Você está na página 1de 2

Pintura Surpresa

Desenvolvimento: Desenvolvimento: Cada um irá fazer sua pintura Surpresa, e escreverá num papel
o que forma está vendo, o que acha que parece. Depois trocarão com alguém e este deverá dizer o que
parece para ele.

Conclusão: Os pais chegarão à conclusão que cada um tem uma visão diferente de mundo,
assim como as crianças, que aprendem do seu jeito, vêem as coisas de uma maneira própria,
e assim como na vida, direcionam seu olhar de acordo como foram vistas, amadas,
incentivadas. Cada um aprende de um jeito diferente, num ritmo diferente.

entregar uma folha de sulfite para cada pais, pedir que façam um desenho e

pintem......não explicar mais nada, dar o lápis de cor para pintura tb, colocar uma
musica defundo, suave, dar um tempo para a finalização. Após desenharem e
pintarem, irementregando a professora(vc), esta pega as folhas mas não olha
nem comenta.....apósrecolher todas as folhas, junte todas, rasgue e jogue na lata
de lixo. Aí questiona os pais oque sentiram ao ter sua folha rasgada e jogada
no lixo.....irão falar muitas coisas.....aí aprofessora coloca que é o mesmo
sentimento que o launo(filhos deles) sentem quandochegam da escola contente pra
contar o que aconteceu ou então trazendo os trabalhinhosfeitos em aula e os pais
deixam pra ver ou ouvir depois.....é como jogar no lixo.....( e aí vaifalando...)

Sugestão de texto para Reunião de Responsáveis

QUANTO VALE UM MENINO?


Quanto vale um menino?

Vale o sonho que ele sonha.

Vale o seu olhar no futuro.

Vale a inocência que o envolve

Com essa dourada capa.

Que o transforma em UM SER ÚNICO!

Vale a luta que se empreende


Para traçar o seu mundo

Que deve ser diferente

DO MUNDO DE TODA GENTE!

Quanto vale um menino?

VALE TUDO! Vale o amor.

Vale a gloria de ensiná-lo

Vale a vida que ele vive.

Vale a terra , vale o mundo.

Vale a benção de moldá-lo.

QUANTO VALE UM MENINO?

Ele é ser único.

O seu mundo deverá ser diferente do mundo de toda gente. Por isso, ele vale a luta que se
empreende para traçar-lhe o mundo, ou seja, ávida é luta. Luta que está em todos os lugares
onde nos encontramos, por exemplo: luta para chegar ao local de trabalho no horário certo, luta
para arrumar as crianças; fazer o salário dar para todas as contas e ainda por cima durar o
mês inteiro... é mesmo uma luta!

Além disso, o menino vale tudo, o amor, a glória de ensiná-lo, a vida que ele vive, vale a
benção de moldá-lo. Na idade em que está somos modelos, pessoas importantes em que ele
se apóia para que no futuro, possa ser “ homem e ser luz”.

Será que nossa vida agitada de pais está permitindo sermos modelos para nosso filho?Será
que conversamos com ele sobre o seu mundo? Suas brincadeiras, seus interesses, que as
vezes são tão desinteressantes para nós? Será que temos tempo para brincar, rir, chorar com
ele? Será que temos tempo para olhar seus cadernos e perguntar se foi tudo bem na escola?

Será que temos tempo para orientá-lo em seus exercícios de casa?Fazê-lo sentir o gosto pelo
estudo? Ensiná-lo é única e exclusivamente responsabilidade da escola?

Será que não estamos sobrecarregando a escola, com partes que cabem à família, por
exemplo: as pesquisas e deveres de casa?

Seu filho precisa ver o seu valor e sua beleza refletidos em seus olhos, no som de sua voz,
para não xingá-lo, mas para elogiar e aconselhá-lo; no toque de sua mão, para acariciá-lo.

Faça-se presente em todos os momentos da vida de seu filho, para não se arrepender de ter
ficado ausente e aí já será tarde demais para se fazer presente!

(desconheço o autor)

Interesses relacionados