Você está na página 1de 48

O QUE É “VIDA”?

→ Propriedades de todo ser vivo

● Células

● Composição química (CHONPS)

● Metabolismo

● Reprodução

● Material genético

● Variabilidade genética

- O que são células? As células são as unidades estruturais e funcionais dos organismos
vivos.

- O que é metabolismo energético? É o conjunto das atividades metabólicas das células


relacionadas a funções como síntese e degradação de moléculas orgânicas para a
manutenção na vida. Nesses processos ocorre transformação de energia.

- O que é CHONPS? São os seis elementos químicos (Carbono, Hidrogênio, Oxigênio,


Nitrogênio, Fósforo e Enxofre, respectivamente) mais frequentes na composição dos seres
vivos.

1) Todos os seres vivos têm CÉLULA de dois tipos:

*UNICELULARES: bactérias, protozoários, algas protistas, etc.

*MULTICELULARES: animais, plantas, etc.

2) Composição química: Todos os seres vivos apresentam na sua constituição química os


seguintes elementos:

C H O N P S
1|Página
3) Material genético: Todos os seres vivos têm DNA!

4) Metabolismo (reações químicas células): Todos o seres vivos têm metabolismo


(anabolismo e catabolismo).

● anabolismo (construção de novas moléculas)

Ex.: A + A + A → A A A

(A): aminoácidos

● catabolismo (degradação de moléculas)

Ex.: GLICOSE + O2 → CO2 + H2O + ENERGIA

“degradada”

- Processos anabólicos: são os de síntese de moléculas, como é o caso da fotossíntese e


da quimiossíntese. Quem atua é o NADP+.

- Processos catabólicos: são os processos de quebra de moléculas, como é o caso da


fermentação e da respiração. Quem atua é o NAD+.

5) Reprodução

2 tipos assexuada

sexuada

- Reprodução assexuada:

*indivíduos formados são geneticamente iguais

Ex. (1): bipartição

2|Página
As bactérias (incluindo as cianobactérias) apresentam alto poder de reprodução
assexuada por bipartição. Por esse processo, em algumas horas, sob condições
ambientais adequadas, uma única bactéria pode dar origem a milhares de descendentes
geneticamente idênticos entre si, formando clones. Por divisão das células, as formas
coloniais crescem.

Ex. (2): brotamento

No brotamento, uma esponja inicial produz uma projeção no corpo, o broto, que
pode se soltar originando um novo indivíduo. Em muitas espécies, os brotos não se
separam, originando colônias.

Ex. (3): fragmentação

3|Página
As esponjas têm grande poder de regeneração. Pequenos pedaços delas podem
regenerar por completo esponjas inteiras. Essa capacidade permite que elas apresentem
um tipo de reprodução assexuada por fragmentação: pequenos pedaços separados
eventualmente do corpo podem formar novas esponjas.

- Reprodução sexuada:

*há mistura de material genético

*indivíduos formados são geneticamente diferentes

Ex.:

4|Página
→ Características gerais dos seres vivos

Várias são as características consideradas para definir o que é um ser vivo. Essas
características foram listadas por muitos cientistas; no entanto, tais listas diferem entre
pesquisadores e é muito difícil escolher apenas uma delas como sendo melhor que todas as
demais.

Uma caracterização geral feita por alguns pesquisadores afirma que: os seres vivos
são entidades que apresentam as propriedades de reprodução, variação e
hereditariedade.

Podemos usar essa caracterização mais geral ou adotar uma lista de características,
como a seguinte.

Os seres vivos:

 são formados por uma ou mais células;


 podem se reproduzir;
 podem apresentar crescimento;
 apresentam metabolismo (conjunto de reações químicas responsáveis pela
transformação e utilização da matéria e da energia);
 respondem a estímulos do meio;
 sofrem modificações nas características ao longo do tempo em um processo
chamado evolução;
 têm composição química do corpo com predominância dos elementos químicos
hidrogênio (H), oxigênio (O), carbono (C) e nitrogênio (N). Esses elementos formam
moléculas complexas chamadas moléculas orgânicas. A associação entre o
hidrogênio, o oxigênio e o carbono forma os carboidratos (como a glicose e o
amido) e os lipídios (como as gorduras); a associação entre o hidrogênio, o
oxigênio, o carbono, o nitrogênio e outros elementos químicos origina as proteínas e
os ácidos nucleicos. Existem dois tipos de ácido nucleico: o DNA (ácido
desoxirribonucleico) e o RNA (ácido ribonucleico). Os ácidos nucleicos contêm as
informações genéticas responsáveis pelas características dos seres vivos.

Na matéria não viva, os elementos químicos mais abundantes estão representados pelo
oxigênio (O), pelo silício (Si) e pelo alumínio (Al).

5|Página
→ Os vírus

*Não têm células.

*Não têm metabolismo.

*Mas conseguem se reproduzir quando invadem uma célula.

Então, os vírus são vivos? Há cientistas que dizem


“sim”, outros dizem “não”.

O que são os vírus? São, em geral, menores que as


menores bactérias conhecidas, sendo visíveis apenas ao
microscópio eletrônico. São parasitas intracelulares
obrigatórios, pois só se reproduzem no interior de uma célula
hospedeira.

Os vírus são morfologicamente muito simples. Muitos


apresentam basicamente uma cápsula proteica (capsídeo)
envolvendo o material genético. O conjunto capsídeo mais
material genético forma o nucleocapsídeo. Dependendo do
tipo de vírus, o material genético pode ser o DNA ou o RNA.

6|Página
→ A nutrição dos seres vivos

2 tipos:

● Seres heterótrofos: Não produzem o próprio alimento. Devem “capturar” o alimento


próprio. Ex.: animais, fungos, etc.

● Seres autótrofos: Fabricam seu próprio alimento. Fazem fotossíntese ou


quimiossíntese. Ex.: plantas, algas, etc.

→ Equação química da fotossíntese

A fotossíntese – principal processo autotrófico – é realizada pelos seres clorofilados,


representados por plantas, alguns protistas, bactérias fotossintetizantes e cianobactérias.

Com exceção das bactérias fotossintetizantes, os demais seres usam na fotossíntese


gás carbônico (CO2) e água (H2O), formando carboidratos e gás oxigênio (O2), o qual é

7|Página
liberado para o meio. Por liberar gás oxigênio, esse tipo de fotossíntese é chamado
fotossíntese oxígena.

A fórmula geral da produção de glicose pela fotossíntese dos eucariontes e das


cianobactérias é:

Essa equação mostra que, na presença de luz e clorofila, o gás carbônico e a água
são convertidos em uma hexose – neste exemplo, a glicose -, havendo liberação de
oxigênio.

Os seres fotossintetizantes são fundamentais para a manutenção da vida em nosso


planeta, pois são a base da maior parte das cadeias alimentares. Além disso, produzem
oxigênio, gás mantido na atmosfera em concentrações adequadas, graças principalmente à
atividade fotossintética.

→ Equação geral da quimiossíntese (realizada por certas bactérias)

A quimiossíntese é um processo em que a energia utilizada na formação de


compostos orgânicos provém da oxidação de substâncias inorgânicas e não da energia
luminosa.

A quimiossíntese é realizada por algumas bactérias que, por isso, são chamadas
bactérias quimiossintetizantes ou quimiolitoautótrofas.

Os principais exemplos de bactérias quimiossintetizantes são:

 ferrobactérias – utilizam a energia química proveniente da oxidação de compostos


de ferro para a síntese de matéria orgânica;

8|Página
 nitrobactérias – utilizam a energia química proveniente da oxidação de íons amônio
ou de íons nitrito para a síntese de matéria orgânica. As nitrobactérias ou bactérias
nitrificantes existem livres no solo e são de grande importância no ciclo do nitrogênio;
 sulfobactérias – utilizam a energia proveniente da oxidação de H2S como fazem as
bactérias quimiossintetizantes das fontes termais submarinas.

EXERCÍCIOS
01. Observe as afirmativas abaixo e marque aquela que melhor explica o que é
metabolismo:

a) Toda reação química que garante a síntese de substâncias em nosso organismo.

b) Toda reação química que promove a degradação de substâncias em nosso organismo.

c) Conjunto de todas as reações químicas que ocorrem em nosso corpo.

d) Conjunto de todas as reações químicas que utilizam energia.

e) Conjunto de todas as reações químicas que produzem energia.

9|Página
02. O metabolismo de síntese de biomoléculas é conhecido como:

a) Aerobismo

b) Anaerobismo

c) Anabolismo

d) Catabolismo

03. Sobre o catabolismo, marque a alternativa correta:

a) No catabolismo ocorrem a degradação e a síntese de biomoléculas.

b) No catabolismo ocorre a produção de ATP.

c) No catabolismo, a síntese de moléculas leva à produção de grande quantidade de ATP.

d) Um exemplo de catabolismo é a produção de proteínas.

e) O catabolismo ocorre sempre quando o corpo não necessita de energia.

04. Analise as alternativas e marque aquela que indica corretamente a


expressão utilizada para designar a energia mínima necessária ao funcionamento do
nosso corpo em repouso.

a) Catabolismo

b) Anabolismo

c) Metabolismo basal

d) Metabolismo anaeróbio

e) Metabolismo aeróbio

05. A reprodução é a capacidade de um ser vivo de produzir descendentes, ou


seja, de propagar a sua espécie. Por muito tempo, acreditou-se que micro-organismos
eram incapazes de se reproduzir, entretanto, hoje se sabe que até mesmo bactérias

10 | P á g i n a
apresentam reprodução. Nesses organismos, geralmente, observa-se a divisão de
uma célula em duas, em um tipo de reprodução conhecido como

a) reprodução assexuada.

b) partenogênese.

c) conjugação.

d) reprodução sexuada.

e) enxertia.

06. Quando analisamos um grupo de bactérias que se reproduzem


assexuadamente, verificamos que nem todas são idênticas, sendo esse um dos
motivos que levam, por exemplo, ao surgimento de superbactérias. Essa variabilidade
genética é conseguida graças

a) à mistura do material genético de diferentes indivíduos.

b) às mutações.

c) à combinação.

d) às adaptações direcionadas.

e) ao uso e desuso de estruturas.

07. Ao analisar alguns anfíbios em seu momento de reprodução, percebeu-se


que alguns realizam fecundação externa. Um aluno, então, concluiu que se tratava de
uma reprodução assexuada. O aluno está correto?

a) Sim, pois na reprodução sexuada obrigatoriamente devem ocorrer relações sexuais.

b) Sim, pois o contato com os gametas ocorreu fora do corpo do animal.

c) Não, pois a reprodução assexuada é exclusiva das bactérias.

d) Não, pois, em uma reprodução sexuada, é necessária apenas a combinação do material


genético.

11 | P á g i n a
e) Não, pois mesmo que não ocorra transferência de material genético, para haver
reprodução sexuada, basta apenas que exista um macho e uma fêmea.

08. (Fatecs) Considere os seguintes processos:

I. Uma planária fragmenta-se em três pedaços, originando três novas planárias.

II. Uma população de microcrustáceos é formada somente por fêmeas que põem ovos dos
quais se desenvolvem novas fêmeas.

III. Um rato macho acasala-se com uma fêmea, produzindo seis filhotes.

Pode-se afirmar, com certeza, que a variabilidade genética é uma das


características dos descendentes resultantes somente de

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) I e III.

09. (Fuvest) Qual dos seguintes eventos ocorre no ciclo de vida de toda
espécie com reprodução sexuada?

a) Diferenciação celular durante o desenvolvimento embrionário.

b) Formação de células reprodutivas dotadas de flagelos.

c) Formação de testículos e de ovários.

d) Fusão de núcleos celulares haploides.

e) Cópula entre macho e fêmea.

10. Quando falamos em reprodução sexuada, podemos afirmar com certeza


que:
12 | P á g i n a
a) existem dois organismos envolvidos.

b) apenas um organismo é necessário.

c) existe o envolvimento de dois gametas.

d) existe um organismo hermafrodita envolvido.

e) não haverá variabilidade genética.

11. Na reprodução sexuada, percebe-se o envolvimento dos gametas. Sobre


eles, marque a alternativa incorreta.

a) A fecundação sempre ocorrerá com a união de gametas de indivíduos diferentes.

b) Em humanos, o gameta masculino é o espermatozoide.

c) Quando os gametas se unem na reprodução sexuada, temos o evento da fecundação.

d) Plantas também produzem gametas.

e) Os seres humanos produzem dois tipos de gameta.

12. (UFMT) De modo geral, os animais formam-se por reprodução sexuada, a


partir do zigoto. Em alguns casos, um óvulo pode desenvolver-se sem fecundação,
originando um novo indivíduo. Esse processo é conhecido como:

a) Partenogênese.

b) Segmentação.

c) Organogênese.

d) Antropogênese.

e) Seleção gamética.

13. (UFRGS) Em uma comparação, sob o ponto de vista de favorecimento


evolutivo e adaptação, a reprodução sexuada é mais importante que a assexuada.

13 | P á g i n a
Qual das alternativas a seguir, com relação à reprodução sexuada, melhor justifica
essa afirmativa?

a) Sempre se processa após a meiose que produz gametas.

b) É exclusiva de forma de vida evoluída.

c) Dá origem a um maior número de descendentes.

d) Permite uma maior constância no genoma dos descendentes.

e) Promove uma maior variabilidade genética na população.

14. (FCC-SP) A diferença fundamental entre reprodução assexuada e sexuada é


que a reprodução assexuada:

a) exige apenas um indivíduo para se cumprir, e a sexuada exige dois.

b) não cria variabilidade genética, e a sexuada pode criar.

c) só ocorre entre vegetais, e a sexuada entre vegetais e animais.

d) dá origem a vários indivíduos de uma só vez, e a sexuada a um indivíduo apenas.

e) só ocorre entre espécies em que não existam dois sexos, e a sexuada ocorre nos seres
em que há diferenciação dos dois sexos.

15. Algumas espécies, como as hidras, formam um broto que se desprende e


desenvolve vida independente. Esse processo de reprodução assexuada é conhecido
como:

a) fragmentação.

b) esporulação.

c) gemiparidade.

d) divisão binária.

e) partenogênese.

14 | P á g i n a
16. As planárias são pequenos platelmintos que se destacam pela sua grande
capacidade de regeneração. Se cortamos uma planária ao meio, dividindo-a em duas
partes, ela é capaz de dar origem a dois indivíduos. Esse tipo de reprodução
assexuada é conhecido como:

a) fragmentação.

b) brotamento.

c) gemiparidade.

d) divisão binária.

e) partenogênese.

17. As células bacterianas normalmente se reproduzem duplicando seu


material genético e dividindo-se em duas células-filhas. Esse processo é
relativamente rápido, ocorrendo, em algumas espécies, em apenas 20 minutos.

O processo descrito acima é conhecido como:

a) brotamento.

b) fragmentação.

c) gemiparidade.

d) partenogênese.

e) divisão binária.

18. Algumas espécies de lagarto possuem a incrível capacidade de se


reproduzir sem que haja a participação do macho, ou seja, por meio de um processo
assexuado. Nesse processo, ocorre a transformação dos óvulos em embriões sem a
necessidade de uma célula masculina.

Marque a alternativa que indica o nome correto desse tipo de reprodução:

a) fragmentação.

b) esporulação.

15 | P á g i n a
c) brotamento.

d) divisão binária.

e) partenogênese.

19. De acordo com a teoria celular, todos os seres vivos são constituídos por
células. De acordo com essa teoria, qual dos organismos a seguir não pode ser
considerado um ser vivo?

a) Homem.

b) Musgos.

c) HIV.

d) Levedura.

e) Vermes.

20. Comente aspectos nos quais os vírus diferem dos demais seres vivos.

__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

21. Os vírus não são considerados seres vivos por muitos autores, uma vez
que não são capazes de realizar atividades metabólicas fora de uma célula. Por essa
razão, eles são chamados de:

a) bacteriófagos.

b) organismos metabolicamente inativos.

c) parasitas intracelulares obrigatórios.

d) parasitas intercelulares obrigatórios.

16 | P á g i n a
e) inquilinos intercelulares.

22. Os vírus são formados basicamente por moléculas de ácido nucleico, que
pode ser DNA ou RNA, envoltas por proteínas. A capa de proteína que envolve o ácido
nucleico é chamada de:

a) Nucleocapsídio.

b) Envelope viral.

c) Interferon.

d) Capsídeo.

e) Capsômero.

23. Cada vírus só é capaz de parasitar células específicas, uma vez que em sua
superfície são encontradas proteínas que se encaixam perfeitamente em receptores
localizados na membrana das células hospedeiras. As proteínas encontradas na
superfície do capsídio ou do envelope lipoproteico recebem o nome de:

a) virulentas.

b) ligantes.

c) conectoras.

d) carregadoras.

e) estimulantes.

24. (UEMS) Sobre os vírus, é correta a afirmação:

a) Todos os vírus têm DNA na sua constituição.

b) Os vírus diferem dos seres vivos por serem acelulares.

c) Não necessitam de outros organismos para sua reprodução.

d) Não infectam células bacterianas.


17 | P á g i n a
e) É considerado um ser unicelular.

25. (Unirio) Pesquisadores têm procurado isolar o vírus da gripe espanhola


que, em 1918, matou mais de 20 milhões de pessoas. O trabalho está sendo realizado
em um cemitério de Spitzberg, numa ilha da Noruega, a pouco mais de um quilômetro
do Polo Norte. O conhecimento desse vírus é um caminho importante para o
desenvolvimento de métodos de prevenção para novos casos de epidemias viróticas.

Assinale a opção que apresenta uma característica dos vírus que permite sua
existência após tantas décadas transcorridas.

a) Esses organismos apresentam DNA ou RNA como material genético.

b) Fora de uma célula viva os vírus podem ser cristalizados.

c) Os vírus apresentam um capsídeo proteico envolvendo o material genético.

d) Os vírus têm capacidade de reduzir seu metabolismo.

e) Os vírus promovem a decomposição lenta dos cadáveres em solos gelados.

26. O HIV é um exemplo de vírus envelopado. Marque a alternativa que explica


corretamente essa definição.

a) São vírus envolvidos por um envelope proteico.

b) São vírus envolvidos por uma parede celular.

c) São vírus envolvidos por um envelope lipoproteico.

d) São vírus com um envelope quitinoso.

27. Como se denomina o tipo de vírus que ataca bactérias?

a) Intracelular obrigatório.

b) Bactericida.

c) Bacteriose.

18 | P á g i n a
d) Bacteriófago.

28. (UFRN) Todos os vírus são constituídos por:

a) DNA e proteínas.

b) Aminoácidos e água.

c) Ácidos nucléicos e proteínas.

d) DNA e RNA.

e) RNA e proteínas.

30. (FATEC-SP) Os vírus são minúsculos "piratas" biológicos porque invadem as


células, saqueiam seus nutrientes e utilizam as reações químicas das mesmas para se
reproduzir. Logo em seguida os descendentes dos invasores transmitem-se a outras células,
provocando danos devastadores. A estes danos, dá-se o nome de virose, como a raiva, a
dengue hemorrágica, o sarampo, a gripe, etc. (Texto modificado do livro "PIRATAS DA
CÉLULA", de Andrew Scott.)

De acordo com o texto, é correto afirmar:

a) Os vírus utilizam o seu próprio metabolismo para destruir células, causando viroses.

b) Os vírus utilizam o DNA da célula hospedeira para produzir outros vírus.

c) Os vírus não têm metabolismo próprio.

d) As viroses resultam sempre das modificações genéticas da célula hospedeira.

e) As viroses são transcrições genéticas induzidas pelos vírus que degeneram a cromatina
na célula hospedeira.

31. Explique o porquê dos vírus serem considerados “piratas celulares”.

__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

19 | P á g i n a
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

32. (UFRPE - adaptada) Em relação aos vírus, marque “V” para verdadeiras ou
“F” para falsas:

a) ( ) O material genético é de RNA.

b) ( ) Vírus são agentes causadores de várias doenças em seres humanos.

c) ( ) Possuem ribossomos e mitocôndrias essenciais e típicas de seu metabolismo e


reprodução.

d) ( ) Proteínas compõem suas cápsulas externas.

e) ( ) Reproduzem-se apenas no interior de células vivas.

33. Muitas pessoas não sabem diferenciar corretamente o que é um ser vivo de
um ser não vivo, entretanto, os organismos vivos apresentam características
marcantes que permitem essa diferenciação. Uma dessas características é a
capacidade de responder a estímulos, uma capacidade denominada de:

a) irritabilidade.

b) flexibilidade.

c) complexidade.

d) reação.

e) metabolismo.

34. É comum dizer que todos os organismos são formados por células,
estruturas conhecidas como a unidade funcional e estrutural dos seres vivos. Alguns
organismos, no entanto, são acelulares e, por isso, alguns autores não os consideram

20 | P á g i n a
vivos. Entre os seres listados abaixo, qual é o único que não possui células em sua
constituição?

a) bactérias.

b) fungos.

c) protozoários.

d) vírus.

e) animais.

35. Para um organismo ser considerado vivo, algumas características devem


estar presentes. Analise as alternativas a seguir e marque o único atributo que não é
encontrado em todos os seres vivos.

a) Hereditariedade.

b) Capacidade de responder a estímulos.

c) Corpo formado por várias células.

d) Capacidade de evoluir.

e) Metabolismo.

36. Todos os organismos vivos estão sujeitos a processos evolutivos. Algumas


características, por exemplo, surgem e são passadas para os descendentes e outras
são eliminadas da população por meio de um processo denominado de:

a) recombinação gênica.

b) seleção natural.

c) mimetismo.

d) mutação.

e) migração.

21 | P á g i n a
37. (FaZU) Na divisão dos seres vivos em cinco reinos, qual deles é o mais
inferior por conter organismos dotados de organização mais simples?

a) Monera

b) Protista

c) Fungi

d) Metaphyta

e) Metazoa

38. Classificar os seres vivos sempre foi um grande desafio. A variedade de


características físicas e de hábitos de vida, por exemplo, é um dos problemas
enfrentados. Para facilitar a classificação, Lineu propôs um sistema de categorias
taxonômicas. De acordo com esse sistema, qual é o táxon mais abrangente?

a) Reino.

b) Filo.

c) Classe.

d) Ordem.

e) Espécie.

39. A classificação dos seres vivos em cinco reinos, proposta por Whittaker,
apesar de apresentar falhas, ainda é a mais usada. De acordo com esse sistema, em
que grupo encontramos seres eucarióticos, multicelulares e heterotróficos?

a) Reino Monera.

b) Reino Protoctista.

c) Reino Fungi.

d) Reino Plantae.

e) Reino Animalia.

22 | P á g i n a
40. Para falar a respeito de um ser vivo normalmente utilizamos o nome popular
de determinada espécie. O nome popular, no entanto, apresenta variações de uma
região para outra, o que pode gerar confusão. Diante disso, os pesquisadores utilizam
o nome científico das espécies, que obedece a uma série de regras.

Observe as alternativas abaixo e marque aquela que não representa uma regra
para a escrita de nomes científicos.

a) Todo nome científico deve ser composto por dois nomes. O primeiro representa o gênero,
e o segundo é o epíteto específico.

b) O nome do gênero sempre deve ser escrito com letra minúscula.

c) Subespécies deverão obedecer a uma nomenclatura trinomial.

d) Os nomes científicos devem ser apresentados em destaque no texto.

e) Ao citar o nome do autor, este deve vir logo após o nome da espécie.

41. Um organismo que pertence ao mesmo filo que outro necessariamente


pertence ao(a) mesmo(a):

a) reino.

b) família.

c) classe.

d) ordem.

e) espécie.

42. É muito comum dizer que um organismo vivo possui célula, a unidade
funcional e estrutural dos seres vivos. De acordo com essa definição, que organismos
não podem ser considerados seres vivos?

a) Cianobactérias.

b) Algas.

23 | P á g i n a
c) Protozoários.

d) Fungos.

e) Vírus.

43. A fotossíntese é um processo que ocorre em alguns organismos


autotróficos como forma de obtenção de alimento. Para a realização desse processo,
vários fatores são necessários, como um pigmento de cor verde denominado de:

a) carotenoide.

b) clorofila.

c) flavonoide.

d) xantofila.

e) eritrofila.

44. A fotossíntese é um processo importante para garantir a sobrevivência da


planta e é dividida em duas etapas tradicionalmente chamadas de fase clara e escura.
A fase clara ocorre na membrana dos tilacoides do cloroplasto, já a fase escura
ocorre:

a) no citosol.

b) no estroma do cloroplasto.

c) nas mitocôndrias.

d) nas cristas mitocondriais.

e) no lisossomo.

45. A redução do dióxido de carbono em carbono orgânico na fotossíntese


ocorre via ciclo

a) de Krebs.

24 | P á g i n a
b) de Calvin.

c) de Carnot.

d) de Cori.

46. (Mackenzie) O processo de fotossíntese é considerado em duas etapas: a


fotoquímica ou fase de claro e a química ou fase de escuro. Na primeira fase NÃO
ocorre:

a) produção de ATP.

b) produção de NADPH.

c) produção de O2.

d) fotólise da água.

e) redução do CO2.

47. (UNESP) Sobre o processo de fotossíntese, é correto afirmar que:

a) O CO2 é fonte de carbono para a síntese de matéria orgânica e fonte de O 2 para a


atmosfera.

b) A água é fonte de H+ para a síntese de NADPH2 e de O2 para a atmosfera.

c) O NADPH2 é fonte de energia para a conversão do CO2 em matéria orgânica.

d) O ATP é doador de energia para a quebra da molécula de água, que, por sua vez,
fornece O2 para a atmosfera.

e) A conversão de CO2 em matéria orgânica produz energia que é acumulada pelo ATP.

48. Os organismos autotróficos são capazes de sintetizar seu próprio alimento.


Normalmente, ao citar exemplos, lembramo-nos apenas de seres fotossintetizantes,
entretanto, outro mecanismo é utilizado por seres vivos para obtenção de matéria
orgânica. Observe as alternativas a seguir e marque o outro processo realizado pelos
organismos autotróficos para produção do alimento.

25 | P á g i n a
a) Respiração celular.

b) Ciclo de Krebs.

c) Quimiossíntese.

d) Autofagia.

e) Fotossíntese.

49. Os organismos autotróficos são capazes de utilizar material inorgânico para


a produção de material orgânico, não necessitando, portanto, de consumir matéria
orgânica. Entre os organismos abaixo, indique o único grupo que não possui
representantes que podem ser classificados como autotróficos.

a) Vegetais.

b) Algas.

c) Cianobactérias.

d) Bactérias.

e) Fungos.

50. Analisando uma cadeia alimentar, é possível observar que os organismos


autotróficos estão sempre localizados no mesmo nível trófico. Marque a alternativa
que indica corretamente o nível trófico ocupado por esses organismos:

a) Decompositores.

b) Produtores.

c) Consumidores primários.

d) Consumidores secundários.

e) Consumidores terciários.

26 | P á g i n a
51. Os organismos heterotróficos não são capazes de produzir seu próprio
alimento, pois dependem de outras técnicas para obter material orgânico. Em uma
cadeia alimentar, os organismos heterotróficos podem ocupar diferentes níveis
tróficos. Os fungos, por exemplo, ocupam o nível de:

a) decompositores.

b) produtores.

c) consumidores primários.

d) consumidores secundários.

e) consumidores terciários.

52. (Fuvest) Qual das alternativas distingue organismos heterotróficos de


organismos autotróficos?

a) Somente organismos heterotróficos necessitam de substâncias químicas do ambiente.

b) Somente organismos heterotróficos fazem respiração celular.

c) Somente organismos heterotróficos possuem mitocôndrias.

d) Somente organismos autotróficos podem viver com nutrientes inteiramente inorgânicos.

e) Somente organismos autotróficos não requerem gás oxigênio.

53. A fotossíntese é o processo autotrófico realizado pelos seres clorofilados –


plantas, cianobactérias, bactérias fotossintetizantes e alguns protistas – para a
obtenção do seu próprio alimento. A equação da etapa fotoquímica da fotossíntese é:

54. Quando falamos em organismos autotróficos, logo imaginamos o processo


de fotossíntese. Entretanto, não podemos esquecer que o processo de
27 | P á g i n a
quimiossíntese também se relaciona com a nutrição autotrófica. Marque a alternativa
que indica um grupo de organismos que possui representantes capazes de realizar a
quimiossíntese:

a) Algas.

b) Protozoários.

c) Bactérias.

d) Fungos.

e) Plantas.

55. Analise as alternativas a seguir e marque aquela que melhor define o


processo de quimiossíntese.

a) A quimiossíntese é um processo em que há a produção de matéria orgânica a partir da


energia luminosa.

b) A quimiossíntese é um processo em que o ser vivo retira energia armazenada nos


alimentos.

c) A quimiossíntese é um processo anaeróbico em que a glicose dos alimentos é quebrada


de modo a oferecer energia para determinado organismo.

d) A quimiossíntese é um processo em que são produzidas moléculas de álcool etílico.

e) A quimiossíntese é um processo em que energia é produzida a partir de reações


oxidativas de substâncias inorgânicas simples.

56. As bactérias quimiossintetizantes são capazes de viver em ambientes sem


luz e sem matéria orgânica. Isso é possível porque:

a) as bactérias quimiossintetizantes utilizam apenas glicose dos alimentos para produzir


energia.

b) as bactérias quimiossintetizantes realizam a oxidação de substâncias inorgânicas para


obter energia.

28 | P á g i n a
c) as bactérias quimiossintetizantes utilizam apenas água e gás carbônico para produzir
energia.

d) as bactérias quimiossintetizantes utilizam gás carbônico e glicose para produzir energia.

57. As nitrobactérias realizam quimiossíntese e, durante o processo, são


responsáveis pela oxidação de:

a) sulfetos e sulfitos.

b) sulfitos e nitritos.

c) nitritos e amônia.

d) amônia e óxidos.

e) óxidos e sais de ferro.

58. Analise as equações a seguir e marque a alternativa que indica


corretamente a forma de obtenção de energia por organismos quimiossintetizantes.

a) substâncias inorgânicas + CO2 → substância inorgânica + energia.

b) substância orgânica + CO2 → substância orgânica + energia.

c) substâncias inorgânicas + O2 → substância inorgânica + energia.

d) substância orgânica + O2 → substância orgânica + energia.

59. Os vírus são seres parasitas intracelulares obrigatórios, que precisam


infectar células e utilizar a maquinária desta para se multiplicar. Sobre os vírus pode-
se dizer que:

A) Possuem características fundamentais dos seres vivos, como estrutura celular,


capacidade de reprodução e de sofrer mutações.

B) São seres vivos maiores que as bactérias e por isso não atravessam filtros que permitem
a passagem de bactérias.

29 | P á g i n a
C) São formados por uma carapaça proteica, que envolve o retículo endoplasmático e
possui ribossomos aderidos à sua superfície.

D) São todos parasitas animais, com alta especificidade à espécie animal que infecta.

E) Podem desempenhar uma função semelhante à dos antibióticos, promovendo a morte e


impedindo a reprodução de bactérias.

60. Sobre os vírus, assinale a alternativa correta.

A) São muito letais, pois com um pouco de carbono, hidrogênio e nitrogênio eles podem
sintetizar moléculas orgânicas básicas.

B) Eles são parasitos intracelulares obrigatórios.

C) São geneticamente versáteis por possuírem DNA e os três tipos de RNA.

D) São facilmente controlados com medicamentos por apresentarem baixa taxa de mutação.

E) A atual geração de antibióticos é bastante eficaz para a maioria das viroses.

61. (PUC/Campinas–SP) A palavra célula, etimologicamente, vem de cela, que


quer dizer pequena cavidade. Todos os organismos vivos são formados por células, à
exceção dos(as):

a) Fungos

b) Bactérias

c) Vírus

d) Algas cianofíceas (azuis)

e) protozoários.

62. (MACKENZIE-SP) - O ser humano tem travado batalhas constantes contra


os vírus. A mais recente é contra o vírus H1N1, que causa a “gripe suína”. A respeito
dos vírus, assinale a alternativa correta.

30 | P á g i n a
a) São todos endoparasitas celulares.

b) Os antibióticos só são eficazes contra alguns tipos.

c) Todos eles possuem o DNA e o RNA como material genético.

d) Atualmente existem vacinas contra todos os tipos.

e) Alguns deles possuem reprodução sexuada.

63. (UFPA) - Alguém afirmou que os vírus:

I. Só se reproduzem no interior de células vivas;

II. Atacam somente células animais;

III. Possuem DNA ou RNA como material genético.

Assinale.

a) se somente a frase I estiver correta.

b) se somente a frase II estiver correta.

c) se somente a frase III estiver correta.

d) se as frases I e III estiverem corretas.

e) se as frases II e III estiverem corretas.

64. (UFJF-JULHO/2003) - Os vírus não são considerados células porque:

a) possuem somente um cromossomo e são muito pequenos.

b) não possuem mitocôndrias e o retículo endoplasmático é pouco desenvolvido.

c) não têm membrana plasmática nem metabolismo próprio.

d) parasitam plantas e animais e dependem de outras células para sobreviver.

e) seu material genético sofre muitas mutações e é constituído apenas por RNA

31 | P á g i n a
65. (PUC-SP) - O esquema a seguir representa um bacteriófago:

As estruturas desse vírus, indicadas por 1 e 2, são constituídas quimicamente


por:

a) aminoácidos.

b) nucleotídeos.

c) polissacarídeos.

d) nucleotídeos e aminoácidos, respectivamente.

e) aminoácidos e nucleotídeos, respectivamente.

66. (UFRN) - Todos os vírus são constituídos por:

a) DNA e proteínas.

b) Aminoácidos e água.

c) Ácidos nucléicos e proteínas.

d) DNA e RNA.

e) RNA e proteínas.

67. (UFMG 2008) A fotossíntese e a respiração são processos fundamentais


para a manutenção da biodiversidade na Terra. Considerando-se esses dois
processos, é CORRETO afirmar que ambos:

32 | P á g i n a
A) ocorrem em seres heterotróficos.

B) participam do ciclo do carbono.

C) produzem diferentes formas de energia.

D) se realizam alternadamente durante o dia.

68. (UFRGS 2015) Sobre a fotossíntese, é correto afirmar que:

A) as reações dependentes de luz convertem energia luminosa em energia química.

B) o hidrogênio resultante da quebra da água é eliminado da célula durante a fotólise.

C) as reações dependentes de luz ocorrem no estroma do cloroplasto.

D) o oxigênio produzido na fotossíntese é resultante das reações independentes da luz.

E) os seres autótrofos utilizam o CO2 durante as reações dependentes de luz.

69. A fotossíntese libera para a atmosfera:

a) o oxigênio oriundo da água;

b) o oxigênio proveniente do gás carbônico;

c) o gás carbônico proveniente da respiração;

d) o vapor d’água absorvido pela luz;

e) o gás carbônico e o oxigênio provenientes da respiração.

70. (UFGO) Na fotossíntese, ocorrem vários fenômenos importantes, com


exceção de:

a) absorção de luz pelas clorofilas e conversão de energia luminosa em energia química;

b) redução de CO2 pelos hidrogênios provenientes da água;

c) libertação de O2 proveniente da lise do dióxido de carbono;

33 | P á g i n a
d) síntese de ATP, utilizando-se luz;

e) fotofosforilação e redução.

71. (FUVEST) O gás carbônico e o oxigênio estão envolvidos no metabolismo


energético das plantas. Acerca desses gases pode-se dizer que:

a) o oxigênio é produzido apenas à noite;

b) o oxigênio é produzido apenas durante o dia;

c) o gás carbônico é produzido apenas à noite;

d) o gás carbônico é produzido apenas durante o dia;

e) o oxigênio e o gás carbônico são produzidos dia e noite.

72. (FUVEST 2010) Considere as seguintes características atribuídas aos seres


vivos:

I. Os seres vivos são constituídos por uma ou mais células.

II. Os seres vivos têm material genético interpretado por um código universal.

III. Quando considerados como populações, os seres vivos se modificam ao longo do tempo.
Admitindo que possuir todas essas características seja requisito obrigatório
para ser classificado como “ser vivo”, é correto afirmar que:

A) os vírus e as bactérias são seres vivos, porque ambos preenchem os requisitos I, II e III.

B) os vírus e as bactérias não são seres vivos, porque ambos não preenchem o requisito I.

C) os vírus não são seres vivos, porque preenchem os requisitos II e III, mas não o requisito
I

D) os vírus não são seres vivos, porque preenchem o requisito III, mas não os requisitos I e
II

E) os vírus não são seres vivos, porque não preenchem os requisitos I, II e III.

34 | P á g i n a
73. (PUC-RIO 2008) Considerando que todos os seres vivos necessitam de uma
fonte de carbono para construir suas moléculas orgânicas, a diferença essencial entre
os autotróficos e heterotróficos, respectivamente, é:

A) usar carbono orgânico e carbono inorgânico.

B) usar carbono inorgânico e carbono orgânico.

C) usar carbono da água e do ar.

D) usar metano e gás carbônico.

E) realizar respiração aeróbia e fermentação.

74. (FUVEST 2009) Analise as afirmações abaixo referentes aos seres vivos.

I. Relacionam-se e modificam o meio.

II. Reproduzem-se sexualmente.

III. Respondem aos estímulos do meio.

IV. Usam gás carbônico na produção de matéria orgânica.

São características comuns a todos os seres vivos:

A) I e II, apenas.

B) I, II e III, apenas.

C) I e III, apenas.

D) II e IV, apenas.

E) I, II, III e IV.

75. (UFPB 2008) Com relação às características gerais dos seres vivos, é
incorreto afirmar:

A) Células procarióticas e eucarióticas apresentam membrana plasmática.

35 | P á g i n a
B) Apenas as células eucarióticas apresentam ribossomos.

C) A reprodução sexuada é fundamental para a variabilidade genética da espécie.

D) O processo de degradação de substâncias complexas em substâncias simples é


conhecido como catabolismo.

E) As adaptações sofridas pelos organismos, ao longo de suas vidas, podem levar a um


processo de evolução.

76. (UFRGS 2015) Considere as seguintes afirmações em relação à


classificação dos seres vivos.

I - Semelhanças morfológicas entre diferentes grupos de seres vivos implicam uma mesma
origem evolutiva.

II - A família, hierarquicamente, é uma categoria taxonômica que engloba uma ou mais


classes.

III - A nomenclatura binária, utilizada para designar os seres vivos, indica seu gênero e sua
espécie.

Quais estão corretas?

A) Apenas I.

B) Apenas III.

C) Apenas I e II.

D) Apenas II e III.

E) I, II e III.

77. (UDESC) - Quimiossíntese é a produção de matéria orgânica, realizada a


partir de substâncias minerais simples, usando energia química e é

a) realizada por todos os vegetais.

b) realizada somente pelos animais.

36 | P á g i n a
c) realizada pelos vírus.

d) realizada por todos os animais e alguns vegetais.

e) realizada por pequeno número de bactérias autotróficas.

78. (UFOP) - Com relação à fotossíntese, assinale a afirmativa correta.

a) A produção de carboidrato ocorrerá independentemente da etapa fotoquímica da


fotossíntese, se os cloroplastos forem providos com um suprimento constante de ATP e
água.

b) Ao se adicionar H2O18 a uma suspensão de cloroplastos capazes de fazer fotossíntese, a


marcação irá aparecer no oxigênio, quando a suspensão for exposta à luz.

c) Na fase de escuro, a energia solar captada pela clorofila é utilizada para sintetizar ATP, a
partir de ADP e Pi (fosfato inorgânico).

d) A membrana tilacoide é a sede das reações do escuro, enquanto no estroma ocorrem as


reações de luz da fotossíntese.

79. (CEFET – Rio Pomba – 2003) - Associe o processo metabólico com a


equação correspondente:

A – fotossíntese

B – respiração

C – quimiossíntese

1) 2 S + 3 O2 + 2 H2O -----> 2 H2SO4 + ENERGIA

2) C6H12O6 + 6 O2 -----> 6CO2 + 6H2O + ENERGIA

3) 6CO2 + 6H2O + ENERGIA -----> C6H12O6 + 6 O2

a) A3; B1; C2

b) A2; B3; C1

c) A3; B2; C1

37 | P á g i n a
d) A2; B1; C3

e) A1; B2; C3

80. ENEM 2009 - A fotossíntese é importante para a vida na Terra. Nos


cloroplastos dos organismos fotossintetizantes, a energia solar é convertida em
energia química que, juntamente com água e gás carbônico (CO2), é utilizada para a
síntese de compostos orgânicos (carboidratos). A fotossíntese é o único processo de
importância biológica capaz de realizar essa conversão. Todos os organismos,
incluindo os produtores, aproveitam a energia armazenada nos carboidratos para
impulsionar os processos celulares, liberando CO2 para a atmosfera e água para a
célula por meio da respiração celular. Além disso, grande fração dos recursos
energéticos do planeta, produzidos tanto no presente (biomassa) como em tempos
remotos (combustível fóssil), é resultante da atividade fotossintética. As informações
sobre obtenção e transformação dos recursos naturais por meio dos processos vitais
de fotossíntese e respiração, descritas no texto, permitem concluir que

a) o CO2 e a água são moléculas de alto teor energético.

b) os carboidratos convertem energia solar em energia química.

c) a vida na Terra depende, em última análise, da energia proveniente do Sol.

d) o processo respiratório é responsável pela retirada de carbono da atmosfera.

e) a produção de biomassa e de combustível fóssil, por si, é responsável pelo aumento de


CO2 atmosférico.

81. (UECE-2006) - As substâncias orgânicas necessárias à nutrição vegetal são


produzidas por meio da fotossíntese em células dotadas de cloroplastos. Com relação
a este processo podemos afirmar, corretamente, que:

a) Os estômatos abrem-se quando a planta é submetida a altas concentrações de gás


carbônico (CO2) e fecham-se à medida que a concentração deste gás diminui.

b) Em condições ideais de temperatura e concentração de gás carbônico atmosférico, a taxa


fotossintética aumenta proporcionalmente à luminosidade.

38 | P á g i n a
c) No ambiente natural, em condições ideais de luminosidade e temperatura, as plantas
realizam a taxa máxima de fotossíntese, pois existe quantidade suficiente de gás carbônico
na atmosfera.

d) Durante o dia, as plantas realizam somente a fotossíntese, consumindo gás carbônico e


produzindo gás oxigênio, enquanto a respiração acontece apenas à noite.

82. (Mack-2008) - Plantas, algas, cianobactérias e um grupo de bactérias têm


capacidade de realizar o processo de fotossíntese. A respeito desse processo nesses
organismos, é correto afirmar que

a) todos apresentam, além da clorofila, os pigmentos carotenóides e xantofilas.

b) todos utilizam o gás carbônico e a água como matéria prima.

c) somente as plantas e as algas produzem o gás oxigênio.

d) somente as plantas apresentam as clorofilas a e b.

e) somente as plantas e as algas apresentam as clorofilas localizadas no interior dos


plastos.

83. (UFMT) - Nos centros urbanos onde a vegetação é substituída por vias
pavimentadas e prédios de concretos, ocorre elevação da temperatura ambiental. As
árvores, além de amenizarem o calor, melhoram a qualidade do ar, e isso se deve à:

a) Respiração pela produção de O2.

b) Fotossíntese pela produção de CO2.

c) Fotossíntese pela produção de O2.

d) Respiração pela produção de CO2.

e) Fotossíntese pela absorção de O2.

84. (CEFET-SP) - A fotossíntese é uma reação química de fundamental


importância para a vida porque:

39 | P á g i n a
a) Tem como produto final as moléculas de glicose e de gás carbônico.

b) Tem como produto final as moléculas de oxigênio e gás carbônico.

c) Transforma a energia luminosa em energia química a partir do gás carbônico e da água.

d) Transforma a energia química em energia aproveitável a partir do oxigênio e da água.

e) Transforma moléculas orgânicas em compostos inorgânicos.

85. (UFRGS/2015) - Sobre a fotossíntese, é correto afirmar que

a) as reações dependentes de luz convertem energia luminosa em energia química.

b) o hidrogênio resultante da quebra da água é eliminado da célula durante a fotólise.

c) as reações dependentes de luz ocorrem no estroma do cloroplasto.

d) o oxigênio produzido na fotossíntese é resultante das reações independentes da luz.

e) os seres autótrofos utilizam o CO2 durante as reações dependentes de luz.

86. (UFPE) Existem fatores que interferem na taxa de fotossíntese de uma


planta. A esse propósito, analise os itens mencionados a seguir.

1) Intensidade de energia luminosa.

2) Concentração de gás carbônico.

3) Temperatura.

4) Concentração de oxigênio.

Interferem na taxa fotossintética:

a) 1, 2, 3 e 4.

b) 1, 2 e 3 apenas.

c) 2 e 3 apenas.

d) 3 e 4 apenas.

40 | P á g i n a
e) 1 e 2 apenas.

87. (UFTM-MT) Na fotossíntese, substâncias pouco energéticas (CO2 e H2O) são


transformadas em substâncias “ricas em energia” (como glicose), por meio da
transformação da energia luminosa em energia química de ligação. A luz utilizada
nesse processo é absorvida por uma série de pigmentos. Em relação à fotossíntese,
pode-se afirmar:

a) Cada pigmento absorve determinados comprimentos de onda, mas tende a refleti-los


igualmente em todo o espectro eletromagnético.

b) Durante a fotossíntese, a clorofila absorve totalmente luz verde e emite CO2.

c) A clorofila, durante a fotossíntese, absorve luz predominantemente no comprimento de


onda do violeta, azul e vermelho, refletindo no verde, sendo as folhas, por isso, verdes.

d) A clorofila necessita absorver o máximo de energia luminosa, por isso absorve luz em
todos os comprimentos de onda com a mesma eficiência.

e) A clorofila, durante a fotossíntese, absorve luz com comprimento de onda na faixa do


verde e emite O2.

88. (UFMA) Em relação ao processo da fotossíntese, é falso afirmar:

a) Durante a fotossíntese, ocorrem reações químicas que transformam moléculas de gás


carbônico e água em moléculas orgânicas mais oxigênio.

b) O ATP e o NADPH2, produzidos pela fotofosforilação, são utilizados na etapa química da


fotossíntese.

c) A energia química produzida pela fotossíntese fica armazenada nas ligações das
moléculas orgânicas.

d) A fotossíntese ocorre em duas etapas, sendo uma delas dependente da presença de luz
e a outra não.

e) A etapa química da fotossíntese consiste basicamente na fixação de carbono e oxigênio


para produção de compostos orgânicos.

41 | P á g i n a
89. (UFS) Os vírus são entidades “biológicas” extremamente pequenas e
estruturalmente simples. Afirma-se que eles representam um limite entre o vivo e o
não vivo. Do ponto de vista estrutural básico, uma partícula viral é formada por:

a) Cápsula lipídica e ácido nucleico.

b) Envelope lipídico e proteínas.

c) Membrana lipoproteica e DNA.

d) Membrana proteica e RNA.

e) Capsídeo proteico e ácido nucleico.

90. (FUVEST 2010) Considere as seguintes características atribuídas aos seres


vivos:

I. Os seres vivos são constituídos por uma ou mais células.

II. Os seres vivos têm material genético interpretado por um código universal.

III. Quando considerados como populações, os seres vivos se modificam ao longo do tempo.

Admitindo que possuir todas essas características seja requisito obrigatório


para ser classificado como “ser vivo”, é correto afirmar que:

A) os vírus e as bactérias são seres vivos, porque ambos preenchem os requisitos I, II e III.

B) os vírus e as bactérias não são seres vivos, porque ambos não preenchem o requisito I.

C) os vírus não são seres vivos, porque preenchem os requisitos II e III, mas não o requisito
I

D) os vírus não são seres vivos, porque preenchem o requisito III, mas não os requisitos I e
II

E) os vírus não são seres vivos, porque não preenchem os requisitos I, II e III.

91. Os vírus são seres que se diferenciam de todos os organismos vivos por
serem acelulares não tendo, assim, a complexa maquinaria bioquímica necessária

42 | P á g i n a
para fazer funcionar seu programa genético precisando, pois, de células que os
hospedem. Sobre esses organismos é correto afirmar que:

a) alguns vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, outros não.

b) cada espécie viral possui mais de um tipo de ácido nucléico.

c) os vírus não são incluídos em nenhum dos cinco reinos de seres vivos.

d) os vírus atacam apenas os animais, incluindo o homem.

e) o ataque dos vírus é mais eficientemente combatido com o uso de antibióticos.

92. A alternativa que apresenta uma propriedade comum a todos os vírus é:

a) replicam-se independentemente

b) possuem ácido nucléico e proteínas

c) são formados por DNA e carboidratos

d) reproduzem-se de forma similar à das bactérias

93. (UFJF-JULHO/2003) Os vírus não são considerados células porque:

a) possuem somente um cromossomo e são muito pequenos.

b) não possuem mitocôndrias e o retículo endoplasmático é pouco desenvolvido.

c) não têm membrana plasmática nem metabolismo próprio.

d) parasitam plantas e animais e dependem de outras células para sobreviver.

e) seu material genético sofre muitas mutações e é constituído apenas por RNA.

94. Como resultado das mudanças climáticas, bem como da fragilidade do


sistema imunológico decorrente da má alimentação e do uso indiscriminado de
medicamentos, observa-se o aumento do número de casos de diversas doenças,
dentre elas as viroses. Infecções dessa natureza são causadas por centenas de tipos
virais oportunistas. Sobre esses parasitas, marque a opção FALSA.
43 | P á g i n a
a) Os vírus são considerados parasitas intracelulares, pois precisam de células vivas para
realizar suas atividades metabólicas.

b) Os vírus são parasitas altamente específicos compostos, basicamente, por proteínas e


ácidos nucléicos.

c) O DNA e o RNA sempre ocorrem, simultaneamente, em um mesmo vírus, protegidos


dentro do capsídio.

d) Ao injetar o material genético no interior das bactérias os fagos bloqueiam a atividade da


maioria dos genes destas células.

95. (UFPB) Geralmente o grupo de células que um tipo de vírus infecta é


bastante restrito e está relacionado à interação existente entre as moléculas de
proteínas receptoras específicas, presentes na superfície da célula a ser infectada, e
as(o):

a) Proteínas virais.

b) DNA viral.

c) Ácido nucleico viral.

d) Camadas de lipídeos do envelope viral.

e) Substâncias químicas específicas produzidas pelo vírus antes da infecção.

96. Qual das alternativas classifica corretamente o vírus HIV, o tronco de uma
árvore, a semente de feijão e o plasmódio da malária, quanto à constituição celular?

44 | P á g i n a
97. Recentemente a imprensa noticiou a comercialização de uma nova droga
denominada Fuzeon, para combater o HIV. Em vez de agir sobre as células infectadas,
o remédio modifica o vírus, impedindo sua entrada na célula. A ação desse remédio
consiste em:

a) alterar proteínas que o vírus utiliza para se encaixar na membrana da célula.

b) retirar a cápsula de proteína que recobre o vírus.

c) modificar o DNA do vírus, provocando mutação.

d) alterar o metabolismo viral, causando modificações nas proteínas produzidas em seu


interior.

e) dificultar a locomoção do vírus dentro do organismo.

98. (Fuvest) Os vírus:

a) possuem genes para os três tipos de RNA (ribossômico, mensageiro e transportador),


pois utilizam apenas aminoácidos e energia das células hospedeiras.

b) possuem genes apenas para RNA ribossômico e para RNA mensageiro, pois utilizam
RNA transportador da célula hospedeira.

c) possuem genes apenas para RNA mensageiro e para RNA transportador, pois utilizam
ribossomos da célula hospedeira.

d) possuem genes apenas para RNA mensageiro, pois utilizam ribossomos e RNA
transportador da célula hospedeira.

e) não possuem genes para qualquer um dos três tipos de RNA, pois utilizam toda a
maquinaria de síntese de proteínas da célula hospedeira.

45 | P á g i n a
GABARITO
1. C 10. C 19. C

2. C 11. A 20. Os vírus diferem dos


demais seres vivos pela
3. B 12. A
ausência da organização
4. C 13. E celular, por não
possuírem metabolismo
5. A 14. B
próprio e por não serem
6. B 15. C capazes de se reproduzir
sem estar dentro de uma
7. D 16. A
célula hospedeira.
8. C 17. E
21. C
9. D 18. E
22. D
46 | P á g i n a
23. B 41. A 65. E

24. B 42. E 66. C

25. B 43. B 67. B

26. A 44. B 68. A

27. C 45. B 69. A

28. D 46. E 70. C

29. C 47. B 71. B

30. C 48. C 72. C

31. Como somente dentro 49. E 73. B


de células vivas é que os
50. B 74. C
vírus possuem atividade,
eles invadem tais 51. A 75. B
estruturas e alteram todo
52. D 76. B
o seu funcionamento,
fazendo com que estas 53. D 77. E
trabalhem basicamente
54. C 78. B
em prol da produção de
novos vírus. 55. E 79. C

32. F – V – F – V – V. 56. B 80. C

33. A 57. C 81. B

34. D 58. C 82. E

35. C 59. E 83. C

36. B 60. B 84. C

37. A 61. C 85. A

38. A 62. A 86. B

39. E 63. D 87. C

40. B 64. C 88. E

47 | P á g i n a
89. E 93. C 97. A

90. C 94. C 98. D

91. C 95. A

92. B 96. B

48 | P á g i n a