Você está na página 1de 86

APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

zação, tornam-se a solução perfeita para conectar todos os


setores da sua organização para que as informações sejam
compartilhadas, permitindo assim que seus funcionários to-
mem decisões mais consistentes, atendendo melhor a seus
clientes.

HISTÓRIA DAS INTRANETS


De onde vêm as Intranets? Vamos começar pela história
da Internet e da Web, para depois abordar as Intranets.
Conceitos de informática, hardware e software.
Primeiro, a Internet
Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet,
O governo dos Estados Unidos criou a Internet na década
Protocolos Web, World Wide Web, Navegador Internet (Inter-
de 70, por razões de segurança nacional. Seu propósito era
net Explorer), busca e pesquisa na Web. Conceitos de prote-
proteger as comunicações militares, caso ocorresse um ata-
ção e segurança, vírus e ataques a computadores.
que nuclear. A destruição de um computador não afetaria o
Correio eletrônico (Microsoft Outlook – versão 2007): concei-
restante da rede. Na década seguinte, a Fundação Nacional
tos; aplicativos; envio e recebimento de mensagens; arquivos
de Ciência (Nacional Science Foundation — NSF) expandiu a
anexos; utilização de listas de distribuição de mensagens.
rede para as universidades, a fim de fornecer aos pesquisa-
Conceitos básicos do Microsoft Office – versão 2007: editor
dores acesso aos caros supercomputadores e facilitar a pes-
de texto (Microsoft Word), planilha de cálculo (Microsoft Ex-
quisa.
cel), apresentações (Microsoft Power Point); Conhecimentos
básicos de Microsoft Windows XP SP3 e Microsoft Windows
Na começo da década de 90, a NSF permitiu que a inicia-
7.
tiva privada assumisse a Internet, causando uma explosão
em sua taxa de crescimento. A cada ano, mais e mais pesso-
CONCEITO DE INTERNET E INTRANET as passam a usar a Internet, fazendo com que o comércio na
CORREIO ELETRÔNICO Web continue a se expandir.

O que éuma Intranet? A INTRANET


Vamos imaginar que você seja o diretor de informática de Com a introdução do Mosaic em 1993, algumas empresas
uma companhia global. A diretora de comunicações precisa mostraram interesse pela força da Web e desse programa. A
de sua ajuda para resolver um problema. Ela tem de comuni- mídia noticiou as primeiras organizações a criar webs inter-
car toda a política da empresa a funcionários em duas mil nas, entre as quais a Lockheed, a Hughes e o SÃS Instituto.
localidades em 50 países e não conhece um meio eficaz para Profissionais provenientes do ambiente acadêmico sabiam do
fazê-lo. que as ferramentas da Internet eram capazes e tentavam
1. O serviço de correio é muito lento. avaliar, por meio de programas pilotos, seu valor comercial. A
2. O correio eletrônico também consome muito tempo notícia se espalhou, despertando o interesse de outras em-
porque exige atualizações constantes dos endereços presas.
dos funcionários.
3. O telefone é caro e consome muito tempo, além de Essas empresas passaram a experimentar a Internet, cri-
apresentar o mesmo problema do caso anterior. ando gateways (portal, porta de entrada) que conectavam
4. O fax também é muito caro e consome tempo, pelas seus sistemas de correio eletrônico com o resto do mundo.
mesmas razões. Em seguida, surgiram os servidores e navegadores para
5. Os serviços de entrega urgente de cartas e pacotes acesso à Web. Descobriu-se então o valor dessas ferramen-
oferecido por algumas empresas nos Estados Unidos tas para fornecer acesso a informações internas. Os usuários
não é prático e é bastante dispendioso em alguns ca- passaram a colocar seus programas e sua documentação no
sos. servidor da web interna, protegidos do mundo exterior. Mais
6. A videoconferência também apresenta um custo muito tarde, quando surgiram os grupos de discussão da Internet,
alto. percebeu-se o valor dos grupos de discussão internos. Este
parece ser o processo evolutivo seguido por muitas empre-
Você já agilizou a comunicação com pessoas fora da em- sas.
presa disponibilizando um site Web externo e publicando
informações para a mídia e analistas. Com essas mesmas Antes que pudéssemos perceber, essas ‘internets inter-
ferramentas, poderá melhorar a comunicação com todos nas’ receberam muitos nomes diferentes. Tornaram-se co-
dentro da empresa. De fato, uma Internei interna, ou Intranet, nhecidas como webs internas, clones da Internet, webs parti-
é uma das melhores coisas para proporcionar a comunicação culares e webs corporativas. Diz-se que em 1994 alguém na
dentro das organizações. Amdahl usou o termo Intranet para referir-se à sua Internet
interna. A mídia aderiu ao nome e ele passou a ser usado.
Simplificando, trata-se de uma Internet particular dentro existiam outras pessoas que também usavam isoladamente
da sua organização. Um firewall evita a entrada de intrusos esse termo. Acredito que esta seja uma daquelas idéias que
do mundo exterior. Uma Intranet é uma rede interna baseada ocorrem simultaneamente em lugares diferentes. Agora é um
no protocolo de comunicação TCP/IP, o mesmo da Internet. termo de uso geral.
Ela utiliza ferramentas da World Wide Web, como a lingua-
CRESCIMENTO DAS INTRANETS
gem de marcação por hipertexto, Hypertext Markup Langua-
ge (HTML), para atribuir todas as características da Internet à A Internet, a Web e as Intranets têm tido um crescimento
espetacular. A mídia costuma ser um bom indicador, a única
sua rede particular. As ferramentas Web colocam quase
maneira de não ouvir falar do crescimento da Internet e da
todas as informações a seu alcance mediante alguns cliques
Web é não tendo acesso a mídia, pois muitas empresas de
no mouse. Quando você da um clique em uma página da
Web, tem acesso a informações de um outro computador, pequeno e praticamente todas de médio e grande porte utili-
que pode estar em um país distante. Não importa onde a zam intranets. As intranets também são muito difundidas nas
escolas e nas Faculdades.
informação esteja: você só precisa apontar e dar um clique
para obtê-la. Um procedimento simples e poderoso.
QUAIS SÃO AS APLICAÇÕES DAS INTRANETS?
A aplicabilidade das Intranets é quase ilimitada. Você po-
Pelo fato de as Intranets serem de fácil construção e utili-

Informática 1 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
de publicar informações, melhorar a comunicação ou até porém caras e indicadas apenas para casos em que haja
mesmo usá-la para o groupware. Alguns usos requerem dificuldade de instalação de uma rede com cabos.
somente páginas criadas com HTML, uma linguagem simples
de criação de páginas, mas outras envolvem programação SURGE A WEB
sofisticada e vínculos a bancos de dados. Você pode fazer A World Wide Web foi criada por Tim Berners-Lee, em
sua Intranet tão simples ou tão sofisticada quanto quiser. A 1989, no Laboratório Europeu de Física de Partículas -
seguir, alguns exemplos do uso de Intranets: CERN, passando a facilitar o acesso às informações por meio
• Correio eletrônico do hipertexto, que estabelece vínculos entre informações.
• Diretórios Quando você dá um clique em uma frase ou palavra de hiper-
• Gráficos texto, obtém acesso a informações adicionais. Com o hiper-
• Boletins informativos e publicações texto, o computador localiza a informação com precisão, quer
• Veiculação de notícias você esteja em seu escritório ou do outro lado do mundo.
• Manuais de orientação
• Informações de benefícios A Web é constituída por home pages, que são pontos de
• Treinamento partida para a localização de informações. Os vínculos de
• Trabalhos à distância (job postings) hipertexto nas home pages dão acesso a todos os tipos de
• Memorandos informações, seja em forma de texto, imagem, som e/ou
• Grupos de discussão vídeo.
• Relatórios de vendas
• Relatórios financeiros Para facilitar o acesso a informações na Web, Marc An-
• Informações sobre clientes dreessen e alguns colegas, estudantes do Centro Nacional
• Planos de marketing, vídeos e apresentações de Aplicações para Supercomputadores (National Center for
• Informações de produto Supercomputing Applications - NCSA), da Universidade de
• Informações sobre desenvolvimento de produto e es- Illinois, criaram uma interface gráfica para o usuário da Web
boços chamada Mosaic. Eles a disponibilizaram sem nenhum custo
• Informações sobre fornecedores na Internet e, assim que os usuários a descobriam, passavam
• Catálogos de insumos básicos e componentes a baixá-la para seus computadores; a partir daí, a Web deco-
• Informações de inventario lou.
• Estatísticas de qualidade
• Documentação de usuários do sistema INTERNET
• Administração da rede Computador e Comunicação
• Gerência de ativos O computador vem se tornando uma ferramenta cada vez
• Groupware e workflow mais importante para a comunicação. Isso ocorre porque
todos eles, independentemente de marca, modelo, tipo e
COMO SE CONSTITUEM AS INTRANETS? tamanho, têm uma linguagem comum: o sistema binário.
Cada Intranet é diferente, mas há muito em comum entre
elas. Em algumas empresas, a Intranet é apenas uma web Pouco a pouco, percebeu-se que era fácil trocar informa-
interna. Em outras, é uma rede completa, que inclui várias ções entre computadores. Primeiro, de um para outro. De-
outras ferramentas. Em geral, a Intranet é uma rede comple- pois, com a formação de redes, até o surgimento da Internet,
ta, sendo a web interna apenas um de seus componentes. que hoje pode interligar computadores de todo o planeta.
Veja a seguir os componentes comuns da Intranet:
• Rede É claro que, além do custo da conexão, o candidato a in-
• Correio eletrônico ternauta precisa ter um computador e uma linha telefônica ou
• Web interna conexão de banda larga. O software necessário para o aces-
• Grupos de discussão so geralmente é fornecido pelo provedor.
• Chat
• FTP Da Rede Básica à Internet
• Gopher A comunicação entre computadores torna possível desde
• Telnet redes simples até a Internet. Isso pode ser feito através da
porta serial, uma placa de rede, um modem, placas especiais
Rede para a comunicação Wireless ou as portas USB ou Firewire..
Inicialmente abordaremos a rede, que é a parte mais O backbone – rede capaz de lidar com grandes volumes de
complexa e essencial de uma Intranet. Ela pode constituir-se dados – dá vazão ao fluxo de dados originados deste forma.
de uma ou de várias redes. As mais simples são as locais 1. A porta serial é um canal para transmissão de dados
(local área network — LAN), que cobrem um único edifício ou presente em praticamente todos os computadores.
parte dele. Os tipos de LANs são: Muitos dispositivos podem ser conectados ao compu-
- Ethernet. São constituídas por cabos coaxiais ou tador através da porta serial, sendo que o mais co-
cabos de par trançado (tipo telefone padrão) conecta- mum deles é o mouse. A porta serial pode também ser
dos a um hub (eixo ou ponto central), que é o vigilante usada para formar a rede mais básica possível: dois
do tráfego na rede. computadores interligados por um cabo conectado a
- Token Ring. Também compostas de cabos coa- suas portas seriais.
xiais ou de par trançado conectados a uma unidade de 2. Para que uma rede seja realmente útil, é preciso que
junção de mídia (Media Attachment Unit — MAU), que muitos computadores possam ser interligados ao
simula um anel. Os computadores no anel revezam-se mesmo tempo. Para isso, é preciso instalar em cada
transmitindo um sinal que passa por cada um de seus computador um dispositivo chamado placa de rede.
dispositivos, permitindo a retransmissão. Ela permitirá que muitos computadores sejam interli-
- Interface de fibra para distribuição de dados (Si- gados simultaneamente, formando o que se chama de
ber Distributed Data Interface). Essas redes usam ca- uma rede local, ou LAN (do inglês Local Area Net-
bos de fibra ótica em vez dos de par trançado, e work). Se essa LAN for ligada à Internet, todos os
transmitem um sinal como as redes Token Ring. computadores conectados à LAN poderão ter acesso
à Internet. É assim que muitas empresas proporcio-
LANs sem fio (wireless) são uma tecnologia emergente, nam acesso à Internet a seus funcionários.

Informática 2 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
3. O usuário doméstico cujo computador não estiver liga- de programas de comunicação. Esses programas podem
do a nenhuma LAN precisará de um equipamento incluir também a possibilidade de enviar e receber fax via
chamado modem. O modem (do inglês (modulator / computador.
demodulator) possibilita que computadores se comu-
niquem usando linhas telefônicas comuns ou a banda Resumo
larga. O modem pode ser interno (uma placa instalada Uma rede que interliga computadores espalhados por to-
dentro do computador) ou externo (um aparelho sepa- do o mundo. Em qualquer computador pode ser instalado um
rado). Através do modem, um computador pode se programa que permite o acesso à Internet. Para este acesso,
conectar para outro computador. Se este outro compu- o usuário precisa ter uma conta junto a um dos muitos prove-
tador for um provedor de acesso, o usuário doméstico dores que existem hoje no mercado. O provedor é o interme-
também terá acesso à Internet. Existem empresas diário entre o usuário e a Internet.
comerciais que oferecem esse serviço de acesso à In-
ternet. Tais empresas mantêm computadores ligados MECANISMOS DE CADASTRAMENTO E ACESSO A
à Internet para esse fim. O usuário faz uma assinatura REDE
junto a um provedor e, pode acessar o computador do Logon
provedor e através dele, a Internet. Alguns provedores Significado: Procedimento de abertura de sessão de tra-
cobram uma taxa mensal para este acesso. balho em um computador. Normalmente, consiste em forne-
cer para o computador um username (também chamado de
A História da Internet login) e uma senha, que serão verificados se são válidos, ou
Muitos querem saber quem é o “dono” da Internet ou não. Pode ser usado para fins de segurança ou para que o
quem ou quem administra os milhares de computadores e computador possa carregar as preferências de um determi-
linhas que a fazem funcionar. Para encontrar a resposta, nado usuário.
vamos voltar um pouco no tempo. Nos anos 60, quando a
Guerra Fria pairava no ar, grandes computadores espalhados Login - É a identificação de um usuário para um compu-
pelos Estados Unidos armazenavam informações militares tador. Outra expressão que tem o mesmo significado é aque-
estratégicas em função do perigo de um ataque nuclear sovi- le tal de "User ID" que de vez em quando aparece por aí.
ético.
Username (Nome do Usuário) ou ID
Surgiu assim a idéia de interconectar os vários centros de • Significado: Nome pelo qual o sistema opera-
computação de modo que o sistema de informações norte- cional identifica o usuário.
americano continuasse funcionando, mesmo que um desses • usenet - Conjunto dos grupos de discussao, arti-
centros, ou a interconexão entre dois deles, fosse destruída. gos e computadores que os transferem. A Internet in-
clui a Usenet, mas esta pode ser transportada por
O Departamento de Defesa, através da ARPA (Advanced computadores fora da Internet.
Research Projects Agency), mandou pesquisar qual seria a • user - O utilizador dos servicos de um computa-
forma mais segura e flexível de interconectar esses computa- dor, normalmente registado atraves de um login e uma
dores. Chegou-se a um esquema chamado chaveamento de password.
pacotes. Com base nisso, em 1979 foi criada a semente do • Senha é a segurança utilizada para dar acesso a
que viria a ser a Internet. A Guerra Fria acabou, mas a he- serviços privados.
rança daqueles dias rendeu bastante. O que viria a ser a
Internet tornou-se uma rede voltada principalmente para a PROTOCOLOS E SERVIÇOS DE INTERNET
pesquisa científica. Através da National Science Foundation, Site - Um endereço dentro da Internet que permite aces-
o governo norte-americano investiu na criação de backbones, sar arquivos e documentos mantidos no computador de uma
aos quais são conectadas redes menores. determinada empresa, pessoa, instituição. Existem sites com
apenas um documento; o mais comum, porém, principalmen-
Além desses backbones, existem os criados por empre- te no caso de empresas e instituições, é que tenha dezenas
sas particulares, todos interligados. A eles são conectadas ou centenas de documentos. O site da Geocities, por exem-
redes menores, de forma mais ou menos anárquica. É nisso plo, fica no endereço http://www.geocities.com
que consiste a Internet, que não tem um dono.
A estrutura de um site
Software de Comunicação Ao visitar o site acima, o usuário chegaria pela entrada
Até agora, tratamos da comunicação entre computadores principal e escolheria o assunto que lhe interessa. Caso pro-
do ponto de vista do equipamento (hardware). Como tudo cure informações sobre móveis, primeiro seria necessário
que é feito com computadores, a comunicação requer tam- passar pela página que fala dos produtos e só então escolher
bém programas (software). O programa a ser utilizado de- a opção Móveis. Para facilitar a procura, alguns sites colocam
pende do tipo de comunicação que se pretende fazer. ferramentas de busca na home page. Assim, o usuário pode
dizer qual informação está procurando e receber uma relação
Os sistemas operacionais modernos geralmente são a- das páginas que falam daquele assunto.
companhados de algum programa básico de comunicação.
Por exemplo, o Internet Explorer acompanha o Windows. As ligações entre as páginas, conhecidas como hyperlinks
ou ligações de hipertexto, não ocorrem apenas dentro de um
Com programas desse tipo é possível acessar: site. Elas podem ligar informações armazenadas em compu-
- Um computador local utilizando um cabo para interco- tadores, empresas ou mesmo continentes diferentes. Na
nectar as portas seriais dos dois computadores; Web, é possível que uma página faça referência a pratica-
- Um computador remoto, através da linha telefônica, mente qualquer documento disponível na Internet.
desde que os dois computadores em comunicação es-
tejam equipados com modens. Ao chegar à página que fala sobre os móveis da empresa
do exemplo acima, o usuário poderia encontrar um link para
Além desses programas de comunicação de uso genéri- uma das fábricas que fornecessem o produto e conferir deta-
co, existem outros mais especializados e com mais recursos. lhes sobre a produção. De lá, poderia existir uma ligação com
Geralmente, quando você compra um computador, uma placa o site de um especialista em madeira e assim por diante.
fax modem ou um modem externo eles vêm acompanhados

Informática 3 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Na Web, pode-se navegar entre sites diferentes escreve uma carta para um determinado endereco ele-
O que faz essa malha de informações funcionar é um sis- trônico (de gestao da lista) todos os outros a recebem,
tema de endereçamento que permite a cada página ter a sua o que permite que se constituam grupos (privados) de
própria identificação. Assim, desde que o usuário saiba o discussao atraves de correio eletrônico.
endereço correto, é possível acessar qualquer arquivo da • mail server - Programa de computador que responde
rede. automaticamente (enviando informacoes, ficheiros,
etc.) a mensagens de correio eletrônico com determi-
Na Web, você vai encontrar também outros tipos de do- nado conteudo.
cumentos além dessas páginas interligadas. Vai poder aces-
sar computadores que mantém programas para serem copia- HTTP (Hypertext Transfer Protocol)
dos gratuitamente, conhecidos como servidores de FTP, Significado: Este protocolo é o conjunto de regras que
grupos de discussão e páginas comuns de texto. permite a transferência de informações na Web e permite que
os autores de páginas de hipertextos incluam comandos que
URL - A Web tem um sistema de endereços específico, possibilitem saltos para recursos e outros documentos dispo-
tamém chamado de URL (Uniform Resource Locator, locali- níveis em sistemas remotos, de forma transparente para o
zador uniforme de recursos). Com ele, é possível localizar usuário.
qualquer informação na Internet. Tendo em mão o endereço,
como http://www.thespot.com, você pode utilizá-lo no nave- HTML - Hypertext Markup Language. É uma linguagem
gador e ser transportado até o destino. O endereço da pági- de descricao de paginas de informacao, standard no WWW,
na, por exemplo, é http://www.uol.com.br/internet/fvm/url.htm podendo-se definir páginas que contenham informação nos
mais variados formatos: texto, som, imagens e animações.
Você pode copiá-lo e passar para um amigo.
Cada parte de um endereço na Web significa o seguinte: HTTP - Hypertext Transport Protocol. É o protocolo que
http://www.uol.com.br/internet/fvm/url.htm define como é que dois programas/servidores devem intera-
Onde: gir, de maneira a transferirem entre si comandos ou informa-
http:// cao relativos a WWW.
É o método pelo qual a informação deve ser buscada. No
caso, http:// é o método utilizado para buscar páginas de News - Noticias, em portuguese, mas melhor traduzido
Web. Você também vai encontrar outras formas, como ftp:// por foruns ou grupos de discussao. Abreviatura de Usenet
(para entrar em servidores de FTP), mailto: (para enviar men- News, as news sao grupos de discussao, organizados por
sagens) e news: (para acessar grupos de discussão), entre temas, a maior parte deles com distribuicao internacional,
outros. podendo haver alguns distribuidos num só país ou numa
instituicao apenas. Nesses grupos, publicos, qualquer pessoa
www.uol.com.br pode ler artigos e escrever os seus proprios artigos. Alguns
É o nome do computador onde a informação está arma- grupos sao moderados, significando isso que um humano
zenada, também chamado de servidor ou site. Pelo nome do designado para o efeito le os artigos antes de serem publica-
computador você pode antecipar que tipo de informação irá dos, para constatar da sua conformidade para com o tema do
encontrar. Os que começam com www são servidores de grupo. No entanto, a grande maioria dos grupos nao sao
Web e contém principalmente páginas de hipertexto. Quando moderados.
o nome do servidor começar com ftp, trata-se de um lugar
onde pode-se copiar arquivos. Nesse caso, você estará na- Newsgroup - Um grupo de news, um fórum ou grupo de
vegando entre os diretórios desse computador e poderá copi- discussão.
ar um programa imediatamente para o seu micro.
/internet/fvm/ NOVAS TECNOLOGIAS
Cabo de fibra ótica – Embora a grande maioria dos aces-
É o diretório onde está o arquivo. Exatamente como no sos à internet ainda ocorra pelas linhas telefônicas, em 1999
seu computador a informação na Internet está organizada em começou a ser implantada no Brasil uma nova tecnologia que
diretórios dentro dos servidores. utiliza cabos de fibra ótica. Com eles, a conexão passa a se
sistema _enderecos.htm realizar a uma velocidade de 128, 256 e 512 kilobites por
segundo (kbps), muito superior, portanto, à feita por telefone,
É o nome do arquivo que será trazido para o seu navega- a 33 ou 56 kps. Assim, a transferência dos dados da rede
dor. Você deve prestar atenção se o nome do arquivo (e dos para o computador do usuário acontece muito mais rapida-
diretórios) estão escritos em maiúsculas ou minúsculas. Na mente.
maior parte dos servidores Internet, essa diferença é impor-
tante. No exemplo acima, se você digitasse o nome do arqui- Internet2 –Voltada para projetos nas áreas de saúde, e-
vo como URL.HTM ou mesmo Url.Htm, a página não seria ducação e administração pública, oferece aos usuários recur-
encontrada. Outro detalhe é a terminação do nome do arqui- sos que não estão disponíveis na internet comercial, como a
vo (.htm). Ela indica o tipo do documento. No caso, htm são criação de laboratórios virtuais e de bibliotecas digitais. Nos
páginas de Web. Você também vai encontrar documentos EUA, já é possível que médicos acompanhem cirurgias a
hipertexto como este com a estensão htm, quando se trata de distância por meio da nova rede. Esta nova rede oferece
páginas produzidas em um computador rodando Windows. velocidades muito superiores a da Internet, tais como 1 Me-
Outros tipos de arquivos disponíveis na Internet são: txt (do- gabites por segundo e velocidades superiores. Sua transmis-
cumentos comuns de texto), exe (programas) zip, tar ou gz são é feita por fibras óticas, que permitem trocas de grandes
(compactados), au, aiff, ram e wav (som) e mov e avi (vídeo). quantidades de arquivos e informações de uma forma mais
rápida e segura que a Internet de hoje em dia.
e-mail, correio:
• Significado: local em um servidor de rede no qual fi- No Brasil, a internet2 interliga os computadores de institu-
cam as mensagens, tanto enviadas quanto recebidas, ições públicas e privadas, como universidades, órgãos fede-
de um dado usuário. rais, estaduais e municipais, centros de pesquisas, empresas
• e-mail - carta eletrônica. de TV a cabo e de telecomunicação.
• Grupos - Uma lista de assinantes que se correspon-
dem por correio eletrônico. Quando um dos assinantes

Informática 4 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
busca, qual o endereço, o URL, do site. Todos os mecanis-
FERRAMENTAS E APLICATIVOS COMERCIAIS DE NA- mos de buscas têm um quadro reservado para o cadastra-
VEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE mento, submissão ou inscrição de novas páginas. É um hi-
DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA perlink que recebe diversas denominações conforme o siste-
ma de busca. Veja alguns exemplos.

MECANISMOS DE BUSCA Nome do hiperlink Mecanismos de busca


As informações na internet estão distribuídas entre inúme-
ros servidores, armazenadas de formas diversas. As páginas Acrescente uma URL RadarUol
Web constituem o recurso hipermídia da rede, uma vez que
utilizam diversos recursos como hipertextos, imagens, gráfi- Cadastre a sua página no Radix Radix
cos, sons, vídeos e animações.
Inserir site Zeek
Buscar informações na rede não é uma tarefa difícil, ao
contrário, é possível encontrar milhões de referências a um
Nos sites de língua inglesa, usam-se, geralmente, hiper-
determinado assunto. O problema, contudo, não é a falta de
links denominados List your site, Add URL ou Add a site.
informações, mas o excesso.
Resumindo: num mecanismo de busca, um programa de
Os serviços de pesquisa operam como verdadeiros biblio-
computador visita as páginas da web e cria cópias dessas
tecários, que nos auxiliam a encontrar as informações que
páginas para si. Essas cópias vão formar a sua base de da-
desejamos. A escolha de um “bibliotecário” específico, de-
dos que será pesquisada por ocasião de uma consulta.
pende do tipo de informações que pretendemos encontrar.
Todos os mecanismos de busca têm a mesma função, en- Alguns mecanismos de busca:
contrar informações; porém nem todos funcionam da mesma
maneira Vistos de uma forma simplificada, os mecanismos de Radix RadarUol
busca têm três componentes principais:
1. Um programa de computador denominado robot, spi- AltaVista Fast Search
der, crawler, wanderer, knowbot, worm ou web-bot.
Aqui, vamos chamá-los indistintamente de robô. Esse Excite Snap
programa "visita" os sites ou páginas armazenadas na
web. Ao chegar em cada site, o programa robô "pára" HotBot Radix
em cada página dele e cria uma cópia ou réplica do
texto contido na página visitada e guarda essa cópia Google Aol.Com
para si. Essa cópia ou réplica vai compor a sua base
de dados. Northern Light WebCrawler
2. O segundo componente é a base de dados constituí-
da das cópias efetuadas pelo robô. Essa base de da- COMO EFETUAR UMA BUSCA NA INTERNET
dos, às vezes também denominada índice ou catálogo,
fica armazenada no computador, também chamado
servidor do mecanismo de busca.
3. O terceiro componente é o programa de busca propri-
amente dito. Esse programa de busca é acionado cada
vez que alguém realiza uma pesquisa. Nesse instante,
o programa sai percorrendo a base de dados do me-
canismo em busca dos endereços - os URL - das pá-
ginas que contém as palavras, expressões ou frases
informadas na consulta. Em seguida, os endereços
encontrados são apresentados ao usuário.
Funções básicas de um sistema de busca.
NAVEGADOR INTERNET
Esses três componentes estão estreitamente associa-
dos às três funções básicas de um sistema de busca: Histórico da Internet
A Internet começou no início de 1969 sob o nome ARPA-
♦ a análise e a indexação (ou "cópia") das páginas da NET (USA).
web,
♦ o armazenamento das "cópias" efetuadas e Abreviatura Descrição
Gov.br Entidades governamentais
♦ a recuperação das páginas que preenchem os requi- Org.br Entidades não-governamentais
sitos indicados pelo usuário por ocasião da consulta. Com.br Entidades comerciais
Para criar a base de dados de um mecanismo de busca, o Mil.br Entidades militares
programa robô sai visitando os sites da web. Ao passar pelas
páginas de cada site, o robô anota os URL existentes nelas Composta de quatro computadores tinha como finalidade,
para depois ir visitar cada um desses URL. Visitar as páginas, demonstrar as potencialidades na construção de redes usan-
fazer as cópias e repetir a mesma operação: cópia e armaze- do computadores dispersos em uma grande área. Em 1972,
namento, na base de dados, do que ele encontrar nesses 50 universidades e instituições militares tinham conexões.
sites. Essa é uma das formas de um mecanismo de busca
encontrar os sites na web. Hoje é uma teia de redes diferentes que se comunicam
entre si e que são mantidas por organizações comerciais e
A outra maneira de o mecanismo de busca encontrar os governamentais. Mas, por mais estranho que pareça, não há
sites na web é o "dono" do site informar, ao mecanismo de um único proprietário que realmente possua a Internet. Para

Informática 5 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
organizar tudo isto, existem associações e grupos que se hipertextos, pode-se fazer links com outros endereços na
dedicam para suportar, ratificar padrões e resolver questões Internet.
operacionais, visando promover os objetivos da Internet.
Os links podem ser textos ou imagens e quando se passa
A Word Wide Web o mouse em cima de algum, o ponteiro torna-se uma “mãozi-
A Word Wide Web (teia mundial) é conhecida também nha branca espalmada”, bastando apenas clicar com o botão
como WWW, uma nova estrutura de navegação pêlos diver- esquerdo do mouse para que se façam links com outras pá-
sos itens de dados em vários computadores diferentes. O ginas.
modelo da WWW é tratar todos os dados da Internet como
hipertexto, “Link” isto é, vinculações entre as diferentes par- INTERNET EXPLORER 7
tes do documento para permitir que as informações sejam
exploradas interativamente e não apenas de uma forma line- A compilação Internet Explorer 7 inclui melhoramentos de
ar. desempenho, estabilidade, segurança e compatibilidade de
aplicações. Com esta compilação, a Microsoft também intro-
Programas como o Internet Explorer, aumentaram muita a duziu melhoramentos estéticos e funcionais à interface de
popularidade da Internet graças as suas potencialidades de utilizador, completou alterações na plataforma CSS, adicio-
examinador multimídia, capaz de apresentar documentos nou suporte para idiomas e incluiu uma função de auto-
formatados, gráficos embutidos, vídeo, som e ligações ou desinstalação no programa de configuração, que desinstala
vinculações e mais, total integração com a WWW. automaticamente versões beta anteriores do Internet Explorer
7, tornando a desinstalação da nova compilação ainda mais
Este tipo de interface poderá levá-lo a um local (site) atra- fácil.
vés de um determinado endereço (Ex:
www.apostilasopcao.com.br) localizado em qualquer local,
com apenas um clique, saltar para a página (home page) de
um servidor de dados localizado em outro continente.
Clicando na setinha você verá o seguinte menu

Navegação
Para podermos navegar na Internet é necessário um
software navegador (browser) como o Internet Explorer ou
Netscape (Estes dois são os mais conhecidos, embora exis- Note que os que estão em cima do que está marcado são
tam diversos navegadores). as “próximas páginas” (isso ocorre quando você volta várias
páginas), e os que estão em baixo são as páginas acessa-
Endereços na Internet das. E o Histórico é para ver o histórico, últimos sites aces-
Todos os endereços da Internet seguem uma norma es- sados.
tabelecida pelo InterNic, órgão americano pertencente a I-
SOC (Internet Society). Barra de endereço e botões atualizar e parar

No Brasil, a responsabilidade pelo registro de Nomes de


Domínios na rede eletrônica Internet é do Comitê Gestor
Internet Brasil (CG), órgão responsável. De acordo com as
BOTÕES DE NAVEGAÇÕES
normas estabelecidas, o nome do site, ou tecnicamente fa-
lando o “nome do domínio”, segue a seguinte URL (Universal
Resource Locator), um sistema universal de endereçamento, Voltar
que permite que os computadores se localizem na Internet:
Abaixo as funções de cada botão de seu navegador Inter-
Exemplo: http://www.apostilasopcao.com.br net Explorer 7.0 da Microsoft.
Onde:
1. http:// - O Hyper Text Transfer Protocol, o protocolo O botão acima possibilita voltar na página em que você
padrão que permite que os computadores se comuni- acabou de sair ou seja se você estava na página da Microsoft
quem. O http:// é inserido pelo browser, portanto não é e agora foi para a da apostilasopcao, este botão lhe possibili-
necessário digitá-lo. ta voltar para a da Microsoft sem Ter que digitar o endereço
2. www – padrão para a Internet gráfica. (URL) novamente na barra de endereços.
3. apostilasopcao – geralmente é o nome da empresa
cadastrada junto ao Comitê Gestor. Avançar
4. com – indica que a empresa é comercial. O botão avançar tem a função invertida ao botão voltar ci-
tado acima.
As categorias de domínios existentes na Internet Brasil
são:

UTILIZANDO LINKS Parar


A conexão entre páginas da Web é que caracteriza o no- O botão parar tem como função obvia parar o download
me World Wide Web (Rede de Amplitude Mundial). da página em execução, ou seja, se você está baixando uma
página que está demorando muito utilize o botão parar para
Basicamente, as páginas da Web são criadas em HTML finalizar o download.
(Hyper Text Markup Language). Como essas páginas são

Informática 6 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Clicando no ícone abre-se uma páginas mostrando todas
O botão atualizar tem como função rebaixar a página as abas e suas respectivas páginas
em execução, ou seja ver o que há de novo na mesma. Ge-
ralmente utilizado para rever a página que não foi completa- Alternar entre as abas
mente baixada, falta figuras ou textos. Clicando na setinha, abre-se um menu contendo todas as
abas

Home Clicando no ícone abre-se uma páginas mostrando todas


O botão página inicial tem como função ir para a página as abas e suas respectivas páginas
que o seu navegador está configurado para abrir assim que é
acionado pelo usuário, geralmente o Internet Explorer está
configurado para ir a sua própria página na Microsoft, caso o
usuário não adicionou nenhum endereço como página princi-
pal.

Pesquisar

Este botão, é altamente útil pois clicando no mesmo Inter-


net Explorer irá abrir uma seção ao lado esquerdo do nave-
gador que irá listar os principais, sites de busca na Internet,
tal como Cadê, Google, Altavista etc. A partir daqui será pos-
sível encontrar o que você está procurando, mas veremos
isto mais a fundo nas próximas páginas.
Alternar entre as abas
Clicando na setinha, abre-se um menu contendo todas as
Favoritos abas
O botão favoritos contem os Websites mais interessantes
definidos pelo usuário, porém a Microsoft já utiliza como pa- Clicando no ícone abre-se uma páginas mostrando todas
drão do IE 6 alguns sites que estão na lista de favoritos. as abas e suas respectivas páginas

Para você adicionar um site na lista de favoritos basta vo- Download


cê clicar com o botão direito em qualquer parte da página de É nada mais que baixar arquivos da Internet para seu
sua escolha e escolher adicionar a favoritos. Geralmente computador Upload em português significa carregar – é a
utilizamos este recurso para marcar nossas páginas preferi- transferência de um arquivo do seu computador para outro
das, para servir de atalho. computador.

Como efetuar download de uma figura na Internet.


a) Clique com o botão direito do mouse sobre a figura
Histórico desejada;
O botão histórico exibe na parte esquerda do navegador b) Escola a opção Salvar figura como;
quais foram os sites visitados nas últimas semanas, ou dias c) Escolha o nome e a pasta onde o arquivo será baixa-
com isso você pode manter um controle dos sites que você do;
passou nas últimas semanas e dias. Bastante útil para usuá- d) Clique em Salvar.
rios que esqueceram o nome do site e desejam acessar no-
vamente. Como efetuar download de arquivos na Internet
Alguns arquivos como jogos; músicas; papéis de parede;
utilitários como antivírus etc.; são disponibilizados na Internet
Página para download a partir de links (texto destacado ou elemento
gráfico), e o procedimento é parecido com o download de
O botão tem várias funções: Recortar figuras.
a) Clique no respectivo link de download;
Copiar – Colar - Salvar Página - Enviar esta página a- b) Aparecerá uma tela com duas opções, Abrir arquivo ou
través de e-mail - Zoom Esta ferramenta aumenta o zoom da Salvar arquivo em disco;
página fazendo com que ela possa ficar ilegíve.Esta outra c) Escolha Salvar arquivo em disco;
ferramenta só precisa ser utilizada se você não conseguir d) Escolha a pasta de destino e logo em seguida clique
enxergar direito a letras ou imagens de um site - Tamanho em Salvar.
do texto, configura o tamanho da fonte da página - Ver có- e) Observa-se a seguir uma Janela (de download em e-
digo fonte, visualiza o código fonte da página - Relatório Da xecução) que mostra o tempo previsto e a porcenta-
Segurança, verifica se a página contem diretivas de segu- gem de transferência do arquivo. O tempo de transfe-
rança ou certificadas digitais - Privacidade da página, verifi- rência do arquivo varia de acordo com o ser tamanho
ca se a página esta configurada de acordo com a sua política (byte, kilobyte, megabyte).
de privacidade.
MOZILLA FIREFOX 2.0
Impressão O Firefox da Fundação Mozilla, é um programa gratuito e
Botão utilizado para imprimir a página da internet . de código aberto, e constitui-se em uma alternativa viável de
navegador ("browser" para acessar a Internet).

Alternar entre as abas Como outros programas freeware conta, no seu desen-
Clicando na setinha, abre-se um menu contendo todas as volvimento, com o auxílio de muitas pessoas, em todo o
abas. mundo, que contribuem para o controle de qualidade do na-
vegador, que o copiam, testam as principais versões e suge-

Informática 7 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
rem melhorias. a cada vez que se abre uma página em outra janela e o sis-
tema economiza memória e ganha em estabilidade.
O Firefox pode ser usado sozinho, mas nada impede que
seja usado simultaneamente com outro navegador, pois as Portanto, para acessar a outra página basta clicar na sua
suas configurações são independentes. Note-se que no caso respectiva aba. Ou seja: - um "site", pode ficar, inteiro, dentro
de usar dois programas, a escolha de qual navegador deve de uma única janela, cada página em uma aba, ou - várias
ser o padrão do sistema fica a critério do usuário. páginas, cujos endereços são diferentes, podem ficar em
várias abas, na mesma janela.
Algumas caracterísiticas
Desde a versão 1.5 houve várias melhorias no sistema de
atualização, navegação mais rápida, suporte a SVG ("Scala-
ble Vector Graphics"), novas versões de CSS (3), JavaScript
na versão 1.6, uma nova janela de Favoritos, e melhorias no
bloqueio de pop-ups, e várias correções de bugs.

Nota-se que a velocidade de abertura das páginas au-


mentou, tanto para novas páginas quanto para as já visita-
das. Mesmo páginas complexas, desenvolvidas com diversos
recursos em Flash, DHTML e Shockwave, carregam em tem-
po sensivelmente menor. E a tecnologia de recuperação de
páginas recentemente visitadas permite que, assim que você
clicar no botão Voltar (Back), o site seja carregado quase que
instantaneamente.

Uma das alterações na interface é a possibilidade de re- Como adicionar o botão “Nova aba” na barra de fer-
organizar as abas de navegação usando o recurso de arras- ramentas
tar e soltar, o que é útil para quem abre muitas abas e quer Clicar em Exibir - Barras de ferramentas - Personalizar.
deixar juntos sites relacionados entre si. Na janela de personalização arraste e solte o botão "Nova
aba" em alguma barra de ferramentas.
Com relação ao sistema de busca integrado, além dos Como abrir uma nova aba
mecanismos já presentes em versões anteriores (Google, Para abrir um link em uma nova aba: - clicar nele com o
Yahoo! e Amazon, por exemplo), é possível adicionar o sis- botão direito do mouse e, no menu que aparece, selecionar
tema da Answers.com como padrão. “Abrir em nova aba”. ou - Clicar no link mantendo pressiona-
da a tecla Ctrl ou - Selecionar “Nova aba” no "Arquivo" (ou
Segurança pressionar as teclas <CTRL> e <T>)
Com relação à segurança, ou - Clicar no link com o botão do meio (ou clique na rodinha
1. A partir da versão 1.5 as atualizações para o Firefox do mouse). ou - Usar o botão "Nova aba" na barra de ferra-
são automáticas, liberando o usuário de prestar aten- mentas. ou - Dar um duplo clique em uma região vazia da
ção a alertas de segurança e aviso de novas corre- barra de abas.
ções para o navegador. Como trocar de aba utilizando o teclado
2. Foi criado um atalho para apagar rapidamente as in- - Ir para a aba da esquerda: <CTRL> <Shift> <Tab> ou
formações pessoais do usuário, incluindo o histórico <CTRL> <PgUp> - Ir para a aba da direita: <CTRL> <Tab>
de sites navegados, dados digitados em formulários ou <CTRL> <PgDo>
da web, cookies, senhas que foram gravadas, entre Como verificar a versão
outros. O atalho está acessível clicando-se no menu
"Ferramentas" - "Limpar dados pessoais" mas também
pode ser acionado pela combinação de teclas <Ctrl>
<Shift> <Del>. E, para os esquecidos, o Firefox pode
ser configurado para remover esses dados automati-
camente sempre que for fechado.
A instalação do Firefox cria ícones novos: na tela, (u-
ma raposa com cauda em fogo) ao lado do "Botão Ini-
ciar".

Extensões
O Firefox admite dezenas de "extensões", ou seja de pro-
gramas que se fundem a ele e que adicionam novos recursos Abrir o Firefox. Clicar em "Ajuda" - "Sobre o Mozilla Fire-
ao navegador. Portanto, cada internauta pode adicionar no- fox". Na janela que se abre verificar o número da versão.
vos recursos e adaptar o Firefox ao seu estilo de navegar. Ou
seja, quem escolhe como o Firefox deve ser é o usuário.

Como abrir o Navegador


Para abrir o programa deve-se clicar duplo no novo ata-
lho que aparece ao lado do botão "Iniciar" ou no ícone que
aparece na tela, Ou clicar em Botão Iniciar - Programas -
Mozilla Firefox - Mozilla Firefox

Navegação com abas


O Firefox possibilita abrir várias páginas na mesma janela,
em diferentes abas ou “orelhas” que aparecem logo abaixo
da barra de navegação. Assim o navegador não é carregado

Informática 8 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Evidentemente, em alguns sites é importante aparecerem
Codificação de caracteres janelas extras com informações relevantes (por exemplo, os
Ao visualizar um "site", a acentuação pode aparecer toda sites dos bancos que usam janelas pop para informar os
confusa e caracteres estranhos podem estar presentes. É horários de funcionamento das agências, em dias próximos a
comum que letras com acentos e "ç" apareçam como "?" ou feriados).
outros códigos. (Por exemplo: Sua codifica&ccedil;&atilde;o
de caracteres est&aacute; errada). Mas, é muito difícil (e chato, e oneroso) ter de aturar jane-
las pop gigantes aparecendo em qualquer "site", apenas com
Deve-se ressaltar que existem protocolos padrão que de- objetivo de propagandear artigos ou serviços nos quais não
terminam a codificação dos caracteres que devem ser respei- se está interessado.
tados pelas pessoas que criam páginas para serem visuali-
zadas na Internet. Há muitos programas para evitar tais anúncios, mas o Fi-
refox já tem uma opção interna para bloquear essas janelas.
Mas, se a página ou a mensagem de e-mail não informar
a codificação em que foi escrita, o texto pode aparecer não Clicar em "Ferramentas" - "Opções"
formatado corretamente. Abrir o item "Conteúdos"
E selecionar "Bloquear janelas popup"
Duas das mais importantes codificações são:
- ISO: "International Standardization Organization". É o
padrão ocidental, utilizado também no Brasil. Cada ca-
ractere só possui 1 byte (8 bits), gerando um máximo
de 256 caracteres.
- UTF-8: Padrão mundial, que pode ser usado em qua-
se todos os idiomas.

Cada caractere possui 2 bytes (16 bits), o que permite um


valor máximo bem maior que o anterior: 65.536 caracteres.

Como determinar a codificação


No menu "Exibir" clicar em "Codificação"
Selecionar Ocidental (ISO-8859-1) e ver a página.
Se ainda não estiver correta, selecionar Unicode (UTF-8) e,
novamente, e ver a página. Essas são as codificações mais
frequentes atualmente, mas há outras opções presentes que
podem ser testadas.

Quando uma janela popup for bloqueada, um ícone novo


pode ser exibido na barra de status, informando o bloqueio.
Para visitar esse site, deve-se clicar no ícone para desblo-
quear a popup.

Como alterar o tamanho do texto, ao visualizar um "si-


te"
Se um determinado "site" tiver um tamanho de letra muito
grande ou muito pequeno, pode-se controlar a sua visualiza-
ção:

Clicar em "Exibir" - Tamanho do texto e em Aumentar ou


Como bloquear janelas de propagandas Diminuir ou Clicar em <Ctrl> + para aumentar ou em <Ctrl>
O Firefox continua com um recurso excelente: a possibili- - para diminuir o tamanho da fonte.
dade de bloquear o aparecimento de janelas de propagan-
das, ou seja, a não permissão do surgimento de propagandas Lembrar que <Ctrl> 0 retorna pra o tamanho normal
no formato pop, janelas que abrem automaticamente, estou- Ordenar lista de sites favoritos
rando na tela em sequência, por cima (pop up) ou por baixo Para colocar a lista de favoritos em ordem alfabética, cli-
(pop under) da janela que ocupa o "site" que está sendo car em: Favoritos - Organizar - Exibir - "Ordenar pelo nome"
visualizado.
Como permitir Java e Java Script
Clicar em "Ferramentas" - "Opções" Abrir o item "Configu-
rações" e selecionar "Permitir Java" e "Permitir JavaScript"

Como salvar uma página visitada


Vá no Menu Favoritos > Adicionar Página > OK

DOWNLOAD E UPLOAD
Download (significa descarregar, em português), é a
transferência de dados de um computador remoto para um
computador local, o inverso de upload. Por vezes, é também
chamado de puxar (ex: puxar o arquivo) ou baixar (baixar o
arquivo). Tecnicamente, qualquer página da Internet que

Informática 9 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
você abre consiste em uma série de descarregamentos. O do a fazer isso antes que a primeira janela pop-up apareça.
navegador conecta-se com o servidor, descarrega as páginas No menu Ferramentas
HTML, imagens e outros itens e as abre, confeccionando a
página que você vê. Mas o termo descarregar tornou-se si-
nônimo de copiar arquivos de um servidor remoto para o seu,
porque quando o navegador não pode abrir um arquivo em
sua janela (como um executável por exemplo) ele abre a
opção para que o mesmo seja salvo por você, configurando
um descarregamento. Para configurar o Bloqueador de pop-ups no menu Fer-
ramentas, execute as seguintes etapas:
Benefícios 1. Clique em Iniciar, aponte para Todos os programas e
Eles trazem arquivos favoráveis ao cotidiano e à diversão. clique em Internet Explorer.
1. No menu Ferramentas, aponte para Bloqueador de
Prejuízos Pop-ups e clique em Habilitar Bloqueador de Pop-ups
Assim como podem favorecer, eles também podem dani- para ativar o Bloqueador de pop-ups ou em Desabilitar
ficar o computador, trazendo vírus, spams e outras pragas Bloqueador de Pop-ups para desativá-lo.
virtuais. Por isso, é preciso cuidado. Legalmente é proíbido
descarregar qualquer coisa que viole os Direitos Autorais Como definir as configurações do Bloqueador de pop-
(como musicas,imagens,videos, etc).Embora haja sempre ups
exceções, o que deve ser analisado caso a caso. Problemas As seguintes definições do Bloqueador de pop-ups podem
com spam e vírus não são exclusividade do ato de fazer um ser configuradas:
download, alguns deles espalham-se automaticamente por • Permitir lista de sites.
redes locais.
Permitir lista de sites
Dicas para maior segurança Você pode permitir que as janelas pop-up abram em um
Utilizar um antivirus é crucial, quanto maior poder maior site, adicionando esse site à lista de Sites permitidos. Para
segurança. É recomendável também que se tenha um firewall fazer isso, execute as seguintes etapas:
e um antispyware 1. Clique em Iniciar, aponte para Todos os programas e
clique em Internet Explorer.
Upload
2. No menu Ferramentas, aponte para Bloqueador de
Upload é a transferência de dados de um computador lo- Pop-ups e clique em Configurações do Bloqueador de
cal para um servidor. Caso ambos estejam em rede, pode-se Pop-ups.
usar um servidor de FTP, HTTP ou qualquer outro protocolo 3. Na caixa Endereços do site a ser permitido:, digite o
que permita a transferência. endereço do site e clique em Adicionar.
1. Clique em Fechar.
Definição
Caso o servidor de upload esteja na Internet, o usuário do Gerenciamento de Cookies
serviço passa a dispor de um repositório de arquivos, similar Um cookie é um grupo de dados trocados entre o nave-
a um disco rígido, disponível para acesso em qualquer com- gador e o servidor de páginas, colocado num arquivo (fichei-
putador que esteja na Internet.Upload é parecido com Down- ro) de texto criado no computador do utilizador. A sua função
load, só que em vez de carregar arquivos para a sua máqui- principal é a de manter a persistência de sessões HTTP. A
na, você os envia para o servidor. utilização e implementação de cookies foi um adendo ao
HTTP e muito debatida na altura em que surgiu o conceito,
Características introduzido pela Netscape, devido às consequências de
Os provedores gratuitos de upload variam bastante na guardar informações confidenciais num computador - já que
sua política, capacidades e prazo de validade das transferên- por vezes pode não ser devidamente seguro, como o uso
cias. Mas em geral todos funcionam da seguinte forma: o costumeiro em terminais públicos.
usuário que envia o arquivo fornece o endereço de e-mail (ou
correio eletrônico) de um destinatário. Este recebe uma men- Um exemplo é aquele cookie que um site cria para que
sagem de e-mail do servidor de upload, informando a dispo- você não precise digitar sua senha novamente quando for ao
nibilidade do arquivo, junto com uma URL. Basta que ele site outra vez. Outros sites podem utilizá-los para guardar as
então clique nessa URL para receber o arquivo. preferências do usuário, por exemplo, quando o sítio lhe
permite escolher uma cor de fundo para suas páginas.
Gerenciamento de pop-ups e cookies
O pop-up é uma janela extra que abre no navegador ao Para excluir cookies específicos:
visitar uma página ou clicar em um link específico. A pop-up é 1 – Na guia ferramentas clique em Opções de Internet
utilizada pelos criadores do site para abrir alguma informação 2 – Guia Geral, clique no botão Configurações e logo
extra ou como meio de propaganda. após no botão Exibir Arquivos.
3 – Na próxima janela, que será a unidade de disco rígi-
Como ativar o Bloqueador de pop-ups do que está sendo armazenado os cookies, localize
Observação O Bloqueador de pop-ups está ativado por o cookie que deseja excluir.
padrão. Você precisará ativá-lo apenas se estiver desativado. 4 – Se desejar excluir mais de um cookie pressione C-
TRL à medida que for clicando em cada cookie (esta
O Bloqueador de pop-ups pode ser ativado das seguintes operação faz com que você selecione um grupo de
maneiras: cookies).
• Sob solicitação. 5 – Aperte a tecla Delete.
• No menu Ferramentas. 6 – Ao terminar clique Ok.
• A partir das Opções da Internet.
Lembrete: Determinados sites da Internet armazenam seu
Sob solicitação nome de membro, senha e outras informações pessoais.
Você pode ativar o Bloqueador de pop-ups ao ser solicita- Assim ao excluir todos os cookies o usuário deverá redigitar

Informática 10 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
as senhas e outras informações dos sites visitados.

O QUE SÃO "GRUPOS DE DISCUSSÃO" (NEWSGROUPS) Cada servidor possui diversos grupos dentro dele, divididos
por tema. Atualmente, a maior rede brasileira de newgroups é
a U-BR (http://u-br.tk). A U-BR foi criada após o UOL ter pas-
Grupos de discussão, Grupos de Notícias ou News- sado a não disponibilizar mais acesso via NNTP (via Gravity,
groups, são espécies de fóruns, como estes que você já Outlook Express, Agent, etc.) para não-assinantes. De certa
conhece. As comunidades do Orkut também seguem um forma, isso foi bom, pois acabou "obrigando" os usuários a
molde parecido com os newsgroups, porém com muitas limi- buscar uma alternativa. Eis então que foi criada a U-BR.
tações. São incomparavelmente inferiores aos newsgroups.
Tanto os fóruns da web como as comunidades do Orkut, você A grande vantagem da U-BR, é que ela não possui um
acessa pelo seu navegador (Firefox, Internet Explorer, Nets- servidor central, ou seja, se um dos servidores dela ficar "fora
cape, etc.), através de um endereço de uma página. do ar", você pode acessar usando um outro servidor. Os
temas (assuntos) disponíveis nos newsgroups em geral,
Entretanto, para acessar os newsgroups, você precisa de variam desde Windows XP até Política, passando por hard-
um leitor, chamado newsreader (Leitor de Notícias). Um po- ware em geral, sociologia, turismo, cidades, moutain-bike,
pular leitor de newsgroup, é o Outlook Express, esse mesmo música, Jornada nas Estrelas, futebol, filosofia, psicologia,
que vem com o Internet Explorer e você usa para acessar cidades, viagens, sexo, humor, música e muito mais. É im-
seus e-mails, pois além de ser cliente de e-mail, ele tem ca- possível não achar um tema que lhe agrade.
pacidade de acessar servidores de newsgroups, mas com
algumas limitações. Instalação configuração e criação de contas
Para acessar um news, você precisa usar um programa
Em alguns casos, também é possível acessar os mesmos cliente, o newsreader. Um dos mais populares é o Outlook
grupos de discussão via navegador, mas isso se o adminis- Express, da Microsoft, mas não é o melhor. Existem inúmeros
trador do servidor disponibilizar esse recurso. Porém, aces- programas disponíveis na Internet, que possibilitam, a criação
sando via navegador, estaremos deixando de usar o serviço de grupos de discurções, entre eles destacam-se o Gravity,
newsgroup de fato, passando a utilizar um simples fórum da da MicroPlanet.
Internet.
Operação Para usários do Linux, recomendo o Pan Newsreader
(também disponível para Windows).
Basicamente, um newsgroup funciona assim:
1. Alguém envia uma mensagem para o grupo, posta ela. Para configurar uma conta de acesso no Outlook Express,
2. Essa mensagem fica armazenada no servidor do news, e vá no menu Ferramentas > Contas > Adicionar > News. Siga
qualquer pessoa que acessar o servidor e o grupo onde essa os passos exibidos na Tela, informando o servidor de sua
mensagem foi postada, poderá visualizá-la, respondê-la, preferência quando solicitado, veja no exemplo abaixo:
acrescentar algo, discordar, concordar, etc. A resposta tam-
bém fica armazenada no servidor, e assim como a mensa- CONFIGURAÇÃO DE UMA CONTA DE NEWSGROUP
gem original, outras pessoas poderão "responder a resposta" MICROSFT OUTLOOK EXPRESS
da mensagem original. Para entender melhor, veja um exem- Para configurar o acesso aos newsgroups, siga os passos
plo da estrutura de um newsgroup, veja o exemplo na figura referidos em baixo:
abaixo.
No Microsoft Outlook Express, seleccionar Tools / Ac-
counts

Informática 11 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

Clique em "Yes" para obter as mensagens dos news-


Aqui vai iniciar o processo de configuração da sua conta groups.
nos newsgroups. Para tal terá de preencher o nome e ende-
reço de correio electrónico que pretende que apareçam nas
mensagens, bem como o endereço de servidor de news-
groups: news.iol.pt.

Nesta janela, poderá escolher quais pretende ver, clican-


do no "News" desejado e posteriormente em "Subscribe".
Depois de ter seleccionado todos os newsgroups que preten-
de visualizar, deverá clicar em "OK".

Depois de seleccionados, poderá encontrar os news-


groups escolhidos na pasta news.iol.pt.

Informática 12 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Aqui vai iniciar o processo de configuração da sua conta ler emails, sem a necessidade de abrir uma janela separada
nos newsgroups. Para tal terá de preencher o nome e ende- para cada mensagem. Como um pedaço de papel, o Painel
reço de correio electrónico que pretende que apareçam nas de Leitura é posicionado verticalmente. Esse layout é mais
mensagens, bem como o endereço de servidor de news- confortável e, em conjunto com a nova lista de mensagens de
groups: news.iol.pt. várias linhas, significa que você pode ver quase o dobro do
conteúdo de um email em um monitor do mesmo tamanho, se
CORREIO ELETRÔNICO comparado com o Painel de Visualização das versões anteri-
ores do Outlook.
MICROSOFT OFFICE OUTLOOK
Envie e receba email; gerencie sua agenda, contatos e ta- Sinalizadores Rápidos. Se você precisar responder a um
refas; e registre suas atividades usando o Microsoft Office email, mas não tiver tempo agora, clique no ícone do sinali-
Outlook. zador ao lado da mensagem para marcá-la com um Sinaliza-
dor Rápido. Os diversos sinalizadores coloridos facilitam a
Iniciando o Microsoft Office Outlook categorização das mensagens. A pasta denominada – Para
Clique em Iniciar, Todos os programas, Microsoft Office, Acompanhamento" sempre contém uma lista atualizada de
Microsoft Office Outlook. todas as mensagens marcadas com sinalizadores rápidos em
cada pasta da caixa de correio.
Esta versão do Outlook inclui novos recursos criados para
ajudá-lo a acessar, priorizar e lidar com comunicação e in- Organizar por Conversação. Se você receber muitos
formações, de forma a otimizar o seu tempo e facilitar o ge- emails diariamente, poderá se beneficiar da opção de agru-
renciamento do fluxo crescente de emails recebidos. pamento denominada Organizar por Conversação. O modo
de exibição Organizar por Conversação mostra a lista de
Experiência de Email Dinâmica. O Outlook ajuda você a mensagens de uma forma orientada a conversação ou "seg-
ler, organizar, acompanhar e localizar emails com mais efici- mentada". Para que você leia os emails com mais rapidez,
ência do que antigamente. O novo layout da janela exibe esse modo de exibição mostra primeiro apenas as mensa-
mais informações na tela de uma só vez, mesmo em monito- gens não lidas e marcadas com Sinalizadores Rápidos. Cada
res pequenos. A lista de mensagens foi reprojetada para conversação pode ser ainda mais expandida para mostrar
utilizar o espaço de forma mais inteligente. Como resultado todas as mensagens, inclusive os emails já lidos. Para orga-
disso, você perderá menos tempo com a navegação e dedi- nizar as mensagens dessa forma, clique em Organizar por
cará mais tempo à realização de suas tarefas. O agrupamen- Conversação no menu Exibir.
to automático de mensagens ajuda o usuário a localizar e a ir
para emails em qualquer lugar da lista com mais rapidez do Pastas de Pesquisa. As Pastas de Pesquisa contêm re-
que antes. E você ainda pode mover ou excluir todas as sultados de pesquisa, atualizados constantemente, sobre
mensagens em um grupo de uma vez. todos os itens de email correspondentes a critérios específi-
cos. Você pode ver todas as mensagens não lidas de cada
Filtro de Lixo Eletrônico. O novo Filtro de Lixo Eletrônico pasta na sua caixa de correio em uma Pasta de Pesquisa
ajuda a evitar muitos dos emails indesejáveis que você rece- denominada "Emails Não Lidos". Para ajudá-lo a reduzir o
be todos os dias. Ele usa a tecnologia mais avançada desen- tamanho da caixa de correio, a Pasta de Pesquisa "Emails
volvida pelo Centro de Pesquisa da Microsoft para avaliar se Grandes" mostra os maiores emails da caixa de correio, in-
uma mensagem deve ser tratada como lixo eletrônico com dependentemente da pasta em que eles estão armazenados.
base em vários fatores como, por exemplo, o horário em que Você também pode criar suas próprias Pastas de Pesquisa:
a mensagem foi enviada e o seu conteúdo. O filtro não identi- escolha uma pasta na lista de modelos predefinidos ou crie
fica nenhum remetente ou tipo de email específico; ele se uma pesquisa com critérios personalizados e salve-a como
baseia no conteúdo da mensagem e faz uma análise avança- uma Pasta de Pesquisa para uso futuro.
da da estrutura da mensagem para determinar a probabilida-
de de ser ou não lixo eletrônico. Qualquer mensagem detec- Calendários Lado a Lado,.Agora você pode exibir vários
tada pelo filtro é movida para a pasta Lixo Eletrônico, de onde calendários lado a lado na janela Calendário do Outlo-
ela pode ser recuperada ou revisada posteriormente. Você ok.Todos os calendários podem ser vistos lado a lado: calen-
pode adicionar emails à Lista de Remetentes Confiáveis para dários locais, calendários de pastas públicas, calendários de
garantir que as mensagens desses remetentes nunca sejam outros usuários ou lista de eventos da equipe do Microsoft
tratadas como lixo eletrônico e pode ainda bloquear mensa- Windows® SharePoint™ Services. Os calendários são codifi-
gens de determinados endereços de email ou nomes de cados por cores para ajudá-lo a distingui-los.
domínio adicionando o remetente à Lista de Remetentes
Bloqueados. Regras e Alertas. O Outlook o alertará da chegada de
novos emails na sua Caixa de Entrada exibindo uma notifica-
Painel de Navegação. O Painel de Navegação é mais do ção discreta na área de trabalho, mesmo quando você estiver
que uma simples lista de pastas: ele combina os recursos de usando outro programa. É possível criar rapidamente regras
navegação principal e compartilhamento do Outlook em um para arquivar emails com base na mensagem, selecionando
local de fácil utilização. Em Email, você encontrará mais pas- a mensagem e clicando em Criar Regra.
tas de email do que antigamente. Além disso, poderá adicio-
nar suas pastas favoritas ao início da lista. Em Calendário, Modo de Transferê ncia em Cachê . Se você usa o Micro-
você poderá exibir os calendários compartilhados de outras soft Exchange Server não precisa mais se preocupar com
pessoas lado a lado com o seu próprio calendário. Em Conta- problemas causados por redes lentas ou distantes. O Outlook
tos, você verá a lista de todas as pastas de contatos que pode baixar a caixa de correio para o seu computador, redu-
poderá abrir (estejam elas armazenadas no seu computador zindo a necessidade de comunicação com o servidor de ema-
ou em um local da rede), bem como maneiras aperfeiçoadas il. Se a rede ficar indisponível, o Outlook continuará utilizando
de exibir os contatos. Todos os oito módulos do Outlook pos- as informações já baixadas — e talvez você nem perceba a
suem uma interface de usuário criada para ajudá-lo a encon- queda da rede. O Outlook se adapta ao tipo de rede disponí-
trar rapidamente o que você está procurando, na forma como vel, baixando mais itens de email em redes mais rápidas e
você gosta de ver essa informação. oferecendo mais controle sobre os itens baixados em redes
lentas. Se usar o Outlook com o Microsoft Exchange Server,
Painel de Leitura. O Painel de Leitura é o local ideal para você se beneficiará de uma redução significativa no tráfego

Informática 13 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
da rede, que o ajudará a obter as informações com mais
rapidez.

Ícones de listas de mensagens do Outlook Express


Os ícones a seguir aparecem nos e-mails e indicam a pri-
oridade das mensagens, se as mensagens possuem arquivos
anexados ou ainda se as mensagens estão marcadas como
lidas ou não lidas. Veja o que eles significam:

Clique em Email e o Assistente para conexão com a In-


ternet irá se abrir. Basta seguir as instruções para estabele-
cer uma conexão com um servidor de e-mail ou de notícias e
ir preenchendo os campos de acordo com seus dados.

Observação:
Cada usuário pode criar várias contas de e-mail, repetindo
o procedimento descrito acima para cada conta.

Compartilhar contatos
Para compartilhar contatos você tiver outras identidades
(outras pessoas) usando o mesmo Outlook Express, poderá
fazer com que um contato fique disponível para outras identi-
dades, colocando-o na pasta Contatos compartilhados. Desta
Como criar uma conta de e-mail forma, as pessoas que estão em seu catálogo de endereços
Para adicionar uma conta de e-mail em seu Outlook faça "aparecerão" também para outras identidades de seu Outlo-
o seguinte: ok. O catálogo de endereços contém automaticamente duas
1. Entre em contato com seu provedor de serviços de In- pastas de identidades: a pasta Contatos da identidade princi-
ternet ou do administrador da rede local e informe-se pal e uma pasta que permite o compartilhamento de contatos
sobre o tipo de servidor de e-mail usado para a entra- com outras identidades, a pasta Contatos compartilhados.
da e para a saída dos e-mails. Nenhuma destas pastas pode ser excluída. Você pode criar
2. Você precisará saber o tipo de servidor usado : POP3 um novo contato na pasta compartilhada ou compartilhar um
(Post Office Protocol), IMAP (Internet Message Access contato existente, movendo um de seus contatos para a pas-
Protocol) ou HTTP (Hypertext Transfer Protocol). Pre- ta Contatos compartilhados.
cisa também saber o nome da conta e a senha, o no- 1. Clique em Ferramentas/ Catálogo de Endereços.
me do servidor de e-mail de entrada e, para POP3 e Seu catálogo de endereços irá se abrir. Se você não
IMAP, o nome de um servidor de e-mail de saída, ge- estiver visualizando a pasta Contatos compartilhados à
ralmente SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) esquerda, clique em Exibir de seu Catálogo de Ende-
reços, clique em Pastas e grupos.
Vamos à configuração:
3. No menu Ferramentas, clique em Contas.

Na lista de contatos, selecione o contato que deseja com-


partilhar.

Arraste o contato para a pasta Contatos compartilhados


ou para uma de suas subpastas.

Salvar um rascunho
Para salvar um rascunho da mensagem para usar mais
tarde, faça o seguinte:
1. Com sua mensagem aberta, clique em Arquivo.
2. A seguir, clique em Salvar.

Você também pode clicar em Salvar como para salvar


uma mensagem de e-mail em outros arquivos de seu compu-
tador no formato de e-mail (.eml), texto (.txt) ou HTML (.htm
ou html).

Abrir anexos
Logo a seguir visualizaremos o assistente de configuração Para ver um anexo de arquivo, faça o seguinte:
do Outlook, posteriormente clique no botão adicionar- Email. 1. No painel de visualização, clique no ícone de clipe

Informática 14 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
de papel no cabeçalho da mensagem e, em seguida, compor qualquer texto. Incluímos aqui todas e quaisquer
clique no nome do arquivo. correspondências comerciais, empresariais ou via Internet
(correio eletrônico).
Ou apenas clique no símbolo de anexo
Uma correspondência tem como objetivo comunicar algo.
Portanto, é fundamental lembrar que a comunicação só será
eficiente se transmitir ao destinatário as idéias de modo sim-
ples, claro, objetivo, sem deixar dúvidas quanto ao que esta-
mos querendo dizer.
Na parte superior da janela da mensagem, clique duas
O e-mail é uma forma de comunicação escrita e, portanto,
vezes no ícone de anexo de arquivo no cabeçalho da mensa-
exige cuidado. A maior diferença entre um e-mail e uma cor-
gem.
respondência via correio tradicional está na forma de trans-
missão, sendo a primeira, indubitavelmente, mais rápida e
(Quando uma mensagem tem um arquivo anexado, um
eficiente.
ícone de clipe de papel é exibido ao lado dela na lista de
mensagens.)
Ao escrevermos um e-mail, sobretudo com finalidade co-
mercial ou empresarial, devemos observar alguns pontos:
Salvar anexos
1. A forma como você escreve e endereça o e-mail permi-
te que o destinatário interprete seu interesse e o quanto ele é
importante para você.

O bom senso deve sempre prevalecer de acordo com o


tipo de mensagem a ser transmitida. A natureza do assunto e
a quem se destina o e-mail determinam se a mensagem será
informal ou mais formal. Em qualquer um dos casos, os tex-
tos devem ser curtos, bastante claros, objetivos.
Para salvar um anexo de arquivo de seu e-mail, faça o
O alinhamento à esquerda facilita a leitura.
seguinte:
2. Quando vamos enviar um e-mail em nome de uma em-
1. Clique na mensagem que tem o arquivo que você quer
presa ou organização, é conveniente deixar em destaque que
salvar.
se trata de uma comunicação institucional, o que não se faz
2. No menu Arquivo, clique em Salvar anexos.
necessário na correspondência tradicional, uma vez que esse
aspecto é evidenciado pelo timbre, nome ou marca já impres-
so no papel.

No caso dos e-mails, temos apenas os campos Para ou


To e, para enviarmos com uma cópia para outra pessoa,
preenchemos o campo CC (Cópia Carbono).

Convém ressaltar que existe um outro campo que pode u-


tilizado para enviarmos uma cópia para outra pessoa, de
Uma nova janela se abre. Clique no(s) anexo(s) que modo que não seja exibido o endereço em questão: é o cam-
você quer salvar. po CCO (Cópia Carbono Oculta).
4. Antes de clicar em Salvar, confira se o local indicado
na caixa abaixo é onde você quer salvar seus anexos. Às vezes, recebemos um e-mail com uma lista enorme de
(Caso não seja, clique em "Procurar" e escolha outra destinatários, o que não é nada recomendável. Se quisermos
pasta ou arquivo.) enviar uma mesma mensagem para um grande
5. Clique em Salvar.
Veja o exemplo:
Como redigir um e-mail Posteriormente basta clicar no botão enviar

Para grupos de endereços, é preferível colocarmos todos


eles no campo CCO e apenas um endereço no campo Para.
Estaremos fazendo um favor a quem recebe, além de não
estarmos divulgando o endereço de outras pessoas desne-
cessariamente.
A competitividade no mundo dos negócios obriga os pro-
3. É importante indicar no campo Assunto qual é o tema a
fissionais a uma busca cada vez maior de um diferencial em
ser tratado. Uma indicação clara nessa linha ajuda na recep-
sua qualificação. Sabe-se da importância de uma boa comu-
ção da mensagem. Lembre-se de que seu destinatário pode
nicação em nossos dias. Quantos não vivem às voltas com e-
receber muitas mensagens e não presuma que ele seja um
mails, atas, cartas e relatórios?
adivinho. Colocar, por exemplo, apenas a palavra “informa-
ções” no campo assunto, não ajuda em nada. Especifique
A arte de se comunicar com simplicidade é essencial para
claramente o conteúdo. Por exemplo: Informações sobre
Informática 15 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
novo curso. uma nova pasta, esta será posicionada dentro da Caixa de
Entrada.
4. No espaço reservado à mensagem, especifique logo no
início o emissor e o receptor. Exemplo:

Prezado Cliente

Agradecemos aquisição de nossos produtos.

Grato.

Podemos sintetizar assim:


1. Sempre colocar o assunto.
2. Indique o emissor e o destinatário no corpo da mensa-
gem.
3. Coloque apenas uma saudação.
4. Escreva a mensagem com palavras claras e objetivas.
5. Coloque em destaque (negrito, sublinhado, ou itálico)
os aspectos principais do e-mail.
6. Digite o seu nome completo ou nome da empresa.
7. Abaixo digite o seu e-mail (no caso do destinatário
querer responder para você, ou guardar seu endere- Se o que você quer é uma nova pasta, independente das
ço). que você já criou, selecione sempre o item Pastas Locais
8. Envie a mensagem.
Dê um nome e selecione o local onde quer que fique esta
Verificar novas mensagens nova pasta que você acabou de criar.
Para saber se chegaram novas mensagens, faça o se-
guinte: MOZILLA THUNDERBIRD 2.0

Com seu Outlook aberto, clique em Enviar/receber na bar- O Mozilla Thunderbird é um software de correio eletrôni-
ra de ferramentas. co gratuito, o programa possibilita o envio e recebimento de
correio eletrônico (e-mail) de forma fácil, prática e com alto
Os e-mail serão recebidos na caixa de entrada do Outlo- nível de segurança, o software é baseado no código fonte do
ok, caso houver algum e-mail a ser enviado, o mesmo será Mozilla.org, portanto podendo ser baixado gratuitamente na
enviado automaticamente. internet através do endereço www.Mozilla.org.

Pastas Padrões Configuração do Mozilla Thunderbird


As pastas padrões do Outlook não podem ser alteradas.
Você poderá criar outras pastas, mas não deve mexer nas
seguintes pastas:

Caixa de Entrada: local padrão para onde vão as mensa-


gens que chegam ao seu Outlook. (Você pode criar pastas e
regras para mudar o lugar para o qual suas mensagens de-
vam ser encaminhadas.).

2. Caixa de Saída: aqui ficam os e-mails que você já es-


creveu e que vai mandar para o(s) destinatário(s).
3. Itens Enviados: nesta pasta ficam guardados os e-
mails que você já mandou. Inicie o Mozilla Thunderbird e clique no menu Ferramen-
4. Itens Excluídos: aqui ficam as mensagens que você já tas e depois escolha Configurar Contas.
excluiu de outra(s) pasta(s), mas continuam em seu
Outlook.
5. Rascunhos: as mensagens que você está escrevendo
podem ficar guardadas aqui enquanto você não as a-
* Caso seja a primeira vez que utiliza o programa, ao ini-
caba de compor definitivamente. Veja como salvar
ciá-lo será mostrado o assistente automaticamente, então
uma mensagem na pasta Rascunhos.
pode pular diretamente para o passo 3.
Criar novas pastas
Para organizar seu Outlook, você pode criar ou adicionar
quantas pastas quiser.
1. No menu Arquivo, clique em Pasta.
2. Clique em Nova.
3. Uma nova janela se abrirá.

Na caixa de texto Nome da pasta, digite o nome que de-


seja dar à pasta e, em seguida, selecione o local para a nova
pasta.

Lembre-se de que o Outlook Express vai criar sua pasta


nova dentro daquela que estiver selecionada no momento. Se
você selecionar, por exemplo, "Caixa de Entrada" e solicitar

Informática 16 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
4 - Preencha os campos com seu nome de exibição e en-
dereço de email. Após preencher clique no botão Avançar

2 - Na janela Configurar contas clique no botão Nova


Conta.

5 - Escolha a opção POP. Agora vamos a uma explicação


rápida: Todo endereço de e-mail é montado na forma lo-
gin@domínio. O login é sua identificação e o domínio repre-
senta o servidor onde ficam seus e-mails. Sendo assim, o e-
mail, por exemplo, marcos.silva@digizap.com.br tem como
login "marcos.silva" e o domínio "digizap.com.br". Basea-
do nisso preencha os campos marcados em verde como na
imagem abaixo, substituindo "domínio" pelo domínio de seu
e-mail. Lembrando que tudo deve ser preenchido em letras
minúsculas. Uma vez que todos os campos tenham sido
preenchidos clique no botão Avançar

* Caso já possua uma conta de e-mail configurada em seu


Thunderbird o campo de SMTP não será mostrado.

3 - Escolha a opção Conta de Email e depois no botão


Avançar.

6 - Agora, seguindo a explicação do passo anterior, pre-


encha os campos marcados em verde como na imagem a-
baixo, substituindo "login" pelo seu login. Após preencher
clique no botão Avançar

Informática 17 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

7 - Digite um nome para identificar sua conta e clique em


Avançar

10 - Na janela Servidor de envio (SMTP) faça as configu-


rações como na figura abaixo, alterando "dominio e "login"
como explicado no passo 5. Ao término clique em OK.

11 - De volta a janela Configurar contas Clique na opção


8 - Com isso será concluída a configuração básica. Clique correspondente a conta que criamos na configuração básica
em Concluir e seguiremos em frente com o resto da configu- e então escolha o servidor SMTP como na figura abaixo.
ração.

9 - Voltando a janela Configurar contas clique na opção


Servidor de envio (SMTP) e depois no botão Adicionar.

Informática 18 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
dos.
• Assunto: digite o assunto da mensagem, seja
12 - Agora clique na opção "Servidor" e marque a opção claro e objetivo.
SSL. Com isso o número acima será alterado para 995. Con- • Abaixo do campo do e-mail segue o corpo do e-
firme clicando em OK. mail, pelo qual poderemos digitar a mensagem.

Para enviar arquivos em anexo


Clique no menu anexar, posteriormente clique na opção
arquivos

Após esta etapa o programa exibir uma caixa de diálogo,


escolha o arquivo pelo qual será enviado.

Pronto! Com isso finalizamos a configuração do Mozilla


Thunderbird

COMO ENVIAR UMA MENSAGEM DE E-MAIL

Após o preenchimento clique no botão enviar

Para verificar mensagens recebidas, clique no botão envi-


ar e receber

Após abrir o programa clique no botão nova mensa-


gem, será aberto uma nova página com os seguintes
campos:
• DE: nome do e-mail do remetente
• Para: Campo onde serão digitados o(s) endere- WIKIS E FÓRUNS
ço (s) de e-mail do destinatário, caso deseja enviar
uma cópia de sua mensagem para mais de uma pes- Wikis
soa, digite o seu e-mail no campo Cc: Páginas comunitárias na internet que podem ser alteradas
• Cc: Digite os endereços de e-mail pelo qual re- por todos os usuários que têm direitos de acesso. Usadas em
ceberão uma cópia de sua mensagem, caso queira empresas, as wikis estão se tornando uma maneira fácil de
enviar para mais de uma pesssoa, digite o e-mail se- trocar idéias para um grupo de trabalhadores envolvido em
guido de ; um projeto.
• Ex: concur-
sos@opcao.com.br;candidato@opcao.com.br Características
• Cco: Envio de cópia oculta, o destinatário, não Wiki permite que os documentos sejam editados colecti-
poderá visualizar outros endereços de e-mails envia- vamente com uma linguagem de marcação muito simples e

Informática 19 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
eficaz apenas através da utilização de um navegador web. te reconhecíveis em um grande número de ligações com
Dado que a grande maioria dos wikis são baseados na web, nomes como "TableOfContents" e "BeginnerQuestions".
o termo wiki é normalmente suficiente. Uma única página
num wiki é referida como uma "única página", enquanto o Vale lembrar que, dentro de um universo wiki, não exis-
conjunto total de páginas, que estão normalmente altamente tem dois artigos com títulos repetidos, pois faz parte da filoso-
interligadas, chama-se 'o wiki'. fia wiki utilizar-se da tecnologia de armazenamento para
ajudar a eliminar ambiguidades. Ao mesmo tempo, é bom
Uma das características definitivas da tecnologia wiki é a perceber que o wiki tem a sensibilidade de distinguir maiúscu-
facilidade com que as páginas são criadas e alteradas - ge- las de minúsculas como letras distintas para o armazenamen-
ralmente não existe qualquer revisão antes de as modifica- to. Além disso, a própria ambiguidade do idioma utilizado
ções serem aceitas, e a maioria dos wikis são abertos a todo pode, facilmente, gerar artigos repetidos, até mesmo com
o público ou pelo menos a todas as pessoas que têm acesso títulos extremamente parecidos, diferenciados apenas pelo
ao servidor wiki. Nem o registro de usuários é obrigatório em caps (inglês para "maiúsculas e minúsculas", observado na
todos os wikis. maioria dos teclados ocidentais).

Como funciona Controle dos usuários


O que faz o wiki tão diferente das outras páginas da inter- A idéia por trás de controlar usuários é diretamente rela-
net é certamente o fato que este simplesmente possa ser cionada ao tamanho do universo gerado pelo wiki. Quanto
editado pelos usuários que por ele navegam. Por exemplo, mais pessoas estiverem usando o wiki, menor deveria ser a
essa parte do artigo foi adicionada anos após a criação do necessidade de níveis de controle, pois o controle é fornecido
próprio, e com certeza não será a última edição; ela será pela própria sociedade. Mas o controle sempre se faz neces-
modificada por usuários e visitantes ao longo do tempo. Des- sário, em pelo menos dois níveis: gerenciamento e utilização.
se jeito, é possível corrigir erros, complementar idéias e inse-
rir novas informações. Assim, o conteúdo de um artigo se Desta forma um wiki muito pequeno costuma ter a neces-
atualiza graças à coletividade. Os problemas que se podem sidade de adicionar um controle que impede autores anôni-
encontrar em wikis são artigos feitos por pessoas que nem mos para evitar vandalismo. Por outro lado, a maioria dos
sempre são especialistas no assunto, ou até vandalismo, wikis públicos, que costumam ser grandes, dispensa qualquer
substituindo o conteúdo do artigo. Porém, o intuito é, justa- tipo de registro.
mente, que a página acabe por ser editada por alguém com
mais conhecimentos. Uma defesa comum contra vândalos persistentes é deixá-
los desfigurar tantas páginas quanto desejarem, sabendo que
Página e edição podem ser facilmente rastreadas e revertidas depois que o
Em wikis tradicionais, existem 3 (três) representações pa- vândalo saia. Essa política pode se tornar imprática, no en-
ra cada página: o código HTML, a página resultante do códi- tanto, face a sistemáticas fraudes resultantes de raiva ou
go da sua edição pelo web browser, e o código-editado em frustração.
HTML que o servidor produziu.
Sintaxe Wink Código HTML Saída Como uma medida de emergência, alguns wikis permitem
que o banco de dados seja alterado para o modo apenas-
Vocês estão <p><strong>Vocês Você
s estão
sabendo do novo
leitura, enquanto outros adotam uma política em que apenas
sabendo do novo estão sabendo do novo
concurso ? concurso concurso ? usuários que tenham sido registrados antes de algum corte
?</strong></p> arbitrário possam editar. Em geral, qualquer prejuízo infligido
Não sabemos qual <p><strong>Não Não sabemos qual por um "vândalo" pode ser revertido rápida e facilmente.
será ! sabemos qual será será !
!</strong></p> Exemplos
Parece que o <p><strong>Parece que Parece que o
Exemplificando a idéia de que o wiki essencialmente pre-
concurso da Polícia o concurso da Polícia concurso da
Polícia Federal cisa de somente dois níveis de controle, podem-se traçar
Federal está para Federal está para
está para sair... alguns paralelos dentre as três áreas de estudos científicos
sair... sair...</strong></p>
</body> (exatas, biológicas e humanas), o que facilita a visualização.

Criando um paralelo com o funcionamento de um compu-


O raciocínio por detrás deste design é que o HTML, com tador simplório, como uma calculadora, pode-se imaginar o
sua enorme biblioteca de tags, dificulta uma edição mais wiki como sendo o próprio computador e o processador que
rápida. Ele, às vezes, não pode usar toda a sua funcionalida- executa o controle, enquanto o resto da calculadora a man-
de, como JavaScript e folhas de estilo, por causa da consis- tém funcionando, fornecendo entradas e saídas de dados em
tência da linguagem. dois dispositivos diferenciados para o processador.
Ligando e criando páginas Fazendo um paralelo com o funcionamento de uma célula
Wikis são verdadeiras mídias hipertextuais, com estrutura viva, pode-se imaginar o wiki como sendo a própria célula e o
de navegação não-linear. Cada página geralmente contém núcleo faz o gerenciamento de tudo que acontece dentro,
um grande número de ligações para outras páginas. Páginas enquanto o resto da célula, o núcleo inclusive, se utiliza dos
com navegação hierárquica são frequentemente usadas em recursos disponibilizados através da membrana externa
grandes wikis, mas não devem ser usadas. As ligações são (membrana plasmática) entre outros componentes da célula
criadas usando-se uma sintaxe específica, o chamado "pa- que executam múltiplas funções para mantê-la viva.
drão link".
Fazendo um paralelo com o funcionamento de uma soci-
Originalmente, a maioria dos wikis usavam CamelCase edade, pode-se imaginar o wiki como sendo a própria socie-
como padrão link, produzido por palavras que começam com dade e o núcleo seria o governo, que cria a quantidade de
letras maiúsculas, sem espaço entre elas (a palavra "Camel- regras que forem sendo necessárias para manter a socieda-
Case" é em si um exemplo de CamelCase). Embora o Ca- de funcionando com base na vida e dentro das possibilidades
melCase faça ligações muito facilmente, também cria liga- oferecidas pela própria sociedade e pelo ecossistema.
ções que são escritas de uma forma que se desvia da escrita
padrão. Wikis baseados em CamelCase são instantaneamen- Fóruns

Informática 20 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Fóruns são páginas criadas geralmente dentro de sites conexões seguras e criptografadas entre redes privadas de
corporativos ou institucionais, que tem por objetivo, estabele- empresas e usuários remotos por meio do serviço de prove-
cer um canal de comunicação entres usuários cadastrados dor terceirizado.
neste fórun, geralmente os fóruns estão segmentados, por
exemplos fóruns de informática, de esportes, livros, faculda- O que uma VPN faz?
des, carros esportivos, de concursos, etc. Bem planejada, uma VPN pode trazer muitos benefícios
Funcionamento para a empresa. Por exemplo, ela pode:
Todo usuário deverá possuir login e senha de acesso pa-
ra utilizar o fórun, este acesso será obtido após a realização O que uma VPN faz?
de uma cadastro efetuado pelo usuário. Tão logo o usuário Bem planejada, uma VPN pode trazer muitos benefícios
estiver logado no fórun o mesmo poderá enviar perguntas e para a empresa. Por exemplo, ela pode:
interagir com os demais usuários. • ampliar a área de conectividade
• aumentar a segurança
• reduzir custos operacionais (em relação a uma rede
WAN)
• reduzir tempo de locomoção e custo de transporte dos
usuários remotos
• aumentar a produtividade
• simplificar a topologia da rede
• proporcionar melhores oportunidades de
Gerenciamento do Fórun relacionamentos globais
Todos os usuários que enviarem informações, como per- • prover suporte ao usuário remoto externo
guntas, questionamentos e respostas são gerenciados atra- • prover compatibilidade de rede de dados de banda
vés de um Moderador geralmente o moderador é o dono do larga.
fórun, tem a função de aprovar ou rejeitar as mensagens, ou • Prover retorno de investimento mais rápido do que a
seja todas as mensagens serão analisadas pelo moderador, tradicional WAN
caso aprove sua mensagem será publicada, lembrando que o
moderador do fórun poderá excluir o usuário permanente- Que recursos são necessários para um bom projeto de
mente caso o mesmo não aceite as regras do fórun. rede VPN? Ele deve incorporar:
Nos dias de hoje é cada vez mais comum a realização de • segurança
fóruns, tanto para criar um canal entre por exemplo o cliente • confiabilidade
e a empresa, ou retirar dúvidas e troca de informações entre • escalabilidade
os usuários. • gerência da rede
• gerência de diretrizes
ACESSO À DISTÂNCIA A COMPUTADORES, TRANSFE-
RÊNCIA DE INFORMAÇÕES E ARQUIVOS, APLICATIVOS Telnet
DE ÁUDIO, VÍDEO E MULTIMÍDIA. É um protocolo cliente-servidor de comunicações usado
para permitir a comunicação entre computadores ligados
Ingresso, por meio de uma rede de comunicação, aos da- numa rede (exemplo: Conectar-se da sua casa ao computa-
dos de um computador fisicamente distante da máquina do dor da sua empresa), baseado em TCP.
usuário.
TIPOS DE ACESSO A DISTÂNCIA Antes de existirem os chats em IRC o telnet já permitia
Redes VPN de acesso remoto este género de funções.
Um dos tipos de VPN é a rede de acesso remoto, também
chamada rede discada privada virtual (VPDN). É uma cone- O protocolo Telnet também permite obter um acesso re-
xão usuário-LAN utilizada por empresas cujos funcionários moto a um computador.
precisam se conectar a uma rede privada de vários lugares
distantes. Normalmente, uma empresa que precisa instalar Este protocolo vem sendo gradualmente substituído pelo
uma grande rede VPN de acesso remoto terceiriza o proces- SSH, cujo conteúdo é encriptado antes de ser enviado. O uso
so para um provedor de serviços corporativo (ESP). O ESP do protocolo telnet tem sido desaconselhado, à medida que
instala um servidor de acesso à rede (NAS) e provê os usuá- os administradores de sistemas vão tendo maiores preocupa-
rios remotos com um programa cliente para seus computado- ções de segurança, uma vez que todas as comunicações
res. Os trabalhadores que executam suas funções remota- entre o cliente e o servidor podem ser vistas, já que são em
mente podem discar para um 0800 para ter acesso ao NAS e texto plano, incluindo a senha.
usar seu software cliente de VPN para alcançar os dados da
rede corporativa. SSH
Em informática, o Secure Shell ou SSH é, simultaneamen-
te, um programa de computador e um protocolo de rede que
permite a conexão com outro computador na rede, de forma a
executar comandos de uma unidade remota. Possui as mes-
mas funcionalidades do TELNET, com a vantagem da cone-
xão entre o cliente e o servidor ser criptografada.

Uma de suas mais utilizadas aplicações é o chamado


Tunnelling, que oferece a capacidade de redirecionar pacotes
de dados. Por exemplo, se alguém se encontra dentro de
uma instituição cuja conexão à Internet é protegida por um
firewall que bloqueia determinadas portas de conexão, não
Grandes empresas com centenas de vendedores em será possível, por exemplo, acessar e-mails via POP3, o qual
campo são bons exemplos de firmas que necessitam do utiliza a porta 110, nem enviá-los via SMTP, pela porta 25. As
acesso remoto via VPN. O acesso remoto via VPNs permite duas portas essenciais são a 80 para HTTP e a 443 para

Informática 21 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
HTTPS. Não há necessidade do administrador da rede deixar O termo multimídia refere-se portanto a tecnologias com
várias portas abertas, uma vez que conexões indesejadas e suporte digital para criar, manipular, armazenar e pesquisar
que comprometam a segurança da instituição possam ser conteúdos. Os conteúdos multimédia estão associados nor-
estabelecidas pelas mesmas. malmente a um computador pessoal que inclui suportes para
grandes volumes de dados, os discos ópticos como os
Contudo, isso compromete a dinamicidade de aplicações CDs(CD-ROM,MINI-CD,CD-CARD) e DVDs, abrange tam-
na Internet. Um funcionário ou aluno que queira acessar bém nas ferramentas de informática a utilização de arquivos
painéis de controle de sites, arquivos via FTP ou amigos via digitais para a criação de apresentações empresarias, catalo-
mensageiros instantâneos não terá a capacidade de fazê-lo, gos de produtos,exposição de eventos e para catalogos ele-
uma vez que suas respectivas portas estão bloqueadas. trônicos com mais facilidade e economia. Privilegiando o uso
dos diversos sentidos visão, audição e tacto este tipo de
Para quebrar essa imposição rígida (mas necessária), o tecnologia abrange diversas áreas de informatica.
SSH oferece o recurso do Túnel. O processo se caracteriza
por duas máquinas ligadas ao mesmo servidor SSH, que faz Vídeo
apenas o redirecionamento das requisições do computador Um vídeo pode ser definido como uma imagem em movi-
que está sob firewall. O usuário envia para o servidor um mento, ou seja, uma sucessão de imagens em um período de
pedido de acesso ao servidor pop.xxxxxxxx.com pela porta tempo. Aliado às imagens, pode existir a emissão de som.
443 (HTTPS), por exemplo. Então, o servidor acessa o com-
putador remoto e requisita a ele o acesso ao protocolo, retor- Formatos de Vídeo
nando um conjunto de pacotes referentes à aquisição. O AVI
servidor codifica a informação e a retorna ao usuário via porta Um dos primeiros formatos de vídeo mais conhecidos no
443. Sendo assim, o usuário tem acesso a toda a informação meio digital foi o AVI (Audio & Vídeo Interleaved – áudio e
que necessita. Tal prática não é ilegal caso o fluxo de conte- vídeo intercalados). Esse formato trazia uma sequência de
údo esteja de acordo com as normas da instituição. imagens em formato BMP e som WAV intercalados para
exibição de vídeo. Inicialmente o formato não trazia nenhuma
O SSH faz parte da suíte de protocolos TCP/IP que torna compressão, resultando em arquivos extremamente grandes
segura a administração remota. onde altas resoluções exigiam hardware muito poderoso e
indisponível. Com a criação de compressão para o formato
FTP (File Transfer Protocol) houve uma melhora, porém não constitui um padrão, como é
Significado: Protocolo usado para a transferência de ar- o caso do MPEG, citado a seguir.
quivos. Sempre que você transporta um programa de um
computador na Internet para o seu, você está utilizando este MPEG
protocolo. Muitos programas de navegação, como o Netsca- Dos criadores do JPEG, o MPEG (Motion Picture Experts
pe e o Explorer, permitem que você faça FTP diretamente Group) é um formato que traz imagens JPEG aliadas a som
deles, em precisar de um outro programa. MP3 (para até dois canais) ou AC3 (para multi-canal). É o
• FTP - File Transfer Protocol. Esse é o protocolo formato mais difundido em computadores, sendo também o
usado na Internet para transferência de arquivos entre formato utilizado em DVDs. Além dos já conhecidos métodos
dois computadores (cliente e servidor) conectados à de compressão para imagem e som, ele também faz uso da
Internet. similaridade entre quadros subsequentes para atingir um
• FTP server - Servidor de FTP. Computador que nível maior de compressão sem perda de qualidade.
tem arquivos de software acessiveis atraves de pro-
gramas que usem o protocolo de transferencia de fi- Outros Formatos
cheiros, FTP. Além dos conhecidos AVI e MPEG, ainda há outros for-
matos muito difundidos, porém com características específi-
Você pode encontrar uma variedade incrível de progra- cas. Dentre os mais conhecidos podemos citar o MOV (criado
mas disponíveis na Internet, via FTP. Existem softwares gra- pela Apple) e o WMV (Windows Media Vídeo, criado pela
tuitos, shareware (o shareware pode ser testado gratuitamen- Microsoft, com o intuito de incorporar ao arquivo controle de
te e registrado mediante uma pequena taxa) e pagos que direitos autorais – DRM, ou Digital Rights Management).
você pode transportar para o seu computador.
DVD
Grandes empresas como a Microsoft também distribuem É impossível se falar em vídeo digital sem considerar o
alguns programas gratuitamente por FTP. DVD (Digital Versatile Disc). Para esse contexto, é importante
realçar os formatos de tela e resoluções de vídeo, conforme
CONCEITOS DE TECNOLOGIA E FERRAMENTAS MUL- tabela abaixo:
TIMÍDIA, DE REPRODUÇÃO DE ÁUDIO E VÍDEO.

Multimídia é a combinação, controlada por computador,


de pelo menos um tipo de media estático (texto, fotografia,
gráfico), com pelo menos um tipo de media dinâmico (vídeo,
áudio, animação) .Quando se afirma que a apresentação ou
recuperação da informação se faz de maneira multissensori-
al, quer-se dizer que mais de um sentido humano está envol-
vido no processo, fato que pode exigir a utilização de meios
de comunicação que, até há pouco tempo, raramente eram
empregados de maneira coordenada, a saber:
Som (voz humana, música, efeitos especiais)
Fotografia (imagem estática)
Vídeo (imagens em pleno movimento)
Animação (desenho animado)
Gráficos
Textos (incluindo números, tabelas, etc.)
FERRAMENTAS MULTIMÍDIA
Informática 22 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Todas as músicas são copiadas para a Biblioteca de mí-
MEDIA PLAYER dia, mais precisamente, na pasta Minhas músicas da pasta
Tudo começou em 1991, com o lançamento do Windows Meus documentos.
3.0. Mas, em uma época na qual ter placa de som no compu-
tador ainda era um luxo, o tal do Media Player oferecido co- O recurso Sincronizador de rádio permite que você esco-
mo parte do pacote de “multimídia” do sistema operacional lha uma estação de rádio em todo o mundo e ouça sua pro-
praticamente passou desapercebido. Pudera: o programinha gramação. Além das estações pré-sintonizadas, você poderá
só reproduzia sons e não tinha lá muitos recursos – eram procurar uma outra usando o Localizador de estações. O
apenas quatro botões: eject, pause, start e stop! A capacida- recursos Sincronizador de rádio só poderá ser utilizado se
de de tocar vídeos só viria com o Windows 95, quatro anos você estiver conectado à Internet. Para escutar uma determi-
depois. nada estação de rádio listada no Windows Media Player,
basta dar um clique sobre a estação e, em seguida, sobre o
O programa que conhecemos hoje só começaria a tomar link Ouvir.
forma mesmo com o lançamento do Windows 98 SE, quando
passou a ser chamado de Windows Media Player (então na Selecionando o recurso Guia de mídia, você encontrará
versão 6.1) e se tornou capaz de reproduzir arquivos MP3. uma página da Web, a qual é atualizada diariamente. Nesta
Com o Windows ME, veio o Media Player 7.1 e o investimen- página da Web você encontra links para filmes, músicas e
to maior em formatos próprios, em especial o WMA, que vídeos mais recentes na Internet – cobrindo uma ampla gama
continuaria firme e forte no Media Player XP (versão 8), lan- de tópicos, desde notícias internacionais até os último desen-
çado junto com o Windows homônimo. volvimentos no mercado de entretenimento. Mas como o guia
de mídia exibe uma página da Internet, é necessário estar
conectado para poder usá-lo.

Em Biblioteca de mídia você encontra todos os arquivos


de mídia existentes no seu computador, assim como links
para localizar conteúdo executado anteriormente. Com esses
recursos pertencentes à Biblioteca de mídia você poderá criar
uma Lista de reprodução, ou seja, criar uma lista com suas
músicas, vídeos e rádios preferidas.

O Windows Media Player pode apresentar-se em dois


modelos: completo ou compacto. E quando você aplica uma
capa, ela é exibida sempre que você alterna de modo com-
pleto para modo compacto. Para alterar as capas, é necessá-
rio estar no modo completo. O modo completo exibe todas as
ferramentas do media player, ocupando menos espaço na
tela. Para alternar do modo completo para o modo compacto
utilize o menu Exibir ou clique no botão localizado no canto
Utilizando o Windows Media Player você poderá ouvir direito da janela do programa.
CDs de música, DVDs, sintonizar estações de rádio, digitali-
zar músicas, copiar músicas do CD para o disco rígido, além Todas as músicas são copiadas para a Biblioteca de mí-
de poder classificar e gerenciar todos os arquivos de multimí- dia, mais precisamente, na pasta Minhas músicas da pasta
dia e criar listas de reprodução. Meus documentos. O recurso Sincronizador de rádio permite
que você escolha uma estação de rádio em todo o mundo e
Os botões do lado esquerdo da janela do Windows Media ouça sua programação. Além das estações pré-sintonizadas,
Player são chamados de recursos, são eles: Execução em você poderá procurar uma outra usando o Localizador de
andamento, Guia de mídia, Copiar de CD, Biblioteca de mí- estações. O recursos Sincronizador de rádio só poderá ser
dia, Sincronizador de rádio, Copiar para ..., Serviços Premium utilizado se você estiver conectado à Internet. Para escutar
etc. uma determinada estação de rádio listada no Windows Media
Player, basta dar um clique sobre a estação e, em seguida,
Para ouvir as músicas de um determinado CD, insira-o na sobre o link Ouvir.
unidade de CD-ROM; a reprodução inicia-se automaticamen-
te. Se quiser visualizar várias informações sobre o CD, como Selecionando o recurso Guia de mídia, você encontrará
nome da música, duração, nome do artista, o tipo e estilo de uma página da Web, a qual é atualizada diariamente. Nesta
música, dentre outros, selecione o recursos página da Web você encontra links para filmes, músicas e
vídeos mais recentes na Internet – cobrindo uma ampla gama
Copiar de CD. de tópicos, desde notícias internacionais até os último desen-
Posicione o ponteiro do mouse sobre os botões que en- volvimentos no mercado de entretenimento. Mas como o guia
contram na parte inferior da janela Windows Media Player de mídia exibe uma página da Internet, é necessário estar
para ver sua função (Executar, Parar, Avançar etc.). conectado para poder usá-lo.

Você pode copiar músicas do CD para o seu disco rígido. Em Biblioteca de mídia você encontra todos os arquivos
A vantagem disto é que você pode alternar entre CDs ou as de mídia existentes no seu computador, assim como links
músicas de CDs sem ter que trocar de CD e também pode para localizar conteúdo executado anteriormente. Com esses
criar listas personalizadas de músicas, chamadas de lista de recursos pertencentes à Biblioteca de mídia você poderá criar
reprodução, que podem ser organizadas da forma que você uma Lista de reprodução, ou seja, criar uma lista com suas
quiser. Para copiar as faixas de músicas de um CD para o músicas, vídeos e rádios preferidas.
disco rígido, selecione a(s) faixa(s) desejada(s) marcando a
caixa de seleção próxima à faixa e depois clique no botão O Windows Media Player pode apresentar-se em dois
Copiar música. modelos: completo ou compacto. E quando você aplica uma
capa, ela é exibida sempre que você alterna de modo com-
pleto para modo compacto. Para alterar as capas, é necessá-

Informática 23 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
rio estar no modo completo. O modo completo exibe todas as autorizado ao seu computador e lê todas as
ferramentas do media player, ocupando menos espaço na informações contidas na sua declaração de Imposto
tela. Para alternar do modo completo para o modo compacto de Renda;
utilize o menu Exibir ou clique no botão localizado no canto • Integridade: alguém obtém acesso não autorizado ao
direito da janela do programa. seu computador e altera informações da sua
declaração de Imposto de Renda, momentos antes de
WINDOWS MOVIE MAKER você enviá-la à Receita Federal;
O Windows Movie Maker possibilita que você seja “o pro- • Disponibilidade: o seu provedor sofre uma grande
dutor” e “o diretor” de seus próprios filmes. Esses filmes po- sobrecarga de dados ou um ataque de negação de
dem produzidos a partir de conteúdos originados de fita de serviço e por este motivo você fica impossibilitado de
vídeo, fita de áudio, câmera digital, câmera da Web etc., enviar sua declaração de Imposto de Renda à Receita
desde que digitalizados. Estando com o filme pronto, você Federal.
poderá enviá-lo a outras pessoas por meio do correio eletrô-
nico ou de um servidor de Web. POR QUE DEVO ME PREOCUPAR COM A SEGURAN-
ÇA DO MEU COMPUTADOR?
CONCEITOS DE PROTEÇÃO E SEGURANÇA DA INFOR- Computadores domésticos são utilizados para realizar i-
MAÇÃO númeras tarefas, tais como: transações financeiras, sejam
elas bancárias ou mesmo compra de produtos e serviços;
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO comunicação, por exemplo, através de e-mails; armazena-
Com a chegada dos computadores pessoais e das redes mento de dados, sejam eles pessoais ou comerciais, etc.
de computadores que se conectam ao mundo inteiro, os
aspectos de segurança atingiram tamanha complexidade que É importante que você se preocupe com a segurança de
há a necessidade do desenvolvimento de equipes cada vez seu computador, pois você, provavelmente, não gostaria que:
mais especializadas para sua implementação e gerência. 2. suas senhas e números de cartões de crédito fossem
Paralelamente, os sistemas de informação também adquiri- furtados e utilizados por terceiros;
ram uma importância vital para a sobrevivência da maioria 3. sua conta de acesso a Internet fosse utilizada por
das organizações modernas, já que, sem computadores e alguém não autorizado;
redes de comunicação, a prestação de serviços com qualida- 4. seus dados pessoais, ou até mesmo comerciais,
de pode se tornar inviável. fossem alterados, destruídos ou visualizados por
terceiros;
A segurança da informação de uma instituição passa pri- 5. seu computador deixasse de funcionar, por ter sido
meiramente por uma relação considerável de normas que comprometido e arquivos essenciais do sistema terem
regem os comportamentos de seu público interno e suas sido apagados, etc.
próprias atitudes em relação aos clientes externos, além 6. Por que alguém iria querer invadir meu computador?
disso, consideram-se as ferramentas de hardware e software
utilizadas e o domínio da aplicabilidade das mesmas pela A resposta para esta pergunta não é simples. Os motivos
organização. pelos quais alguém tentaria invadir seu computador são inú-
meros. Alguns destes motivos podem ser:
A segurança da informação consiste na preservação dos 2. utilizar seu computador em alguma atividade ilícita,
seguintes atributos: para esconder a real identidade e localização do
• Confidencialidade - garantia de que a informação é invasor;
acessível somente por pessoas autorizadas. 3. utilizar seu computador para lançar ataques contra
• Integridade - garantia de que as informações e méto- outros computadores;
dos de processamento somente sejam alterados atra- 4. utilizar seu disco rígido como repositório de dados;
vés de ações planejadas e autorizadas. 5. destruir informações (vandalismo);
• Disponibilidade - garantia de que os usuários autoriza- 6. disseminar mensagens alarmantes e falsas;
dos tenham acesso à informação e aos ativos corres- 7. ler e enviar e-mails em seu nome;
pondentes quando necessário. 8. propagar vírus de computador;
9. furtar números de cartões de crédito e senhas
Conforme o caso, também podem ser fundamentais para bancárias;
garantir a segurança da informação: 10. furtar a senha da conta de seu provedor, para acessar
• Autenticação - garantia da identidade da origem e do a Internet se fazendo passar por você;
destinatário de uma informação. 11. furtar dados do seu computador, como por exemplo,
• Não repúdio - garantia de que o emissor não negará informações do seu Imposto de Renda.
um procedimento por ele realizado.
SENHAS
SEGURANÇA DE COMPUTADORES Uma senha (password) na Internet, ou em qualquer sis-
Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro tema computacional, serve para autenticar o usuário, ou seja,
se este atende a três requisitos básicos relacionados aos é utilizada no processo de verificação da identidade do usuá-
recursos que o compõem: confidencialidade, integridade e rio, assegurando que este é realmente quem diz ser.
disponibilidade.
Se uma outra pessoa tem acesso a sua senha, ela poderá
A confidencialidade diz que a informação só está disponí- utilizá-la para se passar por você na Internet. Alguns dos
vel para aqueles devidamente autorizados; a integridade diz motivos pelos quais uma pessoa poderia utilizar sua senha
que a informação não é destruída ou corrompida e o sistema são:
tem um desempenho correto, e a disponibilidade diz que os 1. ler e enviar e-mails em seu nome;
serviços/recursos do sistema estão disponíveis sempre que 2. obter informações sensíveis dos dados armazenados
forem necessários. em seu computador, tais como números de cartões de
crédito;
Alguns exemplos de violações a cada um desses requisi- 3. esconder sua real identidade e então desferir ataques
tos são: contra computadores de terceiros.
• Confidencialidade: alguém obtém acesso não

Informática 24 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Portanto, a senha merece consideração especial, afinal
ela é de sua inteira responsabilidade. COM QUE FREQUÊNCIA DEVO MUDAR MINHAS SE-
NHAS?
O QUE NÃO SE DEVE USAR NA ELABORAÇÃO DE Você deve trocar suas senhas regularmente, procurando
UMA SENHA? evitar períodos muito longos. Uma sugestão é que você reali-
Nomes, sobrenomes, números de documentos, placas de ze tais trocas a cada dois ou três meses.
carros, números de telefones e datas1 deverão estar fora de
sua lista de senhas. Esses dados podem ser facilmente obti- Procure identificar se os serviços que você utiliza e que
dos e uma pessoa mal intencionada, possivelmente, utilizaria necessitam de senha, quer seja o acesso ao seu provedor, e-
este tipo de informação para tentar se autenticar como você. mail, conta bancária, ou outro, disponibilizam funcionalidades
para alterar senhas e use regularmente tais funcionalidades.
Existem várias regras de criação de senhas, sendo que
uma regra muito importante é jamais utilizar palavras que Caso você não possa escolher sua senha na hora em que
façam parte de dicionários. Existem softwares que tentam contratar o serviço, procure trocá-la com a maior urgência
descobrir senhas combinando e testando palavras em diver- possível. Procure utilizar serviços em que você possa esco-
sos idiomas e geralmente possuem listas de palavras (dicio- lher a sua senha.
nários) e listas de nomes (nomes próprios, músicas, filmes,
etc.). Lembre-se que trocas regulares são muito importantes
para assegurar a confidencialidade de suas senhas.
O QUE É UMA BOA SENHA?
Uma boa senha deve ter pelo menos oito caracteres (le- QUAIS OS CUIDADOS ESPECIAIS QUE DEVO TER
tras, números e símbolos), deve ser simples de digitar e, o COM AS SENHAS?
mais importante, deve ser fácil de lembrar. De nada adianta elaborar uma senha bastante segura e
difícil de ser descoberta, se ao usar a senha alguém puder
Normalmente os sistemas diferenciam letras maiúsculas vê-la. Existem várias maneiras de alguém poder descobrir a
das minúsculas, o que já ajuda na composição da senha. Por sua senha. Dentre elas, alguém poderia:
exemplo, "pAraleLepiPedo" e "paRalElePipEdo" são senhas 1. observar o processo de digitação da sua senha;
diferentes. Entretanto, são senhas fáceis de descobrir utili- 2. utilizar algum método de persuasão, para tentar
zando softwares para quebra de senhas, pois não possuem convencê-lo a entregar sua senha
números e símbolos, além de conter muitas repetições de 3. capturar sua senha enquanto ela trafega pela rede.
letras.
Em relação a este último caso, existem técnicas que per-
COMO ELABORAR UMA BOA SENHA? mitem observar dados, à medida que estes trafegam entre
Quanto mais "bagunçada" for a senha melhor, pois mais redes. É possível que alguém extraia informações sensíveis
difícil será descobrí-la. Assim, tente misturar letras maiúscu- desses dados, como por exemplo senhas, caso não estejam
las, minúsculas, números e sinais de pontuação. Uma regra criptografados
realmente prática e que gera boas senhas difíceis de serem
descobertas é utilizar uma frase qualquer e pegar a primeira, Portanto, alguns dos principais cuidados que você deve
segunda ou a última letra de cada palavra. ter com suas senhas são:
1. certifique-se de não estar sendo observado ao digitar
Por exemplo, usando a frase "batatinha quando nasce se a sua senha;
esparrama pelo chão" podemos gerar a senha "!BqnsepC" (o 2. não forneça sua senha para qualquer pessoa, em
sinal de exclamação foi colocado no início para acrescentar hipótese alguma;
um símbolo à senha). Senhas geradas desta maneira são 3. não utilize computadores de terceiros (por exemplo,
fáceis de lembrar e são normalmente difíceis de serem des- em LAN houses, cybercafes, stands de eventos, etc)
cobertas. em operações que necessitem utilizar suas senhas;
4. certifique-se que seu provedor disponibiliza serviços
Mas lembre-se: a senha "!BqnsepC" deixou de ser uma criptografados, principalmente para aqueles que
boa senha, pois faz parte desta Cartilha. envolvam o fornecimento de uma senha.

Vale ressaltar que se você tiver dificuldades para memori- QUE CUIDADOS DEVO TER COM O USUÁRIO E SE-
zar uma senha forte, é preferível anotá-la e guardá-la em NHA DE ADMINISTRATOR (OU ROOT) EM UM COMPU-
local seguro, do que optar pelo uso de senhas fracas. TADOR?
O usuário Administrator (ou root) é de extrema importân-
QUANTAS SENHAS DIFERENTES DEVO USAR? cia, pois detém todos os privilégios em um computador. Ele
Procure identificar o número de locais onde você necessi- deve ser usado em situações onde um usuário normal não
ta utilizar uma senha. Este número deve ser equivalente a tenha privilégios para realizar uma operação, como por e-
quantidade de senhas distintas a serem mantidas por você. xemplo, em determinadas tarefas administrativas, de manu-
Utilizar senhas diferentes, uma para cada local, é extrema- tenção ou na instalação e configuração de determinados tipos
mente importante, pois pode atenuar os prejuízos causados, de software.
caso alguém descubra uma de suas senhas.
Sabe-se que, por uma questão de comodidade e princi-
Para ressaltar a importância do uso de senhas diferentes, palmente no ambiente doméstico, muitas pessoas utilizam o
imagine que você é responsável por realizar movimentações usuário Administrator (ou root) para realizar todo e qualquer
financeiras em um conjunto de contas bancárias e todas tipo de atividade. Ele é usado para se conectar à Internet,
estas contas possuem a mesma senha. Então, procure res- navegar utilizando o browser, ler e-mails, redigir documentos,
ponder as seguintes perguntas: etc.
1. Quais seriam as consequências se alguém
descobrisse esta senha? Este é um procedimento que deve ser sempre evitado,
2. E se fossem usadas senhas diferentes para cada pois você, como usuário Administrator (ou root), poderia aci-
conta, caso alguém descobrisse uma das senhas, um dentalmente apagar arquivos essenciais para o funcionamen-
possível prejuízo teria a mesma proporção? to do sistema operacional ou de algum software instalado em

Informática 25 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
seu computador. Ou ainda, poderia instalar inadvertidamente Existem casos onde um software ou sistema operacional
um software malicioso que, como usuário Administrator (ou instalado em um computador pode conter uma vulnerabilida-
root), teria todos os privilégios que necessitasse, podendo de que permite sua exploração remota, ou seja, através da
fazer qualquer coisa. rede. Portanto, um atacante conectado à Internet, ao explorar
tal vulnerabilidade, pode obter acesso não autorizado ao
Portanto, alguns dos principais cuidados que você deve computador vulnerável.
ter são:
1. elaborar uma boa senha para o usuário Administrator Códigos Maliciosos (Malware)
(ou root), Código malicioso ou Malware (Malicious Software) é um
2. utilizar o usuário Administrator (ou root) somente termo genérico que abrange todos os tipos de programa
quando for estritamente necessário; especificamente desenvolvidos para executar ações malicio-
3. criar tantos usuários com privilégios normais, quantas sas em um computador. Na literatura de segurança o termo
forem as pessoas que utilizam seu computador, para malware também é conhecido por "software malicioso".
substituir assim o usuário Administrator (ou root) em Alguns exemplos de malware são:
tarefas rotineiras, como leitura de e-mails, navegação 1. vírus;
na Internet, produção de documentos, etc. 2. worms e bots;
3. backdoors;
Engenharia Social 4. cavalos de tróia;
O termo é utilizado para descrever um método de ataque, 5. keyloggers e outros programas spyware;
onde alguém faz uso da persuasão, muitas vezes abusando 6. rootkits.
da ingenuidade ou confiança do usuário, para obter informa-
ções que podem ser utilizadas para ter acesso não autoriza- O QUE É DDOS?
do a computadores ou informações. DDoS (Distributed Denial of Service) constitui um ataque
de negação de serviço distribuído, ou seja, um conjunto de
QUE EXEMPLOS PODEM SER CITADOS SOBRE ESTE computadores é utilizado para tirar de operação um ou mais
MÉTODO DE ATAQUE? serviços ou computadores conectados à Internet.
Os dois primeiros exemplos apresentam casos onde fo-
ram utilizadas mensagens de e-mail. O último exemplo apre- Normalmente estes ataques procuram ocupar toda a ban-
senta um ataque realizado por telefone. da disponível para o acesso a um computador ou rede, cau-
sando grande lentidão ou até mesmo indisponibilizando qual-
Exemplo 1: você recebe uma mensagem e-mail, onde o quer comunicação com este computador ou rede.
remetente é o gerente ou alguém em nome do departamento
de suporte do seu banco. Na mensagem ele diz que o serviço PROTEÇÃO CONTRA MALWARE
de Internet Banking está apresentando algum problema e que
tal problema pode ser corrigido se você executar o aplicativo Vírus
que está anexado à mensagem. A execução deste aplicativo Vírus é um programa ou parte de um programa de compu-
apresenta uma tela análoga àquela que você utiliza para ter tador, normalmente malicioso, que se propaga infectando,
acesso a conta bancária, aguardando que você digite sua isto é, inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de
senha. Na verdade, este aplicativo está preparado para furtar outros programas e arquivos de um computador. O vírus
sua senha de acesso a conta bancária e enviá-la para o depende da execução do programa ou arquivo hospedeiro
atacante. para que possa se tornar ativo e dar continuidade ao proces-
so de infecção.
Exemplo 2: você recebe uma mensagem de e-mail,
dizendo que seu computador está infectado por um vírus. A Nesta seção, entende-se por computador qualquer dispo-
mensagem sugere que você instale uma ferramenta sitivo computacional passível de infecção por vírus. Compu-
disponível em um site da Internet, para eliminar o vírus de tadores domésticos, notebooks, telefones celulares e PDAs
seu computador. A real função desta ferramenta não é são exemplos de dispositivos computacionais passíveis de
eliminar um vírus, mas sim permitir que alguém tenha acesso infecção.
ao seu computador e a todos os dados nele armazenados.
Como um vírus pode afetar um computador
Exemplo 3: algum desconhecido liga para a sua casa e Normalmente o vírus tem controle total sobre o computa-
diz ser do suporte técnico do seu provedor. Nesta ligação ele dor, podendo fazer de tudo, desde mostrar uma mensagem
diz que sua conexão com a Internet está apresentando algum de "feliz aniversário", até alterar ou destruir programas e
problema e, então, pede sua senha para corrigí-lo. Caso você arquivos do disco.
entregue sua senha, este suposto técnico poderá realizar
uma infinidade de atividades maliciosas, utilizando a sua Como o computador éinfectado por um vírus
conta de acesso a Internet e, portanto, relacionando tais Para que um computador seja infectado por um vírus, é
atividades ao seu nome. preciso que um programa previamente infectado seja execu-
tado. Isto pode ocorrer de diversas maneiras, tais como:
Estes casos mostram ataques típicos de engenharia soci- - abrir arquivos anexados aos e-mails;
al, pois os discursos apresentados nos exemplos procuram - abrir arquivos do Word, Excel, etc;
induzir o usuário a realizar alguma tarefa e o sucesso do - abrir arquivos armazenados em outros computadores,
ataque depende única e exclusivamente da decisão do usuá- através do compartilhamento de recursos;
rio em fornecer informações sensíveis ou executar progra- - instalar programas de procedência duvidosa ou des-
mas. conhecida, obtidos pela Internet, de disquetes, pen dri-
ves, CDs, DVDs, etc;
Vulnerabilidade - ter alguma mídia removível (infectada) conectada ou
Vulnerabilidade é definida como uma falha no projeto, im- inserida no computador, quando ele é ligado.
plementação ou configuração de um software ou sistema
operacional que, quando explorada por um atacante, resulta Algumas das medidas de prevenção contra a infecção
na violação da segurança de um computador. por vírus são:
• instalar e manter atualizados um bom programa antiví-

Informática 26 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
rus e suas assinaturas; pacto da possível instalação de um programa spyware em um
• desabilitar no seu programa leitor de e-mails a auto- computador.
execução de arquivos anexados às mensagens;
• não executar ou abrir arquivos recebidos por e-mail ou WORMS
por outras fontes, mesmo que venham de pessoas co- Worm é um programa capaz de se propagar automatica-
nhecidas. Caso seja necessário abrir o arquivo, certifi- mente através de redes, enviando cópias de si mesmo de
que-se que ele foi verificado pelo programa antivírus; computador para computador.
procurar utilizar na elaboração de documentos forma-
tos menos suscetíveis à propagação de vírus, tais co- Diferente do vírus, o worm não embute cópias de si mes-
mo RTF, PDF ou PostScript; procurar não utilizar, no mo em outros programas ou arquivos e não necessita ser
caso de arquivos comprimidos, o formato executável. explicitamente executado para se propagar. Sua propagação
Utilize o próprio formato compactado, como por exem- se dá através da exploração de vulnerabilidades existentes
plo Zip ou Gzip. ou falhas na configuração de softwares instalados em compu-
tadores.
SPYWARE
Spyware, por sua vez, é o termo utilizado para se referir a Como um worm pode afetar um computador
uma grande categoria de software que tem o objetivo de Geralmente o worm não tem como consequência os
monitorar atividades de um sistema e enviar as informações mesmos danos gerados por um vírus, como por exemplo a
coletadas para terceiros. infecção de programas e arquivos ou a destruição de infor-
mações. Isto não quer dizer que não represente uma ameaça
Existem adwares que também são considerados um tipo à segurança de um computador, ou que não cause qualquer
de spyware, pois são projetados para monitorar os hábitos do tipo de dano.
usuário durante a navegação na Internet, direcionando as
propagandas que serão apresentadas. Worms são notadamente responsáveis por consumir mui-
tos recursos. Degradam sensivelmente o desempenho de
Os spywares, assim como os adwares, podem ser utiliza- redes e podem lotar o disco rígido de computadores, devido à
dos de forma legítima, mas, na maioria das vezes, são utili- grande quantidade de cópias de si mesmo que costumam
zados de forma dissimulada, não autorizada e maliciosa. propagar. Além disso, podem gerar grandes transtornos para
aqueles que estão recebendo tais cópias.
Seguem algumas funcionalidades implementadas em
Como posso saber se meu computador está sendo u-
spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou mali-
tilizado para propagar um worm?
cioso:
Detectar a presença de um worm em um computador não
- monitoramento de URLs acessadas enquanto o usuá-
é uma tarefa fácil. Muitas vezes os worms realizam uma série
rio navega na Internet;
de atividades, incluindo sua propagação, sem que o usuário
- alteração da página inicial apresentada no browser do
tenha conhecimento.
usuário;
- varredura dos arquivos armazenados no disco rígido
Embora alguns programas antivírus permitam detectar a
do computador;
presença de worms e até mesmo evitar que eles se propa-
- monitoramento e captura de informações inseridas em
guem, isto nem sempre é possível.
outros programas, como IRC ou processadores de tex-
to; instalação de outros programas spyware;
Portanto, o melhor é evitar que seu computador seja utili-
- monitoramento de teclas digitadas pelo usuário ou re-
zado para propagá-los.
giões da tela próximas ao clique do mouse;
- captura de senhas bancárias e números de cartões de Como posso proteger um computador de worms
crédito;
Além de utilizar um bom antivírus, que permita detectar e
- captura de outras senhas usadas em sites de comércio até mesmo evitar a propagação de um worm, é importante
eletrônico; que o sistema operacional e os softwares instalados em seu
computador não possuam vulnerabilidades.
É importante ter em mente que estes programas, na maio-
ria das vezes, comprometem a privacidade do usuário e, pior, Normalmente um worm procura explorar alguma vulnera-
a segurança do computador do usuário, dependendo das bilidade disponível em um computador, para que possa se
ações realizadas pelo spyware no computador e de quais propagar. Portanto, as medidas preventivas mais importantes
informações são monitoradas e enviadas para terceiros.
são aquelas que procuram evitar a existência de vulnerabili-
dades: Riscos Envolvidos no Uso da Internet e Métodos de
Como se proteger
Prevenção.
Existem ferramentas específicas, conhecidas como "anti-
spyware", capazes de detectar e remover uma grande quan-
Uma outra medida preventiva é ter instalado em seu com-
tidade de programas spyware. Algumas destas ferramentas
putador um firewall pessoal6. Se bem configurado, o firewall
são gratuitas para uso pessoal e podem ser obtidas pela
pessoal pode evitar que um worm explore uma possível vul-
Internet (antes de obter um programa anti-spyware pela In-
nerabilidade em algum serviço disponível em seu computador
ternet, verifique sua procedência e certifique-se que o fabri-
ou, em alguns casos, mesmo que o worm já esteja instalado
cante é confiável).
em seu computador, pode evitar que explore vulnerabilidades
em outros computadores.
Além da utilização de uma ferramenta anti-spyware, as
medidas preventivas contra a infecção por vírus são forte- TROJANS
mente recomendadas. Conta a mitologia grega que o "Cavalo de Tróia" foi uma
grande estátua, utilizada como instrumento de guerra pelos
Uma outra medida preventiva é utilizar um firewall pesso-
gregos para obter acesso a cidade de Tróia. A estátua do
al, pois alguns firewalls podem bloquear o recebimento de cavalo foi recheada com soldados que, durante a noite, abri-
programas spyware. Além disso, se bem configurado, o fire- ram os portões da cidade possibilitando a entrada dos gregos
wall pode bloquear o envio de informações coletadas por
e a dominação de Tróia. Daí surgiram os termos "Presente de
estes programas para terceiros, de forma a amenizar o im-

Informática 27 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Grego" e "Cavalo de Tróia". que o usuário perceba, programas que realizam uma série de
atividades maliciosas.
Na informática, um cavalo de tróia (trojan horse) é um
programa, normalmente recebido como um "presente" (por É possível saber se um cavalo de tróia instalou algo
exemplo, cartão virtual, álbum de fotos, protetor de tela, jogo, em um computador?
etc), que além de executar funções para as quais foi aparen- A utilização de um bom programa antivírus (desde que se-
temente projetado, também executa outras funções normal- ja atualizado frequentemente) normalmente possibilita a de-
mente maliciosas e sem o conhecimento do usuário. tecção de programas instalados pelos cavalos de tróia.
Algumas das funções maliciosas que podem ser executa-
das por um cavalo de tróia são: É importante lembrar que nem sempre o antivírus será
capaz de detectar ou remover os programas deixados por um
Furto de senhas e outras informações sensíveis, como cavalo de tróia, principalmente se estes programas forem
números de cartões de crédito; inclusão de backdoors, para mais recentes que as assinaturas do seu antivírus.
permitir que um atacante tenha total controle sobre o compu-
tador; alteração ou destruição de arquivos. Existe alguma maneira de proteger um computador
dos cavalos de tróia?
Como um cavalo de tróia pode ser diferenciado de um Instalar e manter atualizados um bom programa antivírus
vírus ou worm e suas assinaturas; desabilitar no seu programa leitor de e-
Por definição, o cavalo de tróia distingue-se de um vírus mails a auto-execução de arquivos anexados às mensagens;
ou de um worm por não infectar outros arquivos, nem propa- não executar ou abrir arquivos recebidos por e-mail ou por
gar cópias de si mesmo automaticamente. outras fontes, mesmo que venham de pessoas conhecidas.
Caso seja necessário abrir o arquivo, certifique-se que ele foi
Normalmente um cavalo de tróia consiste em um único verificado pelo programa antivírus; devem estar sempre atua-
arquivo que necessita ser explicitamente executado. lizados, caso contrário poderá não detectar os vírus mais
recentes
Podem existir casos onde um cavalo de tróia contenha um
vírus ou worm. Mas mesmo nestes casos é possível distinguir PHISHIN SCAN
as ações realizadas como consequência da execução do Phishing, também conhecido como phishing scam ou phi-
cavalo de tróia propriamente dito, daquelas relacionadas ao shing/scam, foi um termo originalmente criado para descrever
comportamento de um vírus ou worm. o tipo de fraude que se dá através do envio de mensagem
não solicitada, que se passa por comunicação de uma institu-
Como um cavalo de tróia se instala em um computa- ição conhecida, como um banco, empresa ou site popular, e
dor que procura induzir o acesso a páginas fraudulentas (falsifi-
É necessário que o cavalo de tróia seja executado para cadas), projetadas para furtar dados pessoais e financeiros
que ele se instale em um computador. Geralmente um cavalo de usuários.
de tróia vem anexado a um e-mail ou está disponível em
algum site na Internet. A palavra phishing (de "fishing") vem de uma analogia cri-
ada pelos fraudadores, onde "iscas" (e-mails) são usadas
É importante ressaltar que existem programas leitores de para "pescar" senhas e dados financeiros de usuários da
e-mails que podem estar configurados para executar automa- Internet.
ticamente arquivos anexados às mensagens. Neste caso, o
simples fato de ler uma mensagem é suficiente para que um Atualmente, este termo vêm sendo utilizado também para
arquivo anexado seja executado. se referir aos seguintes casos:
- mensagem que procura induzir o usuário à instalação
Que exemplos podem ser citados sobre programas de códigos maliciosos, projetados para furtar dados
contendo cavalos de tróia? pessoais e financeiros;
Exemplos comuns de cavalos de tróia são programas que - mensagem que, no próprio conteúdo, apresenta formu-
você recebe ou obtém de algum site e que parecem ser ape- lários para o preenchimento e envio de dados pessoais
nas cartões virtuais animados, álbuns de fotos de alguma e financeiros de usuários.
celebridade, jogos, protetores de tela, entre outros.
A subseções a seguir apresentam cinco situações envol-
Enquanto estão sendo executados, estes programas po- vendo phishing, que vêm sendo utilizadas por fraudadores na
dem ao mesmo tempo enviar dados confidenciais para outro Internet. Observe que existem variantes para as situações
computador, instalar backdoors, alterar informações, apagar apresentadas. Além disso, novas formas de phishing podem
arquivos ou formatar o disco rígido. surgir, portanto é muito importante que você se mantenha
informado sobre os tipos de phishing que vêm sendo utiliza-
Existem também cavalos de tróia, utilizados normalmente dos pelos fraudadores, através dos veículos de comunicação,
em esquemas fraudulentos, que, ao serem instalados com como jornais, revistas e sites especializados.
sucesso, apenas exibem uma mensagem de erro.
Também é muito importante que você, ao identificar um
O que um cavalo de tróia pode fazer em um computa- caso de fraude via Internet, notifique a instituição envolvida,
dor para que ela possa tomar as providências cabíveis.
O cavalo de tróia, na maioria das vezes, instalará progra-
mas para possibilitar que um invasor tenha controle total Criptografia
sobre um computador. Estes programas podem permitir que Criptografia é a ciência e arte de escrever mensagens em
o invasor: tenha acesso e copie todos os arquivos armazena- forma cifrada ou em código. É parte de um campo de estudos
dos no computador; descubra todas as senhas digitadas pelo que trata das comunicações secretas, usadas, dentre outras
usuário; formate o disco rígido do computador, etc. finalidades, para:

Um cavalo de tróia pode instalar programas sem o  autenticar a identidade de usuários;


conhecimento do usuário?
Sim. Normalmente o cavalo de tróia procura instalar, sem
 autenticar e proteger o sigilo de comunicações
pessoais e de transações comerciais e bancárias;

Informática 28 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

 proteger a integridade de transferências eletrônicas de


O objetivo da assinatura digital no certificado é indicar que
fundos. uma outra entidade (a Autoridade Certificadora) garante a
veracidade das informações nele contidas.
Uma mensagem codificada por um método de criptografia
deve ser privada, ou seja, somente aquele que enviou e PROGRAMAS PARA PROTEÇÃO
aquele que recebeu devem ter acesso ao conteúdo da men- Anti-Vírus
sagem. Além disso, uma mensagem deve poder ser assina- Os anti-vírus são programas que detectam, anulam e eli-
da, ou seja, a pessoa que a recebeu deve poder verificar se o minam os Vírus de computador. Atualmente os programas
remetente é mesmo a pessoa que diz ser e ter a capacidade anti-vírus foram ganhando novas funcionalidades e conse-
de identificar se uma mensagem pode ter sido modificada. guem eliminar Cavalos de Tróia, barram programas Java e
ActiveX hostis e verificam e-mails.
Os métodos de criptografia atuais são seguros e eficien-
tes e baseiam-se no uso de uma ou mais chaves. A chave é Um bom anti-vírus deve possuir as seguintes funcionali-
uma sequência de caracteres, que pode conter letras, dígitos dades:
e símbolos (como uma senha), e que é convertida em um - Identificar e eliminar uma boa quantidade18 de Vírus;
número, utilizado pelos métodos de criptografia para codificar - Analisar os arquivos que estão sendo baixados pela
e decodificar mensagens. Internet;
- Verificar continuamente os discos rígidos e flexíveis de
O QUE É ASSINATURA DIGITAL? forma transparente ao usuário;
A assinatura digital consiste na criação de um código, a- - Procurar Vírus e Cavalos de Tróia em arquivos anexa-
través da utilização de uma chave privada, de modo que a dos aos e-mails;
pessoa ou entidade que receber uma mensagem contendo - Criar um disquete de verificação (disquete de boot)
este código possa verificar se o remetente é mesmo quem diz que pode ser utilizado caso o Vírus seja mais esperto
ser e identificar qualquer mensagem que possa ter sido modi- e anule o anti-vírus que está instalado no computador;
ficada. - Atualizar os bancos de dados de Vírus pela rede.
Desta forma, é utilizado o método de criptografia de cha- Alguns anti-vírus, além das funcionalidades acima, ainda
ves pública e privada. verificam o funcionamento dos programas de seu computa-
dor, avisando ao usuário; caso algum programa comece a
Se José quiser enviar uma mensagem assinada para Ma- apresentar algum comportamento suspeito (como por exem-
ria, ele codificará a mensagem com sua chave privada. Neste plo, o programa de e-mail começar a mandar e-mails sozi-
processo será gerada uma assinatura digital, que será adi- nho).As dicas para o uso do anti-vírus são simples: mantê-lo
cionada à mensagem enviada para Maria. Ao receber a men- sempre atualizado e criar o disquete de verificação para utili-
sagem, Maria utilizará a chave pública de José para decodifi- zá-lo de vez em quando ou quando seu computador estiver
car a mensagem. Neste processo será gerada uma segunda apresentando um comportamento anormal (mais lento, gra-
assinatura digital, que será comparada à primeira. Se as vando ou lendo o disco fora de hora, etc.). É importante pas-
assinaturas forem idênticas, Maria terá certeza que o reme- sar manualmente o anti-vírus em todo e qualquer disquete
tente da mensagem foi o José e que a mensagem não foi que esteja no drive. Algumas versões de anti-vírus são gratui-
modificada. tas para uso pessoal e podem ser baixadas pela Internet.
É importante ressaltar que a segurança do método basei- FIREWALLS
a-se no fato de que a chave privada é conhecida apenas pelo Os Firewalls são sistemas ou programas que barram co-
seu dono. Também é importante ressaltar que o fato de assi- nexões indesejadas na Internet. Assim, se algum hacker ou
nar uma mensagem não significa gerar uma mensagem sigi- programa suspeito tenta fazer uma conexão ao seu computa-
losa. Para o exemplo anterior, se José quisesse assinar a dor o Firewall irá bloquear. Com um Firewall instalado em seu
mensagem e ter certeza de que apenas Maria teria acesso a computador, grande parte dos Cavalos de Tróia serão barra-
seu conteúdo, seria preciso codificá-la com a chave pública dos mesmo se já estiverem instalados em seu computador.
de Maria, depois de assiná-la. Alguns programas de Firewall chegam ao requinte de analisar
continuamente o conteúdo das conexões, filtrando os Cava-
Certificado Digital los de Tróia e os Vírus de e-mail antes mesmo que os anti-
O certificado digital é um arquivo eletrônico que contém vírus entrem em ação. Esta análise do conteúdo da conexão
dados de uma pessoa ou instituição, utilizados para compro- serve, ainda, para os usuários barrarem o acesso a sites com
var sua identidade. Este arquivo pode estar armazenado em conteúdo erótico ou ofensivo, por exemplo. Existem, ainda,
um computador ou em outra mídia, como um token ou smart pacotes de Firewall que funcionam em conjunto com os anti-
card. vírus possibilitando ainda um nível maior de segurança nos
computadores que são utilizados em conexões com a Inter-
Exemplos semelhantes a um certificado digital são o net. Assim como certos antiv írus, alguns fabricantes de Fire-
CNPJ, RG, CPF e carteira de habilitação de uma pessoa. walls oferecem versões gratuitas de seus produtos para uso
Cada um deles contém um conjunto de informações que pessoal. Existem programas e sistemas de Firewall extrema-
identificam a instituição ou pessoa e a autoridade (para estes mente complexos que fazem uma análise mais detalhada das
exemplos, órgãos públicos) que garante sua validade. conexões entre os computadores e que são utilizados em
redes de maior porte e que são muito caros para o usuário
Algumas das principais informações encontradas em um doméstico. A versão doméstica deste programa geralmente é
certificado digital são: chamada de Firewall pessoal. Normalmente estes programas
1. dados que identificam o dono (nome, número de de Firewall criam arquivos especiais em seu computador
identificação, estado, etc); denominados de arquivos de log. Nestes arquivos serão
2. nome da Autoridade Certificadora (AC) que emitiu o armazenadas as tentativas de invasão que o Firewall conse-
certificado; guiu detectar e que são avisadas ao usuário. Caso necessá-
3. o número de série e o período de validade do rio envie este arquivo de log para seu provedor, assim o pes-
certificado; soal do provedor poderá comparar os seus logs com os do
4. a assinatura digital da AC. provedor, verificando se a invasão ocorreu de fato ou foi um

Informática 29 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
alarme falso. 3. SAÍDA DE DADOS: fornecer os resultados obtidos.

WINDOWS UPDATE Tanto os computadores de grande porte como as calcu-


Manter o computador com patches atualizados é muito ladoras eletrônicas de bolso trabalham basicamente execu-
importante. Portanto, visitas ao site do Windows Update e do tando esses três processos.
Office devem ser uma prática regular. As atualizações corri-
gem os problemas encontrados em versões anteriores dos CARACTERÍSTICAS DE UM COMPUTADOR
softwares (programas). O que distingue o computador das demais máquinas ou
aparelhos tradicionais de cálculo, tais como o ábaco, régua
SCANDISK de cálculo, máquina de somar eletromecânica são suas ca-
O disco rígido é a unidade principal de armazenamento de racterísticas
dados do computador. Então ele tem que ser verificado com • ALTA VELOCIDADE: na execução, de suas opera-
alguma regularidade. Esta ferramenta existe para isso. Ela ções.
verifica o disco rígido a procura de setores com defeitos e • MEMÓRIA: grande capacidade de armazenar informa-
que podem causar perda de dados. Quando isso existe ou ções.
quando esta ferramenta encontra erros em arquivos (chama- • PROGRAMA: capacidade de executar longa sequên-
dos de arquivos corrompidos), um arquivo do tipo CHK é cia alternativa de operações.
gerado com a informação recuperada. Este arquivo é utiliza-
do pelos técnicos de informática para recuperar os arquivos, A grande velocidade de calcular pode ser avaliada pelo
mas em geral nem todos os dados são recuperáveis. Por isso uso de unidade de medida chamada MICROSSEGUNDO
estes arquivos podem ser apagados. Mas, a partir do mo-
mento que foram apagados, não podem mais ser recupera-
dos.

CONCEITOS DE INFORMÁTICA, HARDWARE E SOFT-


WARE.

TIPOS DE COMPUTADORES

CONCEITO
É a ciência que estuda o tratamento automático e racional
da informação. A informática manipula informações tais co-
mo: computador, comunicação, matemática aplicada etc.

PROCESSAMENTO DE DADOS
Processamento de Dados é a atividade que consiste em
transformar determinadas informações, a fim de obter outras,
ou as mesmas, sob outra forma, para alguma finalidade práti- (que corresponde à milionésima parte de um segundo) ou
ca. NANOSSEGUNDO (que corresponde a 0,000000001s).

Este tratamento de dados é feito por meio de máquinas, A capacidade de armazenar informações em local cha-
com o fim de obter resultados da informação representada mado MEMÓRIA atinge, por exemplo, informações corres-
pelos dados. pondentes a todos os contribuintes do imposto de renda de
uma cidade ou estado, ou o nome do item, a quantidade e o
O processamento se dá pelas formas: preço unitário de um estoque de mercadorias de um super-
mercado.
ON-LINE
É o funcionamento dos terminais, arquivos e equipamen- MÁQUINA PROGRAMÁVEL
tos auxiliares do computador, que operam sob o controle O computador pode guardar na memória uma grande se-
direto deste, eliminando a necessidade de intervenção huma- quência pré-organizada de operações e depois executá-la
na em qualquer das fases compreendidas entre a entrada de com grande rapidez.
dados e o resultado final.
Essa sequência de operações para resolver um problema
BATCH chama-se PROGRAMA.
É o funcionamento no qual os dados a serem processa-
dos ou programas a serem executados são agrupados para Uma pessoa treinada (especialista) prepara um programa
que seus processamentos sejam efetuados de uma só vez para resolver cada problema apresentado. De acordo com o
(em lote). programa que está guardado (dizemos que o programa está
carregado) na memória, o computador consegue resolver um
COMPUTADOR problema diferente.
Definição:
É uma máquina ou dispositivo físico utilizado no tratamen- O computador nada cria; apenas executa, com grande ra-
to da informação. pidez, a sequência de operações (ou programa) preparada
pelo especialista.
Basicamente esta máquina ou dispositivo lê dados, efetua
cálculos e fornece resultados. CLASSIFICAÇÃO:
Conforme o tipo de dado manipulado, podemos ter os se-
Todo o serviço por ele executado é efetuado através dos guintes tipos de computador:
seguintes processos básicos: - computador digital;
1. ENTRADA DE DADOS. ler ou receber os valores inici- - computador analógico ou análogo;
ais e constantes; - computador híbrido.
2. PROCESSAMENTO: efetuar o cálculo;

Informática 30 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
COMPUTADOR DIGITAL: ⇒ O gerenciamento da base de conhecimentos.
Manipula dados formados através de um processo de ⇒ A resolução de problemas mediante inferência dedu-
contagem de valor unitário chamado dígito, como acontece tiva ou indutiva.
com a contagem dos dedos da mão, das bolinhas de um
⇒ A possibilidade de intercomunicação (interface) ho-
ábaco, etc.
mem-máquina baseada em linguagens naturais, gráfi-
COMPUTADOR ANALÓGICO: cos, etc.
Manipula dados obtidos por um processo de comparação
ESTRUTURA DE UM COMPUTADOR DE QUINTA GERA-
e analogia de medidas de fenômenos físicos diferentes. O
computador efetua operações com correntes elétricas obtidas ÇÃO
A estrutura deste tipo de máquina é formada basicamente
no processo de medida de pressão atmosférica, de tempera-
por três subsistemas: a interface externa, o sistema lógico e o
tura, de velocidade, etc.
hardware do equipamento.
O computador analógico processa com vantagem muitos
problemas científicos, pois manipula diretamente as medidas CLASSIFICAÇÃO DO COMPUTADOR PELO PORTE
Nos primeiros tempos da computação eletrônica, costu-
obtidas sem convertê-las em dados numéricos.
mava-se fazer uma classificação dos computadores em sis-
COMPUTADOR HÍBRIDO temas de pequeno, médio e grande porte, sendo que o "por-
Possui uma combinação dos dois tipos referidos. Em ge- te" se referia mais à capacidade de processamento do que
ral, para o recebimento de dados e de certas operações, o propriamente às dimensões físicas do sistema.
computador utiliza a sua parte analógica; para a conversão
do resultado final ou armazenamento dos dados intermediá- Atualmente, essa classificação não tem mais razão de
rios, utiliza a parte digital. ser, porquanto um dado modelo de computador pode apre-
sentar-se com diversas configurações, isto é, pode ser consti-
Alguém já disse que não podem existir computadores- tuído de um número maior ou menor de unidades, que podem
robôs tais como nos são apresentados nos filmes de ficção ter diferentes capacidades. Por essa razão, falamos hoje em
científica; mas, por outro lado, nós também vimos como os configurações pequenas, médias e grandes.
contos de ficção científica se tornaram realidade: Viagem à
Lua, de Júlio Verne, pode ser um exemplo. Porque então não Por exemplo, podemos considerar como "pequena" uma
será possível transpor para um computador uma pequena configuração com memória inferior a 32 Mbytes, como "mé-
porção de "inteligência humana"? As pesquisas dos cientistas dia" uma configuração com memória entre 32 Mbytes e 216
seguem este caminho: linguistas, psicólogos, estadistas e Mbytes.
especialistas em engenharia de software estão empenhados
em inaugurar uma nova era na ciência da computação, fun- A existência de diversas configurações de um mesmo
damentada no que chamamos inteligência artificial. modelo de computador tem como consequência o conceito
de MODULARIDADE.
Este tipo de ciência vêm se desenvolvendo muito muitos
nestes últimos anos, e hoje em dia, já temos sites na Internet A modularidade pode ser definida como a capacidade de
que oferecem programas que um computador conversa com ampliação de um sistema já instalado, pela agregação de
um humano, utilizando este tipo de tecnologia. novas unidades ou pelo aumento da capacidade das unida-
des existentes.
COMPUTADORES INTELIGENTES
Entre os computadores de quinta geração encontram-se Graças a este conceito, o usuário poderá instalar, uma
os chamados "inteligentes", assim denominados porque, em configuração correspondente às suas necessidades do mo-
vez de processar dados, processam conhecimentos, isto é, mento, e depois ampliar a instalação (por exemplo, aumentar
idéias armazenadas pelo homem na memória do computador. a capacidade de fita ou de disco), à medida que for aumen-
tando o volume e/ou a complexidade do serviço.
Os computadores inteligentes substituem o processamen-
to sequencial pelo processamento associativo, no qual a Assim sendo, um usuário poderá começar com uma configu-
busca da informação é realizada não mais pelo endereço. ração pequena de determinado modelo de computador, e
mas pelo conteúdo das variáveis (lnferência Lógica). depois expandida, de modo a obter uma configuração
média ou até grande.
A linguagem de máquina deste tipo de computadores é a
linguagem de núcleo ou linguagem Kemel, baseada na, lógi- Dessa forma podemos entrar com informações, que serão
ca dos predicados. Diferentemente do que ocorre com os armazenadas na memória e posteriormente processadas pelo
computadores comuns, esta linguagem de máquina é consi- microprocessador (UCP), os resultados poderão ser enviados
derada uma linguagem de alto nível, uma vez que apresenta de volta para a memória e então para uma unidade de saída,
funções de auxilio ao usuário facilitando o uso de linguagens para que possamos ver e analisar esses resultados.
naturais para a sua comunicação com o computador.
Existem várias formas e tipos de unidades de entrada e
CARACTERÍSTICAS DOS COMPUTADORES INTELIGEN- de saída. As mais comuns, e presentes em quase todos os
TES micros, são o TECLADO (para entrada) e o MONITOR DE
Os computadores inteligentes de quinta geração recebem VÍDEO (para saída).
o nome de KIPS (Knowledge Information Processing Systems
- Sistemas para o Processamento do Conhecimento da In- Outra unidade de saída padrão é a impressora, que por
formação) porque se destinam ao processamento do conhe- sinal foi historicamente a primeira a ser utilizada.
cimento. Essas máquinas são capazes de realizar sucessivas
inferências (deduções lógicas) a partir de regras e fatos gra- Um problema surge quando o micro está operando dessa
vados numa base de conhecimentos em vez da tradicional forma, ou seja, configurado com unidades de entrada, sa-
base de dados. ída e memória.

Os computadores KIPS permitem: A memória principal ou central, diretamente conectada ao

Informática 31 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
microprocessador, funciona com eletricidade e deve estar uso pessoal/profissional, e micros de uso pessoal/doméstico.
energizada para armazenar dados, ou seja, ela só consegue
armazenar dados se for alimentada com eletricidade. Quando COMPUTADORES DE GRANDE PORTE
desligamos o micro, todos os dados armazenados na memó- Para o processamento de grandes volumes de informa-
ria principal desaparecem; basta uma "piscada" na força para ções, seja nas áreas administrativas ou científicas, é neces-
ela esquecer tudo. sária a utilização de grandes equipamentos.

Por conseguinte, precisamos de outro dispositivo periféri- Como exemplo de uma aplicação científica para a qual é
co, que não seja afetado pela falta de energia e que possa apropriado um grande computador, pode ser citada a manu-
armazenar informações de uma forma semelhante à memória tenção de uma base de dados com as informações do fun-
principal, ou seja, uma memória não-temporária. Este perifé- cionamento de uma hidroelétrica. Neste caso, além da ne-
rico, chamado memória auxiliar ou memória de massa ou cessidade de uma grande capacidade de armazenamento,
ainda memória secundária pode assumir várias formas, po- existe também a necessidade da potência de cálculo, para o
rém, atualmente a maioria utiliza o mesmo principio físico de controle de uma situação de emergência. Este tipo de aplica-
armazenamento magnético. E a mesma idéia da fita cassete, ção também configura a necessidade de utilização de compu-
onde se grava uma música, e depois pode-se escutá-la a tadores extremamente confiáveis.
qualquer momento. Em processamento de dados, ao invés
de músicas, armazenaremos dados e informações e, sempre No campo da administração, existem determinadas apli-
que precisarmos, poderemos recuperá-los. cações que só podem ser realizadas com um grande compu-
tador. Um exemplo significativo pode ser o processamento do
As fitas magnéticas apresentam um pequeno problema: movimento de contas correntes de um grande Banco ou insti-
quando queremos escutar a quarta música gravada, precisa- tuição financeira.
mos bobinar a fita até o local onde a música se encontra,
para então escutá-la. Este fato, chamado leitura sequencial, Normalmente, a adoção de grandes computadores implica
não acontece com os discos, pois permitem que levemos a na realização de investimentos de peso, tanto pelo custo dos
agulha diretamente ao ponto desejado e tocar, por exemplo a próprios equipamentos como pelas instalações especiais que
Quarta música. A principal vantagem desse processo, de estes sistemas exigem: ar condicionado, sistemas de forne-
leitura ou acesso direto, é economizar o tempo necessário cimento de energia, espaço, esquemas de segurança, etc.
para encontrar, ler ou gravar os dados.
Também a equipe humana dedicada à sua operação deve
A grande maioria dos microcomputadores utiliza, como ser numerosa e de alto nível técnico, envolvendo analistas de
unidade de memória auxiliar, uma ou duas unidades de dis- sistemas, analistas de software, schedullers de operação,
cos magnéticos. além dos elementos normalmente necessários em outros
portes, de equipamentos, como programadores, operadores,
O principio de funcionamento é idêntico ao da fita, só que digitadores, etc.
permite o acesso direto às informações gravadas em sua
superfície. Por estes motivos, só é recomendada sua implantação se
a complexidade ou as características das aplicações real-
Atualmente, os microcomputadores constituem um dos mente justificarem estas condições.
produtos de maior importância no mercado de informática.
No mercado mundial, as empresas fabricantes de compu-
Quando surgiram, os primeiros minicomputadores foram tadores com maior participação neste segmento são a IBM, a
usados para oferecer um serviço inexistente até então, Unisys, e a Fujitsu.
mas durante a década de 70, os minicomputadores inva-
diram o setor de atuação mais baixo dos grandes equi- MICROPROCESSADORES - CARACTERÍSTICAS
pamentos. Os microcomputadores estão trilhando o mes- O cérebro do computador é o processador - a C.P.U., ou
mo caminho: nos anos 70, ocuparam um espaço vazio, seja, a Central Processing Unit. E é a CPU que processa as
mas ultimamente vêm ocupando muitas áreas, antes co- informações e administra o emprego de todos os recursos
bertas pelos minicomputadores. disponíveis. Assim, por exemplo, é a CPU que opera os cál-
culos, numa velocidade incomum.
Logo após o aparecimento do microprocessador e um
pouco depois do primeiro mini, os primeiros micros tinham Nos microcomputadores, a CPU é um circuito integrado,
características consideradas inferiores aos minis da época. chamado microprocessador.
Alguns diziam que os micros seriam utilizados apenas em
lazer, usos domésticos e pessoais. Essa CPU é um circuito eletrônico integrado, que tem por
deficiência só distinguir se está (1) ligado, ou (0) desligado -
Sim, o surgimento e o aperfeiçoamento dos microproces- ou seja, só reconhece os números "0" e "1" - mas faz isso
sadores (um "cérebro", integrado em um espaço extraordina- com velocidade altíssima, de 0,1 a 3 Bilhões de operações
riamente reduzido, capaz de dirigir, controlar e coordenar por segundo, dependendo do modelo.
toda a atividade do sistema) foram os grandes fatores res-
ponsáveis pela introdução e aperfeiçoamento dos micros. O primeiro microprocessador foi o lntel 4004 de 4 bits, de
Possibilitaram a extensão das facilidades de utilização da (1971) um Circuito Integrado com 2.250 transistores. Hoje os
informática à segmentos que em outras épocas, nunca se moderníssimos microprocessadores são pequeníssimos
imaginaria que pudessem ser beneficiados. circuitos integrados, que trabalham com 64 bits, a uma velo-
cidade até superior a 3 BIPS (Bilhões de Instruções Por Se-
O final da década de 70 assistiu a um verdadeiro desfile gundo); são os microprocessadores Pentium 4 e Athlon.
de marcas, padrões e arquiteturas de microcomputadores.
Nos anos 80, contudo, com a entrada da IBM neste segmento O mais importante nos microprocessadores (chips) é sua
e a introdução do seu PC, um novo padrão foi definido. velocidade de processamento: os de 1000 Mhz, antes consi-
derados velozes, hoje estão superados, enquanto os de 2000
Esta definição já nos permite estabelecer duas segmenta- Ghz já são o básico, barateando e com uma relação cus-
ções quanto ao enfoque de utilização dos micros: micros de to/benefício mais praticável - mas os de 3 Ghz são os compu-

Informática 32 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
tadores de maior porte. A velocidade da indústria produtora Sensores
de microprocessadores é maior que a dos próprios chips, Os sensores são dispositivos que permitem capturar valo-
tornando acessível ao público produtos cada vez mais rápi- res de um dado processo contínuo e convertê-los para o
dos e mais baratos. formato digital, de modo a serem processados pelo computa-
dor.
DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAÍDA
Por exemplo, há sensores de temperatura, de velocidade
Discos Magné ticos e de luz. Estes dispositivos são utilizados frequentemente em
Os discos magnéticos são dispositivos de armazenamen- processos de monitorização industrial.
to de informação, externos ao conjunto formado pelo proces-
sador e pela memória principal. Microfone
Um microfone é um dispositivo de entrada que permite in-
Estes dispositivos são por vezes referidos como memória troduzir som no computador, para posterior edição e/ou ar-
secundária. mazenamento.

Drives de Discos Magné ticos Estes dispositivos encontram-se frequentemente em


As drives são dispositivos que leem e escrevem dados computadores multimedia.
nos discos magnéticos, canalizando a informação entre os
discos e o processador ou a memória principal. USB
Originalmente concebida como uma eficiente porta de
As drives podem ser internas ou externas à unidade de comunicação para periféricos (como mouse e impressora), foi
sistema. a porta escolhida para as câmeras digitais para descarregar
suas fotos.
Placas de Expansão
As placas de expansão são dispositivos que se utilizam DISPOSITIVOS DE SAÍDA
para extender as funcionalidades e o desempenho do compu- Monitor
tador. O monitor é um dispositivo periférico utilizado para a visu-
alização de informação armazenada num sistema informático.
Existe uma grande diversidade de placas de expansão,
como, por exemplo, placas de rede, de vídeo, de som e de CD-ROM
modem. O CD-ROM - Compact Disc, Read-Only Memory - é um disco
compacto, que funciona como uma memória apenas para
Terminal ou estação de trabalho leitura - e, assim, é uma forma de armazenamento de da-
Um terminal é um sistema normalmente constituído por dos que utiliza ótica de laser para ler os dados.
um teclado e por um monitor e que está ligado remotamente
a um computador central. Um CD-ROM comum tem capacidade para armazenar
417 vezes mais dados do que um disquete de 3,5 polegadas.
O computador central processa a informação introduzida Hoje, a maioria dos programas vem em CD, trazendo sons e
através do teclado do terminal, enviando os resultados de vídeo, além de textos e gráficos.
volta para serem visualizados no monitor do terminal.
Drive é o acionador ou leitor - assim o drive de CD-ROM é
Modem o dispositivo em que serão tocados os CD-ROMS, para que
Um modem é um dispositivo utilizado na ligação de com- seus textos e imagens, suas informações, enfim, sejam lidas
putadores através da rede telefónica pública. pela máquina e devidamente processadas.

O modem converte a informação digital do computador A velocidade de leitura é indicada pela expressão 2X, 4X,
num formato analógico, de modo a poder ser transmitida 8X etc., que revela o número de vezes mais rápidos que são
através das linhas telefónicas, e faz a conversão inversa na em relação aos sistemas de primeira geração.
recepção de informação da rede.
E a tecnologia dos equipamentos evoluiu rapidamente. Os
DISPOSITIVOS DE ENTRADA drivers de hoje em dia tem suas velocidades nominais de 54X
e 56X.
Teclado
O teclado é o dispositivo de entrada mais comum, permi- A velocidade de acesso é o tempo que passa entre o
tindo ao utilizador introduzir informação e comandos no com- momento em que se dá um comando e a recuperação dos
putador. dados. Já o índice de transferência é a velocidade com a qual
as informações ou instruções podem ser deslocadas entre
Mouse diferentes locais.
O rato é um dispositivo de entrada que permite ao utiliza-
dor percorrer e selecionar itens no ecrã do computador. Há dois tipos de leitor de CD-ROM: interno (embutidos no
computador); e externo ligados ao computador, como se
Este dispositivo envia ao computador as coordenadas do fossem periféricos).
cursor relativas aos movimentos no ecrã e ainda comandos
activados pela selecção de itens. Atualmente, o leitor de CD-ROM (drive de CD-ROM) é um
acessório multimídia muito importância, Presente em quase
Scanner todos os computadores.
O scanner é um dispositivo que lê informação impressa
em papel (texto e imagens) e a converte num formato digital. Os cds hoje em dia são muito utilizados para troca de ar-
quivos, através do uso de cds graváveis e regraváveis. Os
Uma vez dentro do computador, essa informação pode cds somente podem ser gravados utilizando-se um drive
ser armazenada, editada ou visualizada num monitor. especial de cd, chamado gravador de cd.

Informática 33 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
DVD – Rom com 9 agulhas) ou bem mais, no caso de impressoras de 24
Os DVDs são muito parecidos com os cds, porém a sua ca- agulhas . Quando um padrão de bits, correspondente a uma
pacidade de armazenamento é muito maior, para se ter caractere, é recebido no circuito de controle da impressora,
uma idéia, o DVD armazena quase que 10 vezes mais este padrão gera correntes elétricas que vão acionar a bobina
que um cd comum. ligada á correspondente de controle da impressora, este
padrão gera correntes elétricas que vão acionar a bobina
Por terem uma capacidade tão grande de armazenamento, ligada à correspondente agulha. Nessa ocasião, a bobina
comportam um conteúdo multimídia com facilidade, sendo energizada projeta rapidamente a agulha, que impacta a fita
muito usados para armazenar filmes e shows. com tinta impregnando o papel com um ponto. Logo em se-
guida, uma mola retoma rapidamente a agulha, que fica pron-
Os drives mais atuais permitem a gravação de dvds, porém o ta para novo acionamento.
seu preço ainda é muito alto para o uso doméstico, porém
um drive muito utilizado hoje em dia é o comb. Este drive Dessa forma, a cabeça imprime simultaneamente os n
possui a função de gravador de cd e leitor de dvd. pontos de uma coluna e logo em seguida os n pontos da
coluna seguinte, e assim sucessivamente até formar todo o
Data-Show caractere e o caractere seguinte e o seguinte, até completar a
Os projectores de imagens, ou data-show, são dispositi- linha.
vos que permitem visualizar documentos electrónicos (texto,
gráficos, imagens) armazenados num computador. Apesar de ainda estarem sendo produzidas em escala ra-
zoável, as impressoras matriciais vêm perdendo usuários em
Estes dispositivos são colocados em cima de um retropro- face das vantagens de preço/desempenho de modelos com
jector, e a sua ligação ao computador faz-se através do co- tecnologia mais avançadas, especialmente as impressoras de
nector do monitor. jato de tinta.

Impressoras Impressoras de Jato de Tinta


As impressoras são dispositivos que imprimem no papel As impressoras de Jato de Tinta ("ink-jet") semelhante-
documentos electrónicos (texto, gráficos, imagens) gerados mente às matriciais, produzem caracteres em um papel em
ou editados no computador. forma de matriz de pontos - com a diferença de que o ponto é
produzido por uma gota de tinta, que é lançada no papel e
Há diversos tipos de impressoras, com diferentes funcio- secada por calor. Da reunião dessas gotas resultará o forma-
namentos, desempenhos e custos. to do caractere, de forma bem parecida com os pontos obti-
Características Básicas dos pelas agulhas nas impressoras matriciais.
O volume de impressão que ela suporta em uma unidade
de tempo. Impressoras indicam sua vazão de impressão em O mecanismo de impressão é, em geral, constituído de
páginas por minuto. uma certa quantidade de pequeninos tubos com um bico
apropriado para permitir a saída das gotas de tinta. Um valor
A tecnologia utilizada para gerar os símbolos a serem im- típico de bicos existentes em mecanismos de impressão
pressos. Atualmente, impressoras podem ser do tipo: dessas impressoras oscila entre 50 e 64, mas atualmente já
• de jato de tinta; estão sendo lançados novos modelos com 128 e até 256
• a laser; bicos. A tecnologia mais comum - "dmp-on-demand buble jef'-
• por transferência de cera aquecida ("thermal-wax"); projeção gota por demanda - consiste na passagem de uma
• por sublimação de tinta ("dye sublimation"). corrente elétrica por uma resistência, que, aquecida por esta
corrente, gera suficiente calor para o tubo de tinta. No instan-
Impressoras Matriciais te em que se aquece o suficiente, a tinta vaporiza e se ex-
As impressora matriciais trabalham como máquinas de pande, acarretando a saída de uma gota pelo bico do tubo, a
escrever. Elas são muito comuns em escritórios e empresas qual vai ser depositada e sacada no papel, gerando um ponto
que emitem notas fiscais. A impressão é feita por meio de um de tinta. O processo ocorre milhares de vezes por segundo
dispositivo qualquer que se projeta contra uma fita com tinta, durante a impressão.
martelando-a contra um papel e nele imprimindo o símbolo
desejado (letra, desenho, etc). Há impressoras que funcionam com apenas um cartucho de
tinta preta, são as impressoras do tipo monocromáticas, e
O nome matricial por si só explica a essência de seu funcio- que imprimem colorido através do emprego de 2 cartu-
namento, já que os caracteres são formados por uma ma- chos de tinta, 1 preto e um colorido.
triz de pontos, expressão derivada do inglês: "dot pitch".
Sendo uma impressora do tipo jato de tinta, sua resolução
O método de geração dos pontos no papel se inicia com a (a quantidade de pontos que constituem um caractere) é tão
existência de um dispositivo (cabeça de impressão) composto maior - produz caracteres mais sólidos e nítidos - quanto a
de vários fios, muito finos, as agulhas ou pinos (em inglês quantidade de bicos que o mecanismo de impressão pode
usa- se "pin"), montados em um tubo e ligados a uma bobina ter. Seu mecanismo de impressão contém algo em tomo de
eletromagnética. As agulhas, que podem variar, em quanti- 60 bicos, produzindo, assim, uma matriz de pontos muito
dade, entre 9 e 24, são dispostas verticalmente, formando mais densa do que se consegue com impressoras matriciais
uma coluna, quando se trata de cabeça de impressão de 24 de 24 agulhas. Valores típicos de resolução de impressoras
agulhas. Para que as agulhas possam ficar dispostas bem de jato de tinta estão na faixa de 300 x 300 pontos por pole-
próximas umas das outras (e garantir, assim, boa qualidade gada e 360 x 360 pontos por polegada ("dpi-dots per inchs"),
de impressão), os magnetos são usualmente arranjados de com caracteres constituídos de uma matriz de 18 x 48 e até
forma radial. 36 x 48 pontos. Elas possuem outra vantagem sobre as im-
pressoras matriciais: são silenciosas, já que não dispõem de
A cabeça de impressão caminha da esquerda para a direi- mecanismo de impacto.
ta (ou nos dois sentidos, dependendo do tipo de impressora)
e em seu percurso vai marcando os pontos correspondentes Impressora a Laser
aos caracteres que se deseja imprimir. Em geral, um caracte- Mais sofisticas e com melhor qualidade de impressão, as
re é constituído de uma matriz com 5 x 9 pontos (impressora impressoras a laser funcionam semelhantemente às copiado-

Informática 34 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
ras de documentos, ou seja, projetam em um cilindro fotos- locava placas controladoras IDE, placa de video e som. Po-
sensitivo, uma imagem da página que será impressa. Em rém atualmente, todas as placas-mãe já vem com controlado-
seguida, um produto chamado "tonel'. composto de partículas ra IDE embutida e muitas delas com video e som juntos.
minúsculas, é espalhado sobre a imagem criada no cilindro.
Finalmente, a imagem é transferida do cilindro para um papel Isso foi uma medida que visava reduzir os custos de pro-
e secada por intenso calor; depois disso, o cilindro deve ter a dução de um computador. Realmente, o objetivo foi alcança-
imagem apagada para que uma nova imagem possa ser nele do mas muitas vezes, perdeu-se em qualidade. Por isso mui-
criada. E assim, sucessivamente, as páginas vão sendo im- tas pessoas acabam optando por comprar placas de vídeo e
pressas. A imagem é criada no cilindro através de um feixe som separadas apesar de já existirem esses dispositivos nas
de laser que é acesso e apagado a cada ponto do cilindro placas-mãe.
(como pixels em um vídeo), conforme a configuração binária A maior parte das placas-mãe apresentam as seguintes
e a localização dos símbolos que se deseja imprimir. característica:
• slots padrão PCI
Também as impressoras a laser imprimem ponto por pon- • slots padrão AGP
to e, por essa razão, sua resolução é medida em pontos por • Chips VLSI que controlam o barramento PCI
polegada ("dpi = dots per inch"). • Soquetes para a instalação de 3 ou 4 módulos de
memória
No mercado atual há impressoras deste tipo funcionando • Conectores de drives
com resolução de 300 dpi a 2.000 dpi's, produzindo páginas • Conectores das portas seriais (2)
em uma taxa em torno de 10 ppm e 17 ppm (impressoras • Conectores da porta paralela
pessoais), como também 24 e mais (impressoras que funcio-
• Conectores de portas USB
nam em rede locais de microcomputadores) ou máquinas de
• Conector da porta de jogos
maior poder, capazes de imprimir mais de 80 ppm.
• Conector para o Microprocessador
Plotters • Memória ROM (BIOS)
Os traçadores gráficos, ou plotters, são dispositivos de • Memória Cache Secundária
impressão em papel utilizados quando a qualidade exigida ao • Memória Principal
documento impresso é bastante elevada. • Bateria
• Conectores para os cabos de alimentação da fonte
Os plotters são constituídos por uma ou mais canetas que • Conectores para ligação dos fios do painel frontal do
se deslocam na largura do papel e cujos movimentos são gabinete
controlados por comandos enviados pelo computador. • Conector para ligar o teclado
• Cabo flat IDE
Colunas de Som • Cabo flat para Drives
As colunas de som encontram-se frequentemente em sis- • Cabos das interfaces serial, paralela e USB
temas com funcionalidades multimedia. • Micro ventilador (Cooler)

Estes dispositivos de saída convertem os ficheiros audio, Nas placa mais atuais, os chips de placa de vídeo, placa
que se encontram na forma electrónica, em sinais de pres- de som e placa de rede já vem embutidos nas placas.
são, transmitindo o som resultante.
A seguir serão detalhados os principais componentes ex-
HARDWARE ternos a Placa Mãe.
HARDWARE CARACTERÍSTICAS DO HARDWARE DE UM SISTE-
O primeiro componente de um sistema de computação é MA:
o HARDWARE, que corresponde à parte material, aos com- Sistema Central:
ponentes físicos do sistema; é o computador propriamente • UCP - Unidade Central de Processamento: o "cérebro"
dito. da máquina – o processador controla o microproces-
sador -, UCP ou CPU (Central Processing Unit);
O hardware é composto por vários tipos de equipamento, • Memória Principal ou Central: rápida, custosa, limitada,
caracterizados por sua participação no sistema como um temporária e volátil.
todo. Uma divisão primária separa o hardware em SISTEMA
CENTRAL E PERIFÉRICOS. Tanto os periféricos como o Periféricos, o mesmo que Unidades de EIS - Entrada/Saída:
sistema central são equipamentos eletrônicos ou elementos • Memória Auxiliar, Secundária ou de Massa: mais lenta,
eletromecânicos. Estes equipamentos são interligados atra- porém menos custosa. com maior capacidade e teori-
vés da Placa Mãe. camente permanente: não volátil;
• Dispositivos ou Unidades de Entrada: convertem in-
PLACA-MÃE
formação em forma utilizável pela máquina;
A placa–mãe é a principal e maior das placas de circuitos
• Dispositivos ou Unidades de Saída: convertem infor-
presentes em um microcomputador. Nela estão incorporados
mação utilizável pela máquina para formatos utilizáveis
os componentes essenciais para o funcionamento do sistema
externamente.
computacional. Ela esta presente nos microcomputadores
desde 1974 época em que eles foram criados e ficaram dis-
SISTEMA CENTRAL
poníveis.
Unidade central de processamento. A CPU lê a informação
A placa-mãe (Motherboard) gerencia toda transação de
contida na memória e realiza as operações solicitadas, a-
dados entre a CPU e os periféricos. Mantém a CPU, sua
tivando e desativando os dispositivos de entrada e saída
memória cache secundária, o chipset, BIOS, memória princi-
necessários (monitor, impressora, teclado etc.). Compõe-
pal, chips I/O, portas de teclado, serial, paralela, discos e
se de uma série de circuitos eletrônicos que incluem di-
placas plug-in.
versos elementos, dos quais o principal é o processador.
A maioria dos computadores médios e pequenos têm o
Nos computadores antigos, era na placa-mãe que se co-

Informática 35 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
microprocessador num só chip, o que simplifica seu proje- samente. A memória ROM (do inglês read-only memory,
to e fabricação e aumenta seu rendimento. memória somente de leitura) permite apenas a leitura dos
dados que contém, em geral gravados pelo fabricante e de
O principal circuito eletrônico é a Unidade Central de Pro- conteúdo inalterável. Utiliza-se sobretudo para o armazena-
cessamento - UCP ou CPU – Central Processing Unit, res- mento de programas de partida, indicação do número de
ponsável pelo gerenciamento de todas as funções do siste- série do aparelho etc.
ma.
As memórias PROM (programmable read-only memory, me-
Em um microcomputador a UCP, também chamada de mória programável somente de leitura) e EPROM (erasa-
MICROPROCESSADOR é um circuito integrado, um CHlP. ble programmable read-only memory, memória apagável
e reprogramável somente de leitura) constituem casos
Muitas das características mais importantes de um computa- particulares da anterior. O usuário pode gravar uma única
dor, como o número de bits que pode processar de uma vez na PROM e várias vezes na EPROM, após apagar
só vez, a frequência dos impulsos do relógio, que deter- seu conteúdo pelo emprego de radiação ultravioleta. O
mina sua rapidez e a quantidade de memória que pode u- usuário comum não manipula, em geral, esse tipo de dis-
tilizar ou controlar diretamente, são determinadas pelo ti- positivos, que servem para aplicações técnicas muito es-
po de processador com que é equipado. Em muitos ca- pecializadas.
sos, ao supervisionar todo o trabalho do computador, o
processador central pode ficar saturado. Por isso, insta- MEMÓRIA PRINCIPAL
lam-se processadores auxiliares especializados em certas Exigida para que o microprocessador possa realizar seus
atividades, como cálculos matemáticos, gerência da me- cálculos, a dimensão e a arquitetura da memória de um com-
mória ou controle de dispositivos de entrada e saída. putador determinam como ele pode ser programado e, até
certo ponto o nível de complexidade dos problemas que ele
A UCP é um circuito eletrônico que distingue somente pode solucionar.
dois estados físicos, ligado ou desligado, representados pelos
números 0 e 1 dígitos binários. Mediante uma série de "tru- É onde o computador armazena as instruções necessárias
ques" eletrônicos, a UCP ou CPU tem a capacidade de somar ao funcionamento do sistema operacional e programas. O
"grandezas" representadas por zeros e uns, e ainda permite processador precisa de espaço para arrumar as instruções
comparar "grandezas" (diferente, maior etc). Mas somente contidas no programa de modo que ele, processador, possa
isto : somar e comparar grandezas. executa-las rapidamente. Todo programa que você executa
está na memória RAM, seja ele um software antivírus, um
Para compensar esta "fraqueza" de só conseguir somar e protetor de tela, impressão, etc.
comparar grandezas, a UCP trabalha em velocidade extre-
mamente altas. Dependendo do modelo do microprocessa- Em termos de hardware, são pequenos pentes que são en-
dor, a velocidade varia entre 0,1 e 10 milhões de operações caixados nos slots de memória das placas mãe. Atualmente,
por segundo e alcançar mais de 100 MIPS - Milhões de Ins- temos pentes (os mais comuns) de 32 MB, 64 MB, 128 MB,
truções Por Segundo nos supercomputadores. 256 MB e de 512 MB. A capacidade total de memória depende
do pente e do número de slots na placa mãe. É na memória
Essas velocidades de processamento são, sem dúvida, que ficam todas as informações utilizadas durante as opera-
incompatíveis com velocidades normais de trabalho de "seres ções de escrita ou leitura nas unidades de armazenamento e
humanos". os programas, cache de software para hard-disk, drives virtuais
e vírus. Esse tipo de memória precisa continuamente de um
Isto é, enquanto uma pessoa leva décimos de segundo sinal da CPU (refresh) para manter seus dados armazenados.
para fazer um cálculo "cabeça", um microprocessador pode
executar, no mesmo tempo, milhares de vezes o mesmo MEMÓRIA CACHE SECUNDÁRIA
cálculo. Por isso e pelo fato de a UCP somente "entender" O cache L2 é um conjunto de chips de acesso rápido insta-
zeros e uns, é praticamente impossível se trabalhar direta- lados na placa mãe, ou seja, externo ao processador. A memó-
mente com ela. ria principal do computador denominada DRAM é bem mais
lenta que a memória cache secundária SRAM (Static Random
Para contornar esse problema e aproveitar toda a eficiên- Access Memory), que tem tempos de acesso de até 12 ns,
cia que esta velocidade por fornecer, foi criado um dispositivo mas em compensação é bem mais cara.
que armazena tudo, ou praticamente tudo o que deve ser
executado, e alimenta o microprocessador na sua velocidade Não é a toa que a tecnologia de cache está presente tanto
normal de trabalho. Esse dispositivo recebe o nome de "me- em winchesters, processadores e em muitas outras placas.
mória", pois sua característica funcional é armazenar infor-
mações que serão ou foram processadas na UCP. As infor- A construção das memórias cache segue princípios de
mações podem entrar ou sair da memória, sempre controla- construção totalmente diferentes das memórias comuns. Utili-
das pelo microprocessador. zam elementos lógicos compostos basicamente de transistores
chamados flip-flops. Resumindo tudo, o cache trabalha na
MEMÓRIA velocidade do processador enquanto a memória DRAM de-
A memória central de um computador é constituída de pende da inclusão de waitstates (estados de espera do pro-
chips que se comunicam com a CPU pelo condutor (ou bus) cessador) para disponibilizar o dado devido a sua lentidão.
de dados, que é um conjunto de tantos cabos elétricos quan-
tos sejam os bits que formam a palavra no sistema de pro- MEMÓRIA DE MASSA
cessamento da CPU. Os chips de memória central podem A memória de massa é o meio onde se armazenam os da-
ser, basicamente, de quatro tipos: RAM, ROM, PROM e E- dos, mais conhecida como HD, ou Winchester. Este tipo de
PROM. A RAM (iniciais da expressão em inglês random- memória é muito mais barato do que as outras citadas anteri-
access memory, memória de acesso aleatório) é uma memó- ormente, por este motivo, ele tem grandes capacidades de
ria de acesso direto na qual se podem escrever e apagar armazenamento. Seus tamanhos variam de 100 Mb, nos HDs
dados a qualquer momento. A informação que contém desa- do início da década de 90 até os atuais com 300 Gb ou superi-
parece quando se desliga o computador, mas, devido a sua ores. Por se tratar de uma memória de massa, o seu acesso é
velocidade e versatilidade, é a que a CPU utiliza mais inten- mais lento do que as outras memórias, tempo uma diferença

Informática 36 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
de tempo muito grande. Outros meios de memória de massa
são os CDs e os DVDs. Para micros, os mais difundidos :
• Windows - É o sistema usado na maioria dos compu-
BIOS tadores pessoais;
A BIOS (Basic Input/Output System) do computador é um • Linux – Sistema pouco difundido para o uso pessoal,
conjunto de rotinas gravadas permanentemente, que dão ao porém muito difundido no meio corporativo.
sistema suas características operacionais fundamentais, como • UNIX – Sistema que é mais difundido em computado-
por exemplo, o tamanho e tipo do disco rígido, o(s) drive(s) de res de grande porte, chamados MainFrame.
disco flexível, data e hora, tempos de acesso da memória e Tradutores, interpretadores, compiladores de linguagem:
CPU, portas disponíveis, etc. A BIOS determina o que o com- permitem que as máquinas executem programas não escritos
putador pode fazer antes da carga de qualquer programa resi- em linguagem de máquina. Orientados para os procedimen-
dente em disco e como o computador reage a instruções espe- tos a serem executados em um determinado tipo de aplica-
cíficas que fazem parte desses programas residentes em dis- ção, os mais difundidos são Visual Basic, COBOL, Delphi,
co. Java e outras.

PERIFÉRICOS SOFTWARE APLICATIVO


Da forma como o sistema central está esquematizado, es- É um programa escrito, onde se usa os softwares básicos
tes componentes (UCP e memória) podem operar e produzir para resolver uma determinada aplicação como por exemplo:
algum resultado útil, porém, as informações que estão sendo Contabilidade, Folha de Pagamento, Contas a Pagar, Contas
recomendadas ainda estão na forma binária (zeros e uns). É a Receber, Estoques etc.
portanto necessário que este conjunto possa se comunicar
com o mundo exterior, e de preferência de uma forma que USUÁRIOS = PESSOAS
nós, usuários, possamos entender o que sai da unidade cen-
tral e que ela possa também entender nossas instruções. CPD, Sistemas e Suporte
Em sistemas de maior porte, o componente usuário está
Para tal, podemos acoplar a esse equipamento periféricos dividido em dois grupos: um formado por um conjunto de
destinados à concretização da comunicação entre as pesso- pessoas que tradicionalmente compõem o CPD - Centro
as e a máquina. de Processamento de Dados da empresa, e outro que são
os usuários propriamente ditos. As pessoas que com-
São eles as unidades de entrada e unidades de saída, põem o CPD têm uma série de funções diferentes que e-
dispositivos que complementam como periféricos o hardware xigem determinadas qualificações, dentre as quais:
da unidade central.
PRINCIPAIS FUNÇÕES DO CPD:
Agora já podemos, de tempos em tempos, copiar o conte- • Dirigir o sistema - hardware, software e pessoal.
údo da memória principal na memória auxiliar. E como a • Dar suporte aos usuários.
memória auxiliar tem, normalmente, maior capacidade de • Projetar programas.
armazenamento que a principal, podemos ter grandes quan- • Análise de Sistemas.
tidades de informações armazenadas na memória auxiliar e • Desenvolver programas – Programar e documentar.
processá-las em etapas na memória principal. Com essa • Manter programas.
configuração - conjunto de dispositivos que formam o hard-
• Operar hardware.
ware -, o sistema já está completo. Temos como entrar em
• Inserir dados.
dados no equipamento, onde armazenar temporariamente
dados para alimentar a UCP (memória principal), onde arma- • Consertar e manter o hardware.
zenar permanentemente os dados (memória auxiliar) e como • Atender s necessidades da empresa.
retirar ou ver os resultados (unidades de saída). • Responsabilidade perante a empresa pelos siste-
mas.
SLOTS DE EXPANSÃO • Procedimentos operacionais.
Funcionam como portas para entrada de novos sinais no • Segurança/Auditoria.
computador, propiciando acesso direto aos seus circuitos. Os • lnterface com usuário.
Slots de Expansão permitem a incorporação de novos recursos • Suporte ao usuário.
e aperfeiçoamento ao sistema, e também a modificação rápida
e fácil de algumas características. PRINCIPAIS FUNÇÕES DO USUÁRIO:
• Slots para Memória: são aquele encaixes para placas, • Solicitar e definir aplicações.
existentes na placa mãe. É importante verificar a • Fornecer informações e inserir dados.
quantidade e o tipo de slots para a memória RAM dis- • Receber e utilizar os resultados.
poníveis. • Determinar o uso do sistema.
• Slots para placas: atualmente, praticamente todas as • Operar hardware.
placas trazem slots para PCI e ISA. • Inserir dados.
• Manter o hardware.
SOFTWARE • Projetar, redigir e manter programas.
• Responsabilidade perante à empresa pelos sistemas
Para usufruir de toda essa capacidade de processamento onde opera.
que o hardware fornece precisa-se de software, que é o • Observar os procedimentos de segurança.
conjunto de instruções inteligíveis pela UCP e arranjadas
logicamente. O software pode ser dividido em dois gran- Em sistemas de grande porte são necessárias várias pes-
des grupos de programas: os básicos e os aplicativos. soas para cada tarefa do CPD, a fim de que o usuário possa
utilizar o sistema.
SOFTWARE BÁSICO
Sistemas Operacionais: coordenam detalhes internos e ge- Em geral, ele solicita uma aplicação e espera que o CPD
renciam a utilização do sistema. Cada modelo de UCP ou a implemente. Nos sistemas menores (micro), uma ou poucas
família de computador usa um sistema operacional dife- pessoas, tipicamente usuários, cuidam de todas essas tare-
rente. fas
Informática 37 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
WINDOWS XP
Nos sistemas modernos de menor porte isso é possível
devido à estrutura dos outros dois componentes; hardware e
Iniciando o Windows
software, e sua interdependência. Mas também pelos novos
Ao iniciar o windows XP a primeira tela que temos éte-
programas de altíssimo nível.
la de logon, nela, selecionamos o usuário que irá utilizar
o computador.
Como qualquer máquina, o computador pode prestar ser-
viços aos seus usuários, dentro das possibilidades e limita- Ao entrarmos com o nome do usuário, o windows efetuará
ções de cada modelo. Um computador, atualmente, serve o Logon (entrada no sistema) e nos apresentará a área de
muito bem às tarefas de cálculos em geral, armazenamento e trabalho:
recuperação de informações, comunicação, geração e manu-
tenção de textos etc.
• Área de Trabalho ou Desktop
• Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens:
Os sistemas tradicionais são em geral de maior porte e
• Ícones:
com uma filosofia antiga de processamento centralizado. Os
sistemas modernos parecem, a principio, de menor porte, e • Barra de tarefas
suas funções refletem os usuários de micros. Entretanto, sua • Botão iniciar
descrição é perfeitamente adequada para os grandes siste-
mas modernos, onde o usuário passa a ter responsabilidades Atalhos e Ícones
crescentes no desenvolvimento e operação do sistema. A Figuras que representam recursos do computador, um í-
missão estratégica da informática tem provocado mudanças cone pode representar um texto, música, programa, fotos e
na estrutura organizacional do setor de sistemas de empresa etc. você pode adicionar ícones na área de trabalho, assim
que, além de subir na hierarquia, tem ganho novas atribui- como pode excluir. Alguns ícones são padrão do Windows:
ções estratégicas. Meu Computador, Meus Documentos, Meus locais de Rede,
Internet Explorer.
Assim, a lista de funções do CPD tradicional tem sido am-
pliada exigindo que a postura de localizar o CPD subordina- Atalhos
do-a diretoria financeira, administrativa, industrial ou outra Primeiramente visualize o programa ou ícone pelo qual
área funcional onde teve origem a utilização do computador deseja criar o atalho, para um maior gerenciamento de seus
na empresa, seja modernizada. Um primeiro passo nessa programas e diretórios , acesse o Meu Computador local
modernização é a identificação dos diferentes grupos de onde poderemos visualizar todos os drives do computador no
funções e a crescente importância das funções relacionadas exemplo abaixo será criado um atalho no drive de disquete
com o suporte ao usuário e ao teleprocessamento e comuni- na área de trabalho:
cação; dessa forma, o CPD evolui para um departamento de
sistemas. O segundo passo é reposicionar a área de siste- Depois de visualizar o diretório a ser criado o atalho, cli-
mas no organograma da empresa que sobe na hierarquia que sobre o ícone com o botão direito do mouse e escolha a
conforme cresce a informatização da empresa, evoluindo opção, criar atalho.
para uma área funcional independente, responsável pelos
sistemas de informação da empresa como um todo.

Entre muitos arranjos funcionais encontrados na prática,


uma situação típica para empresas adiantadas no processo
de informatização tem a seguinte estrutura organizacional:

SISTEMAS OU SISTEMAS DE INFORMAÇÃO OU IN-


FORMÁTICA:
• Dirigir o sistema - hardware, software e pessoal.
• Dirigir; Operação, Desenvolvimento, Teleprocessa-
mento e Suporte.
• Responsabilidade perante à empresa pelos sistemas.
• Procedimentos Operacionais, Segurança, Auditoria.

OPERAÇÃO:
• Produção e operação do hardware.
• Inserir dados.
• Manter o hardware. O atalho será criado na área de trabalho, podermos criar
atalhos pelo menu rápido, simplesmente clicando com o
DESENVOLVIMENTO: mouse lado direito, sobre o ícone, programa, pasta ou arqui-
• Análise de sistemas. vo e depois escolher a opção, criar atalho.
• Projetar programas.
• Desenvolver programas: programar, documentar e A criação de um atalho não substitui o arquivo, diretório
manter. ou programa de origem, a função do atalho simplesmente
será de executar a ação de abrir o programa, pasta, arquivo
TELEPROCESSAMENTO - TP: ou diretório rapidamente, sem precisar localizar o seu local de
• Dar suporte aos usuários. origem.
• Atender às necessidades da empresa.
• Análise e estruturação de aplicações. Sistemas de menu
• lnterface com o usuário. Windows XP é, até hoje, o sistema operacional da Micro-
• O&M - Organização e Métodos, às vezes um dos seto- soft com o maior conjunto de facilidades para o usuário, com-
res de sistemas. binado com razoável grau de confiabilidade.

Barra de tarefas
Informática 38 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
A barra de tarefas mostra quais as janelas estão abertas uma novidade do Windows XP
neste momento, mesmo que algumas estejam minimizadas • Menu Iniciar Clássico: Deixa o menu Iniciar com a
ou ocultas sob outra janela, permitindo assim, alternar entre aparência das versões antigas do Windows, como o windows
estas janelas ou entre programas com rapidez e facilidade. ME, 98 e 95.

A barra de tarefas é muito útil no dia a dia. Imagine que Todos os programas
você esteja criando um texto em um editor de texto e um de O menu Todos os Programas, ativa automaticamente
seus colegas lhe pede para você imprimir uma determinada outro submenu, no qual aparecem todas as opções de pro-
planilha que está em seu micro. gramas. Para entrar neste submenu, arraste o mouse em
linha reta para a direção em que o submenu foi aberto. As-
Você não precisa fechar o editor de textos. Apenas salve sim, você poderá selecionar o aplicativo desejado. Para exe-
o arquivo que está trabalhando, abra a planilha e mande cutar, por exemplo, o Paint, basta posicionar o ponteiro do
imprimir, enquanto imprime você não precisa esperar que a mouse sobre a opção Acessórios. O submenu Acessórios
planilha seja totalmente impressa, deixe a impressora traba- será aberto. Então aponte para Paint e dê um clique com o
lhando e volte para o editor de textos, dando um clique no botão esquerdo do mouse.
botão ao correspondente na Barra de tarefas e volte a traba-
lhar.
MEU COMPUTADOR
A barra de Tarefas, na visão da Microsoft, é uma das Se você clicar normalmente na opção Meu Computador,
maiores ferramentas de produtividade do Windows. Vamos vai abrir uma tela que lhe dará acesso a todos os drives (dis-
abrir alguns aplicativos e ver como ela se comporta. quete, HD, CD etc.) do sistema e também às pastas de ar-
mazenamento de arquivos.

Meus documentos
Botão Iniciar
O botão Iniciar é o principal elemento da Barra de Tare- A opção Meus Documentos abre apasta-padrão de arma-
fas. Ele dá acesso ao Menu Iniciar, de onde se pode acessar zenamento de arquivos. A pasta Meus Documentosrecebe
outros menus que, por sua vez, acionam programas do Win- todos os arquivos produzidospelo usuário: textos, planilhas,
dows. Ao ser acionado, o botão Iniciar mostra um menu verti- apresentações, imagens etc.Naturalmente, você pode grava-
cal com várias opções. Alguns comandos do menu Iniciar têm rarquivos em outros lugares. Mas, emcondições normais, eles
uma seta para a direita, significando que há opções adicio- são salvos na pasta Meus Documentos.
nais disponíveis em um menu secundário. Se você posicionar
o ponteiro sobre um item com uma seta, será exibido outro Acessórios do Windows
menu.
O Windows XP inclui muitos programas e acessórios ú-
teis. São ferramentas para edição de texto, criação de ima-
O botão Iniciar é a maneira mais fácil de iniciar um pro-
gens, jogos, ferramentas para melhorar a performance do
grama que estiver instalado no computador, ou fazer altera-
computador, calculadora e etc.
ções nas configurações do computador, localizar um arquivo,
abrir um documento.
Se fôssemos analisar cada acessório que temos, encon-
traríamos várias aplicações, mas vamos citar as mais usadas
e importantes. Imagine que você está montando um manual
para ajudar as pessoas a trabalharem com um determinado
programa do computador. Neste manual, com certeza você
acrescentaria a imagem das janelas do programa. Para copi-
ar as janelas e retirar só a parte desejada, utilizaremos o
Paint, que é um programa para trabalharmos com imagens.
As pessoas que trabalham com criação de páginas para a
Internet utilizam o acessório Bloco de Notas, que é um editor
de texto muito simples. Assim, vimos duas aplicações para
dois acessórios diferentes.

A pasta acessório é acessível dando−se um clique no bo-


tão Iniciar na Barra de tarefas, escolhendo a opção Todos os
Programas e, no submenu que aparece, escolha Acessórios.

O botão iniciar pode ser configurado. No Windows XP,


você pode optar por trabalhar com o novo menu Iniciar ou, se
preferir, configurar o menu Iniciar para que tenha a aparência
das versões anteriores do Windows (95/98/Me). Clique na
barra de tarefas com o botão direito do mouse e selecione
propriedades e então clique na guia menu Iniciar.

Esta guia tem duas opções:


• Menu iniciar: Oferece a você acesso mais rápido a
e−mail e Internet, seus documentos, imagens e música e aos Componentes da Janela
programas usados recentemente, pois estas opções são Para exemplificarmos uma janela, utilizaremos a janela de
exibidas ao se clicar no botão Iniciar. Esta configuração é um aplicativo do Windows. O Bloco de Notas. Para abri−lo

Informática 39 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
clique no botão Iniciar / Todos os Programas / Acessórios / uma empresa ou casa, copiar arquivos para disquete, apagar
Bloco de Notas. arquivos indesejáveis e muito mais.

Janela do Windows Explorer


Barra de Título: esta barra mostra o nome do arquivo No Windows Explorer, você pode ver a hierarquia das
(Sem Título) e o nome do aplicativo (Bloco de Notas) que pastas em seu computador e todos os arquivos e pastas
está sendo executado na janela. Através desta barra, conse- localizados em cada pasta selecionada. Ele é especialmente
guimos mover a janela quando a mesma não está maximiza- útil para copiar e mover arquivos. Ele é composto de uma
da. Para isso, clique na barra de título, mantenha o clique e janela dividida em dois painéis: O painel da esquerda é uma
arraste e solte o mouse. Assim, você estará movendo a jane- árvore de pastas hierarquizada que mostra todas as unidades
la para a posição desejada. Depois é só soltar o clique. de disco, a Lixeira, a área de trabalho ou Desktop (também
tratada como uma pasta); O painel da direita exibe o conteú-
Na Barra de Título encontramos os botões de controle da do do item selecionado à esquerda e funciona de maneira
janela. Estes são: idêntica às janelas do Meu Computador (no Meu Computa-
dor, como padrão ele traz a janela sem divisão, é possível
Minimizar: este botão oculta a janela da Área de trabalho dividi−la também clicando no ícone Pastas na Barra de Fer-
e mantém o botão referente á janela na Barra de Tarefas. ramentas) Para abrir o Windows Explorer, clique no botão
Para visualizar a janela novamente, clique em seu botão na Iniciar, vá a opção Todos os Programas / acessórios e
Barra de tarefas. clique sobre Windows Explorer ou clique sob o botão iniciar
com o botão direito do mouse e selecione a opção Explorar.
Maximizar: Este botão aumenta o tamanho da janela até
que ela ocupe toda a Área da Trabalho. Para que a janela Preste atenção na Figura da página anterior que o painel
volte ao tamanho original, o botão na Barra de Título, que era da esquerda na figura acima, todas as pastas com um sinal
o maximizar, alternou para o botão Restaurar. Clique neste de + (mais) indicam que contêm outras pastas. As pastas que
botão e a janela será restaurada ao tamanho original. contêm um sinal de – (menos) indicam que já foram expandi-
das (ou já estamos visualizando as sub−pastas).
Fechar: Este botão fecha o aplicativo que está sendo e-
xecutado e sua janela. Esta mesma opção poderá ser utiliza- Painel de controle
da pelo menu Arquivo/Sair. Se o arquivos que estiver sendo
criado ou modificado dentro da janela não foi salvo antes de O Painel de controle do Windows XP agrupa itens de
fechar o aplicativo, o Windows emitirá uma tela de alerta configuração de dispositivos e opções em utilização
perguntando se queremos ou não salvar o arquivo, ou cance- como vídeo, resolução, som, data e hora, entre outros.
lar a operação de sair do aplicativo. Estas opções podem ser controladas e alteradas pelo
usuário, daí o nome Painel de controle.
MEU COMPUTADOR
O ícone de Meu Computador representa todo o material Para acessar o Painel de controle
em seu computador. Meu Computador contém principalmente 1. Clique em Iniciar, Painel de controle.
ícones que representam as unidades de disco em seu siste- 2. Inicialmente o Painel de controle exibe nove categorias
ma: a unidade de disquete A, o disco rígido C e sua unidade distintas.
de CD-ROM ou de DVD, bem como outros discos rígidos,
unidades removíveis etc. Clicar nesses ícones de unidade
exibe o conteúdo das unidades, arquivos e pastas, que são a
soma de tudo em seu computador. (Daí o nome, Meu Com-
putador.)

Windows Explorer gerenciamento de arquivos e pas-


tas
O Windows Explorer tem a mesma função do Meu Com-
putador: Organizar o disco e possibilitar trabalhar com os
arquivos fazendo, por exemplo, cópia, exclusão e mudança
no local dos arquivos. Enquanto o Meu Computador traz
como padrão a janela sem divisão, você observará que o
Windows Explorer traz a janela dividida em duas partes. Mas
tanto no primeiro como no segundo, esta configuração pode
ser mudada. Podemos criar pastas para organizar o disco de

Informática 40 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Meus Documentos
Seu disco rígido do PC tem uma grande quantidade de
espaço onde pode ser feita uma pasta -e então se esquecer
do lugar onde você a colocou. Então o Windows facilita as
coisas para você fornecendo uma pasta pessoal, chamada
Meus Documentos. Essa é a localização principal para todo o
material que você criará e usará enquanto estiver no Win-
dows.

Não há nenhuma regra sobre excluir arquivos e pastas


até se falar de Meus Documentos. Você não pode excluir a
pasta Meus Documentos. A Microsoft quer que você a tenha
e você irá mantê-la. Então, você deve conviver com isso! Se
clicar com o botão direito do mouse na pasta Meus Documen-
tos em sua área de trabalho, notará que há uma opção Exclu-
ir. Essa opção é para excluir o atalho, que é realmente o que
você vê na área de trabalho, mas você não está eliminando a
pasta Meus Documentos.

Você pode renomear Meus Documentos se quiser. Clique


Painel de controle com o botão direito do mouse na pasta e escolha Renomear.
3. Clique na opção desejada. Digite o novo nome. Embora não seja recomendado.
4. Na próxima tela escolha a tarefa a ser realizada.
Você pode compartilhar a pasta Meus Documentos com
Utilize os botões de navegação: outros computadores conectados ao seu computador e com
aqueles que estão configurados como um usuário diferente
em seu computador. Siga exatamente os passos.
Voltar Para voltar uma tela.
Compartilhar Meus Documentos
1. Clique com o botão direito do mouse na pasta Meus
Avançar - Para retornar a tarefa. Documentos.
2. Escolha Propriedades.
Acima Para ir ao diretório acima. 3. Clique a guia Compartilhamento.
Isto traz a guia Compartilhamento para frente -
onde você decide quem consegue compartilhar, quem
Pesquisar - Para localizar arquivos, imagens, não, e quanto controle essas pessoas tê m sobre sua pas-
sons, vídeos, etc. ta.
4. Escolha Compartilhar Esta Pasta.
Pastas Para exibir o conteúdo de uma
pasta. Tudo agora ganha vida e você tem todo tipo de opção:

PASTAS E ARQUIVOS Criando uma pasta (DIRETÓRIO)


Uma unidade de disco pode ter muitos arquivos. Se todos A pasta Meus Documentos pode ficar facilmente desorga-
eles estivessem em um mesmo lugar, seria uma confusão. nizada se você não se antecipar e criar pastas adicionais
para organizar melhor seu material. Lembre-se: Meus Docu-
Para evitar esse caos, vocêpode colocar seus arquivos mentos é como um grande gabinete de arquivos. Quando
de computador em pastas. Essas pastas são utilizadas precisar de um novo arquivo, digamos para um novo assunto,
para armazenar arquivos e ajudar a mantê -Ios organizado você prepara uma pasta para ele. Conforme continuar a tra-
assim como as prateleiras e cabides ajudam vocêa man- balhar, você preencherá cada pasta com arquivos diferentes.
ter suas roupas organizadas
Criar uma pasta (DIRETÓRIO)
Os destaques incluem o seguinte: 1. Dê um clique duplo em Meus Documentos.
⇒ Meus Documentos 2. Clique em Arquivo > Novo, ou
4. Digite o nome e tecle ENTER 3. Em Meus Documentos clique com o botão direito do
5. Pronto! A Pasta está criada. mouse
4. Novo > Pasta
⇒ Fazer uma pasta
⇒ Excluir arquivos COMO ABRIR ARQUIVOS E PASTAS
⇒ Recuperar arquivos Tudo no Windows se abre com um clique duplo do mou-
⇒ Renomear arquivos se. Abra uma pasta para exibir os arquivos (e talvez até ou-
⇒ Copiar arquivos tras pastas) armazenados nessa pasta. Abra um arquivo para
⇒ Mover arquivos iniciar um programa, ou abra um documento para editar.

Entendendo como as pastas funcionam Abrir um arquivo ou pasta


As pastas contêm arquivos, normalmente arquivos de um 1. Dê um clique duplo em um ícone da unidade de disco.
tipo relacionado. Por exempIo, todos os documentos utiliza- O ícone da unidade (C:) é uma boa escolha. Há sem-
dos para criar um livro, como esta apostila por exemplo, resi- pre material aí dentro. Um clique duplo no ícone abre unidade
dem em uma pasta chamada Apostila. Cada matéria é um (C:) e permite que você veja que arquivos e pastas residem
arquivo. E cada arquivo da área de informática é colocado lá.
dentro de uma pasta chamada informática, dentro da pasta 2. Dê um passeio.
Apostila. Estas pastas mantêm esses arquivos específicos Dê um clique duplo em uma pasta. Isso abre a pasta, e
separados de outros arquivos e pastas no disco rígido. você vê outra janela cheia de arquivos e talvez ainda mais

Informática 41 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
pastas. arquivo que quer copiar, escolha Editar do menu e então
3. Para abrir outra pasta, dê um clique duplo em seu íco- clique em Copiar. Agora, vá para a nova localização do arqui-
ne. vo, clique em Editar novamente no menu e clique em Colar.
4. Feche a pasta quando tiver terminado.
Clique no botão fechar (x) da janela da pasta localiza- Enviar Para
do no canto superior direito da janela. A opção Enviar Para permite enviar uma cópia de um ar-
quivo ou de uma pasta para uma das muitas localizações: um
Só para lembrá-Io de onde você está com todos estes ar- disquete (normalmente na unidade A:), sua área de trabalho,
quivos e pastas abertos, o nome da pasta atual que está um destinatário de correio (por correio eletrônico) ou a pasta
vendo aparece na parte superior da janela, na barra de título. Meus Documentos.

Excluindo arquivos Utilizar Enviar Para


1. Selecione o arquivo destinado a ser destruído. 1. Localize seu arquivo (ou pasta).
Clique no arquivo uma vez com o mouse para sele- 2. Clique com o botão direito do mouse no arquivo.
cioná-lo. 3. Escolha Enviar Para.
2. Escolha Excluir a partir do menu Arquivo. 4. Clique em uma das quatro opções:
Aparecerá a mensagem: Você tem certeza de que ⇒ Disquete -Você deve ter um disco na unidade A: (ou
quer enviar o arquivo para a Lixeira? sua unidade de disquete).
3. Clique em Sim. ⇒ Área de trabalho - Cria um atalho na área de traba-
lho para o arquivo ou pasta selecionado.
Se você mudar de idéia, você pode sempre clicar em Não. ⇒ Destinatário de correio - Abre o programa de correio
Se você escolher Sim, talvez tenha uma breve animação eletrônico Outlook Express. Digite o endereço na caixa Para,
gráfica representando papéis voando para um balde. Isso ou clique no Catálogo de Endereços ao lado da palavra Para
significa que seu arquivo está sendo jogado fora. e escolha um endereço de e-mail. Clique no botão Enviar
quando tiver terminado
Recuperação de arquivos ⇒ Meus Documentos - Faz uma cópia do arquivo ou
OK, você exclui o arquivo. Pensando bem, você não está pasta na pasta Meus Documentos.
tão seguro se deveria ter excluído este arquivo. Não se preo-
cupe. Há um ícone em sua Área de trabalho chamado Lixeira. Movendo arquivos
Mover arquivos é como copiar arquivos, embora o original
Recuperando um arquivo seja excluído; apenas a cópia (o arquivo "movido") permane-
1. Dê um clique duplo no ícone Lixeira. ce. É como recortar e colar em qualquer programa. Lembre-
2. Localize o arquivo que você excluiu se de que toda a questão em torno de mover, copiar e excluir
3. Clique uma vez no arquivo. arquivos é para manter as coisas organizadas de modo que
4. Clique em Arquivo. seja fácil localizar seus arquivos.
5. Escolha Restaurar.
Você pode mover arquivos de duas maneiras: recortando
Renomear um arquivo e colando ou arrastando.
1. Localize o arquivo que quer renomear
Você pode utilizar o Explorer, ou se estiver abrindo um Recortando e colando
arquivo a partir de qualquer pasta e encontrar aí um arquivo Recortar e colar um arquivo ou uma pasta é a opção para
que quer renomear, você pode seguir os passos abaixo para se mudar um arquivo ou pasta para o seu local correto.
alterar o nome de arquivo.
2. Pressione a tecla F2. Recortar e colar um arquivo
Depois de pressionar a tecla F2, o texto do nome de 1. Localize o arquivo que você quer utilizar.
arquivo já está selecionado para você. Você pode substituir Novamente, este arquivo pode ser localizado em
inteiramente o nome existente, simplesmente começando a qualquer lugar. Abra Meus Documentos, utilize o Explo-
digitar ou mover o cursor para editar partes do nome. rer, ou uma pasta qualquer.
3. Digite um novo nome. 2. Clique com o botão direito do mouse no arquivo.
4. Pressione Enter. 3. Escolha Recortar.
E aí está: você tem um novo nome. 4. Localize e abra a pasta onde você quer colar o arqui-
vo.
Copiando arquivos 5. Selecione Editar do menu.
No Windows, copiar um arquivo é como copiar informa- 6. Selecione Colar.
ções em um programa: você seleciona o arquivo e então Pronto!
escolhe Copiar do menu Editar. Para fazer a cópia, você
localiza uma nova pasta ou unidade de disco para o arquivo e Arrastando arquivos
então escolhe o comando Colar do menu Editar. Isso é copiar Arrastar arquivos éa maneira mais rápida e fácil de
e colar! mover um arquivo. É especialmente conveniente para
aqueles arquivos que vocêdeixou um pouco largados por
Copiar um arquivo aí sem uma pasta para acomodá-los.
1. Localize o arquivo que quer copiar
2. Clique com o botão direito do mouse no arquivo. Arrastar um arquivo
3. Selecione Copiar. 1. Selecione o arquivo e arraste
4. Localize o lugar onde você quer colar essa nova có- Não solte o arquivo depois de clicar nele. Você está li-
pia. teralmente agarrando o arquivo, e irá arrastá-lo.
5. Selecione Editar da barra de menus. 2. Paire o ícone sobre a pasta desejada.
6. Escolha Colar da lista. Essa é a pasta onde você quer que o arquivo resida.
3. Solte o ícone.
Para ser realmente eficiente, você deve fazer isso a partir
do Windows Explorer. Todos os seus arquivos estão listados Agora seu arquivo reside seguramente em sua nova casa.
e disponíveis para serem manuseados. Apenas selecione o

Informática 42 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Localizando arquivos e pastas
Por mais que tente se manter organizado, há momentos Para obter ajuda ou suporte do Windows XP, basta exe-
em que você não pode se lembrar de onde colocou um arqui- cutar o seguinte comando, pressionar a tecla Alt + F1 será
vo ou uma pasta. Embora o Windows tente mantê-lo organi- exibido uma caixa de diálogo com todos os tópicos e índice
zado com a pasta Meus Documentos, as coisas podem ficar de ajuda do sistema, caso ainda não seja esclarecida as suas
confusas. dúvidas entre em contato com o suporte on-line através da
internet.
Felizmente, o Windows fornece um recurso Pesquisar.
Esse recurso procura arquivos e pastas com base em vários Formatação e cópia de discos
tipos de critérios. 1. Se o disco que você deseja formatar for um disquete,
insira-o em sua unidade.
Lixeira do Windows 2. Abra Meu computador e clique no disco que você de-
A Lixeira é uma pasta especial do Windows e ela se en- seja formatar.
contra na Área de trabalho, como já mencionado, mas pode 3. No menu Arquivo, aponte para o nome do disquete e
ser acessada através do Windows Explorer. Se você estiver clique em Formatar ou Copiar disco para efetuar uma cópia.
trabalhando com janelas maximizadas, não conseguirá ver a
lixeira. Use o botão direito do mouse para clicar em uma área A Formatação rápida remove arquivos do disco sem veri-
vazia da Barra de Tarefas. Em seguida, clique em Minimizar ficá-lo em busca de setores danificados. Use esta opção
todas as Janelas. Para verificar o conteúdo da lixeira, dê um somente se o disco tiver sido formatado anteriormente e você
clique sobre o ícone e surgirá a seguinte figura: tiver certeza de que ele não está danificado. Para obter in-
formações sobre qualquer opção, clique no ponto de interro-
gação no canto superior direito da caixa de diálogo Formatar
Atenção para o fato de que, se a janela da lixeira estiver e, em seguida, clique na opção. Não será possível formatar
com a aparência diferente da figura acima, provavelmente o um disco se houver arquivos abertos, se o conteúdo do disco
ícone Pasta está ativo. Vamos apagar um arquivo para poder estiver sendo exibido ou se ele contiver a partição do sistema
comprovar que o mesmo será colocado na lixeira. Para isso, ou de inicialização.
vamos criar um arquivo de texto vazio com o bloco de notas e
salva-lo em Meus documentos, após isto, abra a pasta, e Para formatar um volume básico (formatando o computa-
selecione o arquivo recém criado, e então pressione a tecla dor)
DELETE. Surgirá uma caixa de dialogo como a figura a se- 1. Abra o Gerenciamento do computador (local).
guir: 2. Clique com o botão direito do mouse na partição, u-
nidade lógica ou volume básico que você deseja formatar (ou
reformatar) e, em seguida, clique em Formatar ou copiar
disco (ou backup para efetuar uma cópia da unidade lógica)
3. Selecione as opções desejadas e clique em OK.

Para abrir o Gerenciamento do computador, clique em I-


niciar, aponte para Configurações e clique em Painel de
controle. Clique duas vezes em Ferramentas administrati-
vas e, em seguida, clique duas vezes em Gerenciamento do
computador.

Esvaziando a Lixeira Na árvore de console, clique em Gerenciamento de dis-


Ao Esvaziar a Lixeira, você está excluindo definitivamente co. Importante: A formatação de um disco apaga todas as
os arquivos do seu Disco Rígido. Estes não poderão mais ser informações nele contidas.
mais recuperados pelo Windows. Então, esvazie a Lixeira
somente quando tiver certeza de que não precisa mais dos Service Pack 3
arquivos ali encontrados. O Microsoft Windows XP Service Pack 3 (SP3) come-
1. Abra a Lixeira çou a ser desenvolvido em Março de 2007. A versão final foi
2. No menu ARQUIVO, clique em Esvaziar Lixeira. lançada no dia 6 de Maio de 2008
Vocêpode també m esvaziar a Lixeira sem precisar abri- O Service Pack 3 do Windows XP contém 113 atualiza-
la, para tanto, basta clicar com o botão DIREITO do mou- ções de segurança e 958 correções. Não veio, entretanto
se sobre o ícone da Lixeira e selecionar no menu de con- com o Windows Internet Explorer 7 ou mesmo o Windows
texto Esvaziar Lixeira. Media Player 11; a possibilidade de inserir a chave do produ-
to no final da instalação, tornando assim mais ágil a instala-
Gerenciamento da lixeira ção do Windows; a presença do NAP (Network Access Pro-
tection); detecção de “Black Hole Router” para proteger o
Como alterar a configuração da lixeira sistema contra roteadores que estão descartando dados; um
a. Dar um clique simples sobre a lixeira, com o botão di- ganho de aproximadamente 10% em perfomance no compu-
reito do mouse . tador [20], adicionado o suporte a redes wireless protegidas
b. Clicar em Propriedades com passwords "WPA" e "WPA2", e o novoMódulo Criptográ-
fico de Modo Núcleo existentes no Windows Vista.
Pode-se definir
Calendário de Desenvolvimento
c. se os arquivos deletados devem ser guardados tempo- Uma versão de teste, o Windows XP SP3 build 3205, foi
rariamente na Lixeira ou sumariamente deletados disponibilizada para os beta-testers no início
d. tamanho da área de disco que poderá ser utilizada pe- de outubro de 2007 e incluia quatro novos recursos entre as
la Lixeira. mais de 1000 correções individuais que foram disponibiliza-
e. se deve aparecer a pergunta confirmando a exclusão. das desde o lançamento do Windows XP SP2.

Ajuda do Windows

Informática 43 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Entretanto a Microsoft lançou no dia 1 de Abril a versão No início da primeira década deste século, a empresa
Final do SP3 disponível para quem possui qualquer versão quebrou a tradição das cidades ao usar o nome
do Windows XP no seguinte endereço:Microsoft XP SP3 de Whistler (Windows XP), uma estância
de esqui no Canadá, e Longhorn, que se transformou
Ciclo de vida do produto no Windows Vista.
O Suporte Técnico do Windows XP Service Pack 2 aca- "Isso não reflete uma grande mudança para nós, já
bou 4 anos após o seu lançamento. O Windows XP esteve usamos cidades como nome de códigos no passado", afirmou
disponível no mercado por um período de 12 a 24 meses a Microsoft num comunicado à imprensa.
após o lançamento do Windows Vis-
ta durante dezembro de 2008 a janeiro de 2009. Em 14 de Desde a fase final de lançamento do Whistler, que viria a
Abril de 2009, o Windows XP entrou no período de "suporte ser lançado como Windows XP, a Microsoft já desenvolvia
estendido", indo até o ano de 2014. O Windows XP sem o Longhorn (que foi lançado como Vista) e planejava
Service Pack 2 encontra-se sem suporte, e a Microsoft já o Blackcomb. Após algum tempo de lançamento do
expediu suas datas de encerramento: Windows XP, e com o Longhorn já perto de ser lançado, a
Microsoft resolveu renomear o projeto Blackcomb
 Windows XP RTM(sem Service Pack)finalizou o supor- para Vienna, porém o novo nome não duraria muito.
te dia 30 de Setembro de 2004.
Em 13 de outubro de 2009, a Microsoft anúncia
 Windows XP Service Pack 1 terminou o suporte em 10 oficialmente que vai utilizar o mesmo nome de código para a
de Outubro de 2006. versão final do produto. A empresa justifica a decisão
 Windows XP Service Pack 2 terminou o suporte em 13 alegando estar "firmemente enraizada nas aspirações do
de Julho de 2010. Vista" ao mesmo tempo que evolui e refina sua plataforma.

 Windows XP Service Pack 3 terá o suporte encerrado Recursos adicionados e melhorias


em 9 de abril de 2014 junto com o Office 2003 SP3. Steve Ballmer declarou que "ele será como o Windows
Windows 7 Vista, mas muito melhor" em resposta à pergunta sobre a
proximidade que ele teria com o sistema operacional atual. O
O Windows 7 é a mais recente versão do Microsoft Windows possui os seguintes recursos:
Windows, uma série de sistemas operativos produzidos
pela Microsoft para uso em computadores pessoais, incluindo  Interface gráfica aprimorada, com nova barra de
computadores domésticos e empresariais, laptops e PC's de tarefas e suporte para telas touch screen e multi-táctil (multi-
centros de mídia, entre outros.Windows 7 foi lançado para touch)
empresas no dia 22 de julho de 2009, e começou a ser  Internet Explorer 8 (atualização para Internet Explorer
vendido livremente para usuários comuns às 00:00 horas do 9 já disponível via Windows Update)
dia 22 de outubro de 2009, menos de 3 anos depois do  Novo menu Iniciar
lançamento de seu predecessor, Windows Vista.  Nova barra de ferramentas totalmente reformulada
 Comando de voz (inglês)
Diferente do Windows Vista, que introduziu um grande  Leitura nativa de Blu-Ray e HD DVD
número de novas características, Windows 7 foi uma  Gadgets sobre o desktop, independentes da Sidebar
atualização mais modesta e focalizada para a linha Windows,  Novos papéis de parede, ícones, temas etc.
mesmo assim em 2010 ultrapassou o Windows XP e tornou-
 Conceito de Bibliotecas (Libraries), como no Windows
se o software mais utilizado do mundo. Com a intenção de
Media Player, integrado ao Windows Explorer
torná-lo totalmente compatível com aplicações e hardwares
 Arquitetura modular, como no Windows Server 2008
com os quais o Windows Vista já era compatível.
Apresentações dadas pela companhia no começo de 2008
 Faixas (ribbons) nos programas incluídos com o
Windows (Paint e WordPad, por exemplo), como no Microsoft
mostraram um "Shell" novo, com uma barra de tarefas
Office 2010
diferente, um sistema de "network" chamada de
"HomeGroup", e aumento na performance. Algumas  Aceleradores no Internet Explorer 8 (também no
aplicações que foram incluídas em lançamentos anteriores do Internet Explorer 9)
Windows, como o Calendário do Windows, Windows Mail,  Aperfeiçoamento no uso da placa de vídeo e memória
Windows Movie Maker e Windows Photo Gallery não serão RAM
incluidos no Windows 7; alguns serão oferecidos  UAC personalizável
separadamente como parte gratuito do Windows Live  Home Group
Essentials. Em 2012, o Windows 7 alcançou 46,7% dos  Melhor desempenho
usuários mundiais, continuando como o Sistema Operacional  Windows Media Player 12
mais usado do mundo.  Nova versão do Windows Media Center
 Gerenciador de Credenciais
Origem do nome
 Boot otimizado e suporte a boot de VHDs (HDs
O seu nome veio da seguinte forma: sendo a sétima Virtuais)
versão estável do Windows, sendo o Windows 95 a  Instalação do sistema em VHDs
primeira, Windows 98 a segunda, Windows 2000 a  Nova Calculadora, com interface aprimorada e com
terceira,Windows ME a quarta, Windows XP a mais funções.
quinta, Windows Vista a sexta e o Windows 7 a sétima. O  Reedição de antigos jogos, como Espadas Internet,
nome de código seguiu a tradição da Microsoft durante anos, Gamão Internet e Internet Damas.
colocando nome de cidades em seus produtos. Ao longo das  Ferramenta de Captura, disponível para as versões:
décadas de 1980 e 1990, várias versões dos seus sistemas Home Premium, Professional, Ultimate e Enterprise.
operacionais tiveram nomes de cidades, como o Sparta, uma  Modo Windows XP
referência a cidade-estado grega Esparta (Windows for  Aero Shake
Workgroups 3.11), Daytona (Windows  Aero Peek
NT 3.5), Cairo (Windows NT 4.0), Windows NT 5.0 (Windows  Aero Snap
2000), Chicago (Windows 95), Memphis (Windows 98) e em  Todos os sistemas de câmeras são permitidos
2009 retomando a tradição, Vienna (Windows 7)

Informática 44 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Recursos removidos Compatibilidade
Apesar do Windows 7 conter novos recursos, um número A Microsoft afirmou que o Windows 7 terá plena
de capacidades e certos programas que faziam parte compatibilidade com drivers e aplicações. Portanto, não se
do Windows Vista não estão mais presentes ou mudaram, reproduzirão as incompatibilidades e problemas que
resultando na remoção de certas funcionalidades. Segue-se aconteceram ao se usarem programas que funcionavam com
uma lista de recursos que estavam presentes no Windows perfeição no Windows XP e não funcionaram no Windows
Vista mas foram removidas no Windows 7: Vista.
 Muitas ferramentas da interface gráfica,[5]incluindo: Em 24 de Abril de 2009, a Microsoft revelou que o
 O miniplayer do Windows Media Player foi substituído Windows 7 (versões Professional, Enterprise e Ultimate
pelos botões na miniatura da janela apenas) iria ter o Windows XP "embutido", na forma de um
 Fixar navegador de internet e cliente de e-mail padrão modo virtual, similar ao ambiente Classic, do Mac OS X,
no menu Iniciar é na área de trabalho (programas podem ser disponível como download separado.
fixados manualmente) Modo Windows XP
 A marca d'água da versão Starter
 Exibição do número de botões combinados na barra Conhecido também por XPM é a mais nova ferramenta do
de tarefas Windows 7. Consiste em virtualizar o Windows XP, não
 A capacidade de desligar a pré-visualização das apenas em modo de compatibilidade como nas outras
janelas na barra de tarefas (somente no tema "Basic") versões do Windows, mas como num todo, como a execução
 Advanced search builder UI. do código fonte em um Windows XP "de verdade". Este
 A capacidade de desabilitar a propriedade "Sempre no recurso, promete resolver questões definitivamente como a
topo" da barra de tarefas incompatibilidade não resolvida pelo recurso nativo
 Não é mais possível ver as propriedades de várias do Windows Vista por exemplo, que apenas emula parte do
pastas ao selecionar ambas, como era possível antes código do Windows XP, e também, o abandono definitivo
 Ao trocar o idioma seguindo os passos descritos no do Windows XP, já que agora, programas incompatíveis com
site da Microsoft, o sistema, mesmo sendo original, é o Windows Vista e 7 até a Build 7100 (RC), já estarão
reconhecido como pirata, mesmo que o usuário reinsira a funcionando perfeitamente quando a ferramenta entrar em
chave original. acção. Este recurso está presente nativamente a partir da
 O menu de contexto dos botões da barra de tarefas foi versão RC do Windows 7 em inglês, e em versões como em
substituído por Jump Lists, assim as opções Restaurar, Português, deve ser baixada separadamente no site
Mover, Tamanho, Minimizar e Maximizar foram movidas para da Microsoft. Para poder executar o Modo Windows XP, a
o menu de contexto da respectiva miniatura da janela microsoft lançou uma atualização que retira o requisito de um
processador com a tecnologia de virtualização.
 Expandir a área de notificação horizontalmente (ícones
aparecem em uma nova mini-janela) Críticas
 Alguns recursos do Windows Media Player:
 Editor de tags avançadas Regulamentação Anti-monopólio
 Não existe mais a opção "Abrir com..." ao selecionar Assim como outros sistemas operacionais da Microsoft, o
vários objetos no Windows Explorer Windows 7 está sendo estudado por órgãos de
 Recentemente adicionada Auto playlist regulamentação federal dos Estados Unidos. De acordo com
 Windows Photo Gallery, Windows Movie os relatórios de status arquivados, começou a ser discutido
Maker, Windows Mail e Windows Calendar foram substituídos protótipos do novo sistema operacional
pelas suas respectivas contrapartes do Windows Live, com a em Fevereiro de 2008. Michael Gartenberg, um analista da
perda de algumas funcionalidades. Jupiter Research, disse que, "O desafio da Microsoft para o
 Os filtros da web e relatório de atividades foram Windows 7 será continuar a adicionar ferramentas que os
removidos da ferramenta de controle parental.[6] Essas consumidores vão usar sem infringir as regulamentações.
funcionalidades foram substituídas pelo Windows Live Family
Na Europa, é obrigatório que o Windows 7 seja vendido
Safety
com os navegadores de internet rivais, incluindo
 Os protetores de tela Aurora, Windows
possivelmente Mozilla Firefox, Opera ou Google Chrome. O
Energy e Windows Logo
motivo é que, incluindo o Internet Explorer na instalação
 Software Explorer do Windows Defender[8] do Windows, cria uma concorrência desleal aos navegadores.
 Gerenciador de mídias removíveis Porém, Microsoft anunciou no blog dos engenheiros do
 Windows Meeting Spac Windows 7 que os usuários serão capazes de desabilitar
 InkBall mais recursos que no Windows Vista, incluindo o
 O teclado numérico do Teclado Virtual navegador Internet Explorer.
 Microsoft Agent 2.0 Technology
 Windows Sidebar (substituído por Desktop Gadget Campanha Windows 7 Sins
Gallery) A Free Software Foundation (Fundação do Software livre)
WordPad e Paint lançou uma campanha contra o Windows 7 e a Microsoft
intitulada Windows 7 Sins, com fortes críticas ao sistema
O WordPad (programa padrão de edição de textos) e o operacional e ao comportamento da empresa.
Paint (programa padrão de edição de imagens) agora tem
visual semelhante ao Microsoft Office 2007, com a interface A campanha alega que o Windows 7 constitui um ataque
Ribbon. Também possuem recursos novos: Como o Paint à liberdade das pessoas, que o sistema operacional e as
que possuem formatos de desenhos novos. O WordPad ações da empresa buscam ou resultam no envenenamento
agora abrem arquivos no formato DOCX (formato padrão do da educação, invasão de privacidade, monopólio, formatos
Office 2007 e posterior) e ODF (formato usado por próprios e restritivos em relação à padrões internacionais,
muitos softwares livres como o BROffice.org). imposição de DRM e comprometimento da segurança do
usuário através de vulnerabilidades e falhas de segurança.
A campanha é online, e pode ser vista no
site http://windows7sins.org/.

Informática 45 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Edições algum tempo, qualquer sistema operacional precisa de
algumas atualizações para corrigir erros ou, simplesmente,
O Windows 7, assim como o Windows Vista, tem melhorar algumas funcionalidades. É por isso que a Microsoft
disponível seis diferentes edições, porém apenas o Home lança o Windows 7 Service Pack 1. A instalação é um
Premium, Professional e Ultimate são vendidos na maioria processo simples. Como novidades importantes, o Windows
dos países. As outras três edições Starter, Home Basic. O 7 Service Pack 1 traz melhoras no gerenciamento das
Enterprise é ofercido as as Empresas se concentram em conexões Wi-Fi e Bluetooth. Microsoft RemoteFX melhora
outros mercados, como mercados de empresas ou só também a qualidade das conexões com uma área de trabalho
para países em desenvolvimento. Cada edição inclui recursos remoto. O SP1 também inclui novos aperfeiçoamentos para
e limitações, sendo que só o Ultimate não tem limitações de recursos e serviços do Windows 7, como melhor
uso. Com exceção doStarter, que só está disponível na confiabilidade ao se conectar a dispositivos de áudio HDMI,
arquitetura x86 (32 bits), todas as outras edições são em imprimir usando o Visualizador XPS e restaurar pastas
arquitetura x86 (32 Bits) e x64 (64 Bits). Segundo a Microsoft, anteriores no Windows Explorer, após uma reinicialização.
os recursos para todas as edições do Windows 7 serão
armazenados no computador, independentemente de qual Requisitos do sistema
edição em uso. Os usuários que desejam atualizar para uma
edição do Windows 7 com mais recursos, podem utilizar o A Microsoft publicou os Requisitos mínimos do Windows
Windows Anytime Upgrade para comprar a atualização e 7. Os Requisitos do Home Premium/Professional/Ultimate
desbloquear os recursos nessas edições. para a arquitetura de 32 bits são os mesmos requisitos
do Windows Vista, mas a versão de 64 bits é
Linha do tempo consideravelmente mais elevado. A Microsoft lançou um
aplicativo chamado Upgrade Advisor, que examina um
Windows 7 Beta computador para ver se é compatível com o sistema
No dia 9 de Janeiro de 2009, foi liberada a versão oficial operacional.
para download do beta 1 do Windows 7. A build seria a
MICROSOFT WORD 2003
mesma que teria vazado em sites torrent alguns dias antes
(6.1.7000.0.081212-1400). Minutos depois, todos os 1. Iniciar o Word
servidores Microsoft estavam lotados. É muito fácil o procedimento para iniciar o Word: basta
clicar no botão Iniciar, localizado do lado esquerdo (ou parte
A Microsoft divulgou a informação de que o Windows 7
superior) da barra de tarefas do Microsoft Windows. Após
Beta deveria expirar em 1º de junho de 2009. Essa
iniciar o Word, o programa aparece em sua janela com um
informação na verdade era incorreta e fez com que a
documento aberto, novo e em branco.
empresa divulgasse uma nova informação enviando ao
colaboradores da versão de teste que cometeram um erro Em outras palavras, a janela do Word e cada documento
("We made a mistake"). A versão beta deve começar a aberto são exibidos em telas diferentes. Você pode usar o
desligar a cada duas horas a partir de 1º de maio de 2010 Word para ter vários documentos abertos (consequentemen-
(informação oficial) te, várias janelas de documentos) ao mesmo tempo. Além
disso, você pode mudar o tamanho de uma janela de docu-
Windows 7 Release Candidate mento e também pode minimizar uma janela. Quando você
minimiza uma janela de documento, ela é reduzida a um
Dia 5 de março foi liberado o Windows 7 Release
botão na barra de tarefas do Windows. A janela do Word
Candidate build 7100, e expirou no dia 1 de junho de 2009,
contém componentes gráficos para ajudá-lo a usar o aplicati-
reiniciando o computador de duas em duas horas, e com a
vo, incluindo menus, barras de ferramentas e botões. Familia-
tela da Área de Trabalho na cor preta.
rizar-se com os componentes na janela do Word vai econo-
Windows 7 RTM mizar tempo quando você começar a criar e editar documen-
tos. Observe na figura seguinte que as barras de ferramentas
A última compilação do Windows 7 foi feita e registra a Padrão e Formatar estão em linhas separadas, para que
Build 7600. A versão RTM do sistema tem a seguinte você possa vê lãs com clareza.
string: 7600.16385.win7_rtm.090713-1255. Isto significa que
a última versão foi compilada dia 13 de Julho de 2009 às
12:55. O sistema está totalmente estável na maioria dos
cenários e livre de bugs conhecidos. Como prometido pela
empresa, no dia 13 de Julho, ela apresentaria aos parceiros e
ao mundo a versão final do sistema que acabou vazando
antes. Sua versão comercial já está disponível para
comercialização desde 22 de Outubro de 2009. Após alguns
meses no mercado, o Windows 7 fez um grande sucesso,
deixando uma marca histórica para a Microsoft. Que na
atualidade o Windows 7 é considerado seguro, fácil de usar,
rápido em executar tarefas e músicas, etc. O Windows 7 é
conhecido em suas versões: Starter Edition, Home Basic, Muitos dos componentes na janela do Word são pareci-
Home Premium, Professional e Ultimate. dos com os de outros programas do Windows. A figura a
seguir exibe os elementos na janela do Word. Adiante você
Os Services Packs do Windows 7 verá uma descrição de cada elemento.
Windows 7 Service Pack 1
A Microsoft lança um pacote de atualizações para o Barra de título – Área de uma janela ou caixa de diálogo
sistema operacional Windows 7, mas conhecido como o que exibe o nome da caixa ou do aplicativo e o nome do
famoso Service Pack. O service pack do Windows 7 é a documento que está aberto. Ela está localizada ao longo do
primeira versão. Trazendo novas funções e mais segurança topo da janela.
aos usuários domésticos e empresas, tornando-se o
Windows 7 mais seguro e confiavel. O Service pack esta Barra de menu – Área que lista os nomes dos comandos
disponível em português, apenas usando o Windows Update disponíveis no Word, na qual você pode fazer a seleção,
para receber a atualização para o Windows 7. Depois de clicar sobre cada um deles e escolher uma série de ações. A

Informática 46 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
barra de menu está localizada logo abaixo da barra de título. sombra) .
Alinhar um texto em um documento
Barra de ferramentas Padrão – Ela fornece acesso rápi- Como padrão, o texto que você digita tem o atributo de a-
do às funções de edição mais utilizadas. Por exemplo, nela, o linhado à esquerda já aplicado. Isto é, o texto está alinhado
botão que você usa para salvar um documento contém um pela margem esquerda. Entretanto, você pode alterar esse
ícone de um disquete. A barra de ferramentas Padrão está atributo, deixando seu texto centralizado na página, alinhado
localizada logo abaixo da barra de menu. à direita ou justificado – ou seja, preenchendo todo o espaço
entre as margens direita e esquerda.
Ponto de inserção – É uma linha vertical piscante, na ja-
nela do documento, que indica onde vai aparecer, ao ser Alinhar à esquerda Centralizar Alinhar
digitado, o próximo caractere – qualquer letra, número, espa-
ço, espaçamento longo (tab), quebra de página, marca de à direita Justificar
parágrafo ou símbolo que se pode inserir num documento.
Recortar, copiar e colar texto
Régua – Trata-se de uma escala numerada na tela, com A opção Recortar e Colar permite que você remova um
marcação em polegadas ou em outras unidades de medida, texto de um lugar e o coloque em outro – tanto no mesmo
que muda as margens de parágrafos, reinicia a margem de documento quanto em outro.
uma página (uma área de espaço em branco entre o final do A opção Copiar e Colar duplica a informação original em
papel e o texto) e ajusta a largura de colunas. outro lugar ou documento.
A régua está localizada abaixo das barras de ferramentas. Há vários métodos para trocar trechos de informação de
Modos de visualização lugar: com o trecho selecionado, você pode clicar em Recor-
Normal
tar e Colar no menu Editar; clicar nos botões
Para poder visualizar-se o texto quando não é necessário
Recortar e Colar na barra de ferramentas Padrão; ou, ainda,
ter ainda uma ideia sobre como irá ficar o trabalho final, deve-
clicar com o botão direito do mouse e escolher essas opções
rá ser selecionado este modo de visualização, pois necessita
no menu de atalho que então aparece.
de menos recursos do computador . Para aceder a esta op-
ção basta selecionar o menu Ver , opção Normal As mesmas opções estão disponíveis para os recursos
Esquema Web
Copiar e Colar
Se desejar-se visualizar o resultado do texto, se fosse
gravado como páginas de Web, num Browser (Exemplo:
Internet Explorer) deve selecionar-se este modo de visualiza- Configurar página
ção. Na maioria das vezes, é preferível usar a caixa de diálogo
Para aceder a esta opção basta selecionar o menu Ver , Configurar página, pois nela, além de ajustar as configura-
opção Esquema Web ções das margens de página superior, inferior, esquerda e
Esquema Impressão direita, é possível definir o posicionamento de cabeçalhos e
rodapés e selecionar a quantidade de texto que quer que as
Quando é necessário visualizar o trabalho para se poder
configurações afetem. Ao usar a caixa de diálogo Configurar
analisar como irá ficar após ser impresso em papel, deve-se
página, você vai determinar a aparência do documento na
selecionar este modo de visualização. Para aceder a esta
página impressa. As margens das páginas afetam o docu-
opção basta selecionar o menu Ver, opção Esquema de
mento inteiro, pois, depois de mudadas, podem alterar para
Impressão
mais ou para menos o número de páginas no documento,
Esquema Leitura dependendo da quantidade de texto que permitirão por pági-
Quando se deseja trabalhar sobre a estrutura do texto em na.
modo semelhante a um livro, deve-se selecionar o modo de
visualização de esquema de leitura. Para aceder a esta op-
Imprimir um documento
ção basta selecionar o menu Ver , opção Esquema de Leitu-
ra. Você pode usar dois métodos para imprimir um documen-

to no Word.Um deles é pelo botão Imprimir . Esse


método é conveniente quando você quer imprimir o documen-
to inteiro, pois com ele você obtém uma cópia de todas as
páginas do documento que estiver visível na janela do Word.
Com ele, é acionada a impressora padrão vinculada a seu
computador. Outro método é pelo menu Arquivo, para exibir
a caixa de diálogo Imprimir. Assim, você pode imprimir vá-
rias cópias do documento, imprimir em uma impressora dife-
Formatação de texto rente, imprimir um trecho selecionado do texto ou imprimir um
O Word permite que cada letra do texto possa estar com número limitado de páginas. Basta especificar qualquer uma
uma determinada fonte e/ou efeito. Existem dois modos de dessas opções na caixa de diálogo Imprimir.
formatar o tipo de letra, um consiste em selecionar com mou- Cabeçalho e Rodapé : Escolha
se, mantendo premido o botão do lado direito do mesmo
Assim como a numeração de páginas, os cabeçalhos e os
sobre o texto a modificar e o outro consiste em selecionar o
rodapés são ótimos para organizar documentos de mais de
tipo e efeito desejado e começar a escrever.
uma página – principalmente os que contêm capítulos ou
Para aceder a esta opção basta selecionar o menu For- seções. Usando cabeçalhos e rodapés como referência, o
matar , opção Tipo de Letra leitor sempre saberá que parte do documento está lendo.
No separador Tipo de letra podem ser alteradas as fontes Você pode acrescentar um texto de cabeçalho ou rodapé a
das letras assim como seus tamanhos. Também os estilos do um documento nas margens superior ou inferior da página.
texto podem ser alterados (negrito, sublinhado, itálico) e Esse texto pode ser um identificador, como o nome do arqui-
aplicados efeitos ao texto (superior à linha , alto relevo, vo ou informações sobre o autor. Lembre-se: assim como a

Informática 47 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
numeração das páginas, cabeçalhos e rodapés só são visí- peciais
veis no modo de exibição Layout de impressão.
1 No menu Exibir, clique em Cabeçalho e rodapé.
A barra de ferramentas e as caixas Cabeçalho e rodapé
aparecerão. Repare que o texto principal da página ficará
inacessível e você poderá apenas acrescentar texto nas
caixas de cabeçalho ou de rodapé. Observe que a caixa
Cabeçalho está na parte superior da página e que a caixa
Rodapéestá na parte inferior.

Escolha um símbolo e depois no botão Inserir.


2 Na barra de ferramentas Cabeçalho e rodapé
, clique no
O símbolo será inserido no documento, na posição atual
botão Alternar entre cabeçalho e rodapé
.
do ponto de inserção do mouse.
Inserindo imagens
Se você tiver arquivos de imagem disponíveis em seu dis-
O ponto de inserção se moverá do cabeçalho para o texto co local, em um disquete ou em um CD-ROM, poderá inseri-
de rodapé. las facilmente em seus documentos do Word – no local em
que estiver o ponto de inserção do mouse. Para trabalhar
Clique no botão Alternar entre cabeçalho e rodapéno- com imagens, é preciso usar o modo de exibição layout de
vamente. O ponto de inserção estará de volta ao cabeçalho. impressão do Word ou o modo de exibição de layout da
Digite seu nome. Ele aparecerá no canto superior esquer- Web, já que as imagens não aparecem no modo Normal.
do do cabeçalho. 1. No menu Inserir, aponte para Imagem e clique em Do
Localizar e substituir arquivo.
Às vezes estamos trabalhando em um documento grande
e, de repente, nos damos conta de que digitamos uma pala-
vra errada. E isso pode ter acontecido várias vezes. Procurar
o erro em cada linha escrita seria um atraso de vida. Demora-
ria um tempão! Mas o Word possui recursos que nos permi-
tem encontrar rapidamente um trecho específico do docu-
mento. Por exemplo: se lembrarmos que o trecho desejado
contém determinada palavra ou frase, podemos usar a caixa
de diálogo
Localizar e substituir para localizar a palavra errada.
No menu Editar, clique em Localizar.

2. Selecione a imagem desejada, e clique no botão Inserir.


A imagem é inserida no ponto de inserção do mouse.
Inserindo imagens do Clip-Art
O Microsoft Office 2002 possui centenas de imagens
prontas que estão disponíveis no Microsoft Clip Gallery,
como paisagens, mapas, prédios, pessoas e fotos. O Word
Inserindo data e hora designa essas imagens como clip-arts. Dependendo de como
No menu Inserir, clique em Data e hora. o Word tiver sido instalado em seu disco local, você pode ter
A caixa de diálogo Data e hora se abre, mostrando todos centenas ou pelo menos 144 imagens arquivadas em seu
os formatos possíveis de data e hora na lista Formatos dis- disco rígido. o Clip Gallery para visualizar e inserir sons e
poníveis. videoclipes em um documento.
Clique na opção Inserir.
Será apresentada uma caixa de dialogo de pesquisa pela
qual poderemos procurar todas figuras armazenadas no
computador, ou caso queira efetuar uma busca apenas sobre
um titulo referente, o exemplo acima apenas será exibido,
imagens referentes a fogos de artifício.
Criar colunas
Você pode criar rapidamente colunas de mesma largura,
usando o botão Colunas na barra de ferramentas Padrão.
Ao clicar nesse botão, o Word exibe um menu gráfico que
você pode utilizar para especificar o número de colunas que
deseja.
Você também pode usar a caixa de diálogo Colunas –
acessível pelo menu Formatar – para criar quantas colunas
desejar, sejam de mesma largura ou de larguras diferentes.
Clique no formato desejável (o dia, o mês por extenso e o Nessa caixa de diálogo, você pode, ainda, personalizar cada
ano) e clique em OK. coluna com uma medida específica.
Inserindo símbolos e caracteres especiais
No menu Inserir, clique em Símbolo, ou Caracteres es-

Informática 48 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

É possível usar o Word para mesclar cé lulas nesse tipo


de formatação de tabela – seja para juntar várias células de
uma linha em uma única célula, seja para unir várias células
de uma coluna para formar uma única célula. O Word tam-
bém permite que várias células de várias colunas sejam mes-
cladas em uma única célula. Todas essas tarefas de mescla-
gem usam o comando Mesclar cé lulas. Para tanto, basta
selecionar as células que quer mesclar e, no menu Tabela,
clicar em Mesclar células.
Depois de definir a formatação das colunas, você pode
modificá-las usando tanto a caixa de diálogo Colunas.
Inserir e excluir colunas e linhas
Tabelas
Imagine que depois de montar sua tabela você perceba
No Word, uma tabela é uma estrutura composta de caixas que precisa adicionar novas colunas e linhas a ela. No menu
retangulares chamadas células, que estão ordenadas em Tarefa é possível fazer isso sem problemas. Assim como
colunas e linhas. Uma célula é a interseção de uma linha e fazer o contrário: excluir colunas e linhas. Para inserir colunas
uma coluna, sendo usada para armazenar e formatar texto, ou linhas em uma tabela, posicione o cursor dentro de uma
números ou um gráfico. Uma coluna é a ordenação vertical célula que estiver acima ou abaixo da área onde você quer
de textos ou números na tabela, enquanto uma linha repre- inserir a linha ou a coluna. No menu Tabela, aponte para
senta sua ordenação horizontal. Inserir e clique na opção desejada e onde você quer que a
coluna ou linha seja inserida. Também é possível selecionar
Na barra de ferramentas Padrão, você pode clicar no bo- várias linhas ou colunas para indicar que se quer inserir esse
tão Tabela para especificar o número de colunas e linhas que número de linhas ou colunas no local indicado.
quer em sua tabela.
Word 2007
Adaptação
Se você está migrando agora de uma versão anterior para
o Word 2007, fique atento à guia “Início”, da faixa de opções.
Os comandos mais comuns para as tarefas do seu dia-a-dia
estão nessa guia, o que dispensa a constante procura pelo
comando que você quer executar, como acontecia muito nos
antecessores do Word 2007.
A faixa de opções tem um sistema “inteligente”. Por e-
xemplo: se você adicionar uma tabela ou imagem, aparecerá
uma nova guia em destaque na faixa de opções, contendo
Você pode usar a caixa de diálogo Inserir tabela para
comandos adicionais que podem ser usados para editar o
especificar o número de colunas e linhas para sua tabela,
objeto que você acabou de criar.
além de outras formatações oferecidas.
Caso você não se adapte tão facilmente ao novo modo de
trabalho do Word 2007, é possível abrir as janelas clássicas
clicando na seta que fica à direita do nome do grupo, confor-
me a imagem abaixo:

Depois de ter criado uma tabela, você pode continuar a


modificar sua estrutura, combinando células, inserindo e
excluindo colunas ou linhas, redimensionando linhas e colu-
nas, ou aplicando uma formatação para a tabela toda ou para
as linhas, colunas ou células selecionadas.
Mesclar cé lulas da tabela
Depois de criar uma tabela, você pode achar que alguns
de seus dados não estão bem organizados nas células defi-
nidas. Por exemplo, se você criou uma tabela de quatro colu-
nas, em que cada uma contém as informações de gastos
mensais para o atual trimestre, a primeira célula da primeira
coluna pode trazer o título da tabela, enquanto a última célula Veja que, clicando na área indicada na imagem, você po-
da primeira coluna pode trazer o texto Total geral. derá abrir a janela de formatação de fonte. Perceba que nem
todos os grupos possuem opções adicionais e, portanto, não
exibirão a seta (como o grupo “Edição”, por exemplo).
Monitores pequenos acabam tendo boa parte de sua tela
ocupada pela faixa de opções. Assim como a barra de tarefas
do Windows, você pode fazer com que a faixa de opções do
Office só apareça quando for clicada. Para tanto, clique com
o botão direito do mouse sobre uma área da faixa de opções
que não contenha botões e selecione a opção “Minimizar a
Faixa de Opções”.

Informática 49 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Você deve saber que, se precisar enviar um documento
do Word para alguém, deve usar fontes comuns, pois se
aquelas que você usou não estiverem instaladas no outro
computador, o Word as substituirá por fontes padrão. Isso
impede você de incrementar visualmente seu documento,
certo? Errado! No Word 2007, você pode incorporar as usa-
das no documento quando salvá-lo, para que ele seja exibido
corretamente em qualquer computador que for aberto.
Clique no botão com o símbolo do Office, depois em “Op-
ções do Word”. No item “Salvar”, marque a opção “Incorporar
Veja como o visual do programa fica mais limpo dessa fontes no arquivo” e “Incorporar somente os caracteres usa-
dos no documento”, depois clique em OK. Agora, as fontes
forma. Para voltar a faixa de opções ao normal, repita o pro-
que não forem padrão do sistema serão incluídas no seu
cedimento mostrado acima.
arquivo, para que outros computadores sejam capazes de
visualizar o texto corretamente.
Comandos
Em uma eventual falta de atenção, você pode acabar digi-
tando a mesma palavra duas vezes, ou mesmo escrever de
Lembra que nos Offices anteriores aos 2007 havia um í- forma incorreta, precisando teclar o backspace várias vezes
cone de impressora, para que o documento fosse enviado para excluí-la. Um comando que deixa o procedimento mais
rapidamente para a impressora? Na versão 2007, este ícone rápido é o CTRL + DELETE, caso o cursor esteja posicionado
foi retirado, mas se você preferia que ele estivesse, é possí- antes da palavra; ou o CTRL + BACKSPACE, se o cursor
vel adicioná-lo no topo da janela, juntamente com os coman- estiver depois da palavra a ser excluída. Pressionando essa
dos de Salvar, desfazer e refazer. combinação de teclas, você remove rapidamente palavras
inteiras do texto.
Criar tabelas no Word é uma tarefa corriqueira para mui-
Clique na pequena seta, conforme a imagem acima e se- tos usuários. Porém, perde-se muito tempo e muitos cliques
lecione a opção “Impressão rápida”. O botão de impressora para se criar tabelas, por mais simples que se queira. No
será exibido para que você imprima sem precisar definir inú- Word 2007, há uma maneira extremamente prática de fazer
meros parâmetros. Se quiser, você também pode adicionar isso: utilizando o sinal de adição (+) e o sinal de subtração (-).
qualquer outro comando a essa área da janela, basta sele-
cionar no menu, ou clicar na opção “Mais Comandos...”. O sinal de adição delimita as colunas e o sinal de subtra-
ção, usado repetidas vezes, cria a largura das colunas. De-
Formatação pois de satisfeito, tecle ENTER para que os símbolos sejam
Elementos do Word que podem ter estilos aplicados, co- transformados em uma tabela. Veja a imagem abaixo, que
mo texto ou tabelas, têm um sistema de pré-visualização. ilustra o procedimento.
Sempre que você quiser aplicar um estilo, basta selecionar o Salvando
texto ou elemento desejado e passar o mouse sobre os vá-
rios estilos disponíveis. Muitos usuários do Microsoft Office ainda não atualizaram
para a versão 2007, que possui um novo formato de arquivo
para facilitar a integração com outros programas. Versões
anteriores do Word não são capazes de ler documentos feitos
no Word 2007, a menos que o usuário tenha instalado o pa-
cote de compatibilidade. Caso você troque documentos fre-
quentemente com pessoas que não usam o Word 2007, vale
a pena configurar o programa para que sempre salve os
arquivos em um formato que versões como 97 e 2003 pos-
Quando fizer isso, o Word automaticamente alterará o vi- sam ler.
sual da seleção para o estilo que você está com o mouse em
cima. Essa ferramenta é particularmente útil para ganhar Clique no botão com o símbolo do Office e depois em
tempo, já que você não precisa mais aplicar, um a um, todos “Opções do Word”. Vá até o item “Salvar”, na opção “Salvar
os estilos até achar o que mais agrada. arquivos neste formato”, selecione “Documento do Word97-
2003 (*.doc)” e clique em OK. Pronto! Agora todos os docu-
Alguns usuários costumam formatar de uma forma perso- mentos que você salvar terão o formato compatível qualquer
nalizada os documentos que produzem. Porém, o Word tem versão do Office a partir da 97.
um padrão de formatação que sempre será o mesmo, a me-
nos que você mude o modelo do documento padrão. Caso Quem atualiza muitas informações em espaços curtos de
você queira que o Word sempre deixe a fonte Verdana, ta- tempo, não pode se dar ao luxo de perder um bocado de
manho 10, clique na seta que fica ao lado do nome do grupo trabalho porque esqueceu de salvar o documento com fre-
“Fonte”, para exibir a janela de formatação de fonte. quência. Para isso serve o arquivo de AutoRecuperação.
Contudo, o período de tempo normal que o Word salva é de
Altere as opções que quiser e clique no botão “Padrão”. O 10 minutos, o que para o caso mencionado, é muito tempo.
Word perguntará se você quer que todos os documentos
baseados no modelo padrão passem a ser criados já com as Clique no botão com o síbolo do Office e depois em “Op-
alterações. Clique em “Sim” e repita o procedimento para ções do Word”. No item “Salvar”, reduza o intervalo de tempo
outros atributos, como parágrafos justificados e espaçamento do item “Salvar informações de AutoRecuperação a cada”
entre linhas. para 1 minuto. Assim, você não terá problemas em qualquer
eventualidade, como quedas de energia ou travamento do
*Sempre que você ver o botão “Padrão...” em uma caixa PC.
de diálogo, é porque existe a possibilidade de tornar padrão
as opções selecionadas por você naquela janela.
O Word 2007 está com um novo formato, uma nova interface

Informática 50 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
do usuário que substitui os menus, as barras de ferramentas
e a maioria dos painéis de tarefas das versões anteriores do
Word com um único mecanismo simples e fácil de aprender.

A nova interface do usuário foi criada para ajudá-lo a ser mais


produtivo no Word, para facilitar a localização dos recursos
certos para diversas tarefas, para descobrir novas funcionali-
dades e ser mais eficiente.

A principal substituição de menus e barras de ferramentas no


Office Word 2007 é a Faixa de Opções. Criada para uma fácil
navegação, a Faixa de Opções consiste de guias organiza-
das ao redor de situações ou objetos específicos.

Os controles em cada guia são organizados em diversos


grupos. A Faixa de Opções pode hospedar um conteúdo mais
rico que o dos menus e das barras de ferramentas, incluindo
botões, galerias e caixas de diálogo.

SALVANDO O DOCUMENTO
DESFAZER
Definição: salvar um documento significa guardá-lo em algum
Definição: Desfaz a digitação, supomos que você tenha digi-
lugar no computador para quando você quiser utilizá-lo no- tado uma linha por engano é só clicar no botão desfazer que
vamente é só abri-lo que tudo o que você fez estará lá intacto ele vai desfazendo digitação.
do jeito que você deixou
A opção desfazer é localizado no topo da tela

1º Salvando clique em e escolha Salvar como (C-


TRL+B)
2º Nesta tela é que você define onde será salvo e o nome (CTRL+Z)
desse arquivo depois clique em salvar
REFAZER
Definição: supõe-se que você tenha digitado dez linhas a
apagou por engano nove linhas, para você não ter que digitar
as nove linhas tudo de novo clique no Botão Refazer ou
(CTRL+Y)
A opção refazer digitação esta localizada no topo da tela

VISUALIZAR IMPRESSÃO
Definição: visualiza o documento como ele vai ficar quando
for impresso.
A opção visualizar impressão esta localizada no topo da tela

por padrão o botão visualizar im-


pressão não aparece.

Diferença entre salvar e salvar como 1º Colocar o botão clique na seta ao lado do Refazer digita-
• Salvar como: é usado sempre que o documento for salvo ção vai aparecer um submenu marque a opção visualização
pela primeira vez, mesmo se for clicado em salvar apare- de impressão
cerá à tela do salvar como.
• Salvar: É usado quando o documento já esta salvo e
você o abre para fazer alguma alteração nesse caso usa-
se o salvar.

ABRINDO DOCUMENTO

1º Clique em e escolha Abrir (CTRL+A)


2º Nesta tela é só procurar o arquivo onde foi salvo

2º clique sobre

Informática 51 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

Definição: O criar um novo documento em branco

1º Clique no Botão Microsoft Office e, em seguida,


Obs. Coloque o cursor do mouse sobre a tela branca vai clique em Novo ou CTRL+O
aparecer uma lupa com um sinal de + significa que você pode
aumentar o zoom quando dentro da lupa aparecer um sinal
de – significa para reduzir o zoom
3º Sair da Visualização aperte a tecla ESC ou

VISUALIZAR DUAS PÁGINAS


Definição: Serve para quando for necessário visualizar mais
de uma pagina ao mesmo tempo em que esta localizada na
mesma tela anterior

MUDANDO DE PAGINA
Definição: Essas opções PRÓXIMA PÁGINA e PÁGINA AN-
TERIOR que aparecem quando você visualiza impressão
elas permitem que você visualize todas as páginas de seu
documento sem precisar sair do visualizar impressão.

1º clique

Navega para a próxima página do docu-


mento

Navega para página anterior do docu-


mento

ZOOM 2º Escolha Documento em Branco e Criar


Definição: Zoom significa Aumentar ou diminuir a visualização
do documento você define o zoom em porcentagem quando o
zoom é aumentado você consegue visualizar o seu documen-
to mais próximo da tela, quando ele é diminuído você conse-
gue visualizar o documento mais distante da tela.

1º Aba Exibição clique

3º Nesta tela que é definido o tamanho do zoom

IMPRESSÃO RÁPIDA
Definição: imprime em folha
Por padrão esse botão não aparece no topo para colocá-lo

Informática 52 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

Definição:
Em Intervalo de Página
1º clique sobre a Impressora • Todos: Significa que todas as páginas do documento
serão impressas
IMPRIMIR • Página Atual: Significa que apenas a página que tiver o
Definição: Outro modo de imprimir um documento aqui pode- cursor nela será impressa
rá escolher quais páginas, quantas cópias serão impressas, • Paginas: Neste campo são definidas quais páginas serão
enquanto na impressão rápida ele imprime o documento impressas ex: 1, 2,3 coloque a vírgula como separador
inteiro se tiver 10 páginas as 10 serão impressas. Em Cópias
• Numero de Cópias: escolha a quantidade de cópias que
1º clique sobre ou (CTRL+P) você irá querer clicando na setinha pra cima para aumen-
tar e setinha pra baixo para diminuir a quantidade de có-
pias

ORTOGRAFIA E GRAMÁTICA
Definição: a verificação de ortografia permite a correção de
erros ortográficos e de palavras digitadas erradas, existe o
erro que aparece com um risco verde em baixo da palavra
significando que aquela palavra tem erro ortográfico, ou seja,
excesso de espaço, conjugação do verbo errado, erro de
crase, etc.

Existe também outro erro quando a palavra aparece com um


risco vermelho este tipo de erro aparece quando a palavra
digitada não existe no dicionário do Word.
Obs. Um exemplo utilizando os dois erros o Verde e o Verme-
lho

1º O primeiro erro é o verde esta entre Carga e o do contém


entre essas duas palavras um excesso de espaço, ou se-
ja, ao invés de se colocar apenas um espaço foi colocado
dois.
Ex: Carga do Sistema Operacional
2º O Segundo erro é o vermelho o ocasionamento deste erro
foi que no dicionário do Word a palavra que existe é orto-
gráfico e não ortografio.
Ex:Verifique a ortografio

Corrigindo o erro: Existem duas formas de se corrigir erros


ortográficos
1º forma:
• Clique com o botão direito sobre o erro verde
• Olha que beleza o Word acusou o erro, esta mostrando
2º Clique em imprimir a caixa de dialogo abaixo é onde é que existe excesso de espaço entre as palavras em ques-
definida a impressão tão para corrigi-la clique sobre a opção que lhe é mostra-
da que é verificar o excesso de espaço entre as pala-
vras que o erro é corrigido automaticamente.

Informática 53 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

SELECIONANDO TEXTO
Definição: Para selecionar um texto coloque o cursor do
mouse antes da primeira palavra do texto quando o cursor
virar um I clique com o botão esquerdo e o segure arrastan-
do-o, olhe no exemplo abaixo a parte roxa é a parte do texto
selecionada.

Ex:

COPIANDO TEXTO
Definição: Quando é necessário utilizar um determinado texto
Clique com o botão direito sobre o erro vermelho em outro documento não é necessário digitar tudo novamente
O Word mostra várias opções que ele encontrou em seu faça o seguinte.
dicionário basta escolher a correta e clicar em cima, no nosso 1º selecione parte do texto a ser copiado
caso a primeira opção é a correta clique-a, caso nenhuma
das opções que o Word mostrar fosse a correta clique na 2º Na Aba Inicio clique sobre Copiar ou (C-
opção Ignorar que o Word não corrigirá a palavra em ques- TRL+C)
tão se em seu texto tiver 10 palavras Ex: “ortografio” caso
você queira ignorar este erro, ou seja, mantê-lo não precisa COLAR O TEXTO
ignorar um por um, clique na opção Ignorar tudo que todas Definição: Colar significa pegar o texto que foi copiado e
as palavras “ortografio “serão ignoradas”. colocá-lo em outro lugar.
1º Após ter copiado o texto no exemplo anterior
2º Forma: é usar o Corretor ortográfico

2º Na Aba Início clique em Colar ou (CTRL+V)


1º Aba Revisão ou (F7)
Observe a tela abaixo: o Word acusou excesso de espaço RECORTAR TEXTO
entre as duas palavras caso esteja correto, clique no botão Definição: Recortar um texto é o ato de se transferir de um
Ignorar uma vez caso esteja errado escolha a sugestão do lugar para outro, sendo diferente do copiar que copia o texto
corretor que é Verifique o excesso de espaço entre as e mantém o texto no lugar, enquanto que o recortar arranca-o
palavras clique no botão Alterar no nosso caso o excesso de daquele lugar onde esta para outro que você escolher.
espaço esta errado, clique em Alterar.
1º selecione o texto a ser recortado

2º na Aba Inicio clique sobre Recortar ou (C-


TRL+X)

Negrito
Definição: O negrito geralmente é utilizado para destacar uma
letra, uma palavra que você acha muito importante quando o
negrito é colocado a letra fica mais grossa que as normais.
1º Selecione o texto a ser negritado
2º Aba início clique em Negrito ou (CTRL+N)
Ex: Carro

Obs. Para retirar o negrito do texto selecione o texto que foi


negritado e desmarque a opção

Sublinhado
Definição: O sublinhado faz com que o texto fique com um
Próximo erro: O Word acusou outro erro e mostra várias
risco em baixo
opções para que você escolha procure a palavra que é corre-
1º Selecione o texto a ser sublinhado
ta e clique em Alterar no nosso caso a correta é a primeira
que ele mostra selecione-a e clique em Alterar 2º Aba Início clique em Sublinhado ou (CTRL+S)
Ex: Office 2007

Obs. Para retirar o sublinhado do texto selecione o texto que


foi sublinhado e desmarque a opção

Itálico
Definição: A letra com itálico fica tombada
1º Selecione o texto a ter o itálico
2º Aba Início clique em Itálico ou (CTRL+I)
Ex: Office 2007

Tachado
Definição: A letra tachada fica com um risco no meio dela
1º Selecione o texto a ser Tachado

2º Aba Início clique em Tachado

Informática 54 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Ex: Carro 1º Selecione o texto a ser alinhado

Obs. Para retirar o tachado do texto selecione o texto que 2º Aba Início clique em Alinhar Texto a Esquerda ou
tem o Tachado e desmarque a opção (CTRL+Q)

Cor da fonte Centralizar


Definição: Cor da fonte é utilizada quando se deseja alterar a Definição: Faz com que o texto digitado fique no centro da
cor do texto ou de uma palavra página
1º Selecione o texto a ser mudada a cor 1º Selecione o texto a ser alinhado
2º Aba Início clique em Cor da Fonte 2º Aba Início clique em Centralizar ou (CTRL+E)

Alinhar à Direita
Obs. Quando falar fonte significa letra
Definição: Faz com o texto fique alinhada a sua direita
Tipo da fonte 1º Selecione o texto a ser alinhado
Definição: Tipo da fonte permite ao usuário a mudança do 2º Aba Início clique em Alinhar texto à Direita
estilo da letra.
1º Selecione o texto a ser mudado o tipo da fonte Justificar
Definição: Alinha a margem direita e esquerda, adicionando
2º Aba Início clique em Tipo da Fonte
espaços extras entre as palavras conforme o necessário
ou (CTRL+SHIFT+F)
1º Selecione o texto a ser alinhado
Ex: Carro
2º Aba Início clique em Justificar ou (CTRL+J)
Tamanho da fonte
Definição: Tamanho da fonte permite que a letra seja aumen- Ex: A memória ROM significa Memória apenas de leitura.
tada ou diminuída Esta memória que esta fixa ao computador, não pode ser
1º Selecione o texto a ser mudado o tipo da fonte (letra) ampliada e vem com instruções que fazem a checagem geral.
2º Aba Início clique em Tipo da Fonte ou (C- No instante inicial quando se liga o computador for encontra-
TRL+SHIFT+P) do algum problema é emitido um sinal com um código de
alerta.
Aumentar Fonte
Definição: Aqui é outro modo de se aumentar a letra Obs. Olhe como a margem esquerda e direita ficaram retas
1º Selecione o texto a ser mudado
Marcadores
2º Aba Início clique em Aumentar Fonte ou (C-
TRL+SHIFT+>) 1º Aba Inicio clique em Marcador
Ex:
Reduzir Fonte • Vectra
Definição: outro modo de se diminuir o tamanho da letra • Corsa
1º Selecione o texto a ser mudado
Obs. Para que a próxima linha tenha um marcador aperte
2º Aba Início clique em Reduzir Fonte ou (C- ENTER para pular para linha de baixo
TRL+SHIFT+<)
Numeração
Primeira letra da sentença em maiúscula
Definição: faz com que a primeira letra do parágrafo selecio- 1º Aba Inicio clique em Numeração
nado fique em maiúscula Ex:
1. Vectra
1º Aba Início 2. Corsa
Ex: Convertendo a primeira letra para maiúscula
Aumentar Recuo
Minúscula 1º Coloque o cursor no início do parágrafo na Aba Início
Definição: faz com que todo texto selecionado fique em mi-
núscula clique em Aumentar Recuo ele vai criar um espaço
entre a margem esquerda e o parágrafo é o mesmo que
1º Aba Início apertar a tecla TAB
Ex: convertendo todo texto para minúscula 2º Coloque o curso no início da palavra e na Aba Início
Maiúsculas clique em Diminuir Recuo ele vai diminuir o espaço
Definição: Faz com que todo texto selecionado fique em mai- entre o seu parágrafo e a margem esquerda é o mesmo
úscula que apertar o BACKSPACE
1º Aba Início Espaçamento entre as linhas
Ex: CONVERTENDO TODO TEXTO SELECIONADO PARA Definição: Espaçamento é um espaço dado entre uma linha e
MAIÚSCULA outra
Colocar cada palavra em maiúscula 1º Na Aba Início clique em Espaçamento entre linhas
Definição: faz com que toda inicial das palavras passem para escolha 1,5
maiúscula
Localizar
1º Aba Início Definição: Serve para localizar qualquer palavra em seu do-
Ex: Convertendo A Inicial De Cada Palavra cumento.

Alinhar à Esquerda
Definição: Faz com o alinhamento do texto fique a esquerda.
1º na Guia Início ou (CTRL+L)

Informática 55 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Ex: País decide ampliar o programa nuclear rior de cada página impressa
2º Digite a palavra a ser procurada no campo Localizar digite
neste campo “programa” que lhe será mostrado o resulta- 1º Aba Inserir
do. Ex: Digite: Apostila Office 2007

Substituir Data e Hora no Rodapé


Definição: Serve para substituir uma palavra por outra
Ex: País decide ampliar o programa nuclear 1º Aba Inserir Editar Cabeçalho clique em

1º Na Guia Inicio ou (CTRL+U)


No campo Localizar é palavra que vai ser localizada no texto
No Campo Substituir por é pela palavra que será trocada Escolha o modelo de data e hora a serem exibidos
No exemplo, será procurada, no texto, a palavra “programa” e
será substituída por “projeto” Letra Capitular
Definição: Cria uma letra maiúscula no ínicio de um parágrafo
1º Selecione a letra que vai receber o capitular

2º Aba Inserir escolha Capitular


Obs. Para retirar o capitular selecione a letra capitulada e
escolha a opção nenhum

MICROSOFT EXCEL 2003

O que éMicrosoft Excel

Obs.
Substituir: A palavra encontrada é substituída O Microsoft Excel é, sem dúvida, o melhor e mais fácil
Substitui Tudo: A palavra encontrada e todas iguais a ela programa para manipulação de planilhas eletrônicas.
serão substituídas Em sua versão 2003, o programa trás uma interface mais
Ficará: País decide ampliar o projeto nuclear leve, com tons de cores mais suaves, ficando mais flexível e
intuitivo, com mudanças voltadas para novos usuários e a-
INSERIR NÚMERO DE PÁGINA tendendo pedidos de usuários fieis do programa.
Definição: Numerar pagina significa numerá-las sequencial- Oito em cada dez pessoas utilizam o Microsoft Excel para
mente. trabalhar com cálculos e sistemas de gráficos indicadores de
valores.
1º Guia inserir temos as seguintes O usuário pode utilizar formulas e funções que facilitarão
opções: operações específicas ao trabalhar com diversos valores.
1. Início da Página: a numeração ficará no início da Página
O aprimoramento do produto faz do Excel uma excelente
2. Fim da Página: Será colocada a numeração no fim da
ferramenta para desenvolver planilhas profissionais, pois o
página
programa ao ser carregado exibe um painel de tarefas facili-
tando a abertura e pesquisa de trabalhos salvos.
INSERIR CABEÇALHO E RODAPÉ
Inicialização do Excel 2003
Inserindo Cabeçalho O pressuposto será que o item Microsoft Excel 2003 es-
Definição: O conteúdo do cabeçalho será exibido no alto de teja presente dentro da opção Programas no Menu Iniciar,
cada página impressa que fica localizado na parte inferior esquerda da janela princi-
pal do Windows.
1ºAba Inserir Ambiente de trabalho
Ex: Digite: Apostila Office 2007
Quando o Excel é iniciando é exibido uma nova pasta de
Data e Hora no Cabeçalho
trabalho em branco. Nesta pasta você poderá inserir seus
1º Aba Inserir Editar Cabeçalho clique em dados dentro das planilhas denominadas Plan1, Plan2,
Plan3.

Escolha o modelo de data e hora a serem exibidos

Inserindo o Rodapé
Definição: O conteúdo do Rodapé será exibido na parte infe- Do lado direito, está o painel de tarefas. Um eficiente painel

Informática 56 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
para tarefas corriqueiras como abrir pasta de trabalho ou criar Para incluir dados, selecione uma célula, digite os dados
uma nova pasta de trabalho baseado em modelos. e selecione com o mouse a caixa de entrada da barra de
Para fechar o Painel de tarefas, basta clicar no botão ( ) fórmula (√
√) ou pressione ENTER.
Fechar do próprio painel. Para editar dados, selecione a barra de fórmula com o
Elementos da Tela de Abertura mouse ou pressione F2. Em seguida, digite as alterações e
Após a inicialização do programa, o computador mostra a selecione com o mouse a caixa de entrada, ou pressione
tela de abertura do Excel 2003 e seus respectivos elementos, ENTER.
que como já se conhece, possui os mesmos elementos en- Para cancelar as alterações, pressione o botão do mouse
contrados nos programas da Microsoft, mudando apenas, os sobre a caixa de cancelamento da barra de fórmula (X) ou
elementos específicos para o trabalho com planilhas eletrôni- pressione ESC.
cas. A seguir são mostradas a Caixa de Nomes e a Barra de
Observe a figura exibindo a tela de abertura padrão do Fórmulas com seus respectivos botões para que se possa
Excel 2003: conhecer o ponto onde deve ser clicado o mouse para a
devida operação desejada.

Caixa de
Nomes Cancelar Confirmar Barra de Fórmulas

Barra de Status – Com ela é possível, por exemplo, efe-


tuar cálculos simples e rápidos, que não exijam fórmulas
complexas. Se você digitar estes números e selecioná-los, é
possível calcular a soma.

Barra de Título – esta barra exibe o nome do aplicativo, no


caso, Microsoft Excel, e em seguida é mostrada inicialmente
a informação Pasta1, até que se salve a planilha e dê um
nome a ela. Figura :

Figura – Barra de título.

Botão Minimizar

Botão Maximizar Clicando com o botão direito sobre a e2003ressão Soma


= 1500 será exibido um menu com opções de fórmulas. Esco-
lhendo, por exemplo, Mé
dia,...
Botão Restaurar

Botão Fechar

Barra de Menu – esta barra exibe os nomes dos menus


de aplicações permitindo utilizar os vários recursos que o
Excel 2003 oferece. Figura :
Barra de Ferramentas Padrão – é um conjunto de bo-
tões que permite agilizar as operações mais utilizadas do
Excel 2003 evitando-se percorrer pelo interior dos menus.
Verifique os botões presentes na barra de ferramentas pa- ...o Excel calculará a média das células selecionadas.
drão do Excel 2003 na figura :
Linha, Coluna e Célula
Na área de trabalho do Excel 2003 existe uma janela de
Figura – Barra de Ferramentas Padrão. planilha onde é apresentado o nome Pasta1 na barra de
Barra de Ferramentas Formatação – esta barra permite título, uma planilha vazia, onde se encontram linhas e colu-
a utilização da maioria dos recursos de formatação encontra- nas dispostas de tal forma que as informações possam ser
dos no Excel 2003. Veja a figura : inseridas dentro da grade formada com o cruzamento desses
dois elementos.
• Linha – dentro da janela da planilha as linhas são identifi-
Figura – Barra de Ferramentas Formatação. cadas por números no canto esquerdo da tela que vai de
1 a 65536.
Caixa de Nomes – esta área exibe a localização da célu- • Coluna – as colunas são identificadas com letras de A a Z
la ativa, o nome da célula ou objetos selecionados e o tama- e combinações de letras até totalizarem 256 colunas. A
nho de uma seleção. largura padrão da coluna em uma nova planilha é de 8,43
e pode-se tornar uma coluna tão larga quanto a janela da
Barra de Fórmulas – é usada para inserir ou editar dados
planilha (255 caracteres) ou tão estreita quanto a fração
em células de planilhas ou em gráficos.

Informática 57 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
de um caracter. Para alterar o conteúdo da célula pressione F2 com a cé-
• Célula – é a unidade de uma planilha na qual se insere e lula já selecionada e digite o novo conteúdo.
armazena os dados. A interseção de cada linha e coluna Teclas de atalho
em uma planilha forma uma célula. É possível inserir um Trabalhar utilizando o teclado para digitar dados na plani-
valor constante ou uma fórmula em cada célula, onde um lha e utilizar o mouse para posicionar-se em uma célula, pode
valor constante é normalmente um número (incluindo uma ser um pouco cansativo. Saiba como minimizar a troca entre
data ou hora) ou texto, mas pode também ser um valor teclado e mouse, utilizando as teclas de atalho do teclado.
lógico ou valor de erro.
Teclas Ação
Célula Ativa Ctrl + Home Levam ao início da planilha,
É a célula exibida com uma borda em negrito indicando célula A1 (parte superior es-
que ela está selecionada e onde os próximos dados digitados querda).
serão inseridos ou o próximo comando escolhido será aplica- Ctrl + Y Abrem rapidamente a caixa de
do. Se for selecionada mais de uma célula ao mesmo tempo, diálogo Ir Para.
a primeira será a célula ativa e as outras serão destacadas CTRL+BACKSPACE Rola para exibir a célula ativa.
na cor escura. Observe a figura : CTRL+PGDN Move para a próxima planilha na
pasta de trabalho.
CTRL+PGUP Move para a planilha anterior na
pasta de trabalho.
CTRL+P Exibe a caixa de diálogo Impri-
mir.
CTRL+SHIFT+F12 Exibe a caixa de diálogo Impri-
mir.
SHIFT+CTRL+PAGE Seleciona a planilha atual e a
DOWN seguinte.
SHIFT+CTRL+PAGE UP Seleciona a planilha atual e a
anterior.
Figura – Apresentação da célula ativa. SHIFT+F11 Insere uma nova planilha.
Intervalo de Células ALT+O H R Renomeia a planilha atual.
Quando se trabalha com uma planilha, muitas vezes de- ALT+E M Move ou copia a planilha atual
para-se com a necessidade de tratar um trecho ou uma de- ALT+E L Exclui a planilha atual
terminada região de maneira diferente do restante da plani- ALT+PAGE DOWN Move uma tela para a direita.
lha. Um intervalo de cé lulas éuma região da planilha sele- ALT+PAGE UP Move uma tela para a esquerda.
cionada a fim de permitir que se trabalhe, edite, formate e ALT+SHIFT+F1 Insere uma nova planilha.
modifique mais de uma cé lula ao mesmo tempo. O interva- F5 Exibe a caixa de diálogo Ir para.
lo de células é reconhecido como o conjunto de células que F6 Alterna para o próximo painel
fica entre a célula do canto superior esquerdo e a do canto em uma pasta de trabalho.
inferior direito. Observe a figura :
Renomear planilhas
Clique com o botão direito de mouse em Plan 1, por e-
xemplo.

Figura – Exemplos de seleções de células


Inserir dados na planilha
Para inserir dados na planilha, proceda da seguinte ma-
neira.
Clique na célula que você desejar iniciar o texto ou numé-
rico.
Pressione a tecla ENTER e o cursor irá pra a próxima cé-
lula.

Digite o nome e pressione a tecla Enter.

APAGAR DADOS NA PLANILHA


Basta selecionar uma ou mais células e pressionar a tecla Mover ou copiar uma planilha
DEL. Clique no menu Editar e em seguida na opção Mover ou

Informática 58 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Copiar.

Abrindo uma pasta de trabalho


A caixa de diálogo Mover ou Copiar abrirá.
Clique no botão ( ) Abrir na barra de ferramentas Pa-
Clique na opção desejada para mover a planilha.
drão.

Editando uma planilha


Os dados digitados nas células das planilhas do Excel
servem como referência para as fórmulas e funções existen-
tes. Através da manipulação desses dados podemos editar a
planilha por meio de operações simples.
O funcionamento de uma planilha Excel é bem simples.
Insira os valores para as células. Por exemplo, valores pa-
ra entrada e saída de um produto.
Clique no botão OK. Posicione o cursor do mouse no local onde deseja realizar
Salvar uma pasta de trabalho a operação.
Clique no botão ( ) Salvar na barra de ferramentas Pa-
drão.
A caixa de diálogo “Salvar como” se abrirá.

Digite o sinal de igualdade (=). Visualize os valores das


células.
Você pode utilizar como base o cruzamento de linhas com
as colunas. Sendo os números no canto esquerdo corres-
pondendo às linhas e as letras no topo da planilha as colu-
nas.

Figura

Converter um arquivo *.xls em *.html


Digite A letra da coluna e o número da linha correspon-
dente o valor necessário para operação. Exemplo D3.
Clique no botão ( ) Salvar ou Salvar Como na barra de
ferramentas Padrão. Na maior parte das vezes o resultado final de uma opera-
ção é gerado pela soma ou subtração de valores, portanto,
digite o sinal de operação correspondente à operação dese-
A caixa de diálogo “Salvar como” se abrirá. jada.
Na caixa de diálogo, clique em “Salvar como tipo”.
Selecione a opção “Página da Web” no menu de arquivos.
Clique em “Salvar”.

Informática 59 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
grande quantidade de dados no Excel 2003, pode-se tornar o
trabalho muito mais fácil se a planilha for dividida em partes
separadas em cada página da pasta de trabalho.
Para chegar a uma página específica, deve-se clicar pla-
nilha (isto se torna mais fácil do que movimentar-se entre as
diversas partes de uma única planilha de tamanho maior),
Digite a letra e o número da célula onde se encontra o
que fica na parte inferior da tela. E também, quando se es-
próximo valor que fará parte da operação. Digite o operador
creve uma fórmula que faz referência a células de outra pági-
correspondente
na, o nome da planilha aparece na fórmula, ficando fácil per-
ceber que se está fazendo uma referência.
São atalhos que permitem que vocêsalte para outros
arquivos de maneira fácil e rápida. Você pode criar
Hiperlink em uma célula ou em objetos gráficos como formas
e figuras.
Ao criar um Hiperlink, você pode pular para outra
Digite a letra e o número de célula correspondente ao va- localização como um arquivo em seu próprio computador,
lor que fará parte da operação. para outros computadores da rede, ou para um arquivo de
qualquer outro computador do planeta que esteja conectado
á Internet.
Hiperlink para o mesmo arquivo
O hiperlink dentro de um mesmo arquivo é útil quando vo-
cê trabalha com arquivos extensos e deseja localizar infor-
mações rapidamente.
Pressione a tecla Enter, o valor será exibido na célula cor-
respondente. Para criar o Hiperlink:
Mantenha a pasta de trabalho aberta
Ative a planilha
Clique sobre uma célula qualquer em branco

Pastas de Trabalho
As pastas de trabalho proporcionam um meio de organi-
zar muitas planilhas em um mesmo arquivo. Uma pasta de
trabalho éuma coleção de várias páginas de planilha que
possuem o mesmo número de colunas e linhas que a
primeira, e opcionalmente, pode-se criar planilhas exclu-
No menu “Inserir”, clique no comando “Hyperlink”. A caixa
sivas para gráficos. Cada página de planilha é uma grade
de diálogo será apresentada como na figura abaixo:
formada por colunas e linhas distribuídas na tela de maneira
tal que se possa relacionar informações horizontal e vertical-
mente.
Cada pasta de trabalho é gravada como se fosse um ar-
quivo, sendo que, o nome de arquivo padrão para a primeira
pasta de trabalho é Pasta1.
Há três utilizações principais para fazer uso da pasta de
trabalho:
Dividir uma planilha grande em partes menores, ou seja,
em páginas separadas.
Reunir dados relacionados logicamente no mesmo arqui-
vo.
Consolidar planilhas de formato semelhante em um mes- Clique no botão “Examinar” e encontre o arquivo
mo arquivo. Clique no botão “OK”. O Hiperlink é criado na planilha.
Hiperlink para outros arquivos
Clique com o botão direito do mouse na célula ou no ele-
mento gráfico que você deseja que represente o hiperlink e,
em seguida, clique em Hiperlink no menu de atalho.

Pasta de Trabalho
Divisão de Planilha
Se estiver trabalhando com uma planilha que possua uma

Informática 60 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Se souber o nome e local do arquivo ou página da Web à
qual deseja vincular o hiperlink, você poderá digitar essa
informação na caixa Endereço.
a 4
b

Em “Vincular a”, no lado esquerdo da caixa de diálogo,


clique em Criar novo documento. c

Digite um nome para o novo arquivo na caixa Nome do d

novo documento. Para atribuir uma dica a ser exibida quando você posicio-
Para especificar um local diferente daquele mostrado em nar o ponteiro sobre o hiperlink, clique em Dica de tela, digite
Caminho completo, digite o novo local na caixa Nome do o texto desejado na caixa Texto de dica de tela. Clique em
novo documento ou clique em Alterar e selecione o local OK.
desejado. Clique em OK.
Em Quando editar, clique em uma opção para especificar Movendo e copiando células
se deseja abrir o novo arquivo para edição agora ou mais Selecione as células que você deseja mover ou copiar.
tarde. Para selecio- Siga este procedimento
Para atribuir uma dica a ser exibida quando você posicio- nar
nar o ponteiro sobre o hiperlink, clique em Dica de tela, digite
o texto desejado na caixa Texto de dica de tela e clique em Texto em uma Se a edição em uma célula estiver
OK. célula ativada, selecione a célula, clique
nela duas vezes e selecione o texto
5 na célula.
Se a edição em uma célula estiver
desativada, selecione a célula e,
3
em seguida, selecione o texto na
barra de fórmulas.

Uma única Clique na célula ou pressione as


4
célula teclas de direção para ir para a
2
célula.
5
Um intervalo de Clique na primeira célula do interva-
células lo e arraste até a última célula.
Figura passo a passo
Hiperlink para a Internet Um intervalo de Clique na primeira célula do interva-
Clique com o botão direito do mouse no texto ou no ele- células grande lo, mantenha pressionada a tecla
mento gráfico que você deseja que represente o hiperlink e, SHIFT e clique na última célula do
em seguida, clique em Hiperlink no menu de atalho. intervalo. Você pode rolar para
tornar a última célula visível.
Em Vincular a no lado esquerdo da caixa de diálogo, cli-
que em Página da Web ou arquivo existente. Todas as célu- Clique no botão Selecionar tudo.
las de uma
planilha

Células ou Selecione a primeira célula ou o


intervalos de primeiro intervalo de células, man-
células não- tenha pressionada a tecla CTRL e
adjacentes selecione as outras células ou os
outros intervalos.

Uma linha ou Clique no cabeçalho de linhas ou


1 2 coluna inteira colunas.
Siga um destes procedimentos:
Linhas ou colu- Arraste o cursor pelos cabeçalhos
Para selecionar um arquivo da pasta atual, clique em Pas- nas adjacentes de linhas ou colunas. Você também
ta atual e, em seguida, clique no arquivo ao qual você deseja pode selecionar a primeira linha ou
vincular. coluna, manter pressionada a tecla
Para selecionar a página da Web a partir de uma lista de SHIFT e selecionar a última linha
páginas navegadas, clique em Páginas navegadas e, em ou coluna.
seguida, clique na página da Web à qual deseja vincular o
hiperlink. Linhas ou colu- Selecione a primeira linha ou colu-
Para selecionar um arquivo em uma lista dos arquivos nas não- na, mantenha pressionada a tecla
que você usou recentemente, clique em Arquivos recentes adjacentes CTRL e selecione as outras linhas
e, em seguida, clique no arquivo ao qual deseja vincular o ou colunas.
hiperlink.

Informática 61 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
a coluna fique com a largura desejada.
Um número Mantenha pressionada a tecla
maior ou menor SHIFT e clique na última célula que
de células do você deseja incluir na nova sele-
que a seleção ção. O intervalo retangular entre a
ativa célula ativa e a célula em que você
clicar passará a ser a nova seleção.

Cancelar uma Clique em qualquer célula na plani-


seleção de lha.
células
Formatação da Planilha
Formatar texto e caracteres individuais: Para destacar A largura da coluna exibida é o número médio de dígitos
o texto, você pode formatar todo o texto em uma célula ou de 0 a 9 da fonte padrão ajustados em uma célula.
caracteres selecionados. Selecione os caracteres que deseja
formatar e clique em um botão na barra de ferramentas For-
matação.

Girar texto e bordas: Os dados em uma coluna são ge-


ralmente muito estreitos enquanto o rótulo da coluna é muito
mais largo. Em vez de criar colunas largas ou rótulos abrevi-
ados desnecessariamente, você pode girar o texto e aplicar
bordas que são giradas no mesmo ângulo do texto.
De várias Colunas
Adicionar bordas, cores e padrões: Para diferenciar os
vários tipos de informação em uma planilha, você pode apli-
car bordas a células, sombrear células com uma cor de plano Selecione as colunas a serem alteradas e arraste para a
de fundo ou sombrear células com um padrão de cor. direta um limite de cabeçalho de uma coluna selecionada.

Mover linhas ou colunas Para fazer o mesmo para todas as colunas na planilha,
Selecione a linha ou coluna que você deseja mover e clique clique no botão Selecionar tudo e arraste o limite de qual-
em “Recortar”. quer cabeçalho de coluna.

Linha

Coluna

Alterar a altura
2- Selecione uma linha ou coluna abaixo ou à direita do De uma única linha
local em que você deseja mover a seleção. Arraste o limite embaixo do cabeçalho da linha até que a
3- No menu Inserir, clique em Cé
lulas recortadas linha fique da altura desejada.

De diversas linhas
Selecione as linhas que você deseja alterar, arraste um
limite embaixo do cabeçalho de uma linha selecionada.

Alterar a largura da coluna e a altura da linha


Para alterar a altura de todas as linhas na planilha, clique
Alterar a largura:
no botão Selecionar tudo e arraste o limite embaixo de qual-
quer cabeçalho de linha.
De uma única coluna

Arraste a borda à direita do cabeçalho da coluna até que

Informática 62 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

Gráficos
A criação de um gráfico:
Certifique-se de que os dados na planilha estão organiza-
dos de forma adequada ao tipo de gráfico que você deseja
usar.
Selecione as células que contêm os dados que você de-
seja usar no gráfico.

Impressão
Imprimir uma área selecionada de uma planilha
No menu Exibir clique em Visualizar quebra de página.
Clique em Assistente de gráfico.
Selecione a área que você deseja imprimir.
Siga as instruções do Assistente de gráfico.
No menu Arquivo, aponte para Área de impressão e cli-
que em Definir área de impressão.

Tipos de Gráficos e Subtipos de Gráficos Configurar um gráfico para impressão

Um gráfico incorporado
Você pode ajustar o local onde o gráfico será impresso na
página dimensionando e movendo o gráfico com o mouse no
modo de exibição de quebra de página.
Clique na planilha fora da área de gráfico.
Clique em Visualizar quebra de página no menu Exibir.

Uma planilha de gráfico


Você pode dimensionar e ajustar a área do gráfico, espe-
cificar como ele deve ser colocado na página impressa e, em
seguida, visualizá-lo na janela de visualização.

Informática 63 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Clique na guia da planilha de gráfico. =A1+B1+C1+D25+A25
Clique em Configurar página no menu Arquivo.
Função Somar
Selecione as opções desejadas na guia Gráfico.
=SOMA(A1:B25)

Este é o botão da AutoSoma.

Para trabalhar com o botão da Autosoma você deve fazer


o seguinte:
Selecionar os valores que desejar somar.
Depois clicar no Botão da Autosoma e ele mostrará o re-
sultado.

Veja mais um exemplo de Soma


Agora você deseja somar todos os valores dispostos nes-
ta planilha usando uma única fórmula, desta vez você terá
que digitar a fórmula.
Observação: Para mover e dimensionar a área de gráfico
A B C D E
de uma planilha de gráfico usando o mouse, você deve clicar
1 10 25 15 10
em Personalizar na guia Gráfico e, em seguida, clicar em
OK para retornar a essa planilha. 2 15 20 25 15
3 14 25 25 25
Formas do Ponteiro do Mouse
4 TOTAL =SOMA(A1:D3)
Quando o ponteiro do mouse é movimentado ao longo da
janela do Excel 2003, este se transforma a fim de indicar o Para fazer isto, só basta digitar o endereço inicial (em
que acontecerá se for dado um clique com o mouse naquela destaque) e o endereço final (em destaque)
área da janela. Enquanto o ponteiro do mouse estiver sobre a
planilha na janela do documento, ele será apresentado como Fórmula para Subtração.
um sinal de mais (+). Dentro da barra de fórmulas, o ponteiro =B2-C2
do mouse terá a forma de uma viga (I), criada para posicionar
um ponto de inserção com precisão entre dois caracteres. A B C D E
Dentro da barra de ferramentas e da barra de menu, a forma
1 FUNC SL. BRU- DESCT. SL LI-
do ponteiro é uma seta. A tabela a seguir ilustra os perfis do
TO QUIDO
ponteiro que, muito provavelmente, serão encontrados.
2 José 800 175 =B2-C2
3
Perfil Posição
Sobre as células da planilha Fórmula para Multiplicação
=B2*C2
Dentro da barra de fórmula e dentro da caixa
de texto na extremidade esquerda da barra A B C D
de ferramentas 1 Produto Valor Quant. Total
Sobre a barra de títulos, botões na barra de 2 Feijão 1,5 80 =B2*C2
ferramentas, barra de menu e barras de rola-
3
gem, do lado esquerdo da barra de fórmulas
e sobre as bordas das células da planilha.
Fórmula para Divisão
No limite de um cabeçalho de coluna ou de =A2/B2
linha (para redimensionamento)
A B C
Sobre a alça de preenchimento no canto
inferior direito da célula ativa 1 Renda Membros Valor
2 25000 15 =A2/B2
Fórmulas 3

1 SINAIS DE OPERAÇÕES 2. SINAIS PARA CONDIÇÃO Fórmula para Porcentagem


SI- FUNÇÃO SINAL FUNÇÃO =B2*5/100
NAL =((B2*5%)-B2)
=B2*0,95
+ SOMAR > MAIOR QUE
- SUBTRAÇÃO < MENOR QUE Todas as formulas acima são idê nticas na resposta.
* MULTIPLICA- <> DIFERENTE QUE O cálculo se realiza da mesma maneira como numa má-
ÇÃO quina de calcular, a diferença é que você adicionará endere-
/ DIVISÃO >= MAIOR E IGUAL A ços na fórmula. Veja o exemplo.
% PORCENTA- <= MENOR E IGUAL A
GEM Um Aluno, fez uma compra no valor de R$ 1.500,00 e
= IGUALDADE = IGUAL A você deseja dar a ele um desconto de 5% em cima do va-
lor da compra. Veja como ficaria a formula no campo
Lembrete: Toda fórmula que você for criar deverá come- Desct.
çar com o sinal de igualdade, caso contrário, a fórmula não
funcionará. Ao final da fórmula pressione a tecla ENTER. A B C D
1 Cliente TCompra Desconto Vl a Pagar
Fórmula para Somar
2 Márcio 1500 =B2*5/100 ou se =B2-C2

Informática 64 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
preferir assim tam- Subtração e 3º Multiplicação.
bém =B2*5% Suponhamos que desejasse criar um Controle de No-
3 tas de Aluno, onde ao se calcular a média, ele automati-
camente especificasse se o aluno fora aprovado ou não.
Onde: Então Veja o exemplo abaixo.
B2 – se refere ao endereço do valor da compra
* - sinal de multiplicação No campo situação deve aparecer Aprovado somente se
5/100 – é o valor do desconto dividido por 100 o aluno tirar uma nota Maior ou igual a 7 na média, caso
contrário ele deverá escrever Reprovado, já que o aluno
Ou seja, você está multiplicando o endereço do valor da não atingiu a condição para passar.
compra por 5 e dividindo por 100, gerando assim o valor do A B C
desconto. 1 ALUNO MÉ- SITUAÇÃO
DIA
Se preferir pode fazer o seguinte exemplo: 2 Márcio 7 =SE(B2>=7;”Aprovado”;”Repro
Onde: vado”)
B2 – endereço do valor da compra 3
* - sinal de multiplicação
5% - o valor da porcentagem. Onde:
Função Máximo • “Aprovado”- refere-se a resposta verdadeiro, ou se-
=MÁXIMO(A2:A5) ja, se a condição for verdadeira (a nota for maior ou
Mostra o valor máximo de uma faixa de células. igual a 7) então ele escreverá aprovado. Por isso você
A B C deve colocar entre aspas, já que se refere a Texto.
• ;este outro ponto e vírgula subentendem-se senão fa-
IDADE ça, ou seja, caso contrário, fará outra coisa.
1 • “Reprovado” – refere-se a resposta falso, ou seja,
2 15 caso ele não tenha média maior ou igual a 7, então
escreva Reprovado.
3 16
4 25
5 30 Microsoft Excel 2007
6 MAIOR IDADE: =MÁXIMO(A2:A5)
7 O Microsoft Excel 2007 é uma versão do programa
Microsoft Excel escrito e produzido pela empresa Microsoft e
Função Mínimo baseado em planilha eletrônica, ou seja, páginas em formato
=MÍNIMO(A2:A5) matricial compostas por células e formadas por linhas e
Mostra o valor mínimo de uma faixa de células. colunas.
A B C
Entre as novidades dessa nova versão, estão as
1 PESO
variedades nas extensões de arquivos baseadas em XML,
2 15
um layout incrivelmente inovador formado de menus
3 16 orientados por abas e uma porção de outras facilidades que
4 25 tornaram essa nova versão da ferramenta muito e eficiente.
5 30
6 MENOR IDADE: =MÍNIMO(A2:A5) O Microsoft Excel 2007 é muito utilizado para cálculos,
7 estatísticas, gráficos, relatórios, formulários e entre outros
requisitos das rotinas empresariais, administrativas e
Função Média domésticas.
=MÉDIA(A2:A5) Diferente do que estamos acostumados, desta vez a Mi-
Calcula a média de uma faixa de valores. crosoft reformulou toda sua estrutura no que se trata de ex-
A B C tensões de arquivos nas planilhas de trabalhos da ferra-
1 IDADE menta Excel 2007.
2 15
3 16 Uma estrutura parecida foi abordada tambem no Open Of-
4 25 fice, porem agora remodelada pela Microsoft, demonstra o
5 30 quanto pode ser útil a utilização de extensões de arquivos
6 MÉDIA IDADE =MÉDIA(A2:A5) baseadas em XML.
De certa forma, demostra uma razoável complicação esse
Função Data pacote de extensões, mas por incrível que pareça a adoção
=HOJE () dessas extensões no Excel 2007 demostrou distinção para
Esta fórmula insere a data automática em uma plani- cada tipo de tarefas executadas na ferramenta, e claro, a
lha. Microsoft fez isso para facilitar sua vida, bem, provavelmente
A B C é assim que ela imagina. Vejamos se ela conseguiu:
1 Data =HOJE()
2
3

Função Se
=SE(A1>=1000;”Salário maior que Mil”;”Salário menor
que Mil”)
( ) – Indica a ordem de execução. Exemplo:
(((A1+1)-2)*5)

No caso acima a ordem de execução seria 1º Soma, 2º

Informática 65 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
.xlsx, Pasta de trabalho padrão, pode ser considerado • Crie seu próprio Tema de Documento para aplicar de
como a extensão de arquivo .xls padrão em outras edições forma consistente as fontes e cores que refletem a marca da
da Ferramenta. sua empresa.
.xlsm, Formato criado especialmente para a habilitação • Use novos recursos de gráfico que incluem formas tri-
dimensionais, transparência, sombras projetadas e outros
de macros em planilhas, aplicações VBA.
efeitos.
.xltx, Desenvolvido especiamente para estrutura de su-
portes a templates. Melhor usabilidade
• Os seguintes aperfeiçoamentos facilitaram muito a cri-
.xltm, Formato também criado com habilitação para Ma- ação de fórmulas no Office Excel 2007:
cros e aplicações VBA, no entanto fornece suporte a templa-
• Barra de fórmulas redimensionável: a barra
tes. de fórmulas se redimensiona automatica-
.xlsb, Formato de pasta de trabalho Binária, é similar ao mente para acomodar fórmulas longas e
formato já existente no Open Office XML, seta e utiliza partes complexas, impedindo que as fórmulas cu-
inter-relacionadas como em um ZIP container XML. bram outros dados em uma planilha. Tam-
bém é possível escrever mais fórmulas com
xlam, Esse formato suporta Macros, possibilita estrutura mais níveis de aninhamento do que nas
de código adicional suplementar para a otimização de execu- versões anteriores do Excel.
ções automáticas presentes em VBA projects. • Preenchimento Automático de Fórmula: es-
creva rapidamente a sintaxe de fórmula
Alterações no Excel 2007
correta com o preenchimento automático
de fórmulas.
Novos formatos de arquivo XML
A introdução de um formato XML padrão para o Office • Referências estruturadas: além de referên-
cias de célula, como A1 e L1C1, o Office
Excel 2007, parte dos novos formatos de arquivo XML, é uma
Excel 2007 fornece referências estrutura-
das principais inovações do Office Excel 2007. Esse formato
das que fazem referência a intervalos no-
é o novo formato de arquivo padrão do Office Excel 2007. O
meados e tabelas em uma fórmula.
Office Excel 2007 usa as seguintes extensões de nome de
arquivo: *.xlsx, *.xlsm *.xlsb, *.xltx, *.xltm e *.xlam. A extensão • Acesso fácil aos intervalos nomeados: u-
sando o gerenciador de nomes do Office
de nome de arquivo padrão do Office Excel 2007 é *.xlsx.
Excel 2007, você pode organizar, atualizar
e gerenciar vários intervalos nomeados em
Essa alteração oferece aprimoramentos em: interoperabi-
um local central, o que ajudará qualquer
lidade de dados, montagem de documentos, consulta de
pessoa que precise trabalhar em sua plani-
documentos, acesso a dados em documentos, robustez,
lha a interpretar suas fórmulas e dados.
tamanho do arquivo, transparência e recursos de segurança.
• No Office Excel 2007, as tabelas dinâmicas são muito
mais fáceis de usar do que nas versões anteriores
O Office Excel 2007 permite que os usuários abram pas-
do Excel. Tabelas dinâmicas são mais fáceis de criar
tas de trabalho criadas em versões anteriores do Excel e
e há muitos outros recursos novos ou aprimorados
trabalhem com elas. Para converter essas pastas de trabalho
para o novo formato XML, clique no Botão do Microsoft para resumir, analisar e formatar os dados da tabela
dinâmica.
Office e clique em Converter Você pode também converter a
pasta de trabalho clicando no Botão do Microsoft Office e • Os usuários poderá fazer conexões facilmente com
dados externos sem precisar saber os nomes de
em Salvar Como – Pasta de Trabalho do Excel. Observe
servidor ou de banco de dados de fontes de dados
que o recurso Converter remove a versão anterior do arquivo,
corporativas.
enquanto o recurso Salvar Como deixa a versão anterior do
arquivo e cria um arquivo separado para a nova versão. • Além do modo de exibição normal e do modo de visua-
lização de quebra de página, o Office Excel 2007 o-
ferece uma exibição de layout de página para uma
Se a pasta de trabalho é referenciada por outras pastas
melhor experiência de impressão.
de trabalho, atualize todas as pastas de trabalho relacionadas
ao mesmo tempo. Se um usuário que está usando uma ver- • A classificação e a filtragem aprimoradas que permi-
tem filtrar dados por cores ou datas, exibir mais de
são anterior do Excel abre uma pasta de trabalho que faz
1.000 itens na lista suspensa Filtro Automático, se-
referência a uma pasta de trabalho salva no novo formato
lecionar vários itens a filtrar e filtrar dados em tabe-
XML, as referências não serão atualizadas pelo recurso Atua-
las dinâmicas.
lizar Links. Versões anteriores do Excel não podem atualizar
links para pastas de trabalho salvas no novo formato XML.
Mais linhas e colunas e outros limites novos
Alguns dos novos limites incluem:
Novos recursos de interface do usuário e formatação
Os aprimoramentos na interface do usuário e recursos de • O Office Excel 2007 tem um tamanho de grade maior
que permite mais de 16.000 colunas e 1 milhão de linhas por
formatação no Office Excel 2007 permitem que você:
planilha.
• Encontre mais rapidamente as ferramentas e os co-
mandos usados com frequência usando a interface de usuá- • O número de referências de célula por célula aumen-
tou de 8.000 para ser limitado pela memória disponível.
rio do Office Fluent.
• Economize tempo, selecionando células, tabelas, grá- • Para melhorar o desempenho do Excel, o gerencia-
mento de memória foi aumentado de 1 GB de memória no
ficos e tabelas dinâmicas em galerias de estilos predefinidos.
Microsoft Office Excel 2003 para 2 GB no Office Excel 2007.
• Visualize alterações de formatação no documento an-
tes de confirmar uma alteração ao usar as galerias de forma- • Cálculos em planilhas grandes e com muitas fórmulas
podem ser mais rápidos do que nas versões anteriores do
tação.
Excel porque o Office Excel 2007 oferece suporte a vários
• Use formatação condicional para anotar visualmente processadores e chipsets multithread.
os dados para fins analíticos e de apresentação.
• Altere a aparência de tabelas e gráficos em toda a Novas fórmulas OLAP e funções de cubo
pasta de trabalho para coincidir com o esquema de estilo ou
Novas funções de cubo são usadas para extrair dados
a cor preferencial usando novos Estilos Rápidos e Temas de
OLAP (conjuntos e valores) do Analysis Services e exibi-los
Documento.
Informática 66 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
em uma célula. Fórmulas OLAP podem ser geradas automa- • IMCOS - também afetada pela formatação para altera-
ticamente quando você converte fórmulas de tabela dinâmica ção de números imaginários
em fórmulas de célula ou usa o Preenchimento Automático • IMEXP - também afetada pela formatação para altera-
para os argumentos de função de cubo ao digitar fórmulas. ção de números imaginários
• IMPOWER - também afetada pela formatação para al-
Novos recursos de segurança teração de números imaginários
A Central de Confiabilidade é um novo componente do • IMSIN - também afetada pela formatação para altera-
2007 Office System que hospeda as configurações de segu- ção de números imaginários
rança para os programas do 2007 Office System em um local • IMSQRT - também afetada pela formatação para alte-
central. Para o Office Excel 2007, as configurações da Cen- ração de números imaginários
tral de Confiabilidade são encontradas nas Opções do Excel
(clique no Botão do Microsoft Office, em Opções do Excel Formatação de números imaginários
e em Central de Confiabilidade). A Central de Confiabilida- Funções que retornam números imaginários agora usam
de também fornece uma barra de relação de confiança que as mesmas regras para empregar a notação científica utiliza-
substitui os avisos de segurança exibido anteriormente quan- da no restante do Office Excel 2007. Por exemplo, a fórmula
do as pastas de trabalho eram abertas. Por padrão, todo o =IMSUM({"3.23+1.02i";"-1";"-i"}) retorna 2,23 + 0,02i em vez
conteúdo potencialmente perigoso em uma pasta de trabalho de 2,23 + 2E-002i. Essa alteração afeta as seguintes funções:
agora é bloqueado sem a exibição de avisos. Decisões de • IMAGINARY
segurança não são mais necessárias quando uma pasta de • IMARGUMENT
trabalho é aberta. Se o conteúdo está bloqueado, a barra de • IMCONJUGATE
relação de confiança é exibida na janela do programa no • IMCOS - também afetada pela alteração de se-
Office Excel 2007, notificando o usuário de que conteúdo no/cosseno
será bloqueado. O usuário pode clicar na barra para acessar • IMDIV
a opção de desbloqueio do conteúdo bloqueado. • IMEXP - também afetada pela alteração de se-
no/cosseno
Recursos de solução de problemas aprimorados • IMLN
O Diagnóstico do Microsoft Office no 2007 Office System • IMLOG2
fornece uma série de testes de diagnóstico que podem resol- • IMLOG10
ver diretamente alguns problemas e identificar maneiras de • IMPOWER - também afetada pela alteração de se-
resolver outros. no/cosseno
O que mudou • IMPRODUCT
• Ferramentas de Análise (ATP): resultados da função • IMREAL
• Comando AutoOutline • IMSIN - também afetada pela alteração de se-
• Registros BIFF8 no/cosseno
• Cálculo: cálculo multithreaded (MTC) • IMSQRT - também afetada pela alteração de se-
• Gráfico: folhas de gráfico, integração e programação no/cosseno
• Assinaturas digitais • IMSUB
• Gerenciamento de Direitos de Informação (IRM): Clien- • IMSUM
te do Gerenciamento de Direitos do Windows Cálculo de gama
• Filtragem As funções ERF e ERFC agora usam os cálculos internos
• Funções: subtotal para gama, o que pode causar uma alteração no décimo-
• Viagem de ida e volta de HTML quinto local decimal. Por exemplo, =ERFC(0.2) retorna
• Formatação Automática de tabela dinâmica:, persona- 0,777297410872743 quando costumava retornar
lizações, GetPivotData, classificação e versões 0,777297410872742.
• Tabelas de consulta • ERF
• Ferramenta suplementar Remover Dados Ocultos • ERFC
• Enviar para Destinatário do Email Cálculo de potê ncia
• Pastas de trabalho compartilhadas
• Tabelas: Inserir linha funções que calculam expoentes agora usam rotinas in-
• Modelos ternas e podem retornar resultados ligeiramente diferentes na
• Central de Confiabilidade: links de dados, macros última casa decimal. Por exemplo, a fórmula
• Controle de versão =EFFECT(0.055,199) agora retorna uma casa decimal a
menos no resultado. Essa alteração afeta as seguintes fun-
Ferramentas de Análise (ATP): resultados de funções ções:
As funções da pasta de trabalho das Ferramentas de Aná- • BIN2DEC
lise (ATP) são incorporadas ao conjunto principal de funções • BIN2HEX
do Office Excel 2007. As funções internas do Office Excel • BIN2OCT
2007 que substituem as funções ATP podem produzir resul- • CUMIPMT
tados ligeiramente diferentes, mas igualmente corretos, em • CUMPRINC
alguns casos. Essas diferenças são descritas nas seções a • DURATION
seguir. • EFFECT
• HEX2BIN
Seno/Cosseno se aproximando do zero • HEX2DEC
as seguintes funções do Office Excel 2007 agora usam as • HEX2OCT
rotinas internas das outras funções internas para calcular • IMPOWER
operações trigonométricas. Portanto, essas funções podem • MDURATION
retornar respostas um pouco diferentes, mas igualmente • NOMINAL
corretas, para as seguintes entradas: • OCT2BIN
• BESSELI • OCT2DEC
• BESSELJ • OCT2HEX
• BESSELK • ODDFPRICE
• BESSELY • ODDFYIELD

Informática 67 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
• PRICE o Office Excel 2007 não pode salvá-los no novo formato.
• SERIESSUM Usuários do Office Excel 2007 não perceberão a mudança.
• TBILLEQ
• TBILLPRICE Cálculo: cálculo multithreaded (MTC)
• TBILLYIELD Descrição: o cálculo multithreaded (MTC) permite que o
• WEEKNUM Office Excel 2007 divida automaticamente tarefas de avalia-
• XIRR ção e cálculo de fórmulas em vários mecanismos de cálculo
• XNPV que são distribuídos entre vários processadores. Essa orga-
• YIELD nização reduz o tempo necessário para calcular modelos de
pasta de trabalho, pois vários cálculos podem ser executados
Funções financeiras simultaneamente. Por padrão, o MTC está ativado e configu-
as seguintes funções retornarão um erro #NUM quando o rado para criar tantos mecanismos de cálculo quantos forem
parâmetro de base for muito grande: os processadores no computador. Quando vários processa-
• ACCRINT dores estão disponíveis, o Office Excel 2007 cria um meca-
• ACCRINTM nismo de cálculo para cada processador no computador. O
• AMORDEGRC Office Excel 2007 distribui as tarefas de cálculo entre os me-
• AMORLINC canismos disponíveis para serem atendidas pelo vários pro-
• COUPDAYBS cessadores.
• COUPDAYS Você pode especificar manualmente o número de meca-
• COUPDAYSNC nismos de cálculo criados pelo Office Excel 2007, indepen-
• COUPNCD dentemente de quantos processadores estão no computador.
• COUPNUM Mesmo se todas as pastas de trabalho calcularem rapida-
• COUPPCD mente, você poderá manter as configurações padrão de MTC
• DISC sem prejudicar as pastas de trabalho. Também é possível
• DURATION manter as configurações padrão de MTC se o computador
• INTRATE tiver apenas um processador, embora, nesse caso, o MTC
• MDURATION não seja usado.
• ODDFPRICE
• ODDFYIELD Caminho de migração: a maioria dos usuários não irá
• ODDLPRICE encontrar problemas nessa área. Em alguns casos, eles
• ODDLYIELD podem ver que suas pastas de trabalho calculam mais rápido.
• PRICE No caso em que uma pasta de trabalho seja aberta em um
• PRICEDISC computador que possua um número diferente de processado-
• PRICEMAT res que o computador em que o cálculo foi salvo, haverá mais
• RECEIVED tempo de cálculo enquanto o Office Excel 2007 garante que
• YEARFRAC cada fórmula seja distribuída entre o número apropriado de
• YIELD mecanismos de cálculo.
• YIELDDISC Esse problema é quase imperceptível em modelos de
• YIELDMAT pasta de trabalho de pequena ou média complexidade. Esse
problema é mais perceptível em modelos de pasta de traba-
Outras alterações de função lho grandes que exigem mais tempo de cálculo. É recomen-
• A função EDATE retornará um erro #NUM quando o dável usar essas pastas de trabalho de cálculo intensivo em
parâmetro de meses for maior do que 1e21. computadores que possuem o mesmo número de processa-
• As funções ERF e ERFC retornam 1 e 0, respectiva- dores. Por exemplo, se você tiver um computador de quatro
mente, para os parâmetros acima de 1. Essa alteração corri- processadores dedicados para atender a uma pasta de traba-
ge o problema das funções retornando um erro #NUM para lho com muitos cálculos, ele deverá ser o computador princi-
parâmetros acima de 27. pal para trabalhar com essa pasta de trabalho.
• A função MULTINOMIAL agora retorna resultados cor-
retos quando um número é passado como texto. Essa altera- Gráfico: folhas de gráfico, integração e programação
ção corrige o problema da função retornar resultados incorre- Descrição: Gráficos têm as seguintes alterações:
tos quando um número diferente do primeiro número é pas- • Planilhas de gráfico: quando um usuário pressionar
sado como texto. F11 com um gráfico ativo, será exibido um novo gráfico em
Comando AutoOutline branco. Nas versões anteriores, essa mesma ação algumas
Como o comando AutoOutline era um recurso de pouca vezes inseria um gráfico com os mesmos dados do primeiro.
utilização, ele foi removido da interface do usuário. No entan- • Integração: se um arquivo salvo em formato HTML em
to, ele pode ser adicionado à Barra de Ferramentas de Aces- uma versão anterior do Excel for aberto no Office Excel 2007,
so Rápido na guia Personalizado ele pode não ter a mesma aparência que tinha em uma ver-
são anterior. Você pode ajustar o layout do gráfico no Office
Registros BIFF8 Excel 2007 ou abrir o arquivo em uma versão anterior do
Descrição: alguns recursos que podem ser salvos no Excel e salvá-lo como um arquivo binário.
formato de arquivo do Excel 97-2003 não podem ser salvos • Programação:
nos novos formatos de arquivo do Office Excel 2007. O cabe- • macros do Excel 4 (XLM) que mostravam caixas de di-
çalho do envelope de email (as informações das linhas Para, álogo de gráfico não são mais aceitas. As macros XLM conti-
Cc e Assunto que aparecem quando o recurso Enviar Para é nuarão a funcionar no Office Excel 2007. No entanto, reco-
usado) não é salvo. Embora o recurso Enviar Para continue a mendamos que as macros XLM sejam reconfiguradas no
funcionar no Office Excel 2007, essas informações não serão Visual Basic for Applications (VBA).
salvas com a pasta de trabalho. Se você fechar a pasta de • A definição de propriedades que façam referências
trabalho, as informações serão perdidas. (como Series.Name ou Series.Values) que sejam inválidas
Registros específicos do Macintosh não podem ser salvo será tratada como referência inválida, em vez de ocasionar
no novo formato de arquivo. O Excel para Macintosh salva um erro de tempo de execução.
alguns registros específicos do Macintosh no formato BIFF8,
mas esses registros não são usados pelo Office Excel 2007 e

Informática 68 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
• A propriedade Creator agora causa um erro de tempo
de execução. Não há suporte para esse método exclusivo do Viagem de ida e volta de HTML
Macintosh no Windows. Use a constante xlCreatorCode. Descrição: o recurso Salvar Como HTML é usado para
criar arquivos HTML exibidos em um navegador da Web que
Assinaturas digitais não requer o Office Excel 2007 para exibir o arquivo. Quando
Descrição: o recurso de assinatura digital teve as seguin- usuários atualizam o conteúdo do arquivo, eles provavelmen-
tes alterações: te abrem o arquivo .xls, o editam e o salvam novamente co-
• O formato da assinatura no 2007 Office System é X- mo HTML. A maioria dos usuários não abrem esses arquivos
MLDSig. HTML para outras edições no Office Excel 2007. O Office
• O ponto de entrada da assinatura digital foi movido de Excel 2007 não armazena informações de recurso específico
Ferramentas, Opções, Segurança, Assinaturas Digitais do Excel em formatos de arquivo HTML. O Office Excel 2007
para o Botão do Microsoft Office, Preparar, Adicionar uma continuará a usar o recurso Salvar Como HTML para publicar
Assinatura Digital e, para pastas de trabalho assinadas, as pastas de trabalho exibidas em um navegador da Web.
para o painel de tarefas Assinatura. Nas versões anteriores do Excel, o recurso Salvar Como
• As assinaturas inválidas não são mais automaticamen- HTML salvava marcas HTML para exibir no navegador. Ele
te removidas. também salvava um conjunto de marcas específicas do Excel
• O modelo de objeto foi estendido para dar suporte ao que não era exibido no navegador no arquivo HTML. Embora
novo modelo e a soluções existentes. o navegador da Web não use essas marcas específicas do
• Terceiros poderão criar seus próprios provedores de Excel, o programa Excel as utiliza ao abrir o arquivo HTML
assinatura. para preservar os recursos que foram usados quando o ar-
• Os usuários podem acessar a funcionalidade anterior quivo foi salvo. O Office Excel 2007 não salva essas marcas
por meio de uma rota mais visível e intuitiva. de recurso específico do Excel em arquivos HTML, e, portan-
to, essas marcas não existem no arquivo HTML.
Motivo da alteração: o recurso de assinaturas digitais do O resultado geral é que arquivos HTML não podem ser
2007 Office System é mais visível e intuitivo. Os usuários usados pelo Office Excel 2007 para preservarem informações
podem ver quando a verificação de assinatura foi executada de recurso. Em vez disso, os arquivos HTML são usados pelo
e quem assinou o documento. Terceiros podem criar solu- Office Excel 2007 para publicar exibições estáticas do HTML
ções de autenticação personalizadas. de uma pasta de trabalho. Por exemplo, se uma pasta de
Gerenciamento de Direitos de Informação (IRM): Cliente trabalho contém tabelas dinâmicas, fórmulas e gráficos, e se
do Gerenciamento de Direitos do Windows é salva como HTML, as seguintes ações ocorrem:
Descrição: o 2007 Office System não aceita mais o Clien- • Um modo de exibição da Tabela Dinâmica é salvo no
te do Gerenciamento de Direitos do Windows v. 1.0. O 2007 arquivo HTML, mas a Tabela Dinâmica não.
Office System exige o Cliente de Gerenciamento de Direitos • Os resultados calculados das fórmulas e a formatação
do Windows SP2. Usuários que possuam o cliente anterior do de célula são salvos no arquivo HTML, mas as fórmulas não.
Gerenciamento de Direitos do Windows instalado serão solici- • Uma imagem do gráfico é salva no arquivo HTML, mas
tados a instalar a nova versão de cliente. Os usuários não o recurso de gráfico não.
perceberão a mudança com a nova versão de cliente. Se o arquivo HTML for aberto, usando qualquer versão do
Motivo da alteração: correções de segurança no 2007 Excel, você verá:
Office System são incompatíveis com o Cliente de Gerencia- • Células com aparência semelhante a uma Tabela Di-
mento de Direitos do Windows anterior. nâmica, mas ela não estará mais ativa.
. • Números em células, mas sem fórmulas.
Filtragem • Uma imagem de um gráfico, mas nenhuma capacida-
Descrição: no Office Excel 2003, as macros verificavam a de de trabalhar com a imagem como um recurso de gráfico.
propriedade AutoFilterMode se a seleção estava em uma lista
(tabela) para determinarem se os Filtros Automáticos tinham O Office Excel 2007 ainda pode abrir arquivos HTML e re-
sido ativados nessa lista. No Office Excel 2007, a propriedade cursos específicos do Excel contidos em arquivos HTML. No
AutoFilterMode funciona em conjunto com os Filtros Automá- entanto, para efetuar e salvar alterações no arquivo e preser-
ticos da planilha e não com os Filtros Automáticos que fazem var todos os recursos desse arquivo, salve-o em um formato
parte de tabelas. O Office Excel 2007 dá a cada tabela seu que aceite recursos do Excel. O melhor formato para isso é o
próprio objeto de Filtro Automático que, por sua vez, usa novo formato de arquivo XML.
tabelas para ativar vários Filtros Automáticos em cada plani-
lha. Motivo da alteração: a maioria dos usuários usa Salvar
Caminho de migração: o código em uma pasta de traba- Como HTML para publicar HTML para que um navegador o
lho do Excel 2003 que tem macros que verifica a propriedade renderize e não para abrir o arquivo novamente no Excel.
AutoFilterMode em uma lista pode não funcionar corretamen-
te. Esse problema não afeta um documento ou uma macro Caminho de migração: as pastas de trabalho do Office
criada em uma versão anterior ao Office Excel 2003. Em vez Excel 2007 podem ser publicadas como HTML. Você deve
de verificar a propriedade AutoFilterMode, a macro deve ser usar a pasta de trabalho (.xls, .xlsx) como a cópia principal.
alterada para verificar o objeto de Filtro Automático da tabela. Sempre abra a cópia principal, faça alterações, salve a cópia
Funções: subtotal principal e salve como HTML. Não há recursos específicos do
Descrição: a localização de subtotais e totais gerais Excel salvos no arquivo HTML. Pastas de trabalho HTML
quando o recurso de subtotal é invocado foi atualizada para podem abrir pastas de trabalho HTML. No entanto, para ga-
resolver problemas de expectativas do usuário e de compati- rantir que todos os recursos do Excel funcionem no arquivo
bilidade com versões anteriores. Os usuários que usam o corretamente, você deve usar o novo formato XML (.xlsx)
recurso de subtotal podem verificar que o local de seus sub- para salvar uma cópia da pasta de trabalho e usar a cópia
totais está diferente das versões anteriores ao Excel 2000, como principal. Essa alteração não forçará a maioria dos
mas o recurso funciona conforme o esperado. os cálculos são usuários a alterar sua forma de trabalho. Em vez disso, ela
corretos e os subtotais e totais gerais corretos são criados. reflete a maneira que a maioria dos usuários usa o recurso
Somente a localização mudou. Salvar Como HTML.

Informática 69 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Office System e é mais detectável. Os usuários não precisam
Formatação Automática de tabela dinâmica:, personaliza- baixar a ferramenta suplementar Remover Dados Ocultos
ções, GetPivotData, classificação e versões separadamente.
Descrição: o recurso Tabela Dinâmica teve as seguintes
alterações: Caminho de migração: instale o 2007 Office System.
• AutoFormatação: Estilos de Tabela Dinâmica substitu- Enviar para Destinatário do Email
em a funcionalidade de AutoFormatação. Ela foi removida da Descrição: as opções de Enviar para Destinatário do
interface do usuário, mas pode ser adicionada à Barra de Email tiveram as seguintes alterações:
Ferramentas de Acesso Rápido na guia Personalizadodas • Enviar para Destinatário do Email (como Anexo): essa
Opções do Word. Estilos de Tabela Dinâmica são um aprimo- opção de menu permite que os usuários enviem a planilha do
ramento em relação à AutoFormatação porque permite aos Excel como um anexo. Para selecionar a opção, clique no
usuários criar seus próprios estilos e não altera o layout de Botão do Microsoft Office, aponte para Enviar e clique em
Tabela Dinâmica. O recurso Estilos de Tabela Dinâmica é Email.
consistente com o recurso Estilos de Tabela do Microsoft • Enviar para Destinatário do Email: no Office Excel
Office Word 2007 e do Microsoft Office PowerPoint 2007. 2003, essa opção de menu permite que os usuários enviem o
• Personalizações: as Tabelas Dinâmicas OLAP do Offi- conteúdo da planilha do Excel no corpo de uma mensagem
ce Excel 2007 rastreiam personalizações de itens, mesmo de email. A opção foi removida da interface do usuário, mas
quando esses itens estão temporariamente invisíveis nelas. pode ser adicionada à Barra de Ferramentas de Acesso Rá-
Isso é verdadeiro para a formatação de item e para a perso- pido na guia Personalizado das Opções do Excel.
nalização de rótulo de item. No Office Excel 2003, os rótulos • Enviar para Destinatário do Email (para Revisão): essa
e a formatação personalizados aplicados a um item se perdi- opção de menu permite que os usuários enviem a pasta de
am quando o campo pai era recolhido. A nova expansão do trabalho do Excel como anexo para um revisor. A opção foi
nível pai trouxe de volta o rótulo da fonte de dados, não o removida da interface do usuário, mas pode ser adicionada à
rótulo personalizado, e a formatação personalizada foi perdi- Barra de Ferramentas de Acesso Rápido da guia Personali-
da. No Office Excel 2007, as informações de formatação zado das Opções do Excel. Os pontos de entrada do modelo
personalizada são mantidas e reaplicadas após cada opera- de objeto também permanecem.
ção de recolhimento/expansão. Os rótulos personalizados
são armazenados, mesmo quando o campo é removido da Motivo da alteração: o recurso Enviar para Destinatário
Tabela Dinâmica, e são reaplicados caso o campo seja adi- do Email (para Revisão) foi substituído pelos recursos de
cionado novamente à tabela dinâmica. colaboração de grupo no Windows SharePoint Services 3.0.
• GetPivotData: a referência padrão no Office Excel Os recursos de colaboração do Windows SharePoint Servi-
2007 é a nova referência estruturada, em vez de GetPivotDa- ces 3.0 possibilitam um fluxo de trabalho mais robusto. Os
ta do Office Excel 2003. O usuário pode retorná-la para Get- usuários podem continuar a usar o modelo de objeto para
PivotData em uma caixa de diálogo de opções. Enviar para Revisão e adicionar a opção à Barra de Ferra-
• Classificação: no Office Excel 2007, as Tabelas Dinâ- mentas de Acesso Rápido, mas devem considerar a migra-
micas aceitam a AutoClassificação com o escopo em uma ção para a oferta de fluxo de trabalho de ciclo de vida de
linha ou coluna de valores específica. No Office Excel 2003, a documento do SharePoint. O recurso Enviar para Revisão só
AutoClassificação só podia ser aplicada com base nos valo- usa programas clientes. Os usuários podem criar um suple-
res da linha ou coluna de total geral. As novas opções de mento para usar o modelo de objeto desse recurso enquanto
classificação estão disponíveis para qualquer versão de Ta- migram para um ambiente do Windows SharePoint Services
bela Dinâmica do Office Excel 2007. 3.0. Como alternativa, os usuários podem enviar o documen-
• Versões: as Tabelas Dinâmicas do Office Excel 2007 to para os revisores em uma mensagem de email. Os reviso-
não podem se tornar interativas em versões anteriores do res podem comentar o documento usando o recurso Comen-
Excel e o Office Excel 2007 não faz o downgrade da versão tários, localizado na guia Revisão.
da Tabela Dinâmica quando formatos de arquivo de versões
anteriores são salvos. As Tabelas Dinâmicas de versões Pastas de trabalho compartilhadas
anteriores não fornecem suporte para estes novos recursos: Descrição: Pastas de Trabalho Compartilhadas, um re-
filtragem de rótulos, filtragem de valores (com exceção de 10 curso que existe desde o Excel 95, permite que vários usuá-
filtros para os quais há suporte), ocultação de níveis hierár- rios trabalhem na mesma cópia de uma pasta de trabalho. A
quicos intermediários em fontes de dados OLAP e filtragem pasta de trabalho compartilhada gerencia todas as alterações
exclusiva manual. Se for necessário criar a mesma Tabela para que as cópias possam, eventualmente, ser mescladas.
Dinâmica de forma colaborativa no Office Excel 2007 e em No Office Excel 2003, esse recurso só era aceito no formato
versões anteriores do Excel, os usuários não deverão salvar de arquivo BIFF8 (XLS). No entanto, nem todos os recursos
a pasta de trabalho em um formato de arquivo do Office Excel do Excel são aceitos nas pastas de trabalho compartilhadas.
2007. O Office Excel 2007 dá aceita pastas de trabalho comparti-
lhadas no formato BIFF12 (XLSB) e no formato XML12
Tabelas de consulta (XLSX).
Descrição: as tabelas de consulta foram mescladas ao Caminho de migração: se os usuários forem editar uma
recurso Lista, que agora se chama Tabelas. pasta de trabalho no Office Excel 2007 e em uma versão
Motivo da alteração: essa alteração melhora a funciona- anterior do Excel, mantenha a pasta de trabalho no formato
lidade e oferece uma experiência de usuário mais consisten- Biff8 file (XLS). A alteração do formato de arquivo para os
te. novos formatos BIFF12 (XLSB) ou XML12 (XLSX) descartará
o histórico de revisão.
Ferramenta suplementar Remover Dados Ocultos
Descrição: o Inspetor de Documento substitui a ferra- Tabelas: Inserir linha
menta suplementar Remover Dados Ocultos do Office 2003. Descrição: o recurso Lista do Office Excel 2003 tinha
O ponto de entrada e a interface do usuário são diferentes. A uma linha especial na parte inferior para adicionar novos
nova interface do usuário permite a execução de vários ins- recursos à lista. Essa linha especial foi removida no Office
petores, o que dá ao usuário um controle mais preciso do Excel 2007. Em vez disso, você poderá adicionar dados a
processo de limpeza da pasta de trabalho. uma tabela usando as teclas ENTER e TAB quando a sele-
Motivo da alteração: o Inspetor de Documento oferece a ção ativa estiver na última linha de dados da tabela. Também
funcionalidade suplementar Remover Dados Ocultos no 2007 poderá arrastar a alça de redimensionamento do canto inferi-

Informática 70 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
or direito da tabela para adicionar mais linhas. Os desenvol- do Office Excel 2003. Agora, os gráficos estão integrados ao
vedores que escreviam código usando o objeto ListObject no OfficeArt e não foi possível reimplementar esse comando
Office Excel 2003 talvez precisem fazer alguns ajustes caso para eles. As macros que usam a propriedade PageSe-
esse código use ListObject.InsertRowRange. tup.ChartSize poderão redimensionar o gráfico.
Modelos • Janela de Gráfico: o comando Janela de Gráfico foi
Descrição: o conjunto disponível de modelos do Office removido do menu Exibir. A propriedade Chart.ShowWindow
Excel 2007 foi alterado. foi ocultada e não tem funcionalidade. Agora, os gráficos
Motivo da alteração: os novos modelos usam os novos estão integrados ao OfficeArt e não foi possível reimplemen-
recursos disponíveis no Office Excel 2007 e oferecem uma tar esse comando para eles. As macros que usam a proprie-
aparência mais moderna aos usuários. dade Chart.ShowWindow poderão mostrar outra janela na
Caminho de migração: os modelos de versões anterio- planilha e navegar dentro dela para mostrar somente o gráfi-
res do Excel ainda estão disponíveis para download no Office co.
Online. • Alterar o tipo de gráfico para vários gráficos: no Office
Central de Confiabilidade: links de dados, macros 2003, você pode selecionar vários gráficos e alterar seu tipo
Descrição: o recurso Central de Confiabilidade tem as simultaneamente. Esse comportamento não está disponível
seguintes alterações: no 2007 Microsoft Office System. Agora, os gráficos estão
• Links de dados: ao abrir uma pasta de trabalho no Of- integrados ao OfficeArt e não foi possível reimplementar esse
fice Excel 2007, todas as conexões estão desabilitadas por comando para eles. Você pode alterar o tipo de gráfico para
padrão e não há avisos modais para Atualizar na abertura ou cada gráfico individualmente. Como alternativa, salve um
na atualização Periódica. Em vez disso, o Office Excel 2007 gráfico como modelo e aplique o modelo a outros gráficos.
exibe a barra de confiabilidade. Clicar na barra de confiabili- • Gráficos em planilhas de diálogo: os gráficos não são
dade exibe as opções habilitar/desabilitar para as conexões permitidos em planilhas de diálogo. Não foi possível imple-
da pasta de trabalho. Essa alteração visa principalmente um mentar esse recurso para o 2007 Office System.
problema de educação do usuário em relação à barra de • Suporte para constantes de macro do Excel 4 (XLM):
confiabilidade. Colocar uma pasta de trabalho em um local as macros que eram convertidas do XLM podem ter retido
confiável permite que ela seja automaticamente atualizada constantes XML para certos parâmetros. Essas constantes
sem avisos. não são mais aceitas e as constantes documentadas devem
• Macros: o Office Excel 2007 não salva mais código ser as únicas usadas. Substitua chamadas VBA que usam
VBA que inclua somente comentários e instruções de decla- valores numéricos para enumerações por aquelas que usam
ração. O código VBA do Excel anexado a uma pasta de tra- constantes nomeadas de forma apropriada.
balho e que contém somente comentários e instruções de
declaração não será carregado ou salvo com o arquivo. Muito Serviços de Recuperação de Dados
poucas pastas de trabalho serão afetadas por essa alteração. Descrição: os Serviços de Recuperação de Dados (DRS)
Os usuários poderão contornar esse problema adicionando foram removidos do 2007 Office System. Existem duas partes
uma sub-rotina ou função ao código VBA do Excel. do DRS. A primeira consiste em recursos de versões anterio-
Controle de versão res do Excel, FrontPage e Office Web Components (OWC)
Descrição: o recurso de controle de versão autônomo foi que permitem criar conexões com origens DRS. Esses recur-
removido no Office Excel 2007. Um recurso de controle de sos incluem uma interface do usuário para a criação de cone-
versão mais robusto que armazena as informações para cada xões e a capacidade de execução das conexões (recuperar
versão de forma separada é fornecido com bibliotecas de dados). A segunda metade consiste em adaptadores do lado
documentos nos sites do Windows SharePoint Services 3.0 e do servidor que recuperam dados de uma fonte de dados
nos sites do Microsoft Office SharePoint Server 2007. específica, como um banco de dados Microsoft SQL Server, e
Motivo da alteração: o recurso de controle de versão de retornam esses dados para o Excel (por exemplo) usando o
bibliotecas de documentos do Windows SharePoint Services protocolo DRS. Os recursos DRS de versões anteriores do
3.0 oferece um fluxo de trabalho mais robusto do que o dis- Excel, FrontPage e OWC não podem se conectar a uma fonte
ponível no Office Excel 2003. de dados a menos que haja um adaptador DRS disponível.
Caminho de migração: instale o 2007 Office System e O Office 2003 vinha com os adaptadores DRS a seguir.
migre para um ambiente Windows SharePoint Services 3.0. Os adaptadores DRS só funcionam quando instalados em um
As organizações que usavam o recurso de controle de versão servidor que esteja executando o Windows SharePoint Servi-
poderão usar o Version Extraction Tool (VET) do OMPM ces 3.0 ou o Office SharePoint Server 2007.
(Office Migration Planning Manager) para extrair versões de • Adaptador WSS — expõe dados do Windows Share-
um documento em vários arquivos. Point Services 3.0 usando o protocolo DRS. Incluído no Win-
dows SharePoint Services 3.0.
O que foi removido • Adaptador OLEDB — expõe dados de origens OLEDB
• Gráficos: Tamanho de Gráfico Impresso, Janela de usando o protocolo DRS. Incluído no Windows SharePoint
Gráfico, gráficos em planilhas de diálogo, alterar tipo de gráfi- Services 3.0.
co para vários gráficos e suporte a constantes XLM • Adaptador SQL — expõe dados de um banco de da-
• Serviços de Recuperação de Dados dos SQL Server usando o protocolo DRS.
• Editor de Scripts Microsoft (MSE) • Pacote complementar de Web Parts e Componentes
• Fórmulas de linguagem natural (NLFs) (Ststpkpl.msi). Incluído no suplemento do Office 2003.
• Enviar para Destinatário da Circulação • Adaptador do Microsoft Business Solutions (MBS) —
• Reconhecimento de fala expõe dados do Great Plains e Solomon usando o protocolo
DRS.
Gráficos: Tamanho de Gráfico Impresso, Janela de Gráfi- Motivo da alteração: o DRS é tratado em outros produ-
co, gráficos em planilhas de diálogo, alterar tipo de gráfico tos.
para vários gráficos e suporte a constantes XLM. Caminho de migração: para o ponto geral de entrada de
Os seguintes recursos de Gráfico foram removidos: DRS, dados de SQL Server e de Windows SharePoint Servi-
• Tamanho de Gráfico Impresso: A opção Tamanho de ces 3.0 estão disponíveis de outras formas também existiam
Gráfico Impresso foi removida da guia Gráfico da caixa de no Office Excel 2003.
diálogo Configurar Página. A propriedade PageSe-
tup.ChartSize foi ocultada e não tem funcionalidade. O novo
comportamento coincide com a configuração Personalizado

Informática 71 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Motivo da alteração: o novo comportamento é mais con-
Editor de Scripts Microsoft (MSE) sistente e atende às preferências dos clientes do leste asiáti-
Descrição: versões anteriores do Excel permitiam que co.
você publicasse arquivos como HTML com interatividade
usando o Microsoft Office Web Components. Removemos o Caminho de migração: defina a posição da marca de
suporte para salvamento de arquivos HTML com interativida- escala como dentro do eixo.
de usando o Office Web Components. Isso significa que a Recursos dos gráficos
integração com o Editor de Scripts Microsoft foi removida do
Office Excel 2007. Descrição: alguns recursos de gráficos foram removidos
Motivo da alteração: a integração com o Editor de S- do 2007 Microsoft Office System. Os gráficos que utilizavam
cripts Microsoft foi removida do Office Excel 2007 porque o esses recursos têm uma aparência diferente no 2007 Office
HTML não será aceito como um formato de arquivo de fideli- System. Talvez o código de acesso às propriedades do mo-
dade total. Isso significa que os componentes de depuração delo de objeto não funcione como antes. Os recursos removi-
de script não serão mais instalados por padrão no Office dos incluem: paredes e linhas 2D em gráficos 3D, proprieda-
Excel 2007. Era um recurso pouco utilizado e a remoção des de formatação específicas do Excel nas formas dos gráfi-
aumenta a segurança. cos e controles de formulário bloqueados que não acompa-
Caminho de migração: se precisar criar planilhas intera- nham os dimensionamentos dos gráficos.
tivas para exibição em um navegador, recomendamos que Motivo da alteração: essa alteração resulta em gráficos
você utilize o Serviços do Excel. Se você salvar um arquivo mais robustos, capazes de receber recursos adicionais no
em um formato de arquivo de uma versão anterior, o Office futuro.
Excel 2007 preservará os elementos do script. Se você salvar
um arquivo em um formato de arquivo do Office Excel 2007, Copiar/colar
os objetos do Script de informação (Worksheet.Scripts) serão
Descrição: se um usuário copia um gráfico do Microsoft
salvos junto com outras propriedades. No entanto, quando
Office PowerPoint 2007 ou do Microsoft Office Word 2007 e o
esse arquivo for aberto, o script não será carregado.
cola em outro programa que não seja o Office PowerPoint
2007, Office Word 2007, ou o Microsoft Office Excel 2007, ele
Fórmulas de linguagem natural (NLFs)
é colado como uma figura. Quando o gráfico é copiado do
Descrição: o recurso Fórmulas de Linguagem Natural
Office Excel 2007, esse problema não ocorre.
(NLFs) permitia que os usuários usassem os rótulos de colu-
nas e linhas em uma planilha para referenciar as células Motivo da alteração: os gráficos agora estão integrados
dentro dessas colunas sem que fosse necessário defini-los ao OfficeArt e devem ser hospedados em um programa do
explicitamente como nomes. Esse recurso pouco usado foi OfficeArt. No Office Excel 2007, os usuários podem copiar e
desativado por padrão no Excel 2000 e removido do Office colar o arquivo inteiro do Office Excel 2007 em qualquer outro
Excel 2007. programa. Isso não é possível no Office PowerPoint 2007 e
Motivo da alteração: este recurso era pouco usado. no Office Word 2007.
Caminho de migração: quando uma pasta de trabalho
que contém NLFs for aberta no Office Excel 2007 (ou atuali- Caminho de migração: cole o gráfico no Office Excel
zada para o formato de arquivo do Office Excel 2007), o usu- 2007 e copie-o do Office Excel 2007 para outro programa.
ário será alertado pelo programa de que as NLFs não têm Excel 2007
suporte e que serão convertidas em referências estáticas de
célula se o usuário continuar a operação. Se o usuário optar Descrição: a geração de gráficos no 2007 Office System
por continuar, as NLFs da pasta de trabalho serão converti- requer a emissão de uma notificação para o Office Excel
das em referências estáticas de célula. O código que usa 2007. Se o Office Excel 2007 não receber essa informação, o
NLFs no modelo de objeto não será alterado e deverá ser botão Inserir Gráfico será desabilitado. Os botões Mostrar
atualizado pelo usuário. As soluções de pasta de trabalho Dados e Fonte de Dados serão desabilitados no processo
com referências de célula baseadas em NLFs (rótulos de contextual do Gráfico. Os usuários que não possuírem o
intervalo) serão prejudicadas por essa alteração. Todo o Office Excel 2007 não poderão criar um novo gráfico ou editar
código do modelo de objeto que usar NLFs deverá ser atuali- os dados de um gráfico já existente. Na maioria dos casos, os
zado pelo usuário ou pelo desenvolvedor. usuários poderão alterar a formatação de gráficos existentes.
Enviar para Destinatário da Circulação O Microsoft Graph ainda existe, mas os pontos de entrada
Descrição: essa opção de baixo uso foi removida do Offi- foram removidos.
ce Excel 2007. Motivo da alteração: a integração dos gráficos por meio
Caminho de migração: o recurso Enviar para Destinatá- do Office Excel 2007 proporciona uma experiência consis-
rio da Circulação foi substituído pelos recursos de colabora- tente de geração de gráficos em todo o 2007 Office System.
ção de grupo no Windows SharePoint Services 3.0. Os recur- A geração de gráficos integrados é um recurso do Office
sos de colaboração do Windows SharePoint Services 3.0 PowerPoint 2007 e Office Word 2007, mas os dados que
proporcionam um fluxo de trabalho mais robusto. compõem o gráfico residem no Office Excel 2007.
Reconhecimento de fala
Descrição: os pontos de entrada para os recursos de re- Caminho de migração: os gráficos abertos no Office
conhecimento de fala foram removidos da interface do usuá- PowerPoint 2007 ou no Office Word 2007 com o Office Excel
rio no Microsoft Office Access 2007, Office Excel 2007, Office 2007 instalado, são atualizados automaticamente. Porém, se
PowerPoint 2007 e Office Word 2007. o Office Excel 2007 não estiver instalado, os gráficos não
serão atualizados. Para possibilitar a geração de gráficos,
Alterações em gráficos mude do Office PowerPoint 2007 ou do Office Word 2007
Este artigo traz a relação das alterações em gráficos do para o 2007 Office System.
Microsoft Office 2003 ao 2007 Microsoft Office System. Gráficos: armazenamento de dados
Eixos dos gráficos Descrição: os dados de um gráfico no Office PowerPoint
Descrição: a posição padrão das marcas de escala é fora 2007 ou no Office Word 2007 são armazenados no Office
do eixo. Nas versões anteriores, a posição era dentro do eixo Excel 2007, e não em uma folha de dados do gráfico.
para os idiomas do leste asiático, e fora para todos os outros
idiomas.

Informática 72 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Motivo da alteração: os gráficos passaram a apresentar Enviando gráficos por e-mail na forma de imagens
maior consistência entre o Office Excel 2007, o Office Po-
werPoint 2007 e o Office Word 2007. Descrição: não é possível transformar os gráficos das
planilhas em imagens para serem enviados por e-mail.
Caminho de migração: os dados dos gráficos podem ser
editados no Office Excel 2007. Caminho de migração: copie e cole uma imagem do grá-
fico em uma mensagem de e-mail.
Gráficos: legenda e título
Publicando como páginas da Web
Descrição: um gráfico no Office PowerPoint 2007 ou no
Office Word 2007 que não contenha dados não exibe o seu Descrição: não é possível publicar os gráficos das plani-
título ou legenda. No Office 2003, o título ou a legenda ainda lhas como páginas da Web.
está presente. Caminho de migração: use folhas de gráficos ou utilize o
Motivo da alteração: os gráficos passaram a apresentar método Chart.Export no modelo de objeto.
maior consistência entre o Office Excel 2007, o Office Po- Redimensionamento
werPoint 2007 e o Office Word 2007.
Descrição: o redimensionamento de um gráfico que con-
Gráficos: arquivos do Lotus 1-2-3 tém formas funciona de modo diferente no Office 2003.
Descrição: os gráficos não mais importam arquivos no Motivo da alteração: os gráficos agora estão integrados
formato Lotus 1-2-3. ao OfficeArt, impossibilitando a reimplementação do compor-
Motivo da alteração: os comentários dos clientes indi- tamento do Office 2003 em relação aos gráficos.
cam que há um número muito restrito de usuários que ainda Legenda
utilizam esse recurso. Todos os suportes aos arquivos no
formato Lotus 1-2-3 também foram removidos do Office Excel Descrição: as séries dos gráficos às quais não foram a-
2007. tribuídos nomes nas legendas, como "Series1," "Series2," e
assim por diante.
Integração
Motivo da alteração: os gráficos utilizavam textos dife-
Descrição: quando um gráfico 3D é desagrupado, toda a rentes para nomear as séries de diversos lugares no gráfico e
área de plotagem continua a existir como um único grupo. na interface do usuário. Esses textos passaram agora a ter
Motivo da alteração: os gráficos passaram a ser dese- consistência.
nhados em 3D de maneira mais realística, o que torna impos- Caminho de migração: configure os nomes das séries
sível desagrupar um desenho 3D realístico em um conjunto caso apareçam na legenda ou em qualquer outra parte do
de formas em 2D. gráfico.
Caminho de migração: muitas vezes os usuários desa- Macros: Chart.Pictures
grupam os gráficos para aplicar recursos existentes no Offi-
ceArt, mas não no Gráfico. Muitos desses recursos agora Descrição: as macros que utilizam o conjunto
podem ser aplicados diretamente no Gráfico. Como alternati- Chart.Pictures talvez não sejam executadas.
va, você pode utilizar o Microsoft Graph. Motivo da mudança: esse recurso é redundante com o
Interação conjunto Chart.Pictures.

Descrição: a interface do usuário foi reprojetada. Caminho de migração: como alternativa, utilize o conjun-
to Chart.Shapes.
Motivo da alteração: os gráficos estão integrados ao Of-
ficeArt, assim a interface do usuário apresentará a maior Macros: XLM
consistência possível com o OfficeArt. As interfaces do usuá- Descrição: não há mais suporte para as macros XLM.
rio do Office Excel 2007, Office PowerPoint 2007 e Office
Word 2007 sofreram mudanças, e os gráficos também foram Motivo da alteração: os arquivos XLM foram considera-
alterados para acompanhar essas mudanças. dos obsoletos, embora não tenham sido totalmente removi-
dos.
Caminho de migração: consulte a Ajuda para relacionar
os tópicos antigos aos novos. Talvez seja necessário rees- Caminho de migração: reescreva as macros XLM no
crever as macros que utilizavam a opção Dialog.Show em VBA.
algumas caixas de diálogo dos gráficos.
Programabilidade: propriedades e objetos ocultos e subs-
Seleção de gráficos tituídos
Descrição: os gráficos já não são trazidos automatica- Descrição: os gráficos trazem objetos com nova formata-
mente para frente ao serem selecionados. ção baseados no OfficeArt. Os objetos e propriedades de
formatação anteriores estão ocultos ou foram substituídos.
Motivo da alteração: esse novo comportamento é con- Dentre as propriedades e objetos ocultos e substituídos,
sistente com o restante do OfficeArt. podemos citar as propriedades de aplicação de Bordas, Le-
Interface do usuário: padrões de preenchimento gendas, Caracteres, Preenchimento, Fonte, Alinhamento
Horizontal, Interior, Orientação, Ordem de Leitura, Sombras e
Descrição: não há interface de usuário para os padrões Alinhamento Vertical, além dos objetos FormatarPreenchi-
de preenchimento, como hachura cruzada e xadrez. mentoGráfico e FormatarCorGráfico, e propriedades 3D dos
Motivo da alteração: os gráficos agora estão integrados gráficos.
ao OfficeArt, e esse recurso foi removido do OfficeArt. Motivo da alteração: os gráficos agora estão integrados
Caminho de migração: utilize o sombreamento ou uma ao OfficeArt, de forma que o objeto de modelo também foi
gradiente, como opção. modificado para se adequar ao OfficeArt.
Caminho de migração: para acessar os recursos de for-
matação, alterne para os novos objetos e métodos. Os obje-

Informática 73 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
tos e métodos listados continuam disponíveis, embora devam Motivo da alteração: não foi possível implementar esse
ser removidos em uma versão futura. recurso no 2007 Office System.
Programabilidade: valores de retorno nulos Visual: escalas
Descrição: no Excel 2003, algumas propriedades no mo- Descrição: gráficos com a escala no eixo do valor (y) de-
delo de objeto retornavam um valor nulo quando os valores finida como Automático podem ter sua escala modificada no
de configuração de um conjunto de objetos eram misturados. 2007 Office System.
No Office Excel 2007, as propriedades retornam o valor da
configuração para o padrão do conjunto. Por exemplo, se Motivo da alteração: os gráficos passaram a usar texto
houver uma mistura de rótulos de dados automáticos e per- do OfficeArt, e as informações sobre disposição e tamanho
sonalizados, o comando DataLabels.AutoText retornará um do texto são utilizadas para identificar sua escala em relação
valor de falso. Se houver uma mescla de tipos diferentes de ao eixo.
fontes em uma legenda, Legend.Font.Name retornará o nome Caminho de migração: defina a escala como um valor fi-
da fonte para as entradas da nova legenda. xo.
Motivo da alteração: essa alteração torna o modelo de Visual: cores e formatação padrão dos gráficos
objeto mais consistente internamente. Não é necessário es-
crever o código para manipular valores de retorno nulos. Descrição: os padrões de cores e outras formatações uti-
lizadas nos gráficos foram alterados no Office Excel 2007. Os
Caminho de migração: altere as macros que utilizam es- gráficos abertos nos arquivos do Excel 2003 não sofreram
sa propriedade para detectar casos de ocorrências mistas. modificações.
Programabilidade: propriedades do gráfico Motivo da alteração: os padrões de formatação dos grá-
Descrição: as propriedades dos gráficos além de ficos no Office Excel 2007 foram estabelecidos em relação ao
Chart.ChartGroups que retornavam ChartGroups foram elimi- tema do documento e ao estilo individual de cada gráfico.
nadas. Essa alteração resulta em gráficos mais atraentes visualmen-
te que correspondem à aparência do restante do documento,
Motivo da alteração: essas propriedades raramente e- sem contudo exigir grandes alterações na sua formatação.
ram utilizadas.
Caminho de migração: as macros que criam gráficos
Caminho de migração: altere as macros para utilizar passaram a produzir diferentes resultados. Na maioria dos
Chart.ChartGroups. Execute um loop por todos os Chart- casos, o novo gráfico constitui um resultado preferencial. Em
Groups a fim de encontrar o tipo de gráfico correto. algumas situações, nas quais uma aparência precisa é dese-
jada, as macros devem ser modificadas para se obter tal
Programabilidade: modelo de objeto do Excel 5.0 precisão na aparência.
Descrição: a começar pelo Excel 97, o modelo de objeto Visual: tamanho padrão dos gráficos
do VBA para formas provenientes do Excel 5.0 foi ocultado.
Já não há suporte disponível para formas de gráficos deste Descrição: o tamanho padrão dos gráficos foi modificado
modelo de objeto. no Office Excel 2007.
Motivo da alteração: esse recurso já havia sido ocultado Motivo da alteração: os padrões de layout no Office Ex-
anteriormente. cel 2007 apresentavam variações, dependendo do tipo de
gráfico.
Caminho de migração: use o modelo de objeto da forma
que se tornou disponível no Excel 97. Caminho de migração: os gráficos podem ser redimen-
sionados para qualquer tamanho desejado.
Visual: padrões de preenchimento em gráficos 3D
Visual: disposição do texto
Descrição: os padrões de preenchimento nos gráficos 3D
são desenhados sobre a superfície do gráfico 3D. Nas ver- Descrição: o texto que compõe os gráficos pode apre-
sões anteriores, esses preenchimentos eram desenhados sentar disposições diferentes em versões anteriores. Em
sem levar em conta o ângulo da superfície da tela. raras situações, a alteração na disposição do texto pode
acarretar uma sobreposição nos gráficos onde antes o texto
Motivo da alteração: os gráficos passaram a ser dese- estava disposto corretamente. Em outros casos, o texto cor-
nhados em 3D de forma realística, não sendo mais possível tado e marcado com reticências (...) se mantém inalterado.
produzir essa ilusão de óptica.
Motivo da alteração: os comentários dos clientes suge-
Caminho de migração: os padrões de preenchimento rem que o texto que aparece na tela deve permanecer idênti-
podem ser substituídos por outros tipos de preenchimento, ou co ao da página impressa. Os clientes também manifestaram
mesmo o gráfico ser alterado para um modelo em 2D. seu desejo de que o texto dos gráficos não sofra modifica-
Visual: sombreamento realístico em 3D ções quando deslocados de um programa para outro no Offi-
ce 2007. Os gráficos passaram a utilizar texto do OfficeArt,
Descrição: os gráficos 3D possuem características apro- que confere consistência entre a imagem exibida na tela e no
priadas de iluminação e sombreamento, e suas cores talvez papel impresso, bem como em todos os programas.
não mais reproduzam com precisão os matizes das versões
anteriores. Caminho de migração: os gráficos são desenhados no
2007 Office System para corresponder o mais fielmente pos-
Motivo da alteração: os gráficos passaram a ser dese- sível às versões do Office 2003. As macros que dependem
nhados em 3D realístico. de uma precisão de pixels em layouts de gráficos podem
Visual: rótulos de dados e códigos de legendas produzir resultados ligeiramente diferentes dos obtidos ante-
riormente.
Descrição: nas versões anteriores, os rótulos de dados
podiam exibir códigos de legendas, mas o suporte para esse Visual: gráficos cilíndricos e em formato de cone
recurso deixou de ser fornecido. Descrição: os gráficos cônicos e cilíndricos que possuem
bordas apresentam diferenças entre si. As versões anteriores
do Excel desenhavam as silhuetas dos cilindros e cones, bem
Informática 74 A Opção Certa Para a Sua Realização
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
como suas bordas circulares. Os gráficos cônicos e cilíndri- Ele substitui o menu Arquivo (versões anteriores) e está loca-
cos que possuam apenas uma borda e nenhum preenchi- lizado no canto superior esquerdo do programa.
mento devem desaparecer por completo.
Ao clicar no Botão do Microsoft Office, serão exibidos co-
Motivo da alteração: os gráficos passam a ser desenha- mandos básicos: Novo, Abrir, Salvar, Salvar Como, Imprimir,
dos em 3D de forma realística, não permitindo o desenho de Preparar, Enviar, Publicar e Fechar.
silhuetas de formatos arredondados.
Visual: fontes de impressora e de varredura 2 – Barra de Ferramentas de Acesso Rápido
Descrição: os gráficos não possuem mais suporte para
fontes de impressora ou de varredura, suportando apenas
Localiza-se no canto superior esquerdo ao lado do Botão do
fontes TrueType e Postscript.
Microsoft Office (local padrão), é personalizável e contém um
Motivo da alteração: os gráficos estão integrados ao Of- conjunto de comandos independentes da guia exibida no
ficeArt, não possibilitando assim reimplementar o suporte momento. É possível adicionar botões que representam co-
para as fontes de varredura e de impressora. Os clientes mandos à barra e mover a barra de um dos dois locais possí-
alegam que raramente fazem uso de tais fontes. veis.
Caminho de migração: altere os arquivos, adotando fon- 3 – Barra de Titulo
tes TrueType. Os arquivos configurados com fontes de varre- Exibe o nome do programa (Microsoft PowerPoint) e, também
dura ou de impressora serão desenhados utilizando-se uma exibe o nome do documento ativo.
fonte TrueType de aparência similar.
Visual: valores negativos nos gráficos empilhados 3D 4 – Botões de Comando da Janela
Acionando esses botões, é possível minimizar, maximizar e
Descrição: os gráficos com área de empilhamento em 3D restaurar a janela do programa PowerPoint.
ou 100% empilhados e que possuem valores negativos apre-
sentam uma aparência diferente no Office Excel 2007.
Motivo da alteração: o novo comportamento é mais con-
sistente com outros tipos de gráficos empilhados.
Caminho de migração: substitua os números negativos
por positivos para reproduzir o comportamento do Excel
2003.
Visual: rótulos de dados dos valores #N/D
5 – Faixa de Opções
Descrição: os gráficos em formato de rosca ou de pizza A Faixa de Opções é usada para localizar rapidamente os
não exibem os rótulos de dados dos valores #N/D. comandos necessários para executar uma tarefa. Os coman-
Visual: inversão de cor negativa dos são organizados em grupos lógicos, reunidos em guias.
Cada guia está relacionada a um tipo de atividade como
Descrição: não é possível configurar a inversão quando gravação ou disposição de uma página. Para diminuir a de-
uma cor negativa é utilizada em preenchimentos sólidos. sorganização, algumas guias são exibidas somente quando
Caminho de migração: os gráficos das versões anterio- necessário. Por exemplo, a guia Ferramentas de Imagem
res ainda abrem corretamente. somente é exibida quando uma imagem é selecionada.

Fonte:http://technet.microsoft.com/pt-
br/library/cc179167(office.12).aspx

MICROSOFT POWER POINT 2007

Programa utilizado para criação e apresentações de Slides.


Para iniciá-lo basta clicar no botão Iniciar da barra de tarefas
do Windows, apontar para Todos os Programas, selecionar
Microsoft Office e clicar em Microsoft Office Power Point Vista
2007.

Janela de abertura do programa 1) Guias


2) Os grupos em cada guia dividem a tarefa em subtarefas.
3) Os botões de comando em cada grupo executam um co-
mando ou exibem um menu de comandos.

6 – Painel de Anotações
Nele é possível digitar as anotações que se deseja incluir em
um slide.

7 – Barra de Status
Exibe várias informações úteis na confecção dos slides, entre
elas: o número de
slides; tema e idioma.

8 – Nivel de Zoom
1 – Botão do Microsoft Office Clicar para ajustar o nível de zoom.

Informática 75 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Antes de inserir o primeiro texto é necessário conhecer a
aplicação de algumas
teclas:
CRIAR APRESENTACOES
BARRA Permite a inserção de espaços
Criar uma apresentação no Microsoft PowerPoint engloba:
DE em branco.
iniciar com um design básico; adicionar novos slides e conte-
ESPACOS
údo; escolher layouts; modificar o design do slide, se desejar,
alterando o esquema de cores ou aplicando diferentes mode- SHIFT Só funciona quando pressionada
los de estrutura e criar efeitos, como transições de slides simultaneamente com outra
animados. tecla. Serve para fazer letras
maiúsculas e acessar a segunda
Para iniciar uma nova apresentação basta clicar no Botão do função da tecla, por exemplo:
Microsoft Office, e em seguida clicar em Novo. para digitar o sinal “@”, deve-se
Então escolher um modelo para a apresentação (Em Branco, pressionar simultaneamente as
Modelos Instalados, Meus modelos, Novo com base em do- teclas SHIFT e 2.
cumento existente ou Modelos do Microsoft Office Online).
DEL ou Apaga os caracteres que estão à
Depois de escolhido o modelo clicar em Criar. DELETE direita do ponto de inserção.
BACKSPA Apaga os caracteres que estão à
CE esquerda do ponto de
inserção.
←→↑↓ Movimentam o ponto de inserção
(cursor) pelo texto.
ENTER Cria uma nova linha.
CAPS Trava as maiúsculas. Todas as
LOCK letras digitadas aparecerão em
caixa alta.

Para fazer a acentuação, deve-se digitar a tecla de acento e


depois a letra a ser acentuada. Quando a tecla corresponden-
te ao acento for pressionada, não sairá nada na tela; só de-
pois que for digitada a letra é que ela aparecerá acentuada.

SELECIONAR SLIDE Para inserir um texto no slide clicar com o botão esquerdo do
Para selecionar um slide, basta clicar na guia Slide no painel mouse no retângulo (Clique para adicionar um título), após
à esquerda. clicar o ponto de inserção (cursor será exibido).

LAYOUT Então basta começar a digitar.

Para alterar o Layout do slide selecionado, basta clicar na


Guia Início e depois no botão Layout, escolha o layout dese-
jado clicando sobre ele. Formatando o texto
Para alterar um texto, é necessário primeiro selecioná-lo.
Para selecionar um texto ou palavra, basta clicar com o botão
esquerdo sobre o ponto em que se deseja iniciar a seleção e
manter o botão pressionado, arrastar o mouse até o ponto
desejado e soltar o botão esquerdo.

Com o texto selecionado basta clicar nos botões para fazer


as alterações desejadas

INSERIR TEXTO

Informática 76 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Alinha o texto à esquerda. Também pode ser acionado atra-
vés do comando Ctrl+Q.

12 – Centralizar
Centraliza o texto. Também pode ser acionado através do
comando Ctrl+E.
1 – Fonte Altera o tipo de fonte 13 – Alinhar Texto a Direita
Alinha o texto à direita. Também pode ser acionado através
do comando Ctrl+G.

14 – Justificar
Alinha o texto às margens esquerda e direita, adicionando
espaço extra entre as palavras conforme o necessário, pro-
movendo uma aparência organizada nas laterais esquerda e
direita da página.

15 – Colunas
Divide o texto em duas ou mais colunas.

2 – Tamanho da fonte Altera o tamanho da fonte

INSERIR SIMBOLOS ESPECIAIS


Além dos caracteres que aparecem no teclado, é possível
inserir no slide vários caracteres e símbolos especiais.
Posicionar o cursor no local que se deseja inserir o símbolo.

Acionando a guia inserir

Inserindo símbolos
3 – Negrito
Aplica negrito ao texto selecionado. Também pode ser acio-
nado através do comando Ctrl+N.

4 – Italico
Aplica Itálico ao texto selecionado. Também pode ser aciona-
Selecionar o símbolo.
do através do comando Ctrl+I.

5 – Sublinhado
Sublinha o texto selecionado. Também pode ser acionado
através do comando Ctrl+S.

6 – Tachado
Desenha uma linha no meio do texto selecionado.

7 – Sombra de Texto
Adiciona uma sombra atrás do texto selecionado para desta-
cá-lo no slide.

8 – Espacamento entre Caracteres


Ajusta o espaçamento entre caracteres.

9 – Maiusculas e Minusculas
Altera todo o texto selecionado para MAIÚSCULAS, minúscu-
las, ou outros usos comuns de maiúsculas/minúsculas.
Escolha o símbolo desejado depois clique em inserir e fechar.
10 – Cor da Fonte
Altera a cor da fonte. MARCADORES E NUMERCAO
Com a guia Início acionada, clicar no botão marcadores e
11 – Alinhar Texto a Esquerda numeração, para criar parágrafos com marcadores. Para
escolher o tipo de marcador clicar na seta.

Informática 77 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos

Inserindo figuras

Imagem do Arquivo inserir uma imagem de um arqui-


vo.

Clip-art : é possível escolher entre várias figuras que


acompanham o Microsoft Office.
Para inserir um novo slide

INSERIR NOVO SLIDE


Para inserir um novo slide acionar a guia Início e clicar no Formas : inserir formas prontas, como retângulos e
botão novo slide. Depois clicar no layout desejado. círculos, setas, linhas, símbolos de fluxograma e textos expli-
cativos.

SmartArt : inserir um elemento gráfico SmartArt para


comunicar informações visualmente. Esses elementos gráfi-
cos variam desde listas gráficas e diagramas de processos
até gráficos mais complexos, como diagramas de Venn e
organogramas.

Gráfico : inserir um gráfico para ilustrar e comparar


dados.

WordArt: : inserir um texto com efeitos especiais.

Cabeçalho e Rodapé
Para editar o cabeçalho ou rodapé do slide, basta clicar no
EXCLUIR SLIDE
Para excluir um slide basta selecioná-lo e depois clicar no
botão , na guia Inserir. As informações serão exibidas
botão excluir, ou clique no botão delete do teclado.
na parte superior ou inferior de cada página impressa.
Para salvar um arquivo
Como inserir tabelas
SALVAR ARQUIVO
Após criar uma apresentação, é necessário efetuar a grava-
INSERIR TABELA
ção do arquivo, essa operação é chamada de “Salvar”. Se o
arquivo não for salvo, corre-se o risco de perdê-lo por uma
eventual falta de energia, ou por outro motivo que cause a
saída brusca do programa. Para inserir ou traçar uma tabela, basta clicar no botão ,
localizado na guia Inserir.
SAIR DO POWERPOINT
Para sair do Microsoft Office PowerPoint, utilizar as seguintes ALTERAR A ORDEM DOS SLIDES
opções:
• Acionar o Botão do Microsoft Office e clicar em Sair do Po-
werPoint. Clicar no Botão Fechar. Ou pressionar as teclas Para alterar a ordem dos slides:
ALT+F4. • Selecionar a guia Slides (no painel à esquerda), Clicar com
o botão esquerdo do mouse sobre o slide,
Se o arquivo não foi salvo ainda, ou se as últimas alterações
não foram gravadas, o PowerPoint emitirá uma mensagem,
alertando- o do fato.

Informática 78 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
Depois escolher entre as opções clicar Aplicar a tudo para
aplicar a mudança a todos os slides, se for alterar apenas o
slide atual clicar em fechar.

ANIMAR TEXTOS E OBJETOS


Para animar um texto ou objeto, selecionar o texto ou objeto,
clicar na guia Animações, e depois em Animações Personali-
zadas, abrirá um painel à direita, clicar em Adicionar efeito.
Nele se encontram várias opções de animação de entrada,
ênfase, saída e trajetórias de animação.

Mantê-lo pressionado e arrastá-lo até a posição desejada.

INSERIR BOTAO DE ACAO


Um botão de ação consiste em um botão já existente que
pode ser inserido na apresentação e para o qual pode definir
hiperlinks. Os botões de ação contêm formas, como setas
para direita e para esquerda e símbolos de fácil compreensão
referentes às ações de ir para o próximo, anterior, primeiro e
Como alterar plano de fundo último slide, além de executarem filmes ou sons. Eles são
mais comumente usados para apresentações autoexecutá-
ALTERAR PLANO DE FUNDO veis — por exemplo, apresentações que são exibidas várias
Para alterar o plano de fundo de um slide, basta clicar com o vezes em uma cabine ou quiosque (um computador e moni-
botão direito do mouse sobre ele, e em seguida clicar em tor, geralmente localizados em uma área frequentada por
Formatar Plano de Fundo. muitas pessoas, que pode incluir tela sensível ao toque, som
ou vídeo.

Os quiosques podem ser configurados para executar apre-


sentações do PowerPoint de forma automática, contínua ou
ambas).

1. Na guia Inserir, no grupo Ilustrações, clicar na seta abaixo


de Formas e, em seguida, clique no botão Mais
2. Em Botões de Ação, clicar no botão que se deseja adicio-
nar.
3. Clicar sobre um local do slide e arrastar para desenhar a
forma para o botão.
4. Na caixa Configurar Ação, seguir um destes procedimen-
tos:
• Para escolher o comportamento do botão de ação quando
você clicar nele, clicar na guia Selecionar com o Mouse.

Informática 79 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
• Para escolher o comportamento do botão de ação quando 5. Para definir a velocidade de transição de slides, no grupo
você mover o ponteiro sobre ele, clicar na guia Selecionar Transição para Este Slide, clicar na seta ao lado de Velocida-
sem o Mouse. de da Transição e, em seguida, selecionar a velocidade dese-
5. Para escolher o que acontece quando você clica ou move jada.
o ponteiro sobre o botão de ação, siga um destes procedi- No grupo Transição para Este Slide, clicar em Aplicar a Tudo.
mentos:
• Se você não quiser que nada aconteça, clicar em Nenhuma. Adicionar diferentes transições de slides aos slides em
• Para criar um hiperlink, clicar em Hiperlink para e selecionar sua apresentação
o destino para o hiperlink. 1. No painel que contém as guias Tópicos e Slides, clicar na
• Para executar um programa, clicar em Executar programa e, guia Slides.
em seguida, clicar em Procurar e localizar o programa que 2. Na guia Início, clicar na miniatura de um slide.
você deseja executar. 3. Na guia Animações, no grupo Transição para Este Slide,
clicar no efeito de transição de slides que você deseja para
Para executar uma macro (uma ação ou um conjunto de esse slide.
ações que você pode usar para automatizar tarefas. As ma- 4. Para consultar mais efeitos de transição, na lista Estilos
cros são gravadas na linguagem de programação Visual Rápidos, clicar no botão Mais .
Basic for Applications), clicar em Executar macro e selecionar 5. Para definir a velocidade de transição de slides, no grupo
a macro que você deseja executar. Transição para Este Slide, clicar na seta ao lado de Velocida-
de da Transição e, em seguida, selecionar a velocidade dese-
As configurações de Executar macro estarão disponíveis jada.
somente se a sua apresentação contiver uma macro. 6. Para adicionar uma transição de slides diferente a outro
• Se você deseja que a forma escolhida como um botão de slide em sua apresentação, repetir as etapas 2 a 4.
ação execute uma ação, clicar em Ação do objeto e selecio-
nar a ação que você deseja que ele execute. Adicionar som a transições de slides
1. No painel que contém as guias Tópicos e Slides, clicar na
As configurações de Ação do objeto estarão disponíveis so- guia Slides.
mente se a sua apresentação contiver um objeto OLE (uma 2. Na guia Início, clicar na miniatura de um slide.
tecnologia de integração de programa que pode ser usada 3. Na guia Animações, no grupo Transição para Este Slide,
para compartilhamento de informações entre programas. clicar na seta ao lado de Som de Transição e, em seguida,
Todos os programas do Office oferecem suporte para OLE; seguir um destes procedimentos:
por isso, você pode compartilhar informações por meio de • Para adicionar um som a partir da lista, selecionar o som
objetos vinculados e incorporados). desejado.
• Para tocar um som, marcar a caixa de seleção Tocar som e • Para adicionar um som não encontrado na lista, selecionar
selecionar o som desejado. Outro Som, localizar o arquivo de som que você deseja adi-
cionar e, em seguida, clicar em OK.
TRANSICAO DE SLIDES 7. Para adicionar som a uma transição de slides diferente,
As transições de slide são os efeitos semelhantes à anima- repetir as etapas 2 e 3.
ção que ocorrem no modo de exibição Apresentação de Sli-
des quando você move de um slide para o próximo. É possí- Opções da apresentação
vel controlar a velocidade de cada efeito de transição de Usar as opções na seção Opções da apresentação para
slides e também adicionar som. especificar como você deseja que arquivos de som, narra-
ções ou animações sejam executados em sua apresentação.
O Microsoft Office PowerPoint 2007 inclui vários tipos diferen- • Para executar um arquivo de som ou animação conti-
tes de transições de slides, incluindo (mas não se limitando) nuamente, marcar a caixa de opções Repetir até 'Esc'
as seguintes: ser pressionada.
• Para mostrar uma apresentação sem executar uma
narração incorporada, marcar a caixa de seleção A-
presentação sem narração.
• Para mostrar uma apresentação sem executar uma
Legenda animação incorporada, marcar a caixa de seleção A-
1. Sem transição presentação sem animação.
2. Persiana Horizontal • Ao fazer sua apresentação diante de uma audiência
3. Persiana Vertical ao vivo, é possível escrever nos slides. Para especifi-
4. Quadro Fechar car uma cor de tinta, na lista Cor da caneta, selecionar
5. Quadro Abrir uma cor de tinta.
6. Quadriculado na Horizontal
7. Quadriculado na Vertical Avançar slides
8. Pente Horizontal Usar as opções na seção Avançar slides para especificar
2. Pente Vertical como mover de um slide para outro ou para avançar para
cada slide manualmente durante a apresentação, clicar em
Para consultar mais efeitos de transição, na lista Estilos Rá- Manualmente.
pidos, clicar no botão Mais.

Adicionar a mesma transição de slides a todos os slides em PROVA SIMULADA I


sua apresentação:
1. No painel que contém as guias Tópicos e Slides, clicar na 01) O que é o Windows e qual a sua finalidade?
guia Slides. a) ambiente gráfico que tem como objetivo facilitar a vida do
2. Na guia Início, clicar na miniatura de um slide. usuário.
3. Na guia Animações, no grupo Transição para Este Slide, b) aplicativo com recursos avançados.
clicar em um efeito de transição de slides. c) gerenciador de arquivos que manipula dados e pastas.
4. Para consultar mais efeitos de transição, na lista Estilos d) n.d.a.
Rápidos, clicar no botão Mais .

Informática 80 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
02) São propriedades do periférico Mouse: 13) Para iniciar a Agenda, devemos acionar:
a) soltar, formatar, ampliar a) iniciar, acessórios, programas
b) copiar, direcionar, maximizar. b) iniciar, programas, aplicativos
c) apontar, clicar e arrastar, c) iniciar, programas, acessórios
d) n.d.a. d) n.d.a.

03) O botão INICIAR do Windows serve para: 14) Porque não podemos desligar o computador, sem antes
a) reduzir e ampliar uma janela encerrar uma sessão:
b) iniciar o Windows a) para não interromper a impressão
c) abrir aplicativos, configurar o Windows, abrir documen- b) para não perder dados valiosos ou danificar arquivos
tos, etc. abertos
d) n.d.a. c) para não interromper os vínculos com aplicativos
d) n.d.a.
04) Quais os ícones de dimensionamento de janelas:
a) iniciar, gerenciar e fechar 15) O Paint, o Word Pad, a Agenda e os Jogos são:
b) maximizar, minimizar e restaurar a) aplicativos do Windows
c) abrir, explorar e localizar b) menus do Windows
d) n.d.a. c) janelas do Windows
d) n.d.a.
05) Para alterar o tamanho de uma janela, basta:
a) clicar em sua borda até que apareça uma seta de duas 16) O Excel é:
pontas, arrastando para os lados ou para o centro a) planilha eletrônica
b) clicar em seu centro, movimentando-a para os lados b) processador de texto
c) clicar em sua barra de título e arrastá-la c) filtro
d) clicar no botão “maximizar” do lado direito da barra de d) n.d.a.
título
17) Qual o comando de atalho para abrir um documento no
06) Os comandos dos Windows são geralmente organizados Excel?
em: a) crtl +a+o
a) caixas de diálogo b) ctrl+p
b) janelas c) ctrl+a
c) menus d) n.d.a.
d) n.d.a.
18) No Excel o botão abrir encontra-se na:
07) Para alterar a exibição das janelas, deve-se acionar: a) barra de entrada
a) meu computador b) barra de ferramentas
b) área de trabalho c) barra lateral
c) barra de tarefas d) n.d.a.
d) n.d.a.
19) No Excel o comando CTRL+B é usado para:
08) Uma caixa de diálogo permite: a) salvar um arquivo
a) acionar um menu b) sair do Excel
b) abrir um aplicativo Windows c) imprimir o documento
c) controlar janelas, formatação de documentos, etc. d) n.d.a.
d) n.d.a.
20) Para fechar todas as janelas abertas de todas as pastas
09) Para acessar a pasta de um aplicativo, utilizamos: de trabalho no Excel o atalho é
a) iniciar ou acessórios a) Alt + shift + p
b) meu computador ou Windows Explorer b) Alt + f4
c) caixa de entrada ou meu computador c) Alt +4
d) n.d.a. c) n.d.a.

10) O Windows armazena seus arquivos de programas e de 21) O comando configurar página no Excel serve para:
documentos em: a) controlar gráficos
a) pastas b) controlar impressão
b) janelas c) controlar a aparência das planilhas impressas
c) ícones d) n.d.a.
d) n.d.a.
22) O comando do Excel usado para imprimir um documento
11) Para criar pastas, aciono menu: é:
a) arquivo, novo, pasta (menu secundário) a) ctrl + p
b) arquivo, editar, copiar b) ctrl + a
c) editar, recortar, pasta c) ctrl + j
d) n.d.a. d) n.d.a.

12) O Windows dispõe de um acessório que simula um CD- 23) O botão do Excel inserir linha, insere uma nova linha
Player. Qual é este acessório? vazia______da linha selecionada.
a) WordPad a) na frente
b) Paint b) ao lado
c) FreeCell c) acima
d) multimídia d) abaixo

Informática 81 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
24) O botão do Excel inserir planilha, encontra-se na catego- uma aparência profissional
ria: d) n.d.a.
a) arquivo
b) editar 35) Para adicionar ou remover marcadores ou numeração
c) célula rapidamente, clique sobre o botão ______ ou o bo-
d) inserir tão__________ na barra de ferramentas formatação.
a) adicionar; inserir
25) No Excel uma fórmula pode conter: b) marcadores; inserir
a) janela, referências, operadores, nomes e funções c) marcadores, numeração
b) constantes, referências, guias, nomes e funções d) n.d.a.
c) constantes, referências, operadores, nomes e funções
d) n.d.a. 36) O que torna o Word, um software amigável é:
a) a sua auto formatação
26) Quais as três maneiras básicas que permitem trocar b) a facilidade de uso e suas teclas de atalhos
informações entre arquivos ou programas no Excel c) seu padrão de página
a) clipboard, vinculando arquivos ou incorporando aplica- d) n.d.a.
ções
b) localizando, adicionando ou incorporando aplicações 37) O assistente de resposta serve para:
c) clipboard, vinculando redes ou incorporando aplicações a) configurar página
d) n.d.a. b) acrescentar borda
c) ajuda durante o trabalho, com dicas, referências, aplica-
27) Para que servem as fórmulas no Excel? ção e respostas visuais passo a passo.
a) Para substituir dados d) n.d.a.
b) automatizar os cálculos em uma planilha
c) para gravar em cd-rom o resultado 38) Alinhar e recuar os parágrafos, para que isto seja leito é
d) n.d.a. necessário o comando_________ no menu ________
a) formatar – layout
28) O Excel salva seu documento com a extensão: b) formatar – parágrafo
a) cdr c) parágrafo – formatar
b) tif d) n.d.a.
c) xls
d) n.d.a. 39) O comando de formulário no menu inserir do Word:
a) insere um campo de formulário
29) O Word é: b) remove um campo de formulário
a) uma planilha eletrônica c) oculta um formulário
b) um processador de texto d) n.d.a.
c) um editor de tabelas
d) n.d.a. 40) Qual a finalidade do comando cabeçalho e rodapé no
menu exibir do Word?
30) Para organizar rapidamente todos os documentos aber- a) ocultar o texto de rodapé apenas com um tipo de letra
tos na tela, basta escolher ____ todas no menu janela do b) inserir e modificar o cabeçalho e o rodapé
Word c) mudar as margens padrões do rodapé da margem supe-
a) abrir rior
b) fechar d) n.d.a.
c) ordenar
d) n.d.a. 41) Para aplicar uma borda rapidamente a um parágrafo,
escolha o botão ________ na barra de ferramentas for-
31) O comando tela inteira (Menu Exibir) do Word, serve matação.
para: a) Janela
a) ocultar todos os elementos de tela b) Bordas
b) visualizar a impressão c) Sombras
c) inserir tabela d) n.d.a
d) n.d.a.
42) Qual o comando para mudar o tipo de letra de um traba-
32) O modo layout da página no Word, permite visualizar a lho no Word?
página como será quando ___. a) comando fonte (menu formatar)
a) Aberta b) comando fonte (menu inserir)
b) Importada c) comando fonte (menu exibir)
c) Impressa d) n.d.a.
d) n.d.a.
GABARITO
33) Para inserir ou incorporar um objeto no Word, usamos o 1. A 2. C 3. C 4. B
comando objeto que se encontra no menu: 5. D 6. C 7. A 8. C
a) inserir 9. B 10. 11. 12.
b) formatar A A D
c) tabela 13. 14. 15. 16.
d) n.d.a. C B D A
17. 18. 19. 20.
34) Para que servem as ferramentas do Word? C B A B
a) para consertar o programa 21. 22. 23. 24.
b) para manutenção de disco C A C D
c) para auxiliar o seu trabalho e fazer com que ele tenha 25. 26. 27. 28.

Informática 82 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
C A B C 5ª Novos vírus podem propagar-se através de volumes
29. 30. 31. 32. compartilhados conectados em rede. Observe a descri-
B C A C ção dos procedimentos a seguir sugeridos como formas
33. 34. 35. 36. de minimizar ou evitar a propagação ou o recebimento
A C C B dessas ameaças através dos recursos de rede:
37. 38. 39. 40. i. Definir os compartilhamentos como somente de leitura.
C C A B ii. Proteger os compartilhamentos por senha.
41. 42. iii. Definir os compartilhamentos como somente alteração.
B A iv. Instalar um programa antivírus.
O número de procedimentos que podem ser considera-
PROVA SIMULADA II dos efetivos é:
a) 0
1ª Analise as seguintes afirmações sobre conceitos de Inter- b) 1
net. c) 2
I. A Internet é uma grande rede de computadores, sendo, d) 3
de fato, a maior de todas.
II. São exemplos de serviços disponíveis na Internet: 6ª O recurso implementado em alguns roteadores, que
WWW, FTP, POP, SMTP e HTML. traduz um grupo de endereços IP inválidos para um gru-
III. Podemos conectar um computador à Internet através de po de endereços IP válidos na Internet e vice-versa,
um modem Dial-up ou ADSL (banda larga), ou ainda, a- permitindo que os computadores tenham acesso à Inter-
través da infra-estrutura de TV a cabo ou via satélite. net sem que seus endereços sejam propagados (rotea-
Assinale a alternativa que contém a(s) afirmação(ões) COR- dos), é conhecido como:
RETA(S). a) NAT;
a) Apenas I. b) SMTP;
b) Apenas I e II. c) DNS;
c) Apenas II. d) NIS;
d) Apenas III.
7ª A alocação dinâmica de endereços aos clientes de uma
2ª Uma política de segurança é um conjunto de normas, rede pode ser realizada por um servidor do tipo:
regras e práticas que regulam como uma organização a) SMTP.
gerencia, protege e distribui suas informações e recur- b) DHCP.
sos. Com relação aos mecanismos utilizados para pro- c) WINS.
mover a segurança de redes de computadores, a cripto- d) POP3.
grafia de chave pública
a) baseia-se na utilização de chaves distintas: uma para 8ª Assinale a afirmativa correta:
codificação (E) e outra para decodificação (D), escolhi- Com relação aos conceitos básicos de Internet e World
das de forma que a derivação de D a partir de E seja, em Wide Web, é correto afirmar:
termos práticos, muito difícil de ser realizada. a) Algumas organizações usam redes privadas, cujos com-
b) é um método assimétrico e baseia-se na utilização de putadores não são acessíveis por máquinas externas e
uma única chave pública para codificar e decodificar a in- vice-versa. Essas redes são chamadas de Intranets, pois
formação, escolhida de forma que a violação dessa cha- utilizam variações da tecnologia da Internet e os servido-
ve seja, em termos práticos, muito difícil de ser realizada. res possuem arquitetura proprietária.
c) baseia-se na definição de duas chaves públicas para b) Algumas organizações usam redes privadas, cujos com-
codificar e uma terceira, também pública, para decodifi- putadores não são acessíveis por máquinas externas a
car a informação, escolhidas de forma que a violação elas. Essas redes são chamadas de Internets dedicadas,
dessas chaves sejam, em termos práticos, muito difícil pois são variações da tecnologia da Internet e os servi-
de ser realizada. dores possuem arquitetura proprietária.
d) é um método simétrico, permitindo que uma mesma c) A World Wide Web é apenas uma das inúmeras aplica-
chave seja utilizada para codificar e decodificar a infor- ções centralizadas e proprietárias que utiliza os serviços
mação, escolhida de forma que a violação dessa chave de comunicação da Internet, logo não poderia operar em
seja, em termos práticos, muito difícil de ser realizada. outra rede que não a Internet.
d) A World Wide Web é apenas uma das inúmeras aplica-
3ª A partir do Microsoft Outlook 2000 (considerando instala- ções distribuídas que utiliza os serviços de comunicação
ção padrão em português), um usuário pode: da Internet, logo poderia operar também em outra rede
I - manter um calendário pessoal para compromissos; que não a Internet.
II - enviar e receber mensagens de correio e de fax;
III - manter um diário das mensagens recebidas e/ou envia- 9ª Na Internet, plug in significa:
das. a) um hardware que é reconhecido automaticamente pelo
Está(ão) correta(s) a(s) afirmação(ões): browser.
a) I, apenas. b) um software que é acoplado a um aplicativo para ampliar
b) II, apenas. suas funções.
c) III, apenas. c) um hardware que é reconhecido automaticamente pelo
d) I, II e III. sistema operacional.
d) um link presente em uma página Web.
4ª São formas de conexão que permitem acesso em banda
larga, EXCETO: 10ª No contexto do Windows Internet Explorer, os “cookies”
a) Wi-Fi são:
b) ADSL. a) as configurações de segurança que você criou para o
c) Conexão via rádio seu ambiente de rede, incluindo todas as proteções de
d) MODEM em linha discada. acesso do Internet Explorer;

Informática 83 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
b) atualizações de segurança para seu computador que, gramas e aplicativos são voltados unicamente para uso
uma vez por mês, são liberadas pelo fabricante do soft- interno de seus usuários.
ware; b) O termo intranet significa uma coleção de redes de com-
c) os arquivos temporários gerados pelo Internet Explorer, putadores distribuídas em diferentes países e interconec-
cada vez que você visita um site. Nesses arquivos ficam tadas por um conjunto de roteadores formando uma e-
armazenadas todas as imagens dos sites que você visi- norme rede virtual.
tou; c) Um navegador da Web (ou Web browser) é uma ferra-
d) pequenos arquivos de texto que alguns sites web colo- menta de software que possibilita aos usuários acessar
cam em seu computador para armazenar diversas infor- recursos na Internet tais como informações de uma pági-
mações sobre você e seu computador; na da web. Como exemplo de um navegador da web,
pode-se citar o Internet Explorer da Microsoft.
11ª Considerando as afirmações abaixo, assinale a alternati- d) URLs (Uniform Resource Locators) são imagens ou
va correta. porções de textos muito comuns em páginas Web que,
a) A Internet é uma rede privada muito comum dentro de ao serem clicados com um mouse, permitem que um ar-
uma companhia ou organização, sendo que seus pro- quivo, uma imagem, uma música ou outra página Web
gramas e aplicativos são voltados unicamente para uso seja acessada.
interno de seus usuários.
b) O termo intranet significa uma coleção de redes de com- 15ª No Internet Explorer 6.0 há um recurso de navegação
putadores distribuídas em diferentes países e interconec- que armazena as entradas vistas anteriormente e sugere
tadas por um conjunto de roteadores formando uma e- entradas correspondentes para você em endereços e
norme rede virtual. formulários Web. Este recurso é chamado de:
c) Um navegador da Web (ou Web browser) é uma ferra- a) Assistente de perfil.
menta de software que possibilita aos usuários acessar b) Cookies.
recursos na Internet tais como informações de uma pági- c) Certificados.
na da web. Como exemplo de um navegador da web, d) AutoCompletar.
pode-se citar o Internet Explorer da Microsoft.
16ª Em relação à manipulação de contatos no Outlook Ex-
d) URLs (Uniform Resource Locators) são imagens ou press, é INCORRETO afirmar:
porções de textos muito comuns em páginas Web que, a) Um único contato pode possuir mais de um endereço de
ao serem clicados com um mouse, permitem que um ar- e-mail cadastrado no mesmo item de contato.
quivo, uma imagem, uma música ou outra página Web b) O Outlook Express possui o recurso de autocompletar
seja acessada. para nomes e apelidos de contatos, simultaneamente.
c) Mensagens podem ser enviadas para múltiplos contatos,
12ª Considere as afirmativas: utilizando-se o separador de ponto-e-vírgula (;) ou utili-
I. O acesso à Internet é feito através da conexão de um zando-se os campos “para:”, “cc:” e “cco:”.
computador a um provedor de acesso, ou seja, uma em- d) Caso o apelido digitado no campo “para:” de uma nova
presa que provê acesso à Internet aos seus clientes a- mensagem possua várias entradas na lista de contatos,
través da manutenção de uma infra-estrutura tecnológi- a mensagem é enviada para todos essas entradas.
ca, tanto de hardware quanto de software (linhas telefô-
nicas, computadores, roteadores, páginas, e-mail e ou- 17ª O componente do Windows que é necessário para a
tros). configuração de uma conexão via linha discada é:
II. World Wide Web ou "WWW" é uma rede mundial de com- a) a discagem automática.
putadores que fornece informações para quem se conec- b) o acesso à rede dial-up.
ta à Internet, através de um navegador (browser), que c) a conexão direta via cabo.
descarrega essas informações (chamadas "documentos" d) o Serviço do Internet Mail.
ou "páginas") de servidores de internet (ou "sites") para a
tela do computador do usuário. 18ª A Internet, além de concentrar uma grande quantidade
III. Intranet é uma rede corporativa que se utiliza da mesma de informações em servidores destinados a esse fim,
tecnologia e infra-estrutura de comunicação de dados da possui a função de meio de comunicação.
Internet, mas restrita a um mesmo espaço físico de uma Com relação às diversas maneiras de se comunicar atra-
empresa. vés da Internet, é correto afirmar que:
Em relação à Internet e à Intranet, é correto o consta a) O e-mail é a única forma de comunicação que permite a
APENAS em: duas ou mais pessoas se comunicarem simultaneamen-
a) I. te.
b) III. b) Para duas ou mais pessoas se comunicarem simultane-
c) I e II. amente com o uso do Chat, é obrigatório que nos com-
d) I e III. putadores de todas elas tenha um programa FTP cliente
instalado.
13ª Uma das atuais e grandes preocupações de segurança é c) Ao transferir um arquivo de qualquer servidor FTP na
contra as pragas digitais, ou seja, os vírus. Analise as al- Internet para o computador do usuário utilizando um pro-
ternativas abaixo e assinale a mais correta: grama FTP cliente, é obrigatório o uso de um gerencia-
a) Com um ANTI-SPAM atualizado, tenho a proteção ade- dor de correio eletrônico para autenticar e autorizar o a-
quada. cesso.
b) Com um FIREWALL, tenho a proteção adequada. d) Ao inscrever-se em uma lista de discussão, o usuário
c) Com um ANTI-VÍRUS atualizado, tenho a proteção ade- passa a receber mensagens de diversas pessoas da lis-
quada. ta, sobre o tema central. Ao enviar uma mensagem des-
d) Todas as alternativas estão corretas. tinada às pessoas da referida lista, esse mesmo usuário
só necessita enviar um único e-mail para a lista, que es-
14ª Considerando as afirmações abaixo, assinale a alternati- sa se encarregará de fazer a distribuição aos seus parti-
va correta. cipantes.
a) A Internet é uma rede privada muito comum dentro de
uma companhia ou organização, sendo que seus pro-

Informática 84 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
19ª Cada conta de e-mail tem um endereço único, que é _______________________________________________________
dividido em duas partes: a primeira é usada para identifi-
car a caixa de correio de um usuário, e a segunda é usa- _______________________________________________________
da para identificar o servidor em que a caixa de correio _______________________________________________________
reside. Por exemplo, no e-mail bemtivi@passaro.com.br,
bemtivi é a primeira parte e passaro.com.br é a segunda _______________________________________________________
parte. Com relação às caixas postais e endereços eletrô- _______________________________________________________
nicos, é correto afirmar que
a) cada conta de e-mail está associada a um endereço IP _______________________________________________________
único válido na Internet.
_______________________________________________________
b) em um servidor de e-mail apenas o e-mail da conta do
administrador deverá estar associado a um endereço IP _______________________________________________________
único válido na Internet.
c) o software de e-mail no servidor remetente utiliza a se- _______________________________________________________
gunda parte para selecionar o servidor de destino e o _______________________________________________________
software de e-mail no computador de destino utiliza a
primeira parte para identificar a caixa de correio do usuá- _______________________________________________________
rio. _______________________________________________________
d) se o servidor de e-mail estiver associado a endereço IP
192.168.2.0, o endereço IP do primeiro e-mail deverá ser _______________________________________________________
192.168.2.1, o do segundo 192.168.2.2 e assim sucessi-
vamente. _______________________________________________________
_______________________________________________________
20ª Uma das opções de configuração disponível no Internet
Explorer para verificar se há versões mais atualizadas _______________________________________________________
das páginas armazenadas é: _______________________________________________________
a) a cada intervalo de datas.
b) a cada página visitada. _______________________________________________________
c) quando o Internet Explorer for iniciado pela manhã.
_______________________________________________________
d) quando o Internet Explorer for iniciado à tarde.
_______________________________________________________

Gabarito _______________________________________________________
______________________________________________________
1 D 11 C
2 A 12 C _______________________________________________________
3 D 13 D _______________________________________________________
4 D 14 A
5 D 15 D _______________________________________________________
6 A 16 D _______________________________________________________
7 B 17 B
8 D 18 D _______________________________________________________
9 B 19 C _______________________________________________________
10 D 20 B
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________

___________________________________ _______________________________________________________

___________________________________ _______________________________________________________

___________________________________ _______________________________________________________

___________________________________ _______________________________________________________

___________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________

_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________

Informática 85 A Opção Certa Para a Sua Realização


APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________ _______________________________________________________
_______________________________________________________

Informática 86 A Opção Certa Para a Sua Realização