Você está na página 1de 1

Autoridade Espiritual – Parte 1

Mateus 10.1
Chamando seus doze discípulos, deu-lhes autoridade para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e
enfermidades.

Pra início de conversa...


Nesse início de ministério, Jesus já contava com discípulos. E no capítulo 10 ele dá algumas missões. Já no primeiro
verso, nos dá uma noção da autoridade que ele outorga aos seus discípulos. Precisamos deixar claro de que quando
se fala de autoridade, Jesus está dando autorização e capacidade aos seus para exercer os dons. Cura e expulsar
demônios, por exemplo.

1 – Só tem autoridade quem é discípulo. (v.1)


O discípulo está perto do Mestre. Nos relacionamentos de Jesus tinha a multidão, tinha os discípulos, tinha os
apóstolos e os três mais próximos. Porém, ser discípulo de Jesus, imitá-lo e dar a sua vida por ele, só quem anda
perto. Isso é para quem tem coragem de seguir a Jesus de perto. Quando se está longe, se tem medo de tudo. Não
há autoridade e quem não tem autoridade se abala com qualquer coisa. Acha tudo estranho. Sempre dá um passo
pra trás. Não se acha fé, somente desconfiança.

2 – Quem tem autoridade está focado na missão. (v. 13-14)


13 Se a casa for digna, que a paz de vocês repouse sobre ela; se não for, que a paz retorne para vocês.
14 Se alguém não os receber nem ouvir suas palavras, sacudam a poeira dos pés, quando saírem daquela casa ou
cidade.

Quem tem autoridade está marchando em direção ao propósito. Nada o abala porque ele sabe que está nas mãos de
Deus. Autoridade espiritual é dada àquele que mesmo com medo confia no chamado de Deus para sua vida. É óbvio
que os discípulos mais próximos tinham medo do que ia acontecer. Claro que havia um receio da resposta da
sociedade, mas a orientação de Jesus é clara: deixem a paz. Se não ouvirem, ela volta pra você.

Em outras palavras, foquem na missão. Convidamos alguém, não veio? Vamos à outra. Foi feito algo, não deu certo?
Vamos sentar, planejar e fazer novamente, o que não podemos é parar. Quem tem autoridade espiritual não
retrocede, não se anula, não se omite. Está sempre a postos para servir ao Mestre.

3 – Não se preocupem com as palavras (v. 19-20)


19 Mas quando os prenderem, não se preocupem quanto ao que dizer, ou como dizer. Naquela hora lhes será
dado o que dizer,
20, pois não serão vocês que estarão falando, mas o Espírito do Pai de vocês falará por intermédio de vocês.

Muitos ao serem questionados sobre o porquê não fazem isso ou aquilo, sempre respondem: não sei falar. Porém
quando temos a autoridade espiritual, quando estamos perto de Jesus, focados na missão, as palavras não nos
preocupam. O texto é claro: o Espírito Santo falará por intermédio de vocês.

Mas para isso você precisa dar voz a esse Espírito. Você precisa ter as suas baterias cheias. Tem gente que vive a vida
espiritual como aquele que deixa o celular sempre com a bateria baixa. Aí quando está quase zerando, ele aparece
aqui, na sua concepção, acha que 30 min de palavra vai recarregar sua vida por inteiro e não vai.

Para ter autoridade espiritual a sua relação com Deus deve ser prioridade. Nada é mais importante do que a
presença de Deus na sua vida. Acabarão os medos, temores, as superstições, enfim, o Senhor cuidará de ti como
ninguém cuidou.

Pra finalizar...
Autoridade espiritual é para todos que desejam estar perto de Cristo. É manifestação de fé e coragem diante dos
desafios da sua vida.