Você está na página 1de 13

XXIII Seminário Nacional de

Produção e Transmissão de Energia Elétrica

ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015


PAINEL TÉCNICO

Grupo de Estudo de Linhas de Transmissão

APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES


ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR)

João Nelson Hoffmann – COPEL GET


hoffmann@copel.com
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1. Recapacitação de LT
1.1 Bibliografia
1.2 Condutores Alternativos
1.3 Metodologia
1.4 Estudo de Caso

2. Construção de LT
2.1 Bibliografia
2.2 Condutores Alternativos
2.3 Metodologia
2.4 Estudo de Caso

3. Conclusões
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1.1 Recapacitação de LT - Bibliografia

SNPTEE 2005 - Recapacitação com cabo


termorresistente - COPEL

SNPTEE 2005 – Recapacitação de linhas


de transmissão com mapeamento
digital a laser - COPEL

SNPTEE 2007 - Recapacitação com cabo


aluminio liga - COPEL

SNPTEE 2015 – Repotenciação de LT


138 kV com retracionamento do cabo
CAA 397,5 MCM para 23% da EDS
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1.2 Recapacitação de LT - Condutores Alternativos

CA ou AAAC, ligas 1350,


6201 ou 1120

ACAR, ligas 1350/6201


ou 1350/1120

T-CAA (termorresistente)
Limite = 150/180 oC

CAA/TW

CA-TW (6201-TW, 1120-TW)


XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1.3 Recapacitação de LT - Metodologia

H H
T v COND.ALTERNATIVO, 620 A (MAIOR H/w) T v
COND.ALTERNATIVO, RECAPACITAÇÃO

CAA DRAKE 795 MCM, 620 A

h H
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1.4 Recapacitação de LT – Estudo de Caso


XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

1.4 Recapacitação de LT – Estudo de Caso

Pode-se aplicar o
critério H/w em
1120-TW condutores TW ?

59%

T-CAA TERN (100 oC)

56%
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

2.1 Construção de LT - Bibliografia

SNPTEE 2003 - Custos De Estruturas


Metálicas Em Projetos De Linhas De
Transmissão - COPEL

SNPTEE 2015 - Condutores de


Alumínio Liga 1120 e Alternativas
de Feixes para 500 kV - COPEL
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

2.2 Construção de LT - Condutores Alternativos

CAA: 636 Grosbeak Rook


795 Drake Tern
1590 Falcon Lapwing

CA ou AAAC: ligas 1350, 6201, 1120


AL59, AL57
AL57
ACAR: ligas 1350/6201;
1350/1120;
1120
1350/AL59; AL59
1350/AL57

Custo relativo de
produção das
diferentes ligas?
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

2.3 Construção de LT – Metodologia

R1 = 0,0174 Ω/km
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

2.4 Construção de LT – Estudo de Caso (feixe 4x954)


457 mm
Redução nas cargas:
4 x Rail CAA 954 MCM
45 fios 1350 + 7 fios aço 14 % cargas V (peso)
15 % cargas T (vento)
15 % cargas L

R1 = 0,0174 Ω/km

Redução de custos:
750 mm
8 % condutores
3 x ACAR 1330 MCM 8-10% torres e
33 fios 1350 + 28 fios 1120
ACAR fundações
1350/1120
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica
ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015
APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR) PAINEL TÉCNICO

3. Conclusões

Recapacitação de LTs requer :


- Condutores com novos projetos (termorresistente, TW, especiais)
- Novas ligas de alumínio (1120, AL57, AL59)
- Estudo dos critérios de tracionamento (H/w)
- Eventual reforço/reprojeto nas estruturas suporte

Construção de novas LTs requer :


- Condutores com novos projetos (ACAR 1350/1120, 1350/AL57)
- Maior sintonia entre os grupos de estudos de
condutores x torres x fundações
XXIII Seminário Nacional de
Produção e Transmissão de Energia Elétrica

ITAIPU BINACIONAL Foz do Iguaçu, 18 a 21 de outubro de 2015


PAINEL TÉCNICO

Grupo de Estudo de Linhas de Transmissão

APLICAÇÕES PRÁTICAS DE CONDUTORES


ALTERNATIVOS AO CAA (ACSR)

João Nelson Hoffmann – COPEL GET


hoffmann@copel.com