Você está na página 1de 9

ESCOLA SECUNDÁRIA CACILHAS TEJO

Biologia e Geologia - 11º A

Ano Letivo Teste Sumativo Cap I e II (Ver. A)


2011/2012
Nome . _________________________________ Nº _______
Prof.: Jocélia Albino
Classificação: _____________________________________

1. O diagrama de Hjülstrom representa a relação entre os processos de erosão, transporte e


sedimentação relativamente ao
tamanho dos grãos e à velocidade de
um fluxo de água.

1.1. Estabeleça a correspondência entre


os números do gráfico e a seguinte
lista de termos:

 Balastros _____

 Argilas _____

 Siltes _____
Fig. 1
1.2. Faça corresponder uma das afirmações de A a H um dos números da chave, relativas ao diagrama
acima representado.

Afirmações Chave
A- Com base nos dados é possível prever o comportamento de um sedimento na
I. Afirmação
água, sob o efeito da corrente de água. ____
suportada pelos
B- Para uma corrente de água transportar balastros é necessário que possua um fluxo
dados
com levada velocidade, para que não ocorra o transporte de argilas. ____
C- Para qualquer sedimento depositado no leito do rio, o aumento da velocidade
II. Afirmação
origina, sequencialmente, os fenómenos de transporte, erosão e sedimentação.
contrariada pelos
____
dados
D- A capacidade de transporte de um curso de água é diretamente proporcional ao
tamanho dos sedimentos que importa. ____
III. Afirmação sem
E- O transporte pelo vento segue a mesma tendência do transporte pela água. ____
relação com os
F- Os sedimentos com granulometria inferior a 0,01 mm mantêm-se praticamente
dados
sempre em suspensão. ____
G- A mobilização de argilas sedimentadas necessita de fluxos de água com reduzida
capacidade de transporte. ____
H- As argilas e os siltes são os sedimentos mais abundantes à superfície da Terra, pois
resultam da meteorização química e mecânica de todos os restantes sedimentos.
____
Pág.1
2. Leia com atenção o texto que se segue sobre a Barra do Rio Cávado a observe a figura 2.

O fundo rochoso na barra do Cávado, resultante das características particulares da bacia d


substrato granítico, faz com que não haja uma fonte de alimentação de areias nas praias junto à
barra. Também as fortes correntes provocam um fraco aporte de areias a sul. Com a construção das
infra-estruturas previstas, é de esperar um agravamento da situação e erosão costeira muito
acentuada a sul, tudo isto numa zona com vários estatutos de proteção.
Existem diversos exemplos de intervenções na orla costeira noroeste, onde a construção de
infraestruturas semelhantes originou situações gravíssimas de erosão costeira, colocando mesmo em
perigo pessoas e bens. Recordam-se os esporões de Ofir-Apúlia, ou os quebra-mares do porto da
Póvoa do Varzim.
Sabendo que a acentuada erosão costeira verificada atualmente, nomeadamente no troço da
costa noroeste entre Caminha e Aveiro, se deve à combinação de diversos fatores, entre os quais tem
acentuada importância a construção de infra-estruturas pesadas de engenharia costeira, não se
compreende a insistência por este tipo de soluções caras, irreversíveis e ineficazes, na medida em
que solucionam o problema num ponto, mas transferem o problema para outras zonas.

2.1. Ordene as imagens de modo a reconstituir a história da região face à construção do paredão

Fig. 2

2.2. Faça corresponder a cada uma das afirmações um dos números de I a VI.

Afirmações Chave
A- Acumulação de sedimentos na foz do Cávado. ____ I. Meteorização
B- Precipitação do carbonato de cálcio que agrega os grãos de areia. ____ II. Transporte
C- Perda de água devido ao peso dos sedimentos. ____ III. Erosão
D- Remoção dos detritos da s margens do Cávado. ____ IV. Compactação
E- As águas dos rios arrastam os detritos removidos. ____ V. Sedimentação
F- Fragmentação do substrato granítico dói Cávado. ____ VI. Cimentação
Pág.2
3. Leia atentamente o texto que se segue.

Os Mega cristais de Selenenite da Serra de Naica


A serra de Naica, no Norte do México, formou-se há cerca de 26 M.a., quando uma bolsa de
magma quente se elevou a partir do interior da Terra, até se alojar a cerca de 1140 m de profundidade,
dobrando as rochas carbonatadas. Simultaneamente, a serra foi impregnada com fluidos de elevada
temperatura ricos em minerais, levando à instalação de filões de sulfuretos de chumbo, de prata e de
zinco. Posteriormente, quando os fluidos hidrotermais começaram a arrefecer, instalaram-se filões de
quartzo, de calcite e de anidrite.
Há cerac de 1 a2 M.a., forças tectónicas deram origem a fissuras e a fraturas relacionadas com as
três principais falhas que ainda hoje controlam a ascensão dos fluidos termais. Estes fluidos, altamente
mineralizados, conduziram ao desenvolvimento de grutas. A figura 3A representa esquematicamente
um corte da serra de Naica, estando assinaladas as grutas, os corpos de minérios e as falhas. Durante
um período de cerca de 500 mil anos, à medida que a temperatura baixava e ocorria a dissolução lenta
da anidrite – mineral semelhante ao gesso, mas desprovido de moléculas de água, ou seja, um sulfato
de cálcio anidro -, foram-se formando grandes cristais de selenite, uma variedade de gesso. O
desenvolvimento destes cristais no interior das grutas foi possível devido a um mecanismo baseado na
diferença de solubilidade entre gesso e a anidrite a uma temperatura estável de 58 °C, com está
esquematizado na figura 3B.
Na serra de Naica, no século XIX, teve início a exploração mineira de uma das mais importantes
jazidas mundiais de sulfuretos de chumbo, de zinco e de prata. De modo a permitir os trabalhos de
mineração em zonas antes inundadas, tem sido feito o bombeamento de água para a superfície,
possibilitando também a exploração agrícola na região.

Fig. 3B
Fig. 3A

3.1. Os cristais de selenite da serra de Naica resultam de: (assinale a opção correta)

___ Dissolução de carbonato de cálcio em meio aquoso.


___ Processos iniciais de diferenciação fraccionada do magma.
___ Diferenciação gravítica do magma.
___ Precipitação de sulfato de cálcio em meio aquoso.
Pág.3
3.2. Explique a formação das grutas na serra de Naica, tendo em conta a natureza das rochas
encaixantes e o contexto tectónico de há 1 a 2 M.a.

4. Faça corresponder cada uma das descrições de propriedades dos minerais expressas na coluna A à
respetiva designação, que consta da coluna B.

Coluna A Coluna B
1) Brilho
a) Cor do mineral quando reduzido a pó. ____
2) Clivagem
b) Forma regular como os átomos de um mineral se
3) Composição
distribuem no espaço. ____
4) Densidade
c) Forma como um mineral reflete a luz. ____
5) Dureza
d) Tendência de um mineral para partir segundo direções
6) Estrutura cristalina
preferenciais. ____
7) Fratura
e) Resistência de um mineral à abrasão. ____
8) Risca

5. As afirmações que se seguem dizem respeito aos calcários e dolomitos. Selecione a alternativa que
as avalia corretamente.

1) Todos os calcários são rochas sedimentares quimiogénicas.


2) A dolomite, com a composição química CaMg (CO3)2 é o principal mineral que compõe os
calcários.
3) Os dolomitos são semelhantes aos calcários, mas após a deposição inicial de calcite, esta é
substituída pela dolomite, com incorporação de magnésio na estrutura química.

___1 e 3 são verdadeiras;2 é falsa


___ 2 é verdadeira;1 e 3 são falsas
___ 3 é verdadeira;1 e 2 são falsas
___ 1 e 2 são verdadeiras ; 3 é falsa
Pág.4
6. Faça corresponder cada uma das descrições de rochas expressas na coluna A ao termo que
identifica a respetiva rocha, que consta da coluna B.
Coluna A Coluna B
 Rocha magmática granular, com quartzo e plagióclases sódicas. 1) Arenito
____ 2) Siltito
 Rocha sedimentar associada a processos de precipitação de
3) Basalto
carbonato de cálcio. ____
 Rocha sedimentar detrítica que, quando saturada, é praticamente 4) Gabro
impermeável. ____ 5) Granito
 Rocha sedimentar detrítica consolidada formada por grãos 6) Riolito
visíveis à vista desarmada. ____
7) Sal-gema
 Rocha magmática agranular, rica em minerais ferromagnesianos.
8) Travertino
____

7. Leia atentamente o texto que se segue.


Os carvões são considerados rochas sedimentares biogénicas, possuindo um interesse económico
elevadíssimo. Na figura 4, o gráfico A representa a evolução dos carvões ao longo do tempo, e o
esquema B representa um perfil estratigráfico do topo da sequência da Bacia Carbonífera do
Douro.
A Bacia Carbonífera do douro foi a que teve um maior interesse económico em Portugal, sendo
composta por uma faixa estreita de terrenos com orientação NW-SE. A génese dos carvões
ocorreu numa bacia continental intramontanhosa que se formou na parte final do período
Carbónico, com o desenvolvimento de zonas lacustres com vegetação luxuriante.
Os diversos depósitos de antracite da Bacia Carbonífera do Douro foram praticamente esgotados
pela exploração mineira. Em Portugal também existem jazidas de lignite que foram explorada em
Coimbra, e em Grândola foram aproveitados depósitos de hulha.

Fig. 4
Pág.5
7.1. Faça corresponder a cada uma das afirmações um número da chave.
Afirmações Chave
___ Ao longo da evolução do carvão verifica-se um aumento relativo da
quantidade de carbono.
I. Afirmação
___ A antracite possui uma capacidade calorífica superior a todos os
suportada pelos
restantes.
dados
___ A incarbonização é acompanhada pela redução do teor de água na
II. Afirmação
rocha.
contrariada pelos
___ Ao longo da génese o volume da rocha diminui.
dados
___ O Carvão extraído da Bacia do Douro possui um teor de carbono
III. Afirmação sem
superior a 70%,enquanto que o carvão extraído em Coimbra possui
relação como os
valores inferiores a 30%.
dados.
___ O carvão de Grândola é mais evoluído do que o de Coimbra e da Bacia
Carbonífera do Douro.

7.2. Os depósitos portugueses de carvões referidos encontram-se, evolutivamente, pela ordem…

___ …Bacia do Douro, Grândola e Coimbra


___ …Grândola, Coimbra e Bacia do Douro
___ …Bacia do Douro, Coimbra e Grândola
___ …Coimbra, Grândola e Bacia do Douro

7.3. Podemos dizer que se verifica da unidade C2 para o topo da D2 a tendência para…

___ …a deposição em ambientes com maior capacidade de transporte, depositando sedimentos


mais grosseiros.
___ … a deposição em ambientes com menor capacidade de transporte, depositando
sedimentos mais finos.
___ …a redução na deposição de restos vegetais.
___ …a deposição apenas de sedimentos de origem detrítica.

7.4. Ordene as letras de A a F, de modo a reconstituir a sequência cronológica da formação de carvões


Inicie pela letra A.

A. Forma-se a bacia sedimentar palustre ou lacustre pouco profunda.


B. O material vegetação de decompõe rapidamente devido às condições redutoras no fundo da
bacia sedimentar.
C. Forma-se um carvão com reduzido teor de voláteis (difundem-se pelas fraturas).
D. O material vegetal morto acumula-se no fundo dos pântanos.
E. Ocorre uma modificação química em resultado do início do afundamento e aumento da
temperatura, formando-se rochas com 70% de conteúdo em carbono.
F. Originam-se espessas camadas de sedimentos com um elevado conteúdo em água, formando
uma rocha com elevada porosidade e cor acastanhada, em que ainda é possível identificar
alguns restos vegetais.
R: ___________________________
Pág.6
7.5. Para queimar a antracite explorada nas minas da Bacia Carbonífera do douro era necessário
adicionar fuelóleo para aumentar a eficiência da combustão. Relacione este facto com os dados do
esquema A.

8. O gráfico da figura 5 traduz as posições relativas de algumas rochas magmáticas intrusivas ou


plutonitos, em função do teor de sílica e em minerais félsicos e máficos.

8.1. Indique uma característica química e uma característica física dos minerais félsicos e máficos.

8.2. .Identifique as rochas A e B.

8.3. Justifique a resposta em 8.2.


Pág.7
9. Leia o texto que se segue sobre a geologia da Serra da Peneda-Gerês.

O maciço da Peneda-Gerês é formado por um conjunto de granitos que são abundantes no Parque
Nacional da Peneda-Gêres, prolongando-se para Espanha. Estes granitos encontram-se a cortar as
rochas encaixantes, que são formadas por outros granitos (biotíticos e de duas micas) e rochas
sedimentares do Sílurico que sofreram metamorfismo.
Os três principais tipos de granitos do maciço Peneda-Gerês possuem a mesma associação
mineralógica (quartzo, feldspato potássico, plagióclase e biotite), com as seguintes textura granulares:
- granito do Gerês: porfiroide (cristais de maiores dimensões envolvidos por uma matriz
faneriíticade grão fino) de grão grosseiro a médio;
- granito de Paufito: porfiroide a inequigranular (a dimensão dos cristais difere substancialmente)
de grão médio;
- granito de Carris: granular de grão fino, por vezes porfiroide.
A análise dos contactos entre os diferentes granitos permitiu concluir que possuem idades próximas,
e as análise radiométricas apontam para uma idade de 290 a 296 M.a.. Foram usados sistemas do Rb-Sr
e Ur-Pb, com resultados semelhantes.
Quanto à origem, os dados químicos e mineralógicos sugerem que os granitos se formaram a partir
da fusão parcial de materiais da crusta continental inferior e com possível mistura com magma de
origem mantélica. Estes fenómenos devem ter ocorrido aquando do fecho de um oceano primitivo, e
que levou à formação do supercontinente Pangeia.

Pág.8
9.1. A ordem de cristalização nos granitos do maciço da Peneda-Gerês deve ter sido, de acordo coma a
Série de Bowman, a seguinte:

___ plagioclase, biotite, feldspato potássico e quartzo


___ quartzo, plagióclase, biotite e feldspato potássico
___ plagióclase, biotite, quartzo e feldspato potássico
___ feldspato potássico, quartzo, plagióclase e biotite

9.2. .Os granitos da Peneda-Gerês originam a formação da paisagem do caos de blocos, em resultado
da circulação de _______________ao longo das diacláses e da meteorização dos minerais,
principalmente dos______________.

___ água […] feldspatos e do quartzo


___ gases […]feldspatos e do quartzo
___ água […] feldspatos e da biotite
___ gases […]feldspatos e da biotite

10. A formação das rochas magmáticas está, em grande parte, relacionada com a mobilidade da
litosfera e ocorre, em regra, nos limites convergentes e divergentes das placas litosféricas. Estes
limites correspondem a regiões onde as condições de pressão e de temperatura permitem a fusão
parcial das rochas da crusta e do manto superior, originando magmas.

Explique a afirmação ”As rochas magmáticas apresentam aspetos que fornecem informações sobre
o local onde consolidou o magma que as gerou”.

Fim
Cotações
Quest. 1.1 1.2 2.1 2.2 3.1 3.2 4 5 6 7.1 7.2 7.3 7.4 7.5
Cot. 12p 9p 10p 9p 8p 15p 9 8 9 9 8 8 10 15

Quest. 8.1 8.2 8.3 9.1 9.2 10 Total


Cot. 10p 10p 10p 8p 8p 15 200 pontos
Pág.9

Interesses relacionados