Você está na página 1de 26

REVISÃO GERAL EEAR

Aluno : ________________________________________________________________________ Turma :

Data : _____/_____/______ . Prof: RAFAEL TROVÃO

01) Em um porta-aviões as aeronaves pousam em uma pista útil de 100 m. Se a


velocidade com que o avião toca a pista de tal embarcação é de aproximadamente 252
Km/h, determine o módulo da sua desaceleração média, em m/s:
a) 0,7
b) 24,7
c) 70,0
d) 300,0

02) Após observar o clarão de um raio, uma criança cronometrou o tempo para ouvir o
estrondo causado, o trovão. Contou, então, dez segundos desde avistar o clarão até
ouvir o trovão. Procurando na internet, descobriu que a velocidade média do som no
ar é 346 m/s. A distância estimada da criança ao raio é melhor expressa, em metros,
por:
Observação: considere a detecção do clarão pela criança como instantânea, como se a
velocidade da luz fosse infinita.
a) 34,6
b) 123
c) 3460
d) 6920

03) Um aluno da Escola de Especialistas de Aeronáutica que participaria de uma


instrução de rapel ficou impressionado com a altura da torre para treinamento. Para
tentar estimar a altura da torre, fincou uma haste perpendicular ao solo, deixando-a
com 1 m de altura. Observou que a sombra da haste tinha 2 m e a sombra da torre
tinha 30 m. Desta forma, estimou que a altura da torre, em metros, seria de:

a) 10
b) 15
c) 20
d) 25

04) Dois pontos materiais A e B têm seus movimentos retilíneos uniformes descritos
no gráfico, da posição (x) em função do tempo (t), a seguir. A razão entre o módulo
da velocidade de B e o módulo da velocidade de A é

a) 1/2
b) 1/3
c) 2/3
d) 3/2

05) Em uma apresentação musical, uma criança viu três instrumentos semelhantes em
formato, porém de tamanhos diferentes: o violoncelo, a viola e o violino. Detectou que
o violino tinha o som mais agudo e que o violoncelo tinha o som mais grave. Segundo
o texto acima, a qualidade sonora detectada pela criança foi:
a) intensidade
b) altura
c) timbre
d) volume

06) A qualidade do som que permite distinguir um som forte de um som fraco, por
meio da amplitude de vibração da fonte sonora é definida como

a) timbre
b) altura
c) intensidade
d) tubo sonoro

07) Um corpo absorve calor de uma fonte a uma taxa constante de 30 cal/min e sua
temperatura (T) muda em função do tempo (t) de acordo com o gráfico a seguir. A
capacidade térmica (ou calorífica), em cal/°C, desse corpo, no intervalo descrito pelo
gráfico, é igual a
a) 1
b) 3
c) 10
d) 30

08) Mistura-se 1 L de água a 20°C com 2 L de água a 50°C. Admitindo que a troca de
calor se deu apenas entre os líquidos, pode-se afirmar que a mistura resultante terá
temperatura aproximada de:

a) 50°C
b) 40°C
c) 35°C
d) 30°C

09) A figura a seguir mostra a curva de aquecimento de uma amostra de 200g de uma
substância hipotética, inicialmente a 15°C, no estado sólido, em função da quantidade
de calor que esta recebe.

Determine o valor aproximado do calor latente de vaporização da substância, em


cal/g.
a) 10
b) 20
c) 30
d) 40

10) Duas cargas elétricas puntiformes de mesmo valor e de sinais contrários são
colocadas a uma distância fixa. No ponto médio entre elas, mede-se a intensidade do
vetor campo elétrico e o potencial elétrico. Assinale a alternativa que contém os
resultados corretos para essas medidas

a)
Intensidade do vetor campo elétrico e potencial elétrico nulos.

b)
Intensidade do vetor campo elétrico e potencial elétrico não nulos.

c)
Intensidade do vetor campo elétrico nulo e potencial elétrico não nulo.

d)
Intensidade do vetor campo elétrico não nulo e potencial elétrico nulo.

11) Uma carga puntiforme com 4.10 -9 C, situada no vácuo, gera campo elétrico ao seu
redor. Entre dois pontos, A e B, distantes respectivamente 0,6 m e 0,8 m da carga, obtem -
se a diferença de potencial V ab de ____ volts.
Obs.: k 0 = 9.10 9 Nm2 /C2
a) 15
b) 20
c) 40
d) 60

12) No circuito mostrado na figura abaixo determine, em μC , o valor da carga total


fornecida pela fonte.

a) Zero
b) 24
c) 50
d) 100

13) Um capacitor de capacitância igual a 2 μF está completamente carregado e possui


uma diferença de potencial entre suas armaduras de 3 V. Em seguida, este capacitor
é ligado a um resistor ôhmico por meio de fios condutores ideais, conforme
representado no circuito abaixo, sendo completamente descarregado através do
resistor.
Nesta situação, a energia elétrica total transformada em calor pelo resistor é de

a)
1,5 10-6 J

b)
6,0 10-6 J

c)
9,0 10-6 J

d)
12,0 10-6 J

14) Duas esferas idênticas A e B, de cargas iguais a Q A = -3 C e QB = -8 C, estão


inicialmente isoladas uma da outra. Em seguida, ambas são colocadas em contato e
depois separadas por uma distância de 30cm no vácuo. Determine o valor aproximado
da força elétrica que passa a atuar entre as cargas.

(Dados: constante eletrostática no vácuo k = 9.10 9 N.m2/C2)


a) 2
b) 3
c) 6
d) 9

15) Duas esferas idênticas e eletrizadas com cargas elétricas q 1 e q2 se atraem com
uma força de 9 N. Se a carga da primeira esfera aumentar cinco vezes e a carga da
segunda esfera for aumentada oito vezes, qual será o valor da força, em newtons,
entre elas?

a) 40
b) 49
c) 117
d) 360

16) Uma criança gira no plano horizontal, uma pedra com massa igual a 40g presa em
uma corda, produzindo um Movimento Circular Uniforme. A pedra descreve uma
trajetória circular, de raio igual a 72cm, sob a ação de uma força resultante centrípeta
de módulo igual a 2N. Se a corda se romper, qual será a velocidade, em m/s, com que
a pedra se afastará da criança?

Obs.: desprezar a resistência do ar e admitir que a pedra se afastará da criança com


uma velocidade constante.
a) 6
b) 12
c) 18
d) 36

17) Duas polias estão acopladas por uma correia que não desliza. Sabendo -se que o
raio da polia menor é de 20 cm e sua frequência de rotação f 1é de 3600 rpm, qual é a
frequência de rotação f 2 da polia maior, em rpm, cujo raio vale 50 cm?

a) 9000
b) 7200
c) 1440
d) 720

18) Um garoto amarra uma das extremidades de uma corda em uma coluna fixada ao
chão e resolve brincar com ela executando um movimento vertical de sobe e desce na
extremidade livre da corda, em intervalos de tempos iguais, produzindo uma onda de
pulsos periódicos, conforme mostrado na figura. Sabendo que a frequência da onda
formada na corda é de 5,0 Hz, determine a velocidade dessa onda, em m/s.

a) 1
b) 2
c) 50
d) 100

19) Analise as seguintes afirmações:

I - Ondas mecânicas se propagam no vácuo, portanto não necessitam de um meio


material para se propagarem.
II - Ondas longitudinais são aquelas cujas vibrações coincidem com a direção de
propagação.
III - Ondas eletromagnéticas não precisam de um meio material para se propagarem.
IV - As ondas sonoras são transversais e não se propagam no vácuo.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmações verdadeiras.


a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) II e IV

20) Uma barra homogênea de grafite no formato de um paralelepípedo, com as


dimensões indicadas na figura, é ligada a um circuito elétrico pelos condutores ideais A
e B. Neste caso, a resistência elétrica entre os terminais A e B é de ____ ohms.

Considere:

1) a resistividade do grafite:
2) a barra como um resistor ôhmico.

a) 0,5
b) 1,0
c) 1,5
d) 2,0

21) Sabendo que a diferença de potencial entre uma nuvem e a Terra, para que
aconteça a descarga elétrica de um raio,é em torno de 3 . 10 8 V e que a corrente
elétrica produzida neste caso é aproximadamente de 1 . 10 5 A, qual a resistência
média doar, em ohms ( Ω )?

a) 1000
b) 2000
c) 3000
d) 4000

22) Um eletricista necessita construir um aquecedor elétrico. Para isso, utilizará um fio
de níquel-cromo enrolado em um cilindro de cerâmica.
Com base nos dados a seguir, calcule, em metros, o comprimento do fio que será
necessário.
Dados:
- Voltagem utilizada: 120 V
- Potência desejada do aquecedor: 2400 W
- Fio de níquel-cromo com 1 mm 2 de área transversal
- Resistividade do fio: ρ = 1,5 . 10 -6 Ω m
a) 1,0
b) 2,0
c) 3,0
d) 4,0

23) Um fio de cobre é percorrido por uma corrente elétrica constante com intensidade 7A.
Sabendo que e = 1,6.10-19 C, qual o módulo da carga elétrica que atravessa uma secção
transversal do condutor, durante um segundo? E quantos elétrons atravessam tal região
neste intervalo de tempo?
a) 12C e 5.1019 elétrons
b) 7C e 4,3.1019 elétrons
c) 10C e 1,6.10-19 elétrons
d) 8C e 45.10-19 elétrons

24) No circuito abaixo, supondo que a fonte de alimentação V fornece uma diferença de
potencial (ddp) constante e diferente de zero, qual o resistor que dissipará maior potência
elétrica?

a) R1
b) R2
c) R3
d) R4

25) Um técnico em mecânica recebeu a informação que uma placa metálica de área
igual a 250 cm 2 , enviada para análise em laboratório especializado, retornara. Os
resultados da análise de dilatação térmica dessa placa estavam descritos em uma
tabela.
De acordo com dados da tabela pode-se afirmar, corretamente, que o coeficiente de
dilatação superficial, em ºC -1, do material que compõe a placa vale
a)
2,0 . 10-5.

b)
2,2 . 10-6.

c)
4,0 . 10-5.

d)
4,4 . 10-6.

26) Um cidadão parou às 22h em um posto de combustível para encher o tanque de


seu caminhão com óleo diesel. Neste horário, as condições climáticas eram tais que
um termômetro, bem calibrado fixado em uma das paredes do posto, marcava uma
temperatura de 10º C. Assim que acabou de encher o tanque de seu veículo,
percebeu o marcador de combustível no nível máximo. Descansou no mesmo posto
até às 10h do dia seguinte, quando o termômetro do posto registrava a temperatura
de 30º C. Observou, no momento da saída, que o marcador de combustível já não
estava marcando nível máximo. Qual afirmação justifica melhor, do ponto de vista da
física, o que aconteceu? Desconsidere a possibilidade de vazamento do combustível.

a)
O calor faz com que o diesel sofra contração.

b)
O aumento da temperatura afeta apenas o tanque de combustível.

c)
O tanque de combustível tem coeficiente de dilatação maior que o próprio combustível.

d)
O tanque metálico de combustível é um isolante térmico, não permitindo o aquecimento e
dilatação do diesel.

27) Um garoto chuta uma bola de futebol de 400g exercendo sobre ela uma força de
20N. Determine quanto tempo, em segundos, essa força deve atuar sobre a bola para
que ela saia do repouso e atinja uma velocidade de 10 m/s.
a) 0,1
b) 0,2
c) 0,3
d) 0,4
28) Um corpo atirado horizontalmente, com velocidade de 10m/s, sobre uma superfície
horizontal, desliza 20m até parar. Adotando g=10m/s 2, o coeficiente de atrito cinético
entre o corpo e a superfície é:

a) 0,13

b) 0,25

c) 0,40

d) 0,50

29) Um corpo está submetido à ação de duas forças com intensidades 5 N e 4 N,


respectivamente, que formam entre si, um ângulo de 60°. O módulo da força
resultante que atua sobre o corpo será:
a) V29
b) V41
c) V61
d) V91

30) No gráfico a seguir representa-se a maneira pela qual varia o módulo da


aceleração (a) dos corpos A, B e C, de massas respectivamente iguais a M A , MB e MC, a
partir da aplicação de uma força resultante (F). Dessa forma, podemos afirmar,
corretamente, que

a) MA=MB=MC
b) MA>MB>MC
c) MA<MB<MC
d) MA<MB=MC

31) Um garoto puxa uma corda amarrada a um caixote aplicando uma força de
intensidade igual a 10 N, como está indicado no esquema a seguir. A intensidade, em
N, da componente da força que contribui apenas para a tentativa do garoto em
arrastar o caixote horizontalmente, vale
a) 5
b) 5V2
c) 5V3
d) 10

32) Dois fios condutores longos são percorridos pela mesma corrente elétrica nos
sentidos indicados na figura.

A opção que melhor representa os campos magnéticos nos pontos A, B e C,


respectivamente, é:

a)

Ponto A - / Ponto B - / Ponto C -

b)

Ponto A - / Ponto B - Nulo / Ponto C -

c)

Ponto A - / Ponto B - Nulo / Ponto C -

d)

Ponto A - Nulo / Ponto B - / Ponto C – Nulo


33) Dentro de um sistema de confinamento magnético um próton realiza movimento
circular uniforme com um período de 5,0 π.10 -7 s. Determine a intensidade desse
campo magnético, em tesla, sabendo que a relação carga elétrica/massa (q/m) de um
próton é dado por 10 8 C.kg-1.

a)
4,0

b)
2,5.102

c)
4,0.10-2

d)
4,0.10-16

34) Determine a intensidade da força magnética que atua sobre uma partícula com
carga igual a + 4µC e velocidade de 10 6 cm/s, quando esta penetra ortogonalmente
em um campo magnético uniforme de intensidade igual a 6.10 2 T.
a) 15 N
b) 24 N
c) 1500 N
d) 2400 N

35) Um garoto com um estilingue tenta acertar um alvo a alguns metros de distância.
(1) Primeiramente ele segura o estilingue com a pedra a ser arremessada, esticando o
elástico propulsor. (2) Em seguida ele solta o elástico com a pedra. (3) A pedra voa,
subindo a grande altura. (4) Na queda a pedra acerta o alvo com grande violência.
Assinale os trechos do texto correspondentes às análises físicas das energias,
colocando a numeração correspondente.
( ) Conversão da energia potencial elástica em energia cinética.
( ) Energia cinética se convertendo em energia potencial gravitacional.
( ) Energia potencial gravitacional se convertendo em energia cinética.
( ) Usando a força para estabelecer a energia potencial elástica.
A sequência que preenche corretamente os parênteses é:
a) 1-2-3-4
b) 2-3-4-1
c) 3-4-1-2
d) 4-1-2-3

36) Uma pessoa sobe um lance de escada, com velocidade constante, em 1,0 min. Se a
mesma pessoa subisse o mesmo lance, também com velocidade constante em 2,0 min,
ela realizaria um trabalho
a) duas vezes maior que o primeiro.
b) duas vezes menor que o primeiro.
c) quatro vezes maior que o primeiro.
d) igual ao primeiro.

37) Uma partícula de 2kg de massa é abandonada de uma altura de 10m. Depois de certo
intervalo de tempo, logo após o início do movimento, a partícula atinge uma velocidade de
módulo 3m/s. Durante esse intervalo de tempo, o trabalho (em J) da força peso sobre a
partícula, ignorando a resistência do ar, é:
a) 6.
b) 9.
c) 20.
d) 60.

38) Sabendo que um corredor cibernético de 80 kg, partindo do repouso, realiza a prova
de 200 m em 20 s mantendo uma aceleração constante de a = 1,0 m/s2 , pode-se afirmar
que a energia cinética atingida pelo corredor no final dos 200 m, em joules, é:
a) 12000
b) 13000
c) 14000
d) 16000

39) No estudo da Estática, para que um ponto material esteja em equilíbrio é


necessário e suficiente que:

a)
A resultante das forças exercidas sobre ele seja nula.

b)
A soma dos momentos das forças exercidas sobre ele seja nula.

c)
A resultante das forças exercidas sobre ele seja maior que sua força peso.

d)
A resultante das forças exercidas sobre ele seja menor que sua força peso.

40) Um pedreiro decidiu prender uma luminária de 6 kg entre duas paredes. Para isso
dispunha de um fio ideal de 1,3 m que foi utilizado totalmente e sem nenhuma perda,
conforme pode ser observado na figura. Sabendo que o sistema está em equilíbrio
estático, determine o valor, em N, da tração que existe no pedaço do fio ideal
preso à parede. Adote o módulo da aceleração da gravidade no local igual a 10 m/s 2 .
a) 30
b) 40
c) 50
d) 60

41) Um objeto é colocado a uma distância p de um espelho esférico côncavo de distância


focal f. Sabendo-se que a imagem formada é real, invertida e menor que o objeto,
podemos afirmar que:

a) f < p < 2f
b) p > 2f
c) p = f
d) p = 2f

42) Mãe e filha visitam a "Casa dos Espelhos" de um parque de diversões. Ambas se
aproximam de um grande espelho esférico côncavo. O espelho está fixo no piso de tal
forma que o ponto focal F e o centro de curvatura C do espelho ficam rigorosamente no
nível do chão. A criança pára em pé entre o ponto focal do espelho e o vértice do mesmo.
A mãe pergunta à filha como ela está se vendo e ela responde:

a) "Estou me vendo maior e em pé."


b) "Não estou vendo imagem alguma."
c) "Estou me vendo menor e de cabeça para baixo."
d) "Estou me vendo do mesmo tamanho."

43) Um objeto real é colocado sobre o eixo principal de um espelho esférico côncavo a
4cm de seu vértice. A imagem conjugada desse objeto é real e está situada a 12cm do
vértice do espelho, cujo raio de curvatura é:
a) 2 cm.
b) 3 cm.
c) 4 cm.
d) 6 cm.

44) O fenômeno ondulatório que descreve o contorno de obstáculos por ondas ou


passagem de ondas através de fendas chama-se ____ .

a)
Refração.
b)
Difração.

c)
Reflexão.

d)
Reverberação.

45) Para que um corpo vibre em ressonância com um outro é preciso que:

a) seja feito do mesmo material que o outro;


b) vibre com a maior amplitude possível;
c) tenha uma frequência natural igual a uma das frequências naturais do outro;
d) vibre com a maior frequência possível.

46) A velocidade de uma onda sonora no ar é 340m/s, e seu comprimento de onda é


0,340m. Passando para outro meio, onde a velocidade do som é o dobro (680m/s), os
valores da frequência e do comprimento de onda no novo meio serão, respectivamente,
a) 400Hz e 0,340m
b) 500Hz e 0,340m
c) 1000Hz e 0,680m
d) 1200Hz e 0,680m

47) Um cilindro dotado de um êmbolo contém aprisionado em seu interior 150cm 3 de


um gás ideal à temperatura controlada de 22ºC e à pressão de 2Pa. Considere que o
êmbolo do cilindro pode ser movido por uma força externa, de modo que o gás seja
comprimido a um terço de seu volume inicial, sem, contudo, variar a sua temperatura.
Nessas condições, determine em Pascal (Pa) a nova pressão à qual o gás estará
submetido.

a) 2
b) 3
c) 6
d) 9

48) Uma certa quantidade de gás ideal ocupa um volume V0 quando sua temperatura é
T0 e sua pressão é P0. Expande-se, então, o gás, isotermicamente, até duplicar o seu
volume. A seguir, mantendo o seu volume constante, sua pressão é restabelecida ao valor
original P0. Qual a temperatura final do gás neste último estado de equilíbrio térmico?
a) T0/4
b) T0/2
c) T0
d) 2 T0
49) Com relação ao conteúdo de eletricidade, correlacione os elementos que podem
estar presentes em um circuito às suas definições, assin alando, a seguir, a opção
correta.
ELEMENTOS
I- Voltímetro
II- Resistor
III- Amperímetro
IV- Gerador
V- Receptor
VI- Capacitor

DEFINIÇÕES
( ) Dispositivo que transforma outras formas de energias em energia elétrica.
( ) Dispositivo que transforma energia elétrica em outras formas de energia.
( ) Dispositivo que transforma energia elétrica em energia exclusivamente térmica.
( ) Dispositivo usado para armazenar carga elétrica.
( ) Dispositivo usado para medir a corrente elétrica em um circuito.
( ) Dispositivo usado para medir a tensão elétrica em um circuito.
a)
(VI) (V) (IV) (III) (II) (I)

b)
(V) (IV) (II) (I) (VI) (III)

c)
(IV) (V) (II) (VI) (III) (I)

d)
(V) (VI) (II) (III) (I) (IV)

50) Um determinado gerador, que possui fem 2,0 V e resistência interna 0,5 Ω, está
associado em série a uma pequena lâmpada de resistência 2 Ω. Determine a tensão
elétrica existente entre os terminais do gerador.
a) 1,5
b) 1,2
c) 1,6
d) 1,8

51) Uma nave espacial de massa M é lançada em direção à lua. Quando a distância
entre a nave e a lua é de 2,0.10 8 m, a força de atração entre esses corpos vale F.
Quando a distância entre a nave e a lua diminuir para 0,5.10 8 m, a força de atração
entre elas será:

a) F/8
b) F/4
c) F/16
d) 16F

52) A atração gravitacional que o Sol exerce sobre a Terra vale 3,5.10 22 N. A massa da
Terra vale 6,0.10 24 kg. Considerando que a Terra realiza um movimento circular
uniforme em torno do Sol, sua aceleração centrípeta (m/s 2 ) devido a esse movimento
é, aproximadamente:
a) 6,4.10 2
b) 5,8.10 -3
c) 4,9.10 -2
d) 2,1.10 -3

53) Um tubo em U, com as extremidades abertas contém dois líquidos imiscíveis,


conforme mostrado na figura. Sabendo que a densidade de um dos líquidos é quatro
vezes maior que a do outro, qual a altura h, em cm, da coluna do líquido B?

a) 0,25
b) 2
c) 4
d) 8

54) Na distribuição de água potável em uma cidade, utiliza-se um grande reservatório


situado em um local elevado, e deste reservatório saem os canos que estão ligados às
caixas d’água das residências em níveis abaixo deste. Esta forma de distribuição é
explicada pelo princípio de __________ ou dos vasos comunicantes.
a) Pascal
b) Stevin
c) Clapeyron
d) Arquimedes

55) Um caminhão carregado, com massa total de 20000 kg se desloca em pista


molhada, com velocidade de 110 km/h. No semáforo à frente colide com um carro de
5000 kg, parado no sinal. Desprezando o atrito entre os pneus e a estrada e sabendo
que após a colisão, o caminhão e o carro se movimentam juntos, qual é a velocidade
do conjunto (caminhão + carro), em km/h, após a colisão?

a) 80
b) 88
c) 100
d) 110

56) Duas esferas A e B, de mesmas dimensões, e de massas, respectivamente, iguais


a 6 kg e 3 kg, apresentam movimento retilíneo sobre um plano horizontal, sem atrito,
com velocidades constantes de 10 m/s e 5 m/s, respectivamente. Sabe-se que a esfera
B está a frente da esfera A e que estão perfeitamente alinhadas, conforme pode ser
visto na figura, e que após o choque a esfera A adquire uma velocidade de 5m/s e a
esfera B uma velocidade v.

Utilizando os dados do problema, considerando o sistema isolado e adotando o


Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento, determine a velocidade v, em
m/s.
a) 10
b) 15
c) 20
d) 25

57) Para a correção dos diferentes tipos de defeitos de visão, faz -se necessário o
emprego de diferentes tipos de lentes externas, ou seja, o uso de óculos. Após
consultar um médico oftalmologista, dois pacientes foram diagnosticados, sendo que
o primeiro apresentou hipermetropia e no segundo foi constatada miopia. Deste
modo, o médico determinou para cada situação a confecção de lentes:
1 – divergente para o primeiro paciente, pois a hipermetropia se deve ao
alongamento do globo ocular;
2 – convergente para o segundo paciente, pois a miopia se deve ao alongamento do
globo ocular;
3 – convergente para o primeiro paciente, pois a hipermetropia se deve ao
encurtamento do globo ocular;
4 – divergente para o segundo paciente, pois a miopia se deve ao encurtamento do
globo ocular.
A(s) afirmativa(s) correta(s) é(são):

a) 2 e 3
b) 3 e 4
c) apenas 3
d) apenas 2
58) Uma lente de vidro convergente imersa no ar, tem distância focal igual a 3 mm.
Um objeto colocado a 3 m de distância conjuga uma imagem através da lente. Neste
caso, o módulo do aumento produzido pela lente vale aproximadamente:
a) 1
b) 1.10-1
c) 1.10-2
d) 1.10-3

59) Um estudante foi ao oftalmologista, reclamando que, de perto, não enxergava


bem. Depois de realizar o exame, o médico explicou que tal fato acontecia porque o
ponto próximo da vista do rapaz estava a uma distância superior a 25 cm e que ele,
para corrigir o problema, deveria usar óculos com “lentes de 2,0 graus“, isto é, lentes
possuindo vergência de 2,0 dioptrias.

Do exposto acima, pode-se concluir que o estudante deve usar lentes


a)
divergentes com 40 cm de distância focal.

b)
divergentes com 50 cm de distância focal.

c)
divergentes com 25 cm de distância focal.

d)
convergentes com 50 cm de distância focal.

60) Um objeto é colocado sobre o eixo principal de uma lente esférica delgada
convergente a 70 cm de distância do centro óptico. A lente possui uma distância focal
igual a 80 cm. Baseado nas informações anteriores, podemos afirmar que a imagem
formada por esta lente é:

a)
real, invertida e menor que o objeto.

b)
virtual, direita e menor que o objeto.

c)
real, direita e maior que o objeto.

d)
virtual, direita e maior que o objeto.
61) Um objeto luminoso é colocado no alto de um poste de 6 m de altura que está a
30 m de um pequeno espelho (E) de dimensões desprezíveis, como mostra a figura
abaixo. Qual deve ser a distância, em metros, de um observador cujos olhos estão a
1,80 m do solo, para que possa ver o objeto luminoso através do espelho?

a) 3
b) 6
c) 9
d) 12

62) Associe corretamente os princípios da óptica geométrica, com suas respectivas


definições, constantes abaixo.
I. Princípio da propagação retilínea da luz.
II. Princípio da independência dos raios de luz.
III. Princípio da reversibilidade dos raios de luz.
( ) Num meio homogêneo a luz se propaga em linha reta.
( ) A trajetória ou caminho de um raio não depende do sentido da propagação.
( ) Os raios de luz se propagam independentemente dos demais.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta para o preenchimento das
lacunas acima.
a) I, II e III
b) II, I e III
c) III, II e I
d) I, III e II

63) Um objeto com o formato da letra “E" é colocado em frente de um espelho plano,
conforme o desenho. Assinale a alternativa que melhor representa a imagem desse
objeto conjugada por esse espelho.
a)

b)

c)

d)

64) As fibras ópticas são largamente utilizadas nas telecomunicações para a transmissão
de dados. Nesses materiais, os sinais são transmitidos de um ponto ao outro por meio de
feixes de luz que se propagam no interior da fibra, acompanhando sua curvatura.
A razão pela qual a luz pode seguir uma trajetória não retilínea na fibra óptica é
consequência do fenômeno que ocorre quando da passagem de um raio de luz de um
meio, de índice de refração maior, para outro meio, de índice de refração menor. Com
base no texto e nos conhecimento sobre o tema, assinale a alternativa que apresenta os
conceitos ópticos necessários para o entendimento da propagação “não retilínea” da luz
em fibras ópticas.
a) Difração e foco.
b) Reflexão total e ângulo limite.
c) Interferência e difração.
d) Polarização e plano focal.

65) Uma amostra de gás ideal sofre o processo termodinâmico cíclico representado no
gráfico a seguir.

Ao completar um ciclo, o trabalho, em joules, realizado pela força que o gás exerce nas
paredes do recipiente é

a) + 6
b) + 4
c) + 2
d) – 4

66) Uma máquina térmica executa o ciclo representado no gráfico seguinte:

Se a máquina executa 10 ciclos por segundo, a potência desenvolvida, em quilowatt, é:


a) 8
b) 8000
c) 80
d) 800

67) A respeito do que faz um refrigerador, pode-se dizer que:

a) produz frio.
b) anula o calor.
c) converte calor em frio.
d) remove calor de uma região e o transfere a outra.

68) O texto a seguir foi extraído de uma matéria sobre congelamento de cadáveres para
sua preservação por muitos anos, publicada no jornal O Estado de S. Paulo.

Após a morte clínica, o corpo é resfriado com gelo. Uma injeção de anticoagulantes é
aplicada e um fluido especial é bombeado para o coração, espalhando-se pelo corpo e
empurrando para fora os fluidos naturais. O corpo é colocado numa câmara com gás
nitrogênio, onde os fluidos endurecem em vez de congelar. Assim que atinge a
temperatura de –321, o corpo é levado para um tanque de nitrogênio líquido, onde fica de
cabeça para baixo.

Na matéria, não consta a unidade de temperatura usada.


Considerando que o valor indicado de –321 esteja correto e que pertença a uma das
escalas, Kelvin, Celsius ou Fahrenheit, pode-se concluir que foi usada a escala:
a) Kelvin, pois trata-se de um trabalho científico e esta é a unidade adotada pelo Sistema
Internacional.
b) Fahrenheit, por ser um valor inferior ao zero absoluto e, portanto, só pode ser medido
nessa escala.
c) Fahrenheit, pois as escalas Celsius e Kelvin não admitem esse valor numérico de
temperatura.
d) Celsius, pois só ela tem valores numéricos negativos para a indicação de temperaturas.
69) O gráfico ao lado estabelece a relação entre a escala termométrica X e a Celsius. Na
escala X, o valor correspondente a 40º C é:

a) 60º X
b)65º X
c) 70º X
d) 80°X

70) Julgue as afirmações abaixo:


I – A escala Celsius atribui 0° para o ponto de fusão do gelo e 100º para o ponto de
ebulição da água;
II – O limite inferior para a escala Kelvin corresponde a -273°C;
III – 1°C equivale a 1°F.
Estão corretas:
a) I e II apenas
b) I e III apenas
c) I, II e III
d) II e III apenas
GABARITO:
01) B
02) C
03) B
04) C
05) B
06) C
07) D
08) B
09) B
10) D
11) A
12) C
13) C
14) B
15) D
16) A
17) C
18) B
19) C
20) C
21) C
22) D
23) B
24) A
25) C
26) C
27) B
28) B
29) C
30) B
31) A
32) A
33) C
34) B
35) B
36) D
37) B
38) D
39) A
40) C
41) B
42) A
43) D
44) B
45) C
46) C
47) C
48) D
49) C
50) C
51) D
52) B
53) D
54) B
55) B
56) B
57) C
58) D
59) D
60) D
61) C
62) D
63) B
64) B
65) B
66) D
67) D
68) C
69) D
70) A