Você está na página 1de 80

CampFODATrading Online

www.rafatrader.com Email: rafatraderbear@gmail.com


É sério que você entende isso?!
Agora vai né?!
Psicologia do Trader
Alice: Você pode me ajudar?
Gato: Sim, pois não.
Alice: Para onde vai essa estrada?
Gato: Para onde você quer ir?
Alice: Eu não sei, tanto faz estou perdida.
Gato: Para quem não sabe para onde vai,
qualquer caminho serve!
Descubra o seu Perfil
como Trader

• Defina seu principal prazo operacional de acordo com seu perfil.

• Permaneça fiel ao seu próprio estilo operacional.


Método Operacional

• Tenha domínio sob o seu Trading System (Sistema Operacional)

• Se você tem um método vencedor, você NÃO PODE discutir nem duvidar dele na
hora de boletar. Aperta a boleta e pronto, senão você não está lidando com
estatística: estará lidando com SORTE.

• Seu Trading System deve assegurar que


você entre a favor da tendência do mercado,
na maioria das vezes.
Método Operacional

• Trade Systems, afinal, são seletivos. O Trader ainda tem que decidir o quanto o risco
que irá aceitar.

• Não busque fórmulas mágicas e nem setups/indicadores de ouro, pois isso não existe.

• Tenha fidelidade ao seu método, não pule de “galho em galho”.


Mantenha a disciplina

• Faça o dever de casa: trace e visualize os possíveis cenários fora do horário de


mercado.

• Pense a respeito do começo ao fim antes de colocar a estratégia em prática.

• Mesmo sob pressão, continue


racional e disciplinado.

• Cumpra o plano operacional,


coloque o alvo e stop e aguarde!
Gerencie seu risco

• Proteja seu capital. Use o “STOP”, sempre.

• Corte o risco rapidamente e deixe fluir seus ganhos.

• Quanto mais você arrisca, mais voláteis serão os resultados.

• Ter um risco/retorno “decente” MUDA a sua vida. Suas estratégias são diferentes,
seu stress é diferente, e você não precisa acertar muito pra terminar com dinheiro
no fim do mês.
Gerencie seu risco

• Não utilize toda a alavancagem disponível, opere pequeno.

• Caso apareça algum movimento forte e inesperado contra nós, saia antes e
procure a razão depois.

• Tenha um ótimo manejo de risco


Calma e Paciência é a alma do negócio

• Busque qualidade e não quantidade nas operações.

• Espere que todos os elementos chaves fiquem alinhados.

• Espere a confirmação no gráfico. Não se antecipe ao sistema.


Aprenda com seus erros

• Tenha um diário próprio de todas suas operações, vencedoras e perdedoras.

• Na maioria das carreiras, as pessoas estão ocupadas tentando encobrir seus erros.

• Como Trader, somos forçados a enfrentar os nossos erros porque os números não
mentem.

Mudando, errando, mas principalmente, aprendendo com o que eu erro.


Não me preocupo se minha evolução é lenta, contanto que ela seja pra melhor.“

“O único que não erra é aquele que não faz nada”


Saiba perder

• Não compare os valores das perdas a coisas concretas ou a sonhos de consumo.

• Aceite cometer enganos, às vezes, não há nada de errado nisto. Se eu cometer


algum erro, está feito e pronto.

• Tenha coragem para tentar, falhar, vencer.

• Coragem para prosseguir, mesmo quando seguir em frente se tornar cansativo.

• Assuma a culpa, não coloque no


Mercado, ou nos outros, a
responsabilidade pelas suas perdas.
Evite a euforia

• Evite euforia exagerada quando as coisas


estão indo bem, inevitavelmente, você irá
sentir-se muito mal quando não estiver
indo tão bem.
Traços do Trader vencedor

• “Ele é disciplinado”
• “Ele é estudioso”
• “Ele é paciente”
• “Ele não se arrisca muito”
• “Ele respeita o mercado”
• “Ele sabe perder”
• “Ele sabe ganhar”
• “Ele adora ganhar”
• “Ele é humilde”
• “Ele gosta de desafios”
• “Ele não desiste fácil”
• “Ele se diverte operando”
• “Ele adora operar”.
O mercado é soberano!

• Não pense que existem fronteiras no mercado, que limitam o que ele pode fazer. O
inesperado e o impossível acontecem de vez em quando.
Mapa Mental
Análise Gráfica
Onde tudo começou
• A Análise Gráfica teve origem em Osaka no Japão com estudo de Candlesticks (Velas) e hoje é bastante difundida
no mercado financeiro, sendo muito utilizada para tomada de decisões de compra e de venda. Munehisa Homma
(1724-1803) operava mercado futuro de arroz na Bolsa de Arroz Dojima, fundada em 1654 e diz a lenda que o
mesmo, através de seus estudos, realizou mais de 100 operações vitoriosas consecutivas. Em 1750, escreveu
alguns livros que trazia, além de suas experiências de mercado, a técnica de velas, ou castiçais, conhecida
atualmente como Candlestick.
• Os estudos de Munehisa ficaram sendo utilizados somente no Japão por mais de 200
anos, foi então que Steve Nison, então vice-presidente da Marril Lynch, que atualmente
é umas das maiores corretoras de investimento do mundo, na década de 90, ajudou a
difundir no Ocidente os estudos dos Candlesticks e, graças a ele, nascia então a Análise
Gráfica Ocidental. As três premissas básicas são:

• 1- Os preços descontam tudo;


• 2- Os preços se movem em tendência;
• 3- A história se repete.

• A análise gráfica consiste na tomada de decisão apenas com base no comportamento


dos preços, pois para os grafistas todas as variáveis do mercado estão embutidas no
mesmo. O estudo das oscilações dos preços e seu comportamento no passado podem
ajudar na previsão de seu comportamento futuro. Existem dois tipos de análise, a
Gráfica e a Técnica – A gráfica é também conhecida como “chartismo” termo que deriva
da expressão inglesa chart e baseia-se no estudo de figuras e comportamento gráficos.
A análise técnica consiste em estudos matemáticos com a criação de indicadores que
buscam medir a força do mercado, se o mercado está sobre-comprado ou sobre-
vendido, entre outros indicadores.
Price Action
Agindo no preço

"Price Action é a manifestação do comportamento humano"


O que é Price Action?
• Price Action é a negociação/ação do preço para a especulação do mercado financeiro que consiste na análise do movimento
de preços de base ao longo do tempo. Ele é usado por muitos Traders de varejo e muitas vezes por institucionais e gestores
de fundos de hedge para fazer “previsões” sobre a direção futura do preço de um ativo ou mercado.
• Simplificando, “AÇÃO DO PREÇO” são alterações de preços, ou seja, a “ação” de um preço. É mais facilmente observado em
mercados com alta liquidez e volatilidade, mas realmente tudo o que é comprado ou vendido em um “mercado livre” irá
gerar ação do preço.
• Trades baseados no Price Action ignoram os fatores fundamentais que influenciam
o movimento de um mercado, assim, vêm a ser uma forma de análise técnica/gráfica.
Mas o que a diferencia da maioria das formas de análise técnica é que seu foco
principal é sobre a relação do preço atual de um mercado para os seus preços
recentes passados, ou, ao contrário de “segunda mão”, para os valores derivados
dessa história de preço.
Em outras palavras, o Price Action é uma forma “pura” da analise técnica, uma vez que não inclui em segunda mão, indicadores
derivados de preços. Traders de PA estão apenas preocupados com os dados de primeira mão que um mercado gera sobre si
mesma; é o movimento dos preços ao longo do tempo.
• A análise do Price Action permite ao Trader usar o sentido do movimento de preços do mercado como fonte de informações
para a construção de um cenário mental, estabelecendo, assim, a atual estrutura do mercado. O tempo de experiência
muitas vezes se baseia na compreensão mental e a “intuição” - feeling - de um mercado como a principal razão para o trade
de lucro.
Keep It Simple Stupid
• Trades por Price Action são também conhecidos como “trades em gráfico limpo”, “naked”, “trades pelados”, em referência à
negociação do simples ato de negociar apenas usando o preço.
• A abordagem simples reduzida do preço de negociação do PA significa que não há uso de indicadores
sobre gráficos e não há eventos econômicos ou notícias utilizadas para que haja as decisões de uma operação,
o único foco é a ação do preço do mercado, e a crença entre os Traders de PA é que esta ação do preço
reflita todas as variáveis que possam influenciar o mercado e fazer com que ele se mova. Portanto,
a implicação é que é muito mais simples apenas analisar o mercado a partir da ação do preço, em vez
de ficar tentando decifrar e classificar diversas variáveis que afetam o mercado em cada dia.

Padrões de Price Action:

• Padrões – também chamados de gatilhos, setups ou sinais – são realmente aspectos importantes do preço de negociação,
porque é a partir desses padrões que o Trader terá fortes indícios de como o preço poderá se comportar “futuramente”.
Suportes e Resistências
• O suporte é o nível de preços através do qual um ativo ou mercado raramente cai.
• Resistência, por outro lado, é o nível de preços que uma ação ou mercado raramente ultrapassa.

• Por que isso acontece? Esses níveis de suporte e resistência são vistos como importantes em
termos de psicologia do mercado e da oferta e da procura. Níveis de suporte e resistência são os
níveis em que muitos comerciantes estão dispostos a comprar as ações (no caso de um suporte) ou
vendê-lo (no caso de resistência). Quando estas regiões são quebradas, a oferta, a procura e a
psicologia por trás do movimento dos bancos são pensados para deslocar e estabelecer novos
prováveis níveis de suporte e resistência.
• Números redondos e Suporte e Resistência - Um tipo de suporte e resistência universal que tende
a ser visto através de um grande número de títulos são números redondos. Números redondos,
como 50, 100, 500, 1000, 10.000, tendem a ser importantes em níveis de suporte e resistência,
pois, muitas vezes, representam os principais pontos de viragem psicológica em que muitos traders
vão comprar ou vender. Os compradores, muitas vezes, vão comprar grandes quantidades de
estoque uma vez que o preço começa a cair em direção a um grande número redondo como o
40.000, o que torna mais difícil para as ações cair abaixo do nível. Por outro lado, os vendedores
começam a vender um estoque que se move em direção a um topo de número redondo, o que
torna difícil para mover passado este nível superior também. É o aumento da pressão de compra e
venda a estes níveis que os torna importantes pontos de suporte e resistência e, em muitos casos,
os principais pontos psicológicos também.
Suporte e Resistência
• Suporte: Nível de preço, onde o mercado considera um preço interessante e há a
entrada de força compradora, dando sustentação aos preços, podendo ser
oportunidade de compra.
Suporte e Resistência
• Resistência: Nível de preço onde o mercado considera “caro” e começa a entrar
força vendedora, podendo ser uma oportunidade de venda.
Resistência que vira Suporte

• Resistência que vira Suporte: Quando a força compradora é maior que a


vendedora na linha de resistência, ocorre o chamado rompimento e essa linha que
antes era de resistência torna-se uma linha de suporte. Geralmente o rompimento
de uma resistência aciona stops de vendidos e acentua a alta onde também se
verifica uma ótima oportunidade de compra se este nível de suporte não for
rompido novamente
Suporte que vira Resistência

• Suporte que vira Resistência: Quando a força vendedora é maior que a


compradora na linha de suporte, ocorre o chamado rompimento e essa linha que
antes era de suporte torna-se uma linha de resistência. Geralmente a perda de um
suporte aciona stops de comprados e acentua a queda. Quando temos este
fato,vale observar que tal suporte torna-se uma resistência que se não rompida
observa-se uma ótima oportunidade de venda.
O uso da Tendência
• Um dos conceitos mais importantes na análise do mercado é a de tendência. O significado em finanças
não é tão diferente da definição geral do termo - a tendência é realmente nada mais do que a direção
geral em que um título ou mercado está indo. Dê uma olhada no gráfico abaixo:

• Não é difícil ver que a tendência na Figura é para cima.


O uso da Tendência
• No entanto, nem sempre é tão fácil de ver uma tendência:

Há muitos altos e baixos neste gráfico, mas não há uma indicação clara de qual direção segura para onde o
mercado vai
A melhor
definição da tendência
• Infelizmente, as tendências nem sempre são fáceis de ver. Em outras palavras, a
definição de uma tendência vai bem além do óbvio. Em qualquer gráfico dado,
provavelmente, você vai notar que os preços não tendem a se mover em linha reta
em qualquer direção, mas sim de uma série de altos e baixos. Na análise gráfica, é
o movimento dos altos e baixos que constitui uma tendência.
LSD (Linha de Suporte Diagonal)
LRD (Linha de Resistência Diagonal)
Por exemplo, uma tendência de alta é classificada quando ocorre um movimento com uma série de altos e
baixos mais altos (topos e fundos mais altos que os anteriores), enquanto uma tendência de baixa é um dos
pontos baixos e altos sempre mais baixos (topos e fundos mais baixos que os anteriores)
LSD & LRD
A linha de tendência é uma técnica simples que adiciona uma linha a um gráfico para representar a tendência do
mercado. Estas linhas são utilizadas para mostrar claramente a tendência e também são utilizadas na identificação de
mudanças de tendência. Como você pode ver na Figura, uma linha de tendência ascendente é desenhada a partir dos
pontos mais baixos de uma tendência ascendente. Observe como o preço é apoiado por este suporte. Este tipo de
linha de tendência ajuda os traders a antecipar o ponto em que o preço de um ativo começa a se mover para cima
novamente. Esta linha representa um suporte diagonal que, com cada vez mais toques, tende a levar o mercado a se
mover com movimentos ascendentes. Da mesma forma, uma linha de tendência de queda é desenhada nos topos da
tendência descendente. Esta linha representa o nível de resistência diagonal que um ativo enfrenta cada vez que o
preço se move a partir de uma baixa para alta.

Então podemos usar isso a nosso favor não apenas para ver uma tendência, mas também como pontos de entrada para
um trade
Padrões Gráficos
Agindo no preço

Você vai ouvir muitas vezes os analistas técnicos falando sobre a batalha em
curso entre os TOUROS e os URSOS , ou a luta entre compradores (demanda) e
vendedores (oferta).
Canais de Tendência
Um canal , ou linhas de canal, é a adição de duas linhas de tendência paralelas que atuam como fortes áreas de
suporte e resistência. A linha de tendência superior conecta uma série de elevações, enquanto a linha de
tendência inferior conecta uma série de baixas. Um canal pode ser de alta ou de baixa, mas,
independentemente da direção, a interpretação permanece a mesma. Dentro do Price Action, os Traders
esperam uma confirmação segura da quebra de um canal para realizar um trade com uma mudança acentuada
na direção da quebra. Junto com uma exibição clara a tendência, canais são utilizados principalmente para
ilustrar importantes áreas de suporte e resistência, já que, muitas das vezes, os mesmos vêm a ser formados
por pivots
Canal de Alta
• Um canal de alta é a ação do preço contido entre a inclinação ascendente de linhas paralelas. Com pivôs
de alta e maiores e movimentos curtos de baixa são sinais técnicos de tendência de alta. O preço não é
sempre perfeitamente contido no canal, mas as linhas do canal mostram áreas de suporte e resistência
para metas do preço. O rompimento acima de um canal de alta pode sinalizar a continuação da alta e,
muitas das vezes, projetando o canal pra cima. Uma baixa inferior abaixo da linha mais inferior do canal de
alta pode sinalizar a mudança de tendência.

• A definição do canal de baixa vem a ser


o contrário do canal de alta, a ideia na operação é a mesma
Pivot de Alta e de Baixa

• Pivot: O investidor no mercado de capitais deve buscar “preferencialmente”


operar em mercados de alta ou de baixa, ou seja, que possuam uma tendência
definida, que possa facilmente ser identificada atrás da visualização de canais de
alta ou canais de baixa. A confirmação de um pivot é dos melhores indicativos para
a definição de uma tendência, ele costuma aparecer no inicio de uma nova
tendência, existindo assim o pivot de alta e pivot de baixa.
Pivot de Alta

• Pivot de Alta: Seu funcionamento é bastante simples, quando o mercado


forma um topo, geralmente encontra bastante força vendedora, formando
assim uma resistência. Um pivot seria uma segunda tentativa do mercado em
vencer uma determinada zona de resistência porém desta vez a força
compradora vence e os vendidos acabam tendo de realizar o prejuízo e
acabam auxiliando para alta, veja na figura abaixo a ilustração da formação de
um pivot de alta.
Pivot de Baixa
• Pivot de Baixa: Seu funcionamento é bastante semelhante ao pivot de alta, porém
ao contrário, quando o mercado forma um fundo, geralmente encontra bastante
força compradora, formando assim um suporte. Um pivot seria uma segunda
tentativa dos vendedores em vencer esse suporte, porém com êxito. O que pode
acelerar um pivot de baixa é a realização do prejuízo dos compradores, que
acabam vendendo suas posições dando mais força aos vendedores.
Topos e Fundos - Duplos
Topos duplos e fundos duplos são alguns dos padrões de reversão de preços mais comuns no mercado
financeiro. Os padrões familiares “M” ou em forma de “W” aparecem regularmente em qualquer coisa a partir
de gráficos de 5 minutos

No interesse de clareza, vamos nos concentrar em Topos Duplos, mas esteja ciente de que as regras são
simplesmente invertidas para fundos duplos.

O padrão TOPO DUPLO básico tem três etapas:


1) o preço faz um “curto” movimento , 2) Este é seguido por uma ligeira retração (ou pullback mostrando o
início de tentativa de um pivô) , e finalmente, 3) o preço faz um outro “ataque” ao topo do movimento
(movimento de alta), apenas para ser rejeitado mais uma vez para que o padrão de reversão se complete. O
mesmo vem a ativar a partir da perda de um suporte criado em seu movimento.

* Vale lembrar que quão maior for o tempo gráfico, maior fica a força desses padrões *
Topo Duplo
Topo Duplo: o movimento do preço por duas vezes tenta mover-se acima de um determinado nível de
preços (resistência). Depois de duas tentativas fracassadas de empurrar o preço para cima, a tendência
inverte e os chefes da situação se mostram, eles mesmos, os Ursos (vendedores).
Fundo Duplo: No caso de um fundo duplo, o movimento de preços tem tentado ir mais baixo duas
vezes encontrando a região de suporte, mas encontrou apoios bem fortes liderados pelos touros
(compradores)

Topo duplo no Índice Futuro gerando uma oportunidade de venda na perda da linha de suporte
OCO – Ombro Cabeça Ombro
• O padrão "ombro-cabeça-ombro" é visto para ser um dos padrões de reversão de tendência mais
confiáveis.
O OCO geralmente se forma após uma tendência de alta, e sua conclusão marca uma reversão da
tendência. O padrão contém três topos sucessivos com o topo do meio (cabeça) sendo o mais alto e os
dois topos externos (ombros) sendo mais baixos que a cabeça. Uma vez que o suporte (neckline) é
rompido, esse mesmo nível passa a se transformar em uma resistência. Às vezes, mas certamente nem
sempre, o preço vai voltar para o suporte rompido, e oferecer uma segunda oportunidade para vender
(LastKiss)
• A projeção de alvo será sempre medindo a distância a partir do suporte até o topo da cabeça. Esta
distância é, então, projetada para baixo até atingir o alvo preço.

*** Qualquer preço-alvo deve servir como um guia, e outros fatores podem e devem ser considerados também. Esses
fatores podem incluir níveis anteriores de suporte, Fibonacci, ou médias móveis de longo prazo.
OCO – Ombro Cabeça Ombro
• Exemplo Gráfico:
O Pivot de Baixa confirma a perda da linha do pescoço que gera um movimento de
queda, nesta perda na área da linha do pescoço (suporte) dá-se uma ótima
oportunidade de venda.
OCOI – Ombro Cabeça Ombro Invertido

• Exemplo Gráfico:
O Pivot de Alta confirma o rompimento da linha do pescoço (resistência) e gera um
movimento de alta dando consequentemente uma oportunidade de compra neste
rompimento.

Stop Técnico na
perda do último fundo
Triângulos
• Triângulos: são alguns dos mais conhecidos padrões gráficos utilizados na
análise gráfica. Os três tipos de triângulos, que variam em construção e
implicação, são o triângulo simétrico, ascendente e descendente.
Estes padrões gráficos são considerados para o intraday e também podem
durar de semanas a vários meses em qualquer ativo. São figuras de
continuidade de um movimento, seja ele de alta ou de baixa. É caracterizado
por convergência de linhas de tendência e suportes ou resistências. Bastante
utilizadas na análise gráfica, eles ajudam a definir pontos de entrada na
tendência já em andamento.
Triângulo de Alta
• Um triângulo ascendente é um padrão gráfico bullish que é facilmente reconhecido
pela forma distinta criada por uma linha de tendência de alta e uma linha de resistência
(linha horizontal a um nível que historicamente tem impedido o preço da posição mais
elevada, enquanto que a segunda linha de tendência liga uma série de fundos
ascendentes. Traders entram em posições compradas quando ocorre o rompimento da
resistência, projetando o alvo de gain pelo tamanho do triângulo.

• Triângulo de em BBAS3. Oportunidade de compra no rompimento da resistência.


Triângulo de Baixa
• Um triângulo descendente é um padrão gráfico bearish que é facilmente reconhecido
pela forma distinta criada por uma linha de tendência de baixa e uma linha de
suporte. Traders entram em posições vendidas quando ocorre o rompimento da linha
de suporte, projetando o alvo de gain pelo tamanho do triângulo.

• Triângulo de baixa em BBAS3. Gera oportunidade de venda na perda da linha de


suporte.
Triângulo Simétrico

• Um padrão gráfico que é facilmente


reconhecido pela forma distinta criada por
duas linhas de tendência convergentes. O
padrão é identificado pelo desenho duas
linhas de tendência que conectam uma
série de topos e fundos sequencialmente.
• Ambas as linhas de tendência tendem a
agir como barreiras que impedem o preço
da posição maior ou menor, mas, uma vez
que o preço viola um destes níveis, um
forte movimento segue, frequentemente,
dando início ao rompimento/ativação do
triângulo.
Triângulo Simétrico de Alta
• Triângulo Simétrico de Alta

• Rompimento de um triângulo simétrico de alta gera uma oportunidade de compra


nos níveis de seu rompimento da linha de tendência de baixa LTB.
Triângulo Simétrico de Baixa
• Triângulo Simétrico de Baixa

• Rompimento de um triângulo simétrico de baixa dá uma oportunidade de venda


nos níveis de seu rompimento da linha de tendência de alta LTA.
Retângulo de Alta e de Baixa

• Retângulo: Ocorre quando o mercado está trabalhando lateralmente, ou seja, sem


tendência definida. Os preços se deslocam com movimentos entre um suporte e
resistência bem definidos e está acumulando forças para um rompimento, que,
quando ocorrer, poderá ser de baixa, caso rompa o suporte, ou de alta, caso
rompa a resistência, nestes casos teremos pontos de venda e compra
respectivamente.
Retângulo de Alta
• Retângulo de Alta: Quando o retângulo ou período de lateralidade é rompido
para cima, quebrando a resistência configura assim um retângulo de alta. A força
acumulada durante o período de lateralidade dá impulsão no rompimento
projetando a altura do canal para cima,onde se verifica a oportunidade de se
comprar, veja na ilustração.
Retângulo de Baixa
• Retângulo de Baixa: Ao contrário do retângulo de alta, porém o rompimento
ocorre para baixo, rompendo o suporte. A força acumulada durante o período de
lateralidade faz a projeção da altura do canal para baixo,sendo um ponto de venda
em seu rompimento, observe na figura.
Padrões de Candlesticks

Não podemos deixar de ressaltar que o mais importante é ONDE


esses padrões acontecem e não o padrão por si só.
Os mais fortes (mais importantes) aparecem em regiões
onde houve topos ou fundos anteriores.
Sombras & Corpos

• Quanto maior o corpo do candle, mais forte é a força compradora ou vendedora.


Por outro lado, pequenos corpos representam momentos de consolidação do preço.
• É chamado de Marubozu o padrão de candle que possui somente corpo real.
• Já a Spinning Top possui pequeno corpo centrado no candle e longas sombras
mostrando sinal de equilíbrio do preço
Keep It Simple Stupid

Padrões de Price Action:

• Padrões – também chamados de gatilhos, setups ou sinais – são realmente aspectos importantes do preço de negociação,
porque é a partir desses padrões que o Trader pode ter fortes indícios de como o preço poderá se comportar “futuramente”.

• Vejamos a seguir alguns padrões gráficos com candlesticks que podemos utilizar nos mercados em geral.

• Pin Bar
• Inside Bar
• Continuidade
• Fakey
Keep It Simple Stupid
Keep It Simple Stupid
Keep It Simple Stupid
Candles Pinbar’s
• Os Candles chamados “PINBAR” tem uma taxa muito elevada precisão na tendências
dos mercados e, especialmente, quando ocorrem em níveis confluentes. Candles
Pinbar’s que ocorrem em importantes níveis de suporte e resistência são geralmente
configurações muito precisas. Candles Pinbar’s podem ser levados contra tendência,
desde que eles sejam muito bem definidos e sobressair de forma significativa a partir de
barras de preço vizinhas, indicando que uma forte rejeição ocorreu, e de preferência
apenas sobre o período de tempo gráfico diário . No seguinte exemplo gráfico vamos
dar uma olhada em Candles Pinbar’s que ocorrem no contexto de um mercado de
tendências; minha maneira favorita de negociá-los. Além disso, observe que esta
tendência de alta começou na parte de trás de duas barras de Pinbar’s otimistas que
trouxe um fim à tendência de baixa existente.
Pin Bar / Martelo
• O Martelo e o Homem enforcado parecem exatamente iguais, mas possuem diferenças na
forma de agir. Ambos possuem pequenos corpos reais (não importa a cor), sombras
inferiores grandes e sombras superiores curtas ou inexistentes. Para melhor visualização,
ambos devem ter as sombras pelo menos 2 vezes maior que o corpo real. Tal como acontece
com a maioria das formações de candles simples e duplas, ambos necessitam de confirmação
antes da ação.

• São Candles que indicam reversão de tendência

• Hammer - O Martelo aparece dentro de


tendências de baixa sinalizando fundos.

• Hanging Man - O homem enforcado aparece


dentro de tendências de alta sinalizando topos.
Pin Bar / Estrela Cadente
• A Estrela Cadente e o Martelo Invertido parecem exatamente iguais, mas possuem diferenças
na forma de agir. Ambos possuem pequenos corpos reais (não importa a cor), sombras
superiores grandes e sombras inferiores curtas ou inexistentes. Para melhor visualização,
ambos devem ter as sombras pelo menos 2 vezes maior que o corpo real. Tal como acontece
com a maioria das formações de candles simples e duplas, ambos necessitam de confirmação
antes da ação.

• São Candles que indicam reversão


de tendência

• Shooting Star- A Estrela Candente aparece


dentro de tendências de alta sinalizando topos.

• Inverted Hammer- O Martelo Invertido


aparece dentro de tendências de baixa
sinalizando fundos.
Inside Bar
• O que é um Inside Candle ?
• O Inside Candle é um grande sinal de continuação de tendência, mas ele também pode
ser usado como um sinal de ponto de reversão. No entanto, a primeira maneira de
aprender a negociar a estratégia do Inside Candle é como um sinal de continuidade, de
modo que é o que vamos focar aqui. Como podemos ver na imagem abaixo, um Inside
Candle é completamente contido dentro da faixa de máxima e mínima do candle
anterior.
Inside Candle
Candle “Mãe”
Segundo candle (Inside
Candle) está totalmente
contido entre a alta e baixa
(range) do primeiro candle
(Candle “Mãe”)

• Ele mostra uma breve consolidação e, em seguida, uma pausa para fora na direção
tendência dominante. Inside Candles são mais utilizados em gráficos diários e
semanais. Eles permitem trades com pequenos riscos e retornos maiores fazendo com
que valha a pena o risco. A estratégia de Inside Candle combinado com um mercado
muito forte de tendência é uma das configurações de price action favoritas.
Inside Bar
Alguns Padrões de Inside Candle/Bar

Rompimento com a tendência


de baixa existente
Inside Bar & Continuidade

Inside Candle com


continuidade mostrando sinal
de venda no mercado em
tendência de baixa
Inside Candles/Bars

Inside Candle com sinal de


compra no mercado em
tendência de alta
Inside Candles/Bars

Sinal de reversão do
Inside Candle na
Região de suporte região de suporte
Inside Candles/Bars
Região de resistência
Sinal de venda do
Inside Candle na
região de resistência
Grávida de Alta e de Baixa
(Harami)
• Um Candle que se forma dentro do corpo real do candle anterior é chamado de Grávida de
alta/baixa (Harami = grávida em japonês).

• O primeiro candle geralmente tem


um grande corpo real e o segundo candle
um corpo real menor do que o primeiro
ou um doji. As sombras (alta/baixa) do
segundo candle não precisam estar
necessariamente dentro do primeiro
candle, no entanto, é preferível que
estejam para uma melhor confirmação
do padrão.
Engolfo de Alta e de Baixa
• O padrão Engolfo de Alta e de Baixa consiste em dois corpos reais de cores opostas,
com o segundo corpo envolvendo o corpo anterior (não precisa envolver as sombras).

Engolfo de Alta
• O primeiro candle é de baixa
ou doji enquanto o segundo é de alta.
• Dentro de tendências de baixa
sinaliza reversão.
• Dentro de tendências de alta
sinaliza continuidade da alta.

Engolfo de Baixa
• O primeiro candle é de alta
ou doji enquanto o segundo é de baixa.
• Dentro de tendências de alta
sinaliza reversão.
• Dentro de tendências de baixa
sinaliza continuidade da baixa.
Fakey
• O padrão FAKEY consiste de um falso rompimento de um padrão
inside candle. Em outras palavras, se um padrão de inside candle rompe
brevemente, mas, em seguida, inverte e fecha de volta dentro do range do
Candle “Mãe” ou do Inside candle, você tem um FAKEY.
É chamado de FAKEY, porque o candle finge que vai mas não vai
(pegadinha do malandro), o mercado dá a entender que por um momento
rompeu a região, mas depois volta na direção oposta e desencadeia um
movimento de preços nessa direção.

Exemplificando:
• 1- faz um inside candle/bar
• 2- ocorre um rompimento "falso"
• 3- vai para o outro lado
• 3.1- essa ida para o outro lado depois do
rompimento falso indica que ele é FAKEY (falso)
e deve continuar indo pra esse lado
e daí se dá a entrada no rompimento desse FAKEY.
Fakey

Fakey no índice futuro bovespa

4 de maio de 2016
Fakey
• Aqui vemos um padrão de sinal de venda Fakey.
Neste exemplo, a tendência já é de baixa como podemos ver,
e o sinal de venda fakey foi em linha com
a tendência de baixa, e os trades a favor
tendência nos dá uma melhor chance
de execução pois estamos trabalhando
a favor da mesma.

“A tendência é sua amiga, não despreze-a”


Fakey
• Aqui vemos a configuração de um Pinbar com Fakey de compra.
O movimento é de alta como podemos ver, e normalmente quando um
mercado tem viés forte no curto prazo (se movendo em uma direção
recente e de forma agressiva), um Trader de PA vem a querer pegar esse
movimento dentro dessa dinâmica de curto prazo.

" Se podemos simplificar, por que complicar?!. ”


Risco / Retorno
• Sempre devemos lembrar de algo muito importante e que, sem isso, não adianta ter a melhor
estratégia...é o RISCO / RETORNO.
Com um RISCO / RETORNO bem ajustado podemos, algumas vezes, errar mais do que acertar e
ainda assim estarmos positivos.
Risco / Retorno
• Usando um risco 1 para retorno 3, precisamos acertar somente um pouco mais do que 25%
das operações para obtermos lucros.
Na mesma ideia e acertando 50% das vezes, podemos obter lucros maravilhosos.

EXEMPLO:

Claro que nem sempre é perfeito assim, isso é


apenas um exemplo de como é FUNDAMENTAL
para se obter lucros no fim de um mês...e o
melhor: SEM STRESS!

Sabendo que você pode errar mais do que


acertar, já lhe deixa num estado mental tranquilo
Resumo
Axiomas do Sogro Mala
“Sou burro mas não sou cego. ”
“O ótimo é inimigo do bom. ” “Pensou, Errou!”
" Se podemos simplificar, por que complicar?!. ”

Melhor ficar de fora do que operar com dúvidas


Não deixe que um trade vencedor vire um trade perdedor
O Stop é o seu melhor amigo
Só grita Gain quem está disposto a tomar um Loss
Bibliografia

Opere Futuros - http://www.operefuturos.com.br

Alexander Elder

Steve Nison

Gannacci – 2010

Jean Pierre
OBRIGADO!!!
#BORAPROGAME #GAINPORRA

www.rafatrader.com rafatraderbear@gmail.com