Você está na página 1de 67
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

|

1

TRANSFORMAÇÃO DE PROCESSOS SOFTWARE PARA TESTE CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012

TRANSFORMAÇÃO DE PROCESSOS

TRANSFORMAÇÃO DE PROCESSOS SOFTWARE PARA TESTE CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 -
TRANSFORMAÇÃO DE PROCESSOS SOFTWARE PARA TESTE CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 -
SOFTWARE PARA TESTE CAPACITAÇÃO
SOFTWARE PARA TESTE
CAPACITAÇÃO
DE PROCESSOS SOFTWARE PARA TESTE CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 - 2014

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

CADEIA DE VALOR

CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 - 2014 TERMO DE INÍCIO DA LICITAÇÃO
CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 - 2014 TERMO DE INÍCIO DA LICITAÇÃO
CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 - 2014 TERMO DE INÍCIO DA LICITAÇÃO
CAPACITAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR 2011 2012 - 2014 TERMO DE INÍCIO DA LICITAÇÃO

2011 2012 - 2014

TERMO DE

INÍCIO DA LICITAÇÃO

2015

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

2016

INÍCIO DO CONTRATO COM A

COOPERAÇÃO IBRAM E UNESCO PARA CONTRATAÇÃO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM GESTÃO POR PROCESSOS CONSULTORIA
COOPERAÇÃO
IBRAM E UNESCO
PARA CONTRATAÇÃO
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM GESTÃO
POR PROCESSOS
CONSULTORIA
CONTRATADA

ESTRUTURAÇÃO DA GESTÃO POR PROCESSOS

CONTRATADA ESTRUTURAÇÃO DA GESTÃO POR PROCESSOS TRANSFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS CAPACITAÇÃO SOFTWARE

TRANSFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS

CAPACITAÇÃO SOFTWARE PARA TESTE ESCRITÓRIO DE PROCESSOS CADEIA DE VALOR ©EloGroup | Todos os direitos
CAPACITAÇÃO
SOFTWARE PARA TESTE
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
CADEIA DE VALOR
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
DE VALOR ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 LICENCIAMENTO FISCALIZAÇÃO INFORMAÇÕES COMPENSAÇÃO
LICENCIAMENTO FISCALIZAÇÃO INFORMAÇÕES COMPENSAÇÃO AMBIENTAL AMBIENTAL AMBIENTAIS AMBIENTAL
LICENCIAMENTO
FISCALIZAÇÃO
INFORMAÇÕES
COMPENSAÇÃO
AMBIENTAL
AMBIENTAL
AMBIENTAIS
AMBIENTAL

| 2

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

CONTEXTO APRESENTADO REQUERER LICENÇA AMBIENTAL OU DISPENSA AMOSTRA DE APROXIMADAMENTE 70 PROCESSOS AGUARDAR INÍCIO

CONTEXTO APRESENTADO

REQUERER LICENÇA AMBIENTAL OU DISPENSA AMOSTRA DE APROXIMADAMENTE 70 PROCESSOS
REQUERER LICENÇA
AMBIENTAL OU
DISPENSA
AMOSTRA DE APROXIMADAMENTE
70 PROCESSOS
AGUARDAR INÍCIO DA ANÁLISE

AGUARDAR INÍCIO DA ANÁLISE

APROXIMADAMENTE 70 PROCESSOS AGUARDAR INÍCIO DA ANÁLISE ANALISAR EMITIR LICENÇA ACOMPANHAR SOLICITAÇÃO DO
APROXIMADAMENTE 70 PROCESSOS AGUARDAR INÍCIO DA ANÁLISE ANALISAR EMITIR LICENÇA ACOMPANHAR SOLICITAÇÃO DO
ANALISAR EMITIR LICENÇA ACOMPANHAR SOLICITAÇÃO DO AMBIENTAL OU INTERESSADO INDEFERIMENTO CONDICIONANTES DA
ANALISAR
EMITIR LICENÇA
ACOMPANHAR
SOLICITAÇÃO DO
AMBIENTAL OU
INTERESSADO
INDEFERIMENTO
CONDICIONANTES DA
LICENÇA
ESSE TEMPO FOI CALULADO
DESCONTANDO O EMPO QUE FICA
COM O INTERESADO
FORAM REALIZADAS 14
ENTREVISTAS COM
EMPREENDEDORES
O INTERESADO FORAM REALIZADAS 14 ENTREVISTAS COM EMPREENDEDORES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 4

DESAFIOS DO PROJETO DIMINUIR TEMPO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL OTIMIZAR O AUMENTAR A PRODUTIVIDADE NA EMISSÃO

DESAFIOS DO PROJETO

DIMINUIR TEMPO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL OTIMIZAR O AUMENTAR A PRODUTIVIDADE NA EMISSÃO DE LICENÇAS
DIMINUIR TEMPO DE
LICENCIAMENTO
AMBIENTAL
OTIMIZAR O
AUMENTAR A
PRODUTIVIDADE NA
EMISSÃO DE LICENÇAS
ACOMPANHAMENTO
PÓS LICENÇA
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
NA EMISSÃO DE LICENÇAS ACOMPANHAMENTO PÓS LICENÇA ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 5

| 5

MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S

MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO

MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S
MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S
MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S
MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S
MÉTODO DE TRANSFORMAÇÃO CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S
CONCLUÍDOS A FAZER AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO S S S S S S S
CONCLUÍDOS
A FAZER
AGOSTO
SETEMBRO
OUTUBRO
NOVEMBRO
DEZEMBRO
S S
S
S
S S
S
S
S S
S
S
S S
S
S
S S
S
S
CRONOGRAMA
1 2
3
4
1 3
2
4
1 3
2
4
1 3
2
4
1 3
2
4
DEFINIÇÃO DA VISÃO DO PROJETO
DIAGNÓSTICO DO LICENCIAMENTO
AMBIENTAL TRIFÁSICO
IDEAÇÃO E PROTOTIPAÇÃO DE IDEIAS
PLANEJAMENTO E TESTE DE
SOLUÇÕES
PLANEJAMENTO DA
IMPLEMENTAÇÃO
ACOMPANHAMENTO DA
IMPLEMENTAÇÃO
DE ENTREGASCRONOGRAMA
ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DE ENTREGASCRONOGRAMA ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 6

77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77% Fora do prazo de 180 dias 23% Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE
77%
Fora do prazo de 180 dias
23%
Dentro do prazo de 180 dias
PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO

DO PRAZO LEGAL

Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
Dentro do prazo de 180 dias PIRÂMIDE DE CUMPRIMENTO DO PRAZO LEGAL ©EloGroup | Todos os
| 7
| 7
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem
Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem

Os instrumentos e procedimentos de gestão da fila e da produtividade são ineficientes.

de gestão da fila e da produtividade são ineficientes. A triagem e gestão dos documentos, a

A triagem e gestão dos documentos, a instrução

processual e o fluxo do processo físico são inadequados.

processual e o fluxo do processo físico são inadequados. A inexistência de direcionamento de quais itens

A inexistência de direcionamento de quais itens analisar, que metodologias utilizar e quais legislações aplicar geram análises despadronizadas excessivas e/ou insuficientes.

análises despadronizadas excessivas e/ou insuficientes. Os instrumentos e procedimentos de acompanhamento são

Os instrumentos e procedimentos de acompanhamento são insuficientes para realização de controle ambiental efetivo.

FONTES DE IDEIAS DE SOLUÇÃO BOAS PRÁTICAS O QUE É? Identificação de soluções estruturantes para

FONTES DE IDEIAS DE SOLUÇÃO

BOAS PRÁTICAS

O QUE É? Identificação de soluções estruturantes para melhorar os processos do licenciamento ambiental em três vertentes:

BENCHMARKING

O QUE É? Entrevista com outros órgãos publicas que poderiam ter boas práticas aplicáveis a realidade do licenciamento ambiental

Fontes:

Literatura

Percepções da equipe de transformação

Casos de sucesso

da equipe de transformação • Casos de sucesso ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 IBRAM
da equipe de transformação • Casos de sucesso ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 IBRAM
da equipe de transformação • Casos de sucesso ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 IBRAM

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

IBRAM

O QUE É? Utilização de todo conhecimento dos colaboradores do IBRAM para gerar soluções assertivas e que já foram pensadas pelos próprios servidores do instituto.

do IBRAM para gerar soluções assertivas e que já foram pensadas pelos próprios servidores do instituto.

| 11

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO

CONVERGIR FAZER ESCOLHAS
CONVERGIR
FAZER
ESCOLHAS
DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS
DIVERGIR
CRIAR
ESCOLHAS
CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1 2
CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1 2
CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1 2
CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1 2
CONVERGIR FAZER ESCOLHAS DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 1 2

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 12

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO DESENVOLVER DESENVOLVER TR TR E E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO DESENVOLVER DESENVOLVER TR TR E E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA

DESENVOLVER DESENVOLVER TR TR E E

DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR

DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR

ATIVIDADE ATIVIDADE LICENCIÁVEL LICENCIÁVEL

POR ATIVIDADE ATIVIDADE LICENCIÁVEL LICENCIÁVEL CONSTRUIR CONSTRUIR MODELOS MODELOS DE DE PARECER PARECER

CONSTRUIR CONSTRUIR MODELOS MODELOS DE DE PARECER PARECER

CONCLUSIVO CONCLUSIVO SEMI SEMI ESTRUTURADOS ESTRUTURADOS

E E

GUIA GUIA DE DE APOIO APOIO À À ANÁLISE ANÁLISE

E E GUIA GUIA DE DE APOIO APOIO À À ANÁLISE ANÁLISE ESTRUTURAR A ANÁLISE ADMINISTRATIVA

ESTRUTURAR A ANÁLISE

ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS GERENCIAS DE ATENDIMENTO

ANÁLISE ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS GERENCIAS DE ATENDIMENTO ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA

ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA AMBIENTAL

O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA AMBIENTAL DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E DO

DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E DO DESEMPENHO DOS PROCESSOS

O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E DO DESEMPENHO DOS PROCESSOS ©EloGroup | Todos os direitos

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 13

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO

AVICULTURA

PARCELAMENTO DE

SOLO

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem

Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem a análise, gerando maior completude da análise técnica e agilizando o processo como um todo

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO  INDÚSTRIA
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO  INDÚSTRIA

AVICULTURA

PARCELAMENTO DE

SOLO

INDÚSTRIA

Termo de referência específica da atividade na qual constará todas as informações que são realmente

necessárias para que seja realizada a análise técnica

conforme necessidade do IBRAM.

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO

AVICULTURA

PARCELAMENTO DE

SOLO

Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem a análise, gerando maior completude da análise técnica e agilizando o processo como um todo

da análise técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS AVICULTURA 4 PROCESSOS DE LO
RESULTADOS
RESULTADOS
RESULTADOS

RESULTADOS

RESULTADOS
RESULTADOS
técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS AVICULTURA 4 PROCESSOS DE LO TESTADOS MÉDIA

AVICULTURA

4 PROCESSOS DE LO TESTADOS

MÉDIA DE
MÉDIA DE
como um todo RESULTADOS AVICULTURA 4 PROCESSOS DE LO TESTADOS MÉDIA DE PARCELAMENTO 2 PROCESSOS DE

PARCELAMENTO

2 PROCESSOS DE LP TESTADOS

como um todo RESULTADOS AVICULTURA 4 PROCESSOS DE LO TESTADOS MÉDIA DE PARCELAMENTO 2 PROCESSOS DE
como um todo RESULTADOS AVICULTURA 4 PROCESSOS DE LO TESTADOS MÉDIA DE PARCELAMENTO 2 PROCESSOS DE

MÉDIA DE

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO

AVICULTURA

PARCELAMENTO DE

SOLO

Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem a análise, gerando maior completude da análise técnica e agilizando o processo como um todo

da análise técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS PARCELAMENTO POR PESSOA PARA REALIZAR
RESULTADOS
RESULTADOS
RESULTADOS

RESULTADOS

RESULTADOS
RESULTADOS
técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS PARCELAMENTO POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE

PARCELAMENTO

e agilizando o processo como um todo RESULTADOS PARCELAMENTO POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA

POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM

PROCESSO

um todo RESULTADOS PARCELAMENTO POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM PROCESSO REDUÇÃO DE

REDUÇÃO

um todo RESULTADOS PARCELAMENTO POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM PROCESSO REDUÇÃO DE

DE TEMPO DE ANÁLISE

 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO
 AVICULTURA  PARCELAMENTO DE SOLO

AVICULTURA

PARCELAMENTO DE

SOLO

Modelo de pareceres com campos fechados e perguntas que direcionem a análise, gerando maior completude da análise técnica e agilizando o processo como um todo

da análise técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS AVICULTURA POR PESSOA PARA REALIZAR
RESULTADOS
RESULTADOS
RESULTADOS

RESULTADOS

RESULTADOS
RESULTADOS
técnica e agilizando o processo como um todo RESULTADOS AVICULTURA POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE

AVICULTURA

e agilizando o processo como um todo RESULTADOS AVICULTURA POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA

POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM PROCESSO

um todo RESULTADOS AVICULTURA POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM PROCESSO REDUÇÃO DE

REDUÇÃO

um todo RESULTADOS AVICULTURA POR PESSOA PARA REALIZAR A ANÁLISE TÉCNICA DE UM PROCESSO REDUÇÃO DE

DE TEMPO DE ANÁLISE

DESENVOLVER TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI
DESENVOLVER TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI

DESENVOLVER TR E

DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL

TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E

CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E GUIA DE APOIO À ANÁLISE

CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E GUIA DE APOIO À ANÁLISE ESTRUTURAR ESTRUTURAR A A ANÁLISE ANÁLISE ADMINISTRATIVA

ESTRUTURAR ESTRUTURAR A A ANÁLISE ANÁLISE

ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS

ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS

GERENCIAS GERENCIAS DE DE ATENDIMENTO ATENDIMENTO

NAS GERENCIAS GERENCIAS DE DE ATENDIMENTO ATENDIMENTO ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA

ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA

AMBIENTAL

O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA AMBIENTAL ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 DESENVOLVER O

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

AMBIENTAL ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E

DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E DO DESEMPENHO

DOS PROCESSOS

| 18

REDESENHO DO PROCESSO ALTERAÇÕES NO PROCESSO REQUERIMENTO RECEBIDO NO AGUARDAR INÍCIO DA ANALISE REALIZAR ANÁLISE

REDESENHO

DO PROCESSO

ALTERAÇÕES NO PROCESSO

REQUERIMENTO RECEBIDO NO AGUARDAR INÍCIO DA ANALISE REALIZAR ANÁLISE DOCUMENTAL E PROTOCOLO TÉCNICA
REQUERIMENTO
RECEBIDO NO
AGUARDAR INÍCIO
DA ANALISE
REALIZAR ANÁLISE
DOCUMENTAL E
PROTOCOLO
TÉCNICA
REALIZAR ANÁLISE DOCUMENTAL E PROTOCOLO TÉCNICA  Processo só será autuado após conferência 

Processo só será autuado após conferência

Indeferimento e arquivamento caso a documentação não seja complementada em 120 dias.

Após indeferimento o interessado deverá

pagar nova taxa de análise e apresentar novamente a documentação.

REQUERIMENTO REALIZAR ANÁLISE RECEBIDO NO REALIZAR ANÁLISE DOCUMENTAL AGUARDAR INÍCIO DA ANALISE TÉCNICA
REQUERIMENTO
REALIZAR ANÁLISE
RECEBIDO NO
REALIZAR ANÁLISE
DOCUMENTAL
AGUARDAR INÍCIO
DA ANALISE TÉCNICA
TÉCNICA
PROTOCOLO
NÃO CONFORME E NÃO
CORRIGIDO EM 120 DIAS
ARQUIVAMENTO
NÃO CONFORME E NÃO CORRIGIDO EM 120 DIAS ARQUIVAMENTO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 19

PILOTO O teste foi aplicado em processos aleatórios fornecidos pelos gerentes CONFORMIDADE ATIVIDADE TOTAL DE

PILOTO

O teste foi aplicado em processos aleatórios fornecidos pelos gerentes

CONFORMIDADE

ATIVIDADE

TOTAL DE

PROCESSOS

MÉDIA DE ITENS NÃO ATENDIDOS

POSTO COMBUSTÍVEL AVICULTURA

9

6,5

10

6,8

PARCELAMENTO

10

17,4

TOTAL

29

30,7

Média de
Média de

Itens não atendidos por processo

30,7 Média de Itens não atendidos por processo ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 TEMPO

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

por processo ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 TEMPO A T I V I D

TEMPO

ATIVIDADE

TEMPO NECESSÁRIO (hrs)

MÉDIA POR PROCESSO (min)

POSTO COMBUSTÍVEL

03:18

22

02:18

13,8

AVICULTURA PARCELAMENTO

02:22

14,2

TOTAL

29

50

Média de
Média de

Minutos por processo analisado

| 20

50 dias 120 dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos
50 dias 120 dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos
50 dias 120 dias 50 dias de análise de complementação de reanálise
50 dias
120 dias
50 dias
de análise
de complementação
de reanálise
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
dias 50 dias de análise de complementação de reanálise ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 21

DESENVOLVER TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI
DESENVOLVER TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI

DESENVOLVER TR E

DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL

TR E DOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA POR ATIVIDADE LICENCIÁVEL CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E

CONSTRUIR MODELOS DE PARECER CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E GUIA DE APOIO À ANÁLISE

CONCLUSIVO SEMI ESTRUTURADOS E GUIA DE APOIO À ANÁLISE ESTRUTURAR A ANÁLISE ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS GERENCIAS

ESTRUTURAR A ANÁLISE ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS GERENCIAS DE ATENDIMENTO

ANÁLISE ADMINISTRATIVA (CINZA) NAS GERENCIAS DE ATENDIMENTO ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA

ESTRUTURAR O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA

AMBIENTAL

O MONITORAMENTO PÓS EMISSÃO DA LICENÇA AMBIENTAL ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 DESENVOLVER O

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

AMBIENTAL ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E

DESENVOLVER O GERENCIAMENTO DA FILA DE DEMANDAS E DO DESEMPENHO

DOS PROCESSOS

| 22

BANCO DE CONDICIONANTES RESULTADOS ESPERADOS  MENOR TEMPO DE ANÁLISE  MAIOR CLAREZA DOS ITENS
BANCO DE CONDICIONANTES RESULTADOS ESPERADOS  MENOR TEMPO DE ANÁLISE  MAIOR CLAREZA DOS ITENS

BANCO DE CONDICIONANTES

RESULTADOS ESPERADOS  MENOR TEMPO DE ANÁLISE  MAIOR CLAREZA DOS ITENS  MAIOR ASSERTIVOS

RESULTADOS ESPERADOS

MENOR TEMPO DE ANÁLISE

MAIOR CLAREZA DOS ITENS

MAIOR ASSERTIVOS PARA TODAS AS PARTES INTERESSADAS

MAIOR PRECISÃO NO MONITORAMENTO E VERIFICAÇÃO DE CONDICIONANTES

PRECISÃO NO MONITORAMENTO E VERIFICAÇÃO DE CONDICIONANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 GESTÃO DAS

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 GESTÃO DAS DEMANDAS RESULTADOS ESPERADOS  PASSIVO

GESTÃO DAS DEMANDAS

RESULTADOS ESPERADOS  PASSIVO CONTROLADO  INFORMAÇÃO GEOESPACIALIZADA  MAIOR PRODUTIVIDADE A PARTIR DA

RESULTADOS ESPERADOS

PASSIVO CONTROLADO

INFORMAÇÃO GEOESPACIALIZADA

MAIOR PRODUTIVIDADE A PARTIR DA GESTÃO EFICIENTE DAS FILAS

MAIOR PRODUTIVIDADE A PARTIR DA DELEGAÇÃO OTIMIZADA

| 23

PRÓXIMOS PASSOS

PRÓXIMOS PASSOS

PRÓXIMOS PASSOS
ELOGROUP Leonardo Haag ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Fernando Medeiros Rosângela Echeverria EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Diogo
ELOGROUP Leonardo Haag ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Fernando Medeiros Rosângela Echeverria EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Diogo

ELOGROUP

Leonardo Haag

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Fernando Medeiros Rosângela Echeverria

EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Diogo Chaves Fernanda Maximo Paulo Bueno

Roger Souza

Welmo Oliveira

Fernanda Maximo Paulo Bueno Roger Souza Welmo Oliveira ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 EQUIPE

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

EQUIPE DE IMPLANTAÇÃO Pedro Andreia

Maria Lucieda

André Natália Ana Gabriela

| 25

SOLUÇÕES OBRIGADO! fernando.medeiros@ibram.df.gov.br leonardo.haag@elogroup.com.br FRENTE: LICENCIAMENTO
SOLUÇÕES OBRIGADO! fernando.medeiros@ibram.df.gov.br leonardo.haag@elogroup.com.br FRENTE: LICENCIAMENTO
SOLUÇÕES
OBRIGADO!
fernando.medeiros@ibram.df.gov.br
leonardo.haag@elogroup.com.br
FRENTE: LICENCIAMENTO
SOLUÇÕES OBRIGADO! fernando.medeiros@ibram.df.gov.br leonardo.haag@elogroup.com.br FRENTE: LICENCIAMENTO
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
CONTEXTO APRESENTADO OUVIDORIA: 1.013/3.287 = 30,81% CONTR. SUFAM: 169/249 = 67,87% * Não há registro

CONTEXTO APRESENTADO

OUVIDORIA: 1.013/3.287 = 30,81% CONTR. SUFAM: 169/249 = 67,87% * Não há registro das auto-demandas
OUVIDORIA: 1.013/3.287 = 30,81%
CONTR. SUFAM: 169/249 = 67,87%
* Não há registro das auto-demandas ainda
AUTO DE INFRAÇÃO
RELATÓRIO DE AUDITORIA E
FISCALIZAÇÃO (OU SIMPLIFICADO)
TERMOS DE INTIMAÇÃO, APREENSÃO ETC
©EloGroup | Todos os direitos reservados
2016
OS PASSIVOS NAS OUTRAS INSTÂNCIAS DE JULGAMENTO SÃO: 200 NA SEMA E 180 NO CONAM
OS PASSIVOS NAS OUTRAS INSTÂNCIAS DE
JULGAMENTO SÃO: 200 NA SEMA E 180
NO CONAM

| 28

DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9

DESAFIOS DO PROJETO

DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9
DESAFIOS DO PROJETO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 2 9

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 29

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida? 22%

Como você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida?

22% 38% 40%
22%
38%
40%

Plenamente satisfatórioComo você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida? 22% 38% 40% Parcialmente satisfatório Insatisfatório

Parcialmente satisfatórioComo você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida? 22% 38% 40% Plenamente satisfatório Insatisfatório

InsatisfatórioComo você avalia o CONTEÚDO da resposta recebida? 22% 38% 40% Plenamente satisfatório Parcialmente satisfatório

da resposta recebida? 22% 38% 40% Plenamente satisfatório Parcialmente satisfatório Insatisfatório | 30
| 30
| 30
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações
1. Interface falha entre áreas 2. Diretriz institucional insuficiente 3. Inutilização de informações

1. Interface falha

entre áreas

2. Diretriz

institucional

insuficiente

3. Inutilização de informações

ambientais

4. Fluxo

documental

ineficiente

5. Filtragens da Ouvi e Protocolo ineficazes

6. Baixa

divulgação positiva do Ibram

7. Áreas

desconhecem

suas

competências

8. Normatização e

comunicação inadequada com Agefis

9. Diretrizes internas insuficientes

10. Informalidade e insuficiência de

parceiros

11. Rito ineficiente de ações conjuntas

12. Carência de treinamentos

13. Ritos e ferramentas de

gestão insuficientes

14. Fiscais carecem de espaço com lideres

15. Estrutura

incompatível

16. Ações fiscais

não são

acompanhadas

por educação

ambiental

6. Baixa divulgação positiva do Ibram

17. Atendimento

ineficiente

18. Ibram não usa ferramentas de comunicação massiva

19. Estrutura

ineficiente na 1ª Instância

20. Áreas não trocam feedbacks

9. Diretrizes

internas

insuficientes

4. Fluxo

documental

ineficiente

21. Informações insuficientes e/ou desatualizadas de devedores

22. Ibram não tem procedimento próprio de cobrança 23. Procedimentos de gestão de multas não
22. Ibram não tem
procedimento
próprio de
cobrança
23. Procedimentos
de gestão de
multas não claros
e descentralizados
24.
Comunicação
com SEFAZ
desestruturada

CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES1 2 3 ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 4 5 | 3 3

1 2
1
2
3
3
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES 1 2 3 ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 4 5 |
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES 1 2 3 ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 4 5 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

4
4
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES 1 2 3 ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 4 5 |
5
5
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES 1 2 3 ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 4 5 |

| 33

FONTES DE IDEIAS DE SOLUÇÃO O QUE É? Identificação de soluções estruturantes já praticadas no

FONTES DE IDEIAS DE SOLUÇÃO

FONTES DE IDEIAS DE SOLUÇÃO O QUE É? Identificação de soluções estruturantes já praticadas no mercado

O QUE É? Identificação de soluções estruturantes já praticadas no mercado para melhorar o serviço de fiscalização ambiental.

Fontes:

Literatura

Percepções da equipe de transformação e entrevistados no diagnóstico

Casos de sucesso

e entrevistados no diagnóstico • Casos de sucesso O QUE É? Entrevista com outros órgãos públicos
O QUE É? Entrevista com outros órgãos públicos que poderiam ter boas práticas aplicáveis a
O QUE É?
Entrevista com outros órgãos públicos que
poderiam ter boas práticas aplicáveis a
realidade da fiscalização ambiental.
FISCALIZAÇÃO E
JULGAMENTO
da fiscalização ambiental. FISCALIZAÇÃO E JULGAMENTO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 O QUE É?

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

E JULGAMENTO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 O QUE É? Utilização de todo conhecimento

O QUE É? Utilização de todo conhecimento dos atores do processo para gerar soluções assertivas em conjunto com os servidores do IBRAM.

conhecimento dos atores do processo para gerar soluções assertivas em conjunto com os servidores do IBRAM.

| 34

COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos

COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES

COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
DIVERGIR CRIAR
DIVERGIR
CRIAR

ESCOLHAS

COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
COMO CHEGAMOS ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados
CONVERGIR FAZER
CONVERGIR
FAZER

ESCOLHAS

ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
ÀS SOLUÇÕES DIVERGIR CRIAR ESCOLHAS CONVERGIR FAZER ESCOLHAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

| 36

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 3 7

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 37

JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02

JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO

JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO
JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO
JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO

OUTUBRO

NOVEMBRO

JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO

DEZEMBRO

JULGAMENTO DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO

05/12

DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO
DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO
DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO
DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO
DOS AUTOS DE INFRAÇÃO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO

FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO SETEMBRO * O cenário pode
NOVEMBRO DEZEMBRO 05/12 FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO SETEMBRO * O cenário pode

01/02

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

MARÇO ABRIL MAIO JUNHO 01/02 JULHO AGOSTO SETEMBRO * O cenário pode ser considerado conservador, pois

* O cenário pode ser considerado conservador, pois não contempla aumento na produção de autos de infração, aumento este que pode vir a acontecer dado que existem diversas iniciativas de melhoria na SUFAM e em outras áreas que impactam seu trabalho indiretamente.

SUFAM e em outras áreas que impactam seu trabalho indiretamente. ©EloGroup | Todos os direitos reservados

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 38

FERRAMENTAS DE GESTÃO Inserção de informações fiscais direto em formulário do QGIS Georreferenciamento das

FERRAMENTAS DE GESTÃO

Inserção de informações fiscais direto em

formulário do QGIS

de informações fiscais direto em formulário do QGIS Georreferenciamento das informações fiscais Inteligência

Georreferenciamento das informações fiscais

em formulário do QGIS Georreferenciamento das informações fiscais Inteligência de dados para tomada de decisão
em formulário do QGIS Georreferenciamento das informações fiscais Inteligência de dados para tomada de decisão
em formulário do QGIS Georreferenciamento das informações fiscais Inteligência de dados para tomada de decisão

Inteligência de dados para tomada de decisão

em formulário do QGIS Georreferenciamento das informações fiscais Inteligência de dados para tomada de decisão
fiscais Inteligência de dados para tomada de decisão ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 MANUAL

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

de decisão ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 MANUAL DE PROCEDIMENTOS • Fluxos processuais •

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

• Fluxos processuais • Legislação vigente • Passo-a-passo da ação fiscal • Penalidades • Como

Fluxos processuais

Legislação vigente

Passo-a-passo da ação fiscal

Penalidades

Como preencher os produtos (auto de infração, termos, relatório etc.)

Parceiros

Pós-ação fiscal

| 39

DESDOBRAMENTO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICODIRETRIZES de agropecuária SUSTENTABILIDADE da indutores mecanismos 2 e boas práticas DEFESA tecnologia da 1

DIRETRIZES de agropecuária SUSTENTABILIDADE da indutores mecanismos 2 e boas práticas DEFESA tecnologia da 1
DIRETRIZES
de agropecuária SUSTENTABILIDADE
da
indutores
mecanismos
2
e
boas
práticas
DEFESA
tecnologia
da
1
regulatório
ampliação
arcabouço
voltadas
1.
Manter
em
ciência
das
atividades
valor
a
COMPETITIVIDADE
de
atualizado,
6 sustentabilidade
agregação
3 agropecuárias adoção Promover
técnico
-
e
competitividade
seus
produtos
Promover
interno, da nas
2. 5
Alcançar
de
abastecimento
no
provimento
agropecuária
de
operacional
redução
defesa
agropecuária
ênfase
e
em
acordos
serviços
com cadeias
produtivas
relevância
1. 2. comerciais
e
inovação
PRODUTIVA
INCLUSÃO
INCENTIVO
e ECONÔMICO
Promover
4
para
o
tecnológica
e econômica produtores perdas
de
à
da
ascensão
o mecanismos
de
incentivo
sustentável
Promover
Inovar
desenvolvimento
apoio
à
brasileira
e na GESTÃO de políticas a a da o
rurais
que
contemplem
(crédito,
agropecuária
Formular
econômica
cultural
seguro
rural)
social,
produção
diversidade
a
rurais,
visando
1
dos
produtores
da
sua
renda
e e qualidade
melhoria
de
vida.
de
de
capacidade
Ampliar
mecanismos
de
2
3
a de ESTRATÉGICAS capacitação, retenção excelência baseado motivação
e
à a INOVAÇÃO pesquisa à informações
de
análise
Aperfeiçoar
e
7
valorização
integração
de
os
integrar
e
e
e
pessoas
Aperfeiçoar
de
agropecuária
os
instrumentos
inteligência dados
processos
do
conhecimento
a e a cultura orçamento
de
planejamento
de
institucional
técnico
que
promovam
organizacionais
resultados

Estudo e Benchmar- king para definição de PROPOSTAS DE OBJETIVOS E AÇÕES ESTRATÉGICAS

de PROPOSTAS DE OBJETIVOS E AÇÕES ESTRATÉGICAS Consolidação das propostas em relatório Apresentação e

Consolidação das propostas em relatório

ESTRATÉGICAS Consolidação das propostas em relatório Apresentação e validação das propostas com LIDERANÇAS

Apresentação e validação das propostas com LIDERANÇAS DA SUFAM

4
4

EM CURSO:

EM CURSO: DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS VISUAIS PARA SOCIALIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO COM TODA A SUFAM

DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS

VISUAIS PARA SOCIALIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO COM TODA A SUFAM

DA SUFAM 4 EM CURSO: DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS VISUAIS PARA SOCIALIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO COM TODA A

FORMALIZAÇÃO DE PARCERIAS PRIORITÁRIASVISUAIS PARA SOCIALIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO COM TODA A SUFAM ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

COM TODA A SUFAM FORMALIZAÇÃO DE PARCERIAS PRIORITÁRIAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
COM TODA A SUFAM FORMALIZAÇÃO DE PARCERIAS PRIORITÁRIAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
COM TODA A SUFAM FORMALIZAÇÃO DE PARCERIAS PRIORITÁRIAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 40

ELOGROUP Gabriela Trindade ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Lara Marques Graziela Biavati EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Gustavo
ELOGROUP Gabriela Trindade ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Lara Marques Graziela Biavati EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Gustavo

ELOGROUP Gabriela Trindade

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Lara Marques Graziela Biavati

EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO

Gustavo Domingues

Geraldo Almeida Humberto Wanderley Lorene Raquel Edênio Sales Raquel Testolin Luciana Pacheco Débora Ramos

Edênio Sales Raquel Testolin Luciana Pacheco Débora Ramos ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 PARTICIPANTES

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

PARTICIPANTES DO TESTE DO JULGAMENTO Nádyla Gonçalves Juliana Braga Ana Carolina Melo

Ane Carolina Damasceno

Luis Gustavo Peres Raquel Testolin

| 41

OBRIGADA! gabriela.trindade@elogroup.com.br lara.marques@ibram.df.gov.br
OBRIGADA! gabriela.trindade@elogroup.com.br lara.marques@ibram.df.gov.br
OBRIGADA!
gabriela.trindade@elogroup.com.br
lara.marques@ibram.df.gov.br
OBRIGADA! gabriela.trindade@elogroup.com.br lara.marques@ibram.df.gov.br
OBRIGADA! gabriela.trindade@elogroup.com.br lara.marques@ibram.df.gov.br
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz

CONTEXTO APRESENTADO

CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que
CONTEXTO APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são
APRESENTADO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 * O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são

* O Decreto Distrital 14.783/93 diz que são 2 ANOS de acompanhamento das mudas para

| 44

emissão do Termo de Quitação

DESAFIOS DO PROJETO DIMINUIÇÃO DO TEMPO PARA EXECUÇÃO DOS RECURSOS AGILIDADADE DO PROCESSO DE COMPENSAÇÃO

DESAFIOS DO PROJETO

DIMINUIÇÃO DO TEMPO PARA EXECUÇÃO DOS RECURSOS AGILIDADADE DO PROCESSO DE COMPENSAÇÃO REDUÇÃO DOS RISCOS
DIMINUIÇÃO DO
TEMPO
PARA EXECUÇÃO
DOS RECURSOS
AGILIDADADE DO
PROCESSO
DE COMPENSAÇÃO
REDUÇÃO DOS RISCOS
INERENTES AO
USO DO RECURSO
COMPENSAÇÕES
INTEGRADAS COM A
ESTRATÉGIA DO ÓRGÃO
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016
RECURSO COMPENSAÇÕES INTEGRADAS COM A ESTRATÉGIA DO ÓRGÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

| 45

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 6

| 46

CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9

CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES

CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9
CAUSAS-RAÍZES MAIS RELEVANTES ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 4 9

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 49

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • |

MODELO DE GESTÃO

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5
MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5
MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5
MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5
MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5

MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5
MODELO DE GESTÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 • • • • | 5

| 50

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO CONDICIONANTES DE APRESENTAÇÃO DO VALOR DE REFERÊNCIA NA LICENÇA DE

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO CONDICIONANTES DE APRESENTAÇÃO DO VALOR DE REFERÊNCIA NA LICENÇA DE
SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO CONDICIONANTES DE APRESENTAÇÃO DO VALOR DE REFERÊNCIA NA LICENÇA DE

CONDICIONANTES DE APRESENTAÇÃO DO VALOR DE REFERÊNCIA NA LICENÇA DE INSTALAÇÃO

DO VALOR DE REFERÊNCIA NA LICENÇA DE INSTALAÇÃO PARECER SOMENTE DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL MODELO DE

PARECER SOMENTE DA

COMPENSAÇÃO

AMBIENTAL

DE INSTALAÇÃO PARECER SOMENTE DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL MODELO DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS ©EloGroup | Todos os
DE INSTALAÇÃO PARECER SOMENTE DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL MODELO DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS ©EloGroup | Todos os
DE INSTALAÇÃO PARECER SOMENTE DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL MODELO DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS ©EloGroup | Todos os

MODELO DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS

DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL MODELO DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 51

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO,

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO

SOLUÇÕES COMPLEMENTARES EM IMPLANTAÇÃO PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO,

PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO

DAS PROPOSTAS

EM IMPLANTAÇÃO PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO, COM LOCAL PREVIAMENTE
EM IMPLANTAÇÃO PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO, COM LOCAL PREVIAMENTE
EM IMPLANTAÇÃO PLANILHA DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO, COM LOCAL PREVIAMENTE

ASSINATURA DE TERMO DE COMPROMISSO, COM LOCAL PREVIAMENTE DEFINIDO

DE TERMO DE COMPROMISSO, COM LOCAL PREVIAMENTE DEFINIDO LEVANTAMENTO DE LOCAIS PARA PLANTIO ©EloGroup | Todos

LEVANTAMENTO DE LOCAIS PARA PLANTIO

LOCAL PREVIAMENTE DEFINIDO LEVANTAMENTO DE LOCAIS PARA PLANTIO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |
LOCAL PREVIAMENTE DEFINIDO LEVANTAMENTO DE LOCAIS PARA PLANTIO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 52

SOLUÇÕES DADAS PELO ÓRGÃO (2015-2016) Democratizou, criando transparência e controle social no processo de tomada

SOLUÇÕES DADAS PELO ÓRGÃO (2015-2016)

SOLUÇÕES DADAS PELO ÓRGÃO (2015-2016) Democratizou, criando transparência e controle social no processo de tomada de
SOLUÇÕES DADAS PELO ÓRGÃO (2015-2016) Democratizou, criando transparência e controle social no processo de tomada de
SOLUÇÕES DADAS PELO ÓRGÃO (2015-2016) Democratizou, criando transparência e controle social no processo de tomada de

Democratizou, criando transparência e controle social no processo de tomada de decisão

e controle social no processo de tomada de decisão Criou processo que analisa tecnicamente as propostas

Criou processo que analisa tecnicamente as propostas de compensação para subsidiar as decisões de vinculação

de compensação para subsidiar as decisões de vinculação ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 |

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 53

54 OBRIGADA! Romina.genovesi@elogroup.com.br Athos.carvalho@ibram.df.gov.br FRENTE: COMPENSAÇÃO AMBIENTAL E
54
OBRIGADA!
Romina.genovesi@elogroup.com.br
Athos.carvalho@ibram.df.gov.br
FRENTE: COMPENSAÇÃO
AMBIENTAL E FLORESTAL
OBRIGADA! Romina.genovesi@elogroup.com.br Athos.carvalho@ibram.df.gov.br FRENTE: COMPENSAÇÃO AMBIENTAL E FLORESTAL
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 ELOGROUP Romina Genovesi ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Athos Carvalho
©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 ELOGROUP Romina Genovesi ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Athos Carvalho

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 ELOGROUP Romina Genovesi ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Athos Carvalho EQUIPE

ELOGROUP Romina Genovesi

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Athos Carvalho

EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO

Ricardo Roriz

André Luiz Mendonça Heloísa Carvalho Fernanda Carvalho Marcos Melo Arruda

COLABORAÇÃO Rogério de Castro Leonardo Haag Gabriela Trindade

| 55

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS
POR QUE O FLUXO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS NÃO É EFETIVO? ©EloGroup | Todos os direitos

POR QUE O FLUXO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS NÃO É EFETIVO?

POR QUE O FLUXO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS NÃO É EFETIVO? ©EloGroup | Todos os direitos reservados
POR QUE O FLUXO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS NÃO É EFETIVO? ©EloGroup | Todos os direitos reservados

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 57

MÉTODO DE GESTÃO DE INFORMAÇÃODetalhamento das informações a serem consumidas e dos dados a serem coletados Melhoria contínua do

MÉTODO DE GESTÃO DE INFORMAÇÃO Detalhamento das informações a serem consumidas e dos dados a serem
MÉTODO DE GESTÃO DE INFORMAÇÃO Detalhamento das informações a serem consumidas e dos dados a serem

Detalhamento das informações a serem

consumidas e dos dados a serem coletados

a serem consumidas e dos dados a serem coletados Melhoria contínua do fluxo de gestão da
a serem consumidas e dos dados a serem coletados Melhoria contínua do fluxo de gestão da
a serem consumidas e dos dados a serem coletados Melhoria contínua do fluxo de gestão da

Melhoria contínua do fluxo de gestão da informação

Melhoria contínua do fluxo de gestão da informação Dados e informações disponibilizados Planejamento da
Melhoria contínua do fluxo de gestão da informação Dados e informações disponibilizados Planejamento da

Dados e informações disponibilizados

da informação Dados e informações disponibilizados Planejamento da coleta de dados primários e secundários
da informação Dados e informações disponibilizados Planejamento da coleta de dados primários e secundários

Planejamento da coleta de dados

primários

e secundários

Planejamento da coleta de dados primários e secundários Dados coletados prontos para tratamento D a d
Planejamento da coleta de dados primários e secundários Dados coletados prontos para tratamento D a d

Dados coletados prontos para tratamento

e secundários Dados coletados prontos para tratamento D a d o s c o l e

Dados coletados prontos para tratamento

tratamento D a d o s c o l e t a d o s p
DIAGNÓSTICO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS 1 MAPEAMENTO DE PROCESSOS Mapeamento dos processos de geração de informações

DIAGNÓSTICO DE INFORMAÇÕES AMBIENTAIS

1

MAPEAMENTO DE PROCESSOS

Mapeamento dos processos de geração de informações

relacionados aos temas das

informações apresentados

4

ENTREVISTAS

Entrevistas com envolvidos externos geradores de informação

para o IBRAM. (Fornecedores de

dados secundários)

2

MATRIZ DE

INFORMAÇÕES

de dados secundários) 2 MATRIZ DE INFORMAÇÕES Elaboração de 27 entrevistas com gerências geradoras e

Elaboração de 27 entrevistas com gerências geradoras e consumidoras de informação ambiental para

construção da matriz de informações

3

MODELO DE GESTÃO

DA INFORMAÇÃO

matriz de informações 3 MODELO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO Elaboração de uma proposta de framework com

Elaboração de uma proposta de framework com base em teorias de gestão de informação para

aplicação no diagnóstico e no

IBRAM

LACUNAS ENTRE O MÉTODO ATUAL E PROPOSTO 5 4 3 2 1 0 1. IDENTIFICAR

LACUNAS ENTRE O MÉTODO ATUAL E PROPOSTO

5 4 3 2 1 0 1. IDENTIFICAR 5. DISPONIBILIZAR 4.TRATAR E 2. PLANEJAR NECESSIDADE
5
4
3
2
1
0
1. IDENTIFICAR
5. DISPONIBILIZAR
4.TRATAR E
2. PLANEJAR
NECESSIDADE DE
INFORMAÇÕES E
ANALISAR
COLETA
INFORMAÇÕES
3. GERAR E
COLETAR DADOS
PRIMÁRIOS E
SECUNDÁRIOS
DADOS TRATADOS
DADOS
6. COLETAR
FEEDBACKS DOS
DADOS E DAS
INFORMAÇÕES
de maturidadeNível
ONDAS DE TRASNFORMAÇÃO DE INFORMAÇÕES 1 2 3 4 5 6 7 8 ©EloGroup |

ONDAS DE TRASNFORMAÇÃO DE INFORMAÇÕES

1 2 3 4 5 6 7 8
1
2
3
4
5
6
7
8
ONDAS DE TRASNFORMAÇÃO DE INFORMAÇÕES 1 2 3 4 5 6 7 8 ©EloGroup | Todos

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 61

FORMATO DE SOLICITAÇÃO DE SUPORTE DA GEINF

FORMATO DE SOLICITAÇÃO DE SUPORTE DA GEINF
FORMATO DE SOLICITAÇÃO DE SUPORTE DA GEINF

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO

SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4
SOLUÇÕES EM IMPLANTAÇÃO ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016 | 6 4

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 64

GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕESAumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações. Possibilitar que as informações

GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.
GANHOS ESPERADOS COM AS SOLUÇÕES Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.

Aumentar a qualidade das analises de dados e, consequentemente das informações.

das analises de dados e, consequentemente das informações. Possibilitar que as informações necessárias pelos

Possibilitar que as informações necessárias pelos servidores estejam disponíveis dentro do prazo ideal

pelos servidores estejam disponíveis dentro do prazo ideal Otimizar o acesso às informações por meio de

Otimizar o acesso às informações por meio de um banco de dados organizado e funcional

por meio de um banco de dados organizado e funcional ©EloGroup | Todos os direitos reservados

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 65

ELOGROUP Pedro Muller ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Rosângela Echeverria Lara Marques EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Ana Gabriela
ELOGROUP Pedro Muller ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Rosângela Echeverria Lara Marques EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Ana Gabriela

ELOGROUP

Pedro Muller

ESCRITÓRIO DE PROCESSOS Rosângela Echeverria Lara Marques

EQUIPE DE TRANSFORMAÇÃO Ana Gabriela Ortiz Andrea Lousado Elisa Saldanha Juliana Freitas Rodrigo Couto Yuri Batista

Lousado Elisa Saldanha Juliana Freitas Rodrigo Couto Yuri Batista ©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

©EloGroup | Todos os direitos reservados 2016

| 66

OBRIGADO! pedro.muller@elogroup.com.br rosangela.echeverria@ibram.df.gov. br
OBRIGADO! pedro.muller@elogroup.com.br rosangela.echeverria@ibram.df.gov. br
OBRIGADO!
pedro.muller@elogroup.com.br
rosangela.echeverria@ibram.df.gov.
br
OBRIGADO! pedro.muller@elogroup.com.br rosangela.echeverria@ibram.df.gov. br
OBRIGADO! pedro.muller@elogroup.com.br rosangela.echeverria@ibram.df.gov. br