Você está na página 1de 32

Processo Seletivo 2016

001. prova objetiva e redação

medicina

  Confira seus dados impressos na capa e na última folha deste caderno, a qual é destinada à realização do texto definitivo de
sua redação.
  Assine com caneta de tinta azul ou preta a Folha de Respostas e a Folha de Redação apenas nos locais indicados.
  Esta prova contém 80 questões objetivas e uma proposta de redação, que deverá ser redigida com caneta de tinta azul ou
preta na Folha de Redação, no espaço destinado ao texto definitivo.
  Para cada questão, o candidato deverá assinalar apenas uma alternativa na Folha de Respostas, utilizando caneta de tinta
azul ou preta.
  Encontra-se neste caderno a Classificação Periódica, a qual, a critério do candidato, poderá ser útil para a resolução de questões.
  Esta prova terá duração total de 5h e o candidato somente poderá sair do prédio depois de transcorridas 3h45, contadas a
partir do início da prova.
  Ao final da prova, antes de sair da sala, entregue ao fiscal a Folha de Respostas, a Folha de Redação e o Caderno de Questões.

Nome do candidato

Prédio Sala Carteira Inscrição

04.12.2015
FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 2
Leia o poema de Luís de Camões para responder às ques- Leia o trecho do romance Memórias póstumas de Brás
tões 01 e 02. Cubas, de Machado de Assis, para responder às questões
de 03 a 05.
Tanto de meu estado me acho incerto
que, em vivo ardor, tremendo estou de frio; Começo a arrepender-me deste livro. Não que ele me
sem causa, justamente choro e rio; canse; eu não tenho que fazer; e, realmente, expedir alguns
o mundo todo abarco e nada aperto. magros capítulos para esse mundo sempre é tarefa que dis-
trai um pouco da eternidade. Mas o livro é enfadonho, cheira
a sepulcro, traz certa contração cadavérica; vício grave, e
É tudo quanto sinto um desconcerto;
aliás ínfimo, porque o maior defeito deste livro és tu, leitor.
da alma um fogo me sai, da vista um rio;
Tu tens pressa de envelhecer, e o livro anda devagar; tu
agora espero, agora desconfio, amas a narração direita e nutrida, o estilo regular e fluente,
agora desvario, agora acerto. e este livro e o meu estilo são como os ébrios, guinam à
direita e à esquerda, andam e param, resmungam, urram,
Estando em terra, chego ao Céu voando; gargalham, ameaçam o céu, escorregam e caem…
num´hora acho mil anos, e é jeito E caem! – Folhas misérrimas do meu cipreste, heis de
que em mil anos não posso achar um´hora. cair, como quaisquer outras belas e vistosas; e, se eu tivesse
olhos, dar-vos-ia uma lágrima de saudade. Esta é a grande
Se me pergunta alguém por que assi ando, vantagem da morte, que, se não deixa boca para rir, também
respondo que não sei; porém suspeito não deixa olhos para chorar… Heis de cair.
que só porque vos vi, minha Senhora. (Memórias póstumas de Brás Cubas, 2008. Adaptado.)

(Sonetos de Camões, 2007.)

QUESTÃO  03
QUESTÃO  01 Verifica-se neste trecho um recurso estilístico bastante em-
No poema, o eu lírico diz estar pregado por Machado de Assis em sua prosa. Trata-se

(A) no domínio de seu equilíbrio e de sua razão. (A) da defesa do texto enfadonho como procedimento literá-
rio autêntico.
(B) orientado e estimulado pelos sentidos e pela razão.
(B) da idealização da morte como possibilidade de se livrar
(C) intensamente concentrado na tarefa de escrever o poema. dos sofrimentos da vida.
(D) em um estado de alma conturbado e oscilante. (C) da conversa direta com o leitor sobre o processo de pro-
dução do texto.
(E) apático, sem estímulos emocionais significantes.
(D) da defesa da pressa como procedimento adequado às
cidades que, em sua época, cresciam rapidamente.
QUESTÃO  02
(E) do pendor do autor pelo formato gótico, soturno, represen-
Uma característica que faz o poema de Camões remeter às tado no texto pelas palavras “sepulcro” e “cadavérica”.
cantigas medievais é

(A) a métrica que utiliza refrão e paralelismo entre os versos.


QUESTÃO  04
(B) a presença da metalinguagem entre as discussões temá-
O narrador do romance
ticas do texto.
(A) reconhece que o maior defeito do livro é ele ser enfado-
(C) a utilização frequente de antíteses para dar ênfase à in-
nho, com aspectos cadavéricos.
tensidade dos sentimentos.
(B) considera a pequena extensão dos capítulos um grave
(D) a postura cortês e respeitosa do eu lírico masculino em
problema, e desculpa-se por isso.
relação à mulher amada.
(C) enumera diferentes tipos de leitor, e escolhe aquele que
(E) a adoção formal do soneto e da métrica decassílaba para
seria mais hábil para ler do livro.
os versos.
(D) ignora os problemas internos de seu livro, atribuindo to-
dos os problemas ao leitor.

(E) afirma haver um grande descompasso entre a pressa do


leitor e o ritmo do livro.

3 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  05 QUESTÃO  07

Um sinônimo para a palavra “ébrio” é “bêbado”. O narrador Segundo o texto, Bertolt Brecht
afirma que seu estilo se assemelha aos ébrios na medida em
(A) escreveu peças de teatro centradas na discussão das
que
possibilidades políticas da radiotransmissão.
(A) o andar do ébrio é cheio de interrupções e desvios.
(B) imaginou, a partir do avanço técnico da radiotransmis-
(B) o livro apresenta uma visão distorcida do mundo. são, possibilidades para avanços socioculturais.

(C) beber em doses moderadas pode tornar mais claros cer- (C) elaborou uma teoria sobre como poderiam ser aperfeiço-
tos aspectos da vida. adas tecnicamente as transmissões de rádio.

(D) assim como os ébrios morrerão, o narrador já está morto. (D) ajudou a criar e a divulgar os meios técnicos necessários
para a radiotransmissão.
(E) o homem ébrio é decidido, sempre disposto a mais um
copo de bebida. (E) utilizava aparelhos de radiotransmissão para divulgar
suas ideias marxistas.

QUESTÃO  06
QUESTÃO  08
A palavra “misérrimo” é o grau superlativo do adjetivo “míse-
ro”. Outro adjetivo que tem o superlativo com a terminação “Seria o alargamento e a consolidação do ideal iluminista de
- érrimo é: esfera pública burguesa […].”

(A) doce. O verbo “seria” está em um tempo verbal que indica

(B) sábio. (A) uma dúvida do autor do texto sobre o momento em que
os fatos efetivamente ocorreram.
(C) célebre.
(B) um estado permanente, constante, que se estende do
(D) baixo. passado ao futuro.
(E) belo. (C) o cuidado do autor para questionar fatos sobre os quais
paira uma dúvida.

Leia o texto de Marcos Dantas para responder às questões (D) uma hipótese futura, ainda incerta, em relação ao tempo
de 07 a 10. sobre o qual se fala no texto.

(E) a certeza sobre o futuro dos fatos narrados pelo autor do


Uma utopia democrática texto.
Nas décadas de 1910 e 1920, alguns milhares de pes-
soas, a maioria nos Estados Unidos, puseram-se a montar e
usar equipamentos de radiotransmissão, passando a trocar QUESTÃO  09
mensagens sobre tudo, através das ondas hertzianas. Mon-
“Brecht vislumbrou aí a possibilidade de se instaurar uma
tar um equipamento era relativamente fácil: bastava comprar
esfera pública cidadã.”
os componentes no comércio varejista e seguir as instruções
divulgadas em revistas especializadas. “Entrar no ar” era um No contexto apresentado, a palavra destacada é um verbo
ato individual, inteiramente livre.
(A) transitivo direto e indireto.
Essa liberdade de acesso ao espectro eletromagnético
levou o dramaturgo marxista alemão Bertolt Brecht a formu- (B) transitivo indireto.
lar uma “teoria do rádio” que propunha dotar todas as resi-
(C) intransitivo.
dências com aparelhos emissores-receptores, pelos quais
os indivíduos (cidadãos) poderiam manter relações políticas (D) de ligação.
e culturais entre si, construindo uma espécie de assembleia
popular permanente. (E) transitivo direto.
Brecht vislumbrou aí a possibilidade de se instaurar uma
esfera pública cidadã. Seria um espaço, sustentado numa
infraestrutura técnica, no qual os indivíduos cidadãos pode-
riam intervir, na condição de produtores diretos e autônomos
de cultura. Seria o alargamento e a consolidação do ideal
iluminista de esfera pública burguesa, agora expandida para
toda a sociedade democrática. Seria, pois, a radicalização da
democracia.
(A lógica do capital-informação, 2002. Adaptado.)

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 4
QUESTÃO  10 countries are now caused by noncommunicable diseases
and injuries. Even in wealthy countries, most funding goes to
“Essa liberdade de acesso ao espectro eletromagnético levou those diseases and injuries that kill people rather than much
o dramaturgo marxista alemão Bertolt Brecht a formular uma more common conditions that cause long-term illness and
“teoria do rádio” que propunha dotar todas as residências disability. And maladies are usually addressed one by one, if
com aparelhos emissores-receptores […].” at all, rather than as a cluster.
A oração destacada no período exerce função de India, where life expectancy at birth is now 66 years
old, exemplifies all these trends. Deaths from tuberculosis,
(A) adjetivo. pneumonia, diarrheal diseases and preterm birth
(B) advérbio. complications have all fallen sharply – in total, these diseases
today kill fewer than 2 million Indians annually, according to
(C) verbo. Global Burden estimates. Meanwhile, in 2013, approximately
239 million Indians were migraine sufferers, 60 million had
(D) conjunção.
diabetes, 37 million had anxiety disorders and 26 million had
(E) substantivo. osteoarthritis. Yet people with these conditions – and often all
of them at once – have gotten little aid or attention. …
Karl Hofmann’s nonprofit, PSI, which supports 15,000
Read the following text to answer questions 11 through 20. health care providers in 65 countries, has expanded its
offerings in the last decade to include screenings for
Lives Grow Longer, and Health Care’s Challenges Change hypertension, cervical cancer and gender-based violence
along with childhood vaccinations and family planning
Jeremy N. Smith services. Still, Mr. Hofmann observed, someone entering even
July 16, 2015 the best health clinic or hospital with multiple chronic sources
If you’re living with multiple ailments, you’re not alone. of disability is unlikely to have all of his or her conditions
According to an analysis published last month in the British addressed comprehensively – in India or in the United States.
medical journal The Lancet, 2.3 billion people, almost one-third “The transcendent challenge in the coming decades is trying
of humanity, suffered from five or more health problems in 2013. to deal with the human reality of the health consumer, or
More than 80 percent of those people were younger than 65 patient, rather than the vertical, disease-specific issues.”
years old. And between 1990 and 2013, the number of people The longer the status quo continues, the greater the
in developed countries who suffered from 10 or more ailments cost – both human and financial. “This is a major societal
increased by 52 percent. challenge,” said Dr. Atun of Harvard. “It puts pressure on not
These figures, based on some 36,000 sources of health just the health systems, but also the entire economy.” Given
data gathered for an international study called the Global how many people are suffering from simultaneous health
Burden of Disease, are only approximate. But they provide problems, and the resultant loss of productivity to society, “the
the most complete picture yet of a global population’s need issue is not whether or not, but how rapidly can we transition
for increasingly complex care. Two or three generations ago, health systems,” he concluded.
communicable diseases and problems in pregnancy and Policy makers, public health professionals and physicians
early childhood were the leading health concerns in all but can take inspiration from their remarkable past triumphs.
the wealthiest countries. Now, after decades of economic Globally, age-standardized death rates fell 24 percent between
development, rising aid money for health, and medical 1990 and 2013. If new programs can reduce nonfatal ailments
advances, these problems predominate only in sub-Saharan at the same rate over the next two decades, billions of people
Africa, and life expectancy averages 71 years worldwide. But will benefit for a lifetime.
progress carries a price: The longer people live, the more (www.nytimes.com. Adapted.)
health problems – and simultaneous health problems – they
tend to suffer. QUESTÃO  11
The most common ailments worldwide include iron- According to the text,
deficiency anemia, hearing loss, low back pain and diabetes,
each affecting more than 400 million people, according to (A) in spite of its recent developments, India has yet to solve
the study. How many health clinics, charities, governments major health problems leading many millions to death
or global public health agencies are prepared to diagnose from diseases like tuberculosis.
and treat a deaf person suffering from diabetes, anemia and (B) ailments like diabetes, lower back pain, and deafness are
low back pain, for decades? “The transition in terms of illness still prevalent in the poorest countries, such as those in
patterns has happened very quickly, but the health system sub-Saharan Africa.
transition has not,” said Dr. Rifat Atun, director of the global
health systems cluster at the Harvard T.H. Chan School of (C) although medicine has advanced considerably in the last
Public Health. “We have individuals from a very young age decades, health systems all over the world can’t cope
living with an illness, disease or disability for 30, 40, or 50 adequately with multiple chronic diseases.
years – and they will have not just one, but multiple conditions,
(D) whether in rich countries, like the United States, or in poor
and multiple consequences of these conditions. And health
ones, like India, a high number of people still die from
systems are not really set up to manage this.”
communicable diseases.
In low - and middle - income countries, aid efforts and
government programs still concentrate almost exclusively (E) a high percentage of people over 65 suffer from multiple
on communicable diseases and problems of pregnancy and diseases at the same time, mainly in poor continents like
early childhood, though close to 75 percent of deaths in these Africa.
5 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  12 QUESTÃO  15

The first sentence of the text, “If you’re living with multiple The fourth paragraph points to the fact that
ailments, you’re not alone.” implies that
(A) in poor countries, most people still die from transmittable
(A) a large number of young people are dying from diseases diseases, due to lack of investments.
that can be cured.
(B) only rich countries have health systems that care for
(B) many people suffer from several diseases at the same people with long-term diseases.
time.
(C) even in rich countries, transmittable diseases can still
(C) people prefer to be left by themselves when they are sick. cause long-term disability.

(D) billions of people have recently died from preventable (D) most children in low - and middle - income countries die in
diseases. their first years of life.

(E) people in rich countries still die from many different (E) there is a paradox in how countries spend money on their
diseases. health systems.

QUESTÃO  13 QUESTÃO  16

The second paragraph points out to the fact that The emphasized expression in the first sentence of the fifth
paragraph, “India, where life expectancy at birth is now 66
(A) even in poor countries like those in Africa life expectancy
years old, exemplifies all these trends” refers to the fact that
is above 70 years of age.
(A) many millions of Indians now suffer from illnesses
(B) basic health problems in early childhood still happen in
common in rich countries, such as migraine and diabetes.
most parts of the world.
(B) the new life expectancy in India, which has recently
(C) money spent in public health still tends to promote
increased to that of above 65 years, is the same as in rich
available treatments in rich countries.
countries.
(D) as life expectancy grows so does the number of people
(C) the contrasting issues on the relationship between money
with several diseases at the same time.
spent and available health care for most of the population.
(E) a recent study has come up with the exact number of
(D) most Indians are killed by serious diseases that could
people who are living longer.
be prevented if money were spent appropriately by the
government.

QUESTÃO  14 (E) the number of people who die from tuberculosis,
pneumonia and similar diseases is still huge.
The main issue shown in the third paragraph is that

(A) health systems all over the world are not ready to cope
with people with multiple diseases at the same time and QUESTÃO  17
who are living longer.
In the excerpt from the sixth paragraph, “to include screenings
(B) many people as young as 30 or 40 years of age already for hypertension, cervical cancer and gender-based violence
have diseases like back pain and diabetes, which are along with childhood vaccinations…”, the word “screenings”
hard to treat in young people. could be replaced, with no change in the sense of the
paragraph, by
(C) only health systems in rich countries, as those mentioned
in the Harvard study, have developed quickly enough to (A) doctors.
handle the present situation.
(B) examinations.
(D) certain health clinics may not accept patients if they have
(C) medicines.
several different diseases such as a patient with back
pain, who also suffers from diabetes. (D) information.

(E) diabetes and anemia, although common all over the (E) supervision.
world, can now be dealt with in a wide variety of settings,
such as private and public healthcare providers.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 6
QUESTÃO  18 QUESTÃO  21

In the sixth paragraph, Mr. Hofmann makes it clear that A queda do Império Romano do Ocidente representou a
desagregação do quadro político do Estado, cujo aparato admi-
(A) in most countries helped by his nonprofit organization,
nistrativo e militar entrou em colapso no século V. A organização
PSI, there are now clinics where patients are cared for
social da época tardia persistiu, com a permanência de institui-
multiple diseases.
ções como o patrocínio e o colonato. A economia existente no
(B) his nonprofit organization has helped poor countries, século IV não sofreu de imediato uma grande transformação.
such as India, to treat multiple diseases at the same time. Ao lado dos dominadores bárbaros, a velha aristocracia romana
de latifundiários manteve boa parte de seus privilégios. A força
(C) if children receive appropriate vaccination, they won’t militar dos bárbaros contribuiu para perpetuar a exploração da
have multiple diseases later in life thus putting a burden massa de colonos, ligando-os estreitamente à terra e submeten-
on the health system. do-os a seus senhores ou seus bispos.
(D) whether in rich or poor countries, medical care still focuses A Igreja garantiu um mínimo de unidade cultural no então
more on diseases than on patients themselves. fragmentado mundo ocidental.
(Maria Luiza Corassin. Sociedade e política na Roma antiga, 2001.)
(E) some diseases, such as hypertension and cervical cancer
are the most common ones and have to be treated first. Para a historiadora, houve

(A) uma radical transformação política com a organização de


exércitos bárbaros, que se mostraram incapazes de de-
QUESTÃO  19
fender as fronteiras do Império Romano.
In the seventh paragraph, Harvard’s Dr. Atun emphasizes the
(B) uma transição da economia agrária romana, fundamenta-
fact that that society has to change to cater for
da na grande propriedade, para a atividade mercantil de
(A) the situation in which people will be sick from different colonos bárbaros, submetidos aos senhores.
ailments for a long time rather than die quickly from more
(C) uma tentativa fracassada de manter a identidade cultural
serious diseases.
do Império Romano, uma vez que a Igreja latina triunfou
(B) the transition required in companies, if they are to continue sobre a religião dos cristãos e dos bárbaros.
productive, even when employees get older and sicker.
(D) um lento processo de assimilação de instituições roma-
(C) the constant loss in productivity which can be caused nas, como a estrutura militar, e de costumes bárbaros,
by people who are sick for a long time and can’t work como a servidão dos camponeses.
regularly as they used to.
(E) uma relativa continuidade nas formas de dominação so-
(D) the fact that people are going to get sick more often and cial após a queda do Império Romano, apesar da des-
thus be absent from work, reducing corporate profits. centralização do poder nos reinos bárbaros.

(E) the new economic trends in relation to the health systems


in every country, whether rich or poor ones.

QUESTÃO  20

The excerpt from the first sentence in the last paragraph,


“remarkable past triumphs” emphasizes the idea of

(A) defeat.

(B) irony.

(C) neutrality.

(D) complaint.

(E) praise.

7 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  22 QUESTÃO  24

O íntimo é gradualmente incluído no visível. Essa limpeza Modelo de sucesso no Brasil dos anos 1870, as teorias
triunfa com a França clássica [século XVII], a ponto de lan- raciais fariam no estrangeiro, nesse contexto, poucos segui-
çar mão de todos os recursos do espetáculo. Práticas de corte dores. Já nos anos 1930, a situação como que se inverte.
multiplicando os signos do traje, explorando a sobreposição Nos Estados Unidos e principalmente na Europa é a partir
sábia dos tecidos, rendas tornando mais leves e prolongando desse momento que, a despeito da crítica teórica culturalista,
o “debaixo” do traje, texturas da roupa-branca [roupa de baixo], tomam força certos modelos raciais de análise social, como é
enfim, jogando com a variedade dos tons e a fineza das tramas o caso do arianismo na Alemanha, ou do recrudescimento de
para orquestrar sutis distinções sociais. uma política de segregação nos EUA.
(Georges Vigarello. O limpo e o sujo: uma história (Lilia Moritz Schwarcz. O espetáculo das raças, 1993.)
de higiene corporal, 1996. Adaptado.)
A partir do excerto, é correto afirmar que:
A partir do excerto e de conhecimentos sobre o contexto polí-
tico da França no século XVII, é correto afirmar que a limpeza (A) no Brasil e nos Estados Unidos, a existência da escravi-
do corpo esteve relacionada dão na época colonial estimulou políticas racistas, supe-
radas depois de prolongadas guerras civis; na Europa, o
(A) à grande mobilidade social sob o governo do Rei Sol, arianismo culminou na perseguição às minorias religio-
quando a roupa de baixo tornou-se igual para os esta- sas e aos ciganos.
mentos.
(B) no Brasil, as teorias raciais justificaram a imigração euro-
(B) ao triunfo do liberalismo, que defendia a encenação tea- peia para embraquecer a população; na Europa, aumen-
tral da higiene da classe dominante, a nobreza. taram o antissemitismo, cujo ápice ocorreu na Alemanha
nazista; nos Estados Unidos, levaram à violência contra
(C) aos valores do absolutismo, que priorizava a vida privada
os negros.
e a intimidade, ao contrário da ostentação da burguesia.
(C) no Brasil, o racismo desenvolveu-se somente após a
(D) à queda do Estado burguês, que permitiu à realeza impor
abolição da escravatura; na Europa, legitimou o colonia-
sua visão de que o asseio aumentava a força física.
lismo mercantilista na África; nos Estados Unidos, criou
(E) aos privilégios sociais vigentes no Antigo Regime, em um regime de isolamento de hispânicos e negros em
que os rituais da corte eram exibidos em público. guetos nas cidades.

(D) no Brasil e na Europa, as teorias raciais sofreram críticas


QUESTÃO  23 de intelectuais baseados no darwinismo social; nos Es-
tados Unidos, o movimento negro alcançou seu objetivo
O Império brasileiro realizara uma engenhosa combina- de conceder direitos aos escravos no final da Guerra de
ção de elementos importados. Secessão.
Todas essas importações serviam à preocupação central
(E) nos Estados Unidos e na Europa, o racismo consoli-
que era a organização do Estado em seus aspectos político,
dou-se com a aprovação de leis segregacionistas, nas-
administrativo e judicial.
cendo o apartheid; no Brasil, por outro lado, medidas
(José Murilo de Carvalho. A formação das almas, 1990. Adaptado.) de integração do início da República geraram uma ver-
Tal Estado tinha como funções dadeira democracia racial.

(A) promover os princípios federalistas, dominantes entre as


elites, e desenvolver uma consciência nacional baseada
nos valores liberais europeus.

(B) alterar a estrutura econômica, então dependente do ca-


pital britânico, e criar uma corte necessária à legitimação
do poder político do imperador.

(C) garantir a unidade política do país, contra as pretensões


autonomistas, e manter a ordem social fundamentada no
latifúndio e na escravidão.

(D) transformar a administração, por meio de uma burocra-


cia culta, e estabelecer um sistema jurídico defensor da
igualdade e da liberdade social.

(E) restringir a cidadania política, com a revogação do voto


censitário, e favorecer a integração de elementos cultu-
rais europeus, africanos e indígenas.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 8
QUESTÃO  25 QUESTÃO  27

Examine dois anúncios publicados na revista O Cruzeiro em Observe o gráfico.


janeiro e novembro de 1959.

(www.cartainternacional.abri.org.br)

De acordo com o gráfico, os investimentos chineses em paí-


ses da África Subsaariana têm aumentado de forma expres-
siva. Assinale a alternativa que apresenta uma correta justifi-
(http://cpdoc.fgv.br)
cativa para tal aumento.
Os anúncios remetem ao modelo econômico que se esten-
(A) Uma das prioridades dos investimentos chineses na Áfri-
deu aos anos 70, associado
ca é a obtenção de mão de obra barata para o desenvol-
(A) à influência do american way of life e à hegemonia da indús- vimento da indústria na China.
tria leve.
(B) Um dos motivos dos investimentos chineses na África é
(B) à qualificação da mão de obra e à ênfase na agricultura a obtenção de recursos naturais que possam sustentar a
de exportação. forte urbanização vivida pela China.

(C) à entrada de multinacionais e à anulação das disparida- (C) Uma das prioridades dos investimentos chineses na Áfri-
des regionais no país. ca é a possibilidade de emancipação do território chinês
para além de suas fronteiras.
(D) ao predomínio do capital estrangeiro e ao elevado endi-
vidamento externo. (D) Um dos objetivos dos investimentos chineses na África é
a ampliação dos vínculos econômicos com as nações so-
(E) à importação de tecnologia industrial japonesa e ao pro- cialistas presentes no continente africano, com as quais
cesso de deflação. partilham preceitos ideológicos.

(E) Uma das explicações para os investimentos chineses na


QUESTÃO  26 África é a maior capacidade produtiva das indústrias de
bens de capital africano, que possuem enorme suporte
Desde que passaram a existir, as cidades surgiram da institucional.
concentração geográfica e social de um excedente de pro-
dução. Os excedentes são extraídos de algum lugar ou de
alguém, enquanto o controle sobre o uso desse lucro acumu-
lado costuma permanecer nas mãos de poucos.
(David Harvey. Cidades Rebeldes: do direito à cidade
à revolução urbana, 2014. Adaptado.)

O autor descreve um processo que contribuiu para a segmen-


tação da sociedade, originando as

(A) classes sociais.

(B) estruturas hierárquicas.

(C) esferas de poder.

(D) periferias urbanas.

(E) estratificações etárias.

9 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  28 QUESTÃO  30

Analise a charge do cartunista Jean.

(painelsocioambiental.blogspot.com.br)

Na charge, o autor procura debater


(http://atlasambiental.prefeitura.sp.gov.br. Adaptado.)
(A) a exploração do trabalho na colheita da cana-de-açúcar
para a produção do álcool. A análise do mapa permite afirmar que
(B) a produção de biocombustível em substituição dos com- (A) as partes mais altas e acidentadas estão localizadas nas
bustíveis fósseis. extremidades, classificadas como sedimentos terciários
da Bacia de São Paulo.
(C) a inovação das máquinas de colheita da cana-de-açúcar
para produção do álcool. (B) as partes mais altas e acidentadas estão localizadas na
região central, classificadas como cobertura aluvial e co-
(D) a industrialização do campo pelo agronegócio, permitin-
luvial quaternária.
do uma maior produtividade da cana-de-açúcar.
(C) as partes mais altas e acidentadas estão localizadas nas
(E) a incorporação de novas leis trabalhistas, garantindo
extremidades, classificadas como embasamento pré-cam-
mais direitos aos trabalhadores do campo.
briano.

(D) as partes mais planas estão localizadas junto aos cursos


QUESTÃO  29 dos rios, classificadas como sedimentos terciários da Ba-
cia de São Paulo.
Na troposfera, alguns gases como dióxido de carbono e o
metano, além do próprio vapor de água, retêm a radiação (E) as partes mais planas estão localizadas nas extremida-
infravermelha advinda do Sol, permitindo que a temperatura des, classificadas como embasamento pré-cambriano.
média da terra seja de aproximadamente 15 oC, o que garan-
te a existência da própria vida na Terra. O fenômeno atmos-
férico descrito é conhecido como

(A) ilha de calor.

(B) inversão térmica.

(C) aquecimento global.

(D) frente fria.

(E) efeito estufa.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 10
QUESTÃO  31 QUESTÃO  33

Intolerância à lactose do tipo congênita é um distúrbio diges- Analise o seguinte experimento:


tivo de herança autossômica recessiva caracterizado pela
deficiência na produção da enzima lactase. 1o momento: duas diferentes cepas de bactérias mutantes
foram descritas de acordo com sua capacidade de sobrevi-
Sobre esse distúrbio digestivo, é correto afirmar que vência e crescimento em um meio de cultura mínimo com ou
(A) também é conhecido como alergia à proteína do leite, e sem determinados nutrientes.
não pode ser considerado hereditário uma vez que apre-
senta herança recessiva.

(B) se não tratada e houver ingestão de leite ou derivados, pode


levar a edema de glote e, consequentemente, à morte.

(C) ingerindo lactase, o paciente intolerante à lactose poderá se


alimentar de derivados do leite, porque sua capacidade de
digerir a gordura láctea estará reestabelecida.

(D) os sintomas mais comuns incluem dor e distenção abdomi-


nal, diarreia, flatulência, câimbras, gases, náusea e vômito.

(E) afeta crianças e adultos e os níveis de glicose no plasma do


paciente afetado são alterados após a ingestão de lactose
em jejum.

2o momento: as cepas mutantes 1 e 2 foram colocadas juntas


QUESTÃO  32
em um único meio de cultura por várias horas. Após esse
Considere duas cubas, A e B, fechadas contendo uma sus- período, observou-se o seguinte resultado:
pensão de cloroplastos fotossintetizantes. Na cuba A adicio-
na-se água marcada com o isótopo 18O e na cuba B, água
marcada com o isótopo 3H.
Os produtos finais da fotossíntese nas cubas A e B, serão,
respectivamente,

(A) glicose; água.

(B) gás oxigênio; água e glicose.

(C) gás carbônico; glicose.

(D) gás oxigênio; ATP.

(E) glicose; NADPH e água.

(David Sadava et al. Vida: a ciência da biologia, 2009. Adaptado.)

Após analisar os resultados desse experimento, é correto


afirmar que

(A) uma vez supridas com nutrientes, as bactérias podem


armazená-los em plastos para seu consumo posterior, o
que permitiu o crescimento de bactérias na placa 4.

(B) as bactérias são capazes de se reproduzirem sexuadamen-


te, portanto, podem apresentar o fenômeno de meiose com
ocorrência de crossing over.

(C) as bactérias são capazes de trocar RNAs mensageiros


entre si, garantido a produção de metionina, biotina, treo-
nina e leucina por todas.

(D) o meio competitivo do tubo 3 promoveu uma pressão se-


letiva, garantindo o surgimento de bactérias capazes de
sobreviverem em substrato mínimo.

(E) as colônias de bactérias que cresceram na placa 4 foram


originadas por recombinação genética entre as duas cepas
originais.

11 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  34 QUESTÃO  36

Uma vagina saudável possui diversas bactérias e um núme- Uma angiosperma em frutificação tem número diploide de
ro pequeno de células fúngicas, formando uma comunidade cromossomos igual a 30. O número de cromossomos a ser
que, em uma mulher saudável, mantém-se em equilíbrio. A encontrado em células do parênquima clorofiliano, células do
presença de algumas espécies pode servir como controle de fruto, células do embrião esporófito, oosfera e células do en-
outras populações, como é o caso das bactérias do gênero dosperma de uma semente, respectivamente, é
Lactobacillus, que acidificam o meio, impedindo o supercres-
(A) 30, 45, 30, 15 e 15.
cimento de leveduras do gênero Candida na vagina. O desa-
juste desse balanceamento pode resultar em um crescimento (B) 30, 30, 15, 15 e 30.
excessivo das leveduras, levando ao desenvolvimento de
uma infecção denominada candidíase. (C) 15, 30, 30, 10 e 45.

É correto afirmar que a relação ecológica estabelecida entre (D) 30, 30, 30, 15 e 45.
a bactéria e a levedura é denominada
(E) 10, 45, 15, 10 e 30.
(A) amensalismo e que o uso exacerbado de antibióticos
pode desencadear a candidíase.
QUESTÃO  37
(B) comensalismo e que a candidíase pode ser tratada com
o uso de antibióticos. Um caso clássico na literatura médica foi publicado
(C) parasitismo e que a candidíase pode ser desencadeada em 1992 na revista científica The New England Journal
por má higiene. of Medicine, na qual quatro judeus ortodoxos de uma
mesma família nova-iorquina receberam o diagnóstico de
(D) parasitismo e que a candidíase pode ser considerada neurocisticercose. Por razões religiosas, eles jamais comiam
uma doença sexualmente transmissível. carne de porco e, nos Estados Unidos, a doença chegou a
ser considerada erradicada. Uma pesquisa capitaneada pelo
(E) amensalismo e que não existe nenhum tipo de tratamen-
parasitologista Peter Schantz, do Centro de Prevenção e
to para a candidíase.
Controle de Doenças (CDC) de Atlanta, vinculado ao governo
norte-americano, desvendou o mistério.

QUESTÃO  35 (Pesquisa FAPESP, maio de 2005.)

A cavalinha é uma planta do gênero Equisetum, vascular, não Assinale a alternativa que contém a explicação mais provável
espermatófita, com folhas muito reduzidas e um caule oco e biologicamente correta encontrada pelo parasitologista no
formando uma haste. Os estróbilos apicais dos caules férteis estudo desse caso.
apresentam esporângios, onde são produzidos os esporos
que, ao caírem no solo, germinam dando origem à geração (A) Um dos integrantes da família adquiriu neurocisticercose
gametofítica. ao fazer uma viagem para outro país e, ao retornar, con-
taminou as demais pessoas.

(B) A neurocisticercose pode também ser causada pela in-


gestão de cisticercos presentes em vegetais mal higieni-
zados, justificando a contaminação dessas pessoas.

(C) Um cozinheiro, empregado da família, recém-chegado de


outro país, que apresentava teníase e hábitos precários
de higiene, foi o responsável pela contaminação dessas
pessoas.

(D) As pessoas foram contaminadas ao ingerir alimentos


com ovos de Taenia saginata uma vez que esse tipo de
teníase não estava erradicada do país.
(www.lookfor.diagnosis.com) (E) Um amigo da família apresentava neurocisticercose e
Com base nessas informações, é correto classificar a cavali- costumava preparar refeições para toda a família, sendo
nha como uma ele o responsável pela contaminação dessas pessoas.

(A) angiosperma eudicotiledônea.

(B) gimnosperma.

(C) pteridófita.

(D) angiosperma monocotiledônea.

(E) briófita.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 12
QUESTÃO  38 QUESTÃO  39

Analise o gráfico. A Attacus atlas é uma mariposa de grandes dimensões que


pode chegar a até 30 cm de largura. Pertencente à família
Saturniidae é encontrada nas florestas tropicais e subtropi-
cais do sudeste asiático.

(en.wikipedia.org)

Esse inseto chama a atenção não só por conta de seu tama-


nho, mas também por apresentar na lateral de suas asas um
padrão de coloração que lembra duas cobras. Esse tipo de
adaptação constitui um caso de

(A) mimetismo, o qual favorece as mariposas facilitando sua


busca por alimento.

(David Sadava et al. Vida: a ciência da biologia, 2009. Adaptado.) (B) mimetismo, o qual favorece as mariposas pelo afasta-
mento de seus predadores.
A análise do gráfico, juntamente com os conhecimentos em
fisiologia animal, permite concluir corretamente que (C) camuflagem, o qual favorece as mariposas por mantê-las
pouco visíveis em seu ambiente.
(A) peixes que vivem em regiões mais quentes têm metabo-
lismo mais acelerado, necessitando de menos oxigênio, (D) aposematismo, o qual favorece as mariposas facilitando
o que constitui uma vantagem uma vez que há menos sua busca por alimento.
oxigênio dissolvido na água.
(E) camuflagem, o qual favorece as mariposas pelo afasta-
(B) os peixes precisam de mais oxigênio para manter seu mento de seus predadores.
metabolismo quando a água está quente, porém a água
quente tem menor concentração desse gás que a água
fria.

(C) peixes que vivem próximos aos polos sofrem duplamente


com o frio, uma vez que as baixas temperaturas retardam
seu metabolismo e estimulam a dissipação do oxigênio
na água.

(D) à medida que a temperatura da água diminui, aumenta o


consumo de oxigênio dos peixes, independentemente de
estarem ativos ou em repouso.

(E) à mesma temperatura, o consumo de oxigênio dos peixes


não varia, independentemente de estarem ativos ou em re-
pouso.

13 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  40 QUESTÃO  41

Considere o esquema que ilustra a regulação da concentra- Observe a articulação de um joelho, em vista lateral.
ção da glicemia plasmática basal.

(Johannes Sobotta. Atlas de anatomia humana, 2000. Adaptado.)

Sobre as estruturas numeradas, são feitas as seguintes afir-


mações:

•  A estrutura 1 conecta a musculatura da coxa à patela,


um osso.
•  A estrutura 2 protege a articulação contra desgastes cau-
Os quadros 1, 2, 3, 4, 5 e 6 são preenchidos, correta e res- sados por atrito.
pectivamente, por •  A estrutura 3 liga um osso a outro, impedindo torções e
movimentos inadequados.
(A) hiperglicemia, quebra do glicogênio hepático, aumento da
glicemia, hipoglicemia, captação de glicose pelas células e É correto afirmar que 1, 2 e 3 são, respectivamente,
diminuição da glicemia.
(A) tendão, cartilagem e ligamento.
(B) hipoglicemia, captação de glicose pelas células, diminui-
(B) cartilagem, ligamento e tendão.
ção da glicemia, hiperglicemia, quebra do glicogênio he-
pático e aumento da glicemia. (C) ligamento, cartilagem e tendão.
(C) hipoglicemia, quebra do glicogênio hepático, aumento da (D) tendão, ligamento e cartilagem.
glicemia, hiperglicemia, captação de glicose pelas célu-
las e diminuição da glicemia. (E) ligamento, tendão e cartilagem.

(D) hiperglicemia, quebra do glicogênio hepático, diminuição


da glicemia, hipoglicemia, captação de glicose pelas cé-
lulas e aumento da glicemia.

(E) hiperglicemia, captação de glicose pelas células, dimi-


nuição da glicemia, hipoglicemia, quebra do glicogênio
hepático e aumento da glicemia.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 14
QUESTÃO  42 QUESTÃO  43

Um determinado tipo de surdez é condicionado por um ale- Analise o gráfico que apresenta o tamanho das regiões co-
lo recessivo ligado ao cromossomo X. Um homem portador dificantes e não codificantes do genoma de diferentes orga-
desse tipo de surdez casa-se com uma mulher de audição nismos.
normal e estão esperando um filho de sexo ainda indetermi-
nado. Após o casamento acabaram descobrindo que eram
distantemente aparentados, como mostra o heredograma.

(Sergio Russo Matioli. Biologia molecular e evolução, 2012. Adaptado.)

Considere que os organismos representados no gráfico en-


A probabilidade de o futuro descendente desse casal ser contram-se ordenados por complexidade organizacional apa-
surdo é rente.

(A) 1/4. A análise do gráfico permite concluir corretamente que:

(A) quanto menor a complexidade organizacional aparente


(B) 1/8. de um ser vivo, maior é o tamanho das regiões codifican-
tes do seu genoma.
(C) 1/16.
(B) quanto maior a complexidade organizacional aparente de
(D) 1/32. um ser vivo, menor é a porcentagem de regiões não co-
dificantes do seu genoma.
(E) 0.
(C) a complexidade organizacional aparente de um ser vivo
não pode ser relacionada com o tamanho das regiões
codificantes ou com o percentual de regiões não codifi-
cantes do seu genoma.

(D) quanto menor a complexidade organizacional aparente


de um ser vivo, menor é a porcentagem de regiões não
codificantes do seu genoma.

(E) quanto maior a complexidade organizacional aparente de


um ser vivo, maior é o tamanho das regiões codificantes
do seu genoma.

15 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  44 QUESTÃO  45

Considere a seguinte afirmação sobre uma doença degene- Em um ecossistema lacustre, cientistas coletaram água de
rativa, que tenha predisposição genética e que se manifeste três diferentes profundidades e calcularam a concentração
apenas em indivíduos da terceira idade: “É provável que a inicial de gás oxigênio dissolvido em cada uma das amostras.
seleção natural atue de modo a diminuir a frequência dessa
Em seguida, cada amostra foi fracionada em pares de garra-
enfermidade em uma população ao longo do tempo”.
fas transparentes: uma garrafa envolvida por papel alumínio
Os conhecimentos sobre evolução permitem concluir correta- para que a água não recebesse luz (garrafa escura) e outra
mente que tal afirmação é garrafa permitindo a entrada livre de luz (garrafa clara). As
garrafas foram fechadas e mergulhadas no lago na mesma
(A) relativa, dependendo da base genética e da relação de profundidade de onde as amostras haviam sido retiradas.
dominância entre os alelos responsáveis pela doença.
Ao fim de um período de 24 horas as garrafas são retiradas
novamente do lago e a concentração de gás oxigênio é nova-
(B) falsa, uma vez que a população humana não passa mais
mente medida. Os dados coletados estão na tabela.
por processos evolutivos pois não está sujeita a seleção
natural.
Diferentes profundidades do lago
(C) verdadeira, uma vez que a doença degenerativa repre- Região 1 Região 2 Região 3
senta uma desvantagem evolutiva para os seus portado-
Concentração inicial de
res, debilitando-os. 8 g/m3 6 g/m3 7 g/m3
gás oxigênio na água
(D) verdadeira, uma vez que a doença tem predisposição ge- Concentração de gás
nética, ou seja, é determinada pela carga genética dos oxigênio na garrafa
7 g/m3 4 g/m3 4 g/m3
indivíduos. escura após 24 horas
de experimento
(E) falsa, uma vez que a incidência da doença não interfere Concentração de gás
na taxa reprodutiva dos indivíduos dessa população. oxigênio na garrafa
12 g/m3 7 g/m3 10 g/m3
clara após 24 horas de
experimento

O decréscimo de oxigênio na garrafa escura indica o montan-


te da respiração de toda a comunidade contida na água, ao
passo que a alteração no oxigênio ocorrida na garrafa clara
traduz a diferença entre o consumo de oxigênio na respiração
da comunidade e a produção de oxigênio na fotossíntese.
A partir dos dados presentes na tabela é correto afirmar que a
região do lago com maior taxa fotossintética total é a

(A) 1, uma vez que é a região de maior concentração de gás


oxigênio na garrafa escura.

(B) 3, uma vez que é a região onde foi detectada a maior


diferença entre as concentrações de gás oxigênio encon-
tradas na garrafa clara e na garrafa escura.

(C) 2, uma vez que é a região onde foi detectada a menor


diferença entre as concentrações de gás oxigênio encon-
tradas na garrafa clara e na garrafa escura.

(D) 1, uma vez que é a região de maior concentração de gás


oxigênio na garrafa clara.

(E) 2, uma vez que é a região de menor concentração de gás


oxigênio na garrafa clara.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 16
Leia o texto para responder às questões de 46 a 48. QUESTÃO  49

A maior parte da platina produzida no mundo é utilizada Algumas pessoas substituem o sal comum pelo sal light, que
na produção de catalisadores para escapamento de veículos possui o teor de sódio reduzido. O sal light ainda contém os
automotores. Esse metal apresenta densidade 21,5 g/cm3 e seguintes minerais: cloro, selênio, magnésio, potássio, cál-
é muito pouco reativo, não reage com os ácidos clorídrico cio, zinco e iodo.
(HCl) e nítrico (HNO3), mas é atacado pela mistura de am- Dentre os elementos citados na composição do sal light,
bos (água régia), na qual se forma o ácido hexacloroplatínico aqueles que apresentam átomos com o maior raio atômico e
(H2PtCl6), cuja reação é representada pela equação: a maior afinidade eletrônica são, respectivamente,
a Pt + b HNO3 + c HCl → d H2PtCl6 + e NO2 + f H2O (A) magnésio e iodo.
(http://qnesc.sbq.org.br. Adaptado.)
(B) sódio e cloro.

(C) cálcio e selênio.


QUESTÃO  46
(D) iodo e sódio.
A soma dos coeficientes estequiométricos (a + b + c + d + e + f)
(E) potássio e cloro.
da equação química balanceada é

(A) 18.
QUESTÃO  50
(B) 15.
O diamante, estrutura cristalina representada na figura, é
(C) 12.
constituído por átomos de carbono. A forte interação entre es-
(D) 20. ses átomos é responsável pela extrema dureza do diamante.

(E) 16.

QUESTÃO  47

O número de oxidação da platina no ácido hexacloroplatínico


e o agente oxidante na reação descrita são, respectivamente,

(A) +4 e HCl.

(B) +6 e HNO3. (http://www.infoescola.com. Adaptado.)

(C) +4 e HNO3. A interação entre os átomos de carbono na estrutura do dia-


mante é do tipo
(D) +2 e HNO3.
(A) ligação metálica.
(E) +6 e HCl.
(B) ligação covalente.

(C) ligação de hidrogênio.


QUESTÃO  48
(D) ligação iônica.
Quando colocada dentro de um cilindro graduado que conti-
nha 46,0 cm3 de água, uma amostra de 86,0 g de platina ficou (E) dipolo-dipolo.
completamente imersa. O novo volume, em cm3, indicado no
cilindro graduado foi

(A) 50,0.

(B) 107,5.

(C) 132,0.

(D) 67,5.

(E) 86,0.

17 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  51 QUESTÃO  53

Um casal preparou uma fondue de queijos. Para aquecer o A glicerina é uma solução que contém glicerol, um composto
réchaud (recipiente) foram queimados 50 g de álcool hidrata- orgânico que também está presente em óleos de origem ve-
do 46o INPM (46% em massa de etanol). Sabendo que a en- getal e animal. O glicerol pode ser utilizado como aditivo em
talpia de combustão do etanol (C2H6O) é 1 360 kJ/mol, o calor alimentos, principalmente como agente umectante em bolos
produzido, em kJ, na combustão completa do etanol contido e sorvetes.
no álcool utilizado foi

(A) 340.

(B) 1 020.

(C) 1 360.
A quantidade, em mol, de gás oxigênio consumido para com-
(D) 680.
bustão completa de 2,0 mol de glicerol é
(E) 170.
(A) 10.

(B) 5,0.
QUESTÃO  52
(C) 3,5.
O gráfico apresenta a curva referente ao processo de forma-
(D) 2,5.
ção de um composto Z, a partir dos reagentes X e Y.
(E) 7,0.

QUESTÃO  54

Uma indústria tem como efluente uma solução de ácido clo-


rídrico, resíduo de um processo de decapagem ácida de me-
tais. Para neutralizar essa solução, um químico tem à sua
disposição as quatro substâncias relacionadas a seguir:
1: CH3COOH
2: NaOH
3: Na2SO4
4: CaO
A partir da análise da curva, é correto afirmar que o processo As duas substâncias que o químico pode utilizar para neutra-
para produção de 1 mol do composto Z ocorre por meio de lizar o efluente são
uma reação
(A) 1 e 3.
(A) exotérmica com liberação de 100 kJ de energia.
(B) 1 e 2.
(B) endotérmica com liberação de 100 kJ de energia.
(C) 2 e 4.
(C) exotérmica com liberação de 160 kJ de energia.
(D) 2 e 3.
(D) exotérmica com absorção de 60 kJ de energia.
(E) 1 e 4.
(E) endotérmica com absorção de 60 kJ de energia.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 18
Leia o texto para responder às questões 55 e 56. QUESTÃO  57

Não existe tratamento específico para combater o vírus Um estudante do ensino médio testou uma solução aquosa
da dengue. Desse modo, as recomendações médicas visam de pH 5,5 com os indicadores ácido-base relacionados na
evitar a desidratação e aliviar os sintomas da doença. São tabela.
elas: Faixa de transição
Indicador Cor ácida Cor básica
(pH)
♦  Administração por via oral de 80 mL/kg de peso corpó-
Vermelho
reo de líquidos, sendo desse volume de soro casei- 3,0 – 5,0 violeta vermelho
do congo
Azul de
ro (preparado com uma colher de chá de sal e uma de 6,0 – 7,6 amarelo azul
bromotimol
sopa de açúcar dissolvidas em 1 L de água fervida ou
Fenolftaleína 8,3 – 10,0 incolor rosa
filtrada) e os restantes de água, sucos de frutas, (Daniel C. Harris. Análise química quantitativa, 2001. Adaptado.)

chás ou água de coco. A sequência correta das cores obtidas no teste da solução
com os indicadores vemelho do congo, azul de bromotimol e
♦  Para a febre e as dores, recomenda-se o analgésico fenolftaleína, respectivamente, é
dipirona.
(http://drauziovarella.com.br. Adaptado.)
(A) violeta, amarelo e incolor.

A estrutura química da dipirona é representada na figura. (B) vermelho, amarelo e incolor.

(C) violeta, amarelo e rosa.

(D) vermelho, azul e incolor.

(E) vermelho, azul e rosa.

QUESTÃO  58

No laboratório de química, durante a dissolução de um com-


QUESTÃO  55 primido efervescente em água, um estudante coletou gás
carbônico em um frasco de 0,060 L.
De acordo com as orientações no texto, o número de colhe-
res de sopa de açúcar utilizado no preparo da quantidade Considerando que o interior do frasco continha apenas CO2
total de soro caseiro que deverá ser ingerida por um adulto a 300 K e 1 atm, e utilizando a equação P · V = n · R · T
com 75 kg de peso corpóreo para hidratação oral é (R = 0,08 atm ·L · K–1 · mol–1), a massa de gás carbônico co-
letado foi
(A) 4.
(A) 220 mg.
(B) 5.
(B) 330 mg.
(C) 2.
(C) 440 mg.
(D) 3.
(D) 550 mg.
(E) 6.
(E) 110 mg.

QUESTÃO  56

A função orgânica referente ao grupo circundado na estrutura


da dipirona é

(A) amina.

(B) cetona.

(C) amida.

(D) éster.

(E) éter.

19 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  59 QUESTÃO  61

Sabe-se que a variedade de elementos e seus isótopos nos A figura representa o velocímetro de um automóvel que, partin-
planetas foram criados por reações nucleares no interior de do do repouso e sob aceleração escalar constante de 1,5 m/s2,
estrelas que, ao final de sua existência, explodiram e espa- atinge a velocidade de 108 km/h (30 m/s).
lharam esses elementos pelo Universo. Tais reações ocor-
rem, às vezes, de forma encadeada, isto é, os produtos de
uma reação servem de reagentes para a seguinte. Uma ca-
deia de reações desse tipo é representada na equação:

Na equação, X e Z representam, respectivamente, isótopos

(A) de um metal alcalino e de um gás nobre.

(B) de um metal alcalino terroso e de um gás nobre.


(www.canstockphoto.com. Adaptado.)
(C) de um metal alcalino terroso e de um halogênio.
É correto afirmar que, nesse intervalo de tempo, o ponteiro
(D) de um metal alcalino e de um halogênio. do velocímetro desse automóvel desenvolve uma velocidade
angular média, em rad/s, igual a
(E) de um gás nobre e de um halogênio.
(A)

QUESTÃO  60
(B)
Algumas indústrias utilizam o processo de fermentação para
produção de produtos, como iogurte, pão, cerveja e vinagre.
A fermentação é um processo utilizado por bactérias (C)
e fungos para obter energia. O pão é produzido pela fermen-
tação .
(D)
As lacunas do texto são preenchidas correta e respectiva-
mente por:
(E)
(A) anaeróbio – lática

(B) aeróbio – acética


QUESTÃO  62
(C) aeróbio – alcoólica
Uma xícara contém café com leite e uma colherzinha está
(D) anaeróbio – alcoólica apoiada horizontalmente na borda dessa xícara e na superfí-
cie da bebida, conforme a figura.
(E) aeróbio – lática

Nessa situação, a colher está sujeita à ação das forças peso


( ), empuxo ( ) e normal ( ). Considerando o sistema em
equilíbrio e as medidas indicadas na figura, uma relação cor-
reta entre os módulos dessas forças e as distâncias repre-
sentadas está indicada em:

(A) N · x = (P – N) · y.

(B) E · x = (N – E) · y.

(C) P · y = E · x.

(D) E · y = N · x.

(E) E · x = (P – E) · y.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 20
QUESTÃO  63 QUESTÃO  64

Dois garotos estão em repouso sobre plataformas elevadas e Para impulsionar seu skate em linha reta, a partir do repouso
arremessam, simultaneamente e em sentidos opostos, duas e em um plano horizontal, um garoto mantém seu pé esquer-
bolas, A e B, com velocidades iniciais horizontais, VA e VB, do sobre ele e, com o pé direito, empurra o solo para trás três
com VA < VB. As bolas se movem, então, em um mesmo pla- vezes. O gráfico representa como varia o módulo da força
no vertical que também contém os garotos, livres de resistên- resultante (R) que o conjunto skate-garoto recebe do solo,
cia do ar. em função do tempo, nesse processo.

A figura que representa, corretamente, as trajetórias das bo-


las depois dos arremessos é

(A)
Sabendo que a massa do conjunto skate-garoto é 60 kg, po-
de-se afirmar corretamente que, ao final do terceiro impulso,
a velocidade atingida pelo conjunto, em m/s, é igual a

(A) 6.

(B) 7.

(C) 10.
(B)
(D) 9.

(E) 8.

(C)

(D)

(E)

21 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  65 QUESTÃO  66

Em um edifício de quatro andares existem um reservatório de O esquema representa o fluxo de energia em uma máquina
água inferior e uma caixa-d’água colocada no telhado, a 18 m térmica que opera em ciclos, recebendo energia em forma de
de altura. Para encher a caixa d’água, inicialmente vazia, será calor de uma fonte quente. Parte desse calor é convertido em
utilizada uma bomba hidráulica de 1 000 W de potência total e trabalho mecânico útil e a diferença, não utilizada, é cedida
rendimento de 50%, instalada no térreo, conforme a figura. para uma fonte fria.

O diagrama P × V representa o ciclo termodinâmico executa-


do por essa máquina térmica.

(http://equipedeobra.pini.com.br. Adaptado.)

Considerando que a caixa-d’água comporta 20 000 L, adotan-


do g = 10 m/s2 e sabendo que a densidade da água é igual a
1 kg/L, é correto afirmar que o tempo, em minutos, necessário
para enchê-la é igual a

(A) 30.

(B) 60.
Sabendo que o rendimento dessa máquina é de 40%, a
(C) 120. quantidade de calor fornecida a ela pela fonte quente, a cada
ciclo, é igual a
(D) 90.
(A) 0,40 · (V2 – V1) · (P2 – P1).
(E) 150.
(B) 0,50 · (V2 – V1) · (P2 – P1).

(C) 1,25 · (V2 + V1) · (P2 + P1).

(D) 1,25 · (V2 – V1) · (P2 – P1).

(E) 0,40 · (V2 + V1) · (P2 + P1).

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 22
QUESTÃO  67 QUESTÃO  69

Determinada fibra óptica é constituída por um fino filamento Diversos aparelhos com mostrador digital, teclado por toque
de vidro (núcleo) por onde passa a luz, revestido por uma ou controle remoto consomem energia elétrica quando es-
casca feita de material de índice de refração menor do que tão em stand-by, ou seja, estão supostamente desligados,
o do vidro. Externamente, existe o revestimento primário, ca- em modo de espera. O quadro ilustra o consumo médio, em
mada que envolve o núcleo e a casca, dando proteção mecâ- watts, de alguns aparelhos em stand-by.
nica e impedindo o excesso de curvatura da fibra. Por meio
de fibras ópticas é possível transmitir, de forma rápida, uma Consumo médio
maior quantidade de informações na forma de luz, ocupando Aparelho
(W)
pouco espaço.
DVD 3
microondas 3
computador 2
impressora 5
televisão 5
videogame 2
(www.espacoacademico.com.br. Adaptado.)

Considere que uma família tenha viajado em férias durante


20 dias, e tenha deixado os aparelhos relacionados na ta-
bela em stand-by. Admitindo que 1 kW · h de energia elétrica
(www.cianet.ind.br)
custe, para o consumidor, R$ 0,40, é correto afirmar que o
A propagação da luz dentro do núcleo pode ser explicada valor a ser pago, em reais, pela família por não ter desligado
pelo fenômeno das tomadas os aparelhos relacionados durante suas férias
é igual a
(A) da dispersão luminosa que ocorre no interior do núcleo e
da casca da fibra, guiando a luz através dela. (A) 3,84.
(B) da reflexão total da luz, que ocorre devido à diferença
entre os índices de refração do núcleo e da casca. (B) 2,72.

(C) da absorção e posterior reemissão da luz, que ocorre na (C) 4,62.


fronteira entre o núcleo e a casca.
(D) 5,46.
(D) da refração luminosa, que ocorre quando a luz atravessa
a superfície que separa o núcleo da casca. (E) 6,08.
(E) da polarização da luz, o que possibilita a sua propagação
apenas em algumas direções, impedindo sua saída da
fibra.

QUESTÃO  68

Assistindo à apresentação de uma orquestra, Pedrinho notou


que, separadamente, um violinista e um clarinetista emitiram
uma mesma nota musical, ou seja, ondas de mesma frequên-
cia. Porém, o som emitido pelo violinista lhe pareceu mais forte,
com um volume maior, apesar de ele estar a mesma distância
dos dois instrumentos. Comentando o fato com sua mãe que
estava ao seu lado na sala de espetáculos, ela lhe explicou que
a sensação auditiva que ele acabara de experimentar devia-se
ao fato de as ondas sonoras emitidas pelo violino e pelo clari-
nete terem

(A) timbres iguais, alturas iguais e intensidades iguais.

(B) timbres diferentes, alturas diferentes e intensidades iguais.

(C) timbres diferentes, alturas diferentes e intensidades dife-


rentes.

(D) timbres iguais, alturas iguais e intensidades diferentes.

(E) timbres diferentes, alturas iguais e intensidades diferentes.

23 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  70 QUESTÃO  71

Um ímã em forma de barra tem seus polos norte e sul re- De acordo com levantamento realizado pelo Conselho Fede-
presentados pelas letras N e S, respectivamente, e gera, em ral de Medicina em 2013, o estado do Pará, cuja população
pontos ao longo de seu eixo e a uma distância r do ímã, um é de cerca de 8 milhões de habitantes, possui 0,84 médico
campo magnético de intensidade B, conforme a figura 1. para cada 1 000 habitantes, enquanto o estado de São Paulo
possui 2,64 médicos para cada 1 000 habitantes. Para que a
razão entre médicos e habitantes no Pará ficasse igual à de
São Paulo, o estado do Pará deveria contratar, aproximada-
mente, mais

(A) 2 112 médicos.

(B) 14 400 médicos.


Quatro ímãs idênticos a esse são dispostos como represen-
tado na figura 2. (C) 10 800 médicos.

(D) 27 840 médicos.

(E) 6 720 médicos.

QUESTÃO  72

No começo de determinado dia, o estoque de uma conces-


sionária contabilizava 160 carros, sendo 80% do modelo A e
o restante do modelo B. Ao longo desse dia, foram vendidos
apenas carros do modelo A, de modo que, quando a conces-
sionária fechou, a situação de seu estoque havia se invertido:
80% dos carros eram do modelo B e o restante do modelo A.
Sabendo que não houve reposição no estoque, a quantidade
de carros que a concessionária vendeu nesse dia é igual a

(A) 96.

Desconsiderando a ação de quaisquer outras fontes de cam- (B) 80.


pos magnéticos, é correto afirmar que o módulo do campo
magnético total no ponto C, criado simultaneamente pelos (C) 108.
quatro ímãs, é igual a
(D) 120.
(A) zero
(E) 72.
(B)

(C)

(D)

(E)

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 24
QUESTÃO  73 QUESTÃO  75

Durante os testes para o desenvolvimento de um novo repe- No plano cartesiano, a circunferência C é tangente ao eixo
lente de insetos, voluntários colocaram por 5 minutos suas das abscissas e à reta s, que passa pela origem e tem incli-
mãos, cobertas com pano impregnado com diferentes con- nação de 120o, como indicado na figura.
centrações da substância DEPA, em uma câmara contendo
200 fêmeas de mosquitos. A partir dos resultados, os pesqui-
sadores desenvolveram um modelo matemático que prevê a
quantidade P(x) de picadas recebidas pelos voluntários em
função da concentração x de DEPA, em porcentagem. O mo-
delo é dado por:
P(x) = 25 – 30 · log x
De acordo com esse modelo e considerando log 2 = 0,30,
conclui-se que, quando a concentração de DEPA é duplicada,
o número de picadas

(A) permanece igual.

(B) é reduzido em 9 picadas.

(C) cai pela metade.


Se o raio da circunferência mede , então a sua equação
(D) é reduzido em 3 picadas. reduzida é
(E) cai cerca de 10%.
(A)

QUESTÃO  74 (B)


Uma pesquisa com o objetivo de testar as possíveis intera-
ções dentro de um grupo de seis diferentes medicamentos
será composta por vários experimentos. Em cada experimen- (C)
to, dois dos medicamentos serão administrados, por um pe-
ríodo determinado de tempo, a um conjunto de voluntários,
que serão submetidos a vários exames laboratoriais. Para (D)
que sejam pesquisadas as interações entre todos os possí-
veis pares de medicamentos desse grupo, deverão ser reali-
zados, no mínimo, (E)

(A) 24 experimentos.

(B) 15 experimentos.

(C) 18 experimentos.

(D) 12 experimentos.

(E) 30 experimentos.

25 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
QUESTÃO  76 QUESTÃO  78

O gráfico mostra o volume de água, em litros, de duas pis- O terreno da figura, que tem formato de trapézio retângulo,
cinas que foram enchidas simultaneamente, em função do foi dividido em dois lotes por meio de uma cerca paralela às
tempo, medido em horas. bases desse trapézio.

Inicialmente, a piscina 1 estava vazia, mas a piscina 2 já pos- A área do maior lote obtido, em metros quadrados, é igual a
suía 4 500 litros de água. Decorridas 10 horas, o volume de (A) 410.
água nas duas piscinas ficou igual. Se a piscina 1 foi enchida
a uma vazão de 20 litros por minuto, então a vazão com que (B) 450.
foi enchida a piscina 2, em litros por minuto, é igual a
(C) 480.
(A) 12,5.
(D) 500.
(B) 10.
(E) 530.
(C) 16,5.

(D) 15.
QUESTÃO  79
(E) 18.
Encontram-se na internet as seguintes instruções para o cál-
culo do volume de água de uma piscina circular:

QUESTÃO  77

De acordo com um estudo, as probabilidades de que um pa-


ciente com determinada doença apresente os sintomas A e B
são, respectivamente, 40% e 30%, sendo que os dois sinto-
mas se manifestam de modo independente. De acordo com
esses dados, a probabilidade de que um paciente com essa
doença não apresente o sintoma A nem o sintoma B é igual a

(A) 36%.

(B) 30%.

(C) 18%.

(D) 42%.

(E) 48%. Volume (m3) = diâmetro (m) × diâmetro (m) × profundidade


média (m) × 0,8
(www.piscinafacil.com.br)

A fórmula indicada considera uma aproximação para o núme-


ro π igual a

(A) 3,15.

(B) 3,2.

(C) 3,14.

(D) 3.

(E) 3,1.

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 26
QUESTÃO  80

Os gráficos mostram a distribuição das idades dos jogadores


de três times de futebol que participam de um torneio univer-
sitário.

Embora as idades médias das três equipes sejam todas


iguais a 21 anos, os seus desvios padrões são bem diferen-
tes. Uma análise visual dos três gráficos permite concluir que
as equipes que possuem o maior e o menor desvio padrão
das idades são, respectivamente,

(A) UTI e Jaleco.

(B) Jaleco e Supermédicos.

(C) UTI e Supermédicos.

(D) Jaleco e UTI.

(E) Supermédicos e Jaleco.

27 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
Redação

Texto 1

O suicídio assistido é a prática realizada, geralmente, por um doente terminal, pessoa que esteja sofrendo de dores consi-
deradas “insuportáveis” ou, também, alguém que seja diagnosticado (por mais de um médico) como tendo menos de 6 meses
de vida.
Um conceito usado para o suicídio assistido é a “facilitação” ao suicídio do paciente, em que o agente, normalmente pa-
rente próximo, coloca ao alcance do enfermo terminal alguma droga fatal ou outro meio semelhante para que o paciente possa
tirar sua própria vida. Portanto, o suicídio assistido exige que o doente terminal esteja totalmente consciente. Tal prática é feita,
geralmente, por meio de prescrição médica de doses altas de medicação.
(Ana Lis Soares. “Suicídio assistido: o que é, onde pode ser feito e mais”. http://noticias.terra.com.br, 03.11.2014. Adaptado.)

Texto 2

Uma jovem americana de 29 anos com câncer em estado terminal anunciou, em outubro de 2014, que daria fim à sua vida.
Durante um ano, Brittany Maynard sofreu fortes dores de cabeça, até ouvir dos médicos que tinha câncer no cérebro. Apesar
de ter recebido tratamento durante meses, sua saúde continuou a piorar. Por isso, ela decidiu seguir um caminho diferente.
“Depois de meses de pesquisas, minha família e eu chegamos a uma conclusão dolorosa: não existe um tratamento que
possa salvar minha vida, e os tratamentos que me foram recomendados destruiriam o tempo que me resta”, disse Maynard.
A jovem disse ainda que, conforme seu câncer fosse piorando, ela poderia vir a sentir dores terríveis, que mesmo as
drogas mais fortes talvez não fossem capazes de aliviar. “Posso desenvolver resistência à morfina e sofrer mudanças de
personalidade, além de perdas verbais, cognitivas e motoras. E como o resto do meu corpo é jovem e saudável, posso vir a
sobreviver fisicamente por um longo período, mesmo que o câncer já tenha destruído minha mente. Provavelmente, passaria
semanas ou até meses sofrendo no hospital. E minha família teria de assistir a isso”. Ela diz que se sente aliviada sabendo
que tem a opção de morrer “nos próprios termos”.
O especialista em bioética Arthur Caplan diz que a história tem o potencial de mudar a forma como muitas pessoas, par-
ticularmente os mais jovens, veem a questão. “Uma geração inteira está agora olhando para Brittany e se perguntando por
que em alguns lugares ainda não é permitido que médicos receitem doses letais de drogas para quem está morrendo”, afirma
Caplan.
Já o jornalista Matt Walsh considera Maynard “uma porta-voz muito convincente em prol do suicídio”. Ele afirma estar
preocupado com a reação que ela despertou na imprensa e nas mídias sociais, onde foi unanimemente elogiada por sua
coragem e postura. “Fico aterrorizado ao pensar que meus filhos crescerão em uma cultura que venera abertamente o
suicídio com tanta paixão. Se você está dizendo que é digno e corajoso que uma paciente com câncer se mate, o que você
está dizendo aos pacientes que não se matam?”, ele indaga.
( Anthony Zurcher. “Jovem com câncer terminal decide morrer no dia 1o de novembro”. http://g1.globo.com, 14.10.2014. Adaptado.)

Texto 3

Parlamentares do Estado norte-americano do Colorado rejeitaram uma proposta para dar aos pacientes à beira da morte
a opção de buscar apoio médico para terminar com suas próprias vidas.
Para uma parlamentar que votou não, a questão é pessoal. Em lágrimas, a deputada Dianne Primavera contou aos cole-
gas ter sobrevivido a um câncer e lembrar-se de que um médico deu a ela cinco anos de vida, no máximo. Um segundo lhe
deu uma opinião diferente. “E ele começou a me tratar e aqui estou eu agora, 28 anos depois”, disse.
Médicos que se opunham à medida disseram aos parlamentares que deixar os pacientes lhes pedir a administração de
remédios para pôr fim à vida eliminava a possibilidade de uma recuperação, sendo que os prognósticos podem, algumas
vezes, estar errados.
(“Colorado veta lei de morte assistida”. http://ultimosegundo.ig.com.br, 07.02.2015. Adaptado.)

Com base em seus conhecimentos e nos textos apresentados, redija uma dissertação, na norma-padrão da língua portugue-
sa, sobre o tema:

O suicídio assistido deve ser um direito do doente terminal?

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 28
Os rascunhos não serão considerados na correção.

HO
UN
SC
RA

NÃO ASSINE ESTA FOLHA


29 FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação
Classificação Periódica

FCSB1501 | 001-PrObjetiva-Redação 30
Processo Seletivo 2016
medicina

folha de redação
DOBRE NA SERRILHA ANTES DE DESTACAR

  Confira seus dados impressos nesta página.


  Assine apenas no local indicado. Qualquer identificação no verso desta folha acarretará a atribuição de
nota zero à Redação.
  O texto definitivo deverá ser redigido com caneta de tinta azul ou preta, no espaço reservado para tal.
  Destaque esta folha com cuidado, ela deverá ser entregue ao fiscal, ao término de sua prova, juntamente
com a Folha de Respostas e o Caderno de Questões.
  Os rascunhos não serão considerados na correção de sua redação.

Nome do candidato

Prédio Sala Carteira Inscrição USO EXCLUSIVO DO FISCAL

ausente

Assinatura do candidato

04.12.2015
redação
Texto definitivo

FCSB1501 | FolhaRedação
NÃO ASSINE ESTA PÁGINA