Você está na página 1de 11

Ficha de Avaliação/Reconsideração

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS


CONTÁBEIS E TURISMO
Tipo de Avaliação: AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS
Instituição de Ensino: UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG)
Programa: ADMINISTRAÇÃO (32001010026P0)
Modalidade: ACADÊMICO
Área de Avaliação: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO
Período de Avaliação: Avaliação Quadrienal
Data da Publicação (Avaliação): 20/09/2017 Data da Publicação (Reconsideração): 20/12/2017

Parecer da comissão de área


1 – Proposta do Programa

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


1.1. Coerência, consistência, abrangência e atualização das áreas de
concentração, linhas de pesquisa, projetos em andamento e proposta 50.0 Muito Bom Muito Bom
curricular.
1.2. Planejamento do programa com vistas a seu desenvolvimento futuro,
contemplando os desafios internacionais da área na produção do
conhecimento, seus propósitos na melhor formação de seus alunos, suas 30.0 Muito Bom Muito Bom
metas quanto à inserção social mais rica dos seus egressos, conforme os
parâmetros da área.
1.3. Infraestrutura para ensino, pesquisa e, se for o caso, extensão. 20.0 Muito Bom Muito Bom

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Muito Bom Muito Bom

Justificativa
O programa iniciou o curso do mestrado acadêmico em 1973 e o do doutorado em 1995. O PPG ofereceu
a área de concentração “Administração” e seis linhas de pesquisa, a saber: (a) Estudos organizacionais e
sociedade, (b) Finanças, (c) Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional, (d) Gestão
Organizacional e Tecnologias Gerenciais, (e) Estratégia, Marketing e Inovação e (f) Gestão de Operações
e Logística.

O objetivo mais amplo do PPG é o de formar pesquisadores, professores e especialistas em nível de pós-
graduação stricto sensu e de desenvolver pesquisas científicas qualificadas de alto nível internacional,
promovendo a geração do conhecimento e atuando como centro de excelência na área de ciências
sociais aplicadas. Apesar de os egressos atuarem majoritariamente em ensino e pesquisa em outras IES,
cabe destacar a atuação destes também em empresas públicas e privadas como gestores.

24/09/2018 02:45:53 1
Ficha de Avaliação/Reconsideração

O programa tem um consistente plano de atualização do corpo docente por meio do envio de seus
docentes para pós-doutorado no exterior. Os pós-doutorados continuam a ser realizados de acordo com o
planejado, ou seja, ter, no mínimo, um terço dos pesquisadores do NDP em pós-doutorado no quadriênio.
O programa reviu recentemente seus critérios de credenciamento, instituindo um ponto de corte mínimo
de 150 pontos CAPES de produção acadêmica no triênio.

O programa tem um planejamento de desenvolvimento institucional visando fortalecer a posição


internacional. São descritos os convênios internacionais celebrados e os principais resultados no âmbito
da mobilidade discente e docente. Cabe destacar o DINTER, chancelado em 2016, com a Universidade
Pedagógica de Moçambique, como iniciativa internacional relevante.

A infraestrutura para pesquisa e ensino é adequada aos objetivos. As salas de aula estão equipadas com
recursos multimídia e pontos de rede e há salas para estudo em grupo. Existe amplo acesso à base de
dados com apoio específico do pessoal para suporte. Recentemente o PPG mudou-se para novas
instalações.

Justificativa Reconsideração
Nada a acrescentar.

2 – Corpo Docente

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


2.1. Perfil do corpo docente, consideradas titulação, diversificação na
origem de formação, aprimoramento e experiência, e sua compatibilidade 15.0 Muito Bom Muito Bom
e adequação à Proposta do Programa.
2.2. Adequação e dedicação dos docentes permanentes em relação às 30.0 Muito Bom Muito Bom
atividades de pesquisa e de formação do programa.
2.3. Distribuição das atividades de pesquisa e de formação entre os 30.0 Muito Bom Muito Bom
docentes do programa.
2.4. Contribuição dos docentes para atividades de ensino e/ou de
pesquisa na graduação, com atenção tanto à repercussão que este item
pode ter na formação de futuros ingressantes na PG, quanto (conforme a
área) na formação de profissionais mais capacitados no plano da 10.0 Muito Bom Muito Bom
graduação. Obs.: este item só vale quando o PPG estiver ligado a curso
de graduação; se não o estiver, seu peso será redistribuído
proporcionalmente entre os demais itens do quesito.
2.5. Participação do docente em eventos alinhados com a sua área de 15.0 Muito Bom Muito Bom
atuação

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Muito Bom Muito Bom

24/09/2018 02:45:53 2
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Justificativa
O corpo docente do Programa é constituído, na média dos quatro anos, por 27 professores permanentes
e 7 colaboradores, encerrando o quadriênio com 29 e 5 colaboradores. A proporção do NDP com
produção alinhada à proposta do programa é muito boa, de acordo com os parâmetros da área para o
item 2.1 (pelo menos 85% dos professores estão alinhados

O Programa não depende de professores colaboradores ou visitantes, de acordo com os parâmetros da


área (menos do que 20% das orientações e horas-aula estão sob a responsabilidade dos colaboradores
ou visitantes). Todos os docentes permanentes apresentaram no período até três vínculos com
Programas de pós-graduação (atendendo à Portaria 81/2016) e atendem aos parâmetros da área quanto
à proporção de professores em regime integral (mais de 50% do NDP). A estabilidade do corpo docente
permanente permite atribuir o conceito muito bom, segundo os parâmetros da área, para o item 2.2 (pelo
menos 75% dos docentes permanentes foram mantidos no Programa ao longo do quadriênio).

É muito boa a proporção de docentes permanentes com projetos de pesquisa com financiamento externo,
de acordo com os parâmetros da área (maior ou igual a 70%). É muito boa a proporção dos docentes
permanentes que tiveram pelo menos 60 horas aula no programa durante o quadriênio, segundo os
parâmetros da área (pelo menos 85%). Em conjunto, estas métricas resultam em conceito muito bom no
item 2.3.

A proporção dos docentes permanentes com participação na graduação e com carga horária menor ou
igual a 300h por ano é muito boa para os parâmetros da área (superior a 85%). Nenhum docente
permanente ministrou mais de 300h na graduação por ano no período analisado.

A proporção de docentes permanentes que participaram de eventos científicos da área, com publicação
ou apresentação de palestras, é muito boa pelos parâmetros da área para o item 2.5.

Justificativa Reconsideração
Nada a acrescentar.

3 – Corpo Discente, Teses e Dissertações

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


3.1. Quantidade de teses e dissertações defendidas no período de
avaliação, em relação ao corpo docente permanente e à dimensão do 10.0 Muito Bom Muito Bom
corpo discente.
3.2. Distribuição das orientações das teses e dissertações defendidas no 20.0 Bom Bom
período de avaliação em relação aos docentes do programa.

24/09/2018 02:45:53 3
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


3.3. Qualidade das Teses e Dissertações e da produção de discentes
autores da pós-graduação e da graduação (no caso de IES com curso de 50.0 Bom Bom
graduação na área) na produção científica do programa, aferida por
publicações e outros indicadores pertinentes à área.
3.4. Eficiência do Programa na formação de mestres e doutores bolsistas:
Tempo de formação de mestres e doutores e percentual de bolsistas 10.0 Muito Bom Muito Bom
titulados.
3.5. Apresentação pelos discentes e egressos em eventos alinhados à 10.0 Regular Regular
Proposta do Programa

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Bom Bom

Justificativa
O Programa, ao longo do quadriênio em avaliação, titulou 90 mestres e 81 doutores, representando uma
proporção muito boa da sua base de discentes do mestrado e do doutorado de acordo com os
parâmetros da área para o item 3.1. (pelo menos 30% para o mestrado e 12% para o doutorado)

A distribuição das orientações em relação ao corpo docente permanente é boa (coeficiente de variação
do número de orientandos por orientador entre 0,5 e 1). O programa não tem sistematicamente
professores com poucas ou com excesso de orientações (mais de oito orientandos ao final de cada ano),
considerando-se todos os vínculos dos professores.

A proporção de egressos autores para doutorado consolidado é regular para os parâmetros da área
(entre 5% e 10%). Dessa produção, a proporção de produção qualificada é considerada boa (entre 35% e
50%). Em conjunto estas métricas resultam no conceito bom para o item 3.3.

A mediana do tempo de titulação dos alunos de mestrado é muito boa de acordo com os parâmetros da
área para o item 3.4 (menor ou igual a 30 meses), assim como para os alunos do doutorado (menor ou
igual a 54 meses).

A proporção de discentes autores com publicação em anais é regular no cômputo dos cursos de
mestrado (entre 20% e 40% dos discentes) e de doutorado (entre 20% e 50% dos discentes) segundo os
parâmetros da área. A proporção de discentes autores com publicação em anais de eventos no exterior é
fraca no cômputo do curso de mestrado (entre 0,5% e 1% dos discentes) e regular no cômputo do curso
de doutorado (entre 5% e 8% dos discentes). Em conjunto estas métricas resultam no conceito regular
para o item 3.5.

Justificativa Reconsideração
Item 3.2

24/09/2018 02:45:53 4
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Conforme o Relatório de Avaliação 2013-2016 Quadrienal 2017 da área, no item 3.2, “Foram somadas
orientações de todos os PPG em que o professor participava como DP ou colaborador”. Neste caso,
foram considerados os dados informados na plataforma Sucupira pelo Programa e por outros Programas
vinculados ao SNPG. Para o item 3.2, e no âmbito do PPG, foram considerados 26 DP em 2013, 27 DP
em 2014, 29 DP em 2015 e 29 DP em 2016. A média do coeficiente de variação das distribuições anuais
das orientações entre DP corresponde ao conceito BOM (< ou = a 1, mas > que 0,5). Diante disso e não
havendo novas evidências que possam ser consideradas, recomenda-se a manutenção do conceito.

Item 3.3
Conforme o Relatório de Avaliação 2013-2016 Quadrienal 2017 da área, no item 3.3, com base nos
dados informados na plataforma Sucupira pelo Programa, verificou-se que a proporção de egressos
autores para doutorado consolidado é regular (3), sendo que dessa produção, a proporção de produção
qualificada é considerada Boa (4). Em conjunto estas métricas resultam no conceito Bom (4) para o item
3.3. Os dados extraídos da produção discente da Sucupira divergem do apresentado pelo PPG no
recurso. No entanto, apenas os dados informados na Sucupira foram considerados. Diante disso e não
havendo novas evidências que possam ser acatadas, recomenda-se a manutenção do conceito bom.

Item 3.5
Conforme o Relatório de Avaliação 2013-2016 Quadrienal 2017 da área, no item 3.5, com base nos
dados informados na plataforma Sucupira pelo Programa, verificou-se que a proporção de discentes
autores com publicação em anais é Regular (3). A proporção de discentes autores com publicação em
anais de eventos no exterior é Fraca (2). Em conjunto estas métricas resultam no conceito Regular (3)
para o item 3.5. Os dados extraídos da produção discente da Sucupira divergem do apresentado pelo
PPG no recurso. Segundo o PPG a diferença provavelmente ocorreu em virtude de perdas quando da
transferência de dados do Lattes para o Sucupira. No entanto, apenas os dados informados na Sucupira
foram considerados. Diante disso e não havendo novas evidências que possam ser acatadas,
recomenda-se a manutenção do conceito regular.

4 – Produção Intelectual

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


4.1. Publicações qualificadas do Programa por docente permanente. 50.0 Bom Bom
4.2. Distribuição de publicações qualificadas em relação ao corpo docente 35.0 Muito Bom Muito Bom
permanente do Programa.
4.3. Produção técnica, patentes e outras produções consideradas 15.0 Bom Bom
relevantes.
4.4. Produção Artística, nas áreas em que tal tipo de produção for - Não Aplicável Não Aplicável
pertinente.

24/09/2018 02:45:53 5
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Bom Bom

Justificativa
A produção bibliográfica total média por docente permanente atingiu nível correspondente ao conceito
muito bom pelos parâmetros da área (200 pontos ou mais por docente permanente no quadriênio). A
produção bibliográfica qualificada média por docente permanente do Programa foi avaliada como regular
pelos parâmetros da área (entre 60 e 70 pontos).

A distribuição da produção qualificada do Programa entre os docentes permanentes é muito boa pelos
parâmetros da área para o item 4.2 (um percentual superior a 50% dos docentes permanentes atingiu a
mediana da produção qualificada da área).

A proporção de docentes permanentes com três ou mais produtos/atividades por ano em média é boa de
acordo com os parâmetros para o item 4.3 (entre 70% e 85%).

Justificativa Reconsideração
Item 4.1
Frente ao questionamento do PPG a respeito da lista Qualis, registra-se que as regras de classificação e
reclassificação dos periódicos estavam descritas no documento da área. A classificação 2016 manteve
critérios do ano anterior. Foram desclassificados os periódicos com política editorial não condizentes com
os padrões mínimos de qualidade definidos pela área. Apenas os dados informados na Sucupira foram
considerados, sendo que a publicação deveria ter ocorrido dentro quadriênio sob análise. O resultado do
item 4.1 considerou uma média simples dos indicadores 1 e 2, neste caso, ((5 + 3)/2 = 4), conceito bom.
Diante disso e não havendo novas evidências que possam ser consideradas, recomenda-se a
manutenção do conceito bom.

Item 4.3
Frente ao questionamento do PPG a respeito da base de dados utilizada para extração das informações
de produção técnica, registra-se que estas precisam ser informadas como produção técnica no Lattes de
cada docente e posteriormente importadas pelo PPG para a Plataforma Sucupira. Além disto, é possível
fazer o lançamento e revisão da produção técnica diretamente na própria Sucupira. A proporção de
docentes permanentes com três ou mais produtos/atividades por ano em média é boa (4), de acordo com
os parâmetros para o item 4.3 (entre 70% e 85%). Diante disso e não havendo novas evidências que
possam ser consideradas, recomenda-se a manutenção da nota no item 4.3.

5 – Inserção Social

24/09/2018 02:45:53 6
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Itens de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


5.1. Inserção e impacto regional e (ou) nacional do programa. 50.0 Muito Bom Muito Bom
5.2. Integração e cooperação com outros programas e centros de
pesquisa e desenvolvimento profissional relacionados à área de 30.0 Muito Bom Muito Bom
conhecimento do programa, com vistas ao desenvolvimento da pesquisa e
da pós-graduação.
5.3 - Visibilidade ou transparência dada pelo programa a sua atuação. 20.0 Muito Bom Muito Bom

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Muito Bom Muito Bom

Justificativa
É Muito Boa a inserção e o impacto regional e nacional do programa, nas dimensões educacional e
social. É destacado o papel de vanguarda do PPG na formação de recursos humanos qualificados ao
longo de 40 anos, com destaque para iniciativa do lato-sensu. Além da integração com a graduação
foram relatadas outras ações como projetos de pesquisa junto à sociedade.

Também é Muito Boa a integração e cooperação com outros programas e centros de pesquisa e
desenvolvimento profissional relacionados à área de conhecimento do programa. O PPG vem
colaborando com diversas instituições no sentido de promover avanços no ensino e na pesquisa em
administração. Destaca-se o DINTER com a Universidade Federal do Amazonas.

Professores do programa são anualmente convidados para presidir mesas e sessões nos congressos e
eventos de entidades de liderança nacionais e regionais da área. Há registro de professores atuando
como editores de revistas nacionais e internacionais. Cabe destacar o DINTER, chancelado em 2016,
com a Universidade Pedagógica de Moçambique, como iniciativa internacional relevante.

O programa apresenta um site na internet que mantém dados sobre o programa atualizados. O site é de
fácil acesso seja direto por mecanismos de busca ou pela página principal. O site do programa apresenta
as informações sobre critérios de seleção de alunos, linhas de pesquisa e produção científica dos
docentes. Há acesso às teses de dissertações além de link para acesso a periódico e evento do PPG.

Justificativa Reconsideração
Nada a acrescentar.

Qualidade dos Dados

Quesitos de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


1 – Proposta do Programa - Bom Bom

24/09/2018 02:45:53 7
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Quesitos de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


2 – Corpo Docente 20.0 Muito Bom Muito Bom
3 – Corpo Discente, Teses e Dissertações 35.0 Muito Bom Muito Bom
4 – Produção Intelectual 35.0 Muito Bom Muito Bom
5 – Inserção Social 10.0 Muito Bom Muito Bom

Avaliação Reconsideração
CONCEITO DA COMISSÃO Muito Bom Muito Bom

Apreciação da Avaliação
O PPG apresentou uma descrição insuficiente das linhas de pesquisa. Algumas linhas de pesquisa foram
descritas de forma prolixa e exaustiva, não permitindo associar os docentes às suas linhas e temáticas de
pesquisa específicas. Apesar do Programa relatar o elevado interesse dos candidatos nos cursos de
mestrado e de doutorado, não há detalhamento da parametrização dos critérios de seleção constantes no
edital.

Apreciação da Reconsideração
Nada a acrescentar.

Parecer da comissão de área sobre o mérito do programa

Quesitos de Avaliação Peso Avaliação Reconsideração


1 – Proposta do Programa - Muito Bom Muito Bom
2 – Corpo Docente 20.0 Muito Bom Muito Bom
3 – Corpo Discente, Teses e Dissertações 35.0 Bom Bom
4 – Produção Intelectual 35.0 Bom Bom
5 – Inserção Social 10.0 Muito Bom Muito Bom

Avaliação Reconsideração
Nota 4 4

Justificativa
O Programa recebeu a nota 4 em razão de ter alcançado conceito bom nos quesitos 3 e 4, apesar de ter
alcançado o conceito muito bom em outros três quesitos.

O Programa apresenta uma proposta de formação discente coerente, com consistente articulação entre
linhas de pesquisa, projetos e estrutura curricular. O planejamento futuro do programa é consistente e a
infraestrutura para ensino e pesquisa é adequada.

24/09/2018 02:45:53 8
Ficha de Avaliação/Reconsideração

O corpo docente cumpre todos os requisitos preconizados pela área quanto à titulação, formação,
experiência, atuação em projetos, estabilidade e dedicação, apresentando ainda projeção de nível
nacional. Há adequada distribuição das atividades sob responsabilidade do corpo docente permanente. A
participação dos docentes permanentes na graduação e em eventos científicos é muito boa.

O número de titulados pelo Programa em relação ao total de discentes é muito bom. O tempo de titulação
dos discentes, de mestrado e doutorado, é muito bom. A distribuição das orientações entre os docentes
permanentes do Programa é boa. Egressos do curso apresentaram desempenho bom na publicação de
artigos científicos e livros. Os discentes participaram com frequência regular em eventos acadêmicos da
área.

O Programa apresenta níveis bons de produção intelectual, sendo muito bom no total dos produtos e
regular quanto à sua qualificação. A distribuição de publicações qualificadas em relação ao corpo docente
permanente do Programa é muito boa. A produção técnica do Programa é boa.

A inserção social é muito boa, com impactos sociais e econômicos significativos. Há liderança, cooperação
e solidariedade nas atividades relacionadas à formação e ao aprimoramento de pesquisadores e de
centros de pesquisa e disseminação do conhecimento científico. O Programa evidencia, em seu site,
informações suficientes que permitem ampla visibilidade da sua atuação.

Justificativa na reconsideração
No pedido de reconsideração, o próprio PPG reconhece que não prestou as informações qualificadas
necessárias. Não havendo novas evidências que possam ser consideradas, recomenda-se a manutenção
da nota 4 para o Programa.

Membros da Comissão de Avaliação


Nome Instituição
LUCIANA MARQUES VIEIRA UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS
CRISTIANA FERNANDES DE MUYLDER UNIVERSIDADE FUMEC
VALDIR MACHADO VALADAO JUNIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA
RAFAEL BARREIROS PORTO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
MARCELO GATTERMANN PERIN PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE
DO SUL
DIOGENES DE SOUZA BIDO UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE
KENNY BASSO FACULDADE MERIDIONAL
ANA AUGUSTA FERREIRA DE FREITAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
ARMINDO DOS SANTOS DE SOUSA TEODOSIO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
MIRIAN REJOWSKI UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI
ALESSANDRA DE SA MELLO DA COSTA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE
JANEIRO
GERLANDO AUGUSTO SAMPAIO FRANCO DE LIMA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FELIPE MENDES BORINI UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

24/09/2018 02:45:53 9
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Membros da Comissão de Avaliação


Nome Instituição
GLAUBER EDUARDO DE OLIVEIRA SANTOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
ANTONIO SERGIO ARAUJO FERNANDES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
ROMUALDO DOUGLAS COLAUTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
EDSON RONALDO GUARIDO FILHO (Coordenador de Área) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
PATRICIA MARIA BORTOLON UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
JACQUELINE VENEROSO ALVES DA CUNHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
VINICIUS ANDRADE BREI UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
MÁRCIA MARTINS MENDES DE LUCA (Coordenador Adjunto UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
de Programas Acadêmicos)
VERA MARIA RODRIGUES PONTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
CANDIDO VIEIRA BORGES JUNIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
MARCELO ALVARO DA SILVA MACEDO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
PETER FERNANDES WANKE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
ALEXANDRE REIS GRAEML UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ
MOZAR JOSE DE BRITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
PAULO ROBERTO DA CUNHA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU
ANETE ALBERTON UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ
RAFAEL GUILHERME BURSTEIN GOLDSZMIDT FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ( RJ )
ELIANE PEREIRA ZAMITH BRITO (Coordenador de Área) FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS (SP)
MARCO AURELIO MARQUES FERREIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

Membros da Comissão de Reconsideração


Nome Instituição
DANNY PIMENTEL CLARO INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA
SUZANA MARIA DE CONTO UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL
MARCELO GATTERMANN PERIN PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE
DO SUL
KENNY BASSO FACULDADE MERIDIONAL
ANA AUGUSTA FERREIRA DE FREITAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
INGRIDI VARGAS BORTOLASO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL
LINDOMAR PINTO DA SILVA UNIVERSIDADE SALVADOR
MAISA DE SOUZA RIBEIRO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
MÁRIO VASCONCELLOS SOBRINHO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
KERLEI ENIELE SONAGLIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
MARCIA BIANCHI UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
MÁRCIA MARTINS MENDES DE LUCA (Coordenador Adjunto UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
de Programas Acadêmicos)
MARCELO ALVARO DA SILVA MACEDO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
EDUARDO EUGENIO SPERS ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING
EDUARDO ANDRE TEIXEIRA AYROSA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ( RJ )
ELIANE PEREIRA ZAMITH BRITO (Coordenador de Área) FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS (SP)
MAGNUS LUIZ EMMENDOERFER UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

Complementos
Apreciações ou sugestões complementares sobre a situação ou desempenho do programa.

24/09/2018 02:45:53 10
Ficha de Avaliação/Reconsideração

Recomendações da Comissão ao Programa.

A CAPES deve promover visita de consultores ao Programa?


Não
A Comissão recomenda mudança de área de avaliação?
Não
A Comissão recomenda a mudança de modalidade do programa?
Não

Parecer do CTC sobre o mérito da proposta


Parecer Final
Avaliação Reconsideração
Nota 4 4
Justificativa
O CTC-ES ampliado, em sua 172ª reunião, destinada a avaliar os programas analisados durante a
Quadrienal 2017, aprova as deliberações e recomendações elaboradas pela Comissão de Área ratificando
a nota por ela atribuída.

Justificativa na Reconsideração
O CTC-ES ampliado, em sua 175ª reunião, destinada a avaliar os pedidos de reconsideração dos
resultados da 1ª etapa da Quadrienal 2017, aprova as deliberações e recomendações elaboradas pela
Comissão de Área ratificando a nota por ela atribuída.

24/09/2018 02:45:53 11