Você está na página 1de 14

JA

r
.b
ER .com
R E LÍDplo 0

EBOOK IG O m 0
E Dexe 0-00
M @ 0
NOider ) 00
l 00
(

Como se Organiza GRU


PO #
1
N

uma Igreja em
li OME
(00) 0 der@exemDO LÍDER
000-0 plo.
000 com.b
GRUP r

N
lider@OME DO
O #2
(00) 0 exem LÍDER

Pequenos Grupos
000-0 plo.c
000 om.br
GRU
PO #
N
li OME
(00) 0 der@exemDO LÍDER
000-0 plo.c
3
000 om.b
GRU
r

PO #
4
N
lider@OME DO
(00) 0 exem LÍDER
000-0 plo.c
000 om.b
r
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Índice
Introdução ____________________________________________________ 03
Bases bíblicas ________________________________________________ 04
Estrutura ______________________________________________________ 06
Pastor principal _______________________________________________ 07
Pastor de área ________________________________________________ 09
Supervisor ____________________________________________________ 10
Líder de pequeno grupo ______________________________________ 11
Benefícios de uma organização eficiente ______________________ 12
Conclusão _____________________________________________________ 14

2
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Introdução
Nesse ebook queremos apresentar de forma objetiva como se organiza uma igreja em pequenos grupos.

Se você deseja implantar pequenos grupos ou validar se sua estrutura está organizada este material foi
feito para você!

Nas próximas páginas você entenderá:

• As bases bíblicas para uma organização em pequenos grupos;


• A estrutura da igreja em pequenos grupos;
• A função do pastor principal;
• A função do pastor de área;
• A função do supervisor;
• A função do líder do grupo; e
• Benefícios de uma igreja em pequenos grupos bem organizada.

Boa leitura!

3
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Bases bíblicas
Veja a seguir alguns versículos que encontramos na bíblica que se referem a organização em grupos:

“Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos
participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de
todo o povo” - Atos 2.46

“Mas, lhes ensinei tudo publicamente e de casa em casa” - Atos 20.20

“Saúdem também a igreja que se reúne na casa deles. Saúdem meu amado irmão Epêneto, que foi o
primeiro convertido a Cristo na província da Ásia.” - Romanos 16:5

“Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e o irmão Timóteo, a você, Filemom, nosso amado cooperador, à irmã
Áfia, a Arquipo, nosso companheiro de lutas, e à igreja que se reúne com você em sua casa.” - Filemom 1:1,2

Podemos ver que o modelo de pessoas que se reúnem em casa para buscarem a Deus juntas é algo que
acontecia nos tempo bíblicos.

Mas a história que deixamos em destaque é a de Jetro (sogro de Moisés):

Moisés, um grande personagem bíblico, também não liderou sozinho. Ele precisou do auxílio de parceiros
ministeriais nas coisas extraordinárias que realizou.

Recebeu ajuda de Arão e Miriã: “Enviei diante de ti, Moisés, Arão e Miriã (Miquéias 6.4). E mais a frente,
Moisés tentou, sim, sozinho a responsabilidade de aconselhar, direcionar e encarregar-se das tarefas
concernentes ao governo de quase um milhão de pessoas.

Porém, ao receber a visita de Jetro, seu sogro, tomou sábios conselhos com relação a designar tarefas e
delegar poder: “Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto que tu fazes

4
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã até à tarde?” Então
disse Moisés a seu sogro: “É porque este povo vem a mim para consultar a Deus”. (Êxodo 18.15)

Então o seu sogro lembrou-o de que precisava delegar, caso contrário a obra seria pesada demais para ele:
“O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é bom o que fazes… Porque este negócio é muito difícil para ti, tu
só não o podes fazer (v. 17)”.

Então Jetro aconselhou Moisés a estabelecer líderes de mil, de cem, de cinquenta e de dez. O conselho de
Jetro foi dado a Moisés cerca de 3500 anos atrás. Apesar de tão antigo, continua atual.

Ele recomenda que o dirigente se concentre nas questões mais importantes e delegue os assuntos
secundários para seus auxiliares: “E seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno
eles o julguem; assim a ti mesmo te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo” (v. 26)”. Observe que
conselho maravilhoso: Delegar tarefas para repartir a carga da liderança.

Moisés recebeu a visão de Deus, mas precisou entender a necessidade de delegar. E, delegar não significa
apenas passar tarefas para os outros. Alguns líderes delegam apenas porque querem passar o abacaxi para
frente.

E esse é um dos principais motivos para organizar a igreja em pequenos grupos, para que não haja
sobrecarga de responsabilidades no pastor principal da igreja, que novos líderes possam ser desenvolvidos
e a membresia possa ser cuidada de maneira eficiente.

5
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Estrutura
Saber como uma igreja com pequenos grupos se organiza não serve para engessar as relações
interpessoais, nem quer dizer que as pessoas só poderão conversar com aqueles que estão imediatamente
vinculados a eles.

Ou seja, ela não impede que os membros conversem direto com o pastor, com pastor de outra área ou
qualquer outra pessoa.

Assim, não se quer impossibilitar relações e conversas, mas sim organizar a igreja de uma forma clara, de
saber quem é o responsável por cada área.

Quando a igreja tem uma estrutura bem definida, fica muito mais fácil para os liderados saberem a quem
se portar e a quem pedir ajuda.

E para os pastores e líderes da igreja, a igreja organizada, os auxilia para terem mais foco em quais são
seus liderados e quais membros estão sob suas responsabilidades, o que torna o trabalho ministerial mais
eficaz.

A estrutura eficiente de uma igreja em pequenos grupos deve ser pensada de forma hierárquica, o qual os
líderes mais responsáveis e maduros devem liderar grupos de líderes menos experientes, enquanto esses
líderes estão em constante desenvolvimento e atuam no cuidado dos membros da igreja.

Como a igreja é formada por pessoas, e por este motivo envolve muitas variáveis que não podem ser
controladas, é importante que você pastor entenda a capacidade da sua igreja e desenvolva essa estrutura
junto com sua liderança, nossa dica aqui é que você não deve fazer isso sozinho.

Desenvolva inicialmente o apoio daqueles líderes mais comprometidos e maduros, e sugira uma estrutura
que faça sentido para sua igreja, apresente suas justificativas e abra para ouvir outras opiniões.

6
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Pastor principal
O pastor principal, também chamado de pastor presidente, é o maior responsável pela igreja e tudo o que a
envolve (pessoas, financeiro, manutenção do templo, etc).

Numa igreja em pequenos grupos, o pastor principal deve ter interesse em fazer parte de um pequeno
grupo e se preocupar em orientar os líderes dos grupos quanto às suas responsabilidades.

Nós sabemos que, quando uma igreja cresce, o pastoreio de todas as pessoas fica ainda mais difícil.

Por isso, o pastor principal irá cuidar mais proximamente dos pastores de área, é claro que ele não deve
deixar de lado o pastoreio das ovelhas, os atendimentos pastorais, etc. Mas ele deve reservar espaço na
agenda para cuidar dos pastores de área que estão diretamente ligados a ele.

Além de um acompanhamento mais próximo aos seus pastores de área, é fundamental estar presente aos
relatórios de desenvolvimento dos pequenos grupos, analisar junto com a equipe pastoral os dados sobre
crescimento dos grupos, líderes que estão em treinamento, número de visitantes, taxa de preenchimento
dos relatórios, multiplicações, membresia dos grupos e até mesmo os desenvolvimento dessas métricas por
área.

Após analisar esses dados é importante que o pastor principal aconselhe cada área para seu
desenvolvimento ministerial.

É função do pastor principal também sonhar e definir metas para os pequenos grupos da igreja, também
sugerimos que você faça isso com sua equipe pastoral para maior comprometimento e clareza para o
planejamento da igreja.

7
DESEJA ORGANIZAR PEQUENOS GRUPOS EM SUA IGREJA?

Solicite uma demonstração gratuita da Plataforma


Igreja Eficiente, nosso sistema de gestão online

- Conheça um passo a passo simples para


organizar os pequenos grupos em sua igreja.

- Entenda quais são os dados mais importantes


que sua igreja deve acompanhar sobre os SOLICITAR DEMONSTRAÇÃO
pequenos grupos.

- Descubra na prática como a Plataforma Igreja


Eficiente pode ajudar você e sua igreja.
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Pastor de área
Abaixo do Pastor principal e sob a sua supervisão estão os pastores de área. Esses são os pastores de cada
etária, especificamente.

Exemplos:

• Área de familia (pais e filhos)


• Área da juventude
• Área de adolescentes
• Área de idosos
• Área de missões

As áreas dependerão do tamanho e necessidade de cada igreja.

Cada área se torna responsável em desenvolver pequenos grupos para pastoreio, que auxiliam diretamente
na organização ministerial.

O pastor de área também é responsável em definir metas para sua área, e acompanhar os relatórios de
eficiência do ministério, com objetivo de identificar possíveis melhorias de forma contínua.

Além disso, é função do pastor acompanhar diretamente os líderes de supervisão, aconselha-lós de forma
pastoral e ministerial.

9
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Supervisor
O supervisor é aquela pessoa que está em contato direto com o pastor de área e com os líderes dos grupos.

Ele é responsável pelos líderes de pequenos grupos que estão debaixo da sua supervisão.

Um supervisor é um líder que já multiplicou seu pequeno grupo a ponto de se tornar responsável por
alguns líderes.

Ele tem a responsabilidade de cuidar dos líderes dos quais é responsável; devendo prezar pela vida integral
dos líderes e incentivá-los a sempre buscar melhorar como líderes e avançar na vida do pequeno grupo que
lideram.

O supervisor também tem a função de ser exemplo de liderança e treinar os líderes dos grupos para que
um dia, se assim desejarem, se tornarem supervisores também.

Além de também realizar um acompanhamento pastoral e ministerial na vida do líder, é importante aqui
lembrar o conselho de Jetro.

“E seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno eles o julguem; assim a ti mesmo
te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo” - Êxodo 18:26

O supervisor deve ser treinado para filtrar as questões que ele pode resolver, e saber direcionar aquelas
que não fazem parte de sua responsabilidade, e assim direcionar com sabedoria os casos mais graves para
seu pastor de área.

E por último é importante que o supervisor colete alguns dados sobre seus grupos, resuma eles e
encaminhe para o pastor de área, o qual poderá criar relatórios de acompanhamento sobre sua área.

10
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Líder de pequeno grupo


O líder de pequeno grupo é aquele que exerce a liderança das pessoas que participam do grupo. Ele é
responsável pelas vidas que estão sob sua liderança e é acompanhado pelo seu supervisor.

Podemos resumir as funções do líder na seguinte lista:

• Cumprir com os objetivos do pequeno grupo


• Edificação;
• Comunhão;
• Consolidação;
• Evangelismo; e
• Serviço
• Levantar e treinar líder auxiliares
• Acompanhar os líderes auxiliares
• Acompanhar os frequentadores e visitantes do grupo
• Enviar semanalmente informações sobre o grupo para o supervisor
• Dados sobre os participantes
• Dados sobre os visitantes
• Informações básicas sobre a reunião semanal (tema abordado, participantes, observações)

Essas são as atividades que consideramos como essenciais para cada líder, existem outras que ajudam e
melhoram a liderança e acompanhamento dos membros.

11
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Benefícios de uma organização eficiente


Extensão do pastorado
Um dos efeitos imediatos que os pequenos grupos causam nas igrejas é uma extensão do pastorado. Isso
acontece porque cada líder de pequeno grupo é responsável, também, pelas vidas daquelas pessoas que
estão frequentando os pequenos grupos. Neles o líder cuida, ora e lidera a reunião para que todos sejam
incentivados a buscar ainda mais a Deus.

Não sendo possível os pastores cuidarem diretamente de cada pessoa da igreja, os pequenos grupos
surgem como a possibilidade de todos estarem sendo cuidados por pessoas próximas a elas, que passam
pelas mesmas situações, mas são mais maduras na fé e mais experientes.

A extensão do pastorado se dá nisso. Cada líder exerce o pastorado do pequeno grupo. Assim, todos
aqueles que possuem o dom de cuidado e liderança possam abençoar a igreja com esse dom.

O pastoreio do pequeno grupo deverá estar sempre em conformidade com o que a igreja acredita, isso
porque o pequeno grupo existe para a igreja e não o contrário. Isso demonstra respeito pelos pastores.

Caso a liderança do pequeno grupo esteja caminhando em desrespeito aos pastores, a chance de acontecer
um rompimento é grande.

Assim, os pequenos grupos promovem a extensão do pastorado e a possibilidade de você ter a certeza de
que todos os membros da sua igreja serão cuidados por pessoas próximas e que se importam com eles.

Ajuda na memorização e aplicação


Uma das grandes dificuldades de igrejas que não possuem pequenos grupos é que a palavra ministrada
pelo pastor aos domingos só é ouvida uma vez, o que dificulta a memorização dela. Isso não quer dizer
que não é possível memorizar, nem que os pequenos grupos farão com que ela seja lembrada. Mas eles

12
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

ajudam, isso é fato.

Quando o pastor prega aos domingos e a igreja utiliza o seu sermão para preparar o roteiro dos pequenos
grupos, a mensagem é ministrada 2 vezes durante a semana. A primeira no culto e a segunda na reunião do
pequeno grupo.

Além disso, nas reuniões de pequenos grupos se conversa sobre como colocar a mensagem pregada em
prática para a realidade das pessoas que ali participam, seja um pequeno grupo de adolescente, jovem
casal ou de terceira idade.

É sempre importante discutir sobre como colocar em prática a mensagem no contexto de vida de cada um.

Uma vez que o pastor, ao pregar, falará para a igreja, e buscará formas de aplicação da mensagem para a
comunidade toda. Enquanto que nos pequenos grupos isso é mais voltado para realidades particulares.

13
Como se Organiza uma Igreja em Pequenos Grupos

Com esse ebook, esperamos que esclarecemos como se organiza os pequenos grupos na igreja,
fortacelendo as bases bíblicas, descrevendo as principais funções e benefícios de uma igreja organizada.

Esperamos que Deus abençoe a sua igreja por meio dos pequenos grupos, e que todos possam ser
cuidados por meio deles.

Estamos a disposição para ajudá-lo nesse processo, será um prazer conhecer você e sua igreja.

Deus te abençoe!
Equipe Igreja Eficiente

Solicite um diagnóstico gratuito na Solicite uma demonstração


sua igreja e entenda como nossa gratuita da Plataforma Igreja
equipe pode te ajudar a implantar Eficiente, nosso sistema de
os pequenos grupos gestão online

SOLICITAR DIAGNÓSTICO SOLICITAR DEMONSTRAÇÃO


14