Você está na página 1de 6

CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA CENTRO UNIVERSITÁRIO

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA


________________________________________________________________
Curso: Engenharia Elétrica / Engenharia da Computação
Disciplina: Circuitos Elétricos
Professor (a): Thiago Raposo Milhomem
Alunos: Douglas Casale
Jefferson Oliveira
Murilo Moreira

Relatório LAB 4 – Filtros Passivos


1) Objetivos
Estudo de filtros passivos e sua resposta em frequência. Simulação de
circuitos no software Circuit Maker.
2) Introdução Teórica
Filtros passivos são circuitos eletrônicos que tem o intuito de filtrar uma
determinada frequência de sistema eletrônico (através da associação
de resistores, capacitores e Indutores). Um filtro é denominado passivo por ser
constituído de componentes passivos.
3) Material Utilizado
- Software Circuit Maker.

4) Procedimentos Realizados e Resultados Obtidos


4.1) Procedimentos Práticos
Abra o Circuit Maker e localize os elementos:
- Resistor (General\Resistors)
- Capacitor (General\Capacitors)
- Indutor (General\Inductors)
- Terra (Analog\Power\Ground)
- Gerador de sinais (senoidais) (Instruments\Analog\Signal Gen)
- Multímetro (Analog\Instruments\Multimeter)
Para as medições com multímetro, utilize-o no modo de medição AC
RMS.

4.2) Procedimentos a serem realizados para todos os circuitos solicitados


 Varie a frequência da fonte senoidal de 25 Hz até 102,4 kHz. Para isso,
utilize valores de frequência como o dobro da anterior (isto é, 25, 50, 100, 200,
400, 800 Hz etc.). Registre os valores medidos no multímetro para cada
frequência escolhida.
 Plote o gráfico de Ganho VS Frequência em escala linear e
logarítmica. Utilize algum software que plote gráficos ou então edite um papel
milimetrado em PDF.
 Utilizando divisor de tensão, obtenha a expressão para o ganho do
filtro em função da frequência e esboce o gráfico de sua magnitude. Compare
com o gráfico anteriormente obtido.
 Classifique este filtro em relação à sua resposta em frequência (passa-
baixa, passa-alta, passafaixa etc.)
 Determine analiticamente a frequência de corte do circuito e valide isto
experimentalmente (varie a frequência do sinal da fonte em torno da frequência
de corte calculada). Observe se isto está de acordo com o gráfico
anteriormente obtido. Para as simulações, utilize valores de resistência R entre
1,0 kΩ e 10,0 kΩ, de capacitância C entre 1,0 µF e 10,0 µF e de indutância L
entre 1,0 mH e 10,0 mH.

4.3) Circuitos Solicitados

4.3.1) Circuito RC
a) Implemente o circuito RC em série alimentado por fonte senoidal com
a configuração ilustrada abaixo, medindo-se a tensão de saída no resistor.
Realize todos os procedimentos citados no início do roteiro.

b) Neste circuito RC, troque o multímetro de posição, medindo como


saída a tensão no capacitor. Realize todos os procedimentos citados no início
do roteiro.

4.3.2) Circuito RL
a) De maneira semelhante ao circuito anterior, implemente um circuito
RL em série, medindo como saída a tensão no resistor. Realize todos os
procedimentos citados no início do roteiro.
b) Para este mesmo circuito RL, troque o multímetro de posição,
medindo como saída a tensão no indutor. Realize todos os procedimentos
citados no início do roteiro.

4.4) Resultados Obtidos

4.4.1) Circuito RC

RC

HZ R C
Gráfico (Excel)
25 0,6527 0,2483
50 0,6882 0,1327
100 0,6998 0,06775
200 0,704 0,03342
400 0,7055 0,01634
800 0,706 0,008069
1600 0,7061 0,004015
3200 0,7063 0,002005
6400 0,7062 0,001002
12800 0,7048 0,000502
25600 0,7046 0,000251
51200 0,7048 0,000126
102400 0,7063 6,26E-05

𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟐𝟓𝑯𝒛 ∗ = 𝟐𝟒, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟓𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟒𝟗, 𝟗𝟗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭

𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟏𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟗𝟗, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟐𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟏𝟗𝟗, 𝟗𝟗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭

𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟒𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟑𝟗𝟗, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟖𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟕𝟗𝟗, 𝟗𝟗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭
𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟏𝟔𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟏𝟓𝟗𝟗, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟑𝟐𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟑𝟏𝟗𝟗, 𝟗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭
𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟔𝟒𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟔𝟑𝟗𝟗, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟏𝟐𝟖𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭
= 𝟏𝟐𝟕𝟗𝟗, 𝟗𝟗

𝟏𝒌Ω 𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟐𝟓𝟔𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟐𝟓𝟓𝟗𝟗, 𝟗𝟗 𝑽𝒓 = 𝟓𝟏𝟐𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭 𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭
= 𝟓𝟏𝟏𝟗𝟗, 𝟗𝟗
𝟏𝒌Ω
𝑽𝒓 = 𝟏𝟎𝟐𝟒𝟎𝟎𝑯𝒛 ∗ = 𝟏𝟎𝟐𝟑𝟗𝟗, 𝟗𝟗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭

Vc
0.00012

0.0001

0.00008

0.00006

0.00004

0.00002

0
0 20000 40000 60000 80000 100000 120000
𝟏𝝁𝑭
𝑽𝒄 = 𝑽𝑭 ∗
𝟏𝒌Ω + 𝟏𝝁𝑭

HZ Vc
25 2,5E-08
50 5E-08 0.00012

100 1E-07 0.0001


200 2E-07
400 4E-07 0.00008
800 8E-07
0.00006
1600 1,6E-06
3200 3,2E-06 0.00004
6400 6,4E-06
0.00002
12800 1,28E-05
25600 2,56E-05 0
51200 5,12E-05 0 20000 40000 60000 80000 100000 1

102400 0,0001024

4.4.2) Circuito LC

0.8
LC
0.7
HZ R L 0.6

0.5
25 0,7062 5,05E-08
0.4
50 0,7062 1,012E-07
0.3
100 0,7062 2,023E-07
0.2

0.1

0
0 20000 40000 60000 80000 100000 120000
200 0,7062 4,047E-07
400 0,7062 8,094E-07
800 0,7062 1,619E-06
1600 0,7062 3,237E-06
3200 0,7063 6,474E-06
6400 0,7062 1,295E-05
12800 0,7048 2,595E-05
25600 0,7046 5,182E-05
51200 0,7048 0,0001038
102400 0,7063 0,0002071

5) Conclusões
Esses filtros podem ter diferentes atribuições e por isso são divididos
nas seguintes categorias: Filtro passa-baixo, Filtro passa-altas, Filtro rejeita-
faixa e Filtro passa-faixa. Por serem tão variados, esses filtros possuem
diversas aplicações em corrente alternada, tais como filtrar sinais de imagens,
sons, ruídos elétricos em transmissões de dados. Já em corrente continua
estes atuam apenas em regimes transitórios do circuito, pois os componentes
passivos atuam exclusivamente nas variações dos sinais elétricos, não
operando no período de regime continuo.