Você está na página 1de 3

Lê o texto com atenção e responde de forma clara e completa às questões que te são colocadas:

Ilse Losa, O Mundo em que vivi

GRUPO I – Compreensão da Leitura

1. Faz a caracterização física de uma das personagens desta narrativa.


O avô tinha um bigode, era alto e magro e sempre muito bem penteado.
2. Porque diz o narrador que “a avó contrastava com a figura esguia e imponente do avô”?

Esta frase refere-se à diferença física existente entre os dois: enquanto a avó era
gordinha e muito baixa, o avô era alto e magro.

3. Podemos dizer que alguma das personagens é o narrador? Justifica e classifica-o quanto à presença.
Sim, o narrador é Rose. É, portanto, um narrador participante.

4. Havia algo de que Rose gostava muito no avô, mas por outro lado não lhe agradava um hábito que ele
tinha. Explica de que gostava ela e o que detestava (não transcrevas do texto)
Rose apreciava ver o avô levantar as sobrancelhas quando dizia algo importante,
mas não gostava nada de ver restos de sopa no seu bigode.
5. Achas que a avó de Rose era hábil a fazer meia? Justifica com uma expressão do texto.
Sim, a avó era hábil a fazer meia, pois no texto diz: “... nem precisava de olhar” e
“...as agulhas a bater desembaraçadamente.”

6. Por que razão a avó fazia sempre meias pretas? Concordas com a justificação que ela dava? Expõe a
tua opinião.
A avó fazia sempre meias pretas, porque dizia que era mais prático e económico.
Não concordo, pois a lã preta tem o mesmo preço das lãs de outras cores.

7. A narradora sabia ler? Justifica a tua resposta, sem transcreveres do texto.


A narradora não sabia ler, porque não conseguia ler o que estava escrito no álbum
de fotografias. Era o avô quem lhe lia.

8. Explica o significado das seguintes palavras:


“espessas”(linha 2) – grossas “farto”(l.5) – abundante

“lidas”(l.10) – tarefas “destacar”(l.12) - salientar

9. Como designas as figuras de estilo presentes nestas frases?


O gemido da cadeira acompanhava o movimento da avó. - Personificação
O armário, brilhante como um espelho... - Comparação

A avó tinha a cabeça coroada pela neve dos seus cabelos. - Metáfora

GRUPO II – Funcionamento da Língua

1. Indica um parágrafo inteiramente descritivo.

O primeiro parágrafo é inteiramente descritivo.

1.1. Qual o tempo verbal utilizado? Dá 2 exemplos.


O tempo verbal usado é o Pretérito Imperfeito do Indicativo. Exemplos: “tinha” e
“dizia”.

2. Indica a função sintática das palavras sublinhadas:


Rose era frágil. – predicativo do sujeito

Preferia vestidos escuros que protegia das lidas domésticas com um avental. – complemento

circunstancial de modo
2.1. Os verbos da 2.ª frase da pergunta anterior são transitivos ou intransitivos?
O verbo “preferir” é transitivo; o verbo “proteger” é intransitivo.

3. Faz a correspondência correta:

2 “avental cor de cinza” / Sei de cor este poema. 1. Homófonas

3 “cabelo farto” / Estou farto de te aturar. 2. Homógrafas

4 vestia de preto / perto de nós 3. Homónimas

1 “Ora, ora...” / Está na hora 4. Parónimas

4. Classifica, quanto à formação, as palavras:


“avermelhada” – Derivada por prefixação e sufixação
guarda-roupa - Composta por justaposição

5. Passa para o discurso indireto as palavras da avó, dirigidas a Rose.

A avó disse à Rose para não dizer (que não dissesse) tolices e que se as outras
crianças não usavam meias pretas era porque as suas mães não sabiam ser
práticas e económicas.

6. Reescreve as frases, substituindo a expressão sublinhada por um pronome pessoal:


a) Eles lerão o livro. – Eles lê-lo-ão.
b) Nós fazemos o teste. – Nós fazêmo-lo.

7. Faz a correspondência correta:


Preciso dum lápis. Tens algum? B A. Pronome relativo

Vou pedir à Ana. Prefiro o seu. C B. Pronome indefinido

O rapaz que veio comigo é meu primo. A C. Pronome Possessivo