Você está na página 1de 5

Ficha de trabalho de Geografia 9º Ano

Nome _____________________________________________________________________ Nº ___


Assunto: Atividades Económicas- A AGRICULTURA E A CRIAÇÃO DE GADO

A agricultura é uma das atividades económicas mais antigas e uma das mais
importantes para a vida das populações.

Agricultura -

FATORES NATURAIS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA

CLIMA RELEVO SOLO


.
 Os climas temperados e  As áreas mais apropriadas são as  Os solos ricos em húmus
alguns tropicais, são os mais planícies, os planaltos de baixa são os mais férteis, ao
propícios. altitude e os vales. contrário dos arenosos.
 Nas regiões polares, nos Nas montanhas e através de
desertos e nas florestas socalcos, as vertentes soalheiras são
densas, é muito difícil a as mais cultivadas.
prática agrícola

FATORES HUMANOS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA

GRAU DE DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E TECNOLÓGICO SITUAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL

A capacidade financeira dos países ou regiões permite superar Os conflitos armados podem:
alguns condicionalismos naturais, recorrendo:  Destruir os campos de cultivo;
 A técnicas de irrigação e cultivo em estufas;  Obrigar as populações a abandonarem
 À utilização de maquinaria; as culturas, sem realizar a colheita.
 À fertilização das terras através da utilização de adubos;
 Ao combate de pragas das culturas;
 À seleção de sementes ;
 À formação científica e técnica dos agricultores.

1
ESPAÇO AGRÍCOLA
(área destinada à produção constituída pelos campos e culturas)

Sistema de cultura (forma de ocupação do solo)


Dimensão das parcelas: Variedade de Aproveitamento Necessidade
 Latifúndio-propriedade agrícola culturas do solo de água
de _______________ dimensão.  Policultura  Intensivo Regadio
 Minifúndio-propriedade agrícola Cultivo de _____ Ocupação contínua as espécies
de _______________ dimensão. espécies vegetais do solo. agrícolas
necessitam de
 Monocultura Extensivo muita água.
Cultivo de _____ Ocupação
_____ espécie descontínua do Sequeiro
vegetal. solo. as espécies
agrícolas não
necessitam de
rega.
I INTERFERE

Rendimento agrícola Produtividade agrícola


Quantidade de produção agrícola por Quantidade de produção agrícola por
______________________. ______________________.
Produção/Área Produção/ Nº de trabalhadores

- Quanto maior é o rendimento, maior é a ocupação do solo (Sistema intensivo).

- Quanto maior é a produtividade agrícola, maior é a utilização da maquinaria e menor é a população ativa.

Técnicas agrícolas

Rudimentares Modernas

(enxada, charrua, estrume, (máquinas agrícolas, herbicidas, fertilizantes


rega por gravidade…) químicos, rega por aspersão, rega gota a gota…)
Tendo em conta o objetivo da produção e os níveis de rendimento e de produtividade agrícolas, podemos
distinguir dois tipos de agricultura: a agricultura tradicional e a agricultura moderna.

AGRICULTURA TRADICIONAL AGRICULTURA MODERNA

Destino da produção Subsistência da família do agricultor Mercados internos e externos e


abastecimento de agro-indústrias

Dimensão das parcelas Predomínio do minifúndio Predomínio do ____________

Sistema de cultura Predomínio d_ ___________ Predomínio da monocultura com


especialização de culturas

Técnicas utilizadas Enxada, charrua, estrume, rega por Elevada ____________, fertilizantes
gravidade químicos, herbicidas, sistemas de rega

População agrícola Utiliza-se a mão de obra (__________ Mão de obra reduzida e qualificada
_________) do agregado familiar

Rendimento e Rendimento e produtividade baixos Rendimento ___________


produtividade Produtividade _____________

Países de África, da América Latina e Países da Europa, EUA, Austrália etc.


Localização do Sudeste asiático (países ________ (países ________________________)
_______________)

Agricultura itinerante, agricultura Agricultura extensiva:


Exemplos sedentária de sequeiro e rizicultura cerealífera comercial, agricultura
intensiva (horticultura) associada a
pastos e a agricultura de plantação (nos
países em desenvolvimento)

Resolve a ficha nº5 do caderno de atividades


IMPACTES AMBIENTAIS DA AGRICULTURA

IMPACTES AMBIENTAIS
AGRICULTURA TRADICIONAL AGRICULTURA MODERNA
 Desflorestação e erosão dos  Degradação dos solos e contaminação das águas
solos superficiais e subterrâneas, pelo uso de fertilizantes
químicos e pesticidas;
 Compactação dos solos provocada pela maquinaria;
 Elevado consumo de água;

DESENVOLVER A AGRICULTURA DE UMA FORMA SUSTENTÁVEL

Agricultura biológica – consiste em produzir vegetais de elevada qualidade nutritiva, sem químicos,
preservando o meio ambiente.

Agricultura hidropónica – trata-se do cultivo de plantas sem solo, recorrendo a soluções aquosas nutritivas
minerais. As plantas crescem em areia grossa, cascalho ou água, aos quais se misturam nutrientes. Os
alimentos produzidos tendem a ser mais caros, o que dificulta a utilização desta técnica.

A AGRICULTURA EM PORTUGAL

A diversidade de produtos agrícolas em Portugal é o resultado das condições naturais em que predominam as
culturas adaptadas ao clima mediterrânico. De acordo com as técnicas utilizadas encontram-se os dois tipos
de agricultura: tradicional e moderna.

Norte Litoral Domina o minifúndio e a ocupação do solo é feita em sistema de policultura


intensiva, associada à criação de gado bovino.
Norte Interior Os campos são predominantemente cultivados em regime extensivo, associados à
criação de gado
Planícies do Tejo Os solos são férteis, permitindo uma agricultura direcionada para o mercado.

Alentejo Domina o latifúndio e os solos são pouco férteis


Arquipélago dos O clima mais húmido favorece o desenvolvimento das pastagens onde se cria o gado
Açores
bovino
Arquipélago da Predomina o minifúndio devido ao relevo acidentado. O clima mais quente e seco
Madeira
permite o cultivo de produtos subtropicais e flores.

A agricultura portuguesa tem vindo a modernizar-se, tornando-se cada vez mais competitiva face à
concorrência europeia.
Apresenta uma produtividade e um rendimento ainda baixo devido a alguns condicionalismos:
relevo acidentado a norte; longos períodos de seca a sul; predomínio de minifúndios; fraca
mecanização e envelhecimento da população agrícola.
CRIAÇÃO DE GADO

A Pecuária é uma atividade do setor primário que consiste na criação de gado para obter alimentos e
matérias primas para a indústria .

Está dependente de:  Fatores naturais- clima, solo e relevo


 Fatores humanos- grau de desenvolvimento económico e tecnológico

Da conjugação destes fatores, é possível distinguir dois regimes de criação de gado:

o intensivo e o extensivo.

IMPACTES AMBIENTAIS DA ATIVIDADE PECUÁRIA

REGIME INTENSIVO REGIME EXTENSIVO


A criação de gado é feita em estábulos bem A criação de gado é feita em espaços ao ar livre.
equipados com infra-estruturas modernas. A alimentação é feita à base de pastos.
A alimentação é feita através de fenos secos, O controlo sanitário e veterinário é deficiente.
rações e aditivos.
Existe controlo sanitário e veterinário. Utilizam-se
antibióticos.
Pratica-se a seleção de raças através da O regime extensivo assume importância nos países
inseminação artificial. em desenvolvimento e em alguns países
O regime intensivo predomina nos países desenvolvidos (recorrendo à selecção de raças,
desenvolvidos e alguns em desenvolvimento. assistência veterinária,…).

REGIME INTENSIVO REGIME EXTENSIVO


 Consequências na saúde humana devido ao uso excessivo  Desflorestação ;
de hormonas e antibióticos que podem provocar doenças  Degradação dos solos quando o gado é
nos consumidores. criado numa área reduzida.
 Elevado consumo de água.
 Contaminação dos rios e das águas subterrâneas e aumento
da concentração de gases de efeito de estufa.

A professora: Graça Pereira 4