Você está na página 1de 23

RESCUR

CURRÍCULO EUROPEU PARA A RESILIÊNCIA

NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR, 1º E 2º CICLO

Manual de Atividades – Educação Pré-escolar

Carmel Cefai – Malta – Coordenador

Renata Miljević-Riđički, Dejana Bouillet, Tea Pavin Ivanec, Mirjana Milanović – Croácia

Anastassios Matsopoulos, Mariza Gavogiannaki – Grécia

Maria Assunta Zanetti, Valeria Cavioni – Itália

Paul Bartolo, Katya Galea – Malta

Celeste Simões, Paula Lebre, Anabela Santos – Portugal

Birgitta Kimber, Charli Eriksson – Sweden


RESCUR

CURRÍCULO EUROPEU PARA A RESILIÊNCIA

NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR, 1º E 2º CICLO

Manual de Atividades - Educação Pré-escolar

Esta publicação é o produto (versão portuguesa) do projeto


“RESCUR – Desenvolvimento do Currículo Europeu para a
Resiliência na educação pré-escolar, 1º e 2º ciclo na Europa
www.rescur.eu, financiada pela UE Comisão de Aprendizagem
ao Longo da Vida - Programa Comenius de Aprendizagem ao Longo da Vida (No. 526813-LLP-1-
MT-COMENIUS-CMP)

Autores
Carmel Cefai – Malta – Coordenador
Renata Miljević-Riđički, Dejana Bouillet, Tea Pavin Ivanec, Mirjana Milanovoć – Croácia
Anastassios Matsopoulos, Mariza Gavogiannaki – Grécia
Maria Assunta Zanetti, Valeria Cavioni – Itália
Paul Bartolo, Katya Galea – Malta
Celeste Simões, Paula Lebre, Anabela Santos – Portugal
Birgitta Kimber, Charli Eriksson – Suécia

© Novembro 2015

Edição: Faculdade de Motricidade Humana,

Estrada da Costa, 1499-002 Cruz-Quebrada - Dafundo, Portugal

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em
sistema de recuperação ou transmitida, de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrónico, mecânico,
fotocópia, gravação ou outro, sem autorização dos editores. Os conteúdos desta publicação não refletem
necessariamente a posição ou a opinião da Comissão Europeia.

Atividades de Mindfulness © Birgitta Kimber e Paula Lebre, Novembro 2015


Música © Gorana Tomašić Šragalj, Damir Sertić, Leon Cvetkovski e Ivana Cvetkovski, Novembro 2015
Capas: Antonija Balić Šimrak
Modelo e ícones das atividades: Valeria Cavioni

Versão Eletrónica: www.rescur.eu


http://aventurasocial.com/verartigo.php?article_id=268
ÍNDICE

TEMA 1: Desenvolver Competências de Comunicação ....................................................7


SUBTEMA 1 Comunicação eficaz .....................................................................................8
SUBTEMA 2 Assertividade .............................................................................................42

TEMA 2: Estabelecer e Manter Relações Saudáveis .......................................................77


SUBTEMA 1 Relações saudáveis....................................................................................78
SUBTEMA 2 Cooperação, empatia e ética ..................................................................110

TEMA 3: Desenvolver uma Mente Positiva ...................................................................147


SUBTEMA 1 Pensamento positivo e otimista .............................................................148
SUBTEMA 2 Emoções positivas ...................................................................................184

TEMA 4: Desenvolver a Autodeterminação ..................................................................219


SUBTEMA 1 Resolução de problemas .........................................................................220
SUBTEMA 2 Capacitação e autonomia........................................................................256

TEMA 5: Desenvolver Recursos .....................................................................................299


SUBTEMA 1 Autoconceito e autoestima positivos .....................................................300
SUBTEMA 2 Utilizar os recursos no envolvimento académico e social ......................329

TEMA 6: Lidar com a Adversidade .................................................................................357


SUBTEMA 1 Lidar com a adversidade .........................................................................358
SUBTEMA 2 Lidar com a rejeição ................................................................................396
SUBTEMA 3 Lidar com conflitos familiares .................................................................436
SUBTEMA 4 Lidar com a perda....................................................................................469
SUBTEMA 5 Lidar com o bullying ................................................................................480
SUBTEMA 6 Lidar com mudanças e transições ...........................................................491
AGRADECIMENTOS

Os autores gostariam de agradecer a todos aqueles que de uma forma ou de outra contribuíram
para este currículo.

Aos nossos colegas e funcionários das seis universidades parceiras pelo seu contributo durante o
projeto nas suas várias fases, incluindo Giusy Beddia, Mara Lupica Spagnolo (Itália), Sarah
Mercieca, Natalie Galea (Malta), Andreia Sousa, Filipa Soares e Teresa Violante (Portugal).

Antonija Balić Šimrak, pelo design das capas do currículo, das imagens das mascotes (Samuel e
Helena), desenhos para atividades, posters dos temas do currículo e livro “Como dizer não”.

Valeria Cavioni, pelo design do modelo e ícones nas atividades do currículo.

Birgitta Kimber, Charli Eriksson e Paula Lebre que escreveram e gravaram as atividades de
mindfulness incluídas na versão digital da publicação na versão inglesa.

Gorana Tomašić Šragalj e Damir Sertić (compositores), Gorana Tomašić Šragalj, Leon Cvetkovski
e Ivana Cvetkovski (músicos) dos quatro temas de músicas incluídas na versão electrónica desta
publicação.

Helen Cowie, Professora Emérita, Surrey University, Reino Unido e Maria Poulou da Universidade
de Patras, Grécia, pelos seus comentários sobre o currículo de especialistas de valor inestimável
enquanto examinadores externos.

Michael Ungar, Director do Resilience Research Centre, Dalhousie University, Halifax, Canada,
pelos seus comentários de valor inestimável sobre o currículo.

Terje Ogden, da Universidade de Oslo, Noruega, e Susan Beltman, da Universidade de Curtin,


Western Austrália, que realizaram a formação da equipa RESCUR para a implementação do
currículo.

Springer Publications, ENTRÉE LLP Comenius project e http://paperboxworld.weebly.com/,


http://it.freepik.com/, http://www.iconarchive.com/, http://www.adorabletoon.com/, pela
permissão para incluir material nesta publicação.

Lista das escolas que participaram no piloto do currículo

Gostaríamos de agradecer aos 199 professores e educadores e 1935 crianças de toda a Europa
que participaram no piloto e cujos comentários permitiram para melhorar o currículo RESCUR

Croácia
Kindergarten "Različak", Zagreb, Petrinjska 31/2
Kindergarten Varaždin, Varaždin, Dravska 1
IV. Primary School Varaždin, Varaždin, A. M. Reljkovića 36
Primary School "Dr. Ivan Merz", Zagreb, Račkoga 4.
Grécia
Perfecture of Rethimno, Crete: 8th Elementary school of Rethimo, Roussospiti Elementary School,
2nd Preschool of Atsipopoulo, 16th Elementary school of Rethimno, Elementary school of
Fourfoura, Elementary school Alfa Milopotamou, Preschool Sgourokefaliou, Elementary school
of Asi Gonia Rethimnou, Preschool of Agia Galini Rethimnou
Perfecture of Hrakleio, Crete: 38th Preschool of Hrakleio, Tefeliou Preschool Hrakleio, 31st
Elementary school of Hrakleio, Preschool of 10 Saints, Hrakleio, 24th Preschool of Hrakleio, 9th
Elementary School of Hrakleio, 29th Preschool of Hrakleio, 1st Elementary school Agias Marinas
Hrakleio, 30th Preschool of Hrakleio, 10th Preschool of Hrakleio, 25th Preschool of Hrakleio, 2nd
Preschool Boutes Hrakleiou, 3rd preschool of Arkaloxori, 1ST Preschool of Zakros, Elementary
school of Kastelli Pediados, 36th preschool of Hrakleio, Preschool of Skalani Hrakleiou, 2nd
Elementary school of Archanes Hrakleiou, 36th Elementary school of Hrakleio,
Perfecture of Agios Nicholaos, Crete:2nd Elementary School Ierapetras, 2nd Preschool Neapolis
Lasithiou.

Itália
Istituto Comprensivo Angelini e Scuola primaria Speciale Dosso Verde - Pavia
Scuola Secondaria di primo grado F. Casorati e Scuola primaria “Montebolone” - Pavia
Scuola dell’infanzia “G. Vaccari” - Pavia
Istituto Comprensivo di “Via Acerbi” – Scuola d’infanzia L’Aquilone – Pavia
Scuola dell’Infanzia comunale “8 Marzo” - Pavia
Istituto Comprensivo di via Scopoli – Scuola primaria “De Amicis” e Scuola primaria “Gabelli”(PV)
Scuola primaria paritaria “Maddalena di Canossa” - Pavia
Istituto Comprensivo di Certosa di Pavia - Certosa di Pavia (PV)
Istituto Comprensivo di Rivanazzano Terme (PV) - Scuola Primaria Statale di Retorbido (PV) –
Scuola dell’infanzia “Liedi” di Rivanazzano Terme (PV) – Scuola Primaria di Godiasco (PV) - Scuola
d’infanzia “Diviani – Salice Terme (PV) - Scuola dell'infanzia “Negrotto Cambiaso” Codevilla (PV)
Istituto Comprensivo di Piazza Vittorio Veneto - Scuola primaria “Don Milani” - Scuola primaria
“Regina Margherita” - Vigevano (PV) -
Istituto Comprensivo di Bereguardo (PV) – Scuola primaria di Bereguardo (PV) e Scuola primaria
di Vellezzo Bellini (PV)
Istituto Comprensivo di Siziano (PV) – Scuola primaria di Siziano (PV)
Istituto Comprensivo di Garlasco (PV) – Scuola primaria di Dorno (PV)
Istituto comprensivo di Stradella (PV) - Scuola dell'infanzia di Portalbera (PV)
Istituto Comprensivo di Villanterio (PV) - Scuola primaria di Gerenzago (PV) - Scuola primaria di
Vistarino (PV)
Istituto Comprensivo Statale di Mortara (PV) – scuola primaria di Mortara (PV)
Scuola primaria “D'Acquisto” di San Donato Milanese (MI)

Malta
St Margaret College- Żabbar Primary School A
St Margaret College -Żabbar Primary School B
St Margaret College - Cospicua Primary School
St Margaret College - Kalkara Primary School
St Margaret College - Xgħajra Primary School
Suécia
Förskolan Bispgården
Hansåkerskolan
Himlavalvets förskola
Humlans förskola(Mosippan)
Järåskolan
Kullsta skola
Skolbackens förskola
Smultronets förskola

Portugal

Um agradecimento especial a todas as instituições, agrupamentos e respetivos órgãos de gestão,


educadores, professores, técnicos e crianças que participaram no piloto em Portugal, bem como
a todos os elementos da equipa RESCUR que colaboraram ao longo deste processo.

Agrupamento Escolas Azevedo Neves: José Diamantino Biscaia, Ana Garcia, Ana Paula Santos,
Catarina Dinis, Filipa Dias, Isabel Loução, Joana Rodrigues, Luís Fernandes, Mafalda Almeida,
Maria da Luz Sousa, Rita Silva, Rita Valentim, Sandra Ribeiro, Sérgio Caldeira, Sílvia Prazeres, Sofia
Cantanhede, Sofia Parreira.

Agrupamento Escolas Ruy Luís Gomes: Maria Cecília Pinto Matos, Fernada Reigada, Ana Alegria,
Ana Fernandes, Ana Paula Melo, Arminda Almeida, Carla Sofia Raposo, Cecília Godinho, Eunice
Rodrigues, Helena Balseiro, Nídia Caim, Sónia Cristina Nunes Almeida, Vilma Rodrigues.

Câmara Municipal de Almada: Emília Prudêncio.

Casa das Cores: Madalena Vasconcelos, Inês Câmara, Anabela Santos.

Santa Casa da Misericórdia de Almada: Maria de Assis Almeida, Ana Ribeiro, Ana Rodrigues,
Andreia Carita, Andreia Gonçalves, Maria Helena Cunha, Marisa Rebelo, Sandra Cardoso.

Equipa RESCUR Portuguesa

Membros da equipa RESCUR Portuguesa: Marta Antunes, Ana Filipa Pereira, Ana Marta Fonseca,
Ana Colaço, Filipa Periquito, Joana Rodrigues, Lara Neves, Leonor Colaço, Tatiana Santos.

Colaboradores da edição Portuguesa: Beatriz Carvalho, Benjiliani Teixeira, Carlota Ramos,


Milene Silva, Raquel Lopes, Serenela Cruz e Telma Sena.

Adriano Mendes pelo seu contributo na vertente audiovisual e na edição dos recursos de imagem
e design da versão portuguesa.

Luísa Becho pela elaboração dos fantoches.

Elisabete Monteiro, Beatriz Agostinho, Cláudia Pargana, Inês Costa, Inês Dias, Inês Marques,
Jessica Barreira, Joana Amaral, Liliana Barreiro, Mara Morais, Marisa Rodrigues, Marta
Fernandes, Sara Ferreira, Sara Freitas, Sofia Miranda pela colaboração na criação e apresentação
das coreografias para as músicas do RESCUR.
VERSÃO REDUZIDA
DIVULGAÇÃO
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

TEMA 2: Estabelecer e Manter Relações


Saudáveis

Subtema 1 - Relações saudáveis

TÓPICO 1 TÓPICO 2 TÓPICO 3

Fazer e ter amigos Comportamento Promover relações e clima


pró-social escolar positivos

Subtema 2 - Cooperação, empatia e ética

TÓPICO 1 TÓPICO 2 TÓPICO 3

Partilha, Empatia Comportamento ético e


cooperação e responsável
trabalho de equipa

77
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

SUBTEMA 1
Relações saudáveis

As atividades deste subtema foram desenvolvidas para promover o desenvolvimento


de competências pró-sociais, de modo a criar uma rede sólida de relações positivas.
Focam-se em áreas chave, nomeadamente: fazer e manter amizades, procurar e
proporcionar apoio, fortalecer relações, e criar um clima escolar inclusivo e de suporte.
As relações são uma fonte muito importante de bem-estar para as crianças, ajudando
a reduzir e a prevenir efeitos do stress, a resolver e a lidar com as dificuldades. As
crianças que são capazes de construir e manter relações positivas com amigos e pares
adquirem melhores competências sociais, desenvolvem uma autoconsciência e
consciência dos outros mais forte, e mostram um maior uso e recurso a apoio
emocional em períodos de stress (Doll, Grehm, Zucker, 2004)1. Recrutar este tipo de
apoio protege ainda as crianças do impacto nefasto dos eventos negativos. As
interações sociais positivas e o apoio fazem as crianças acreditar que são amadas,
cuidadas e valorizadas, e que pertencem a uma comunidade que as apoia e que as
compreende. Fortalecer as relações é uma base importante tanto para o
desenvolvimento académico como para o socioemocional, promovendo carinho,
intimidade, segurança e proteção.
O primeiro tópico ajuda as crianças a refletir sobre o valor da amizade, permitindo
aprofundar as suas estratégias para construir, manter e proteger relações positivas
com amigos e lidar com sucesso em situações que colocam a amizade em risco. O
segundo tópico foca-se no desenvolvimento de competências de procura e oferta de
apoio aos que enfrentam dificuldades. No terceiro tópico as crianças vão aprender a
estimar, confiar e cuidar dos outros numa relação recíproca e de cuidado. A última
parte do terceiro tópico termina com atividades relativas à qualidade do clima escolar,
que é considerado um produto de crenças, valores e atitudes nas interações sociais
entre os alunos e com os professores. As atividades focam-se na criação de um clima
de sala de aula construído com base na confiança e sentido de pertença.

1
Doll, B., Brehm, K., & Zucker, S. (2004). Resilient classrooms: Creating healthy environments for
learning. New York, NY: Guilford Press.

78
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

TÓPICO 1 FAZER E TER AMIGOS


Objetivos de  PARTILHAR EXPERIÊNCIAS SOBRE O ESTAR COM
aprendizagem
AMIGOS
 COMPREENDER A EXPERIÊNCIA DE TER SAUDADES
DOS AMIGOS
 COMPREENDER E ULTRAPASSAR AS DIFICULDADES
QUE PODEM SURGIR AO FAZER NOVOS AMIGOS
QUE POSSAM SER DIFERENTES
TÓPICO 2 COMPORTAMENTO PRÓ-SOCIAL
Objetivos de
 EXPERIMENTAR FORMAS DIFERENTES DE
aprendizagem
AGRADECER ÀS PESSOAS
 COMPREENDER A IMPORTÂNCIA DE PEDIR APOIO A
UM ADULTO
 IDENTIFICAR AS SUAS NECESSIDADES PARA SE
SENTIREM SEGURAS E FELIZES COM AMIGOS
TÓPICO 3 PROMOVER RELAÇÕES E CLIMA ESCOLAR POSITIVOS
Objetivos de  SENTIR CONFIANÇA E SEGURANÇA NA PROCURA DE
aprendizagem APOIO JUNTO DOS ADULTOS
 SEREM CAPAZES DE DIZER O QUE AS FAZ SENTIR
SEGURAS E PROTEGIDAS
 COMPREENDER QUE PODEM OBTER CARINHO E
SEGURANÇA ATRAVÉS DAS RELAÇÕES COM OS
ADULTOS

79
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

Indicações para os Professores


1. Ofereça às crianças ocasiões para cuidar das suas amizades; se notar que as crianças estão
a discutir dê-lhes tempo para reparar e restaurar as relações, organizando jogos onde
podem colaborar em conjunto para um objetivo comum.

2. Crie um clima escolar positivo ao aceitar as emoções das crianças e exibindo emoções
positivas e acolhedoras.

3. As crianças podem desenhar certificados para celebrar ações prestáveis positivas, que
tenham ocorrido dentro ou fora da sala de aula.

4. Encoraje as crianças a valorizar os outros, em particular os seus colegas, por exemplo


elogiando os colegas, telefonando a um colega que está doente, fazendo cartões a desejar
as melhoras, ou para dar os parabéns a um colega.

5. Podem ser estabelecidos encontros mensais onde as crianças das diferentes turmas
trabalhem em conjunto através de atividades académicas de mentoria de pares de várias
idades. Uma criança mais velha (mentor) torna-se par de uma mais nova de modo a guiá-la
e a dar-lhe apoio. Estas atividades permitem o desenvolvimento das competências sociais e
emocionais das crianças.

Tópico 1 - Fazer e Ter Amigos

No final deste tópico, as crianças deverão ser capazes de:

Partilhar experiências sobre o estar com amigos.

Compreender a experiência de ter saudades dos amigos.

Compreender e ultrapassar as dificuldades que podem surgir ao fazer novos amigos


que possam ser diferentes

80
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

Atividade 1: Sou feliz contigo

Objetivo de Aprendizagem
Partilhar experiências sobre o estar com amigos.

Resultado da Aprendizagem. No final desta unidade, eu serei capaz de:


Perceber que ter boas relações com os pares me faz sentir mais feliz.

Nível
Básico

Materiais Necessários
Fantoches de dedo ou de mão, folhas de papel, bloco de notas, lápis de cera ou
marcadores, cartolina, ficha de atividade “Quando estou com o meu amigo”.

Etapas da Atividade
1. Comece a sessão com uma atividade de Mindfulness.

2. Leia a seguinte história às crianças, utilizando fantoches de dedo ou de mão:

Onde está o Samuel?

A Helena e o Samuel costumavam passar a maior parte do seu tempo juntos, a brincar
e a correr na floresta e a nadar na lagoa perto das suas casas. Todas as tardes eles
costumavam encontrar-se em frente à Grande Árvore na Colina Grande, o seu local
favorito, de onde podiam observar toda a floresta. Lá de cima, podiam observar o rio a
serpentear pelo vale, e quando olhavam com mais atenção podiam ver muitos peixes
e tartarugas na água do rio. Eles costumavam competir para ver quem conseguia contar
mais animais na água. Uma tarde a Helena chegou à Grande Árvore mas não encontrou
lá o Samuel. Ela esperou um pouco, mas o Samuel não apareceu. Ela olhou para o rio
mas não conseguiu ver nenhum peixe. Então, foi para a lagoa mas não gostou de nadar
porque estava sozinha.

Foi então que a Helena viu um grupo de ouriços que vivia na floresta, mas logo que a
viram, os ouriços fingiram não a ver. Ela apercebeu-se que alguns estavam a murmurar.

81
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

Um deles aproximou-se dela apontando e rindo dos seus espinhos partidos. Aqueles
comportamentos e murmúrios fizeram-na sentir diferente e rejeitada. A Helena queria
apenas fazer novos amigos mas aqueles ouriços não a queriam para amiga, só porque
ela tinha alguns espinhos partidos. Ela sentiu-se muito triste. Sabia que para deixar de
se sentir triste, podia ir falar com o Samuel. Ele era o seu amigo genuíno. Ele nunca iria
gozar com ela mesmo que ela tivesse alguns espinhos partidos. Então, ela voltou para
casa, porque não aguentava continuar ali sozinha com os outros ouriços a dizer mal
dela. Assim a Helena voltou para casa mais cedo do que era costume porque não sabia
o que fazer sem o Samuel.

Antes de adormecer, a Helena pensou: “Por que é que o Samuel não veio hoje? É tão
estranho que não tenha aparecido”. Pela primeira vez, percebeu que se sentia só. Era
como se lhe faltasse alguma coisa.

No dia seguinte a Helena voltou à Grande Árvore e ficou muito surpreendida quando
descobriu que o Samuel já lá estava! Ela ficou tão feliz por vê-lo! O Samuel pediu
desculpa e disse que no dia anterior não se tinha sentido bem e por isso não tinha
conseguido vir até à Grande Árvore.

“Sabes Samuel, ontem não gostei de estar na floresta sem ti. Senti muito a tua falta.”
– disse a Helena. “Para mim foi igual. Não gostei de estar em casa sozinho, senti
realmente a tua falta” – respondeu o Samuel.

3. Primeiro, ajude as crianças a compreender a história, colocando as seguintes questões:

 O que é que acharam desta história?


 Como é que a Helena e o Samuel passam o tempo juntos?
 Como se sentiu a Helena quando não encontrou o Samuel na Grande Árvore?
 Por que é que o Samuel não foi à Grande Árvore?
 Como se sentiu a Helena quando encontrou o Samuel no dia seguinte?

4. Introduza a importância da amizade pedindo às crianças para pensarem num amigo


ou amigos que tenham dentro ou fora da sala, e depois pergunte:

 Têm amigos na escola ou noutros locais?


 Quem são os vossos amigos?
 Porque é importante ter amigos?

5. Deixe as crianças desenharem o(s) seu(s) amigo(s).

6. Deixe que os desenhos sejam partilhados com os colegas, se as crianças quiserem.

7. Encoraje as crianças a fazer uma tempestade de ideias para se lembrarem do que


costumam fazer com os amigos. Tome nota de todas as ideias.

82
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

8. As crianças podem desenhar o que fazem com os amigos.

9. Recolha todos os desenhos, coloque-os num poster e faça uma exposição na sala. Pode
deixar que as crianças, à vez, levem o poster para sua casa.

Atividade para Casa: As crianças podem perguntar aos pais e fazer um


desenho sobre o que eles fazem com os seus amigos, de modo a partilhar boas
experiências e do prazer que ter amigos nos proporciona.

83
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

QUANDO ESTOU COM O MEU AMIGO

Para os Pais: Deixe que a criança lhe pergunte o que faz quando está
com os seus amigos e permita-lhe que faça um desenho sobre isso.

84
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

Atividade 2: Quando sinto a falta de um amigo

Objetivo de Aprendizagem
Compreender a experiência de ter saudades dos amigos.

Resultado da Aprendizagem. No final desta unidade, eu serei capaz de:


Compreender como me sinto quando tenho saudades dos amigos.

Nível
Intermédio

Materiais Necessários
Fantoches de dedo ou de mão, folhas de papel, lápis de cera, poster, ficha de atividade
“Quando a mãe e o pai sentem a falta de um amigo”.

Etapas da Atividade
1. Comece a sessão com uma atividade de Mindfulness.

2. Leia a história da Atividade 1 às crianças, utilizando fantoches de dedo ou de mão.

3. Primeiro, ajude as crianças a compreender a história, colocando as seguintes questões:

 O que acharam desta história?


 Como a Helena e o Samuel passam o tempo juntos?
 Como pensam que eles se sentiram quando estavam juntos?
 Como se sentiu a Helena quando não encontrou o Samuel na Grande Árvore?
 Por que é que o Samuel não foi à Grande Árvore?
 Como se sentiu a Helena quando encontrou o Samuel no dia seguinte?

4. Introduza a importância da amizade pedindo às crianças para pensarem num amigo


ou amigos que tenham dentro ou fora da turma, e o que costumam fazer juntos.

5. Deixe as crianças desenharem o(s) seu(s) amigo(s) numa folha de papel e pensarem
sobre algumas características positivas para o(s) descrever.

85
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

6. Peça às crianças para partilharem os desenhos com os colegas, e as características


positivas dos seus amigos.

7. Peça às crianças para refletirem como se sentem quando não estão com os amigos e
se alguma vez sentiram saudades dos amigos.

8. As crianças podem fazer um desenho dessa experiência.

9. No final da atividade, peça às crianças para mostrarem os seus desenhos e explicarem


a situação que desenharam.

10. Se quiser, coloque todos os desenhos num poster e faça uma exposição.

Atividade para Casa: As crianças podem pedir aos pais para falar sobre
algumas estratégias que nos ajudam quando sentimos falta dos amigos. Depois as
crianças podem fazer um desenho sobre essas estratégias.

86
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

QUANDO A MÃE E O PAI SENTEM A FALTA DE UM


AMIGO
Para os Pais: Deixe que a criança lhe pergunte o que faz quando sente
a falta de um amigo, e permita-lhe que faça um desenho sobre isso.

87
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

Atividade 3: Os espinhos da Helena

Objetivo de Aprendizagem
Compreender e ultrapassar as dificuldades que podem surgir ao fazer novos amigos que
possam ser diferentes.

Resultado da Aprendizagem. No final desta unidade, eu serei capaz de:


Aceitar e receber bem novos amigos mesmo que possam ser diferentes de mim.

Nível
Avançado

Materiais Necessários
Fantoches de dedo ou de mão, folhas de papel, lápis de cera, ficha de atividade “Algumas
dificuldades em fazer amigos”.

Etapas da Atividade
1. Comece a sessão com uma atividade de Mindfulness.

2. Leia a história da Atividade 1 às crianças, utilizando fantoches de dedo ou de mão.

3. Peça às crianças para dramatizar a história da Atividade.

4. Primeiro, ajude as crianças a compreender a história, colocando as seguintes


questões:

 O que acharam desta história?


 Como passam a Helena e o Samuel tempo juntos?
 Por que é que o Samuel não foi à Grande Árvore?
 O que aconteceu à Helena quando ela conheceu os ouriços?
 Como é que os ouriços se comportaram com a Helena?
 Porque é que eles se comportaram assim com a Helena?
 Acham que eles foram justos com ela? Porquê?
 Como é que a Helena se sentiu depois? Porquê?

88
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

 O que é que a Helena fez para se sentir melhor?

5. Depois, relacione a história com as experiências das crianças, colocando as


seguintes questões:

 Alguma vez estiveram numa situação semelhante à da Helena?


 Alguma vez encontraram uma criança que não conheciam e não quiseram brincar
com ela? Ou alguma vez fizeram pouco de alguém, tal como os ouriços fizeram
com a Helena?

6. Ajude as crianças a perceber que, na história, os ouriços rejeitaram a Helena. Eles


comportaram-se dessa forma porque a Helena parecia “diferente” e assim os ouriços
decidiram que, devido a esta diferença (os espinhos partidos), não queriam ser amigos
dela.

7. Peça às crianças para pensarem se alguma vez conheceram alguém que parecesse
“diferente”. Organize um debate acerca do significado de “diversidade” e das emoções
que a partir daí surgirem.

8. Organize uma dramatização com as crianças. Peça-lhes para imaginarem que um


colega novo e “diferente” vem para a turma (por exemplo, uma criança com deficiência).
Peça às crianças para dramatizar uma história na qual ajudam a criança a sentir-se feliz e
bem recebida pelos pares.

9. No final, pergunte às crianças:

 Como pensam que a criança se sentiu antes de conhecer novos amigos?


 Como pensam que a criança se sentiu depois de conhecer novos amigos?

10. Convide as crianças a fazerem um desenho sobre a história.

Atividade para Casa: As crianças podem pedir aos pais para pensarem
numa situação na qual tenham tido alguma dificuldade em fazer amigos e se tenham
sentido “diferentes”. Os pais podem explicar as suas razões por detrás de tais
sentimentos. Depois, podem desenhar essa situação.

89
RESCUR – MANUAL DE ATIVIDADES EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR TEMA 2 ESTABELECER E MANTER RELAÇÕES SAUDÁVEIS

ALGUMAS DIFICULDADES EM FAZER AMIGOS


Para os Pais: Deixe que a criança lhe pergunte se alguma vez teve
dificuldades em fazer amigos, ou se alguma vez se sentiu diferente dos
outros e o que aconteceu. Permita à criança fazer um desenho dessa
situação.

90
VERSÃO REDUZIDA
DIVULGAÇÃO