santa Catarina. No

da territorialidade, já que as normas processuais brasileiras só se aplicam no território nacional.

 

dia 22/01/2015, travou uma discussão com

C)

Sim, pois no processo penal vigora o princípio

 

seu vizinho e acabou por ser autor de um

da territorialidade, já que as normas processuais

crime de lesão corporal seguida de morte,

brasileiras podem ser aplicadas em qualquer território.

consumado na cidade em que reside.

D)

Não, pois no processo penal vigora o princípio

Oferecida

a

denúncia,

de

acordo

com

a

da extraterritorialidade, já que as normas

majoritária

dos

Tribunais

processuais brasileiras podem ser aplicas fora no território nacional.

jurisprudência Superiores, será Ricardo

competente

para

julgar

XIII Exame Unificado

 
  • A) o Tribunal

de Justiça

do

Estado de Minas

Questão 07 - Carolina, voltando do Paraguai com diversas mercadorias que configurariam o crime de contrabando, entra no país pela cidade de Foz do Iguaçu (PR). Em lá chegando, compra uma passagem de ônibus para a cidade de São Paulo e segue, posteriormente, para o Rio de

Janeiro, sua cidade natal, quando é

Gerais.

  • B) uma das Varas Criminais de Florianópolis.

  • C) o Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

  • D) o Tribunal do Júri de Florianópolis.

XVIII Exame Unificado

Questão 10 -Estando preso e cumprindo pena na cidade de Campos, interior do estado do Rio de Janeiro, Paulo efetua ligação telefônica para a casa de Maria, localizada na cidade de Niterói, no mesmo Estado, anunciando o falso sequestro do filho desta e exigindo o depósito da quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais), a ser efetuado em conta bancária na cidade do Rio de Janeiro. Maria, atemorizada, efetua a transferência do respectivo valor, no mesmo dia, de sua conta- corrente de uma agência bancária situada em São Gonçalo. Descoberto o fato e denunciado pelo crime de extorsão, assinale a opção que indica o juízo competente para o julgamento.

  • A) Vara Criminal de Campos.

  • B) Vara Criminal de Niterói.

  • C) Vara Criminal de São Gonçalo.

  • D) Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Provas
Provas

VII Exame Unificado Questão 01 - De acordo com o Código de Processo Penal, quanto ao interrogatório judicial, assinale a afirmativa INCORRETA.

A)

O

silêncio

do

acusado

não

importará

confissão e não poderá ser interpretado em prejuízo da defesa, mesmo no caso de crimes hediondos.

B)

A

todo tempo

o

juiz poderá, atendendo

pedido fundamentado das partes, ou mesmo de ofício, proceder a novo interrogatório, mesmo

quando os autos já se encontrarem conclusos para sentença.

  • C) O mudo será interrogado oralmente, devendo

responder às perguntas por escrito, salvo quando não souber ler e escrever, situação em que intervirá no ato, como intérprete e sob compromisso, pessoa habilitada a entendêlo.

  • D) O juiz, por decisão fundamentada, poderá

realizar

o

interrogatório

do

réu

preso

por

sistema de videoconferência, desde que a medida seja necessária para reduzir os custos

para a Administração Pública.

 

VI Exame Unificado Questão 02 - Nise está em gozo de suspensão condicional da execução da pena. Durante o período de prova do referido benefício, Nise passou a figurar como indiciada em inquérito policial em que se apurava eventual prática de tráfico de entorpecentes. Ao saber de tal fato, o magistrado responsável decidiu por bem prorrogar o período de prova. Atento ao caso

narrado

e

consoante

legislação

correto afirmar que:

pátria,

é

A)

não está correta a decisão de prorrogação

do período de prova.

 

B)

a hipótese é de revogação facultativa do

benefício.

 

C)

a

hipótese é de revogação obrigatória do

benefício.

 

D)

Nise

 

terá

o benefício obrigatoriamente

revogado se a denúncia pelo crime de tráfico

de entorpecentes for recebida durante o período de prova.

V Exame Unificado

 

Questão 03 - A respeito da prova no processo penal, assinale a alternativa correta.

A)

A

prova objetiva demonstra a

existência/inexistência de um determinado fato ou a veracidade/falsidade de uma determinada alegação. Todos os fatos, em sede de processo

penal, devem ser provados.

 

B)

São consideradas provas ilícitas aquelas

obtidas com a violação do direito processual.

Por outro lado, são consideradas provas

ilegítimas as obtidas com a violação das regras de direito material.

C)

As

leis

em

geral

e

os

costumes não

precisam ser comprovados.

 

D)

A lei processual pátria prevê expressamente

a inadmissibilidade da prova ilícita por derivação, perfilhando-se à “teoria dos frutos

da árvore envenenada” (“fruits of poisonous

tree”).

 

II Exame Unificado

Questão 04 - Em uma briga de bar, Joaquim feriu Pedro com uma faca, causando-lhe sérias lesões no ombro direito. O promotor de justiça ofereceu denúncia contra Joaquim, imputando- lhe a prática do crime de lesão corporal grave contra Pedro, e arrolou duas testemunhas que presenciaram o fato. A defesa, por sua vez, arrolou outras duas testemunhas que também presenciaram o fato. Na audiência de instrução, as testemunhas de defesa

afirmaram que Pedro tinha apontado uma

arma de fogo para Joaquim, que, por sua vez,

agrediu Pedro com a faca apenas para desarmá-lo. Já as testemunhas de acusação

disseram que não viram nenhuma arma de fogo em poder de Pedro. Nas alegações orais, o Ministério Público pediu a condenação do réu, sustentando que a legítima defesa não havia

ficado provada. A Defesa pediu a absolvição do

réu, alegando que o mesmo agira em legítima defesa. No momento de prolatar a sentença, o

juiz constatou que remanescia fundada dúvida

sobre se Joaquim agrediu Pedro em situação de

assinale a afirmativa correta.

 

C)

A realização da busca e apreensão não é

legítima defesa. Considerando tal narrativa,

admissível porque houve representação do Delegado de Polícia, não existindo justa causa para o ajuizamento da ação penal.

A)

O

ônus

de provar

a situação de legítima

D)

A realização da busca e apreensão não é

defesa era da defesa. Assim, como o juiz não se convenceu completamente da ocorrência de legítima defesa, deve condenar o réu.

admissível, pois derivou de uma interceptação telefônica ilícita, aplicando-se a teoria dos frutos da árvore envenenada, não existindo

B)

O

ônus de provar a situação de legítima

justa causa para o ajuizamento da ação penal.

 

defesa era da acusação. Assim, como o juiz não

 

se convenceu completamente da ocorrência de

 

XVIII

Exame Unificado

 

legítima defesa, deve condenar o réu.

 

Questão 06 - Determinada autoridade policial

C)

O

ônus de

provar

a

situação de legítima

 

recebeu

informações

de

vizinhos

de

Lucas

defesa era da defesa. No caso, como o juiz ficou

dando conta de que ele possuía arma de fogo

em

dúvida

sobre

a

ocorrência

de

legítima

calibre .38

 

em

sua

casa,

razão

pela

qual

defesa, deve absolver o réu.

 

resolveu

indiciá- lo

pela

prática

de crime

de

D)

Permanecendo qualquer dúvida no espírito do

 

posse de arma de fogo de uso permitido,

com pena de detenção de 01 a 03 anos e

juiz, ele está impedido de proferir a sentença. A lei obriga o juiz a esgotar todas as diligências que estiverem a seu alcance para dirimir dúvidas, sob pena de nulidade da sentença que

infração de médio potencial ofensivo, punida

multa. No curso das investigações, requereu ao Judiciário interceptação telefônica da linha do

vier a ser prolatada.

aparelho celular de Lucas

para

melhor

 

investigar

a

 

prática

do

crime

mencionado,

XIV Exame Unificado

 

tendo sido o pedido deferido. De acordo com a

Questão 05 - O Delegado de Polícia,

 

situação narrada, a prova oriunda da

desconfiado de

que Fabiano

é

o

líder

de uma

interceptação deve ser considerada

quadrilha que realiza assaltos à mão armada na

 

região, decide, com a sua equipe, realizar uma

 

A)

ilícita, pois somente o Ministério Público tem

interceptação

telefônica

sem

autorização

legitimidade para representar pela medida.

 

judicial. Durante algumas semanas, escutaram

B)

válida, desde que tenha sido deferida por

diversas conversas, por meio das quais

ordem do juiz competente para ação principal.

 

descobriram o local onde a res furtiva era

C)

ilícita,

pois

o crime

investigado é punido

armazenada para posterior revenda. Com essa

com detenção.

 

informação, o Delegado de Polícia representou

D)

ilícita, assim como as dela derivadas, ainda

pela busca e apreensão a ser realizada na

que estas pudessem ser obtidas por fonte

residência

suspeita,

sendo

 

tal

diligência

independente da primeira.

autorizada pelo Juízo competente. Munidos do mandado de busca e apreensão, ingressam na

XVIII

Exame Unificado

 

residência encontrando diversos objetos fruto de roubo, como joias, celulares, documentos de identidade etc., tudo conforme indicou a

Questão 07 O Ministério Público ofereceu denúncia em face de Cristiano, Luiz e Leonel

pela prática do crime de associação para o

interceptação

telefônica.

Assim,

Fabiano

foi

tráfico. Na audiência designada para realização

conduzido à

Delegacia, onde se registrou

a

dos interrogatórios, Cristiano, preso em outra

ocorrência.

 

unidade da Federação, foi interrogado através de vídeoconferência. Luiz foi interrogado na

Acerca

do

caso

narrado,

assinale

a

opção

 

presença física do magistrado e respondeu às

correta.

 

perguntas realizadas. Já Leonel optou por permanecer em silêncio. Sobre o

A)

A

realização

da

busca

e

apreensão

é

interrogatório, considerando as informações

admissível, tendo

em

vista

que

houve

 

narradas, assinale a afirmativa correta.

autorização prévia

do

juízo

competente,

 

existindo justa causa para ajuizamento da ação penal.

 

A)

O interrogatório judicial, notadamente após

o advento da Lei nº 10.792/2003, deve ser

B)

A

realização

da

busca

e

apreensão

é

interpretado apenas como meio de prova e não

admissível, apesar da interceptação telefônica

 

também como ato de defesa dos acusados.

 

ter

sido

realizada

 

sem

autorização judicial,

B)

Luiz, ainda que não impute crime a terceiro,

existindo justa causa para ajuizamento da ação penal.

não poderá mentir sobre os fatos a ele imputados, apesar de poder permanecer em

silêncio.

C)

A defesa técnica de Cristiano não poderá, em

hipótese alguma, formular perguntas para o

corréu Luiz.

 

D)

O

interrogatório

por

vídeoconferência

de

Cristiano

pode

ser

considerado

válido

se

fundamentado,

pelo

magistrado,

no

risco

concreto de fuga durante o deslocamento.

 
 
   

Inquérito Policial

VIII Exame Unificado

 

Questão 01 - Um Delegado de Polícia determina a instauração de inquérito policial para apurar a prática do crime de receptação, supostamente praticado por José. Com relação ao Inquérito Policial, assinale a afirmativa que não constitui sua característica.

A)

Escrito.

 

B)

Inquisitório.

C)

Indispensável.

D)

Formal.

IV Exame Unificado

 

Questão 02 - Acerca das disposições contidas na Lei Processual sobre o Inquérito Policial,

assinale a alternativa correta.

 

A)

Nos

crimes de

ação privada, a autoridade

policial

poderá

proceder

a

inquérito a

requerimento de qualquer pessoa do povo que tiver conhecimento da existência de infração penal.

B)

Do despacho que indeferir o requerimento de

abertura de inquérito caberá

recurso para o

tribunal competente.

 

C)

Para

verificar a

possibilidade de haver

a

infração sido praticada de determinado modo, a autoridade policial poderá proceder à reprodução simulada dos fatos, desde que esta não

contrarie a moralidade ou a ordem pública.

 

D)

A autoridade policial poderá mandar arquivar

autos de inquérito.

 

V Exame Unificado Questão 03 - Tendo em vista o enunciado da súmula vinculante n. 14 do Supremo Tribunal Federal, quanto ao sigilo do inquérito policial, é correto afirmar que a autoridade policial poderá negar ao advogado:

A)

a

vista

dos autos,

sempre que

entender

pertinente.

 

B)

a vista dos autos, somente quando o suspeito

tiver sido indiciado formalmente.

C)

do

indiciado

que

esteja

atuando

com

procuração

o

acesso

aos

depoimentos

prestados

pelas

vítimas,

se

entender

pertinente.

 

D)

o acesso aos elementos de prova que ainda

não

tenham

sido

documentados

no

procedimento investigatório.

 

V

Exame Unificado

 

Questão 04 - Quando se tratar de acusação

relativa à prática de infração penal de menor potencial ofensivo, cometida por estudante de direito, a competência jurisdicional será determinada pelo (a):

A)

natureza da infração praticada e pelo local

em que tiver se consumado o delito.

 

B)

local em que tiver se consumado o delito.

C)

natureza da infração praticada.

 

D)

natureza

da

infração

praticada

e

pela

prevenção.

 

X

Exame Unificado

 

Questão 05 - Na cidade “A”, o Delegado de Polícia instaurou inquérito policial para

averiguar a possível

ocorrência do delito de

estelionato praticado por Márcio, tudo conforme minuciosamente narrado na requisição do Ministério Público Estadual. Ao final da apuração, o Delegado de Polícia enviou o inquérito devidamente relatado ao Promotor de Justiça. No entendimento do parquet, a conduta praticada por Márcio, embora típica,

estaria prescrita. Nessa situação, o Promotor deverá:

A)

arquivar os autos.

 

B)

oferecer denúncia.

C)

determinar a baixa dos autos.

 

D)

requerer o arquivamento.

 

XII Exame Unificado Questão 06 - Quanto ao inquérito policial, assinale a afirmativa INCORRETA.

A)

O inquérito policial poderá ser instaurado de

ofício

pela

Autoridade

Policial

 

nos

crimes

persequíveis

por

ação

penal

 

pública

incondicionada.

 

B)

O inquérito,

nos

crimes em

 

que

a

ação

pública

depender

de

representação,

não

poderá ser iniciado sem ela.

 

C)

Nos

crimes

de

ação

penal

privada, não

caberá instauração de inquérito policial, mas

sim a lavratura de termo circunstanciado.

 

D)

O inquérito policial, mesmo

nos

crimes

hediondos, poderá ser dispensável para o oferecimento de denúncia.

XVI Exame Unificado

Questão 07 - O inquérito policial pode ser definido como um procedimento investigatório prévio, cuja principal finalidade é a obtenção de indícios para que o titular da ação penal possa propô-la contra o suposto autor da infração penal. Sobre o tema, assinale a afirmativa correta.

  • C) nada poderá ser feito, pois a carta escrita

antes do arquivamento não pode ser

considerada prova nova.

  • D) pela falta de justa causa, o arquivamento

poderia ter sido determinado diretamente pela autoridade policial, independentemente de manifestação do ministério público ou do juiz.

  • A) A

exigência

de

indícios

de

autoria

e

XVIII Exame Unificado Questão 09 - No dia 10 de maio de 2015,

materialidade para oferecimento de denúncia

Maria, 25 anos, foi vítima de um crime de

torna o inquérito policial um procedimento indispensável.

estupro simples, mas, traumatizada, não mostrou interesse em dar início a qualquer

  • B) O despacho que indeferi r o requerimento

investigação penal ou ação penal em relação

de abertura de inquérito policial é irrecorrível.

 

aos fatos. Os pais de Maria, porém, requerem

  • C) O inquérito policial

é inquisitivo, logo o

a instauração de inquérito policial para apurar

defensor não poderá ter acesso aos elementos informativos que nele constem, ainda que já

autoria, entendendo que, após identificar o agente, Maria poderá decidir melhor sobre o

documentados.

 

interesse na persecução penal. Foi proferido

  • D) A

autoridade

policial,

ainda

que

despacho indeferindo o requerimento de

convencida da inexistência do crime, não poderá

abertura de inquérito. Considerando a situação

mandar arquivar os

autos

do

inquérito

narrada, assinale a afirmativa correta.

instaurado.

 
  • A) Do despacho que indefere o requerimento

XVII Exame Unificado

de abertura de inquérito policial

não cabe

Questão 08 - No dia 01/04/2014, Natália

qualquer recurso, administrativo ou judicial.

 

recebeu cinco facadas em seu abdômen, golpes

  • B) Em que pese o interesse de Maria ser

estes que foram a causa eficiente de sua morte.

relevante para o início da

ação

penal,

a

Para investigar a autoria do delito, foi instaurado

instauração de inquérito policial independe de

inquérito policial e foram realizadas diversas

sua representação.

 

diligências, dentre as quais se destacam a oitiva

  • C) Caso Maria manifeste interesse na

dos familiares e amigos da vítima e exame

instauração de inquérito policial

após

o

pericial no local.

indeferimento, ainda

dentro

do

prazo

Mesmo após todas essas medidas, não foi possível obter indícios suficientes de autoria,

decadencial, o procedimento poderá ter início,

razão pela qual o inquérito policial foi arquivado

independentemente do surgimento de novas provas.

 

pela autoridade judiciária por

falta

de justa

  • D) Apesar de os pais de Maria não poderem

causa, em 06/10/2014, após manifestação nesse sentido da autoridade policial e do Ministério Público. Ocorre que, em 05/01/2015, a mãe de Natália encontrou, entre os bens da filha que ainda guardava, uma carta escrita por Bruno, ex-namorado de Natália, em 30/03/2014, em que ele afirmava que ela teria 24 horas para retomar o relacionamento amoroso ou deveria arcar com as consequências. A referida carta foi encaminhada

para a autoridade policial.

Nesse caso,

requerer a instauração de inquérito policial, o

Ministério Público pode requisitar o início do procedimento na hipótese, tendo em vista a natureza pública da ação.

Tribunal do Júri
Tribunal do Júri

III Exame Unificado

Questão 01 - Assinale a alternativa correta à luz da doutrina referente ao Tribunal do Júri.

  • A) São princípios que informam o Tribunal do

Júri: a plenitude de defesa, o sigilo das

  • A) nada poderá ser feito, pois o arquivamento

 

votações, a

soberania

dos

veredictos

e

a

do inquérito policial fez coisa julgada material.

 

competência exclusiva para julgamento dos

  • B) a

carta

escrita

por

bruno

pode

ser

 

crimes dolosos contra a vida.

considerada prova

nova

e

justificar

o

  • B) A

natureza

jurídica

da

sentença

 

de

desarquivamento do inquérito pela autoridade

pronúncia (em que o magistrado se convence

competente.

 

da existência material do fato criminoso e de

 

indícios suficientes de

autoria)

é

de decisão

interlocutória mista não terminativa.

 
  • C) O rito das ações de competência do Tribunal

 

do Júri se desenvolve em duas fases: judicium

  • A) orais perante os jurados,

Nos debates

o

causae e judicium accusacionis. O judicium

promotor de justiça não poderá sustentar a

accusacionis se inicia com a intimação das

qualificadora

de

motivo fútil,

mas

a

defesa

partes para

indicação

das

provas

que

 

pretendem produzir e tem fim com o trânsito em

poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.

 

julgado da decisão do Tribunal do Júri.

  • B) orais perante os jurados,

Nos debates

o

  • D) Alcançada a etapa decisória do sumário da

culpa, o juiz poderá exarar quatro espécies de decisão, a saber: pronúncia, impronúncia, absolvição sumária e condenação.

  • II Exame Unificado

Questão 02 - Antônio Ribeiro foi denunciado pela prática de homicídio qualificado,

pronunciado nos mesmos moldes da denúncia e

submetido a julgamento

pelo Tribunal do Júri

em 25/05/2005, tendo sido condenado à pena

de 15 anos de reclusão em regime integralmente fechado. A decisão transita em julgado para o Ministério Público, mas a defesa de Antônio apela, alegando que a decisão dos Jurados é manifestamente contrária à prova dos autos. A apelação é provida, sendo o réu submetido a novo Júri. Neste segundo Júri, Antônio é novamente condenado e sua pena é agravada,

mas fixado regime mais vantajoso (inicial

fechado).

A esse respeito, assinale a afirmativa correta.

  • A) Não cabe nova apelação no caso concreto,

em respeito ao princípio da soberania dos veredictos.

promotor de justiça poderá sustentar a

qualificadora de motivo fútil e a defesa poderá

alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.

  • C) Nos debates

orais

perante os

jurados, o

promotor de justiça não poderá sustentar a qualificadora de motivo fútil e a defesa não poderá alegar a tese de estrito cumprimento

de dever legal.

  • D) Nos debates

orais perante os jurados,

o

promotor de justiça poderá sustentar a

qualificadora de motivo fútil, mas a defesa não

poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.

IX Exame Unificado (Ipatinga-MG)

Questão 04 - Maria está sendo processada por crime de tráfico de entorpecente em conexão com o homicídio qualificado. Na fase própria, o Juiz decidiu por impronunciar a ré, restando apenas o crime remanescente para julgamento. Transcorrido o prazo para eventual recurso da decisão que impronunciou a ré, o órgão competente para julgamento do crime remanescente será

  • B) A decisão do juiz togado foi incorreta, pois

 
  • A) o Tribunal do Júri.

violou

o princípio

do

ne

reformai

o

in

pejus,

  • B) o Tribunal de Justiça.

 

cabendo apelação.

   
  • C) a Vara Criminal.

 
  • C) A

decisão dos

jurados foi

incorreta, pois

 
  • D) o Tribunal Regional Federal.

 

violou o princípio do tantum devolutum quantum

 

appelatum.

 

IX Exame Unificado (Ipatinga-MG)

 
  • D) Não cabe apelação

por falta

de interesse

 

Questão 05 - Com relação aos procedimentos

jurídico, já que a fixação do regime inicial

a serem adotados no Tribunal do Júri, assinale

fechado é mais vantajosa do que uma pena a

a afirmativa correta.

ser cumprida em regime integralmente fechado.

 
 
  • A) O julgamento pelo Tribunal do Júri não será

  • II Exame Unificado

 

adiado pelo não comparecimento de acusado

Questão 03 - João da Silva foi denunciado por

 

solto que tiver sido regularmente intimado.

 

homicídio qualificado por motivo fútil. Nos debates orais ocorridos na primeira fase do procedimento de júri, a Defesa alegou que João agira em estrito cumprimento de dever legal, postulando sua absolvição sumária. Ao proferir

sua decisão, o juiz rejeitou a tese de estrito cumprimento de dever legal e o pedido de absolvição sumária, e pronunciou João por

homicídio simples, afastando a qualificadora

contida na denúncia. A decisão de pronúncia foi

confirmada pelo Tribunal de Justiça, operando- se a preclusão. Considerando tal narrativa,

assinale a afirmativa correta.

  • B) A nova legislação processual penal permite

que se simplifique a quesitação no Júri com a

introdução da seguinte quesito: “o jurado condena o acusado?”.

  • C) Diversamente

do

que

ocorre

no

procedimento comum, no rito do júri o juiz recebe a denúncia após a apresentação da resposta escrita do acusado.

  • D) Não será possível recusa ao serviço do Júri

fundada em convicção religiosa, filosófica ou

política.

XI Exame Unificado

Questão

06

-

Quanto

ao

julgamento

pelo

Tribunal do Júri, assinale a afirmativa incorreta.

  • A) As partes não poderão fazer referência, em

plenário, à decisão de pronúncia, às decisões posteriores que julgaram admissível a acusação ou à determinação do uso de algemas como argumento de autoridade que beneficiem ou prejudiquem o acusado.

  • B) Durante o julgamento, não será permitida a

leitura de documento ou a exibição de objeto

que não tiver sido juntado aos autos com a antecedência mínima de três dias úteis, dando- se ciência à outra parte.

  • C) Durante os debates em Plenário, os jurados

poderão solicitar ao orador, por intermédio do juiz-presidente do Tribunal do Júri, que esclareça algum fato por ele alegado em sua tese.

  • D) Se

a

verificação

de

qualquer

fato,

reconhecida como essencial para o julgamento

da

causa, não puder ser realizada

imediatamente, o juiz-presidente determinará que o Conselho de Sentença se recolha à sala

secreta, ordenando a realização das diligências entendidas necessárias.

 
Prisões
Prisões

VIII Exame Unificado Questão 01 - O deputado “M” é um famoso político do Estado “Y”, e tem grande influência

no governo estadual, em virtude das posições que já ocupou, como a de Presidente da Assembléia Legislativa. Atualmente, exerce a função de Presidente da Comissão de Finanças e Contratos. Durante a reunião semestral com as empresas interessadas em participar das inúmeras contratações que a Câmara fará até o

final do ano, o deputado “M” exigiu do

presidente da empresa “Z” R$ 500.000,00

(quinhentos mil reais) para que esta pudesse

participar da concorrência para a realização das obras na sede da Câmara dos Deputados. O

presidente da empresa “Z”, assustado com tal

exigência, visto que sua empresa preenchia todos os requisitos legais para participar das obras, compareceu à Delegacia de Polícia e informou ao Delegado de Plantão o ocorrido, que

o orientou a combinar a entrega da quantia para daqui a uma semana, oportunidade em que uma equipe de policiais estaria presente para efetuar a prisão em flagrante do deputado. No dia e hora aprazados para a entrega da quantia indevida, os policiais prenderam em flagrante o

deputado “M” quando este conferia o valor entregue pelo presidente da empresa “Z”. Na

qualidade

de

advogado

contratado pelo

Deputado, assinale a alternativa que indica a

peça processual

ou

pretensão

processual,

exclusiva de advogado, cabível na hipótese

acima.

A)

Liberdade Provisória.

 

B)

Habeas Corpus.

 

C)

Relaxamento de Prisão.

 

D)

Revisão Criminal.

 

III

Exame Unificado

 

Questão 02 - Como se sabe,

a

prisão

processual

(provisória

 

ou

cautelar)

é

a

decretada

antes

do

trânsito em

julgado de

sentença penal condenatória, nas hipóteses previstas em lei. A respeito de tal modalidade de prisão, é correto afirmar que:

A)

em nosso ordenamento jurídico, a prisão

processual contempla as seguintes modalidades: prisão em flagrante, preventiva,

temporária, por pronúncia e em virtude de sentença condenatória recorrível.

B)

a prisão temporária tem como pressupostos

a existência de indícios de autoria e prova da

materialidade, e como fundamentos a necessidade de garantia da ordem pública, a conveniência da instrução criminal, a

necessidade de garantir a futura aplicação da lei penal e a garantia da ordem pública.

C)

o prazo de duração da prisão temporária é

de cinco dias, prorrogável por mais cinco em

caso de extrema e comprovada necessidade. Em se tratando, todavia, de crime hediondo, a prisão temporária poderá ser decretada pelo

prazo de trinta dias, prorrogável por igual período.

 

D)

são

requisitos da prisão preventiva a sua

imprescindibilidade para as investigações do

inquérito policial e o fato de o indiciado não ter

residência

fixa

ou

não

fornecer

elementos

necessários ao

esclarecimento de sua

identidade.

 

III

Exame Unificado

 

Questão 03 - Com relação às modalidades de

prisão, assinale a alternativa correta.

 

A)

A prisão em flagrante delito somente poderá

ser realizada dentro do período de vinte e

quatro horas, contadas do momento em que se inicia a execução do crime.

B)

A prisão temporária poderá ser decretada a

qualquer tempo, desde que se mostre imprescindível para a produção da prova.

C)

A prisão preventiva poderá ser decretada

durante o inquérito policial.

 
  • D) Em

caso de descumprimento de medida

 

Questão 06 - A prisão temporária pode ser

protetiva prevista na Lei 11.340/06, o juiz não

definida como uma medida cautelar restritiva,

poderá decretar a prisão preventiva do acusado.

decretada por tempo determinado, destinada a

IX Exame Unificado

Questão 04 - O Código de Processo Penal pátrio menciona que também se considera em flagrante delito quem é perseguido, logo após o

possibilitar as investigações de certos crimes considerados pelo legislador como graves, antes da propositura da ação penal. Sobre o tema, assinale a afirmativa correta.

delito, pela autoridade, pelo ofendido ou por

A)

Assim como a prisão preventiva, pode ser

qualquer pessoa, em situação que faça presumir

decretada

 

de

ofício

pelo

juiz,

após

ser o perseguido autor da infração. A essa

requerimento

do

Ministério

 

Público

ou

modalidade dá-se o nome de flagrante

representação da autoridade policial.

 
  • A) impróprio.

 

B)

Sendo

o

crime

investigado hediondo, o

  • B) ficto.

prazo poderá

ser fixado em,

no máximo,

15

  • C) diferido ou retardado.

 

dias,

prorrogáveis

uma

vez

pelo mesmo

  • D) esperado.

 

período.

 

XIII Exame Unificado

 

C)

Findo

o

prazo

da

temporária sem

Questão 05 - Felipe foi reconhecido em sede

 

prorrogação, o preso deve ser imediatamente solto.

 

policial por meio de fotografia como o autor de

D)

O preso,

em

razão de prisão temporária,

um crime de roubo. O inquérito policial seguiu

poderá ficar detido no mesmo local em que se

seus trâmites de forma regular e o Ministério

encontram

 

os

presos

provisórios

ou

os

Público decidiu denunciar o indiciado. O oficial de justiça procurou em todos os endereços

condenados definitivos.

 

constantes nos autos, mas a citação pessoal ou por hora certa foram impossíveis. Assim, o juiz

 

Sentença

 

decidiu pela citação por edital. Marcela, irmã de Felipe, ao passar pelo fórum leu a citação por

VI Exame Unificado