Você está na página 1de 5

GABARITO DOS EXERCÍCIOS DE REVISÃO – “ERA VARGAS’’(PARTES 1 E 2)

PARTE 1
1. Explique o significado do movimento tenentista.

R: Durante a década de 1920 articulou-se dentro do exército o Tenentismo, movimento


integrado por jovens militares que denunciava os favoritismos da política do café com leite e a
corrupção, concentrando os anseios da classe média urbana.

2. Comente a atuação da Coluna Prestes e diga quais transformações ela


propunha para a sociedade brasileira.

R: O tenente gaúcho Luiz Carlos Prestes organizou uma marcha, entre 1925 e 1927, com o
intuito de denunciar o autoritarismo das oligarquias dominantes. A Coluna percorreu cerca de
24 mil km, combatendo as tropas federais e as dos coronéis, chegando a contar com
aproximadamente 1.500 homens, entre militares e civis. Tinha por objetivo mobilizar a
população contra o governo de Artur Bernardes, acabar com as fraudes eleitorais e fundar um
governo militar que investiria na modernização do país por meio da industrialização. Por falta
de apoio popular, desmobilizou-se em 1926 e seus líderes se refugiaram na Bolívia.

3. Estabeleça uma relação entre os desdobramentos da crise mundial de 29 no


Brasil e o processo que desencadeou na chamada “Revolução de 30”.

R: O descontentamento popular com os governos de Artur Bernardes e Washington Luís foi


agravado pelos efeitos da crise mundial de 1929 no Brasil. A suspensão da política de
valorização do café e a redução das exportações brasileiras causaram falência de cafeicultores e
industriais, desemprego, alta do custo de vida, inflação. Essa conjuntura foi propícia para o
movimento que depôs Washington Luís e deu início à Era Vargas.

4. Como a oligarquia cafeeira demonstrou seu descontentamento contra sua


exclusão do governo provisório de Getúlio Vargas?

R: Representantes da oligarquia paulista, agrupados no Partido Republicano Paulista e no


Partido Democrático, exigiram a nomeação de um novo interventor, civil e paulista, em
substituição ao nomeado por Vargas; pressionaram a elaboração de uma nova Constituição e
organizaram a Revolução Constitucionalista de 1932, apoiada pelo estado de Mato Grosso.

5. Comente os avanços da Constituição de 34 em relação:

a) aos direitos trabalhistas

R: A Constituição de 1934 legitimou direitos trabalhistas há muito reivindicados: registro em


carteira de trabalho, férias, jornada de 8 horas de trabalho diárias, salário mínimo e
aposentadoria.

b) ao sistema de eleições

R: A Constituição de 34 estabeleceu o voto secreto e garantiu o direito de voto as mulheres.


6. Analise a imagem a seguir e responda às questões.

Getúlio Vargas no Desfile da Juventude, realizado no estádio de São Januário, Rio de Janeiro, 7
de setembro de 1943.

a) Descreva a fotografia. Quem aparece em destaque?

R: A fotografia mostra Getúlio Vargas em um carro aberto, de pé, acenando para uma multidão
em um estádio de futebol. Há outras pessoas junto e dentro do carro, militares e homens de
terno.

b) Pela imagem, você acha que Getúlio Vargas se preocupava com a opinião
pública? Que imagem ele procurava passar para a população?

R: Sim. Getúlio procurava se mostrar como um presidente simpático, protetor, amigo dos
“pobres” e dos trabalhadores.

c) Pelo que você estudou, a imagem de Getúlio como pai, um amigo do povo,
correspondia aos fatos históricos?

R: Pode-se argumentar que a política de Getúlio avançou em termos de regulamentação das


leis trabalhistas, o que atendia às reivindicações do movimento operário; entretanto, ao
mesmo tempo, desenvolveu uma prática de controle do sindicalismo e seu governo voltou-se
para os interesses da burguesia.
d) Esse tipo de política que começou a ser implementado por Getúlio Vargas foi
chamado pelos historiadores de populismo. Explique o que você entendeu por
populismo.

R: Elaboração pessoal do aluno que aborde as características do populismo, fenômeno político


que mistura medidas populares e governo autoritário, garantindo o apoio das elites e das
camadas humildes da sociedade.

IPC: Consultar o livro didático, página 172, para uma definição de “populismo” e para um
aprofundamento de suas características.

____________________________________________________________________

PARTE 2
1. Explique o papel do Estado na industrialização a partir da década de 30.

R: A partir da década de 1930, o Estado passou progressivamente a interferir na economia,


inclusive como investidor, de modo a viabilizar a criação de empresas estratégicas. Além disso,
por meio de uma política alfandegária protecionista, garantiu o mercado interno para a
indústria nacional.

2. Diferencie as propostas partidárias da Ação Integralista Brasileira (AIB) e da


Aliança Nacional Libertadora (ANL).

R: Podemos apontar as seguintes propostas para os partidos:

 AIB – centralização do poder nas mãos de um grande líder; defesa do catolicismo;


estado interventor; perseguição aos opositores (principalmente os liberais e
comunistas); controle sobre as massas através da propaganda e de um partido único;
entre outras.

 ANL – construção de um governo popular; rejeição da dívida externa; reforma agrária;


estatização de empresas e bancos; enfrentamento com os fascistas; ensino público;
investimento no comércio e na indústria; defesa dos direitos e da cidadania; entre
outras.

3. Como o levante comunista forneceu as justificativas a Vargas para estabelecer


medidas que culminaram no golpe de Estado de 1937?

R: Vargas explorou o levante para justificar a necessidade de medidas extremas contra o perigo
de uma nova insurreição. Para ele, o estado de sítio, que suspendia as garantias individuais dos
cidadãos, facilitava a prisão dos revoltosos e permitia ao governo central intervir nos da
sociedade. O Plano Cohen, a decretação do estado de guerra, a censura à imprensa e a intensa
campanha anticomunista, permitiram-lhe realizar novas intervenções estaduais e criar campos
de concentração para isolar inimigos do regime. Com todas essas medidas, Vargas conseguiu
imobilizar as oposições, que se tornaram alvo fácil do golpe de novembro de 1937, quando
instaurou a ditadura do Estado Novo.
4. No período chamado de Estado Novo, alguns departamentos governamentais
exerceram importante papel no Brasil. Explique o que era o DIP e qual a sua
importância para o governo no período em que atuou.

R: O Departamento de Imprensa e Propaganda controlava, por meio da censura e de diretrizes,


todos os meios de comunicação (imprensa escrita, rádio, cinema etc.) na época do Estado
Novo. Além disso, fazia propaganda do governo e do presidente Vargas.

5. Com relação a essa forma de propaganda política, qual a semelhança entre os


governos de Vargas, Hitler e Mussolini?

R: O intenso investimento em propaganda política do nazifascismo e do governo Vargas como


meio de legitimar esses governos autoritários e angariar o apoio da população.

6. O que era política de boa vizinhança levada a cabo pelos Estados Unidos?

R: Era uma ofensiva política, cultural e econômica sobre os países da América Latina que visava
garantir sua retaguarda no continente, impedindo a presença de alemães e garantindo a
presença de bases estadunidenses, principalmente no México, Brasil e Argentina.

7. Comente a preocupação de Vargas com o controle do futebol, da capoeira e do


samba.

R: Para fortalecer sua propaganda nacionalista, Vargas se propôs defender a “verdadeira”


cultura brasileira. Dessa maneira, houve um processo de regulamentação de práticas antes
mais populares, não só para incorporá-las à propaganda política de massas, mas também para
normatizar elementos da cultura popular para padrões desejáveis ao governo.

8. Getúlio Vargas garantiu, por meio de leis criadas em seu governo, muitos direitos
dos trabalhadores. No entanto, somente os sindicatos oficiais eram permitidos. Além
disso, os diversos partidos políticos, sobretudo os de inspiração proletária, tiveram
grande dificuldade em se manifestar. Explique essa contradição, relacionando-a com
características do populismo.

R: O aluno deve referir-se ao fato do presidente ter atendido a algumas antigas reivindicações
do movimento operário como forma de organizar o trabalho e aumentar a produtividade, ao
mesmo tempo em que, com isso, ampliava sua base de apoio. Entretanto, também exerceu
rígido controle sobre o sindicalismo e as mobilizações, lançando mão principalmente dos
instrumentos de repressão do Estado Novo. Seu governo caracterizou-se, portanto, como
populista, pois procurava apoio das camadas populares, mas era voltado para a defesa dos
interesses do capitalismo.

9. Identifique uma característica para cada fase da Era Vargas.

a) 1930-1934;

R: Governo provisório após tomar o poder com a Revolução de 1930.

b) 1934-1937;
R: Governo constitucional, eleito por voto indireto.

c) 1937-1945;

R: Governo ditatorial, após o golpe que estabeleceu o Estado Novo.