Você está na página 1de 8

“É melhor lançar-se à luta em busca do triunfo, mesmo expondo-se ao insucesso, do que ficar na fila dos pobres de espírito, que

nem gozam muito nem


sofrem muito, por viverem nessa penumbra cinzenta de não conhecer vitória e nem derrota.”
Franklin D. Roosevelt
Vetores

Questões EEAR (d) 90

(EEAR-2002) Questão 6.


No esquema abaixo, os módulos dos vetores valem |→
(EEAR-2000) Questão 1. −

− →
− a | = 3, | b | = 7 e
Qual o módulo do componente vertical √ By do vetor B , sabendo que o →
|−
c | = 8.

− 2
módulo de B é igual a 20? Dado cos 45◦ = .
2

O valor do vetor resultante, de acordo com o esquema citado, é

(a) 8
(b) 7

(a) 20 2 (c) 3

(b) 10 2 (d) zero

(c) 5 2 (EEAR-2002) Questão 7.
√ Qual alternativa só contém grandezas vetoriais?
(d) 2
(a) comprimento, massa e força.
(EEAR-2001) Questão 2.
A soma de dois vetores ortogonais, um de módulo 9 e outro de módulo 12, (b) tempo, deslocamento e altura.
terá módulo igual a: (c) força, deslocamento e velocidade.

(a) 3 (d) massa, velocidade e deslocamento.

(b) 15 (EEAR-2002) Questão 8. √


(c) 17 Uma força de intensidade igual a 9 10 N foi decomposta em duas compo-
nentes ortogonais, de modo que a intensidade de uma é o triplo da outra.
(d) 21 Qual é, em newtons, a intensidade de cada componente?

(EEAR-2001) Questão 3. (a) 3 e 9


Que ângulo devem formar duas forças de módulos iguais, para que a resul- (b) 9 e 27
tante tenha módulo igual ao dobro do módulo das componentes?
(c) 10 e 30
(a) 0◦
(d) 81 e 243
(b) 90◦
(EEAR-2003) Questão 9.
(c) 120◦ Sabendo-se que o valor numérico máximo da soma de dois vetores é 20 e o
(d) 180◦ mínimo é 4, os módulos dos vetores que conduzem a estes resultados são

(EEAR-2002) Questão 4. (a) 9 e 11.


A soma de dois vetores de módulos 15 N e 9 N tem, certamente, o módulo (b) 8 e 12.
do vetor resultante compreendido entre
(c) 20 e 4.
(a) 6 N e 15 N. (d) 16 e 4.
(b) 6 N e 24 N.
(EEAR-2003) Questão 10.
(c) 9 N e 15 N. A velocidade é
(d) 9 N e 24 N. (a) uma grandeza vetorial.
(EEAR-2002) Questão 5. (b) uma grandeza tanto escalar como vetorial.
Dois vetores
√ de módulos 3 e 4 são somados. Se a soma vetorial destes dois (c) uma grandeza escalar.
vetores é 37, então eles formam entre si um ângulo, em graus, de
(d) não é grandeza
(a) 0
(EEAR-2003) Questão 11.
(b) 30 Para se determinar graficamente a resultante de três forças coplanares, que
(c) 60 não possuem a mesma direção, o processo mais indicado é o

1
(a) do paralelogramo. (b) circular uniforme.
(b) do triângulo. (c) uniformemente variado.
(c) do polígono. (d) uniformemente constante.
(d) analítico. (EEAR-2004) Questão 16.
Uma pessoa, num trem em movimento com velocidade constante, em um
(EEAR-2003) Questão 12.
trecho retilíneo de ferrovia, deixa cair uma pequena esfera. A trajetória do
Imagine que você tenha a missão de orientar um agente secreto em seu
objeto, para qualquer pessoa dentro do trem, será um (a)
trabalho de espionagem. Admita que o agente deva percorrer o trajeto do
Dado: despreze a resistência do ar.
ponto A ao ponto D, no menor tempo possível (veja a figura abaixo).
(a) quarto de circunferência.
(b) reta horizontal.
(c) reta vertical.
(d) parábola.

(EEAR-2005) Questão 17.


Das alternativas abaixo, aquela que estabelece o referencial, a partir do qual
podemos considerar um carro com 3 m de comprimento, 1, 5 m de largura e
1, 5 m de altura como sendo um ponto material, é aquela que utiliza, nas três
dimensões, o eixo coordenado
Admitindo que o agente corra com uma velocidade quatro vezes maior do
que aquela com que ele nade e que essas velocidades possam ser constantes,
assinale a alternativa que você indicaria para o agente ter sucesso em sua
missão.

(EEAR-2005) Questão 18.


Durante a cobrança de um pênalti que acerta exatamente o centro do tra-
vessão, a interação entre o pé do cobrador e a bola produz uma grandeza
vetorial cuja direção é variável. Admitindo que a distância entre a marca do
pênalti e a linha sob o travessão seja de 9, 0 metros e que a altura do gol
seja de 3, 0 metros (desconsidere as espessuras das traves e do travessão), o
módulo da componente horizontal de tal vetor é igual a (dado: o módulo do
vetor vale 100)

(a) 1

(b) 10 10

(EEAR-2003) Questão 13. (c) 30 10*

Considere um ônibus em movimento e um observador, externo a este, em (d) 100 10
repouso. Se, num determinado instante, o observador vê, dentro do ônibus,
uma mosca voando em linha reta ao longo do comprimento deste, podemos (EEAR-2005) Questão 19.
→ −
− →
afirmar que a mosca possui uma velocidade cujo módulo é (Dado: considere Quanto à adição vetorial de dois vetores A e B , pode-se afirmar que sempre
que a mosca voa na mesma direção e no mesmo sentido do deslocamento do
→ −
− →
ônibus.) (a) A + B = A + B
→ −
− →
(a) nulo. (b) A + B 6= A + B
(b) igual ao módulo da velocidade do ônibus. → −
− → − → − →
(c) A + B = B + A
(c) maior que o módulo da velocidade do ônibus. → −
− → − → − →
(d) A + B 6= B + A
(d) menor que o módulo da velocidade do ônibus.
(EEAR-2006) Questão 20.
→ −
− → →
− →

(EEAR-2004) Questão 14. Dados os vetores A e B , o vetor A − 2 B pode ser representado pela

− →

Duas crianças querem puxar um carrinho através de cordas, conforme mos- seguinte expressão: (Considere | i | = | j | = 1)


tra o desenho abaixo. Admitindo que a força F exercida pelas crianças seja
mantida constante, em módulo, a resultante dessas forças será maior quando

(a) α for reduzido.



− →

(b) α for aumentado. (a) 12 i + 7 j

− →

(c) α for mantido constante. (b) 10 i − 4 j

− →

(d) houver redução de massa. (c) 20 i − 3 j

− →

(EEAR-2004) Questão 15. (d) −16 i + 9 j
Um avião de caça, em vôo, deixa cair uma bomba em um local (hipotético)
onde a resistência do ar pode ser considerada desprezível. Para o piloto do (EEAR-2007) Questão 21.
→ −
− →
avião, a queda da bomba constitui um exemplo de movimento Considere dois vetores A e B , formando entre si um ângulo θ, que pode
variar da seguinte maneira 0◦ ≤ θ ≤ 180◦ . À medida que o ângulo θ aumenta,
(a) circular variado. a partir de 0◦ (zero graus), a intensidade do vetor resultante

2
(a) aumenta. (EEAR-2010) Questão 27.
Na operação vetorial representada na figura, o ângulo α, em graus, é:
(b) diminui. →
− →
Dados: | b | = 2|−
a | e θ = 120◦
(c) aumenta e depois diminui.
(d) diminui e depois aumenta.

(EEAR-2007) Questão 22.


Considere um sistema em equilíbrio que está submetido a duas forças de
intensidades iguais a 10 N cada uma, formando entre si um ângulo de 120◦ .
Sem alterarmos as condições de equilíbrio do sistema, podemos substituir
essas duas forças por uma única de intensidade, em N, igual a
√ (a) 30
(a) 10 3.
√ (b) 45
(b) 10 2.
(c) 60
(c) 10.
(d) maior que 60
(d) 5.
(EEAR-2010) Questão 28.
(EEAR-2009) Questão 23. No conjunto de vetores representados na figura, sendo igual a 2 o módulo
Considere os vetores coplanares Aρ , Bρ , Cρ e Dρ , todos de mesmo módulo. → −
− → − → − → − → − →
de cada vetor, as operações A + B e A + B + C + D terão, respectivamente,
Sabe-se que: módulos iguais a:
• Aρ e Bρ possuem mesma direção e sentidos contrários.

• Bρ e Dρ são vetores opostos.

• Cρ e Dρ possuem direções perpendiculares entre si.

Assinale a alternativa em que aparece apenas vetores diferentes:

(a) Aρ , Bρ , Cρ e Dρ .
(b) Bρ , Cρ e Dρ . (a) 4 e 0

(c) Aρ , Bρ e Dρ . (b) 4 e 8

(d) Aρ e Dρ . (c) 2 2 e 0
√ √
(d) 2 2 e 4 2
(EEAR-2009) Questão 24.
Uma força, de módulo F, foi decomposta em duas componentes perpendicu- (EEAR-2011) Questão 29.
lares√
entre si. Verificou-se que a razão entre os módulos dessas componentes Considere a figura a seguir na qual se encontra representado um gancho,
vale 3. O ângulo entre esta força e sua componente de maior módulo é de: →

fixado na parede, que é submetido a uma força F de intensidade igual a 80 N.
(a) 30◦ .
(b) 45◦ .
(c) 60◦ .
(d) 75◦ .

(EEAR-2010) Questão 25. →



A intensidade, em N, da componente da força F que tende a arrancar o
Um jovem desejando chegar a um determinado endereço recebe a seguinte gancho da parede, sem entortá-lo, vale:
orientação: “Para chegar ao destino desejado basta, a partir daqui, caminhar, √
em linha reta, uma distância de 300 metros. Em seguida, vire à direita, (a) 80 3
num ângulo de 90◦ e percorra uma distância, em linha reta, de 400 metros.” √
(b) 40 3
Seguindo o trajeto proposto o jovem chegou ao seu destino, onde percebeu que
a distância, em uma única linha reta, do ponto de partida até o seu destino (c) 60
final, era de metros.
(d) 40
(a) 700
(EEAR-2011) Questão 30.
(b) 500 Uma partícula passa pela posição x0 = 0 com velocidade igual a 40 m/s e,
(c) 400 8, 0 s depois, pára na posição x = 80 m.

(d) 300

(EEAR-2010) Questão 26.


Um garoto puxa uma corda amarrada a um caixote aplicando uma força de
intensidade igual a 10 N, como está indicado no esquema a seguir. A inten- O vetor aceleração da partícula em relação ao referencial representado na
sidade, em N, da componente da força que contribui apenas para a tentativa figura, tem módulo constante e igual a m/s2 , com sentido apontando
do garoto em arrastar o caixote horizontalmente, vale para .

(a) 5; direita.
(b) 10; direita.
(c) 5; esquerda.
(d) 10; esquerda.

(a) 5 (EEAR-2012) Questão 31.


√ Em um helicóptero em voo retilíneo e horizontal, um atirador sentado po-
(b) 5 2 siciona seu rifle a sua direita e a 90◦ em relação à trajetória da aeronave.
√ Assinale a alternativa que indica o valor da tangente do ângulo entre a traje-
(c) 5 3
tória do projétil e a do helicóptero.
(d) 10 Considere que:

3
I- não atuam sobre o projétil a gravidade e a resistência do ar. (a) 10

II- o módulo da velocidade do projétil é de 2000 km/h. (b) 8


(c) 6
III- o módulo da velocidade do helicóptero é 200 km/h.
(d) 0
(a) 10.
(b) 20. (EEAR-2015) Questão 35.
→ −
− → → −
− →
Dois vetores A e B de módulos, respectivamente, iguais a A e B formam
(c) 0, 1. entre si um ângulo agudo cujo cosseno é igual a cos α. Neste caso, o módulo da


(d) 0, 2. resultante R da soma vetorial entre esses dois vetores pode ser determinado
por
(EEAR-2013) Questão 32.
− →
→ − →
− →
− →
− → −
− →
Sobre uma partícula P são aplicadas duas forças A e B , conforme o dese- (a) | R |2 = | A |2 + | B |2 − | A | · | B | · cos(180◦ − α)
nho. →
− →
− →

(b) | R |2 = | A |2 + | B |2

− →
− →

(c) | R | = | A | + | B |

− →
− →

(d) | R | = | A | − | B |

(EEAR-2015) Questão 36.


→ −
− →
Dois vetores A e B estão representados a seguir.

Das alternativas abaixo, assinale a qual representa, corretamente, a direção,




o sentido e a intensidade, em newtons, de uma outra força ( C ) que equilibra
→ −
− →
a partícula P. (Considere os vetores A e B subdivididos em segmentos iguais
que representam 1 N cada um.)

Assinale entre as alternativas aquela que melhor representa a resultante da


→ −
− →
operação vetorial A - B .

(EEAR-2014) Questão 33.


Dados dois vetores coplanares de módulos 3 e 4, a resultante R da soma
vetorial desses vetores possui certamente módulo .

(a) R = 5 (EEAR-2016) Questão 37.


(b) R = 7 Um avião de brinquedo voa com uma velocidade de módulo igual a 16 km/h,
numa região com ventos de velocidade de módulo 5 km/h. As direções da
(c) 1 ≤ R ≤ 7
velocidade do avião e da velocidade do vento formam entre si um ângulo de
(d) R < 1 ou R > 7 60◦ , conforme figura abaixo.

(EEAR-2014) Questão 34.


Considerando que a figura representa um conjunto de vetores sobre um
quadriculado, assinale a alternativa que indica o módulo do vetor resultante
desse conjunto de vetores.

Determine o módulo da velocidade resultante, em km/h, do avião nesta


região.

(a) 19

4
(b) 81 Questões EsPCEx
(c) 144
√ (EsPCEx-2001) Questão 43.
(d) 201 Num dia sem vento, sob a chuva que cai verticalmente, com velocidade cons-
tante em relação ao solo, uma pessoa caminha horizontalmente em movimento
(EEAR-2017) Questão 38. retilíneo e uniforme com velocidade de 1, 0 m/s, inclinando o guarda-chuva a
Um corpo está submetido à ação de duas forças com intensidades 5 N e 4 N, 28, 5◦ (em relação à vertical) para resguardar-se o melhor possível. A inten-
respectivamente, que formam entre si, um ângulo de 60◦ . O módulo da força sidade da velocidade da chuva em relação ao solo é (dados cos 28, 5◦ = 0, 88,
resultante que atua sobre o corpo será sen 28, 5◦ = 0, 48, tg 61, 5◦ = 1, 84):

(a) 29 (a) 1, 8 m/s

(b) 41 (b) 0, 9 m/s

(c) 61 (c) 0, 5 m/s
√ (d) 1, 5 m/s
(d) 91
(e) 1, 3 m/s
(EEAR-2017) Questão 39.
Sobre uma mesa sem atrito, um objeto sofre a ação de duas forças F1 = 9 N (EsPCEx-2003) Questão 44.
e F2 = 15 N, que estão dispostas de modo a formar entre si um ângulo de 120◦ . Uma lancha atravessa um rio, deslocando-se segundo uma trajetória per-
A intensidade da força resultante, em newtons, será de pendicular à margem. Sua velocidade em relação à água é constante e tem
√ módulo igual a 2 m/s. A velocidade da correnteza do rio em relação a um
(a) 3 24 observador parado na sua margem é constante e vale 4 m/s. O módulo da
√ velocidade da lancha em relação a este observador é
(b) 3 19
√ (a) 2 m/s.
(c) 306
√ (b) 4 m/s.
(d) 24
(c) 6 m/s.
(EEAR-2017) Questão 40. (d) 8 m/s.
A figura a seguir representa quatro forças F1 , F2 , F3 e F4 aplicadas sobre
uma partícula de massa desprezível. (e) 10 m/s.

(EsPCEx-2004) Questão 45.


No desenho abaixo, os 3 vetores são coplanares e concorrentes no ponto O.

Qual deverá ser o valor de F2 , em newtons, para que a força resultante sobre
a partícula seja nula? (Dados: sen 60◦ = 0, 86; cos 60◦ = 0, 5).

Sabendo que v2 = v1 2 e v3 = v1 , o módulo da soma vetorial v1 + v2 + v3
(a) zero será:
(b) 5 √
2
(a) v1
(c) 10 2
(d) 18, 6 (b) v1

(c) 2v1
(EEAR-2018) Questão 41.
Duas esferas A e B que estavam em um balão, caem simultaneamente em (d) 2v1
direção ao solo. Com relação ao seu estado de repouso ou movimento, descon- (e) 3v1
siderando o atrito e os deslocamentos de massa de ar atmosféricos, pode-se
afirmar que: (EsPCEx-2005) Questão 46.
Sabendo que a = 6 N e b = 4 N, o módulo do vetor soma dos vetores #”
a e
(a) as duas esferas estão em repouso em relação a qualquer referencial. #”
b , que formam um ângulo de 60◦ entre si e atuam sobre um ponto material,
(b) as esferas estão em Movimento Uniformemente Variado uma em relação vale (dados: considere sen 60◦ = 0, 87 e cos 60◦ = 0, 50):
à outra. √
(a) 2 5
(c) as duas esferas estão em repouso, desde que se considere uma em relação √
à outra como referencial. (b) 2 7

(d) durante a queda o movimento de ambas será uniforme em relação a um (c) 2 13
referencial no solo terrestre. √
(d) 2 14

(EEAR-2018) Questão 42. (e) 2 19
A adição de dois vetores de mesma direção e mesmo sentido resulta num
vetor cujo módulo vale 8. Quando estes vetores são colocados
√ perpendicular- (EsPCEx-2009) Questão 47.
mente, entre si, o módulo do vetor resultante vale 4 2. Portanto, os valores Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está sujeito
#” #” #” #”
dos módulos destes vetores são à ação exclusiva das forças F1 , F2 , F3 e F4 , conforme o desenho abaixo:

(a) 1 e 7.
(b) 2 e 6.
(c) 3 e 5.
(d) 4 e 4.

5
(a) 30◦ .
(b) 45◦ .
(c) 60◦ .
(d) 90◦ .

(AFA-2003) Questão 52.


Dois aeroportos, A e B, estão no mesmo meridiano, com B 600 km ao sul de
A. Um avião P decola de A para B ao mesmo tempo que um avião Q, idêntico
a P, decola de B para A. Um vento de 30 km/h sopra na direção sul-norte. O
Podemos afirmar que: avião Q chega ao aeroporto A 1 hora antes do avião P chegar ao aeroporto B.
A velocidade dos dois aviões em relação ao ar (admitindo que sejam iguais)
#” #” #” #” é, aproximadamente, em km/h,
(a) F1 + F2 + F3 = −F4
#” #” #” #”
(b) F1 + F3 + F4 = F2 (a) 190.
#” #” #” #” (b) 390.
(c) F1 − F2 + F4 = −F3
#” #” #” #” (c) 90.
(d) F1 + F2 + F4 = F3
#” #” #” #” (d) 690.
(e) F2 + F3 + F4 = F1
(AFA-2003) Questão 53.
(EsPCEx-2010) Questão 48.
Um garoto está em repouso sobre o vagão de um trem que se move com
Um bote de assalto deve atravessar um rio de largura igual a 800 m, numa
velocidade constante igual a 10 m/s em relação à Terra. Num certo instante o
trajetória perpendicular à sua margem, num intervalo de tempo de 1 minuto
garoto chuta uma bola com uma velocidade de módulo 20 m/s, em relação ao
e 40 segundos, com velocidade constante. Considerando o bote como uma
vagão, formando um ângulo de 120◦ com sentido do movimento do trem. Para
partícula, desprezando a resistência do ar e sendo constante e igual a 6 m/s
uma pessoa que está em repouso na Terra, a trajetória da bola é MELHOR
a velocidade da correnteza do rio em relação à sua margem, o módulo da
representada pela alternativa
velocidade do bote em relação à água do rio deverá ser de:

(a) 4 m/s
(b) 6 m/s
(c) 8 m/s
(d) 10 m/s
(e) 14 m/s

Questões AFA

(AFA-2004) Questão 54.


(AFA-1998) Questão 49.
Durante uma decolagem, ao perder o contato com a pista, um avião mantém
Em relação a um observador parado na margem, a velocidade com que um
velocidade constante em direção que forma um ângulo de 30◦ com a pista
barco sobe o rio vale 8 km/h e a com que o mesmo barco desce o rio vale
horizontal. A razão entre a velocidade do avião e a velocidade de sua sombra
20 km/h, sempre com movimento uniforme. A velocidade da correnteza, em
sobre a pista é:
km/h, vale

(a) 3
(b) 6
(c) 8
(d) 12

(AFA-2001) Questão 50.


Uma esteira rolante com velocidade ve , transporta uma pessoa de A para B
em 15 s. Essa mesma distância é percorrida em 30 s se a esteira estiver parada
e a velocidade da pessoa for constante e igual a vp . Se a pessoa caminhar de 1
A para B, com a velocidade vp , sobre a esteira em movimento, cuja velocidade (a)
é ve , o tempo gasto no percurso, em segundos, será: 2
(b) 2
(a) 5 √
3
(b) 10 (c)
2

(c) 15 2 3
(d)
(d) 30 3

(AFA-2002) Questão 51. (AFA-2006) Questão 55.


√ Um operário puxa a extremidade de um cabo que está enrolado num ci-
Sob a chuva que cai verticalmente a 10 3 m/s, um carro se desloca hori-
zontalmente com velocidade de 30 m/s. Qual deve ser a inclinação do vidro lindro. À medida que o operário puxa o cabo o cilindro vai rolando sem
traseiro (em relação à horizontal) para que o mesmo não se molhe? escorregar.

6
Quando a distância entre o operário e o cilindro for igual a 2 m (ver figura
acima), o deslocamento do operário em relação ao solo será de:

(a) 4 m
É correto afirmar que o módulo da aceleração média experimentada pelo
(b) 2 m carro nesse trecho, em m/s2 , é
(c) 6 m
(d) 1 m (a) 0
(b) 1, 8
(AFA-2006) Questão 56.
Analise as afirmativas abaixo sobre movimento circular uniforme. (c) 3, 0
(d) 5, 3
I- A velocidade vetorial tem direção variável.

II- A resultante das forças que atuam num corpo que descreve esse tipo de (AFA-2011) Questão 60.
movimento não é nula. ~ e~
Considere que dois vetores A B fazem entre si um ângulo de 60◦ , quando
têm suas origens sobre um ponto em comum. Além disso, considere também,
III- O módulo da aceleração tangencial é nulo. que o módulo de ~ B é duas vezes maior que o de A,~ ou seja, B = 2A. Sendo o
vetor soma ~S = A
~ +~ ~ =A
B e o vetor diferença D ~ −~ B, a razão entre os módulos
Está(ao) correta(s): S
vale:
(a) I e III apenas; D

(b) I, II e III; √
21
(a)
(c) II e III apenas; 3
(d) I apenas. (b) 1

(c) 7
(AFA-2007) Questão 57.
Um avião voa na direção leste a 120 km/h para ir da cidade A à cidade B. (d) 3
Havendo vento para o sul com velocidade de 50 km/h, para que o tempo de
viagem seja o mesmo, a velocidade do avião deverá ser (AFA-2012) Questão 61.
Os vetores A~ e ~B , na figura abaixo, representam, respectivamente, a ve-
(a) 145 km/h
locidade do vento e a velocidade de um aviao em pleno voo, ambas medidas
(b) 130 km/h em relacao ao solo. Sabendo-se que o movimento resultante do aviao acontece
(c) 170 km/h em uma direcao perpendicular a direcao da velocidade do vento, tem-se que
~ e~
o cosseno do angulo θ entre os vetores velocidades A B vale
(d) 185 km/h

(AFA-2008) Questão 58.


Considere um pequeno avião voando em trajetória retilínea com velocidade
constante nas situações a seguir.

1. A favor do vento.

2. Perpendicularmente ao vento.

Sabe-se que a velocidade do vento é 75% da velocidade do avião. Para uma


∆t1
mesma distância percorrida, a razão , entre os intervalos de tempo nas
∆t2
situações 1 e 2, vale

1 |~
B|
(a) (a) −
3 ~
|A|
3 ~
|A|
(b) (b) −
5 ~
|B|
5
(c) ~ · |~
(c) −|A| B|
7
7 ~ · |~
(d) |A| B|
(d)
9
(AFA-2010) Questão 59. (AFA-2013) Questão 62.
~ ~
Sejam três vetores A, ~ Os módulos dos vetores A
B e C. ~ e~ B são, respectiva-
Um carro percorre uma curva
√ circular com velocidade linear constante de
15 m/s completando-a em 5 2 s, conforme figura abaixo. mente, 6u e 8u. O módulo do vetor ~S = A~ +~B vale 10u, já o módulo do vetor
~ =A
D ~ +C~ é nulo. Sendo o vetor ~R = ~ ~ tem-se o módulo de ~F = ~S + ~R é
B + C,
igual a:

(a) 16u
(b) 10u
(c) 8u
(d) 6u

7
Questões UERJ (objetivas) Questão 28: C
Questão 29: D
Questão 30: ANULADA (C)
(UERJ-2008) Questão 63.
Questão 31: A
Duas partículas, X e Y, em movimento retilíneo uniforme, têm velocidades
Questão 32: C
respectivamente iguais a 0, 2 km/s e 0, 1 km/s. Em um certo instante t1 , X
Questão 33: C
está na posição A e Y na posição B, sendo a distância entre ambas de 10 km.
Questão 34: A
As direções e os sentidos dos movimentos das partículas são indicados pelos →
− →
− →

−→ − → ^ mede 60◦ , conforme o esquema. Questão 35: ANULADA (A resposta correta é | A |2 + | B |2 − 2 · | A | ·
segmentos orientados AB e BC, e o ângulo ABC →

| B | · cos(180◦ − α), consequência da lei dos cossenos, o que nenhuma opção
apresenta.)
Questão 36: B
Questão 37: A
Questão 38: C
Questão 39: B
Questão 40: D
Questão 41: C
Questão 42: D
Questão 43: A
Sabendo-se que a distância mínima entre X e Y vai ocorrer em um instante Questão 44: C
t2 , o valor inteiro mais próximo de t2 − t1 , em segundos, equivale a: Questão 45: D
Questão 46: E
(a) 24 Questão 47: A
Questão 48: D
(b) 36 Questão 49: B
(c) 50 Questão 50: B
Questão 51: A
(d) 72 Questão 52: A
Questão 53: C
Questões UERJ (discursivas) Questão 54: D
Questão 55: A
Questão 56: B
(UERJ-2016) Questão 64.
Questão 57: B
A figura abaixo mostra dois barcos que se deslocam em um rio em sentidos
Questão 58: C
opostos. Suas velocidades são constantes e a distância entre eles, no instante
Questão 59: C
t, é igual a 500 m.
Questão 60: A
#”
Questão 61: Na situação descrita, a velocidade B do avião é em relação ao
solo. Se assim fosse, então θ seria justamente 90◦ , já que o movimento resul-
tante do avião acontece em uma direção perpendicular à direção da velocidade
do vento. Assim, a resposta correta para a questão é cos θ = 0. Supondo, no
#”
entanto, que a intenção da banca fosse dizer que B é a velocidade vetorial do
avião em relação ao vento, o gabarito seria B.
Questão 62: A
Questão 63: B
Nesse sistema, há três velocidades paralelas, cujos módulos, em relação às
Questão 64: 50 s
margens do rio, são:

• |vbarco 1 | = |vbarco 2 | = 5 m/s;

• |váguas do rio | = 3 m/s.

Estime, em segundos, o tempo necessário para ocorrer o encontro dos bar-


cos, a partir de t.

GABARITO
Questão 1: B
Questão 2: B
Questão 3: A
Questão 4: B
Questão 5: C
Questão 6: D
Questão 7: C
Questão 8: B
Questão 9: B
Questão 10: A
Questão 11: C
Questão 12: B
Questão 13: C
Questão 14: A
Questão 15: C
Questão 16: C
Questão 17: C
Questão 18: C
Questão 19: C
Questão 20: D
Questão 21: B
Questão 22: C
Questão 23: B
Questão 24: A
Questão 25: B
Questão 26: A
Questão 27: A