Você está na página 1de 19

INCIDÊNCIA DO

CÂNCER
Jonathan Aires e Larissa Rodrigues
Grupo 4 – AIS IV
Turma A
Introdução

■ Expressa o número de casos novos de uma determinada doença durante


um período definido, numa população sob o risco de desenvolver a
doença.

Nº de casos novos de uma doença


■ Incidência = x 100
Nº de pessoas sob risco de desenvolver a doença
Objetivos

■ OBJETIVO GERAL: Conhecer dados relacionados à incidência do câncer


■ OBJETIVO ESPECÍFICOS:
– 1. Verificar as taxas de incidência e o número de casos novos por
câncer, segundo localização primária, por sexo, no Brasil, no Ceará e
em São Paulo.
– 2. Adquirir informações sobre os cânceres mais incidentes no Brasil.
Estimativa dos casos novos - Brasil

324.580
casos

634.880
casos
310.300
casos
Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no
Brasil. 2018. 130p.
Incidência – Brasil – 2018

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
Câncer de próstata

■ 2ª posição mundial
■ Em 2012  1,1 milhão de novos casos
 15% dos cânceres nos homens
■  Taxa de incidência em países
desenvolvidos
■ Ministério da Saúde  Conscientizar e
aumentar a adesão da população
Câncer de mama
■ Tumor malígno mais frequente entre as
mulheres
■ 1ª causa de morte entre as mulheres
■ Países desenvolvidos   taxa de
mortalidade
– Detecção precoce
– Rastreamento populacional
– Intervenções terapêuticas mais
eficazes
■ Diretrizes para a Detecção Precoce do
Câncer de Mama do Brasil
■ Mamografia bienal  50 a 69 anos
Câncer de mama
■ Fatores envolvidos:
– Idade da menarca < 12 anos;
– Menopausa > 55 anos;
– Nuliparidade;
– Primeira gravidez > 30 anos;
– Alguns anticoncepcionais;
– TRH na menopausa;
– Exposição à radiação ionizante;
– Bebidas alcóolicas;
– Dietas hipercalóricas;
– Sedentarismo;
– Fatores genéticos.
Câncer de cólon e reto

■ Terceiro mais frequente entre os


homens
■ Segundo mais frequente entre as
mulheres
■ 4ª principal causa de morte por câncer
■ Maioria dos casos novos em países
desenvolvidos
■ Maior proporção dos óbitos em países
subdesenvolvidos
Câncer de cólon e reto

■ Fatores que influenciam:


– Genéticos;
– Ambientais;
– Estilo de vida.
Câncer de pulmão

■ Tabagismo
■ M/I = 0,87
■ A sobrevida em 5 anos está entre 10% a 15%
■ Brasil tem um alto prejuízo com o tabagismo
■ Programa Nacional de Controle do Tabagismo
do Brasil
Estimativa dos casos novos
CEARÁ FORTALEZA

11.330 2.850
casos casos

22.750 6.790
casos casos
11.420 3.940
casos casos

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
Incidência – Ceará - 2018

Instituto Nacional
de Câncer José
Alencar Gomes
Silva. Estimativa
2018 – Incidência
de Câncer no Brasil.
2018. 130p.
Estimativa dos casos novos
SÃO PAULO SÃO PAULO - CAPITAL

70.510 19.220
casos casos

141.250 41.860
casos casos
70.740 22.640
casos casos

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
Incidência – São Paulo - 2018

Instituto Nacional
de Câncer José
Alencar Gomes
Silva. Estimativa
2018 – Incidência
de Câncer no Brasil.
2018. 130p.
Comparação das taxas brutas - Homens

•314,55 •315,55 •255,29

São
Brasil Ceará
Paulo
Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
Comparação das taxas brutas - Mulheres

•292,74 •306,82 •246,24

São
Brasil Ceará
Paulo
Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
Referência

■ Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes Silva. Estimativa 2018


– Incidência de Câncer no Brasil. 2018. 130p.
OBRIGADO.