Você está na página 1de 6

E a água virou vinho

Jo 2:1-12

INTRODUÇÃO
1. O propósito de João em seu evangelho era produzir fé - Jo 20:30-31
a. O que ele procurou fazer registrando os “sinais” feitos por Jesus
b. Nem todos eles, mas o suficiente para produzir fé em Jesus
como o Cristo, o Filho de Deus
2. Os “sinais” que Jesus realizou foram milagres...
a. Expressões de poder divino e sobrenatural
b. Projetado para atestar Seu relacionamento único com Deus - cf.
At 2:22
O primeiro sinal registrado por João ocorreu logo após Jesus ter
adquirido seus primeiros discípulos...

I. O CONTEXTO

A. Em Caná da Galileia...
1. No terceiro dia - Jo 2:1
a. No terceiro dia depois que Jesus fez mais dois discípulos
(Hendriksen)
b. Demorando dois dias para chegar da Judeia à Galileia
(JFB)
2. Na cidade de Caná - Jo 2:1
a. Caná ficava cerca de 6 km a nordeste de Nazaré e a
sudoeste do mar de Galileia
1
b. Jesus queria ir para a Galileia - cf. Jo 1:43
c. Natanael era da cidade de Caná - cf. Jo 21:2

B. No lugar do casamento...
1. A mãe de Jesus estava lá - Jo 2:1
2. Da mesma forma, Jesus e Seus discípulos, que haviam sido
convidados - Jo 2:2
a. Jesus e seus discípulos não eram ascetas - cf. Mt 9:14
b. Ele veio comendo e bebendo - cf. Mt 11:19

C. Onde existe o vinho...


1. Conforme observado pela mãe de Jesus - Jo 2:3
a. Ela parece ter algum papel de responsabilidade e
autoridade - cf. Jo 2:5
b. O convite para Jesus e Seus discípulos pode ter sido uma
coisa de última hora
c. Ficar sem vinho teria sido um embaraço para Maria, se
ela estivesse na coordenação
d. Ela diz a Jesus, talvez sugerindo um pedido (RWP)
2. Jesus responde a sua mãe - Jo 2:4
a. “Mulher”
1) Não era um termo desrespeitoso naqueles dias - cf.
Jo 19:26; 20:15
2) Embora uma sugestão sutil possa estar implícita em
seu uso, em vez de “Mãe” que o relacionamento de mãe e filho estava
mudando
2
b. “O que sua preocupação tem a ver comigo?”
1) Talvez uma leve repreensão por sua ansiedade
2) Talvez parecido demais com Marta? - cf. Lc 10:41
c. “Minha hora ainda não chegou”.
1) Isso sugere que o pedido de Maria foi mais do que
apenas um desejo de um presente de vinho
2) Talvez ela quisesse uma manifestação suprema dele
como o Messias
3) Esse evento viria depois, com Sua morte e
ressurreição - cf. Jo 2:18-19; 12:23, 27; 17:1
4) Sua mãe procurou um sinal supremo, mas naquele
tempo apenas um sinal secundário poderia ser dado adequadamente
5) Ou seja, o triunfo no Pentecostes não deveria ser
alcançado em Caná (McGarvey)
Apesar da sutil repreensão, Maria evidentemente percebe vontade de
Jesus em fazer alguma coisa. Então ela instruiu os servos a fazerem o
que Ele diz (cf. Jo 2:5). Isso nos leva a...

II O MILAGRE

A. A água tornou-se vinho...


1. Começando com seis potes de água vazios - Jo 2:6
a. Normalmente usado para os rituais judaicos de
purificação - cf. Mc 7:3-4
b. Capaz de conter duas ou três metretas cada (oitenta e
cento e vinte litros - NTLH)

3
2. Enchidos de água - Jo 2:7
a. Como instruído por Jesus
b. Cheios até a borda
3. Uma amostra é colhida e levada ao mestre da festa - Jo 2:8
a. Como instruído por Jesus
b. Realizada pelos servos
c. Aparentemente, o que foi retirado ainda era água;
tornou-se vinho antes de chegar aos convidados - cf. Jo 2:9

B. O impacto nos participantes...


1. Sobre o chefe do cerimonial - Jo 2:9-10
a. Ele provou a água que foi transformada em vinho
b. Sem saber de onde veio, e chamou o noivo
c. Dizendo-lhe que ele serviu o bom vinho por último, ao
contrário de costume normal
2. Sobre os discípulos de Jesus - Jo 2:11
a. Foi o começo dos sinais que Jesus fez na Galileia - cf. Jo
4:54
b. Em que Jesus começou a manifestar a sua glória - cf. Jo
1:14
c. A fé deles em Jesus começou a ser mais fortalecida

C. O impacto em nós hoje...


1. Não deve ser justificar o costume de beber socialmente

4
a. A palavra “oinos” pode se referir a vinho fermentado,
mas não necessariamente
b. Hoje, as bebidas alcoólicas são muito mais fortes do que
as da Bíblia
c. A Bíblia está cheia de avisos sobre os perigos de beber -
cf. Pr 20:1; 23:29-35
d. Fazemos bem em considerar a influência do nosso
exemplo - cf. Rm 14:21; 1Co 10:31-33
2. Este milagre de transformar água em vinho revela Jesus
como:
a. Aquele que honra o vínculo matrimonial por Sua
presença no casamento
b. Aquele que concede Seus dons generosamente; se no
reino físico, quanto mais no espiritual?
c. Aquele cujo amor infinito é efetivado por Seu igualmente
poder infinito
d. Alguém que, consequentemente, é o Filho de Deus,
cheio de graça e glória
- William Hendricksen, Comentário do Novo Testamento

CONCLUSÃO
1. Após esse milagre em Caná, Jesus desceu para Cafarnaum - Jo 2:12
a. Cafarnaum, uma cidade na costa noroeste da Galileia, visitada
frequentemente por Jesus
b. Juntamente com Sua mãe, Seus irmãos (cf. Mt 13:55), e Seus
discípulos

5
c. Embora eles não tenham ficado muitos dias - cf. Jo 2:13
2. Os discípulos de Jesus devem ter ficado entusiasmados...
a. Eles ouviram o testemunho de João Batista sobre Jesus
b. Eles prestaram seu próprio testemunho inicial de Jesus
c. Agora eles tinham visto esse “sinal” de que Jesus era realmente
o que eles acreditavam que ele era!
Mais sinais por vir aumentariam sua fé em Jesus. Eles podem ter um
afeto semelhante em nós, quando continuamos a ler e estudar o
evangelho de acordo com João...