Você está na página 1de 49

MATEMÁTICA

1) Determine o valor de m, de modo que o gráfico da função y = 3x + 10 m corte o eixo horizontal no ponto (3; 0).

2)

valores de a e b.

Sendo f(x) = ax + b,

f(0) = 4

e

f(1) = 1, calcule os

determine o valor de x para que f(x) = g(x).

3) Dadas as funções f(x) = 4x

1

e

g(x) =

3x

+

3,

4) Sabendo que os pontos (2, -3) e (-1, 6) pertencem ao gráfico da função definida por f(x) = ax+b, deter- mine o valor de b-a.

5) Dada a função f(x) = 3x 6, dê os valores de x para que f(x) 0.

6) Seja uma função f do 1º grau. Se f(-1) = 3 e f(1) = 1, então o valor de f(3) é

a)

1.

b)

3.

c)

0.

d)

2.

7) A equação da reta que passa pelo ponto 3,2e pelo

e

ponto

y

a)

b)

de

interseção

0

0

c)

d)

das

retas

y 31 x

0

2x 1é:

2x y 1

2x 2y 1

x x y 2y 1 1 0

8) A função f, definida por f(x) = 3x + m, está repre- sentada abaixo:

Então o valor de

f (2) f (0) f (1) é:

a) 1

d) 7/5

b) 0

e) 5/7

c) 1

y 0 1
y
0 1

x

9) O ponto A, de coordenadas (5,a) está sobre o pro- longamento do segmento que une os pontos B(0,3) e C (-1,2). O valor de a é:

a)5 b)6 c)7 d)8

PROFESSOR: Isidoro

pág. 1

10)

Sabe-se que o preço a ser pago por uma corrida

de táxi inclui uma parcela fixa, que é denominada ban- deirada, e uma parcela variável, que é função da dis-

tância percorrida. Se o preço da bandeirada é R$ 4,60 e o quilômetro rodado é R$ 0,96, a distância percorrida

pelo passageiro que pagou

casa ao shopping, é (em km) de:

a) 5

R$ 19,00, para ir de sua

d) 20

e) 25

b) 10

c) 15

11) Uma reta de coeficiente angular 2 passa pelo pon-

to A=(1, 7). Determine seu coeficiente linear:

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

12) Para que f(x) = (2m 6)x + 4 seja crescente em ,

o valor real de m deve ser tal que:

a) m > 3

b) m < 1

c) m < 2

d) m = 0

13) A equação da reta que passa pelo ponto B 4, 5

e de coeficiente angular 1 2 é:

a)

b)

x x   2y 2y 14 6   0 0

c) d) x x   2y 2y 12 14   0 0

14) O valor de k

0 passe pela intersecção das retas

de modo que a reta

x 3y 8 é:

a) 4

b)

3

c)

4

d)

3

kx + 2y + k 8 =

e

x y 0

15) Se uma reta passa pelo ponto P(3, 4) e tem coefici- ente angular 2, então o coeficiente linear dessa reta

é:

a) 4

b) 2

c) 1

d) 3

16)

A equação geral da reta que passa por P(0, 3) e Q(1, 5) é representada por ax + by + c = 0. Assim,

o valor de

a é:

2

a) 3

c

b)

3

4

c)

1

5

d)

5

6

17) A função definida por y

crescente, se:

a) m > 0

= m(x-1)

+

3

x

, será

b) m > 1

c) -1 < m < 1

d) -1 < m < 0

MATEMÁTICA

18) Na figura, OABC é um quadrado de lado 3. Sa- bendo que o ponto D tem coordenadas (0, 6), o coefi- ciente angular da reta r é:

coordenadas (0, 6), o coefi- ciente angular da reta r é: a) – 6 b) –

a) 6

b) 4

c) 2

d) 1

19) O maior valor inteiro de k que torna a função f(x) = 2-(3+5k)x crescente é:

a) 1

b) 0

c) -1

d) -2

20) Sejam os gráficos de f(x) = ax + b e g(x) = cx + d. Podemos afirmar que:

de f(x) = ax + b e g(x) = cx + d. Podemos afirmar que: a)

a)

a > 0 e b < 0

b) a < 0 e d > 0

c)

b > 0 e d > 0

d) c > 0 e d < 0

21) O gráfico da função y = mx+n, onde m e n são

constantes, passa pelos pontos A(1,6) e B(3,2). A de- clividade da função é:

a) -2

b) -1/2 c) 1/2

d) 2

e) 4

22) As retas y = kx + 2 e y = x + m interceptam-se no ponto (1, 4). Assim, o valor de k + m é

c) 6.

a) 8.

b) 7.

d) 5.

23) A receita R, em reais, obtida por uma empresa com a venda de q unidades de certo produto, é dada por R(q) = 115q, e o custo C, em reais, para produzir q dessas unidades, satisfaz a equação C(q) = 90q + 760. Para que haja lucro, é necessário que a receita R seja maior que o custo C. Então, para que essa empresa tenha lucro, o número mínimo de unidades desse produto que deverá vender é igual a:

a) 28

b) 29

c) 30

d) 31

PROFESSOR: Isidoro

pág. 2

24) A equação da reta que passa pelo ponto E(1, 3) e que tem 45° de inclinação é:

a) x y + 2 = 0

c)

x + y + 2 = 0

b) x y 2 = 0

d)

x + y 2 = 0

25) Seja a função definida por f(x) = ax - b. Se f(-2) = - 7 e f(1) = 2, então a² - b² é igual a

a) 7

b) 8

c) 9

d) 10

26) Se uma função do primeiro grau é tal que f (100) = 780 e f (- 50) = 480, então é verdade que

a) f(-100) = 280

b) f(0) = 380

c) f(120) = 820

d) f(150) = 850

e) f(200) = 1560

27) Sabendo que a função y = mx + n admite 3 como raiz e f(1) = -8, calcule:

a) os valores de m e n:

b) f(10)

28) Uma fábrica de bolsas tem um custo fixo mensal de R$ 5000,00. Cada bolsa fabricada custa R$ 25,00 e é vendida por R$ 45,00. Para que a fábrica tenha um lucro mensal de R$ 4000,00, ela deverá fabricar e vender mensalmente x bolsas. O valor de x é:

a) 300

b) 350

c) 400

d) 450

e) 500

29) Uma função do 1° grau é tal que f(3) = 6 e f(4) = 8. Portanto, o valor de f(10) é:

a) 16

b) 17

c) 18

d) 19

e) 20

30) O coeficiente angular da reta que passa pelos pontos A(-1, 3) e B(2, -4) é

a) -1/2

b) -7/3

c) 3/2

d) 4/3

31) Se o coeficiente angular de uma reta é um núme- ro positivo, e o ângulo que essa reta forma com o eixo das abscissas é medido no sentido anti horário, do eixo para a reta, então é correto afirmar que esse ângulo é

c) nulo

a) obtuso

b) agudo

d) reto

MATEMÁTICA

32) O trabalhador A recebe a quantia de 15 reais por hora trabalhada mais 400 reais como abono. O traba-

lhador B recebe a quantia de 17 reais por hora traba- lhada mais 100 reais como abono mensal. Conside- rando que em certo mês eles trabalharam o mesmo número de horas e receberam o mesmo salário, pode- se afirmar que este salário foi de:

A)

R$ 2650,00

B) R$ 2700,00

C) R$ 3000,00

D)

R$ 2250,00

E) R$ 2550,00

1) 19

2) a = 3

GABARITO 3) x = 4

4) 6

5) x 2

6) a

7) d

b = 4 8) c

9) d

10) c

11) e

12) a

13) b

14) a

15) b

16) a

17) b

18) d

19) c

20) d

21) a

22) b

23) d

24) b

25) b

26) c

27) a) m = 4; n = -12

b) 28

28) d

29) e

30) b

31) b

32) a

PROFESSOR: Isidoro

1)

pág. 3

são

constantes, passa pelos pontos (0, 0) e (1, 2). Então

O gráfico de

f(x) =

x 2

+

bx

+

c, onde

b

e

c

f   3 2  

vale:

a)

2

9

1

b) 4

c)

2

9

d)4

e)

1

4

2) O ponto (k, 3k) pertence à curva dada por f(x) = x 2 2x + k; então, k pode ser:

a)

2

b) 3

c) 1

d) 4

e) 2

3) Considere o gráfico do trinômio y = ax 2 + bx + c, onde = b 2 4ac, e as seguintes afirmativas:

I. x1

 b  
b
 

2a

II. x2

III. y2

IV

b

2a 

4a

y1 c

 b   e x3  2a y y 1 x 1 x 2
b
e
x3
2a
y
y
1
x 1
x 2
y
x
2
x 3

Quantas são as afirmativas verdadeiras?

a)

0

b)3

c)1

d)4

e)2

4) O gráfico do trinômio do 2º grau y = ax 2 10x + c

é o da figura:

Podemos concluir que:

a)

b)

c)

d)

e)

a = 1 e c = 16 a = 1 e c = 10

a = 5

a = 1 e c = 10 a = 1 e c = 16

e c = 9

y 5 0 -9
y
5
0
-9
 1 e c = 10 a =  1 e c = 16 e c

x

5) A parábola de equação y

passa

pelo ponto 1, 0e seu vértice é o ponto de

coordenadas 3, v. A coordenada v é igual a

2x

2

 

bx

c

28.

b)

28.

c)

8.

d)

8

6) A função

metros) atingida por um projétil, t segundos após o disparo. A altura MÁXIMA atingida pelo projétil é de:

fornece a altura (em

h(t)

5t

2

100t



a) 600 m b) 550 m c) 500 m d) 450 m

MATEMÁTICA

7) Um soldado entrincheirado em um terreno hori- zontal lança uma granada, que parte do nível do solo e descreve uma trajetória que obedece à equação

, sendo x e y medidas em me-

tros. A distância entre o ponto de lançamento e o ponto atingido pela granada no solo, considerado como eixo x, é:

1

45

x

2

2

9

x

40

9

y  

a)

30 m

b) 40 m

c) 50 m

d) 60 m

8)

Uma função quadrática tem o eixo das ordenadas

como eixo de simetria. A distância entre os zeros da

função é de 4 unidades, e a função tem 5 como valor mínimo. Esta função é definida por:

a)

b)

y

y

5

4

5

4

x

x

2

2

20

20x

c)

d)

5

y

y

5 x

4

4

2

x

5

2

5x

9) A fórmula que define a função quadrática, cuja representação gráfica é uma parábola, cuja concavidade é voltada para baixo e que não intercepta o eixo das abscissas, é:

a) y = x 2 2x 1

c)

y = 3x 2x 2 2

b) y = 5x + x 2 + 7

d)

y = 6 x 2 5x

10) O gráfico que melhor representa a parábola da

função

y =

px

2 + px p , pR * , é

da função y = px 2 + px − p , p  R * ,

PROFESSOR: Isidoro

pág. 4

11) O valor máximo da função definida em por

Então o

f(x) mx

2

6x m, m

*

é

igual a

8.

valor de m é

 

a)

9

b) 8

c) 1

d) 3

12)

Considere a função f, de IR em IR, dada por f(x)

= 4x x 2 . Representando-a graficamente no plano cartesiano, obteremos:

y A) -4 0 x
y
A)
-4
0
x
y D) x 0 -2
y
D)
x
0
-2
y B) -4 0 x
y
B)
-4
0
x
y E) -2 2 x
y
E)
-2
2
x
y C) 0 4 x
y
C)
0
4
x

13) O intervalo no qual a função f(x) = x² - 6x + 5 é crescente é:

a)

x 5

b) 1x 5

c) x 1

d)

x 3

14) A função quadrática f assume seu mínimo quando

x = 2 e é tal que seu gráfico contém os pontos (-1, 0) e (0, - 5). O valor de f(4) é

a) 4

b) 5

c) 5

d) 4

15) A parábola na figura a seguir tem vértice no ponto

(- 1, 3) e representa a função quadrática f(x) = ax² + bx

+ c.

(- 1, 3) e representa a função quadrática f(x) = ax² + bx + c. Portanto,

Portanto, a + b é

a) - 3.

b) - 2.

c) - 1.

d) 0.

e) 1.

MATEMÁTICA

16) A equação da parábola que passa pelo ponto (-2,0)

e cujo vértice situa-se no ponto (1,3) é:

a) y = - x² + 2x + 8

b) y = - 3x² + 6x + 24

c) y = - x²/3 + 2x/3 + 8/3

d) y = x²/3 - 2x/3 8/3

e) y = x² + 2x + 8

17)

de maior ordenada, pertencente ao

gráfico da função real definida por fx3xx 1, é o par ordenado m,n. Então,

" m n " é igual a

a) 3 .

O

ponto

b)

3.

c)

5.

d) 5

18) Se f(x) = mx 2 + (2m 1)x + (m 2) possui um zero real duplo, então o valor de m é:

19)

a)

1

4

b)

3

5

c) 4

d) 5

Para que a função f(x) = (k 4) x 2 + kx (k 2) seja quadrática, deve-se ter k

a) 2

b) 0

c) 2

d) 4

20) Para que a função real f(x) = 2x 2 + (m 1)x + 1 tenha valor mínimo igual a 1, o valor de m deve ser:

a) 1 ou 2

d) 2

b) 2 ou 1

c) 1

21) Seja o gráfico da função definida por y = 2x² + 3x 2. O ponto do gráfico de menor ordenada tem coor- denadas

a

c

)

)

3

25

    

4

3

,

25 8 8

2

,

b

d )

)

3

4

3

2

,

,

1

1

     

22) As dimensões de um retângulo são numericamen- te iguais às coordenadas do vértice da parábola de equação y = 4x² + 12x 8. A área desse retângulo, em unidades de área, é a) 1. b) 1,5. c) 2. d) 2,5.

23) A potência elétrica P lançada num circuito por um gerador é expressa por P = 10i - 5i², onde “ i ” é a in- tensidade da corrente elétrica. Para que se possa obter

a potência máxima do gerador, a intensidade da cor-

rente elétrica deve ser, na unidade do SI ( Sistema

Internacional de Unidades), igual a:

a) 3

b) 2

c) 1

d) 0

PROFESSOR: Isidoro

pág. 5

24) A função do 2 o grau que descreve o gráfico abaixo é 2 6
24) A função do 2 o grau que descreve o gráfico abaixo
é
2
6
a)
f(x)
  x x
2
5x x
6
b)
fx fx
6
 x
x
2
6
c)
fx fx
2
    5x 5x   
 6
d)
x
2
3

25)

O gráfico da função quadrática y = x 2 + px + q tem uma só interseção com o eixo dos x. Então os valores de p e q obedecem à relação:

a)

p

2

q

q 2

4

p

2

d)

e)

q q

2

2

4p 4p



b)

c)

q

p

2

4

26)

a)

Uma função do 2º grau é tal que f(0) = 5, f(1) = 3 e f(1) = 9. Então f(2) vale:

0

b)

2

c)

3

d) 3

e) 5

27) Determine o valor de m para que o gráfico da fun- ção y = -x + 4 seja tangente ao gráfico da função y = x² - 9x + m:

a) 5

b) -5

c) 20

d) 15

e) 12

2

28) Os gráficos das

possuem um único ponto em comum. O valor de c é:

a)

1

f x

(

)

d)

1

2

x

5

e) 1

e g(x) 3x² c

1

b) 0

c)

5

5

15

29) A menor raiz da função f(x) = x² - 5x + 4 é

a

afirmação, na devida ordem, as palavras

a) par e par

b) par e ímpar

c) ímpar e par

d) ímpar e ímpar

maior

é

Completam

corretamente

e

a

30) Seja a parábola que representa a função y = kx² - x + 1. Os valores de k, para os quais essa parábola não intercepta o eixo das abscissas, são tais que

a) k > 1/4

b) k > -4

c) -4 < k < 1/4

d) -1/4 < k < 4

MATEMÁTICA

31) A função real f, de variável real, dada por f(x)= -x 2 +12x+20, tem um valor

a) mínimo, igual a -16, para x = 6

b) mínimo, igual a 16, para x = -12

c) máximo, igual a 56, para x = 6

d) máximo, igual a 72, para x = 12

e) máximo, igual a 240, para x = 20

32) Um retângulo tem lados 2x-1 e 8-x. Qual o valor máximo de sua área?

GABARITO

1-A

2-D

3-D

4-A

5-D

6-C

7-A

8-C

9-C

10-A

11-C

12-C

13-D

14-B

15-A

16-C

17-A

18-A

19-D

20-C

21-A

22-B

23-C

24-D

25-A

26-C

27-C

28-D

29-C

30-A

31-C

32) 225/8

 

PROFESSOR: Isidoro

1.

a)

b)

c)

d)

e)

f)

2.

a)

b)

c)

d)

e)

pág. 6

Resolver as inequações em :

3x + 2 < -x + 3

x + 3

2 < 3x 1 < 4

4 < 4 2x 3 < 3x 2

3x + 4 < 5 < 6 2x

x + 4

3

x

Resolver os sistemas de inequações em :

3

x

x

x

5

5

3

3

3

x

x

4

x

 

2

1

2

x

4

x

2

0

x

1

5

 

1

4

3

0

x

5

 

1

2

2

5

3

x

x

6

2

4

x x

x x  

 

4

1

2

0

x

x

3

x

2

3(

x

5

6)

4

2

0

1

2

2

3. Resolver a inequação

4. Resolver a inequação

x

x

2

x

2

2

1

0

0

.

x  

5. Resolver as inequações em R:

a)

b)

c)

d)

e)

f)

x

2

x 6

2

3

2

0 0

0

x x  

3

x

2

2

2

x 3 x 7

8

3

x  

2

x 4 x 3 x 5   3

3

x

2

0

0

0

6. Resolver a inequação: 4

x

2

12

.

4x

MATEMÁTICA

7. O número de valores inteiros de x para os quais se

verifica a inequação x² < 7x 6 é:

a) 3

b) 4

c) 5

d) 6

8.

Se

4x

9

7

 

x

3x

10

4

2x

3

, então:

5

(A)

(D)

x4

6 x7

(B) 4

(E) x7 x6

(C) 5 x6

9. A solução do sistema

3x

x

3

1

0 4x

6 é:

a) ]3, 7]

c) [7, 3[

b) [3, 7]

d) ]7, 3]

10. O maior número inteiro que satisfaz a inequação

a)

2

x

1

2

3

4

1

b)

1

2

3

2x

11. Resolvendo a inequação xR , obtemos

3

é

c)

2

d) 3

2x 64x 80 , para

a)

b)

2 2   x x   3 3

c)

6 x 1

d) 6 x 1

12. Dada a inequação 2 x < 3x + 2 < 4x + 1, o menor valor inteiro que a satisfaz é um número múltiplo de:

a) 3

 

c)

7

b) 2

d) 5

13.

A soma dos números inteiros x que satisfazem 2x

+1

x + 3

4x é:

a) 0

b) 1

c) 2

d) 3

e) -2

14.

A solução da inequação (x - 3)² > x - 3 é

a) x > 4

b) x < 3

c) 3 < x < 4

d) x < 3 ou x > 4

PROFESSOR: Isidoro

pág. 7

15. A quantidade de números inteiros positivos que

 

x

verificam as inequações 3 8

x  

e

x 20 10x

 

2

ao mesmo tempo, é

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

16. A expressão que completa o conjunto

S {xR /

},

solução das inequações:

x² 12x² 3 5x , é

a)

b)

2

x

1

2

1

2 x 2

c)

d)

x 3 2 x 2 ou

x

1

2

 

2

1

x

17)

O conjunto solução da inequação

x

1

0

> 0

é

 

x

0

1

dado por:

a)

] 0

, 2 [

b)

] -2 , 1 [

c)

] -2 , 1 [

] 1 , 2

[

d)

] -1 , 0 [

] 1

, 2 [

GABARITO

1)

a)

x<1/4

b) x-1/2

c)

-1/3 < x < 5/3

d)

1/2 x < 4

e) -1/3 < x

1

f) x < 1/3

2)

a)

x < -3

b) 3 x6

 

c) S =

d)

x5

e) 6 < x < 12

 

3)

S = R

4) S = { 1 }

 

5)

a)

x > 2 ou x < 1

b) -2 < x < 3

c) x -3 ou x 1/3

d)

S = R

e)

S = R

f)

S =

6)

4 < x 6

7) b

8) b

9) a

10) a

11) b

12) b

13) d

14) d

15) b

16) c

17) b

MATEMÁTICA

1)

Os esquemas seguintes mostram relações de A em B. Indique as relações que são funções:

de A em B. Indique as relações que são funções: 2) Determine o domínio das funções

2)

Determine o domínio das funções

 

3

x

2

a)

y =

x 6

b)

f(x) = 2 x  12

f(x) = 2x 12

 

c)

g(x) =

5 x  10
5
x 
10

4 x

 

x

5

d)

f(x) =

3  x
3  x

e)

g(x) =

g(x) = 6 x  3  3  x
6
6

x 3 3x

5 2x 1 f) f(x) = 1 g) f(x) = 3 x  2
5 2x 1
f) f(x) =
1
g) f(x) = 3
x
 2

PROFESSOR: Isidoro

3)

pág. 8

Identifique os gráficos que não podem represen- tar funções

os gráficos que não podem represen- tar funções 4) Ao comparar o valor de f(1) e

4) Ao comparar o valor de f(1) e f(1) da função f(x) = 5x 6 + 4x 2 + 3x 1, obtém-se:

a)f(1) < f(1)

c) f(1) > 2f(1)

b)f(1) = f(1)

d)

f(1) = 2f(1)

5) O conjunto imagem da função

f : R R definida

por

a) 0

f

(

x

)

b) 2

1

1

x

c) 1 2

c) 1 2

²

, contém o elemento:

d) -1

6)

se que, nos intervalos [-5, -2] e [-1, 2] de seu domí- nio, ela é, respectivamente,

Analisando o gráfico da função f da figura, percebe

[-5, -2] e [-1, 2] de seu domí- nio, ela é, respectivamente, Analisando o gráfico da

MATEMÁTICA

a) crescente e crescente

b) crescente e decrescente

c) decrescente e crescente

d) decrescente e decrescente

7) Se

f

(

n

)

n

  2

, se n é

 

 

n

2

par

1 , se n é ímpar

N N, então:

define uma função f:

a)f é apenas injetora;

b)f é bijetora;

c)f não é injetora nem sobrejetora;

d)f é apenas sobrejetora.

8) Os esquemas abaixo representam funções de A em

B. Identifique as que são injetoras, sobrejetoras ou bijetoras:

as que são injetoras, sobrejetoras ou bijetoras: PROFESSOR: Isidoro  pág. 9 9) A função f

PROFESSOR: Isidoro

pág. 9

9) A função f : A  , definida por

f(x)  x 2  4x  3, b)x a)x / / x x 
f(x)
x
2
4x
3,
b)x a)x / / x x   1ou 1ou x x   3 3

tem conjunto domínio A igual a:

d)x c)x / x / x   3 3 ou ou x x 11

10) Seja a função f, de IR em IR, definida por:

f(x) =

x

A soma f

2

x

1,

1, se

se

x

x

0

0

1

2

+ f(0) + f(1) é igual a:

a) 4

b) 5

c) 5,5

d) 6

e) 7,5

11) Seja o gráfico de uma função f:

5 c) 5,5 d) 6 e) 7,5 11) Seja o gráfico de uma função f: 12)

12) Considere o gráfico da função f :    e as

afirmativas a seguir:

I) D(f) =

II) Im(f) =

III) f(1) = f(1)

IV) f é crescente no intervalo [1, 3]. y 5 3 x -1 1 3
IV) f é crescente no intervalo [1, 3].
y
5
3
x
-1
1
3
5
f

MATEMÁTICA

Das quatro afirmativas:

a)

todas são verdadeiras;

b)

apenas uma é falsa;

c)

duas são falsas;

d)

apenas uma é verdadeira.

13)

Seja f :    a função definida por

f(x)

1

x

3

e g a função inversa de f. Então, g(2) é:

a)4

c)

3

b)1

d)

5

14)

O conjunto imagem da função f : Z  , defi-

nida por

f(x)

1

1

x

2

, contém o elemento:

1

a) 4

b)

1

5

c)

1

2

d)

1

3

15)

Considere os gráficos.

4 b) 1 5 c)  1 2 d)  1 3 15) Considere os gráficos.

Função I

c)  1 2 d)  1 3 15) Considere os gráficos. Função I Função II

Função II

 1 3 15) Considere os gráficos. Função I Função II Função III É (são) injetora(s)

Função III

É (são) injetora(s) a(s) função(ões):

a)I e III, apenas;

c) I, apenas;

b)III apenas;

d)

I, II e III.

16) Se f(x) = 2x 4 é uma função real, então f 1 (x) é igual a

a) 2x

b) 2 x

x 4

2

c)

d) 2x + 2.

17) Se f(2x + 1) = x² + 2x, então f(2) vale:

a) 5/4

b) 3/2

c) 1/2

d) 3/4

e) 5/2

18) Numa função temos f(0) = 3 e f(x+1) = f(x) +4, Cal- cule f(100).

a) 103

b) 104

c) 403

f(x)

c) 2.

=

d) 404 e)107 x 1   2x 1
d) 404
e)107
x 1 
 2x 1

d) 3.

. Os valores

inteiros do domínio de f são tais que seu produto é

igual a

a) 0.

19)

Seja a função

b) 1.

PROFESSOR: Isidoro

20)

pág. 10

A função f: IN IN, definida por f(x) = 3x + 2,

a) é apenas injetora.

b) é apenas sobrejetora.

c) é injetora e sobrejetora.

d) não é injetora e nem sobrejetora.

21)

Sejam f e g duas funções reais inversas entre si. Se f(x) = 3x 2, então g(1) é igual a

a) 0.

b) 1.

c) 2.

d) 3.

22) Seja f uma função definida no conjunto dos

números naturais, tal que f(x + 1) = 2f(x) + 3. Se f(0) = 0, então f(2) é igual a

a) 9.

b) 10.

c) 11.

23) O domínio da função real

f

x

a)

b)

c)

d)

x

x

x

x









/ x

/ x

/ x

/ x

1

 3 e x 3 e x

3 e x

2

 2  

1

1

2



3 e x

 2 1  

.

.

.

d) 12. x  3 4x  2 é
d) 12.
x
3
4x
 2
é

24) Determine a imagem da função f : R {3}R ,

f

a)

c)

(

x

)

2

x

1

x 3

R R {1/ {2} 2}

d) R R {3} {1/3}

b)

25) Seja

f

x

x

5

12

x

1

x

9

5

x

1

x

a)

b)

  0,11,5

. O domínio de f é

c)

d)

*

*

 

1,

1,

 

5

26) O gráfico de uma função f é o segmento de reta

a

que une os pontos 3,4e 3,0. Se

função inversa de f, então f

b)

a) 2

f

1

é

1

2

c)

é

3

2

3

d) 2

0

MATEMÁTICA

27) Seja f:    uma função. O conjunto dos pontos

de intersecção do gráfico de f com uma reta vertical

a)

é não enumerável.

b)

possui um só elemento.

c)

possui exatamente dois elementos.

d)

possui, pelo menos, dois elementos.

28) A função g: [5, 5] B tem como imagem o con- junto I = [20, 30]. Para que ela seja sobrejetora é ne- cessário que B seja igual ao intervalo

a) [5, 20].

b) [5, 20].

29)

Seja a função:

c) [5, 30].

d) [20, 30].

1, se x

x

2

2 ou

1

x

3

x

3

, se x

f(x)  

1 2 e x

f(3) f(1) é:

a)

b)

3

2

1

2

;

;

3

. O valor da razão

c)

d)

1

2

3

2

;

.

30) Uma função real f tem a propriedade f(x+1) = x² + 2. O valor de f(3) é

a) 3.

b) 4.

c) 5.

d) 6.

31) Considerando D = [0, 10] o domínio de uma fun- ção y= f(x), um gráfico que poderia representá-la é

ção y= f(x), um gráfico que poderia representá-la é 32) A função inversa da função f(x)

32) A função inversa da função f(x) = (x - 1)/2 é

a) 2x + 1

b)

c)

d) (x + 1)/2

2x - 1 2/(x - 1)

33) Se a função f é definida por f (x) = 2x³ - 1, então, a soma S = f (0) + f (- 1) + f (1/2) é igual a

a) - 3/4

b) - 15/4

c) - 17/4

d) - 19/4

PROFESSOR: Isidoro

pág. 11

- 15/4 c) - 17/4 d) - 19/4 PROFESSOR: Isidoro  pág. 11 36) Para que

36) Para que uma função seja invertível, é necessário que ela seja

a) sobrejetora e positiva

b) bijetora e positiva

c) apenas bijetora

d) apenas injetora

37) Determine m, de tal modo que Im = [4, +) seja a imagem da função real y = 3x 2 + 2x + m 1

a)

3

8

b)

8

3

c)

3

8

d)

8

3

e)

1

5

38) Seja a função f (x) ax b e sua inversa

. A função f (x) passa pelo ponto (1, -5) e a

passa pelo ponto (1, 0). Determine o

f

1

(x)

função

valor de a :

a) -4

f

(x)

b) -5

1

c) -6

d) -7

39) Determine A para que a função f :IRA defi- nida por f(x) = x 2 + x 2 é seja sobrejetiva:

a) ;2

d)

7

4

; 

b) 2;

e)

  4

7

;

c)

  ;

7

4

40)

Considere

a

função

f : R R ,

tal

que:

f

(

x

1, se x é racional

) 

1 se x é irracional

O valor de

f  

  2

+ f + f 2,13- f 2+

 2  + f    + f  2,13  - f 

1

f 3,14é:

a) 0

b) 1

c) 2

d) 3

e) 4

MATEMÁTICA

41) Considerando que o domínio de uma função é o maior subconjunto de R constituído por todos os valores que podem ser atribuídos à variável indepen-

dente, o domínio da função h(x)

a) R*

c) b) d) {xR {xR R {4} / / x x  4} 4}

{ x  R { x  R R  {4} / / x x 

x 4 é

42) Seja a função f de R -{3} em R -{1}, definida por

, Pela inversa de f, o número 5 é ima-

x

x 3

3

f

(

x

)

gem do número

a) 1/4

b) 1/3

c) 4

d) 3

1- a, b, d

d) x 3

GABARITO

e) 2- 3 a) x x 6 3 b) f) R x 6 g) c) x 2 x 2 e x 4

3)

b, d

4) c

5) c

6) b

7) d

8- a) sob

 

b)

bij

c) nem sob. nem inj.

d) inj

e) sob

f) bij

9) d

10) b

11) a

12) b

13) d

14) b

15) b

16) c

17) a

18) c

19) a

20) a

21) b

22) a

23) a

24) a

25) d

26) b

27) b

28) d

29) d 30)d

31) b

 

32) a

33) d

34) d

35) a

36) c

37) b

38) c

 

39) e

40) d

41) d

42) c

PROFESSOR: Isidoro

pág. 12

1) Resolva as equações e inequações modulares:

a

)

3 1

x

2

b

)

4 5

x

 

0

c

)

x

2

5

x

5

d

)

2

x

3

1

e

)

2

x

5

3

1

2) Resolvendo, em

obtemos o seguinte conjunto solução:

a)

c)

R,

a equação

2,

2

2

b) 2, 8

d)

  

2

3

,

8

  

2

3

,

3)

A equação

x

2

x  

6

0

2x 3

x

5