Você está na página 1de 11

A relevância do trabalho rural, para o poeta, Chico Buarque, assim se enuncia:

Debulhar o trigo
Recolher cada bago do trigo
Forjar no trigo o milagre do pão
E se fartar de pão
Decepar a cana
Recolher a garapa da cana
Roubar da cana a doçura do mel
Se lambuzar de mel
Afagar a terra
Conhecer os desejos da terra
Cio da terra, a propícia estação
E fecundar o chão

Para o Direito do Trabalho, só a poesia não basta. É preciso proteção especial, traduzida nos
enunciados abaixo, com exceção do seguinte:

a) a previsão normativa referente à exclusão da aplicação da CLT aos trabalhadores rurais não foi
recepcionada pela Constituição de 1988, fazendo com que as normas da CLT se apliquem aos rurais
de forma complementar à lei específica ou quando mais benéficas;

b) diante da exclusão da aplicação das normasda CLT aos trabalhadores rurais, conforme previsão do
artigo 7o. do mesmo Diploma, não se garantiu por ocasião da edição da CL
T, aos trabalhadores rurais o
direito ao salário mínimo;

c) o direito ao descanso semanal remunerado foi assegurado aos empregados rurais na mesma
oportunidade que aos empregados em geral, por intermédio da, Lei n. 605, de 1949;

d) o tempo despendido pelo empregado, em condução fornecida pelo empregador, até o local de
trabalho de difícil acesso, ou não servido por transporte público regular, e para o seu retorno, é
computável na jornada de trabalho mas não é considerado como extraordinário quando extrapola a
jornada légal, para efeito do pagamento do adicional respectivo;

e) segundo atual entendimento da SDI-1 do TST, o empregado que recebe salário por produção e
trabalha em sobrejomada tem direito à percepção apenas do adicional de horas extras, exceto no caso
do empregado cortador de cana, a quem é devido o pagamento das horas extras e do adicional
respectivo.

3) Q201031 (/questoes-de-concurso/questao/201031) (/questoes-de-


concurso/questao/201031#imprimir)

Provas:
FCC - 2013 - TRT - 6ª Região (PE) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/fcc-2013-trt-6-ordf-regiao-pe-juiz-do-trabalho)
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Em relação ao trabalhador rural contratado por pequeno prazo, é INCORRETO afirmar que:
a) a contribuição do segurado trabalhador rural contratado sob esta modalidade é de 8% (oito por
cento) sobre o respectivo salário-de-contribuição.

b) além de remuneração equivalente à do trabalhador rural permanente, são assegurados os demais


direitos de natureza trabalhista.

c) sua contratação só poderá ser realizada por produtor rural pessoa física, proprietário ou não, que
explore diretamente atividade agroeconômica.

d) a contratação que, dentro do período de um ano, superar três meses fica convertida em contrato de
trabalho por prazo indeterminado, observando-se os termos da legislação aplicável.

e) o produtor rural pessoa física poderá realizar sua contratação para o exercício de atividades de
natureza temporária.

4) Q201299 (/questoes-de-concurso/questao/201299) (/questoes-de-


concurso/questao/201299#imprimir)

Provas: MPT - 2013 - MPT - Procurador (/questoes-de-concurso/prova/mpt-2013-mpt-procurador)


Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Atenção: essa questão tornou-se desatualizada, servindo apenas para consulta.

Em relação ao trabalho rural, é CORRETO afirmar que:

a)
A jurisprudência dominante do TST considera empregador rural aquele que realiza exploração
agroindustrial.

b)
Consoante a jurisprudência dominante do TST o enquadramento do trabalhador como rurícola
independe da atividade preponderante do empregador, pois decorre da natureza dos serviços
prestados pelo empregado, os quais devem estar diretamente ligados à agricultura e à pecuária,
afastando-se de atividades de administração ou técnicas que se classifiquem como indus
triais ou
comerciais.

c)
Segundo a jurisprudência dominante no TST, ao trabalhador rural das lavouras de cana de açúcar que
receba por produção é devido somente o adicional correspondente às horas extraordinárias.
d)
O contrato de safra é modalidade de trabalho eventual e tem sua duração condicionada pelas
variações estacionais da atividade agrária.

e)
Não respondida

5) Q156805 (/questoes-de-concurso/questao/156805) (/questoes-de-


concurso/questao/156805#imprimir)

Provas:
ESPP - 2012 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/espp-2012-trt-9-ordf-regiao-pr-juiz-do-trabalho
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Considere as proposições abaixo:

I. A utilização adequada dos recursos naturais disponíveis, a preservação do meio ambiente e a


observância das disposições que regulam as relações de trabalho são condições necessárias para que
se considere realizada a função social da propriedade rural.

II. A observância das disposições que regulam as relações de trabalho não é condição necessária para
o cumprimento da função social da propriedade rural.

Ill. A participação nos lucros, ou resultados, desvinculada da remuneração, é assegurada aos


trabalhadores na Constituição da República,mas não sua participação na administração da empresa.

IV. Considera-se trabalho rural a pasteurização do leite realizada em propriedade situada no perímetro
urbano, na qual se explora a pecuária de leite.

Assinale a alternativa correta:

a) Apenas a proposição I é correta.

b) Apenas a proposição Il é correta.

c) Apenas as proposições I e IV são corretas.

d) Apenas as proposições Il e lll são corretas.

e) Todas as proposições são incorretas.

6) Q1054 (/questoes-de-concurso/questao/1054) (/questoes-de-concurso/questao/1054#imprimir)


Provas: MPT - 2012 - MPT - Procurador (/questoes-de-concurso/prova/mpt-2012-mpt-procurador)
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
Direito Internacional Privado (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/Direito+Internacional+Privado)
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Leia e analise os itens abaixo:

I - Nos termos da Convenção nº 29 da Organização Internacional do Trabalho, o trabalho forçado ou


compulsório é o trabalho ou serviço exigido de um indivíduo sob ameaça de alguma sanção e par ao
qual não se ofereceu voluntariamente.

II - No trabalho executado em área rural, as empresas devem disponibilizar nas frentes de trabalho
instalações sanitárias fixas ou móveis, compostas de vasos sanitários e lavatórios, proporcionalmente
ao respectivo número de trabalhadores.

III - Quando houver permanência de trabalhadores no estabelecimento empresarial, por períodos entre
as jornadas de trabalho, é obrigatória a construção de alojamentos individuais, que devem ser mantidos
em condições adequadas de conservação, asseio e higiene.

IV - Quando não admitem o trabalho escravo ou afirmam ignorar sua existência, os proprietários dos
imóveis em que é flagrado o trabalho escravo não podem ser responsabilizados pelos direitos
trabalhistas dos trabalhadores em ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho,
embora tenham se beneficiado do trabalho por eles prestado.

Marque a alternativa CORRETA

a) todas as assertivas estão incorretas;

b) apenas as assertivas I e IV estão corretas;

c) apenas as assertivas I, II e III estão corretas;

d) apenas as assertivas I e II estão corretas;

7) Q153972 (/questoes-de-concurso/questao/153972) (/questoes-de-


concurso/questao/153972#imprimir)

Provas: UFPA - 2012 - PGE-PA - Procurador (/questoes-de-concurso/prova/ufpa-2012-pge-pa-procurador)


Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)
10. Aviso Prévio (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/10.+Aviso+Pr%C3%A9vio)

Analise as proposições a seguir:

I - A Constituição da República de 1988 previu, em norma não autoaplicável (art. 7o., XXI), a criação do
aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, instituto só regulamentado em 2011 pela Lei Federal n.
12.506. Dispõe a lei, alterando dispositivos da CLT, que o aviso prévio, quando decorrer da dispensa
imotivada do empregado, será sempre concedido pelo período de 30 (trinta) dias e, quand o este contar
com mais de 01 (um) ano de serviço na mesma empresa, serão acrescidos, proporcionalmente, mais 03
(três) dias a cada ano de serviço executado no mesmo estabelecimento, até o limite máximo de 30
(trinta) dias, totalizando até 60 (sessenta) dias.
II - O regime de sobreaviso, à luz da Súmula 428 do TST, não se caracteriza, por si só, em razão do uso
de aparelho de intercomunicação pelo empregado, uma vez que o mesmo não permaneça em sua
residência aguardando, a qualquer momento, convocação para o serviço. A rigidez desseentendimento
foi atenuada, entretanto, pela edição da Lei Federal n. 12.551/2011, segundo a qual não é mais possív el
distinguir o trabalho realizado no estabelecimento do empregador daquele executado no domicílio do
empregado e também do realizado à distância. Reconheceu a lei que a utilização de meio s telemáticos
e informatizados de comando, controle e supervisão, mesmo à distância, são capazes de gerar direitos
trabalhistas, inclusive o sobreaviso, desde que presentes todos os elementos da relação de emprego,
equiparando esses novos meios de comando e fiscalização, especialmente par a fim de subordinação
jurídica, aos pessoais e diretos exercidos pelo empregador.
III - O salário-mínimo previsto no artigo 7o, IV da CF/88, sempre fixado em lei e nacionalmente unificado,
deve atender às necessidades vitais do trabalhador e sua família, representando o patamar abaixo do
qual não pode jamais prevalecer a vontade dos contratantes na relação de emprego, sendo nula de
pleno direito qualquer estipulação em contrário, ainda que resultante de negociaçao coletiva. Na
Súmula Vinculante 16, o STF reafirmou a jurisprudência dominante da Corte no sentido de que o salário-
mínimo previsto nos artigos 7o, IV e 39, par. 3o. da CF/88 deve corresponder ao vencimento e salário
básicos do servidor público e empregado, respectivamente, e não às remunerações destes compostas
por gratificações e demais vantagens.
IV - A Lei Federal n. 5.889/73 regulamenta as relações de trabalho rural, conceituando como empregado
rural a pessoa física que, em propriedade dessa natureza ou prédio rústico, presta serviço não eventual
a empregador também rural, sob dependência hierárquica e mediante salário. O empregador do campo,
por sua vez, foi definido pela lei como a pessoa física ou jurídica, proprietário ou não, que explore,
diretamente, atividade agroeconômica em caráter permanente ou temporário, contando com auxílio de
empregados. A atividade econômica er ferida pela lei não inclui a exploração industrial em
estabelecimento agrário de qualquer natureza.

De acordo com as proposições apresentadas, assinale a alternativa CORRETA:

a) todas as proposições estão corretas

b) apenas uma das proposições está correta

c) apenas duas proposições estão corretas

d) apenas três proposições estão corretas

e) todas as proposições estão incorretas

8) Q159881 (/questoes-de-concurso/questao/159881) (/questoes-de-


concurso/questao/159881#imprimir)

Provas:
TRT 2R (SP) - 2012 - TRT - 2ª REGIÃO (SP) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/trt-2r-sp-2012-trt-2-ordf-regiao-sp-juiz-d
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)
Nos termos da legislação aplicável a matéria, sobre o trabalho rural, é INCORRETO afirmar que:

a) Em qualquer trabalho contínuo de duração superior a seis horas, será obrigatória a concessão de
um intervalo para repouso ou alimentação observados os usos e costumes da e
r gião, não se
computando este intervalo na duração do trabalho.

b) Considera-se trabalho noturno rural o executado entre as vinte e uma horas de um dia e às cinco
horas do dia seguinte, na lavoura, e entre as vinte horas de um dia e às quatro horas do dia seguinte, na
atividade pecuária.

c) O produtor rural pessoa física, proprietário ou não, que explore diretamente atividade
agroeconômica poderá realizar contratação de trabalhador rural por pequeno prazo para o exercício de
atividades de natureza temporária.

d) Considera-se empregador rural a pessoa física ou jurídica, proprietário de área rural ou prédio
rústico, que explore atividade agroeconômica, não se incluindo a exploração industrial em
estabelecimento agrário, em caráter permanente ou temporário, diretamente ou através de prepostos e
com auxílio de empregados.

e) A cessão pelo empregador, de moradia e de sua infraestrutura básica, assim, como, bens
destinados à produção para sua subsistência e de sua família, não integram o salário do trabalhador
rural, desde que caracterizados como tais, em contrato escrito celebrado entre as partes, com
testemunhas e notificação obrigatória ao respectivo sindicato de trabalhadores rurais.

9) Q145564 (/questoes-de-concurso/questao/145564) (/questoes-de-


concurso/questao/145564#imprimir)

Provas:
TRT 23R (MT) - 2012 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/trt-23r-mt-2012-trt-23-ordf-regiao-m
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Considerando o que dispõe a Lei n° 11.718/2008, que acr escentou artigo à Lei n° 5.889/73 e dentre
outras disposições, criou o contrato de trabalhador rural por pequeno prazo, analise as proposições
abaixo e assinale a atternativa correta:

I - O produtor rural pessoa física poderá realizar contratação de trabalhador rural por pequeno prazo
para o exercício de atividades de natureza temporária. A contratação de trabalhador rural por pequeno
prazo que, dentro do período de 1 (um) ano, superar 2 (dois) meses fica convertida em contrato de
trabalho por prazo indeterminado, observando-se os termos da legislação aplicável.

II - Todas as parcelas devidas ao trabalhador por pequeno prazo serão calculadas dia a dia.

III - O contrato por pequeno prazo dispensa a anotação na CTPS quando for formalizado mediante
contrato escrito.

IV - A não inclusão do trabalhador na Guia de recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e


Informações à Providencia Social (GFIP), nãodescaracteriza a contratação por pequeno prazo.
V - São assegurados ao trabalhador rural contratado por pequeno prazo, além de remuneração
equivalente a do trabalhador rural permanente, os demais direitos de natureza trabalhista, inclusive o
Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

a) As proposições I, lI, III e V estão corretas e a proposição IV está incorreta.

b) Todas as proposições estão corretas.

c) Apenas as proposições I, Il e IV estão corretas e as demais estão incorretas.

d) Apenas a proposição I está correta e as demais estão incorretas.

e) Apenas as proposições I, II e III estão corretas e as demais estão incorretas.

10) Q133196 (/questoes-de-concurso/questao/133196) (/questoes-de-


concurso/questao/133196#imprimir)

Provas:
FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do Trabalho - Prova TIPO 4 (/questoes-de-concurso/prova/fcc-2012-trt-4-ordf-regiao-rs-juiz
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

A contratação de trabalhador rural por pequeno prazo

a) pode ser realizada para o exercício de atividades de natureza temporária ou permanente,por


produtor rural pessoa física, jurídica e agroindustrial, proprietária ou não, que explore diretamente
atividade agroeconômica, e, se superar dois meses de contratação dentro do período de um ano, será
convertida em contrato de trabalho por prazo indeterminado.

b) não pode ser realizada para o exercício de atividades de natureza temporária por se caracterizar
como merchandage .

c) pode ser realizada para o exercício de atividades de natureza temporária por produtor rural pessoa
física, proprietário ou não, que explore diretamente atividade agroeconômica, e, se superar dois meses
de contratação dentro do período de um ano, será convertida em contrato de trabalho por prazo
indeterminado.

d) pode ser realizada para o exercício de atividades de natureza temporária por produtor rural pessoa
física, jurídica e agroindustrial, proprietária ou não, que explore diretamente atividade agroeconômica,
e, se superar três meses de contratação dentro do período de um ano, será convertida em contrato de
trabalho por prazo indeterminado.

e) pode ser realizada para o exercício de atividades de natureza temporária ou permanente,apenas por
produtor rural pessoa física, proprietária ou não, que explore diretamente atividade agroeconômica ou
agroindustrial, e, se superar três meses de contratação dentro do período de um ano, será convertida
em contrato de trabalho por prazo indeterminado.
11) Q133350 (/questoes-de-concurso/questao/133350) (/questoes-de-
concurso/questao/133350#imprimir)

Provas:
FCC - 2012 - TRT - 11ª Região (AM) - Juiz do Trabalho - Tipo 5 (/questoes-de-concurso/prova/fcc-2012-trt-11-ordf-regiao-am-juiz-do
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Em qualquer trabalho rural contínuo, de duração superior a

a) seis horas, será obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação observados
os usos e costumes da região, computando-se este intervalo na duração do trabalho.

b) seis horas, será obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação de uma hora,
não se computando este intervalo na duração do trabalho.

c) quatro horas, será obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação de uma
hora, não se computando este intervalo na duração do trabalho.

d) quatro horas, será obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação de uma
hora, computando-se este intervalo na duração do trabalho.

e) seis horas, será obrigatória a concessão de um intervalo para repouso ou alimentação observados
os usos e costumes da região, não se computando este intervalo na duração do trabalho.

12) Q145559 (/questoes-de-concurso/questao/145559) (/questoes-de-


concurso/questao/145559#imprimir)

Provas:
TRT 23R (MT) - 2012 - TRT - 23ª REGIÃO (MT) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/trt-23r-mt-2012-trt-23-ordf-regiao-m
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Atenção: essa questão tornou-se desatualizada, servindo apenas para consulta.

A respeito do Trabalho Rural, analise as proposições abaixo e assinale a alternativa correta:

I - Os chamados "turmeiros" ou "gatos" que agenciam o trabalho do chamado "boia fria", em regra, são
tidos como empregadores desse trabalhador, visto que assim equiparado por Lei, ante a previsão do
artigo 4° da Lei n°5.589/73.
II - O artigo 5° da Lei n° 5.889/73, que trata do trabalho rural, prevê em seu artigo 6° (sexto) que em
qualquer trabalho contínuo de duração superior a seis horas, será concedido ao trabalhador um
intervalo para repouso e alimentação de no mínimo uma hora e no máximo duas horas, observados os
usos e costumes da região.

III - É considerado trabalhador urbano o motorista, ainda que trabalhe no âmbito de empresa cuja
atividade é preponderantemente rural, considerando que se trata de categoria diferenciada assim
prevista em Lei.

IV - A Lei n° 6.019374, que trata do chamado trabalho temporário, não contempla a empresa do trabalho
temporário no âmbito rural, mas apenas no urbano.

V - A cessão pelo empregador rural, de moradia e de sua infraestrutura básica, assim, como, bens
destinados à produção para sua subsistência e de sua família, não integram o salário do trabalhador
rural, desde que caracterizados como tais, em contrato escrito celebrado entre as partes, com
testemunhas e notificação obrigatória ao respectivo sindicato de trabalhadores rurais.

a)
Apenas as alternativas IV e V estão corretas e as demais estão incorretas.

b)
Apenas as alternativas I e IV estão corretas e as demais estão incorretas.

c)
Apenas as alternativas I, IV e V estão corretas e as demais estão incorretas.

d)
Apenas as alternativas II e V estão corretas e as demais estão incorretas.

e)
Apenas as alternativas III, IV e V estão corretas e as demais estão incorretas.

13) Q156715 (/questoes-de-concurso/questao/156715) (/questoes-de-


concurso/questao/156715#imprimir)

Provas:
ESPP - 2012 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/espp-2012-trt-9-ordf-regiao-pr-juiz-do-trabalho
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)
João trabalha como empregado em área rural e reside em imóvel fornecido pelo empregador.
Desempenha atividade no setor de pecuária, sendo que, dentre suas obrigações, por laborar em leiteria,
se encontra a ordenha de vacas, sendo seu serviço realizado em duas etapas diferentes do dia. Analise
as proposições:

l. O trabalho noturno, nesta situação, é aquele desempenhado entr


e às 20h de um dia e 4h do dia
seguinte, sendo devido o acréscimo de 20% sobre a remuneração normal, caso trabalhe nesta condição.

II. Como João realiza serviço intermitente, o intervalo entre uma e outra parte da execução da tarefa
diária não é computado no tempo de serviço, desde que tal hipótese seja expressamente ressalvada na
CTPS. Esse intervalo deve ser no mínimo de quatro horas, entre uma e outra parte da execução da
tarefa.

Ill. Não existe norma legal prevendo tempo mínimo de interrupção de serviço para intervalo em serviço
intermitente.

IV. O desconto de até 25% sobre o salário mínimo é lícito, pela utilização da residência, desde que
autorizado previamente.

Assinale a alternativa correta:

a) Todas as proposições são corretas.

b) Todas as proposições são incorretas.

c) Somente as proposições Ill e IV são corretas.

d) Somente a proposição Il é correta.

e) Somente a proposição I é correta.

14) Q5536 (/questoes-de-concurso/questao/5536) (/questoes-de-concurso/questao/5536#imprimir)

Provas:
TRT 2R (SP) - 2011 - TRT - 2ª REGIÃO (SP) - Juiz do Trabalho (/questoes-de-concurso/prova/trt-2r-sp-2011-trt-2-ordf-regiao-sp-juiz-d
Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

Quanto ao trabalhador rural, é incorreto afirmar:

a) Sempre que mais de um empregado residir na mesma morada, o desconto de 20% (vinte por cento)
do salário mínimo, afeto à ocupação da morada, será dividido proporcionalmente ao número de
empregados, ficando vedada, em qualquer hipótese, a moradia coletiva de famílias.

b) Embora devendo integrar o resultado anual a que tiver direito o empregado rural, a plantação
intercalar, mesmo quando autorizada e objeto de contrato em separado, não poderá compor a parte
correspondente ao salário mínimo na er muneração geral do empregado, durante o ano agrícola.
c) Considera-se trabalho noturno o executado entre as 21 horas de um dia e 5 horas do dia seguinte, na
lavoura

d) A contratação de trabalhador rural por pequeno prazo que, dentro do período de seis meses, superar
dois meses fica convertida em contrato de trabalho por prazo indeterminado, observando-se os termos
da legislação aplicável.

e) Considera-se trabalho noturno o executado entre as 20 horas de um dia e as 4 horas do dia seguinte,
na pecuária.

15) Q39628 (/questoes-de-concurso/questao/39628) (/questoes-de-concurso/questao/39628#imprimir)

Provas: CESPE - 2011 - IFB - Professor - Direito (/questoes-de-concurso/prova/cespe-2011-ifb-professor-direito)


Disciplina: Direito do Trabalho (/questoes-de-concurso/disciplina/direito-do-trabalho) - Assuntos:
3.1.2 Empregado Rural (/questoes-de-concurso/questoes/assunto/3.1.2+Empregado+Rural)

 Mostrar texto associado à questão

Julgue os itens a seguir, relativos ao direito do trabalho.

Um analista de sistemas que trabalhe em uma usina de açúcar é considerado como trabalhador rural.

Certo

Errado

GABARITO:

1) E 5) C 9) A 13) B
2) Anulada 6) D 10) C 14) D
3) D 7) B 11) E 15) Certo
4) Desatualizada 8) D 12) Desatualizada